SlideShare uma empresa Scribd logo
5º ENCONTRO
Jesus está presente na Eucaristia
Como Jesus está presente na Eucaristia?
Jesus Cristo está presente na Eucaristia dum modo único e
incomparável. De fato, está presente de modo verdadeiro,
real, substancial: com o seu Corpo e o seu Sangue, com a
sua Alma e a sua Divindade. Nela está presente em modo
sacramental, isto é, sob as espécies eucarísticas do pão e
do vinho, Cristo completo: Deus e homem.
Introdução
 Sabemos que Cristo morreu, ressuscitou e subiu ao céu,
onde está sentado à direita do Pai. Mas está presente
também na sua Igreja de muitas maneiras: sobretudo sob
as espécies sacramentais de pão e vinho, que contêm o
Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, como ensina a fé.
 O Senhor ficou realmente presente na Eucaristia com o
seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade.
 Na Eucaristia está contido o verdadeiro Corpo de Jesus
Cristo, o mesmo que nasceu da Virgem e que está
sentado à direita de Deus Pai. Desde o princípio, os
cristãos acreditaram nesta verdade.
Ideias principais
A transubstanciação
O que aconteceu exatamente quando Jesus disse na
Última Ceia (e os sacerdotes na missa): “Isto é o meu corpo”
sobre o pão, e “Este é o cálice do meu sangue” sobre o
vinho? Cremos que a substância do pão deixou de existir
completa e totalmente, e que a substância do próprio Corpo
de Cristo substituiu a substância do pão, que ficou
aniquilada. Cremos também que Jesus, pelo seu poder
onipotente como Deus, preservou as aparências do pão e
do vinho, apesar de as respectivas substâncias terem
desaparecido.
Por “aparências” de pão e de vinho entendemos todas as
formas externas e acidentais que de um modo ou de outro
podem ser percebidas pelos sentidos da vista, do tato, do
paladar, do ouvido e do olfato. A Sagrada Eucaristia ainda
parece pão e vinho, ainda tem o sabor do pão e do vinho,
cheira a pão e vinho, ainda é sensível ao tato como pão e
vinho, e se partíssemos ou derramássemos, espalhar-se-ia
como pão e vinho. Mesmo que fizéssemos um exame
microscópico, eletrônico ou radiológico, só poderíamos
perceber nela as qualidades do pão e do vinho.
Evidentemente, é um milagre, um milagre contínuo,
realizado centenas de milhares de vezes ao dia pelo
poder infinito de Deus. A bem dizer, é um duplo milagre: é
o milagre da transformação do pão e do vinho em Jesus
Cristo; e o milagre adicional pelo qual Deus mantém as
aparências do pão e do vinho ainda que a substância
subjacente tenha desaparecido, como se o rosto de uma
pessoa permanecesse num espelho depois de a pessoa
se ter retirado.
A mudança operada pelas palavras da
consagração é de um tipo especial, e a
Igreja teve de cunhar um termo especial
para a designar: transubstanciação, que,
literalmente significa a passagem de uma
substância para a outra.
Ainda que pelas palavras da consagração o corpo de Jesus se torne
presente sob as aparências do pão, e o seu sangue sob as aparências do
vinho, sabemos que a Pessoa de Jesus, ressuscitado dentre os mortos,
não pode ser dividida. Onde está o seu corpo, deve estar também o seu
sangue; e onde estão o seu corpo e o seu sangue, devem estar também a
sua alma e a sua natureza divina; a que estão unidos o seu corpo e o seu
sangue. Do mesmo modo, onde está o sangue de Jesus, deve estar
Jesus inteiro. Em consequência, pelas palavras “Isto é o meu corpo”,
torna-se presente não só o corpo de Jesus, como também – pelos que os
teólogos chamam “concomitância”; quer dizer, por força da sua unidade
de pessoa – o seu sangue, alma e divindade. O mesmo acontece na
consagração do vinho.
É por esta razão que não é necessário receber a Comunhão sob as
duas espécies de pão e vinho, embora se possa fazê-lo nos casos
previstos pelas normas litúrgicas. Se a recebemos sob qualquer das duas,
seja pão, seja vinho, recebemos Jesus todo, completo e inteiro.
Jesus Cristo, todo e inteiro, está presente na Sagrada
Eucaristia sob as aparências do pão e do vinho. Está
presente simultaneamente em cada uma das hóstias
consagradas de cada altar de todo o mundo e em cada cálice
consagrado onde quer que se celebre a Santa Missa. Mais
ainda, Jesus todo e inteiro está presente em cada partícula
consagrada e em cada gota de vinho consagrado. Se a
sagrada hóstia se divide – como o sacerdote faz durante a
missa – Jesus está totalmente presente em cada uma das
partes. Se caísse ao chão uma partícula da hóstia
consagrada ou se derramasse uma gota do cálice, Jesus
estaria presente todo e inteiro nessa partícula e nessa gota.
É por isso que os panos do altar têm que ser lavados com a máxima
reverência, porque pode haver aderida a eles uma partícula das Sagradas
Eucaristias. Estes panos de altar compreendem o corporal, sobre o qual
se coloca a patena com a hóstia e o cálice consagrados durante a missa;
a pala, o pano quadrado que cobre o cálice durante a missa; e o
sanguíneo, o pano com que o sacerdote enxuga os lábios depois de
consumir o precioso Sangue e seca os dedos e o cálice depois de lavar o
cálice com água. Jesus, evidentemente, não deixa o seu lugar no céu, “à
direita do Pai”, para se tornar presente na Sagrada Eucaristia. Permanece
no céu e está no altar. Quem se faz presente sob as aparências do pão e
do vinho é o corpo glorificado de Jesus, o seu corpo tal como está no céu.
Quanto tempo permanece Jesus na Sagrada Eucaristia?
O tempo em que permanecem as espécies do pão e do
vinho. Se um fogo repentino destruísse as hóstias
consagradas do sacrário, Jesus não se queimaria. As
aparências do pão e do vinho transformar-se-iam em
cinzas, mas Jesus já não estaria lá. Quando, depois de
comungarmos, o nosso processo digestivo destrói as
aparências do pão, Jesus não permanece corporalmente
em nós; só fica a sua graça.
Os cristãos devem manifestar fé e amor para com a Eucaristia
 O culto à Sagrada Eucaristia foi sempre vivido pelo povo cristão com muitas
devoções eucarísticas:
 A Quinta-feira Santa.
 A festa do Corpo de Cristo.
 A exposição e bênção do Santíssimo.
 As visitas ao Sacrário.
 As orações que alimentam a piedade eucarística:
 Comunhões espirituais.
 Adoro Te devote.
 Orações para antes e depois de comungar.
 Guiados pela fé, é um detalhe de nobreza humana oferecer a Jesus no Sacrário
coisas dignas:
 que o Sacrário seja do melhor,
 cuidar dos vasos sagrados,
 a genuflexão bem feita diante do Sacrário,
 ir com frequência a visitá-lo.
Perguntas
www.conhecendominhafe.blogspot.com.br
1. Quem é o ministro da celebração da Eucaristia?
2. Quais são os elementos essenciais e necessários para
realizar a Eucaristia?
3. Como Jesus está presente na Eucaristia?
4. Até quando continua a presença eucarística de Cristo?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?
Juliana Cristina M. Muniz
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
Samuel Elanio
 
A eucaristia
A eucaristiaA eucaristia
A eucaristia
João Pereira
 
Sacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristiaSacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristia
Jorge Pereira
 
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
25  Os Setes Sacramentos Da Igreja25  Os Setes Sacramentos Da Igreja
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
p1guarei
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
A Santa Missa
Francisco Rodrigues
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
Os sacramentos da igreja - Aula 06
Os sacramentos da igreja - Aula 06Os sacramentos da igreja - Aula 06
Os sacramentos da igreja - Aula 06
Rubens Júnior
 
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Rubens Júnior
 
Atitudes eucaristia
Atitudes eucaristiaAtitudes eucaristia
Atitudes eucaristia
pedromartins2011
 
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
Catequese Anjos dos Céus
 
O sacramento da crisma
O sacramento da crismaO sacramento da crisma
O sacramento da crisma
Si Leão
 
Sacramento da crisma paróquia santo antônio de pádua
Sacramento da crisma paróquia santo antônio de páduaSacramento da crisma paróquia santo antônio de pádua
Sacramento da crisma paróquia santo antônio de pádua
José Luiz Silva Pinto
 
Os sacramentos da igreja - Aula 10
Os sacramentos da igreja - Aula 10Os sacramentos da igreja - Aula 10
Os sacramentos da igreja - Aula 10
Rubens Júnior
 
Introdução aos sacramentos
Introdução aos sacramentosIntrodução aos sacramentos
Introdução aos sacramentos
Jean
 
Unção enfermos
Unção enfermosUnção enfermos
Unção enfermos
António José Fonseca
 
Corpus christi 1 - na biblia (portugues)
Corpus christi   1 - na biblia (portugues)Corpus christi   1 - na biblia (portugues)
Corpus christi 1 - na biblia (portugues)
Martin M Flynn
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Catequese Anjos dos Céus
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
Ramon Gimenez
 
A Quaresma
A QuaresmaA Quaresma
A Quaresma
Daniel Junior
 

Mais procurados (20)

O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?O que é a Eucaristia?
O que é a Eucaristia?
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
 
A eucaristia
A eucaristiaA eucaristia
A eucaristia
 
Sacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristiaSacramento da eucaristia
Sacramento da eucaristia
 
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
25  Os Setes Sacramentos Da Igreja25  Os Setes Sacramentos Da Igreja
25 Os Setes Sacramentos Da Igreja
 
A Santa Missa
A Santa MissaA Santa Missa
A Santa Missa
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
 
Os sacramentos da igreja - Aula 06
Os sacramentos da igreja - Aula 06Os sacramentos da igreja - Aula 06
Os sacramentos da igreja - Aula 06
 
Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01Os sacramentos da igreja - Aula 01
Os sacramentos da igreja - Aula 01
 
Atitudes eucaristia
Atitudes eucaristiaAtitudes eucaristia
Atitudes eucaristia
 
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
21º Encontro - Sacramentos e Sacramentos da iniciação
 
O sacramento da crisma
O sacramento da crismaO sacramento da crisma
O sacramento da crisma
 
Sacramento da crisma paróquia santo antônio de pádua
Sacramento da crisma paróquia santo antônio de páduaSacramento da crisma paróquia santo antônio de pádua
Sacramento da crisma paróquia santo antônio de pádua
 
Os sacramentos da igreja - Aula 10
Os sacramentos da igreja - Aula 10Os sacramentos da igreja - Aula 10
Os sacramentos da igreja - Aula 10
 
Introdução aos sacramentos
Introdução aos sacramentosIntrodução aos sacramentos
Introdução aos sacramentos
 
Unção enfermos
Unção enfermosUnção enfermos
Unção enfermos
 
Corpus christi 1 - na biblia (portugues)
Corpus christi   1 - na biblia (portugues)Corpus christi   1 - na biblia (portugues)
Corpus christi 1 - na biblia (portugues)
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
 
A Quaresma
A QuaresmaA Quaresma
A Quaresma
 

Semelhante a Os sacramentos da igreja - Aula 05

EUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - TransubstanciaçãoEUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - Transubstanciação
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
Corpus christi 2 catecismo (portugues)
Corpus christi   2 catecismo (portugues)Corpus christi   2 catecismo (portugues)
Corpus christi 2 catecismo (portugues)
Martin M Flynn
 
Artigo V
Artigo VArtigo V
Artigo V
Autônomo
 
Jesus o verdadeiro fundador da Igreja Apostólica
Jesus o verdadeiro fundador da Igreja ApostólicaJesus o verdadeiro fundador da Igreja Apostólica
Jesus o verdadeiro fundador da Igreja Apostólica
Autônomo
 
Sacramento da Eucaristia.pptx
Sacramento da Eucaristia.pptxSacramento da Eucaristia.pptx
Sacramento da Eucaristia.pptx
BrunoPaz18
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
Fábio Soares
 
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia EucaristicaA Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
Leone Orlando
 
Mysterium Fidei
Mysterium FideiMysterium Fidei
Mysterium Fidei
Carlinhos Pregador
 
Boletim cbg n°_31_1_ag_2014
Boletim cbg n°_31_1_ag_2014Boletim cbg n°_31_1_ag_2014
Boletim cbg n°_31_1_ag_2014
Silas Roberto Nogueira
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
nyllolucas
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
nyllolucas
 
A santa missa
A santa missaA santa missa
A santa missa
Lucas Barros
 
EUCARISTIA.pptx
EUCARISTIA.pptxEUCARISTIA.pptx
EUCARISTIA.pptx
DINAMRCIACHAVES
 
Pdf Ajoelhar Se
Pdf Ajoelhar SePdf Ajoelhar Se
Pdf Ajoelhar Se
Francisco Sousa
 
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
Luís Carvalho
 
CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO IICARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
Marcos Antonio da Silva
 
Introdução Geral do Missal Romano - Missal Novo
Introdução Geral do Missal Romano - Missal NovoIntrodução Geral do Missal Romano - Missal Novo
Introdução Geral do Missal Romano - Missal Novo
2f6mgf2hhx
 
santa-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdfsanta-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdf
FatimaSanta1
 
MILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTIS
MILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTISMILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTIS
MILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTIS
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
Lição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptx
Lição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptxLição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptx
Lição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptx
Celso Napoleon
 

Semelhante a Os sacramentos da igreja - Aula 05 (20)

EUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - TransubstanciaçãoEUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - Transubstanciação
 
Corpus christi 2 catecismo (portugues)
Corpus christi   2 catecismo (portugues)Corpus christi   2 catecismo (portugues)
Corpus christi 2 catecismo (portugues)
 
Artigo V
Artigo VArtigo V
Artigo V
 
Jesus o verdadeiro fundador da Igreja Apostólica
Jesus o verdadeiro fundador da Igreja ApostólicaJesus o verdadeiro fundador da Igreja Apostólica
Jesus o verdadeiro fundador da Igreja Apostólica
 
Sacramento da Eucaristia.pptx
Sacramento da Eucaristia.pptxSacramento da Eucaristia.pptx
Sacramento da Eucaristia.pptx
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
 
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia EucaristicaA Santa Missa Liturgia Eucaristica
A Santa Missa Liturgia Eucaristica
 
Mysterium Fidei
Mysterium FideiMysterium Fidei
Mysterium Fidei
 
Boletim cbg n°_31_1_ag_2014
Boletim cbg n°_31_1_ag_2014Boletim cbg n°_31_1_ag_2014
Boletim cbg n°_31_1_ag_2014
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
 
A missa parte por parte
A missa parte por parteA missa parte por parte
A missa parte por parte
 
A santa missa
A santa missaA santa missa
A santa missa
 
EUCARISTIA.pptx
EUCARISTIA.pptxEUCARISTIA.pptx
EUCARISTIA.pptx
 
Pdf Ajoelhar Se
Pdf Ajoelhar SePdf Ajoelhar Se
Pdf Ajoelhar Se
 
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
 
CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO IICARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
CARTA ENCÍCLICA ECCLESIA DE EUCHARISTIA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II
 
Introdução Geral do Missal Romano - Missal Novo
Introdução Geral do Missal Romano - Missal NovoIntrodução Geral do Missal Romano - Missal Novo
Introdução Geral do Missal Romano - Missal Novo
 
santa-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdfsanta-missa-explicada-ok.pdf
santa-missa-explicada-ok.pdf
 
MILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTIS
MILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTISMILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTIS
MILAGRES EUCARÍSTICOS NO MUNDO - CARLO ACUTIS
 
Lição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptx
Lição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptxLição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptx
Lição 10 - A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja.pptx
 

Mais de Rubens Júnior

Os sacramentos da igreja - Aula 12
Os sacramentos da igreja - Aula 12Os sacramentos da igreja - Aula 12
Os sacramentos da igreja - Aula 12
Rubens Júnior
 
Os sacramentos da igreja - Aula 11
Os sacramentos da igreja - Aula 11Os sacramentos da igreja - Aula 11
Os sacramentos da igreja - Aula 11
Rubens Júnior
 
Os sacramentos da igreja - Aula 09
Os sacramentos da igreja - Aula 09Os sacramentos da igreja - Aula 09
Os sacramentos da igreja - Aula 09
Rubens Júnior
 
Os sacramentos da igreja - Aula 08
Os sacramentos da igreja - Aula 08Os sacramentos da igreja - Aula 08
Os sacramentos da igreja - Aula 08
Rubens Júnior
 
Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02
Rubens Júnior
 
Concílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 AnosConcílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 Anos
Rubens Júnior
 

Mais de Rubens Júnior (6)

Os sacramentos da igreja - Aula 12
Os sacramentos da igreja - Aula 12Os sacramentos da igreja - Aula 12
Os sacramentos da igreja - Aula 12
 
Os sacramentos da igreja - Aula 11
Os sacramentos da igreja - Aula 11Os sacramentos da igreja - Aula 11
Os sacramentos da igreja - Aula 11
 
Os sacramentos da igreja - Aula 09
Os sacramentos da igreja - Aula 09Os sacramentos da igreja - Aula 09
Os sacramentos da igreja - Aula 09
 
Os sacramentos da igreja - Aula 08
Os sacramentos da igreja - Aula 08Os sacramentos da igreja - Aula 08
Os sacramentos da igreja - Aula 08
 
Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02
 
Concílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 AnosConcílio Vaticano II - 50 Anos
Concílio Vaticano II - 50 Anos
 

Último

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 

Último (14)

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 

Os sacramentos da igreja - Aula 05

  • 1. 5º ENCONTRO Jesus está presente na Eucaristia
  • 2. Como Jesus está presente na Eucaristia? Jesus Cristo está presente na Eucaristia dum modo único e incomparável. De fato, está presente de modo verdadeiro, real, substancial: com o seu Corpo e o seu Sangue, com a sua Alma e a sua Divindade. Nela está presente em modo sacramental, isto é, sob as espécies eucarísticas do pão e do vinho, Cristo completo: Deus e homem.
  • 3. Introdução  Sabemos que Cristo morreu, ressuscitou e subiu ao céu, onde está sentado à direita do Pai. Mas está presente também na sua Igreja de muitas maneiras: sobretudo sob as espécies sacramentais de pão e vinho, que contêm o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, como ensina a fé.  O Senhor ficou realmente presente na Eucaristia com o seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade.  Na Eucaristia está contido o verdadeiro Corpo de Jesus Cristo, o mesmo que nasceu da Virgem e que está sentado à direita de Deus Pai. Desde o princípio, os cristãos acreditaram nesta verdade.
  • 5. A transubstanciação O que aconteceu exatamente quando Jesus disse na Última Ceia (e os sacerdotes na missa): “Isto é o meu corpo” sobre o pão, e “Este é o cálice do meu sangue” sobre o vinho? Cremos que a substância do pão deixou de existir completa e totalmente, e que a substância do próprio Corpo de Cristo substituiu a substância do pão, que ficou aniquilada. Cremos também que Jesus, pelo seu poder onipotente como Deus, preservou as aparências do pão e do vinho, apesar de as respectivas substâncias terem desaparecido.
  • 6. Por “aparências” de pão e de vinho entendemos todas as formas externas e acidentais que de um modo ou de outro podem ser percebidas pelos sentidos da vista, do tato, do paladar, do ouvido e do olfato. A Sagrada Eucaristia ainda parece pão e vinho, ainda tem o sabor do pão e do vinho, cheira a pão e vinho, ainda é sensível ao tato como pão e vinho, e se partíssemos ou derramássemos, espalhar-se-ia como pão e vinho. Mesmo que fizéssemos um exame microscópico, eletrônico ou radiológico, só poderíamos perceber nela as qualidades do pão e do vinho.
  • 7. Evidentemente, é um milagre, um milagre contínuo, realizado centenas de milhares de vezes ao dia pelo poder infinito de Deus. A bem dizer, é um duplo milagre: é o milagre da transformação do pão e do vinho em Jesus Cristo; e o milagre adicional pelo qual Deus mantém as aparências do pão e do vinho ainda que a substância subjacente tenha desaparecido, como se o rosto de uma pessoa permanecesse num espelho depois de a pessoa se ter retirado.
  • 8. A mudança operada pelas palavras da consagração é de um tipo especial, e a Igreja teve de cunhar um termo especial para a designar: transubstanciação, que, literalmente significa a passagem de uma substância para a outra.
  • 9. Ainda que pelas palavras da consagração o corpo de Jesus se torne presente sob as aparências do pão, e o seu sangue sob as aparências do vinho, sabemos que a Pessoa de Jesus, ressuscitado dentre os mortos, não pode ser dividida. Onde está o seu corpo, deve estar também o seu sangue; e onde estão o seu corpo e o seu sangue, devem estar também a sua alma e a sua natureza divina; a que estão unidos o seu corpo e o seu sangue. Do mesmo modo, onde está o sangue de Jesus, deve estar Jesus inteiro. Em consequência, pelas palavras “Isto é o meu corpo”, torna-se presente não só o corpo de Jesus, como também – pelos que os teólogos chamam “concomitância”; quer dizer, por força da sua unidade de pessoa – o seu sangue, alma e divindade. O mesmo acontece na consagração do vinho. É por esta razão que não é necessário receber a Comunhão sob as duas espécies de pão e vinho, embora se possa fazê-lo nos casos previstos pelas normas litúrgicas. Se a recebemos sob qualquer das duas, seja pão, seja vinho, recebemos Jesus todo, completo e inteiro.
  • 10. Jesus Cristo, todo e inteiro, está presente na Sagrada Eucaristia sob as aparências do pão e do vinho. Está presente simultaneamente em cada uma das hóstias consagradas de cada altar de todo o mundo e em cada cálice consagrado onde quer que se celebre a Santa Missa. Mais ainda, Jesus todo e inteiro está presente em cada partícula consagrada e em cada gota de vinho consagrado. Se a sagrada hóstia se divide – como o sacerdote faz durante a missa – Jesus está totalmente presente em cada uma das partes. Se caísse ao chão uma partícula da hóstia consagrada ou se derramasse uma gota do cálice, Jesus estaria presente todo e inteiro nessa partícula e nessa gota.
  • 11. É por isso que os panos do altar têm que ser lavados com a máxima reverência, porque pode haver aderida a eles uma partícula das Sagradas Eucaristias. Estes panos de altar compreendem o corporal, sobre o qual se coloca a patena com a hóstia e o cálice consagrados durante a missa; a pala, o pano quadrado que cobre o cálice durante a missa; e o sanguíneo, o pano com que o sacerdote enxuga os lábios depois de consumir o precioso Sangue e seca os dedos e o cálice depois de lavar o cálice com água. Jesus, evidentemente, não deixa o seu lugar no céu, “à direita do Pai”, para se tornar presente na Sagrada Eucaristia. Permanece no céu e está no altar. Quem se faz presente sob as aparências do pão e do vinho é o corpo glorificado de Jesus, o seu corpo tal como está no céu.
  • 12. Quanto tempo permanece Jesus na Sagrada Eucaristia? O tempo em que permanecem as espécies do pão e do vinho. Se um fogo repentino destruísse as hóstias consagradas do sacrário, Jesus não se queimaria. As aparências do pão e do vinho transformar-se-iam em cinzas, mas Jesus já não estaria lá. Quando, depois de comungarmos, o nosso processo digestivo destrói as aparências do pão, Jesus não permanece corporalmente em nós; só fica a sua graça.
  • 13. Os cristãos devem manifestar fé e amor para com a Eucaristia  O culto à Sagrada Eucaristia foi sempre vivido pelo povo cristão com muitas devoções eucarísticas:  A Quinta-feira Santa.  A festa do Corpo de Cristo.  A exposição e bênção do Santíssimo.  As visitas ao Sacrário.  As orações que alimentam a piedade eucarística:  Comunhões espirituais.  Adoro Te devote.  Orações para antes e depois de comungar.  Guiados pela fé, é um detalhe de nobreza humana oferecer a Jesus no Sacrário coisas dignas:  que o Sacrário seja do melhor,  cuidar dos vasos sagrados,  a genuflexão bem feita diante do Sacrário,  ir com frequência a visitá-lo.
  • 15. www.conhecendominhafe.blogspot.com.br 1. Quem é o ministro da celebração da Eucaristia? 2. Quais são os elementos essenciais e necessários para realizar a Eucaristia? 3. Como Jesus está presente na Eucaristia? 4. Até quando continua a presença eucarística de Cristo?