SlideShare uma empresa Scribd logo
PALAVRAJOVEM
N° 14 - 09/04/2013
RESPONSÁVEIS: Norma Holanda, Marcos Lima,
Pedro Henrique, Jefferson Alves, Alcivan, Samaria
Soto.

ABERTURA: BOM DIA QUERIDOS OUVINTES, ESTÁ NO AR MAIS
UM PROGRAMA DA ESCOLA FIGUEIREDO CORREIA, O PALAVRA
JOVEM, EU SOU ................................ E O TEMA DE HOJE É: A
importância do dever de casa.

MAS ANTES A MENSAGEM DO DIA:

Aprendizado na Vida

                         Mais vale um jovem pobre e sábio do que um rei
                         velho e insensato que não aceita mais conselho.
                         O segredo da saúde da mente e do corpo está em
                         não lamentar o passado, em não se afligir com o
                         futuro e em não antecipar preocupações; mas
                         está no viver sabiamente e seriamente o presente
                         momento.
                         Os professores abrem à porta, mas você precisa
                         entrar sozinho.
Um homem é um sucesso se pula da cama de manhã e vai dormir à noite,
e nesse meio tempo faz o que gosta.
O essencial na aprendizagem é a vontade de aprender.
A chave do sucesso na vida é o conhecimento do valor das coisas.
Sou uma parte de tudo aquilo que encontrei no meu caminho.
Quando você está satisfeito por ser simplesmente você mesmo e não se
compara ou compete, todo mundo te respeitará.
Nem todos podem ser ilustres, mas todos podem ser bons.
Todos os erros humanos são impaciência, uma interrupção prematura de
um trabalho metódico.
Não há mestre que não possa ser aluno!
Sabemos o que somos, mas não o que poderemos ser.


Hoje estaremos homenageando essa grande banda de forró romântico,
limão com mel que já fez e faz parte da vida de todos. Ouviremos nesse
momento a música pra sempre que vai para todos os ouvintes do palavra
jovem.

1º RETORNO: BOM DIA, EU SOU................................................ E
ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E NOSSO
TEMA: A importância do dever de casa.


Qual a importância da lição de casa? Quanto
tempo o aluno deve se dedicar aos estudos fora
da sala de aula? É mesmo fundamental haver
lição de casa todos os dias? Como os pais devem
ajudar nas tarefas? O que fazer quando o
estudante tem dificuldade para fazer os exercícios
propostos pelos professores? Essas são
algumas dúvidas que atormentam tanto os
estudantes quanto seus pais no dia a dia da
escola. Lição de casa é um assunto sempre
controverso, pois escolas diferentes seguem
procedimentos distintos. O importante é que tanto
alunos quanto pais saibam que a rotina de
estudos não acaba na porta da escola, após quatro
ou cinco horas diárias de aula. Em casa, o estudo deve continuar, sob a
forma da lição de casa - também chamado de dever de casa ou tarefa de
casa.

                             Lição     de    casa   é    participação
                             Confira mais dicas como estas no especial
                             Lição de Casa.
"As funções da lição de casa são sistematizar o
aprendizado da sala de aula, preparar para
novos     conteúdos     e     aprofundar     os
conhecimentos". "Analisando os exercícios que
os alunos resolvem sozinhos em casa, o
professor pode descobrir quais são as dúvidas
de cada um e trabalhar novamente os pontos em
que eles apresentam mais dificuldades."

"O grande desafio do professor é fazer com que
o aluno consiga atribuir significado à lição de casa", diz Eliane Palermo
Romano, coordenadora pedagógica da Escola Comunitária de Campinas.
"O aluno precisa perceber a função das tarefas para que compreenda sua
importância".

Ouviremos nesse momento a música fantasias com limão com mel que
vai para todos os ouvintes do palavra jovem.

2º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ________________ E ESTAMOS
DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E NOSSO TEMA DE HOJE
É: A importância do dever de casa.
                               O dever de casa é como um desafio para o
                               aluno, é em casa que ele tem a chance de
                               por em ação o que aprendeu na escola ou
                               aprender algo que ainda não tenha
                               conseguido compreender completamente.
                               Há alunos que dizem aprender mais em
                               casa refletindo o dever de casa do que
                               mesmo na escola, pois tendem a aprimorar
                               seus conhecimentos e fazer novas
descobertas através de desafios que vem a sua frente, seja individual ou em
grupo. O fato é que, o dever de casa simplesmente ajuda ao aluno a
desenvolver o seu raciocínio.
Alguns dizem que não conseguem, acham que o dever de casa não tem
importância, ele é um das principais obrigações do aluno.
Outro fato importante é que com a ajuda do dever de casa o professor sabe
se o aluno aprendeu o conteúdo e se ainda falta algo para aprender ou
aprimorar o que foi passado na aula; em fim se resta alguma dúvida sobre
o conteúdo ensinado, o dever de casa também ajuda ao estudo de provas,
por exemplo: o aluno pode revisar as aulas que façam parte das avaliações.



MÚSICA: Ouviremos neste momento a música amor de novela com
limão com mel que vai para toda a comunidade Figueiredo Correia.

3º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ............................... E ESTAMOS
DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM COM O NOSSO QUADRO
O É DE LASCAR:
É de lascar ver alunos que não fazem o seu dever de casa, e
querem cumprir a tarefa nas calçadas e corredores, pouco antes
de entrar na sala e fazem de qualquer forma, só copiando uma
parte tão fundamental do processo de aprendizagem. Ainda tem
aqueles que na hora da avaliação bimestral esperam que o
professor praticamente deem as respostas. Pois é de lascar
mesmo o aluno que não compreende que faz o dever de casa com
o maior esforço e quando chega na sala de aula um bonito vem e
simplesmente faze uma xerox, copiam tudo do colega e muitas vezes acaba
prejudicando o colega.

4° RETORNO: BOM DIA EU SOU ____________________E
ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM, AGORA
CONVERSANDO COM O NOSSO COORDENADOR ESCOLAR PARA
QUE ELE POSSA REFLETIR UM POUCO SOBRE O DEVER DE
CASA.

Bom dia Marcos; o dever de casa é mesmo tão
importante assim?

E como os pais encaram os torpedos de advertência
quando os filhos não fazer o dever de casa?

Marcos como são muitas matérias, muitos trabalhos,
pesquisas, muita coisa mesmo e ai o dever de casa não
sobrecarrega os alunos?

Deixe seu recado para nossos pais e também para os
alunos


5° RETORNO: BOM DIA EU SOU ____________________E
ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM, AGORA COM
ALGUNS INFORMES E ANIVERSARIENTES PARA NOSSA
COMUNIDADE.

                    Aniversariantes da semana de 07/04 a 13/04
                   Fernando de Lima Pereira (1° b), Larissa Pinheiro de
                   Freitas (1° C), Tadeu Oliveira Magalhães (1° c),
                   Simonia Bezerra de Lima(1° d), Francisco Jerfesson
                   de Oliveira(1° d), Maria Luana Bezerra da Silva(2°
                   c), Abraão Souza Gurgel(3° b), Jaymackson Pereira
                   de Sousa(3° c), Cosme Cleison Sousa Fernandes(3°
                   d).


MÚSICA: Despedimo-nos anunciando a última música um sonho de amor
com limão com mel que vai para todos os alunos da Escola Figueiredo
Correia; Fiquem com Deus e até Próxima Terça-feira!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Entrevista da 2ª doug lemov
Entrevista da 2ª doug lemovEntrevista da 2ª doug lemov
Entrevista da 2ª doug lemov
angelogcorrea
 
Volta às aulas
Volta às aulasVolta às aulas
Volta às aulas
ACIDADE ON
 
OS QUE FAZEM A DIFERENÇA
OS QUE FAZEM A DIFERENÇAOS QUE FAZEM A DIFERENÇA
Gilvanete
GilvaneteGilvanete
Gilvanete
Heles Souza
 
96546552 atividade-07-memorial-descritivo
96546552 atividade-07-memorial-descritivo96546552 atividade-07-memorial-descritivo
96546552 atividade-07-memorial-descritivo
Sheilaalves2014
 
Palavra Jovem - 03/2015
Palavra Jovem - 03/2015Palavra Jovem - 03/2015
Palavra Jovem - 03/2015
Maricélio Carvalho
 
Relato memorial sobre a minha educação
Relato memorial sobre a minha educaçãoRelato memorial sobre a minha educação
Relato memorial sobre a minha educação
Célia Tavares
 
Apresentação1 memorial
Apresentação1 memorialApresentação1 memorial
Apresentação1 memorial
rerennata
 
Memorial profissional do josé antonio
Memorial profissional do josé antonioMemorial profissional do josé antonio
Memorial profissional do josé antonio
japquimica
 
Memorial acadêmico
Memorial acadêmicoMemorial acadêmico
Memorial acadêmico
CNSR
 
Exemplo de atividades do curso. memorial
Exemplo de atividades do curso. memorialExemplo de atividades do curso. memorial
Exemplo de atividades do curso. memorial
rmarangon07
 
Eja2b
Eja2bEja2b
Mensagem aos professores palavras dos alunos do bartolomeu - 2010
Mensagem aos professores   palavras dos alunos do bartolomeu - 2010Mensagem aos professores   palavras dos alunos do bartolomeu - 2010
Mensagem aos professores palavras dos alunos do bartolomeu - 2010
Paulo Sérgio
 
01.o memorial
01.o memorial01.o memorial
Album Terceiro Ano CFO 2012
Album Terceiro Ano CFO 2012 Album Terceiro Ano CFO 2012
Album Terceiro Ano CFO 2012
Leonardo Castro
 

Mais procurados (15)

Entrevista da 2ª doug lemov
Entrevista da 2ª doug lemovEntrevista da 2ª doug lemov
Entrevista da 2ª doug lemov
 
Volta às aulas
Volta às aulasVolta às aulas
Volta às aulas
 
OS QUE FAZEM A DIFERENÇA
OS QUE FAZEM A DIFERENÇAOS QUE FAZEM A DIFERENÇA
OS QUE FAZEM A DIFERENÇA
 
Gilvanete
GilvaneteGilvanete
Gilvanete
 
96546552 atividade-07-memorial-descritivo
96546552 atividade-07-memorial-descritivo96546552 atividade-07-memorial-descritivo
96546552 atividade-07-memorial-descritivo
 
Palavra Jovem - 03/2015
Palavra Jovem - 03/2015Palavra Jovem - 03/2015
Palavra Jovem - 03/2015
 
Relato memorial sobre a minha educação
Relato memorial sobre a minha educaçãoRelato memorial sobre a minha educação
Relato memorial sobre a minha educação
 
Apresentação1 memorial
Apresentação1 memorialApresentação1 memorial
Apresentação1 memorial
 
Memorial profissional do josé antonio
Memorial profissional do josé antonioMemorial profissional do josé antonio
Memorial profissional do josé antonio
 
Memorial acadêmico
Memorial acadêmicoMemorial acadêmico
Memorial acadêmico
 
Exemplo de atividades do curso. memorial
Exemplo de atividades do curso. memorialExemplo de atividades do curso. memorial
Exemplo de atividades do curso. memorial
 
Eja2b
Eja2bEja2b
Eja2b
 
Mensagem aos professores palavras dos alunos do bartolomeu - 2010
Mensagem aos professores   palavras dos alunos do bartolomeu - 2010Mensagem aos professores   palavras dos alunos do bartolomeu - 2010
Mensagem aos professores palavras dos alunos do bartolomeu - 2010
 
01.o memorial
01.o memorial01.o memorial
01.o memorial
 
Album Terceiro Ano CFO 2012
Album Terceiro Ano CFO 2012 Album Terceiro Ano CFO 2012
Album Terceiro Ano CFO 2012
 

Destaque

Comandos eletr
Comandos eletrComandos eletr
Comandos eletr
Igor Graciano
 
Nbr 10126 cotagem em desenho tecnico
Nbr 10126 cotagem em desenho tecnicoNbr 10126 cotagem em desenho tecnico
Nbr 10126 cotagem em desenho tecnico
Vinicius Tavares Clemente
 
Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)
Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)
Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)
ismaelfurtado
 
Mapa de empatía
Mapa de empatíaMapa de empatía
Mapa de empatía
carandia83
 
Plannum professionals support 17june2015
Plannum professionals support 17june2015Plannum professionals support 17june2015
Plannum professionals support 17june2015
Jacob David Mendoza Arellano
 
Las Inteligencias Múltiples
Las Inteligencias MúltiplesLas Inteligencias Múltiples
Las Inteligencias Múltiples
vjenny44
 
Act 11 grupo_328
Act  11 grupo_328Act  11 grupo_328
Act 11 grupo_328
andradealfonso
 
Ppt #14 conceptos importantes
Ppt #14 conceptos importantesPpt #14 conceptos importantes
Ppt #14 conceptos importantes
Mrmonster007
 
Energía nuclear
Energía nuclearEnergía nuclear
Energía nuclear
villabaceapilar
 
C sharp intro0
C sharp intro0C sharp intro0
Bases condecoración final
Bases condecoración final Bases condecoración final
Bases condecoración final
Bruu Portilla Bisso
 
Fatos espíritas (william crookes)
Fatos espíritas (william crookes)Fatos espíritas (william crookes)
Fatos espíritas (william crookes)
Helio Cruz
 
Eduin
EduinEduin
Eduin
eduinbraca
 
UNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritus
UNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritusUNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritus
UNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritus
Ed Dodds
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
Miroslava T M
 
Qué es una red inalámbrica
Qué es una red inalámbricaQué es una red inalámbrica
Qué es una red inalámbrica
baironrodriguez
 
Oge tema1.1
Oge tema1.1Oge tema1.1
Oge tema1.142997590
 
Assignment #12 (iiii) (p1): Planning For Documentary
Assignment #12 (iiii) (p1): Planning For DocumentaryAssignment #12 (iiii) (p1): Planning For Documentary
Assignment #12 (iiii) (p1): Planning For Documentary
media_jojo
 
Foreyt day1 pl3
Foreyt day1 pl3Foreyt day1 pl3
Foreyt day1 pl3
chip2012
 
6 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_10
6 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_106 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_10
6 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_10
Francis Zeman
 

Destaque (20)

Comandos eletr
Comandos eletrComandos eletr
Comandos eletr
 
Nbr 10126 cotagem em desenho tecnico
Nbr 10126 cotagem em desenho tecnicoNbr 10126 cotagem em desenho tecnico
Nbr 10126 cotagem em desenho tecnico
 
Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)
Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)
Com escolar e os laptops na escola sbie 2009 (1)
 
Mapa de empatía
Mapa de empatíaMapa de empatía
Mapa de empatía
 
Plannum professionals support 17june2015
Plannum professionals support 17june2015Plannum professionals support 17june2015
Plannum professionals support 17june2015
 
Las Inteligencias Múltiples
Las Inteligencias MúltiplesLas Inteligencias Múltiples
Las Inteligencias Múltiples
 
Act 11 grupo_328
Act  11 grupo_328Act  11 grupo_328
Act 11 grupo_328
 
Ppt #14 conceptos importantes
Ppt #14 conceptos importantesPpt #14 conceptos importantes
Ppt #14 conceptos importantes
 
Energía nuclear
Energía nuclearEnergía nuclear
Energía nuclear
 
C sharp intro0
C sharp intro0C sharp intro0
C sharp intro0
 
Bases condecoración final
Bases condecoración final Bases condecoración final
Bases condecoración final
 
Fatos espíritas (william crookes)
Fatos espíritas (william crookes)Fatos espíritas (william crookes)
Fatos espíritas (william crookes)
 
Eduin
EduinEduin
Eduin
 
UNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritus
UNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritusUNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritus
UNESCO , ICT and the Millennium Institute - Tapio Varis, professor emeritus
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
 
Qué es una red inalámbrica
Qué es una red inalámbricaQué es una red inalámbrica
Qué es una red inalámbrica
 
Oge tema1.1
Oge tema1.1Oge tema1.1
Oge tema1.1
 
Assignment #12 (iiii) (p1): Planning For Documentary
Assignment #12 (iiii) (p1): Planning For DocumentaryAssignment #12 (iiii) (p1): Planning For Documentary
Assignment #12 (iiii) (p1): Planning For Documentary
 
Foreyt day1 pl3
Foreyt day1 pl3Foreyt day1 pl3
Foreyt day1 pl3
 
6 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_10
6 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_106 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_10
6 anexo ii-_criterios_tecnicos_alterados_2015-06-24_17_35_10
 

Semelhante a Palavra jovem n 14

Palavra Jovem - Nº 75
Palavra Jovem - Nº 75Palavra Jovem - Nº 75
Palavra Jovem - Nº 75
Maricélio Carvalho
 
Cartilha Do Aluno(A)
Cartilha Do Aluno(A)Cartilha Do Aluno(A)
Ebook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdf
Ebook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdfEbook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdf
Ebook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdf
Elielza3
 
Slides apres.alunos-blog
Slides apres.alunos-blogSlides apres.alunos-blog
Slides apres.alunos-blog
Ferdinando Scappa
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1
Netto Paes
 
Guia do aluno
Guia do alunoGuia do aluno
Guia do aluno
MCSAMM
 
Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...
Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...
Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...
Dores Pinto
 
Ser Professor2
Ser Professor2Ser Professor2
Ser Professor2
Maria Do Carmo Souza
 
FELIZ DIA DO PROFESSOR
FELIZ DIA DO PROFESSORFELIZ DIA DO PROFESSOR
FELIZ DIA DO PROFESSOR
Maria Do Carmo Souza
 
Palavra jovem n 44
Palavra jovem n 44Palavra jovem n 44
Palavra jovem n 44
Escola Figueiredo Correia
 
Eu tenho dislexia
Eu tenho dislexiaEu tenho dislexia
Eu tenho dislexia
Ana Paula Santos
 
Estudo de caso
Estudo de caso Estudo de caso
Estudo de caso
cefaprodematupa
 
Pdf maria edlene correia
Pdf   maria edlene correiaPdf   maria edlene correia
Pdf maria edlene correia
SimoneHelenDrumond
 
Pdf maria edlene correia
Pdf   maria edlene correiaPdf   maria edlene correia
Pdf maria edlene correia
SimoneHelenDrumond
 
Pdf maria edlene correia
Pdf   maria edlene correiaPdf   maria edlene correia
Pdf maria edlene correia
SimoneHelenDrumond
 
Sindown2
Sindown2Sindown2
Sindown2
guest13361e0
 
Manual
ManualManual
Manual
guestbce40f
 
Visita da escola Maria Diva
Visita da escola Maria DivaVisita da escola Maria Diva
Visita da escola Maria Diva
Gii Moreira
 
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdfINTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
Dayvson Gomes
 
8 Maneiras de Estimular o Aprendizado
8 Maneiras de Estimular o Aprendizado8 Maneiras de Estimular o Aprendizado
8 Maneiras de Estimular o Aprendizado
Adilson P Motta Motta
 

Semelhante a Palavra jovem n 14 (20)

Palavra Jovem - Nº 75
Palavra Jovem - Nº 75Palavra Jovem - Nº 75
Palavra Jovem - Nº 75
 
Cartilha Do Aluno(A)
Cartilha Do Aluno(A)Cartilha Do Aluno(A)
Cartilha Do Aluno(A)
 
Ebook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdf
Ebook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdfEbook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdf
Ebook-ManeirasCriativasdeEnsinar-.pdf
 
Slides apres.alunos-blog
Slides apres.alunos-blogSlides apres.alunos-blog
Slides apres.alunos-blog
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1
 
Guia do aluno
Guia do alunoGuia do aluno
Guia do aluno
 
Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...
Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...
Entrepalavras- jornal do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, Idanh...
 
Ser Professor2
Ser Professor2Ser Professor2
Ser Professor2
 
FELIZ DIA DO PROFESSOR
FELIZ DIA DO PROFESSORFELIZ DIA DO PROFESSOR
FELIZ DIA DO PROFESSOR
 
Palavra jovem n 44
Palavra jovem n 44Palavra jovem n 44
Palavra jovem n 44
 
Eu tenho dislexia
Eu tenho dislexiaEu tenho dislexia
Eu tenho dislexia
 
Estudo de caso
Estudo de caso Estudo de caso
Estudo de caso
 
Pdf maria edlene correia
Pdf   maria edlene correiaPdf   maria edlene correia
Pdf maria edlene correia
 
Pdf maria edlene correia
Pdf   maria edlene correiaPdf   maria edlene correia
Pdf maria edlene correia
 
Pdf maria edlene correia
Pdf   maria edlene correiaPdf   maria edlene correia
Pdf maria edlene correia
 
Sindown2
Sindown2Sindown2
Sindown2
 
Manual
ManualManual
Manual
 
Visita da escola Maria Diva
Visita da escola Maria DivaVisita da escola Maria Diva
Visita da escola Maria Diva
 
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdfINTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
 
8 Maneiras de Estimular o Aprendizado
8 Maneiras de Estimular o Aprendizado8 Maneiras de Estimular o Aprendizado
8 Maneiras de Estimular o Aprendizado
 

Mais de Marcos Lima

Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013
Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013
Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 18
Palavra jovem n 18Palavra jovem n 18
Palavra jovem n 18
Marcos Lima
 
Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013
Marcos Lima
 
Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013
Marcos Lima
 
Palavrajovem nº 17
Palavrajovem nº 17Palavrajovem nº 17
Palavrajovem nº 17
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16
Marcos Lima
 
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
Ppp 2012   3ª versão com assinaturasPpp 2012   3ª versão com assinaturas
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 15
Palavra jovem n 15Palavra jovem n 15
Palavra jovem n 15
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14
Marcos Lima
 
Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13
Marcos Lima
 
Palavra jovem 42
Palavra jovem 42Palavra jovem 42
Palavra jovem 42
Marcos Lima
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
Marcos Lima
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
Marcos Lima
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
Marcos Lima
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
Marcos Lima
 
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Marcos Lima
 
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Marcos Lima
 
Mensão honrosa 2
Mensão honrosa 2Mensão honrosa 2
Mensão honrosa 2Marcos Lima
 

Mais de Marcos Lima (20)

Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013
Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013
Gabarito prova nivel_4_da_xvi_oba_de_2013
 
Palavra jovem n 18
Palavra jovem n 18Palavra jovem n 18
Palavra jovem n 18
 
Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013
 
Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013Alunos nota 10 i período 2013
Alunos nota 10 i período 2013
 
Palavrajovem nº 17
Palavrajovem nº 17Palavrajovem nº 17
Palavrajovem nº 17
 
Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16Palavra jovem n 16
Palavra jovem n 16
 
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
Ppp 2012   3ª versão com assinaturasPpp 2012   3ª versão com assinaturas
Ppp 2012 3ª versão com assinaturas
 
Palavra jovem n 15
Palavra jovem n 15Palavra jovem n 15
Palavra jovem n 15
 
Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14
 
Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13
 
Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14Palavra jovem n 14
Palavra jovem n 14
 
Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13Palavra jovem n 13
Palavra jovem n 13
 
Palavra jovem 42
Palavra jovem 42Palavra jovem 42
Palavra jovem 42
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
 
Memorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveiraMemorial sebastiana maria de oliveira
Memorial sebastiana maria de oliveira
 
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
 
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
Relação nominal de alunos que participaram do momento cívico alusivo aos 189 ...
 
Mensão honrosa 2
Mensão honrosa 2Mensão honrosa 2
Mensão honrosa 2
 

Palavra jovem n 14

  • 1. PALAVRAJOVEM N° 14 - 09/04/2013 RESPONSÁVEIS: Norma Holanda, Marcos Lima, Pedro Henrique, Jefferson Alves, Alcivan, Samaria Soto. ABERTURA: BOM DIA QUERIDOS OUVINTES, ESTÁ NO AR MAIS UM PROGRAMA DA ESCOLA FIGUEIREDO CORREIA, O PALAVRA JOVEM, EU SOU ................................ E O TEMA DE HOJE É: A importância do dever de casa. MAS ANTES A MENSAGEM DO DIA: Aprendizado na Vida Mais vale um jovem pobre e sábio do que um rei velho e insensato que não aceita mais conselho. O segredo da saúde da mente e do corpo está em não lamentar o passado, em não se afligir com o futuro e em não antecipar preocupações; mas está no viver sabiamente e seriamente o presente momento. Os professores abrem à porta, mas você precisa entrar sozinho. Um homem é um sucesso se pula da cama de manhã e vai dormir à noite, e nesse meio tempo faz o que gosta. O essencial na aprendizagem é a vontade de aprender. A chave do sucesso na vida é o conhecimento do valor das coisas. Sou uma parte de tudo aquilo que encontrei no meu caminho. Quando você está satisfeito por ser simplesmente você mesmo e não se compara ou compete, todo mundo te respeitará. Nem todos podem ser ilustres, mas todos podem ser bons. Todos os erros humanos são impaciência, uma interrupção prematura de um trabalho metódico. Não há mestre que não possa ser aluno!
  • 2. Sabemos o que somos, mas não o que poderemos ser. Hoje estaremos homenageando essa grande banda de forró romântico, limão com mel que já fez e faz parte da vida de todos. Ouviremos nesse momento a música pra sempre que vai para todos os ouvintes do palavra jovem. 1º RETORNO: BOM DIA, EU SOU................................................ E ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E NOSSO TEMA: A importância do dever de casa. Qual a importância da lição de casa? Quanto tempo o aluno deve se dedicar aos estudos fora da sala de aula? É mesmo fundamental haver lição de casa todos os dias? Como os pais devem ajudar nas tarefas? O que fazer quando o estudante tem dificuldade para fazer os exercícios propostos pelos professores? Essas são algumas dúvidas que atormentam tanto os estudantes quanto seus pais no dia a dia da escola. Lição de casa é um assunto sempre controverso, pois escolas diferentes seguem procedimentos distintos. O importante é que tanto alunos quanto pais saibam que a rotina de estudos não acaba na porta da escola, após quatro ou cinco horas diárias de aula. Em casa, o estudo deve continuar, sob a forma da lição de casa - também chamado de dever de casa ou tarefa de casa. Lição de casa é participação Confira mais dicas como estas no especial Lição de Casa.
  • 3. "As funções da lição de casa são sistematizar o aprendizado da sala de aula, preparar para novos conteúdos e aprofundar os conhecimentos". "Analisando os exercícios que os alunos resolvem sozinhos em casa, o professor pode descobrir quais são as dúvidas de cada um e trabalhar novamente os pontos em que eles apresentam mais dificuldades." "O grande desafio do professor é fazer com que o aluno consiga atribuir significado à lição de casa", diz Eliane Palermo Romano, coordenadora pedagógica da Escola Comunitária de Campinas. "O aluno precisa perceber a função das tarefas para que compreenda sua importância". Ouviremos nesse momento a música fantasias com limão com mel que vai para todos os ouvintes do palavra jovem. 2º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ________________ E ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E NOSSO TEMA DE HOJE É: A importância do dever de casa. O dever de casa é como um desafio para o aluno, é em casa que ele tem a chance de por em ação o que aprendeu na escola ou aprender algo que ainda não tenha conseguido compreender completamente. Há alunos que dizem aprender mais em casa refletindo o dever de casa do que mesmo na escola, pois tendem a aprimorar seus conhecimentos e fazer novas descobertas através de desafios que vem a sua frente, seja individual ou em grupo. O fato é que, o dever de casa simplesmente ajuda ao aluno a desenvolver o seu raciocínio. Alguns dizem que não conseguem, acham que o dever de casa não tem importância, ele é um das principais obrigações do aluno. Outro fato importante é que com a ajuda do dever de casa o professor sabe se o aluno aprendeu o conteúdo e se ainda falta algo para aprender ou aprimorar o que foi passado na aula; em fim se resta alguma dúvida sobre
  • 4. o conteúdo ensinado, o dever de casa também ajuda ao estudo de provas, por exemplo: o aluno pode revisar as aulas que façam parte das avaliações. MÚSICA: Ouviremos neste momento a música amor de novela com limão com mel que vai para toda a comunidade Figueiredo Correia. 3º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ............................... E ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM COM O NOSSO QUADRO O É DE LASCAR: É de lascar ver alunos que não fazem o seu dever de casa, e querem cumprir a tarefa nas calçadas e corredores, pouco antes de entrar na sala e fazem de qualquer forma, só copiando uma parte tão fundamental do processo de aprendizagem. Ainda tem aqueles que na hora da avaliação bimestral esperam que o professor praticamente deem as respostas. Pois é de lascar mesmo o aluno que não compreende que faz o dever de casa com o maior esforço e quando chega na sala de aula um bonito vem e simplesmente faze uma xerox, copiam tudo do colega e muitas vezes acaba prejudicando o colega. 4° RETORNO: BOM DIA EU SOU ____________________E ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM, AGORA CONVERSANDO COM O NOSSO COORDENADOR ESCOLAR PARA QUE ELE POSSA REFLETIR UM POUCO SOBRE O DEVER DE CASA. Bom dia Marcos; o dever de casa é mesmo tão importante assim? E como os pais encaram os torpedos de advertência quando os filhos não fazer o dever de casa? Marcos como são muitas matérias, muitos trabalhos, pesquisas, muita coisa mesmo e ai o dever de casa não sobrecarrega os alunos? Deixe seu recado para nossos pais e também para os
  • 5. alunos 5° RETORNO: BOM DIA EU SOU ____________________E ESTAMOS DE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM, AGORA COM ALGUNS INFORMES E ANIVERSARIENTES PARA NOSSA COMUNIDADE. Aniversariantes da semana de 07/04 a 13/04 Fernando de Lima Pereira (1° b), Larissa Pinheiro de Freitas (1° C), Tadeu Oliveira Magalhães (1° c), Simonia Bezerra de Lima(1° d), Francisco Jerfesson de Oliveira(1° d), Maria Luana Bezerra da Silva(2° c), Abraão Souza Gurgel(3° b), Jaymackson Pereira de Sousa(3° c), Cosme Cleison Sousa Fernandes(3° d). MÚSICA: Despedimo-nos anunciando a última música um sonho de amor com limão com mel que vai para todos os alunos da Escola Figueiredo Correia; Fiquem com Deus e até Próxima Terça-feira!!!