SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto: Domar Vieira
Ilustrações: Henrique Jorge
Outra história
de Iracema
Fortaleza - Ceará -2012
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
Ceará. Secretaria da Educação.
Outra história de Iracema/ Domar Vieira da Silva; ilustrações de Henrique Jorge. –
Fortaleza: SEDUC, 2012. (Coleção PAIC Prosa Poesia)
24p.; il.
ISBN: 978-85-8171-045-7
1.Literatura infanto-juvenil. I. Título.
CDD 028.5
CDU 37+028.1(813.1)
Copyright © 2012 Domar Vieira da Silva
Ilustrador: Henrique Jorge
Governador
Cid Ferreira Gomes
Vice-Governador
Domingos Gomes de Aguiar Filho
Secretária da Educação
Maria Izolda Cela de Arruda Coelho
Secretário Adjunto
Maurício Holanda Maia
Coordenadora de Cooperação com os Municípios
Márcia Oliveira Cavalcante Campos
Orientadora da Célula de Programas e Projetos Estaduais
Lucidalva Pereira Bacelar
Coordenação Editorial
Kelsen Bravos
Preparação de Originais e Revisão
Kelsen Bravos
Túlio Monteiro
A. R. Sousa
Revisão de Prova
Marta Maria Braide Lima
Kelsen Bravos
Projeto e Coordenação Gráfica
Daniel Diaz
Conselho Editorial
Maria Fabiana Skeff de Paula Miranda
Leniza Romero Frota Quinderé
Marta Maria Braide Lima
Isabel Sofia Mascarenhas de Abreu Ponte
Sammya Santos Araújo
Vânia Maria Chaves de Castro
Antônio Élder Monteiro de Sales
Catalogação e Normalização
Gabriela Alves Gomes
Maria do Carmo Andrade
A avó lhe disse um dia que José de Alencar
escreveu uma linda história a qual iria lhe contar.
Muito além daquela serra,
em maio, mês das novenas,
bem num belo dia de sol,
nasceu a linda Iracema.
E pra decidir o nome,
imagine a confusão.
O pai queria Maria.
A mãe quis Conceição.
4 5
Sobrou pra pobre da avó
acabar com aquela cena.
Olhando para a menina,
chamou-lhe de Iracema.
— Iracema? – disse a mãe,
que nome mais diferente.
O pai também estranhou;
mas a avó ficou contente.
6 7
— Por favor, não mude o nome.
Disse a avó fazendo um apelo.
Ela parece Iracema,
desde os olhos até o cabelo.
Era mesmo uma indiazinha.
Cheia de tanta beleza,
parecia a estátua
que existe em Fortaleza.
8 9
A menina foi crescendo
e ficando curiosa.
— Por que me chamo Iracema?
Perguntava já nervosa.
A avó lhe disse um dia
que José de Alencar
escreveu uma linda história
a qual iria lhe contar.
10 11
Faz tempo, muito tempo,
que aqui no Ceará,
viveu uma indiazinha,
linda de se admirar.
Entre as índias da tribo,
Iracema era a primeira.
O cabelo era negro, comprido
Como a folha da palmeira.
12 13
Os olhos de Iracema
brilhavam como o céu.
Era muito delicada
e tinha lábios de mel.
A pequena Iracema,
ouvindo aquela história,
ficou maravilhada,
perguntando de hora em hora.
14 15
Queria mais informações,
saber sobre Iracema.
Se andava de pés descalços.
Se tinha cocar de Pena.
O tempo foi passando,
foi crescendo Iracema.
E com isso aumentando
a curiosidade da pequena.
16 17
Um dia aprendeu a ler
a pequena menininha.
Foi quando avó lhe deu
o livro da indiazinha.
Cada parte que ela lia,
descobria uma nova cena.
Cada página, uma novidade
sobre a bela Iracema.
18 19
Leu toda a história
e sempre vai se lembrar
de muitas coisas bonitas
dos índios do Ceará:
desde a praia, o litoral,
o Ceará de Norte a Sul,
o sertão do Cariri
até a bica do Ipu.
20 21
Perdida em pensamentos,
Iracema às vezes some,
imaginando a indiazinha
que lhe emprestou o nome.
22 23
Henrique Jorge
Nasci em São Paulo, há 24 anos, no dia 22
de maio de 1987, já passei alguns bons anos
morando em Fortaleza, mas hoje estou de volta
à SP. Ilustrar para criança, pra mim, é ter o
prazer de colocar no papel, ao menos um pouco
desse tanto de criatividade e alegria que os
pequenos têm de sobra. Sendo assim, participar
dessa coleção, é ter um espaço onde posso
deixar soltas algumas cores e linhas a mais,
e quem sabe com isso, fazer com que alguns
sorrisos apareçam por aí!
Domar Vieira
Nasci em Pedra Branca, pequena e bela cidade
no Sertão Central do Ceará, no dia 4 de
setembro de 1985, como veem não faz muito
tempo e talvez por isso eu conserve o jeito de
menino, que gosta de ouvir e contar histórias.
Nos últimos anos, me dediquei à faculdade
de Serviço Social e ao trabalho na Secretaria
da Educação da minha cidade, mas nunca
deixei de lado o gosto por escrever e por ouvir
histórias. Este é meu primeiro livro e para mim
significa muito, pois levar o encanto e a magia
da leitura para crianças é dar aos outros um
pouco do meu mundo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dia do diretor escolar simone helen drumond
Dia do diretor escolar simone helen drumondDia do diretor escolar simone helen drumond
Dia do diretor escolar simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Percorrendo a trilha com adição e subtração.pdf
Percorrendo a trilha com adição e subtração.pdfPercorrendo a trilha com adição e subtração.pdf
Percorrendo a trilha com adição e subtração.pdf
Mary Alvarenga
 
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
Eleúzia Lins Silva
 
Livro digital a galinha ruiva
Livro digital a galinha ruivaLivro digital a galinha ruiva
Livro digital a galinha ruiva
Claudia Francez
 
Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2
Vanessa Reis
 
Jogo desafio a sopa verde
Jogo desafio   a sopa verdeJogo desafio   a sopa verde
Jogo desafio a sopa verde
AVEOS
 
Eu posso... Cartazes comportamentos assertivos
Eu posso... Cartazes comportamentos assertivosEu posso... Cartazes comportamentos assertivos
Eu posso... Cartazes comportamentos assertivos
Celina Sousa
 
As mãos das crianças fazem
As mãos das crianças fazemAs mãos das crianças fazem
As mãos das crianças fazem
maria do rosario macedo
 
A casa dos animais
A casa dos animais A casa dos animais
A casa dos animais
PamellaSilveira3
 
O caracol
O caracol O caracol
O menino e o cata vento
O menino e o cata vento O menino e o cata vento
O menino e o cata vento
PamellaSilveira3
 
Projeto o carteiro chegou
Projeto o carteiro chegou Projeto o carteiro chegou
Projeto o carteiro chegou
silviacerqueira1
 
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
Eleúzia Lins Silva
 
QUERO CASA COM JANELA
QUERO CASA COM JANELAQUERO CASA COM JANELA
QUERO CASA COM JANELA
Angela Maria Feldmann Schmidt
 
Os problemas da familia gorgonzola
Os problemas da familia gorgonzolaOs problemas da familia gorgonzola
Os problemas da familia gorgonzola
Roseli Aparecida Tavares
 
Caderno de atividades da dona aranha 1
Caderno de atividades da dona aranha 1Caderno de atividades da dona aranha 1
Caderno de atividades da dona aranha 1
SimoneHelenDrumond
 
Sugestões de atividades - Tratamento da Informação
Sugestões de atividades - Tratamento da InformaçãoSugestões de atividades - Tratamento da Informação
Sugestões de atividades - Tratamento da Informação
Fabiana Esteves
 
O Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de LerO Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de Ler
Biblioteca Escolar Sobreira
 
Ler + em família
Ler + em famíliaLer + em família
Ler + em família
Maria Sousa
 

Mais procurados (20)

Dia do diretor escolar simone helen drumond
Dia do diretor escolar simone helen drumondDia do diretor escolar simone helen drumond
Dia do diretor escolar simone helen drumond
 
Percorrendo a trilha com adição e subtração.pdf
Percorrendo a trilha com adição e subtração.pdfPercorrendo a trilha com adição e subtração.pdf
Percorrendo a trilha com adição e subtração.pdf
 
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
 
Livro digital a galinha ruiva
Livro digital a galinha ruivaLivro digital a galinha ruiva
Livro digital a galinha ruiva
 
Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2
 
Jogo desafio a sopa verde
Jogo desafio   a sopa verdeJogo desafio   a sopa verde
Jogo desafio a sopa verde
 
Eu posso... Cartazes comportamentos assertivos
Eu posso... Cartazes comportamentos assertivosEu posso... Cartazes comportamentos assertivos
Eu posso... Cartazes comportamentos assertivos
 
As mãos das crianças fazem
As mãos das crianças fazemAs mãos das crianças fazem
As mãos das crianças fazem
 
A casa dos animais
A casa dos animais A casa dos animais
A casa dos animais
 
O caracol
O caracol O caracol
O caracol
 
O menino e o cata vento
O menino e o cata vento O menino e o cata vento
O menino e o cata vento
 
Projeto o carteiro chegou
Projeto o carteiro chegou Projeto o carteiro chegou
Projeto o carteiro chegou
 
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
 
QUERO CASA COM JANELA
QUERO CASA COM JANELAQUERO CASA COM JANELA
QUERO CASA COM JANELA
 
Os problemas da familia gorgonzola
Os problemas da familia gorgonzolaOs problemas da familia gorgonzola
Os problemas da familia gorgonzola
 
Caderno de atividades da dona aranha 1
Caderno de atividades da dona aranha 1Caderno de atividades da dona aranha 1
Caderno de atividades da dona aranha 1
 
Sugestões de atividades - Tratamento da Informação
Sugestões de atividades - Tratamento da InformaçãoSugestões de atividades - Tratamento da Informação
Sugestões de atividades - Tratamento da Informação
 
O Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de LerO Menino que não Gostava de Ler
O Menino que não Gostava de Ler
 
Corre cabacinha
Corre cabacinhaCorre cabacinha
Corre cabacinha
 
Ler + em família
Ler + em famíliaLer + em família
Ler + em família
 

Semelhante a OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf

O passeio de mariana
O passeio de marianaO passeio de mariana
O passeio de mariana
PamellaSilveira3
 
Cada passarinho no seu cantinho
Cada passarinho no seu cantinhoCada passarinho no seu cantinho
Cada passarinho no seu cantinho
Governo do Estado de São Paulo
 
Uma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini minUma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini min
PamellaSilveira3
 
A princesa diferente-livro
A princesa diferente-livroA princesa diferente-livro
A princesa diferente-livro
zarinha
 
brincar de quê
brincar de quêbrincar de quê
brincar de quê
maizagama
 
A borboleta rosa
A borboleta rosaA borboleta rosa
A borboleta rosa
PamellaSilveira3
 
A borboleta rosa l
A borboleta rosa   lA borboleta rosa   l
A borboleta rosa l
Cristina Girão
 
A casa dos animais
A casa dos animais   A casa dos animais
A casa dos animais
Cristina Girão
 
A casa dos animais
A casa dos animais A casa dos animais
A casa dos animais
PamellaSilveira3
 
A casa dos animais
A casa dos animaisA casa dos animais
A casa dos animais
AlineRossi12
 
Historia de lobisomen
Historia de lobisomenHistoria de lobisomen
Historia de lobisomen
Marcia Gomes
 
Histria de lobisomem
Histria de lobisomemHistria de lobisomem
Histria de lobisomem
PamellaSilveira3
 
Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.
Fátima Fah
 
O tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo temO tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo tem
PamellaSilveira3
 
Azuleta
AzuletaAzuleta
Azuleta
Alba Marilia
 
10 o principezinho malcriado
10 o principezinho malcriado10 o principezinho malcriado
10 o principezinho malcriado
Fernanda Maria Nunes
 
O menino e o catavento
O menino e o cataventoO menino e o catavento
O menino e o catavento
AndriedaCorrea
 
Que bicho este
Que bicho  este Que bicho  este
Que bicho este
PamellaSilveira3
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...
Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...
Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...
Cris Lago
 

Semelhante a OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf (19)

O passeio de mariana
O passeio de marianaO passeio de mariana
O passeio de mariana
 
Cada passarinho no seu cantinho
Cada passarinho no seu cantinhoCada passarinho no seu cantinho
Cada passarinho no seu cantinho
 
Uma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini minUma princesa diferente mini min
Uma princesa diferente mini min
 
A princesa diferente-livro
A princesa diferente-livroA princesa diferente-livro
A princesa diferente-livro
 
brincar de quê
brincar de quêbrincar de quê
brincar de quê
 
A borboleta rosa
A borboleta rosaA borboleta rosa
A borboleta rosa
 
A borboleta rosa l
A borboleta rosa   lA borboleta rosa   l
A borboleta rosa l
 
A casa dos animais
A casa dos animais   A casa dos animais
A casa dos animais
 
A casa dos animais
A casa dos animais A casa dos animais
A casa dos animais
 
A casa dos animais
A casa dos animaisA casa dos animais
A casa dos animais
 
Historia de lobisomen
Historia de lobisomenHistoria de lobisomen
Historia de lobisomen
 
Histria de lobisomem
Histria de lobisomemHistria de lobisomem
Histria de lobisomem
 
Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.
 
O tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo temO tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo tem
 
Azuleta
AzuletaAzuleta
Azuleta
 
10 o principezinho malcriado
10 o principezinho malcriado10 o principezinho malcriado
10 o principezinho malcriado
 
O menino e o catavento
O menino e o cataventoO menino e o catavento
O menino e o catavento
 
Que bicho este
Que bicho  este Que bicho  este
Que bicho este
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...
Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...
Caderno de apoio a pratica pedagogica advinhas charadas parlendas proverbios ...
 

Mais de AllysonFerreiraAdv

O DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdf
O DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdfO DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdf
O DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
LIVRO DE DIETAS.pdf
LIVRO DE DIETAS.pdfLIVRO DE DIETAS.pdf
LIVRO DE DIETAS.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
NATAL - LIVRO INFANTIL.pdf
NATAL - LIVRO INFANTIL.pdfNATAL - LIVRO INFANTIL.pdf
NATAL - LIVRO INFANTIL.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdfOUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
BRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdf
BRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdfBRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdf
BRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
MARIA DO MAR.pdf
MARIA DO MAR.pdfMARIA DO MAR.pdf
MARIA DO MAR.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
EDUCAÇÃO INFANTIL.pdfEDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
DONA CIÊNCIA.pdf
DONA CIÊNCIA.pdfDONA CIÊNCIA.pdf
DONA CIÊNCIA.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
VOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdf
VOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdfVOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdf
VOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdfUM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
UM SEGREDO PRA CONTAR.pdf
UM SEGREDO PRA CONTAR.pdfUM SEGREDO PRA CONTAR.pdf
UM SEGREDO PRA CONTAR.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
BALU E BELA.pdf
BALU E BELA.pdfBALU E BELA.pdf
BALU E BELA.pdf
AllysonFerreiraAdv
 

Mais de AllysonFerreiraAdv (12)

O DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdf
O DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdfO DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdf
O DIA QUE O SUS VISITOU O CIDADAO.pdf
 
LIVRO DE DIETAS.pdf
LIVRO DE DIETAS.pdfLIVRO DE DIETAS.pdf
LIVRO DE DIETAS.pdf
 
NATAL - LIVRO INFANTIL.pdf
NATAL - LIVRO INFANTIL.pdfNATAL - LIVRO INFANTIL.pdf
NATAL - LIVRO INFANTIL.pdf
 
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdfOUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
 
BRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdf
BRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdfBRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdf
BRINCANDO COM AS CRIANÇAS.pdf
 
MARIA DO MAR.pdf
MARIA DO MAR.pdfMARIA DO MAR.pdf
MARIA DO MAR.pdf
 
EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
EDUCAÇÃO INFANTIL.pdfEDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
EDUCAÇÃO INFANTIL.pdf
 
DONA CIÊNCIA.pdf
DONA CIÊNCIA.pdfDONA CIÊNCIA.pdf
DONA CIÊNCIA.pdf
 
VOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdf
VOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdfVOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdf
VOCÊ JÁ TEM UMA MARQUINHA ?.pdf
 
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdfUM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
 
UM SEGREDO PRA CONTAR.pdf
UM SEGREDO PRA CONTAR.pdfUM SEGREDO PRA CONTAR.pdf
UM SEGREDO PRA CONTAR.pdf
 
BALU E BELA.pdf
BALU E BELA.pdfBALU E BELA.pdf
BALU E BELA.pdf
 

Último

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 

Último (20)

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 

OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf

  • 1. Texto: Domar Vieira Ilustrações: Henrique Jorge Outra história de Iracema Fortaleza - Ceará -2012
  • 2. Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Ceará. Secretaria da Educação. Outra história de Iracema/ Domar Vieira da Silva; ilustrações de Henrique Jorge. – Fortaleza: SEDUC, 2012. (Coleção PAIC Prosa Poesia) 24p.; il. ISBN: 978-85-8171-045-7 1.Literatura infanto-juvenil. I. Título. CDD 028.5 CDU 37+028.1(813.1) Copyright © 2012 Domar Vieira da Silva Ilustrador: Henrique Jorge Governador Cid Ferreira Gomes Vice-Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Secretária da Educação Maria Izolda Cela de Arruda Coelho Secretário Adjunto Maurício Holanda Maia Coordenadora de Cooperação com os Municípios Márcia Oliveira Cavalcante Campos Orientadora da Célula de Programas e Projetos Estaduais Lucidalva Pereira Bacelar Coordenação Editorial Kelsen Bravos Preparação de Originais e Revisão Kelsen Bravos Túlio Monteiro A. R. Sousa Revisão de Prova Marta Maria Braide Lima Kelsen Bravos Projeto e Coordenação Gráfica Daniel Diaz Conselho Editorial Maria Fabiana Skeff de Paula Miranda Leniza Romero Frota Quinderé Marta Maria Braide Lima Isabel Sofia Mascarenhas de Abreu Ponte Sammya Santos Araújo Vânia Maria Chaves de Castro Antônio Élder Monteiro de Sales Catalogação e Normalização Gabriela Alves Gomes Maria do Carmo Andrade A avó lhe disse um dia que José de Alencar escreveu uma linda história a qual iria lhe contar.
  • 3. Muito além daquela serra, em maio, mês das novenas, bem num belo dia de sol, nasceu a linda Iracema. E pra decidir o nome, imagine a confusão. O pai queria Maria. A mãe quis Conceição. 4 5
  • 4. Sobrou pra pobre da avó acabar com aquela cena. Olhando para a menina, chamou-lhe de Iracema. — Iracema? – disse a mãe, que nome mais diferente. O pai também estranhou; mas a avó ficou contente. 6 7
  • 5. — Por favor, não mude o nome. Disse a avó fazendo um apelo. Ela parece Iracema, desde os olhos até o cabelo. Era mesmo uma indiazinha. Cheia de tanta beleza, parecia a estátua que existe em Fortaleza. 8 9
  • 6. A menina foi crescendo e ficando curiosa. — Por que me chamo Iracema? Perguntava já nervosa. A avó lhe disse um dia que José de Alencar escreveu uma linda história a qual iria lhe contar. 10 11
  • 7. Faz tempo, muito tempo, que aqui no Ceará, viveu uma indiazinha, linda de se admirar. Entre as índias da tribo, Iracema era a primeira. O cabelo era negro, comprido Como a folha da palmeira. 12 13
  • 8. Os olhos de Iracema brilhavam como o céu. Era muito delicada e tinha lábios de mel. A pequena Iracema, ouvindo aquela história, ficou maravilhada, perguntando de hora em hora. 14 15
  • 9. Queria mais informações, saber sobre Iracema. Se andava de pés descalços. Se tinha cocar de Pena. O tempo foi passando, foi crescendo Iracema. E com isso aumentando a curiosidade da pequena. 16 17
  • 10. Um dia aprendeu a ler a pequena menininha. Foi quando avó lhe deu o livro da indiazinha. Cada parte que ela lia, descobria uma nova cena. Cada página, uma novidade sobre a bela Iracema. 18 19
  • 11. Leu toda a história e sempre vai se lembrar de muitas coisas bonitas dos índios do Ceará: desde a praia, o litoral, o Ceará de Norte a Sul, o sertão do Cariri até a bica do Ipu. 20 21
  • 12. Perdida em pensamentos, Iracema às vezes some, imaginando a indiazinha que lhe emprestou o nome. 22 23
  • 13. Henrique Jorge Nasci em São Paulo, há 24 anos, no dia 22 de maio de 1987, já passei alguns bons anos morando em Fortaleza, mas hoje estou de volta à SP. Ilustrar para criança, pra mim, é ter o prazer de colocar no papel, ao menos um pouco desse tanto de criatividade e alegria que os pequenos têm de sobra. Sendo assim, participar dessa coleção, é ter um espaço onde posso deixar soltas algumas cores e linhas a mais, e quem sabe com isso, fazer com que alguns sorrisos apareçam por aí! Domar Vieira Nasci em Pedra Branca, pequena e bela cidade no Sertão Central do Ceará, no dia 4 de setembro de 1985, como veem não faz muito tempo e talvez por isso eu conserve o jeito de menino, que gosta de ouvir e contar histórias. Nos últimos anos, me dediquei à faculdade de Serviço Social e ao trabalho na Secretaria da Educação da minha cidade, mas nunca deixei de lado o gosto por escrever e por ouvir histórias. Este é meu primeiro livro e para mim significa muito, pois levar o encanto e a magia da leitura para crianças é dar aos outros um pouco do meu mundo.