SlideShare uma empresa Scribd logo
2 Abril 2016 Artigo
A CGB e a Rede de Bibliotecas formam um sistema que agrega valor à informação, aprimora e
promove a política informacional da Unesp, disponibilizando-a para a comunidade acadêmica
Flávia Maria Bastos e Tania Regina de Luca
O€
desempenho social
das bibliotecas, no
contexto da Universi-
dade contemporânea, agrega
responsabilidades inerentes
à geração, ao fomento e à
preservação do conhecimento
construído na instituição e
articula-se às grandes mudan-
ças relacionadas à ampliação
produção e difusão do conhe-
cimento em escala global.
Atualmente a Rede de Bi-
bliotecas da Unesp enfrenta de-
-
gente necessidade de trabalhos
de cunho interdisciplinar que
articulem o ensino, a pesquisa
e a extensão, nos quais seus
-
tes propositivos, que possam
efetivamente contribuir para
-
metida e capaz de responder às
Essa nova função das
bibliotecas exige um modelo
de ação contínua estabelecido
por estratégias e ferramentas
que possibilitem a instrução,
a colaboração e o apoio de
forma integrada com a comu-
nidade acadêmica na busca,
no uso e na geração de novos
conhecimentos de forma ética e
-
do oportunidades de inovar e
contribuir para a produtividade
da Universidade em benefício
da sociedade.
Em decorrência de seus
marcos e transformações du-
rante esses 40 anos, a Rede de
Bibliotecas da Unesp, atenta às
necessidades da Universidade,
teve o seu desenvolvimento im-
pulsionado na primeira década
do século XXI pela inserção
das novas modalidades de
acesso e formato das publica-
com a adoção de tecnologias
que potencializaram o acesso
também pela alteração do
comportamento de seus usuá-
rios, que passaram a interagir
não somente com o ambiente
tradicional da biblioteca como
também com o ambiente vir-
tual, que permite uma maior
agilidade na busca integrada e
simultânea dos recursos infor-
macionais impressos, eletrô-
nicos e digitais, visando uma
Os desafios contemporâneos das bibliotecas
Arquivo
maior autonomia do usuário.
Essa realidade, vislumbrada
na década de 1970 a partir do
estudo de três bibliotecárias,
que sentiam a necessidade de
um órgão central que coor-
denasse as tarefas comuns
a todas as bibliotecas dos
institutos isolados que forma-
ram a Unesp, resultou em um
projeto de estruturação de uma
Biblioteca Central em Marília,
subordinada à Reitoria, lidera-
da por Leila Magalhães Zer-
lotti Mercadante, que também
coordenou administrativamen-
te o curso de Biblioteconomia
criado no mesmo ano. Esse
vínculo, Biblioteca Central e
curso de Biblioteconomia, foi
extremamente relevante para
a Unesp, pois possibilitou aos
alunos vivenciarem situações
contribuiu na atuação deles
Inicialmente, buscava-se
a centralização de recursos,
-
nalidade de evitar a duplicação
de recursos e serviços, respei-
tando-se, contudo, a necessária
descentralização dos acervos.
Dessa forma, iniciou-se o
trabalho para a constituição de
um Catálogo Coletivo de Livros
e Periódicos, bem como para
a implantação da aquisição
centralizada de periódicos e
Essa estrutura manteve-se
até 1989, quando a Biblioteca
Central passou a denominar-
-se Coordenadoria Geral de
Bibliotecas (CGB), com uma
nova estrutura organizacional
e atribuições reformuladas,
que passou a partir de maio
de 1991 a funcionar com dois
escritórios, um localizado na
Reitoria em São Paulo e outro,
em Marília, propiciando uma
maior interação com a Reitoria
e agilidade de suas atividades
administrativas.
Hoje, de uma forma mais
ampla, considera-se que a CGB
e a Rede de Bibliotecas formam
um sistema de informação que
agrega valor à informação,
aprimorando e promovendo a
política informacional da Uni-
versidade, disponibilizando-a
para a comunidade acadêmica
a partir da atuação das 34
bibliotecas distribuídas nos
24 câmpus, do acesso a sua
Repositório Institucional e de
um importante acervo constitu-
ído de 1.500.000 livros, 27.049
títulos de periódicos, 12.900
Flávia Maria Bastos
é coordenadora da
Coordenadoria de Gestão
de Bibliotecas da Unesp.
Tania Regina de Luca é
professora da Faculdade
de Ciências e Letras da
Unesp de Assis e assessora
da Vice-reitoria da
Universidade
Este artigo está disponível
no “Debate acadêmico” do
Portal Unesp, no endereço
<http://goo.gl/5Hnh4f>.
mapas, 22.500 vídeos/CDs/
os serviços on-line permitem
acesso remoto a periódicos e
bases de dados.
Leila Magalhães Zerlotti Mercadante, na Biblioteca de Marília: ela coordenou as bibliotecas da Unesp entre 1977 e 1984

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas Escolares
O Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas EscolaresO Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas Escolares
O Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas Escolares
Luísa Alvim
 
Papel do Bibliotecário
Papel do BibliotecárioPapel do Bibliotecário
Papel do Bibliotecário
Maria Cristina Ferreira
 
Aprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolar
Aprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolarAprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolar
Aprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolar
Maria Ribeiro
 
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Luísa Alvim
 
Prioridades2020.21
Prioridades2020.21Prioridades2020.21
Prioridades2020.21
IsabelPereira2010
 
Matriz tabela 1
Matriz tabela 1Matriz tabela 1
Matriz tabela 1
Anaigreja
 
Referencial aprender com a_biblioteca_escolar
Referencial aprender com a_biblioteca_escolarReferencial aprender com a_biblioteca_escolar
Referencial aprender com a_biblioteca_escolar
Escola Secundária Tomaz Pelayo, Santo Tirso
 
Análise do código de ética para os profissionais
Análise do código de ética para os profissionaisAnálise do código de ética para os profissionais
Análise do código de ética para os profissionais
mariasalgueiro
 

Mais procurados (8)

O Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas Escolares
O Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas EscolaresO Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas Escolares
O Cubo mágico Web Social nas Bibliotecas Escolares
 
Papel do Bibliotecário
Papel do BibliotecárioPapel do Bibliotecário
Papel do Bibliotecário
 
Aprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolar
Aprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolarAprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolar
Aprender com as Bibliotecas Escolares_com_a_biblioteca_escolar
 
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
 
Prioridades2020.21
Prioridades2020.21Prioridades2020.21
Prioridades2020.21
 
Matriz tabela 1
Matriz tabela 1Matriz tabela 1
Matriz tabela 1
 
Referencial aprender com a_biblioteca_escolar
Referencial aprender com a_biblioteca_escolarReferencial aprender com a_biblioteca_escolar
Referencial aprender com a_biblioteca_escolar
 
Análise do código de ética para os profissionais
Análise do código de ética para os profissionaisAnálise do código de ética para os profissionais
Análise do código de ética para os profissionais
 

Semelhante a Os desafios contemporâneos das bibliotecas

Dossier.questoes e razoes.82
Dossier.questoes e razoes.82Dossier.questoes e razoes.82
Dossier.questoes e razoes.82
Biblioteca Maes Dagua Amadora
 
Flyer bib a4 2017 p2
Flyer bib a4 2017 p2Flyer bib a4 2017 p2
Flyer bib a4 2017 p2
antoniojosetavares
 
Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1
JABatista
 
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdfpolitica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
AmandaRocha197859
 
Bibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitáriasBibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitárias
daianadelima
 
Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...
Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...
Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...
Filipe MS Bento
 
Manifesto Biblioteca Escolar
Manifesto Biblioteca EscolarManifesto Biblioteca Escolar
Manifesto Biblioteca Escolar
bepedronunes
 
Manifestoportuguese brazil
Manifestoportuguese brazilManifestoportuguese brazil
Manifestoportuguese brazil
alexandranuneslopes
 
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLARTRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
Universidade Federal do Maranhão - BR
 
1º trabalho
1º trabalho1º trabalho
1º trabalho
Deco10
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
mariacosta
 
Tarefa3
Tarefa3Tarefa3
Manifesto da biblioteca escolar
Manifesto da  biblioteca escolarManifesto da  biblioteca escolar
Manifesto da biblioteca escolar
Biblio 2010
 
Bibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendências
Bibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendênciasBibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendências
Bibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendências
Carlos Lopes
 
Pdc. be. ag. vila d'este 1
Pdc. be. ag. vila d'este  1Pdc. be. ag. vila d'este  1
Pdc. be. ag. vila d'este 1
Biblioteca Vila d'Este
 
Manifesto ifla unesco para biblioteca escolar
Manifesto ifla unesco para biblioteca escolarManifesto ifla unesco para biblioteca escolar
Manifesto ifla unesco para biblioteca escolar
juliana fachin
 
Educação e bibliotecas digitais
Educação e bibliotecas digitaisEducação e bibliotecas digitais
Educação e bibliotecas digitais
Cassia Furtado
 
Apresentação do MABE
Apresentação do MABEApresentação do MABE
Apresentação do MABE
Mariana Oliveira
 
Apresentação doMABE
Apresentação doMABEApresentação doMABE
Apresentação doMABE
Mariana Oliveira
 
Apresentação do MABE
Apresentação do MABEApresentação do MABE
Apresentação do MABE
Mariana Oliveira
 

Semelhante a Os desafios contemporâneos das bibliotecas (20)

Dossier.questoes e razoes.82
Dossier.questoes e razoes.82Dossier.questoes e razoes.82
Dossier.questoes e razoes.82
 
Flyer bib a4 2017 p2
Flyer bib a4 2017 p2Flyer bib a4 2017 p2
Flyer bib a4 2017 p2
 
Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1Relatório - Tema 1
Relatório - Tema 1
 
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdfpolitica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
 
Bibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitáriasBibliotecas escolares e universitárias
Bibliotecas escolares e universitárias
 
Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...
Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...
Serviços de Descoberta e Redes Sociais: os novos "Bibliotecários de Referênci...
 
Manifesto Biblioteca Escolar
Manifesto Biblioteca EscolarManifesto Biblioteca Escolar
Manifesto Biblioteca Escolar
 
Manifestoportuguese brazil
Manifestoportuguese brazilManifestoportuguese brazil
Manifestoportuguese brazil
 
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLARTRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
TRANSLITERACY NA EDUCAÇÃO INFORMAL; PAPEL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
 
1º trabalho
1º trabalho1º trabalho
1º trabalho
 
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolaresReflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
Reflexão referente à declaração política da iasl sobre bibliotecas escolares
 
Tarefa3
Tarefa3Tarefa3
Tarefa3
 
Manifesto da biblioteca escolar
Manifesto da  biblioteca escolarManifesto da  biblioteca escolar
Manifesto da biblioteca escolar
 
Bibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendências
Bibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendênciasBibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendências
Bibliotecas de ensino superior: novas e saudáveis tendências
 
Pdc. be. ag. vila d'este 1
Pdc. be. ag. vila d'este  1Pdc. be. ag. vila d'este  1
Pdc. be. ag. vila d'este 1
 
Manifesto ifla unesco para biblioteca escolar
Manifesto ifla unesco para biblioteca escolarManifesto ifla unesco para biblioteca escolar
Manifesto ifla unesco para biblioteca escolar
 
Educação e bibliotecas digitais
Educação e bibliotecas digitaisEducação e bibliotecas digitais
Educação e bibliotecas digitais
 
Apresentação do MABE
Apresentação do MABEApresentação do MABE
Apresentação do MABE
 
Apresentação doMABE
Apresentação doMABEApresentação doMABE
Apresentação doMABE
 
Apresentação do MABE
Apresentação do MABEApresentação do MABE
Apresentação do MABE
 

Mais de Biblioteca FOA

12 de Agosto - Dia Nacional das Artes
12 de Agosto - Dia Nacional das Artes12 de Agosto - Dia Nacional das Artes
12 de Agosto - Dia Nacional das Artes
Biblioteca FOA
 
Feliz Dia dos Pais!
Feliz Dia dos Pais! Feliz Dia dos Pais!
Feliz Dia dos Pais!
Biblioteca FOA
 
25 de Junho – Dia do Imigrante
25 de Junho – Dia do Imigrante25 de Junho – Dia do Imigrante
25 de Junho – Dia do Imigrante
Biblioteca FOA
 
11 de Agosto - Dia do Estudante
11 de Agosto - Dia do Estudante11 de Agosto - Dia do Estudante
11 de Agosto - Dia do Estudante
Biblioteca FOA
 
7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate
7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate
7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate
Biblioteca FOA
 
18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela
18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela
18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela
Biblioteca FOA
 
Star Wars Day
Star Wars DayStar Wars Day
Star Wars Day
Biblioteca FOA
 
19 de Julho – Dia Nacional do Futebol
19 de Julho – Dia Nacional do Futebol19 de Julho – Dia Nacional do Futebol
19 de Julho – Dia Nacional do Futebol
Biblioteca FOA
 
2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro
2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro
2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro
Biblioteca FOA
 
Atendimento humanizado na biblioteca
Atendimento humanizado na bibliotecaAtendimento humanizado na biblioteca
Atendimento humanizado na biblioteca
Biblioteca FOA
 
Feliz Dia das Mães!
Feliz Dia das Mães! Feliz Dia das Mães!
Feliz Dia das Mães!
Biblioteca FOA
 
14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue
14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue
14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue
Biblioteca FOA
 
Cartaz da Biblioteca 2019
Cartaz da Biblioteca 2019Cartaz da Biblioteca 2019
Cartaz da Biblioteca 2019
Biblioteca FOA
 
Cartaz da Biblioteca 2018
Cartaz da Biblioteca 2018 Cartaz da Biblioteca 2018
Cartaz da Biblioteca 2018
Biblioteca FOA
 
Cartaz da Biblioteca 2017
Cartaz da Biblioteca 2017Cartaz da Biblioteca 2017
Cartaz da Biblioteca 2017
Biblioteca FOA
 
13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.
13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.
13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.
Biblioteca FOA
 
Stan lee
Stan leeStan lee
Stan lee
Biblioteca FOA
 
Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016
Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016
Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016
Biblioteca FOA
 
Capes acesso centralizado
Capes acesso centralizadoCapes acesso centralizado
Capes acesso centralizado
Biblioteca FOA
 
Cartaz da Bbiblioteca 2016
Cartaz da Bbiblioteca 2016Cartaz da Bbiblioteca 2016
Cartaz da Bbiblioteca 2016
Biblioteca FOA
 

Mais de Biblioteca FOA (20)

12 de Agosto - Dia Nacional das Artes
12 de Agosto - Dia Nacional das Artes12 de Agosto - Dia Nacional das Artes
12 de Agosto - Dia Nacional das Artes
 
Feliz Dia dos Pais!
Feliz Dia dos Pais! Feliz Dia dos Pais!
Feliz Dia dos Pais!
 
25 de Junho – Dia do Imigrante
25 de Junho – Dia do Imigrante25 de Junho – Dia do Imigrante
25 de Junho – Dia do Imigrante
 
11 de Agosto - Dia do Estudante
11 de Agosto - Dia do Estudante11 de Agosto - Dia do Estudante
11 de Agosto - Dia do Estudante
 
7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate
7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate
7 de Julho - Dia Mundial do Chocolate
 
18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela
18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela
18 de Julho - Dia Internacional de Nelson Mandela
 
Star Wars Day
Star Wars DayStar Wars Day
Star Wars Day
 
19 de Julho – Dia Nacional do Futebol
19 de Julho – Dia Nacional do Futebol19 de Julho – Dia Nacional do Futebol
19 de Julho – Dia Nacional do Futebol
 
2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro
2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro
2 de Julho – Dia do Bombeiro Brasileiro
 
Atendimento humanizado na biblioteca
Atendimento humanizado na bibliotecaAtendimento humanizado na biblioteca
Atendimento humanizado na biblioteca
 
Feliz Dia das Mães!
Feliz Dia das Mães! Feliz Dia das Mães!
Feliz Dia das Mães!
 
14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue
14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue
14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue
 
Cartaz da Biblioteca 2019
Cartaz da Biblioteca 2019Cartaz da Biblioteca 2019
Cartaz da Biblioteca 2019
 
Cartaz da Biblioteca 2018
Cartaz da Biblioteca 2018 Cartaz da Biblioteca 2018
Cartaz da Biblioteca 2018
 
Cartaz da Biblioteca 2017
Cartaz da Biblioteca 2017Cartaz da Biblioteca 2017
Cartaz da Biblioteca 2017
 
13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.
13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.
13 de Maio - Dia da Abolição da Escravatura.
 
Stan lee
Stan leeStan lee
Stan lee
 
Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016
Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016
Treinamentos on line pro quest para unesp-maio 2016
 
Capes acesso centralizado
Capes acesso centralizadoCapes acesso centralizado
Capes acesso centralizado
 
Cartaz da Bbiblioteca 2016
Cartaz da Bbiblioteca 2016Cartaz da Bbiblioteca 2016
Cartaz da Bbiblioteca 2016
 

Último

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
Ailton Barcelos
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 

Último (20)

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 

Os desafios contemporâneos das bibliotecas

  • 1. 2 Abril 2016 Artigo A CGB e a Rede de Bibliotecas formam um sistema que agrega valor à informação, aprimora e promove a política informacional da Unesp, disponibilizando-a para a comunidade acadêmica Flávia Maria Bastos e Tania Regina de Luca O€ desempenho social das bibliotecas, no contexto da Universi- dade contemporânea, agrega responsabilidades inerentes à geração, ao fomento e à preservação do conhecimento construído na instituição e articula-se às grandes mudan- ças relacionadas à ampliação produção e difusão do conhe- cimento em escala global. Atualmente a Rede de Bi- bliotecas da Unesp enfrenta de- - gente necessidade de trabalhos de cunho interdisciplinar que articulem o ensino, a pesquisa e a extensão, nos quais seus - tes propositivos, que possam efetivamente contribuir para - metida e capaz de responder às Essa nova função das bibliotecas exige um modelo de ação contínua estabelecido por estratégias e ferramentas que possibilitem a instrução, a colaboração e o apoio de forma integrada com a comu- nidade acadêmica na busca, no uso e na geração de novos conhecimentos de forma ética e - do oportunidades de inovar e contribuir para a produtividade da Universidade em benefício da sociedade. Em decorrência de seus marcos e transformações du- rante esses 40 anos, a Rede de Bibliotecas da Unesp, atenta às necessidades da Universidade, teve o seu desenvolvimento im- pulsionado na primeira década do século XXI pela inserção das novas modalidades de acesso e formato das publica- com a adoção de tecnologias que potencializaram o acesso também pela alteração do comportamento de seus usuá- rios, que passaram a interagir não somente com o ambiente tradicional da biblioteca como também com o ambiente vir- tual, que permite uma maior agilidade na busca integrada e simultânea dos recursos infor- macionais impressos, eletrô- nicos e digitais, visando uma Os desafios contemporâneos das bibliotecas Arquivo maior autonomia do usuário. Essa realidade, vislumbrada na década de 1970 a partir do estudo de três bibliotecárias, que sentiam a necessidade de um órgão central que coor- denasse as tarefas comuns a todas as bibliotecas dos institutos isolados que forma- ram a Unesp, resultou em um projeto de estruturação de uma Biblioteca Central em Marília, subordinada à Reitoria, lidera- da por Leila Magalhães Zer- lotti Mercadante, que também coordenou administrativamen- te o curso de Biblioteconomia criado no mesmo ano. Esse vínculo, Biblioteca Central e curso de Biblioteconomia, foi extremamente relevante para a Unesp, pois possibilitou aos alunos vivenciarem situações contribuiu na atuação deles Inicialmente, buscava-se a centralização de recursos, - nalidade de evitar a duplicação de recursos e serviços, respei- tando-se, contudo, a necessária descentralização dos acervos. Dessa forma, iniciou-se o trabalho para a constituição de um Catálogo Coletivo de Livros e Periódicos, bem como para a implantação da aquisição centralizada de periódicos e Essa estrutura manteve-se até 1989, quando a Biblioteca Central passou a denominar- -se Coordenadoria Geral de Bibliotecas (CGB), com uma nova estrutura organizacional e atribuições reformuladas, que passou a partir de maio de 1991 a funcionar com dois escritórios, um localizado na Reitoria em São Paulo e outro, em Marília, propiciando uma maior interação com a Reitoria e agilidade de suas atividades administrativas. Hoje, de uma forma mais ampla, considera-se que a CGB e a Rede de Bibliotecas formam um sistema de informação que agrega valor à informação, aprimorando e promovendo a política informacional da Uni- versidade, disponibilizando-a para a comunidade acadêmica a partir da atuação das 34 bibliotecas distribuídas nos 24 câmpus, do acesso a sua Repositório Institucional e de um importante acervo constitu- ído de 1.500.000 livros, 27.049 títulos de periódicos, 12.900 Flávia Maria Bastos é coordenadora da Coordenadoria de Gestão de Bibliotecas da Unesp. Tania Regina de Luca é professora da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Assis e assessora da Vice-reitoria da Universidade Este artigo está disponível no “Debate acadêmico” do Portal Unesp, no endereço <http://goo.gl/5Hnh4f>. mapas, 22.500 vídeos/CDs/ os serviços on-line permitem acesso remoto a periódicos e bases de dados. Leila Magalhães Zerlotti Mercadante, na Biblioteca de Marília: ela coordenou as bibliotecas da Unesp entre 1977 e 1984