SlideShare uma empresa Scribd logo
Os bichos que voavam organizaram uma festa no céu e
convidaram todos dos bichos da terra. Mas é claro que só
poderiam ir os bichinhos com penas e que podiam voar. E
esses passaram dias se preparando para a festa, ajeitando
suas penas que ficaram mais coloridas ainda.
A dona tartaruga, porém, tadinha, que morria de vontade
de conhecer o céu, encasquestou que ia para festa
também.
Os bichos comentavam: a tartaruga deve estar é biruta. E
perguntavam: Como você vai para a festa no céu,
tartaruga? E ela, naquela calma: voando, voando...
Enfim chegou o dia da festa e todos os bichos que voavam,
voaram para o céu. E a tartaruga ficou ali paradinha
olhando para o céu, querendo e querendo...
O urubu, com pena da tartaruga, teve então uma ideia: (era
ele quem ia animar festa no céu tocando a sua viola).
Colocou a tartaruga dentro do buraco da viola. E lá foram
felizes, para o céu, a tartaruga e o urubu.
No céu era uma animação só: muita comida, muita bebida,
muita dança e cantoria. A tartaruga não se cabia em si de
tanta felicidade. Quando ela viu a terra onde ela morava lá
de cima, ficou encantada. E se divertiu bastante: comeu e
bebeu e dançou e cantou...
Mas, como tudo que é bom dura pouco, a festa chegou ao
fim. Era hora de voltar pra casa. E a tartaruga pulou no
buraco da viola do urubu que se pôs a voar de volta para a
terra.
Porém, o urubu estava muito cansado. Tinha cantado e
tocado a noite toda. Ao passar por entre uma nuvem bem
escura, o urubu não resistiu e deu uma cochiladinha rápida,
mas suficiente para não perceber que a sua viola virou de
boca para baixo. A pobre da tartaruga despencou de lá de
cima. Morrendo de medo a pobrezinha, enquanto caia,
gritava assim: arreda pedra que eu tô caindo, arreda pedra
que eu tô caindo, arreda pedra que eu tô caindo.... Enfim, a
coitadinha chegou no chão.
A sorte da tartaruga foi que ela caiu com o casco para
baixo. O casco se espatifou e foi caquinho de casco para
todo quanto foi lado. A tartaruga ficou lá, coitadinha, cheia
de medo, encolhidinha. Parada, parecia morta. Quando o
sol nasceu, os bichos viram a coitadinha lá, encolhidinha e
cheia de medo. Apesar de parecer mortinha, perceberam
que ela estava viva. Então, eles todos se doeram de
compaixão pela amiga. Cada um procurou e pegou um
pedacinho do casco que estava espalhado pra todo lado. E
colaram um a um, com muito capricho e com muito carinho.
A tartaruga ficou feliz. E os bichos também.
E é por isso que até hoje a tartaruga tem o casco tão bem
remendadinho.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Os bichos que voavam organizaram uma festa no céu e convidaram todos dos bichos da terra.docx

Clarice lispector quase de verdade (pdf)(rev)
Clarice lispector   quase de verdade (pdf)(rev)Clarice lispector   quase de verdade (pdf)(rev)
Clarice lispector quase de verdade (pdf)(rev)
Amanda Souza
 
História ed pré esc.
História ed pré esc.História ed pré esc.
História ed pré esc.
anabelaac
 
Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"
Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"
Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"
BibEscolar Ninho Dos Livros
 
Quase de Verdade
Quase de VerdadeQuase de Verdade
Quase de Verdade
GQ Shows e Eventos
 
Fabula.pptx
Fabula.pptxFabula.pptx
Fabula.pptx
AngelaLima43541
 
A Atracção do Halloween
A Atracção do HalloweenA Atracção do Halloween
A Atracção do Halloween
isapalma
 
História ed. pré esc.
História ed. pré esc.História ed. pré esc.
História ed. pré esc.
anabelaac
 
História de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificado
História de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificadoHistória de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificado
História de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificado
MariajoosousaPadilha
 
A+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueira
A+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueiraA+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueira
A+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueira
Alice Lirio
 
01.09 o burro e o leão
01.09   o burro e o leão01.09   o burro e o leão
01.09 o burro e o leão
neolookcitnes
 
Cartazes
CartazesCartazes
Resumo de 5 contos
Resumo de  5 contosResumo de  5 contos
Resumo de 5 contos
Isabel DA COSTA
 
O gato adormecido
O gato adormecidoO gato adormecido
O gato adormecido
Amália Dias
 
Os filhos da_coruja
Os filhos da_corujaOs filhos da_coruja
Os filhos da_coruja
Iva Pavan
 
O vento
O ventoO vento
O passarinho engaiolado de ruben alves
O passarinho engaiolado de ruben alvesO passarinho engaiolado de ruben alves
O passarinho engaiolado de ruben alves
Doutora em Linguística Aplicada pela PUC-SP
 
Os Ratos do Casarão - Vovó Mima Badan
Os Ratos do Casarão - Vovó Mima BadanOs Ratos do Casarão - Vovó Mima Badan
Os Ratos do Casarão - Vovó Mima Badan
Vovó Mima Badan
 
A Galinha Medrosa
A Galinha MedrosaA Galinha Medrosa
A Galinha Medrosa
baratinha
 
A primavera da lagarta atividades1
A primavera da lagarta  atividades1A primavera da lagarta  atividades1
A primavera da lagarta atividades1
Cheila Adriana Mariano
 

Semelhante a Os bichos que voavam organizaram uma festa no céu e convidaram todos dos bichos da terra.docx (19)

Clarice lispector quase de verdade (pdf)(rev)
Clarice lispector   quase de verdade (pdf)(rev)Clarice lispector   quase de verdade (pdf)(rev)
Clarice lispector quase de verdade (pdf)(rev)
 
História ed pré esc.
História ed pré esc.História ed pré esc.
História ed pré esc.
 
Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"
Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"
Apresentacao da "História de uma Gaivota e de um Gato que a ensinou a voar"
 
Quase de Verdade
Quase de VerdadeQuase de Verdade
Quase de Verdade
 
Fabula.pptx
Fabula.pptxFabula.pptx
Fabula.pptx
 
A Atracção do Halloween
A Atracção do HalloweenA Atracção do Halloween
A Atracção do Halloween
 
História ed. pré esc.
História ed. pré esc.História ed. pré esc.
História ed. pré esc.
 
História de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificado
História de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificadoHistória de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificado
História de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar simplificado
 
A+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueira
A+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueiraA+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueira
A+hist%c3%93 ria+da+girafa+fofoqueira
 
01.09 o burro e o leão
01.09   o burro e o leão01.09   o burro e o leão
01.09 o burro e o leão
 
Cartazes
CartazesCartazes
Cartazes
 
Resumo de 5 contos
Resumo de  5 contosResumo de  5 contos
Resumo de 5 contos
 
O gato adormecido
O gato adormecidoO gato adormecido
O gato adormecido
 
Os filhos da_coruja
Os filhos da_corujaOs filhos da_coruja
Os filhos da_coruja
 
O vento
O ventoO vento
O vento
 
O passarinho engaiolado de ruben alves
O passarinho engaiolado de ruben alvesO passarinho engaiolado de ruben alves
O passarinho engaiolado de ruben alves
 
Os Ratos do Casarão - Vovó Mima Badan
Os Ratos do Casarão - Vovó Mima BadanOs Ratos do Casarão - Vovó Mima Badan
Os Ratos do Casarão - Vovó Mima Badan
 
A Galinha Medrosa
A Galinha MedrosaA Galinha Medrosa
A Galinha Medrosa
 
A primavera da lagarta atividades1
A primavera da lagarta  atividades1A primavera da lagarta  atividades1
A primavera da lagarta atividades1
 

Mais de Elizabeth Barbosa

ANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdf
ANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdfANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdf
ANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdf
Elizabeth Barbosa
 
112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf
112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf
112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf
Elizabeth Barbosa
 
Era uma vez uma menina chamada Barbara.docx
Era uma vez uma menina chamada Barbara.docxEra uma vez uma menina chamada Barbara.docx
Era uma vez uma menina chamada Barbara.docx
Elizabeth Barbosa
 
a princesa e a ervilha.docx
a princesa e a ervilha.docxa princesa e a ervilha.docx
a princesa e a ervilha.docx
Elizabeth Barbosa
 
Dislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamento
Dislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamentoDislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamento
Dislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamento
Elizabeth Barbosa
 
prevalencia de sobrepeso...
prevalencia de sobrepeso...prevalencia de sobrepeso...
prevalencia de sobrepeso...
Elizabeth Barbosa
 
Entrevista estruturada.
Entrevista estruturada.Entrevista estruturada.
Entrevista estruturada.
Elizabeth Barbosa
 
Inventário de depressão
Inventário de depressãoInventário de depressão
Inventário de depressão
Elizabeth Barbosa
 
Avaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamentalAvaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamental
Elizabeth Barbosa
 

Mais de Elizabeth Barbosa (9)

ANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdf
ANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdfANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdf
ANÁLISE FUNCIONAL DO COMPORTAMENTO.pdf
 
112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf
112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf
112990114-Escala-Alexitimia-Tas-20.pdf
 
Era uma vez uma menina chamada Barbara.docx
Era uma vez uma menina chamada Barbara.docxEra uma vez uma menina chamada Barbara.docx
Era uma vez uma menina chamada Barbara.docx
 
a princesa e a ervilha.docx
a princesa e a ervilha.docxa princesa e a ervilha.docx
a princesa e a ervilha.docx
 
Dislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamento
Dislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamentoDislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamento
Dislexia e tcc_uma_proposta_de_tratamento
 
prevalencia de sobrepeso...
prevalencia de sobrepeso...prevalencia de sobrepeso...
prevalencia de sobrepeso...
 
Entrevista estruturada.
Entrevista estruturada.Entrevista estruturada.
Entrevista estruturada.
 
Inventário de depressão
Inventário de depressãoInventário de depressão
Inventário de depressão
 
Avaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamentalAvaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamental
 

Último

Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 

Os bichos que voavam organizaram uma festa no céu e convidaram todos dos bichos da terra.docx

  • 1. Os bichos que voavam organizaram uma festa no céu e convidaram todos dos bichos da terra. Mas é claro que só poderiam ir os bichinhos com penas e que podiam voar. E esses passaram dias se preparando para a festa, ajeitando suas penas que ficaram mais coloridas ainda. A dona tartaruga, porém, tadinha, que morria de vontade de conhecer o céu, encasquestou que ia para festa também. Os bichos comentavam: a tartaruga deve estar é biruta. E perguntavam: Como você vai para a festa no céu, tartaruga? E ela, naquela calma: voando, voando... Enfim chegou o dia da festa e todos os bichos que voavam, voaram para o céu. E a tartaruga ficou ali paradinha olhando para o céu, querendo e querendo... O urubu, com pena da tartaruga, teve então uma ideia: (era ele quem ia animar festa no céu tocando a sua viola). Colocou a tartaruga dentro do buraco da viola. E lá foram felizes, para o céu, a tartaruga e o urubu. No céu era uma animação só: muita comida, muita bebida, muita dança e cantoria. A tartaruga não se cabia em si de tanta felicidade. Quando ela viu a terra onde ela morava lá de cima, ficou encantada. E se divertiu bastante: comeu e bebeu e dançou e cantou... Mas, como tudo que é bom dura pouco, a festa chegou ao fim. Era hora de voltar pra casa. E a tartaruga pulou no buraco da viola do urubu que se pôs a voar de volta para a terra. Porém, o urubu estava muito cansado. Tinha cantado e tocado a noite toda. Ao passar por entre uma nuvem bem escura, o urubu não resistiu e deu uma cochiladinha rápida, mas suficiente para não perceber que a sua viola virou de boca para baixo. A pobre da tartaruga despencou de lá de cima. Morrendo de medo a pobrezinha, enquanto caia, gritava assim: arreda pedra que eu tô caindo, arreda pedra que eu tô caindo, arreda pedra que eu tô caindo.... Enfim, a
  • 2. coitadinha chegou no chão. A sorte da tartaruga foi que ela caiu com o casco para baixo. O casco se espatifou e foi caquinho de casco para todo quanto foi lado. A tartaruga ficou lá, coitadinha, cheia de medo, encolhidinha. Parada, parecia morta. Quando o sol nasceu, os bichos viram a coitadinha lá, encolhidinha e cheia de medo. Apesar de parecer mortinha, perceberam que ela estava viva. Então, eles todos se doeram de compaixão pela amiga. Cada um procurou e pegou um pedacinho do casco que estava espalhado pra todo lado. E colaram um a um, com muito capricho e com muito carinho. A tartaruga ficou feliz. E os bichos também. E é por isso que até hoje a tartaruga tem o casco tão bem remendadinho.