SlideShare uma empresa Scribd logo
ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS
Alunas:Beatriz, Crislayne, MadalenaeSuziane
Professora: Débora Miakaelle
Turma:TécnicoemEnfermagem
INTRODUÇÃO
Como surgiu o SUS e como era antes do sistema?
Seu inicio se deu nos anos 70 e 80, quando
diversos grupos se engajaram no movimento
sanitário, com o objetivo de pensar
um sistema público para solucionar os problemas
encontrados no atendimento da população
defendendo o direito universal à saúde.
Antes de 1988 o sistema público de saúde atendia
a quem contribuía para a Previdência Social. Quem
não tinha dinheiro dependia da caridade e da
filantropia.
O QUE É SISTEMA
ÚNICO DE SAUDE?
O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos
maiores e mais complexos sistemas de
saúde pública do mundo,
abrangendo desde o simples atendimento
para avaliação da pressão arterial, por meio
da Atenção Primária, até o transplante de
órgãos, garantindo acesso integral,
universal e gratuito para toda a população
do país.
 Com a sua criação, o SUS proporcionou o
acesso universal ao sistema público de
saúde, sem discriminação
 A atenção integral à saúde, e não somente
aos cuidados assistenciais, passou a ser
um direito de todos os brasileiros, desde a
gestação e por toda a vida, com foco na
saúde com qualidade de vida, visando a
ORGANIZAÇÃO DO
SUS
• Qual a forma de organização do SUS?
• A rede do SUS é organizada
de forma regionalizada e com nível de
complexidade crescente. Os municípios
podem formar consórcios para desenvolver
ações e prestar serviços que estejam sob
suas responsabilidades, sendo que, mesmo
nesse caso, a direção do sistema continua
sendo única em cada nível de governo.
QUAL A DIVISÃO DO SUS ?
• São três os níveis de atenção à saúde pública no
Brasil: primário, secundário e terciário.
• Eles foram adotados para organizar os
tratamentos oferecidos pelo SUS a partir de
parâmetros determinados pela Organização
Mundial da Saúde (OMS).
• Sua finalidade é proteger, restaurar e manter a
saúde dos cidadãos.
FUNCIONAMENTO
• O SUS, que é o Sistema Único de Saúde no Brasil, foi criado em 1988 junto com a Constituição Federal. Com ele, os cidadãos
brasileiros têm acesso gratuito a atendimento médico e diversos outros serviços relacionados à saúde, tais como transplantes,
internações e até mesmo cirurgias.
• Com o SUS, 190 milhões de pessoas tem acesso a mais de 6 mil hospitais credenciados, podendo realizar diversos
procedimentos ligados à saúde, tais como:
1. Cirurgias;
2. Consultas;
3. Quimioterapias;
4. Internações;
5. Radioterapia;
6. Procedimentos ambulatoriais;
7. Transplantes de órgãos; e
8. Outros.
CONCLUSÃO
• A saúde é um direito de cidadania de todas as pessoas e cabe ao Estado
assegurar este direito, sendo que o acesso às ações e serviços deve ser
garantido independentemente de sexo, raça, ocupação ou outras
características sociais ou pessoais.
• O objetivo desse princípio é diminuir desigualdades. Apesar de todas as
pessoas possuírem direito aos serviços, as pessoas não são iguais e, por
isso, têm necessidades distintas. Em outras palavras, equidade significa
tratar desigualmente os desiguais, investindo mais onde a carência é maior.
REFERÊNCIAS
• https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/sus-estrutura-
principios-e-como-funcionatt
• https://blog.hygia.com.br/niveis-de-atencao-a-saude/
• https://www.to.gov.br/saude/atencao-a-
saude/3cs4d35c4lmf#:~:text=A%20aten%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A0%20sa%
C3%BAde%20%C3%A9,das%20pol%C3%ADticas%20externas%20no%20setor
• http://www.conselhodesaude.rj.gov.br/noticias/577-conheca-o-sus-e-seus-
principios-fundamentais.html
• https://www.saude.mg.gov.br/cidadao/banco-de-noticias/story/7152-sus-27-anos-
transformando-a-historia-da-saude-no-
brasil#:~:text=Seu%20inicio%20se%20deu%20nos,o%20direito%20universal%20
%C3%A0%20sa%C3%BAde.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio VilaçaOs modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG)
 
Urgência e emergência
Urgência e emergênciaUrgência e emergência
Urgência e emergência
Alexandre Donha
 
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
Aroldo Gavioli
 
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde ColetivaAula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
Karynne Alves do Nascimento
 
Unidade do paciente
Unidade do pacienteUnidade do paciente
Unidade do paciente
Edna Rúbia Paulino de Oliveira
 
Enfermagem psiquiatrica
Enfermagem psiquiatricaEnfermagem psiquiatrica
Enfermagem psiquiatrica
Jose Roberto
 
Acolhimento à Demanda Espontânea na APS
Acolhimento à Demanda Espontânea na APSAcolhimento à Demanda Espontânea na APS
Acolhimento à Demanda Espontânea na APS
Frankly Eudes
 
Aula 1 historia da enfermagem enf3
Aula 1  historia da enfermagem enf3Aula 1  historia da enfermagem enf3
Aula 1 historia da enfermagem enf3
FernandaEvangelista17
 
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º períodoSeminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Laíz Coutinho
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
kellyschorro18
 
Lei 8080.90
Lei 8080.90Lei 8080.90
Lei 8080.90
Flávio Rocha
 
Redes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúdeRedes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúde
Felipe Assan Remondi
 
Pacientes críticos - enf 19 pdf.pdf
Pacientes críticos - enf 19 pdf.pdfPacientes críticos - enf 19 pdf.pdf
Pacientes críticos - enf 19 pdf.pdf
ThiagosilvaDeoliveir6
 
Vigilância em saúde
Vigilância em saúdeVigilância em saúde
Vigilância em saúde
Anderson da Silva
 
Organização, estrutura e funcionamento hospitalar
Organização, estrutura e funcionamento hospitalarOrganização, estrutura e funcionamento hospitalar
Organização, estrutura e funcionamento hospitalar
NEELLITON SANTOS
 
Aula do sus
Aula do susAula do sus
Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1
profsempre
 
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
Eduardo Gomes da Silva
 
História da enfermagem
História da enfermagemHistória da enfermagem
História da enfermagem
Fernanda Marinho
 
HistóRia Da Enfermagem No Brasil
HistóRia Da Enfermagem No BrasilHistóRia Da Enfermagem No Brasil
HistóRia Da Enfermagem No Brasil
Eduardo Gomes da Silva
 

Mais procurados (20)

Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio VilaçaOs modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
Os modelos de Atenção à Saúde_Eugenio Vilaça
 
Urgência e emergência
Urgência e emergênciaUrgência e emergência
Urgência e emergência
 
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
 
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde ColetivaAula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
 
Unidade do paciente
Unidade do pacienteUnidade do paciente
Unidade do paciente
 
Enfermagem psiquiatrica
Enfermagem psiquiatricaEnfermagem psiquiatrica
Enfermagem psiquiatrica
 
Acolhimento à Demanda Espontânea na APS
Acolhimento à Demanda Espontânea na APSAcolhimento à Demanda Espontânea na APS
Acolhimento à Demanda Espontânea na APS
 
Aula 1 historia da enfermagem enf3
Aula 1  historia da enfermagem enf3Aula 1  historia da enfermagem enf3
Aula 1 historia da enfermagem enf3
 
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º períodoSeminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
 
Lei 8080.90
Lei 8080.90Lei 8080.90
Lei 8080.90
 
Redes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúdeRedes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúde
 
Pacientes críticos - enf 19 pdf.pdf
Pacientes críticos - enf 19 pdf.pdfPacientes críticos - enf 19 pdf.pdf
Pacientes críticos - enf 19 pdf.pdf
 
Vigilância em saúde
Vigilância em saúdeVigilância em saúde
Vigilância em saúde
 
Organização, estrutura e funcionamento hospitalar
Organização, estrutura e funcionamento hospitalarOrganização, estrutura e funcionamento hospitalar
Organização, estrutura e funcionamento hospitalar
 
Aula do sus
Aula do susAula do sus
Aula do sus
 
Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1Saúde Pública aula 1
Saúde Pública aula 1
 
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
AdministraçãO De Enfermagem Parte 1
 
História da enfermagem
História da enfermagemHistória da enfermagem
História da enfermagem
 
HistóRia Da Enfermagem No Brasil
HistóRia Da Enfermagem No BrasilHistóRia Da Enfermagem No Brasil
HistóRia Da Enfermagem No Brasil
 

Semelhante a ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS.pptx

Aula de sus
Aula de susAula de sus
Aula de sus
Regina de Oliveira
 
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectivaAapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
KarinaMartins88
 
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeoSistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Isabela Ferreira
 
Judicialização da saúde - OFICIAL.pptx
Judicialização da saúde - OFICIAL.pptxJudicialização da saúde - OFICIAL.pptx
Judicialização da saúde - OFICIAL.pptx
GentilPassos2
 
Aula 3 - SUS
Aula 3 - SUSAula 3 - SUS
Aula 3 - SUS
Ghiordanno Bruno
 
Cartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feministaCartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feminista
deborawilbert
 
AULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptx
AULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptxAULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptx
AULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptx
LucieneCapone1
 
SUS - Aula MS1- 2023.pptx
SUS - Aula MS1- 2023.pptxSUS - Aula MS1- 2023.pptx
SUS - Aula MS1- 2023.pptx
CamilaMO1
 
COMO SURGIU O SUS.docx
COMO SURGIU O SUS.docxCOMO SURGIU O SUS.docx
COMO SURGIU O SUS.docx
TaisdeJesusSantos
 
SUS
SUSSUS
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.pptHISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
ssuser1b1803
 
Sus pas-2013
Sus pas-2013Sus pas-2013
Sus pas-2013
Fabio Junqueira
 
Aula meneghiim politicas_caracterizacao_sus
Aula meneghiim politicas_caracterizacao_susAula meneghiim politicas_caracterizacao_sus
Aula meneghiim politicas_caracterizacao_sus
PauloHenriqueMatayos
 
Direito ao serviços de saúde
Direito ao serviços de saúdeDireito ao serviços de saúde
Direito ao serviços de saúde
Enf° M.e Fernando Henrique Apolinário
 
1ª história da saúde pública
1ª   história da saúde pública1ª   história da saúde pública
1ª história da saúde pública
Hamilton Reis Reis
 
1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx
1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx
1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx
klenio2
 
Políticas Públicas relacionados à Saúde.pdf
Políticas Públicas relacionados à Saúde.pdfPolíticas Públicas relacionados à Saúde.pdf
Políticas Públicas relacionados à Saúde.pdf
marcosbrasilgalvao1
 
2 políticas públicas
2 políticas públicas2 políticas públicas
2 políticas públicas
Ana Daniela Silveira
 
HISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGO
HISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGOHISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGO
HISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGO
ubaldojose
 
Entenda o SUS
Entenda o SUSEntenda o SUS

Semelhante a ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS.pptx (20)

Aula de sus
Aula de susAula de sus
Aula de sus
 
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectivaAapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
 
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeoSistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
 
Judicialização da saúde - OFICIAL.pptx
Judicialização da saúde - OFICIAL.pptxJudicialização da saúde - OFICIAL.pptx
Judicialização da saúde - OFICIAL.pptx
 
Aula 3 - SUS
Aula 3 - SUSAula 3 - SUS
Aula 3 - SUS
 
Cartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feministaCartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feminista
 
AULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptx
AULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptxAULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptx
AULA 01 SAÚDE COLETIVA (1).pptx
 
SUS - Aula MS1- 2023.pptx
SUS - Aula MS1- 2023.pptxSUS - Aula MS1- 2023.pptx
SUS - Aula MS1- 2023.pptx
 
COMO SURGIU O SUS.docx
COMO SURGIU O SUS.docxCOMO SURGIU O SUS.docx
COMO SURGIU O SUS.docx
 
SUS
SUSSUS
SUS
 
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.pptHISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
 
Sus pas-2013
Sus pas-2013Sus pas-2013
Sus pas-2013
 
Aula meneghiim politicas_caracterizacao_sus
Aula meneghiim politicas_caracterizacao_susAula meneghiim politicas_caracterizacao_sus
Aula meneghiim politicas_caracterizacao_sus
 
Direito ao serviços de saúde
Direito ao serviços de saúdeDireito ao serviços de saúde
Direito ao serviços de saúde
 
1ª história da saúde pública
1ª   história da saúde pública1ª   história da saúde pública
1ª história da saúde pública
 
1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx
1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx
1 Noções de saúde coletiva - Copia.pptx
 
Políticas Públicas relacionados à Saúde.pdf
Políticas Públicas relacionados à Saúde.pdfPolíticas Públicas relacionados à Saúde.pdf
Políticas Públicas relacionados à Saúde.pdf
 
2 políticas públicas
2 políticas públicas2 políticas públicas
2 políticas públicas
 
HISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGO
HISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGOHISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGO
HISTORIA DO SUS E AÇÃO DO PSICOLOGO
 
Entenda o SUS
Entenda o SUSEntenda o SUS
Entenda o SUS
 

Último

Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúdePompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
FernandaCastro768379
 
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagemHistoria de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
sidneyjmg
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptxAULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
DiegoFernandes857616
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
jhordana1
 
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptxdoenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
ccursog
 
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed FísicaPrincipios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
AllanNovais4
 
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptxBioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
BeatrizLittig1
 
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdfTeoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
jhordana1
 
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
SusanaMatos22
 
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na EnfermagemMICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
sidneyjmg
 
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdfCartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Camila Lorranna
 

Último (12)

Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúdePompoarismo - uma abordagem para a saúde
Pompoarismo - uma abordagem para a saúde
 
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagemHistoria de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
Historia de FLORENCE NIGHTINGALE na enfermagem
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptxAULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
AULA BANHO NO LEITO DE ENFERMAGEM...pptx
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
 
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptxdoenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
doenças transmitidas pelas arboviroses ARBOVIROSES - GALGON.pptx
 
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed FísicaPrincipios do treinamento desportivo. Ed Física
Principios do treinamento desportivo. Ed Física
 
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptxBioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
Bioquímica [Salvo automaticamente] [Salvo automaticamente].pptx
 
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdfTeoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
Teoria de enfermagem de Callista Roy.pdf
 
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
643727227-7233-Afetvidade-e-sexualidade-das-pessoas-com-deficie-ncia-mental.pptx
 
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na EnfermagemMICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA na Enfermagem
 
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdfCartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
Cartilha Digital exercícios para OMBRO.pdf
 

ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS.pptx

  • 1. ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS Alunas:Beatriz, Crislayne, MadalenaeSuziane Professora: Débora Miakaelle Turma:TécnicoemEnfermagem
  • 2. INTRODUÇÃO Como surgiu o SUS e como era antes do sistema? Seu inicio se deu nos anos 70 e 80, quando diversos grupos se engajaram no movimento sanitário, com o objetivo de pensar um sistema público para solucionar os problemas encontrados no atendimento da população defendendo o direito universal à saúde. Antes de 1988 o sistema público de saúde atendia a quem contribuía para a Previdência Social. Quem não tinha dinheiro dependia da caridade e da filantropia.
  • 3. O QUE É SISTEMA ÚNICO DE SAUDE? O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores e mais complexos sistemas de saúde pública do mundo, abrangendo desde o simples atendimento para avaliação da pressão arterial, por meio da Atenção Primária, até o transplante de órgãos, garantindo acesso integral, universal e gratuito para toda a população do país.  Com a sua criação, o SUS proporcionou o acesso universal ao sistema público de saúde, sem discriminação  A atenção integral à saúde, e não somente aos cuidados assistenciais, passou a ser um direito de todos os brasileiros, desde a gestação e por toda a vida, com foco na saúde com qualidade de vida, visando a
  • 4. ORGANIZAÇÃO DO SUS • Qual a forma de organização do SUS? • A rede do SUS é organizada de forma regionalizada e com nível de complexidade crescente. Os municípios podem formar consórcios para desenvolver ações e prestar serviços que estejam sob suas responsabilidades, sendo que, mesmo nesse caso, a direção do sistema continua sendo única em cada nível de governo.
  • 5. QUAL A DIVISÃO DO SUS ? • São três os níveis de atenção à saúde pública no Brasil: primário, secundário e terciário. • Eles foram adotados para organizar os tratamentos oferecidos pelo SUS a partir de parâmetros determinados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). • Sua finalidade é proteger, restaurar e manter a saúde dos cidadãos.
  • 6.
  • 7.
  • 8. FUNCIONAMENTO • O SUS, que é o Sistema Único de Saúde no Brasil, foi criado em 1988 junto com a Constituição Federal. Com ele, os cidadãos brasileiros têm acesso gratuito a atendimento médico e diversos outros serviços relacionados à saúde, tais como transplantes, internações e até mesmo cirurgias. • Com o SUS, 190 milhões de pessoas tem acesso a mais de 6 mil hospitais credenciados, podendo realizar diversos procedimentos ligados à saúde, tais como: 1. Cirurgias; 2. Consultas; 3. Quimioterapias; 4. Internações; 5. Radioterapia; 6. Procedimentos ambulatoriais; 7. Transplantes de órgãos; e 8. Outros.
  • 9. CONCLUSÃO • A saúde é um direito de cidadania de todas as pessoas e cabe ao Estado assegurar este direito, sendo que o acesso às ações e serviços deve ser garantido independentemente de sexo, raça, ocupação ou outras características sociais ou pessoais. • O objetivo desse princípio é diminuir desigualdades. Apesar de todas as pessoas possuírem direito aos serviços, as pessoas não são iguais e, por isso, têm necessidades distintas. Em outras palavras, equidade significa tratar desigualmente os desiguais, investindo mais onde a carência é maior.
  • 10. REFERÊNCIAS • https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/sus-estrutura- principios-e-como-funcionatt • https://blog.hygia.com.br/niveis-de-atencao-a-saude/ • https://www.to.gov.br/saude/atencao-a- saude/3cs4d35c4lmf#:~:text=A%20aten%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A0%20sa% C3%BAde%20%C3%A9,das%20pol%C3%ADticas%20externas%20no%20setor • http://www.conselhodesaude.rj.gov.br/noticias/577-conheca-o-sus-e-seus- principios-fundamentais.html • https://www.saude.mg.gov.br/cidadao/banco-de-noticias/story/7152-sus-27-anos- transformando-a-historia-da-saude-no- brasil#:~:text=Seu%20inicio%20se%20deu%20nos,o%20direito%20universal%20 %C3%A0%20sa%C3%BAde.