SlideShare uma empresa Scribd logo
Roberto Rodrigues
GV Agro
A RECONSTRUÇÃO DO AGRONEGÓCIO NO BRASIL
AGENDA
10 / 15%
10 / 15%
4%
26%
26%
40%
17%
Mapa da população subnutrida (em % da pop total)
% de aumento da produção
Legenda:
OCDE – PROJEÇÃO DA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS ATÉ 2020
A OCDE projeta que o mundo deverá aumentar em 20% a produção de alimentos para atender o
crescimento demanda até 2020. O Brasil é o país que mais ampliará a produção, com previsão de
aumento de 40% no período. (OCDE, Ag. Outlook, 2011)
2. ATIVIDADE PRODUTIVA
2.1. Tecnologia pela competitividade,
com sustentabilidade
2.2. Gestão no campo
38
58 5858
207,7
196,5
90/91
91/92
92/93
93/94
94/95
95/96
96/97
97/98
98/99
99/00
00/01
01/02
02/03
03/04
04/05
05/06
06/07
07/08
08/09
09/10
10/11
11/12
12/13
13/14
14/15
15/16*
2.1. TECNOLOGIA
Fonte: Conab . Nota: * 9º Levantamento – Safra 15/16 – Junho/2016.
Produção (milhões ton.)
Área (milhões ha)
Safras 1990/91 a 2014/15
Aumento Produção: + 260% = 5,2% a.a.
Aumento da Área: + 53% = 1,7% a.a.
5,0
9,4 9,6
2,4
13,1 13,6
1,1
3,5
3,6
90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16*
Em milhões de toneladas
Fontes: USDA. Nota: 2016 projeção
SUÍNO (+ 235%)
FRANGO (+ 458%)
BOVINO (+ 88%)
Crescimento de 1990 a 2015
2.1. TECNOLOGIA
2.1. TECNOLOGIA
0
0,5
1
1,5
2
2,5
Argentina Brazil Mexico
Fonte: Beintema et al. 2012; ASTI 2015. Elaboração: Shenggen Fan, IFPRI, Abril 2015.
PORQUE INVESTIR EM P&D:
PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA
SEGURANÇA ALIMENTAR
REDUÇÃO DA POBREZA
CRESCIMENTO ECONÔMICO
INVESTIMENTO PÚBLICO EM P&D –
EM PERCENTUAL DO PIB AGRÍCOLA, POR PAÍS (%)
2.1. TECNOLOGIA:
EVOLUÇÃO DO INVESTIMENTO PÚBLICO EM P&D AGRÍCOLA PAÍSES SELECIONADOS
Fonte: Embrapa, com dados ASTI, 2012
PORQUE INVESTIR EM P&D:
PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA
SEGURANÇA ALIMENTAR
REDUÇÃO DA POBREZA
CRESCIMENTO ECONÔMICO
Gastos Públicos com P&D Agrícola: Brasil, China e Índia – 1981 a 2011
(Bilhões de dólares de 2005)
2.1. TECNOLOGIA
EVOLUÇÃO DO INVESTIMENTO EM P&D AGRÍCOLA NO BRASIL PERCENTUAL DO PIB AGROPECUÁRIO
Fonte: Embrapa
Relação entre PIB da Agropecuária, do Agronegócio e Gastos com Pesquisa Agropecuária no Brasil
2.1. TECNOLOGIA:
Fonte: Embrapa, dados SOFA/FAO, 2014 (dados de 2009)
INVESTIMENTO PÚBLICO EM P&D AGRÍCOLA PARTICIPAÇÃO PERCENTUAL DE
PAÍSES E REGIÕES
• Área preservada
• Plano ABC
• Agroenergia
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
ÁREA PRESERVADA
38 58
78
58
208
90/91
91/92
92/93
93/94
94/95
95/96
96/97
97/98
98/99
99/00
00/01
01/02
02/03
03/04
04/05
05/06
06/07
07/08
08/09
09/10
10/11
11/12
12/13
13/14
14/15
Área (milhões de ha)
Área Poupada (milhões ha)
Produção (milhões ton.)
Fonte: Conab.
Os sucessivos ganhos de
produtividade possibilitaram
a economia de 78 MMha.
PAP 2016/17: serão disponibilizados R$ 2,9 bi, com taxas de
juros de 8% a 8,5% ao ano, carência de 3 anos e prazo
máximo de 15 anos.
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE - PLANO ABC
Fontes: Observatório ABC e MAPA.
Visa difundir uma nova
agricultura sustentável,
que reduza o
aquecimento global e a
liberação de gás
carbônico na
atmosfera.
O Programa ABC conta
com seis iniciativas, e
metas até 2020.
O BRASIL TEM MAIS DE 60% DE SEU TERRITÓRIO PRESERVADO
Fonte: IBGE. Elaboração: IMEA
13%
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
tons petróleo equivalente
Fonte: BPStatistical Review of World Energy, 2014. Elaboração: GV Agro
UMA NOVA GEOPOLÍTICA MUNDIAL
Consumo per capita de Energia no Mundo (2014)
Trópico de Câncer
Trópico de Capricórnio
Equador
CICLO DE VIDA DO ETANOL DE CANA – BALANÇO DAS EMISSÕES DE CO2
Cultivo e Colheita
Emissão: 2.961 kg
Processamento da Cana
Emissão: 3.604 kg
Transporte: Campo>Usina
Emissão: 50 kg
Motor automóveis
Emissão: 1.520 kg
Crescimento da Cana
Absorção: 7.650 kg
Bioeletricidade
Emissão evitada: 225 kg
Emissões com uso
da Gasolina:
2.280 kg
Emissões Totais:
8.135 kg CO2
Emissões Evitadas:
7.875 kg CO2
Balanço do etanol: 260 kg CO2 (- 89% das emissões da gasolina)
EPA/EUA reconheceu o derivado da cana como etanol avançado.
Fonte: Macedo, I. 2008
Dados relativos à
emissão de CO2
para cada 1.000
litros de etanol
produzido
e consumido.
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
ETANOL DE CANA
Uso de etanol evitou a emissão de 352 milhões de toneladas de CO2 no Brasil
Nos últimos 13 anos, o volume de praticamente 352 milhões de toneladas de
CO2 foram evitadas graças à utilização do biocombustível de cana
Esse volume é muito maior do que as quantidades do poluente emitidas em
2014 por:
Fonte: ÚNICA. Emissões evitadas de Março/2003 a Março/2016
A mitigação de CO2 proporcionada pelos carros flex é equivalente ao
resultado que seria obtido com o plantio e manutenção de mais de 2,5 bilhões
de árvores nativas ao longo de 20 anos - segundo a metodologia de
compensação de emissões de carbono utilizada pela SOS Mata Atlântica
Argentina 190 milhões t
Peru 53,1 milhôes t
Equador 35,7 milhões t
Uruguai 7,8 milhões t
Paraguai 5,3 milhões t
Polônia 317 milhões t
2.2. Gestão no campo
• Controle de Custos: contabilidade específica
• Gestão Comercial: na compra de insumos e na venda da produção;
informações de mercado
• Gestão Financeira: juros pagos x aplicação do saldo de caixa
• Gestão Fiscal: IR, diferimentos do ICMS, atualização de regras
• Gestão RH: mecanização, capacitação e treinamento
• Gestão Ambiental: Código Florestal, Recipientes de defensivos,
Certificação, Rastreabilidade
• Gestão Social: relacionamento na cadeia produtiva, na comunidade,
educação, saúde, lazer
2.2. Gestão no campo
• Gestão de Risco: Hedge, mercados futuros, barter, seguro
• Gestão Jurídica: legislações mutantes
• Associativismo e cooperativismo: fortalecimento
• O papel das instituições de representação:
relacionamento com o governo, Frente Parlamentar
Agropecuária, Câmara dos Deputados e Senado Federal;
Assembleias Legislativas Estaduais.
2.2. Gestão no campo
3. ORGANIZAÇÃO
• O conceito de Cadeias produtivas
• Redução do número de instituições para mais
“poder de fogo”
• Articulações entre instituições: a Frente Ampla
• Relacionamento com o Estado
• Renovação da liderança: democracia
• Integração entidades x academia
• Lobby legítimo
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
4.1. Logística e Infraestrutura: PIL
Foram previstos R$ 198,4 bilhões em investimentos, sendo R$ 69,2 bilhões
entre 2015-2018 e R$129,2 a partir de 2019.
R$ 66,1 bilhões R$ 86,4 bilhões R$ 37,4 bilhões* R$ 8,8 bilhões
UMA ESTRATÉGIA INTEGRADA QUE FORTALEÇA O MAPA
Fonte: Logística Brasil/MP, Valor, G1
* Portos: investimentos reduzidos para R$ 34,4 bilhões
Após 1 ano, PIL teve resultado apenas no setor portuário. Concessões de
rodovias, ferrovias e aeroportos não saíram do papel.
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
PIL – resultados após 1 ano do lançamento da segunda etapa
Os projetos devem passar por 5 etapas:
- Desenvolvimento de estudo de viabilidade
- Consulta pública
- Análise do TCU
- Leilão
- Concessão
Rodovias – nada saiu do papel até agora (so a BR 101/RJ Ponte Rio-Niterói teve contrato assinado)
- Trechos BR 364-365 GO/MG e BR 476/153/282/480 PR/SC foram aprovadas pelo
TCU (podem ir para leilão, mas ainda tem ajustes a serem feitos nos projetos)
- Trechos BR 364/060 MT/GO e BR 163 MT/PA estão em consulta pública.
Ferrovias – nada saiu do papel. O projeto mais adiantado é o que vai ligar RJ e ES, que está
em fase de consulta pública.
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
PIL – resultados após 1 ano do lançamento da segunda etapa
Portos – leilão 3 áreas para movimentação de cargas no Porto de Santos (dez/2015 – foram
arrecadados R$ 430 milhões)
• Ponta da Praia - granéis sólidos - Consórcio LDC Brasil (Louis Dreyfus e Cargill)
• Macuco - celulose - Fíbria
• Paquetá - celulose – Marimex
O leilão de arrendamento de área para fertilizantes do porto de Santarém, no Pará, marcado para 10/06/2016
foi suspenso. A decisão segue o mesmo critério adotado para o adiamento de outros cinco terminais de
granéis sólidos em Barcarena, Santarém e Outeiro, no mesmo Estado.
Aeroportos – nada saiu do papel até agora. Os aeroportos de Fortaleza, Salvador, Porto
Alegre e Florianópolis estavam previstos para o segundo semestre, mas sem data certa para
ocorrer. (Para aeroportos a primeiro o projeto vai para o TCU e depois para consulta publica)
4.2. Renda:
• Crédito rural: modernizações e flexibilizações
Redução da burocracia, diminuição do custo operacional e do custo para o Tesouro,
melhorando o acesso ao crédito rural.
Incrementar o sistema cooperativista de crédito e o mercado de capitais, o que não exige
um novo arcabouço legal.
Ampliar o Seguro Rural, melhorando Fundos Garantidores, com integralização ou prêmio a
cargo destes e dos seus tomadores de risco (e, sob certas condições, do Tesouro).
• Preços de Garantia: PGPM
• Opções
• Mercado Futuro: BM&F
Lei PGMP – Decreto-Lei 79/1966 | Razão para política agrícola: riscos de produção, clima e preços
• Por meio de instrumentos como a aquisição e o empréstimo, o Governo atua comprando o
excedente ou financiando a estocagem, sempre que o preço se situa abaixo do preço mínimo.
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
• seguro rural
Fonte: MAPA, Atlas do Seguro Rural
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
• Opções:
Bolsa: Papéis que representam direitos (call/compra e put/venda) –
proteção contra oscilação de preços, fixação antecipada da remuneração
da produção.
Contrato de Opção de Venda (PUT) “ É um contrato no qual o lançador
(VENDEDOR), mediante o recebimento de um PRÊMIO, concede ao titular
(COMPRADOR) o direito (não a obrigação) de vender o PRODUTO a um PREÇO
previamente fixado, chamado PREÇO DE EXERCÍCIO, até a data do VENCIMENTO
do contrato.”
Contrato de Opção de Compra (CALL) “ E um contrato no qual o LANÇADOR,
mediante o recebimento de um PRÊMIO, concede ao TITULAR o direito de
adquirir o PRODUTO a um PREÇO previamente fixado, até a data do
VENCIMENTO do contrato
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
4.3. Política Comercial:
• Acordos bilaterais: Mercosul x UE x TPP
• Agregação de valor
• Painéis da OMC
• O Mercosul
4. POLÍTICAS PÚBLICAS
5. CUSTO BRASIL
- Infraestrutura e logística
- Custo do Capital (juros)
- Legislação fiscal complexa e ineficiente
- Legislação trabalhista
- Mão de obra cara e de baixa produtividade
- Previdência
- Sistema educacional de baixa qualidade
- Corrupção
- Burocracia - Registro de novas moléculas
INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA
6. SEGURANÇA JURÍDICA: PREVISIBILIDADE
- Respeito a contratos
- Legislação trabalhista
- Código Florestal: PSA
- Direito de propriedade
- Terra para estrangeiros
- Irretroatividade das leis
7. COMUNICAÇÃO
• Pero Vaz de Caminha
• Monteiro Lobato
• JK
• Plano Collor x Plano real
• A campanha da Globo
Momentos Sociais
Novas possibilidades de patrocínio, com almoço-
palestra e coffee-breaks.
OBRIGADO
seminarioagribusiness.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Economia Rural
Economia RuralEconomia Rural
Economia Rural
ProtecConsulting
 
Iv doencas das aves
Iv doencas das avesIv doencas das aves
Iv doencas das aves
Ivaristo Americo
 
Manejo Rotacionado de Pastagens.pdf
Manejo Rotacionado de Pastagens.pdfManejo Rotacionado de Pastagens.pdf
Manejo Rotacionado de Pastagens.pdf
ssuser49dad81
 
Mudanças Climáticas e Pecuária
Mudanças Climáticas e PecuáriaMudanças Climáticas e Pecuária
Mudanças Climáticas e Pecuária
Agricultura Sao Paulo
 
Manual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de PastagemManual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de Pastagem
Pablo Henrique Batista Souza
 
Herbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatos
Herbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatosHerbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatos
Herbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatos
Priscila de Oliveira
 
Energia.pptx
 Energia.pptx Energia.pptx
Energia.pptx
PauloAntonioSilvaJun
 
Microeconomia - RI - ESPM
Microeconomia  - RI - ESPMMicroeconomia  - RI - ESPM
Microeconomia - RI - ESPM
José Vinci
 
Aula 1 - O que é forragicultura.pptx
Aula 1 - O que é forragicultura.pptxAula 1 - O que é forragicultura.pptx
Aula 1 - O que é forragicultura.pptx
JoilsonEcheverria
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
Raquel Jóia
 
Termorregulação
TermorregulaçãoTermorregulação
Termorregulação
Helena Amaral
 
[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...
[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...
[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...
AgroTalento
 
Construções e instalações para caprinocultura
Construções e instalações para caprinoculturaConstruções e instalações para caprinocultura
Construções e instalações para caprinocultura
Daphene Rodrigues
 
Caracterização do Mercado Agrícola
Caracterização do Mercado AgrícolaCaracterização do Mercado Agrícola
Caracterização do Mercado Agrícola
Geagra UFG
 
Manejo frangos corte
Manejo frangos corteManejo frangos corte
Manejo frangos corte
mvezzone
 
Zootecnistas
ZootecnistasZootecnistas
Zootecnistas
BeefPoint
 
Produçao animal
Produçao animalProduçao animal
Produçao animal
mvezzone
 
Vacinação Animal
Vacinação AnimalVacinação Animal
Vacinação Animal
Pedro Carvalho
 
dirofilaria immitis
 dirofilaria immitis dirofilaria immitis
dirofilaria immitis
Pedro Carvalho
 
Alternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptx
Alternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptxAlternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptx
Alternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptx
CARLOSAUGUSTOROCHADE
 

Mais procurados (20)

Economia Rural
Economia RuralEconomia Rural
Economia Rural
 
Iv doencas das aves
Iv doencas das avesIv doencas das aves
Iv doencas das aves
 
Manejo Rotacionado de Pastagens.pdf
Manejo Rotacionado de Pastagens.pdfManejo Rotacionado de Pastagens.pdf
Manejo Rotacionado de Pastagens.pdf
 
Mudanças Climáticas e Pecuária
Mudanças Climáticas e PecuáriaMudanças Climáticas e Pecuária
Mudanças Climáticas e Pecuária
 
Manual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de PastagemManual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de Pastagem
 
Herbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatos
Herbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatosHerbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatos
Herbário virtual: Plantas tóxicas para cães e gatos
 
Energia.pptx
 Energia.pptx Energia.pptx
Energia.pptx
 
Microeconomia - RI - ESPM
Microeconomia  - RI - ESPMMicroeconomia  - RI - ESPM
Microeconomia - RI - ESPM
 
Aula 1 - O que é forragicultura.pptx
Aula 1 - O que é forragicultura.pptxAula 1 - O que é forragicultura.pptx
Aula 1 - O que é forragicultura.pptx
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
 
Termorregulação
TermorregulaçãoTermorregulação
Termorregulação
 
[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...
[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...
[Palestra] Fernanda Altieri Ferreira: Aditivos na nutrição de bovinos confina...
 
Construções e instalações para caprinocultura
Construções e instalações para caprinoculturaConstruções e instalações para caprinocultura
Construções e instalações para caprinocultura
 
Caracterização do Mercado Agrícola
Caracterização do Mercado AgrícolaCaracterização do Mercado Agrícola
Caracterização do Mercado Agrícola
 
Manejo frangos corte
Manejo frangos corteManejo frangos corte
Manejo frangos corte
 
Zootecnistas
ZootecnistasZootecnistas
Zootecnistas
 
Produçao animal
Produçao animalProduçao animal
Produçao animal
 
Vacinação Animal
Vacinação AnimalVacinação Animal
Vacinação Animal
 
dirofilaria immitis
 dirofilaria immitis dirofilaria immitis
dirofilaria immitis
 
Alternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptx
Alternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptxAlternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptx
Alternativas e estratégias de comercialização na agropecuária.pptx
 

Destaque

Aula 13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
Aula  13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIROAula  13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
Aula 13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
sionara14
 
Gestão profissional AgroNégocios
Gestão profissional AgroNégociosGestão profissional AgroNégocios
Gestão profissional AgroNégocios
CompanyWeb
 
Apresentação prodix BI Agro
Apresentação prodix BI AgroApresentação prodix BI Agro
Apresentação prodix BI Agro
Claudecir Santos
 
Gestão de agronegócios
Gestão de agronegóciosGestão de agronegócios
Gestão de agronegócios
Verbo Educacional
 
Agrobiz Management Consulting
Agrobiz Management ConsultingAgrobiz Management Consulting
Agrobiz Management Consulting
Agrobiz Management Consulting
 
Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
Revista Cafeicultura
 
Marketing e qualidade - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...
Marketing e qualidade  - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...Marketing e qualidade  - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...
Marketing e qualidade - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...
Paulo Henrique Leme
 
Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20
Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20
Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20
BeefPoint
 
Gestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradores
Gestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradoresGestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradores
Gestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradores
Érlei José de Araújo
 
Próxima - Soluções em Agronegócio
Próxima - Soluções em AgronegócioPróxima - Soluções em Agronegócio
Próxima - Soluções em Agronegócio
datasul20
 
Palestra Empreendedor Individual
Palestra Empreendedor IndividualPalestra Empreendedor Individual
Palestra Empreendedor Individual
SEBRAE MS
 
Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...
Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...
Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...
Portal Canal Rural
 
Agronegócio.
Agronegócio.Agronegócio.
Agronegócio.
Zeca B.
 
Agência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica Rural
Agência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica RuralAgência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica Rural
Agência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica Rural
Palácio do Planalto
 
Agroenergia
AgroenergiaAgroenergia
Agroenergia
Zeca B.
 
Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12
Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12
Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12
Juliano Hoffmann
 
Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...
Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...
Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Fundação de Economia e Estatística
 
Agrocafé Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto Rodrigues
Agrocafé  Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto RodriguesAgrocafé  Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto Rodrigues
Agrocafé Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto Rodrigues
Revista Cafeicultura
 
Agronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia Abreu
Agronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia AbreuAgronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia Abreu
Agronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia Abreu
Revista Cafeicultura
 

Destaque (20)

Aula 13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
Aula  13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIROAula  13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
Aula 13 - AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
 
Gestão profissional AgroNégocios
Gestão profissional AgroNégociosGestão profissional AgroNégocios
Gestão profissional AgroNégocios
 
Apresentação prodix BI Agro
Apresentação prodix BI AgroApresentação prodix BI Agro
Apresentação prodix BI Agro
 
Gestão de agronegócios
Gestão de agronegóciosGestão de agronegócios
Gestão de agronegócios
 
Agrobiz Management Consulting
Agrobiz Management ConsultingAgrobiz Management Consulting
Agrobiz Management Consulting
 
Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
 
Marketing e qualidade - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...
Marketing e qualidade  - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...Marketing e qualidade  - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...
Marketing e qualidade - os desafios do novo agronegócio para o século XXI - ...
 
Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20
Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20
Mapa: Projeções do agronegócio 2009/10 a 2019/20
 
Gestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradores
Gestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradoresGestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradores
Gestão do agronegócio - a hora e a vez dos administradores
 
Próxima - Soluções em Agronegócio
Próxima - Soluções em AgronegócioPróxima - Soluções em Agronegócio
Próxima - Soluções em Agronegócio
 
Palestra Empreendedor Individual
Palestra Empreendedor IndividualPalestra Empreendedor Individual
Palestra Empreendedor Individual
 
Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...
Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...
Apresentação do Ministro Antônio Andrade na solenidade de lançamento do Plano...
 
Agronegócio.
Agronegócio.Agronegócio.
Agronegócio.
 
Agência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica Rural
Agência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica RuralAgência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica Rural
Agência Nacional de Tecnologia e Assistência Técnica Rural
 
Agroenergia
AgroenergiaAgroenergia
Agroenergia
 
Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12
Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12
Apres sen katia_mma_demandas_cna_agronegocio_08_11_12
 
Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...
Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...
Painel 4 - Mercado de capitais e os instrumentos de financiamento para o agro...
 
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
 
Agrocafé Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto Rodrigues
Agrocafé  Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto RodriguesAgrocafé  Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto Rodrigues
Agrocafé Runos do Agronegócio Brasileiro - palestra Roberto Rodrigues
 
Agronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia Abreu
Agronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia AbreuAgronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia Abreu
Agronegócio Brasileiro: Pespectivas 2016 - Palestra Katia Abreu
 

Semelhante a Palestra - A reconstrução do agronegócio do Brasil - Roberto Rodrigues

Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...
Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...
Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...
FAO
 
Ed42dezembro09
Ed42dezembro09Ed42dezembro09
Ed42dezembro09
Rafael Mermejo
 
Fenasucro & Acrocana
Fenasucro & AcrocanaFenasucro & Acrocana
Fenasucro & Acrocana
ACIDADE ON
 
Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015
Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015
Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015
Rural Pecuária
 
Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015
Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015
Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015
Palácio do Planalto
 
Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008
Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008
Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008
Revista Cafeicultura
 
Pet desafios agronegócio_2016.05.30
Pet desafios agronegócio_2016.05.30Pet desafios agronegócio_2016.05.30
Pet desafios agronegócio_2016.05.30
equipeagroplus
 
Políticas Públicas que Impactam o Agronegócio
Políticas Públicas que Impactam o AgronegócioPolíticas Públicas que Impactam o Agronegócio
Políticas Públicas que Impactam o Agronegócio
ANCP Ribeirão Preto
 
Biocombustíveis: energia do século XXI
Biocombustíveis: energia do século XXIBiocombustíveis: energia do século XXI
Biocombustíveis: energia do século XXI
Rafael Nunan
 
Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010
Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010
Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010
iicabrasil
 
O Rio Grande em Movimento
O Rio Grande em MovimentoO Rio Grande em Movimento
O Rio Grande em Movimento
Gabygela
 
Rodrigo Rodrigues 2
Rodrigo Rodrigues 2Rodrigo Rodrigues 2
Rodrigo Rodrigues 2
biodieselbr
 
Papaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASIL
Papaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASILPapaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASIL
Papaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASIL
Guilherme Papaterra
 
Mapa fernando costa
Mapa fernando costaMapa fernando costa
Mapa fernando costa
Embrapa Milho e Sorgo
 
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária SustentávelEncontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Idesam
 
Apresentação no Instituto Ethos sobre o pré sal
Apresentação no Instituto Ethos sobre o pré salApresentação no Instituto Ethos sobre o pré sal
Apresentação no Instituto Ethos sobre o pré sal
FatoseDados
 
Plano nacional de agroenergia
Plano nacional de agroenergiaPlano nacional de agroenergia
Plano nacional de agroenergia
Carlos Henrique Sousa
 
Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...
Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...
Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...
Fundação Fernando Henrique Cardoso
 
Revista Política Agrícola
Revista Política AgrícolaRevista Política Agrícola
Revista Política Agrícola
ProImprensa
 
J.gabrieli
J.gabrieliJ.gabrieli
J.gabrieli
Luis Nassif
 

Semelhante a Palestra - A reconstrução do agronegócio do Brasil - Roberto Rodrigues (20)

Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...
Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...
Políticas agroambientais e mudancas climáticas - experiencias e desafios no c...
 
Ed42dezembro09
Ed42dezembro09Ed42dezembro09
Ed42dezembro09
 
Fenasucro & Acrocana
Fenasucro & AcrocanaFenasucro & Acrocana
Fenasucro & Acrocana
 
Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015
Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015
Plano Agrícola e Pecuário 2014/2015
 
Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015
Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015
Neri Geller apresenta Plano Agricola e Pecuário 2014/2015
 
Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008
Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008
Celso Vegro Apresentação 9º Agrocafé 2008
 
Pet desafios agronegócio_2016.05.30
Pet desafios agronegócio_2016.05.30Pet desafios agronegócio_2016.05.30
Pet desafios agronegócio_2016.05.30
 
Políticas Públicas que Impactam o Agronegócio
Políticas Públicas que Impactam o AgronegócioPolíticas Públicas que Impactam o Agronegócio
Políticas Públicas que Impactam o Agronegócio
 
Biocombustíveis: energia do século XXI
Biocombustíveis: energia do século XXIBiocombustíveis: energia do século XXI
Biocombustíveis: energia do século XXI
 
Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010
Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010
Situação em 2009 e Perspectivas da Agricultura no Brasil para 2010
 
O Rio Grande em Movimento
O Rio Grande em MovimentoO Rio Grande em Movimento
O Rio Grande em Movimento
 
Rodrigo Rodrigues 2
Rodrigo Rodrigues 2Rodrigo Rodrigues 2
Rodrigo Rodrigues 2
 
Papaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASIL
Papaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASILPapaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASIL
Papaterra,2020 - STRANDED ASSETS E O PETRÓLEO NO BRASIL
 
Mapa fernando costa
Mapa fernando costaMapa fernando costa
Mapa fernando costa
 
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária SustentávelEncontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
 
Apresentação no Instituto Ethos sobre o pré sal
Apresentação no Instituto Ethos sobre o pré salApresentação no Instituto Ethos sobre o pré sal
Apresentação no Instituto Ethos sobre o pré sal
 
Plano nacional de agroenergia
Plano nacional de agroenergiaPlano nacional de agroenergia
Plano nacional de agroenergia
 
Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...
Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...
Desafios e oportunidades para as energias renováveis no Brasil - Giovani Mach...
 
Revista Política Agrícola
Revista Política AgrícolaRevista Política Agrícola
Revista Política Agrícola
 
J.gabrieli
J.gabrieliJ.gabrieli
J.gabrieli
 

Mais de 24x7 COMUNICAÇÃO

Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...
Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...
Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
China Consumer Trends 2018 - BlueFocus + Metta
China Consumer Trends 2018 - BlueFocus + MettaChina Consumer Trends 2018 - BlueFocus + Metta
China Consumer Trends 2018 - BlueFocus + Metta
24x7 COMUNICAÇÃO
 
E commerce Overview & Landscape China - 24x7 Digital
E commerce Overview & Landscape China - 24x7 DigitalE commerce Overview & Landscape China - 24x7 Digital
E commerce Overview & Landscape China - 24x7 Digital
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Fórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera Consultoria
Fórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera ConsultoriaFórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera Consultoria
Fórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera Consultoria
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Comunicacao interna endomarketing 24x7
Comunicacao interna endomarketing 24x7Comunicacao interna endomarketing 24x7
Comunicacao interna endomarketing 24x7
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André Pessoa
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André PessoaPainel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André Pessoa
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André Pessoa
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos Lutz
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos LutzPainel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos Lutz
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos Lutz
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...
Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...
Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme Nastari
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme NastariPainel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme Nastari
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme Nastari
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John Kemp
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John KempPainel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John Kemp
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John Kemp
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Propósito: novo marketing ou genuinidade?
Propósito: novo marketing ou genuinidade?Propósito: novo marketing ou genuinidade?
Propósito: novo marketing ou genuinidade?
24x7 COMUNICAÇÃO
 
HBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-book
HBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-bookHBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-book
HBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-book
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...
Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...
Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...
Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...
Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...
Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...
Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...
A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...
A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...
Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...
Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...
24x7 COMUNICAÇÃO
 

Mais de 24x7 COMUNICAÇÃO (20)

Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...
Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...
Marketing de Alimentos na China - Perspectivas para a Indústria Nacional - Se...
 
China Consumer Trends 2018 - BlueFocus + Metta
China Consumer Trends 2018 - BlueFocus + MettaChina Consumer Trends 2018 - BlueFocus + Metta
China Consumer Trends 2018 - BlueFocus + Metta
 
E commerce Overview & Landscape China - 24x7 Digital
E commerce Overview & Landscape China - 24x7 DigitalE commerce Overview & Landscape China - 24x7 Digital
E commerce Overview & Landscape China - 24x7 Digital
 
Fórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera Consultoria
Fórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera ConsultoriaFórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera Consultoria
Fórum Náutico Paulista - Apresentação Inicial - Lidera Consultoria
 
Comunicacao interna endomarketing 24x7
Comunicacao interna endomarketing 24x7Comunicacao interna endomarketing 24x7
Comunicacao interna endomarketing 24x7
 
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegocio brasileiro - Luiz Lour...
 
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André Pessoa
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André PessoaPainel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André Pessoa
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - André Pessoa
 
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos Lutz
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos LutzPainel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos Lutz
Painel 2 - Desafios e oportunidades para o agronegócio brasileiro - Marcos Lutz
 
Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...
Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...
Painel 1 - Impactos do câmbio sobre a economia e o agronegócio brasileiro - J...
 
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme Nastari
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme NastariPainel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme Nastari
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - Guilherme Nastari
 
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John Kemp
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John KempPainel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John Kemp
Painel 3 - Cenários para o mercado de commodities - John Kemp
 
Propósito: novo marketing ou genuinidade?
Propósito: novo marketing ou genuinidade?Propósito: novo marketing ou genuinidade?
Propósito: novo marketing ou genuinidade?
 
HBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-book
HBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-bookHBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-book
HBR Women Leadership Summit - Empower Women Brasil - e-book
 
Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...
Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...
Aumento da competitividade econômica do Brasil e desonerações no comércio ext...
 
Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...
Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...
Aumento da competividade econômica do Brasil e desonerações no comércio exter...
 
Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...
Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...
Brasil: novo plano nacional de exportações - Roberto Gianetti - AEB - VII Enc...
 
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Evaristo ...
 
A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...
A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...
A micro e pequena empresa exportadora no Brasil – desafios e oportunidades - ...
 
Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...
Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...
Demandas para o crescimento da exportação e importação no Brasil - Roberto Ti...
 
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...
Desenvolvimento, política industrial e negociações internacionais - Janina On...
 

Palestra - A reconstrução do agronegócio do Brasil - Roberto Rodrigues

  • 1. Roberto Rodrigues GV Agro A RECONSTRUÇÃO DO AGRONEGÓCIO NO BRASIL
  • 3.
  • 4. 10 / 15% 10 / 15% 4% 26% 26% 40% 17% Mapa da população subnutrida (em % da pop total) % de aumento da produção Legenda: OCDE – PROJEÇÃO DA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS ATÉ 2020 A OCDE projeta que o mundo deverá aumentar em 20% a produção de alimentos para atender o crescimento demanda até 2020. O Brasil é o país que mais ampliará a produção, com previsão de aumento de 40% no período. (OCDE, Ag. Outlook, 2011)
  • 5.
  • 6. 2. ATIVIDADE PRODUTIVA 2.1. Tecnologia pela competitividade, com sustentabilidade 2.2. Gestão no campo
  • 7. 38 58 5858 207,7 196,5 90/91 91/92 92/93 93/94 94/95 95/96 96/97 97/98 98/99 99/00 00/01 01/02 02/03 03/04 04/05 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 15/16* 2.1. TECNOLOGIA Fonte: Conab . Nota: * 9º Levantamento – Safra 15/16 – Junho/2016. Produção (milhões ton.) Área (milhões ha) Safras 1990/91 a 2014/15 Aumento Produção: + 260% = 5,2% a.a. Aumento da Área: + 53% = 1,7% a.a.
  • 8. 5,0 9,4 9,6 2,4 13,1 13,6 1,1 3,5 3,6 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16* Em milhões de toneladas Fontes: USDA. Nota: 2016 projeção SUÍNO (+ 235%) FRANGO (+ 458%) BOVINO (+ 88%) Crescimento de 1990 a 2015 2.1. TECNOLOGIA
  • 9. 2.1. TECNOLOGIA 0 0,5 1 1,5 2 2,5 Argentina Brazil Mexico Fonte: Beintema et al. 2012; ASTI 2015. Elaboração: Shenggen Fan, IFPRI, Abril 2015. PORQUE INVESTIR EM P&D: PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA SEGURANÇA ALIMENTAR REDUÇÃO DA POBREZA CRESCIMENTO ECONÔMICO INVESTIMENTO PÚBLICO EM P&D – EM PERCENTUAL DO PIB AGRÍCOLA, POR PAÍS (%)
  • 10. 2.1. TECNOLOGIA: EVOLUÇÃO DO INVESTIMENTO PÚBLICO EM P&D AGRÍCOLA PAÍSES SELECIONADOS Fonte: Embrapa, com dados ASTI, 2012 PORQUE INVESTIR EM P&D: PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA SEGURANÇA ALIMENTAR REDUÇÃO DA POBREZA CRESCIMENTO ECONÔMICO Gastos Públicos com P&D Agrícola: Brasil, China e Índia – 1981 a 2011 (Bilhões de dólares de 2005)
  • 11. 2.1. TECNOLOGIA EVOLUÇÃO DO INVESTIMENTO EM P&D AGRÍCOLA NO BRASIL PERCENTUAL DO PIB AGROPECUÁRIO Fonte: Embrapa Relação entre PIB da Agropecuária, do Agronegócio e Gastos com Pesquisa Agropecuária no Brasil
  • 12. 2.1. TECNOLOGIA: Fonte: Embrapa, dados SOFA/FAO, 2014 (dados de 2009) INVESTIMENTO PÚBLICO EM P&D AGRÍCOLA PARTICIPAÇÃO PERCENTUAL DE PAÍSES E REGIÕES
  • 13. • Área preservada • Plano ABC • Agroenergia 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
  • 14. 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE ÁREA PRESERVADA 38 58 78 58 208 90/91 91/92 92/93 93/94 94/95 95/96 96/97 97/98 98/99 99/00 00/01 01/02 02/03 03/04 04/05 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 Área (milhões de ha) Área Poupada (milhões ha) Produção (milhões ton.) Fonte: Conab. Os sucessivos ganhos de produtividade possibilitaram a economia de 78 MMha.
  • 15. PAP 2016/17: serão disponibilizados R$ 2,9 bi, com taxas de juros de 8% a 8,5% ao ano, carência de 3 anos e prazo máximo de 15 anos. 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE - PLANO ABC Fontes: Observatório ABC e MAPA. Visa difundir uma nova agricultura sustentável, que reduza o aquecimento global e a liberação de gás carbônico na atmosfera. O Programa ABC conta com seis iniciativas, e metas até 2020.
  • 16. O BRASIL TEM MAIS DE 60% DE SEU TERRITÓRIO PRESERVADO Fonte: IBGE. Elaboração: IMEA 13% 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
  • 17. 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
  • 18. tons petróleo equivalente Fonte: BPStatistical Review of World Energy, 2014. Elaboração: GV Agro UMA NOVA GEOPOLÍTICA MUNDIAL Consumo per capita de Energia no Mundo (2014) Trópico de Câncer Trópico de Capricórnio Equador
  • 19. CICLO DE VIDA DO ETANOL DE CANA – BALANÇO DAS EMISSÕES DE CO2 Cultivo e Colheita Emissão: 2.961 kg Processamento da Cana Emissão: 3.604 kg Transporte: Campo>Usina Emissão: 50 kg Motor automóveis Emissão: 1.520 kg Crescimento da Cana Absorção: 7.650 kg Bioeletricidade Emissão evitada: 225 kg Emissões com uso da Gasolina: 2.280 kg Emissões Totais: 8.135 kg CO2 Emissões Evitadas: 7.875 kg CO2 Balanço do etanol: 260 kg CO2 (- 89% das emissões da gasolina) EPA/EUA reconheceu o derivado da cana como etanol avançado. Fonte: Macedo, I. 2008 Dados relativos à emissão de CO2 para cada 1.000 litros de etanol produzido e consumido. 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE
  • 20. 2.1. TECNOLOGIA COM SUSTENTABILIDADE ETANOL DE CANA Uso de etanol evitou a emissão de 352 milhões de toneladas de CO2 no Brasil Nos últimos 13 anos, o volume de praticamente 352 milhões de toneladas de CO2 foram evitadas graças à utilização do biocombustível de cana Esse volume é muito maior do que as quantidades do poluente emitidas em 2014 por: Fonte: ÚNICA. Emissões evitadas de Março/2003 a Março/2016 A mitigação de CO2 proporcionada pelos carros flex é equivalente ao resultado que seria obtido com o plantio e manutenção de mais de 2,5 bilhões de árvores nativas ao longo de 20 anos - segundo a metodologia de compensação de emissões de carbono utilizada pela SOS Mata Atlântica Argentina 190 milhões t Peru 53,1 milhôes t Equador 35,7 milhões t Uruguai 7,8 milhões t Paraguai 5,3 milhões t Polônia 317 milhões t
  • 22. • Controle de Custos: contabilidade específica • Gestão Comercial: na compra de insumos e na venda da produção; informações de mercado • Gestão Financeira: juros pagos x aplicação do saldo de caixa • Gestão Fiscal: IR, diferimentos do ICMS, atualização de regras • Gestão RH: mecanização, capacitação e treinamento • Gestão Ambiental: Código Florestal, Recipientes de defensivos, Certificação, Rastreabilidade • Gestão Social: relacionamento na cadeia produtiva, na comunidade, educação, saúde, lazer 2.2. Gestão no campo
  • 23. • Gestão de Risco: Hedge, mercados futuros, barter, seguro • Gestão Jurídica: legislações mutantes • Associativismo e cooperativismo: fortalecimento • O papel das instituições de representação: relacionamento com o governo, Frente Parlamentar Agropecuária, Câmara dos Deputados e Senado Federal; Assembleias Legislativas Estaduais. 2.2. Gestão no campo
  • 24.
  • 25. 3. ORGANIZAÇÃO • O conceito de Cadeias produtivas • Redução do número de instituições para mais “poder de fogo” • Articulações entre instituições: a Frente Ampla • Relacionamento com o Estado • Renovação da liderança: democracia • Integração entidades x academia • Lobby legítimo
  • 26.
  • 27. 4. POLÍTICAS PÚBLICAS 4.1. Logística e Infraestrutura: PIL Foram previstos R$ 198,4 bilhões em investimentos, sendo R$ 69,2 bilhões entre 2015-2018 e R$129,2 a partir de 2019. R$ 66,1 bilhões R$ 86,4 bilhões R$ 37,4 bilhões* R$ 8,8 bilhões UMA ESTRATÉGIA INTEGRADA QUE FORTALEÇA O MAPA Fonte: Logística Brasil/MP, Valor, G1 * Portos: investimentos reduzidos para R$ 34,4 bilhões Após 1 ano, PIL teve resultado apenas no setor portuário. Concessões de rodovias, ferrovias e aeroportos não saíram do papel.
  • 28. 4. POLÍTICAS PÚBLICAS PIL – resultados após 1 ano do lançamento da segunda etapa Os projetos devem passar por 5 etapas: - Desenvolvimento de estudo de viabilidade - Consulta pública - Análise do TCU - Leilão - Concessão Rodovias – nada saiu do papel até agora (so a BR 101/RJ Ponte Rio-Niterói teve contrato assinado) - Trechos BR 364-365 GO/MG e BR 476/153/282/480 PR/SC foram aprovadas pelo TCU (podem ir para leilão, mas ainda tem ajustes a serem feitos nos projetos) - Trechos BR 364/060 MT/GO e BR 163 MT/PA estão em consulta pública. Ferrovias – nada saiu do papel. O projeto mais adiantado é o que vai ligar RJ e ES, que está em fase de consulta pública.
  • 29. 4. POLÍTICAS PÚBLICAS PIL – resultados após 1 ano do lançamento da segunda etapa Portos – leilão 3 áreas para movimentação de cargas no Porto de Santos (dez/2015 – foram arrecadados R$ 430 milhões) • Ponta da Praia - granéis sólidos - Consórcio LDC Brasil (Louis Dreyfus e Cargill) • Macuco - celulose - Fíbria • Paquetá - celulose – Marimex O leilão de arrendamento de área para fertilizantes do porto de Santarém, no Pará, marcado para 10/06/2016 foi suspenso. A decisão segue o mesmo critério adotado para o adiamento de outros cinco terminais de granéis sólidos em Barcarena, Santarém e Outeiro, no mesmo Estado. Aeroportos – nada saiu do papel até agora. Os aeroportos de Fortaleza, Salvador, Porto Alegre e Florianópolis estavam previstos para o segundo semestre, mas sem data certa para ocorrer. (Para aeroportos a primeiro o projeto vai para o TCU e depois para consulta publica)
  • 30. 4.2. Renda: • Crédito rural: modernizações e flexibilizações Redução da burocracia, diminuição do custo operacional e do custo para o Tesouro, melhorando o acesso ao crédito rural. Incrementar o sistema cooperativista de crédito e o mercado de capitais, o que não exige um novo arcabouço legal. Ampliar o Seguro Rural, melhorando Fundos Garantidores, com integralização ou prêmio a cargo destes e dos seus tomadores de risco (e, sob certas condições, do Tesouro). • Preços de Garantia: PGPM • Opções • Mercado Futuro: BM&F Lei PGMP – Decreto-Lei 79/1966 | Razão para política agrícola: riscos de produção, clima e preços • Por meio de instrumentos como a aquisição e o empréstimo, o Governo atua comprando o excedente ou financiando a estocagem, sempre que o preço se situa abaixo do preço mínimo. 4. POLÍTICAS PÚBLICAS
  • 31. • seguro rural Fonte: MAPA, Atlas do Seguro Rural 4. POLÍTICAS PÚBLICAS
  • 32. • Opções: Bolsa: Papéis que representam direitos (call/compra e put/venda) – proteção contra oscilação de preços, fixação antecipada da remuneração da produção. Contrato de Opção de Venda (PUT) “ É um contrato no qual o lançador (VENDEDOR), mediante o recebimento de um PRÊMIO, concede ao titular (COMPRADOR) o direito (não a obrigação) de vender o PRODUTO a um PREÇO previamente fixado, chamado PREÇO DE EXERCÍCIO, até a data do VENCIMENTO do contrato.” Contrato de Opção de Compra (CALL) “ E um contrato no qual o LANÇADOR, mediante o recebimento de um PRÊMIO, concede ao TITULAR o direito de adquirir o PRODUTO a um PREÇO previamente fixado, até a data do VENCIMENTO do contrato 4. POLÍTICAS PÚBLICAS
  • 33. 4.3. Política Comercial: • Acordos bilaterais: Mercosul x UE x TPP • Agregação de valor • Painéis da OMC • O Mercosul 4. POLÍTICAS PÚBLICAS
  • 34.
  • 35. 5. CUSTO BRASIL - Infraestrutura e logística - Custo do Capital (juros) - Legislação fiscal complexa e ineficiente - Legislação trabalhista - Mão de obra cara e de baixa produtividade - Previdência - Sistema educacional de baixa qualidade - Corrupção - Burocracia - Registro de novas moléculas
  • 37.
  • 38. 6. SEGURANÇA JURÍDICA: PREVISIBILIDADE - Respeito a contratos - Legislação trabalhista - Código Florestal: PSA - Direito de propriedade - Terra para estrangeiros - Irretroatividade das leis
  • 39.
  • 40. 7. COMUNICAÇÃO • Pero Vaz de Caminha • Monteiro Lobato • JK • Plano Collor x Plano real • A campanha da Globo
  • 41. Momentos Sociais Novas possibilidades de patrocínio, com almoço- palestra e coffee-breaks. OBRIGADO seminarioagribusiness.com.br