SlideShare uma empresa Scribd logo
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Texto Bíblico
“Depois de ter consumado o sacrifício pelos
pecados, o Filho tomou seu lugar de
honra, nos altos céus, ao lado de Deus, sendo
maior em posição e domínio que qualquer
anjo.
Alguma vez Deus disse a algum anjo: “Você é
meu Filho; hoje me alegro em você”? Ou: “Eu sou
seu Pai, ele é meu Filho”? Quando ele apresenta
seu Filho com todas as honras ao mundo, ele diz:
“Todos os anjos devem adorá-lo”.
Mas, com respeito aos anjos, diz: Os
mensageiros são ventos, os servos são línguas
de fogo.
E alguma vez ele disse algo parecido a algum
anjo: Assente-se aqui ao meu lado direito até
que eu faça dos seus inimigos um descanso
para os pés?
Não é óbvio que todos os anjos são enviados
para ajudar os que foram designados para
receber a salvação?”
Hebreus 1.5-7, 13,14 (versão A Mensagem)
Enfoque Bíblico
“Não são porventura todos eles espíritos
ministradores, enviados para servir a favor
daqueles que hão de herdar a salvação?”
Hebreus 1:14
Mensagem da Semana
Os anjos foram criados para adorar e louvar ao
Senhor, e nunca devem ser adorados.
Fique Alerta
Há muita literatura acerca dos anjos, explorando a
credulidade de pessoas espiritualmente carentes e
supersticiosas, induzindo-as a conceituações erradas e
falsas sobre o mundo espiritual. Devemos estar
atentos à Palavra de Deus.
Anjo = deriva
do Grego
ANGELOS, “m
ensageiro”
Quem são os anjos?
• São seres espirituais criados;
• São diferentes de todos os outros seres
criados por Deus;
• Exercem atividades importantes no mundo
espiritual;
• Não são independentes em suas
atividades, agem dentro dos limites impostos
por Deus;
• Vemo-los guiando, encorajando, suprindo e
livrando o povo de Deus em toda Bíblia;
• Uma de suas atividades principais no A. T. era
trazer mensagens aos fiéis.
Os anjos ainda ministram em favor dos servos
de Deus e dos interesses de seu Reino na
terra.
Criados para o louvor da glória de Deus
Os anjos foram criados para louvar e adorar a
Deus, como toda a criação.
Mas existem diferenças entre nós e os anjos, eles
são espíritos e não possuem um corpo mortal
como o nosso. Veja nos versículos seguintes:
“No ano em que o rei Uzias morreu, eu vi o
Senhor sentado num trono — elevado e exaltado!
A aba do seu manto encheu o templo. Os serafins
pairavam acima dele, cada um com seis asas.
Isaías 6. 1-6
Com duas asas, cobriam o rosto; com duas, os pés;
com duas, voavam. E proclamavam uns aos outros:
“Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos de
Anjos. Sua glória deslumbrante enche toda a terra”.
Os fundamentos tremeram ao som da voz dos anjos
e, então, toda a casa se encheu de fumaça.” Isaías 6. 1-
6
Hebreus 1:14
Não são porventura todos eles espíritos
ministradores, enviados para servir a favor
daqueles que hão de herdar a salvação?
Por que preciso conhecer
melhor
os anjos?
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Porque a seus anjos ele dará ordens a seu
respeito, para que o protejam em todos os
seus caminhos; Salmos 91:11
O anjo do Senhor
Acreditamos ser uma teofania (manifestação
visível de Cristo antes de nascer como
homem). Vejamos porque:
• Ele recebeu adoração (Js 5.14b);
• O seu nome é maravilhoso (Jz 13.18);
• O nome de Deus está nele (Êx. 23.20-23);
• Ele é príncipe do Exército do Senhor (Js 5.14a);
• Ele apareceu a Moisés na sarça ardente e disse:
“eu souo Deus de teu pai...” (Gn 26.24)
Arcanjo
É o anjo que tem mais autoridade sobre todos
os anjos comuns. A Bíblia fala apenas de um
arcanjo – Miguel (Jd 9).
• Ele contendeu contra Satanás
(Jd 9);
• É o capitão do exército celestial (Ap
12.7);
• É o guardião de Israel (Dn 12.1);
• Acompanhará o arrebatamento da
Igreja (1Ts 4.16).
Querubins
Anjos com autoridade e domínio.
Querubim = guardar ou cobrir (Gn 3.24)
Satanás era um querubim antes de se rebelar
(Ez 28.14)
Serafins
Significa “ardentes”. Única menção em Isaías
6. São adoradores incessantes de Deus.
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Anjos
Significa “mensageiros” – são todos os servidores
celestiais criados de Deus criados antes de existir a
terra.
“Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todos os seus
exércitos. Louvem o nome do Senhor, pois mandou, e
logo foram criados.” Salmos 148:2-5
O caráter dos anjos
• São santos e puros (At 10.22);
• São cercados da glória de Deus (Lc 9.26);
• São inteiramente sujeitos a Deus e a Cristo (Ef 1.22, 23);
• Dedicam-se a adorar a Deus e a cantar-lhe louvores
pois são reverentes (Ap 5.9).
• Não aceitam para si nenhuma forma de adoração (Ap
19.10) – todo tipo de adoração a anjos é totalmente
errado;
• Possuem autoconsciência;
• Conhecem a autoridade que Deus lhes delegou (Lc
1.19);
• Possuem autodeterminação,
• Possuem autodeterminação, têm livre-arbítrio;
• São sábios (2 Sm 14.20), porém não são oniscientes
(1Rs 8.39);
• São poderosos e magníficos em poder (Sl 103.20);
• Têm emoções (Lc1.10);
• Têm sua habitação no céu (Ap 21.12)
Anjos caídos
“Então, quando Satanás, que era o anjo
Lúcifer, rebelou-se contra Deus e caiu do céu (Isaías 14;
Ezequiel 28), um terço do grupo angelical uniu-se a sua
insurreição (Apocalipse 12:3-4;9). Não há nenhuma
dúvida de que esses anjos caídos são agora conhecidos
como demônios.” Fonte: http://www.gotquestions.org/Portugues/anjos-caidos.html#ixzz2bwlwo6fM
No princípio era o Verbo, e o Verbo
estava com Deus, e o Verbo era
Deus.
Ele estava no princípio com Deus.
Todas as coisas foram feitas por
ele, e sem ele nada do que foi feito
se fez. João 1:1-3
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
E foi precipitado o grande
dragão, a antiga
serpente, chamada o
Diabo, e Satanás, que
engana todo o mundo; ele
foi precipitado na terra, e
os seus anjos foram
lançados com ele. Ap. 12:9
Anjos de luz Anjos das trevas
São mensageiros de Deus (1 Rs 19.5-7) Servem a Satanás (Mt 25.41)
Adoram a Deus e a Cristo (Hb 1.6) Lutam contra o Reino de Deus (Ap 12.7)
Protegem o povo de Deus (Dn 12.1) Atacam os cristãos (Ef 6.12)
Lutam contra o Reino das Trevas (Ap 12.7) São mais poderosos que o homem (Sl 8.5)
Servem a Deus e ajudam os cristãos
(Hb 1.14)
Serão todos condenados ao Lago de Fogo
(Ap 20.10)
São mais poderosos que o homem (Sl 96.9) Serão derrotados por Cristo (Ap 13.10)
Não recebem adoração (Ap 19.10) Alguns possuem o corpo de pessoas
(demônios) (Mt 8.28)
Conclusão
Mesmo os anjos sendo perfeitos, santos e
gloriosos, os anjos jamais devem ser adorados
por nós, pois o nome de Jesus está acima de
todo os nomes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23
ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23
ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23
JosEdmlsonSLourenoJu
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
Respirando Deus
 
O Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - IntroduçãoO Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - Introdução
Carlos Almeida
 
Isaías 9.6-7
Isaías 9.6-7Isaías 9.6-7
Isaías 9.6-7
Geversom Sousa
 
GLORIFICAÇÃO A DEUS
GLORIFICAÇÃO A DEUS GLORIFICAÇÃO A DEUS
GLORIFICAÇÃO A DEUS
MOYSÉS PERUHYPE CARL CARLECH
 
Conhecimento de Deus
Conhecimento de DeusConhecimento de Deus
Conhecimento de Deus
Almy Alves
 
Deus procura os que
Deus procura os queDeus procura os que
Deus procura os que
Fer Nanda
 
Aula 11 - Josué
Aula 11 - JosuéAula 11 - Josué
Aula 11 - Josué
ibrdoamor
 
O homem e satanás
O homem e satanásO homem e satanás
O homem e satanás
Joselito Machado
 
PROFETAS MENORES
 PROFETAS MENORES PROFETAS MENORES
PROFETAS MENORES
Miguel Aguilera
 
A conquista de canaã lição 02
A conquista de canaã  lição 02A conquista de canaã  lição 02
A conquista de canaã lição 02
Mariângela Domeniche Perdomo
 
Leituras: Domingo da Epifania do Senhor
Leituras: Domingo da Epifania do SenhorLeituras: Domingo da Epifania do Senhor
Leituras: Domingo da Epifania do Senhor
José Lima
 
Leituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABC
Leituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABCLeituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABC
Leituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABC
José Lima
 
5 deus de justica isaias
5 deus de justica isaias5 deus de justica isaias
5 deus de justica isaias
Marçal Santos
 
Quem é o renovo abominavel
Quem é o renovo abominavelQuem é o renovo abominavel
Quem é o renovo abominavel
Efraim Ben Tzion
 
Leituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e C
Leituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e CLeituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e C
Leituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e C
José Lima
 
Leituras: Natal dia 25 - Anos A, B e C
Leituras: Natal dia 25 - Anos A, B e CLeituras: Natal dia 25 - Anos A, B e C
Leituras: Natal dia 25 - Anos A, B e C
José Lima
 
A mensagem é o Reino
A mensagem é o ReinoA mensagem é o Reino
A mensagem é o Reino
Almy Alves
 
Aqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligenciaAqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligencia
Vilma Longuini
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
Respirando Deus
 

Mais procurados (20)

ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23
ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23
ESTUDO BÍBLICO (EB - 2) MATEUS 1.1-25 | 2.1-23
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 
O Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - IntroduçãoO Reino Messiânico 1 - Introdução
O Reino Messiânico 1 - Introdução
 
Isaías 9.6-7
Isaías 9.6-7Isaías 9.6-7
Isaías 9.6-7
 
GLORIFICAÇÃO A DEUS
GLORIFICAÇÃO A DEUS GLORIFICAÇÃO A DEUS
GLORIFICAÇÃO A DEUS
 
Conhecimento de Deus
Conhecimento de DeusConhecimento de Deus
Conhecimento de Deus
 
Deus procura os que
Deus procura os queDeus procura os que
Deus procura os que
 
Aula 11 - Josué
Aula 11 - JosuéAula 11 - Josué
Aula 11 - Josué
 
O homem e satanás
O homem e satanásO homem e satanás
O homem e satanás
 
PROFETAS MENORES
 PROFETAS MENORES PROFETAS MENORES
PROFETAS MENORES
 
A conquista de canaã lição 02
A conquista de canaã  lição 02A conquista de canaã  lição 02
A conquista de canaã lição 02
 
Leituras: Domingo da Epifania do Senhor
Leituras: Domingo da Epifania do SenhorLeituras: Domingo da Epifania do Senhor
Leituras: Domingo da Epifania do Senhor
 
Leituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABC
Leituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABCLeituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABC
Leituras Bíblicas: Natal dia 25 - ano ABC
 
5 deus de justica isaias
5 deus de justica isaias5 deus de justica isaias
5 deus de justica isaias
 
Quem é o renovo abominavel
Quem é o renovo abominavelQuem é o renovo abominavel
Quem é o renovo abominavel
 
Leituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e C
Leituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e CLeituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e C
Leituras: A Epifania do Senhor - Anos A, B e C
 
Leituras: Natal dia 25 - Anos A, B e C
Leituras: Natal dia 25 - Anos A, B e CLeituras: Natal dia 25 - Anos A, B e C
Leituras: Natal dia 25 - Anos A, B e C
 
A mensagem é o Reino
A mensagem é o ReinoA mensagem é o Reino
A mensagem é o Reino
 
Aqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligenciaAqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligencia
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
 

Destaque

O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
Quenia Damata
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Quenia Damata
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
Quenia Damata
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Quenia Damata
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
Quenia Damata
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
Quenia Damata
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
Quenia Damata
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Quenia Damata
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Quenia Damata
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
Quenia Damata
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Quenia Damata
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
Quenia Damata
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Quenia Damata
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Quenia Damata
 
Quanto tempo nos resta?
Quanto tempo nos resta?Quanto tempo nos resta?
Quanto tempo nos resta?
Daladier Lima
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Prof. Robson Santos
 
Lição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoLição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto Doméstico
Escol Dominical
 
Culto domésticco
Culto domésticcoCulto domésticco
O caminho do amor na família
O caminho do amor na família  O caminho do amor na família
O caminho do amor na família
Christian Lepelletier
 
A necessidade e a urgência do culto doméstico
A necessidade e a urgência do culto domésticoA necessidade e a urgência do culto doméstico
A necessidade e a urgência do culto doméstico
Moisés Sampaio
 

Destaque (20)

O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
 
Quanto tempo nos resta?
Quanto tempo nos resta?Quanto tempo nos resta?
Quanto tempo nos resta?
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
 
Lição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoLição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto Doméstico
 
Culto domésticco
Culto domésticcoCulto domésticco
Culto domésticco
 
O caminho do amor na família
O caminho do amor na família  O caminho do amor na família
O caminho do amor na família
 
A necessidade e a urgência do culto doméstico
A necessidade e a urgência do culto domésticoA necessidade e a urgência do culto doméstico
A necessidade e a urgência do culto doméstico
 

Semelhante a Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)

ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptxANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
LucianoMachado52
 
Anjos e suas atividades
Anjos e suas atividadesAnjos e suas atividades
Anjos e suas atividades
Instituto Teológico Gamaliel
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
JOSIAS MOURA DE MENEZES
 
Apostila doutrina dos anjos
Apostila  doutrina dos anjosApostila  doutrina dos anjos
Apostila doutrina dos anjos
Antonio Rodrigues
 
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
fogotv
 
Angelologia - INCITH.pptx
Angelologia - INCITH.pptxAngelologia - INCITH.pptx
Angelologia - INCITH.pptx
CarlosAzevedo109
 
Anjos os mensageiros de deus
Anjos os mensageiros de deusAnjos os mensageiros de deus
Anjos os mensageiros de deus
Rovanildo Vieira Soares
 
Angelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologiaAngelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologia
Instituto Teológico Gamaliel
 
Angeologia
 Angeologia Angeologia
Angeologia
RODRIGO FERREIRA
 
Anjos e Demônios
Anjos e DemôniosAnjos e Demônios
Anjos e Demônios
Daniel de Carvalho Luz
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
Instituto Teológico Gamaliel
 
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptxA DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
DassayevSilva
 
21. gênesis
21. gênesis21. gênesis
21. gênesis
pohlos
 
Angelologia IBADERJ
Angelologia IBADERJAngelologia IBADERJ
Angelologia IBADERJ
Dangelo Nascimento
 
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo EspiritualLição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Hamilton Souza
 
005-Jornal Cesesul 27-04-14
005-Jornal Cesesul 27-04-14005-Jornal Cesesul 27-04-14
005-Jornal Cesesul 27-04-14
CESESUL
 
18 Russelismo (Parte 3)
18   Russelismo (Parte 3)18   Russelismo (Parte 3)
18 Russelismo (Parte 3)
Robson Tavares Fernandes
 
O grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a SaúdeO grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a Saúde
Herbert de Carvalho
 
Os Anjos.pdf
Os Anjos.pdfOs Anjos.pdf
Os Anjos.pdf
AureoSilva2
 

Semelhante a Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD) (20)

ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptxANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
ANGEOLOGIA DEMONOLOGIA SATANOLOGIA.pptx
 
Anjos e suas atividades
Anjos e suas atividadesAnjos e suas atividades
Anjos e suas atividades
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
 
Apostila doutrina dos anjos
Apostila  doutrina dos anjosApostila  doutrina dos anjos
Apostila doutrina dos anjos
 
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2Doutrina Dos Anjos Modulo 2
Doutrina Dos Anjos Modulo 2
 
Angelologia - INCITH.pptx
Angelologia - INCITH.pptxAngelologia - INCITH.pptx
Angelologia - INCITH.pptx
 
Anjos os mensageiros de deus
Anjos os mensageiros de deusAnjos os mensageiros de deus
Anjos os mensageiros de deus
 
Angelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologiaAngelologia,satanologia,demonologia
Angelologia,satanologia,demonologia
 
Angeologia
 Angeologia Angeologia
Angeologia
 
Anjos e Demônios
Anjos e DemôniosAnjos e Demônios
Anjos e Demônios
 
Estudo sobre anjos
Estudo sobre anjosEstudo sobre anjos
Estudo sobre anjos
 
Anjos
AnjosAnjos
Anjos
 
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptxA DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
A DOUTRINA DOS ANJOS-CETADEB.pptx
 
21. gênesis
21. gênesis21. gênesis
21. gênesis
 
Angelologia IBADERJ
Angelologia IBADERJAngelologia IBADERJ
Angelologia IBADERJ
 
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo EspiritualLição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
Lição 2 – A Natureza dos Anjos – A Beleza do Mundo Espiritual
 
005-Jornal Cesesul 27-04-14
005-Jornal Cesesul 27-04-14005-Jornal Cesesul 27-04-14
005-Jornal Cesesul 27-04-14
 
18 Russelismo (Parte 3)
18   Russelismo (Parte 3)18   Russelismo (Parte 3)
18 Russelismo (Parte 3)
 
O grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a SaúdeO grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a Saúde
 
Os Anjos.pdf
Os Anjos.pdfOs Anjos.pdf
Os Anjos.pdf
 

Mais de Quenia Damata

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
Quenia Damata
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Quenia Damata
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
Quenia Damata
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
Quenia Damata
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Quenia Damata
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
Quenia Damata
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
Quenia Damata
 
O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6
Quenia Damata
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
Quenia Damata
 
A verdadeira Adoração
A verdadeira AdoraçãoA verdadeira Adoração
A verdadeira Adoração
Quenia Damata
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
Quenia Damata
 
Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.
Quenia Damata
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
Quenia Damata
 
Deus, o Pai Perfeito
Deus, o  Pai PerfeitoDeus, o  Pai Perfeito
Deus, o Pai Perfeito
Quenia Damata
 
O valor do perdão
O valor do perdãoO valor do perdão
O valor do perdão
Quenia Damata
 
Na contramão da sociedade, Adolescer +, Editora Betel
Na contramão da sociedade, Adolescer +, Editora BetelNa contramão da sociedade, Adolescer +, Editora Betel
Na contramão da sociedade, Adolescer +, Editora Betel
Quenia Damata
 

Mais de Quenia Damata (16)

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
 
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
O Espírito Santo, Deus em nós - lição 9
 
O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6O pecado e suas consequências - Lição 6
O pecado e suas consequências - Lição 6
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
 
A verdadeira Adoração
A verdadeira AdoraçãoA verdadeira Adoração
A verdadeira Adoração
 
O Bom Samaritano
O Bom SamaritanoO Bom Samaritano
O Bom Samaritano
 
Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.Namoro, muito mais que diversão.
Namoro, muito mais que diversão.
 
Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?Dinheiro: benção ou maldição?
Dinheiro: benção ou maldição?
 
Deus, o Pai Perfeito
Deus, o  Pai PerfeitoDeus, o  Pai Perfeito
Deus, o Pai Perfeito
 
O valor do perdão
O valor do perdãoO valor do perdão
O valor do perdão
 
Na contramão da sociedade, Adolescer +, Editora Betel
Na contramão da sociedade, Adolescer +, Editora BetelNa contramão da sociedade, Adolescer +, Editora Betel
Na contramão da sociedade, Adolescer +, Editora Betel
 

Último

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 

Último (14)

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 

Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)

  • 3. Texto Bíblico “Depois de ter consumado o sacrifício pelos pecados, o Filho tomou seu lugar de honra, nos altos céus, ao lado de Deus, sendo maior em posição e domínio que qualquer anjo.
  • 4. Alguma vez Deus disse a algum anjo: “Você é meu Filho; hoje me alegro em você”? Ou: “Eu sou seu Pai, ele é meu Filho”? Quando ele apresenta seu Filho com todas as honras ao mundo, ele diz: “Todos os anjos devem adorá-lo”.
  • 5. Mas, com respeito aos anjos, diz: Os mensageiros são ventos, os servos são línguas de fogo.
  • 6. E alguma vez ele disse algo parecido a algum anjo: Assente-se aqui ao meu lado direito até que eu faça dos seus inimigos um descanso para os pés?
  • 7. Não é óbvio que todos os anjos são enviados para ajudar os que foram designados para receber a salvação?” Hebreus 1.5-7, 13,14 (versão A Mensagem)
  • 8. Enfoque Bíblico “Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?” Hebreus 1:14
  • 9. Mensagem da Semana Os anjos foram criados para adorar e louvar ao Senhor, e nunca devem ser adorados.
  • 10. Fique Alerta Há muita literatura acerca dos anjos, explorando a credulidade de pessoas espiritualmente carentes e supersticiosas, induzindo-as a conceituações erradas e falsas sobre o mundo espiritual. Devemos estar atentos à Palavra de Deus.
  • 11. Anjo = deriva do Grego ANGELOS, “m ensageiro”
  • 12. Quem são os anjos? • São seres espirituais criados; • São diferentes de todos os outros seres criados por Deus;
  • 13. • Exercem atividades importantes no mundo espiritual; • Não são independentes em suas atividades, agem dentro dos limites impostos por Deus;
  • 14. • Vemo-los guiando, encorajando, suprindo e livrando o povo de Deus em toda Bíblia; • Uma de suas atividades principais no A. T. era trazer mensagens aos fiéis.
  • 15. Os anjos ainda ministram em favor dos servos de Deus e dos interesses de seu Reino na terra.
  • 16. Criados para o louvor da glória de Deus Os anjos foram criados para louvar e adorar a Deus, como toda a criação. Mas existem diferenças entre nós e os anjos, eles são espíritos e não possuem um corpo mortal como o nosso. Veja nos versículos seguintes:
  • 17. “No ano em que o rei Uzias morreu, eu vi o Senhor sentado num trono — elevado e exaltado! A aba do seu manto encheu o templo. Os serafins pairavam acima dele, cada um com seis asas. Isaías 6. 1-6
  • 18. Com duas asas, cobriam o rosto; com duas, os pés; com duas, voavam. E proclamavam uns aos outros: “Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos de Anjos. Sua glória deslumbrante enche toda a terra”. Os fundamentos tremeram ao som da voz dos anjos e, então, toda a casa se encheu de fumaça.” Isaías 6. 1- 6
  • 19. Hebreus 1:14 Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?
  • 20. Por que preciso conhecer melhor os anjos?
  • 22. Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos; Salmos 91:11
  • 23. O anjo do Senhor Acreditamos ser uma teofania (manifestação visível de Cristo antes de nascer como homem). Vejamos porque:
  • 24. • Ele recebeu adoração (Js 5.14b); • O seu nome é maravilhoso (Jz 13.18); • O nome de Deus está nele (Êx. 23.20-23); • Ele é príncipe do Exército do Senhor (Js 5.14a); • Ele apareceu a Moisés na sarça ardente e disse: “eu souo Deus de teu pai...” (Gn 26.24)
  • 25. Arcanjo É o anjo que tem mais autoridade sobre todos os anjos comuns. A Bíblia fala apenas de um arcanjo – Miguel (Jd 9).
  • 26. • Ele contendeu contra Satanás (Jd 9); • É o capitão do exército celestial (Ap 12.7); • É o guardião de Israel (Dn 12.1); • Acompanhará o arrebatamento da Igreja (1Ts 4.16).
  • 27. Querubins Anjos com autoridade e domínio. Querubim = guardar ou cobrir (Gn 3.24) Satanás era um querubim antes de se rebelar (Ez 28.14)
  • 28. Serafins Significa “ardentes”. Única menção em Isaías 6. São adoradores incessantes de Deus.
  • 31. Anjos Significa “mensageiros” – são todos os servidores celestiais criados de Deus criados antes de existir a terra. “Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todos os seus exércitos. Louvem o nome do Senhor, pois mandou, e logo foram criados.” Salmos 148:2-5
  • 32. O caráter dos anjos • São santos e puros (At 10.22); • São cercados da glória de Deus (Lc 9.26); • São inteiramente sujeitos a Deus e a Cristo (Ef 1.22, 23); • Dedicam-se a adorar a Deus e a cantar-lhe louvores pois são reverentes (Ap 5.9).
  • 33. • Não aceitam para si nenhuma forma de adoração (Ap 19.10) – todo tipo de adoração a anjos é totalmente errado; • Possuem autoconsciência; • Conhecem a autoridade que Deus lhes delegou (Lc 1.19); • Possuem autodeterminação,
  • 34. • Possuem autodeterminação, têm livre-arbítrio; • São sábios (2 Sm 14.20), porém não são oniscientes (1Rs 8.39); • São poderosos e magníficos em poder (Sl 103.20); • Têm emoções (Lc1.10); • Têm sua habitação no céu (Ap 21.12)
  • 35. Anjos caídos “Então, quando Satanás, que era o anjo Lúcifer, rebelou-se contra Deus e caiu do céu (Isaías 14; Ezequiel 28), um terço do grupo angelical uniu-se a sua insurreição (Apocalipse 12:3-4;9). Não há nenhuma dúvida de que esses anjos caídos são agora conhecidos como demônios.” Fonte: http://www.gotquestions.org/Portugues/anjos-caidos.html#ixzz2bwlwo6fM
  • 36. No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. João 1:1-3
  • 40. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. Ap. 12:9
  • 41. Anjos de luz Anjos das trevas São mensageiros de Deus (1 Rs 19.5-7) Servem a Satanás (Mt 25.41) Adoram a Deus e a Cristo (Hb 1.6) Lutam contra o Reino de Deus (Ap 12.7) Protegem o povo de Deus (Dn 12.1) Atacam os cristãos (Ef 6.12) Lutam contra o Reino das Trevas (Ap 12.7) São mais poderosos que o homem (Sl 8.5) Servem a Deus e ajudam os cristãos (Hb 1.14) Serão todos condenados ao Lago de Fogo (Ap 20.10) São mais poderosos que o homem (Sl 96.9) Serão derrotados por Cristo (Ap 13.10) Não recebem adoração (Ap 19.10) Alguns possuem o corpo de pessoas (demônios) (Mt 8.28)
  • 42. Conclusão Mesmo os anjos sendo perfeitos, santos e gloriosos, os anjos jamais devem ser adorados por nós, pois o nome de Jesus está acima de todo os nomes.