SlideShare uma empresa Scribd logo
DIREITO ADMINISTRATIVODIREITO ADMINISTRATIVO
PREPARATÓRIO PARA
CARREIRAS POLICIAIS
Prof. Gesiel de Souza Oliveira
drgesiel.blogspot.com
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: No sentido formal, subjetivo ou orgânico
significa o conjunto de órgãos e entidades responsáveis pela realização da atividade
administrativa, perseguindo os fins do Estado (tanto direta quanto indireta). No
sentido material, objetivo ou funcional, significa o exercício da atividade
administrativa por meio de seus órgãos e entes. A polícia administrativa, o serviço
público. O primeiro considera os sujeitos que exercem a atividade administrativa, o
segundo consiste na própria atividade exercida por aqueles. (Administração Pública
com maiúscula significa o Estado (conceito formal), administração pública em
minúscula a atividade administrativa do estado (conceito material).
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA: União, Estados, Distrito Federal e
Municípios. Não possuem personalidade jurídica. Desempenham atividades
administrativas de forma concentradas. Lei específica de âmbito federal Lei n.
10.683/03.
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA INDIRETA: consiste em um conjunto de pessoas
administrativas, com personalidade jurídica própria, vinculadas à Administração
Direta que desempenham atividades administrativas de forma descentralizada.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
Composição da Administração Pública Indireta: a) autarquias, b)
fundações públicas, c) empresas públicas, d) sociedades de economia mista.
Autores incluem ainda as e) agências reguladoras e f) agências executivas.
Características comuns
a) Patrimônio próprio - a entidade responsável transfere parte de seu
patrimônio quando da criação da pessoa descentralizada.
b) Capacidade de auto-administração - têm autonomia administrativa, mas
não estão autorizadas a criarem regras para se auto-organizarem. Administram a
si próprias nos limites definidos em lei, não possuem, portanto, competência
legislativa.
c) Necessidade de lei para existência e extinção - todas apenas existem e
deixam de existir a partir da definição em lei. As autarquias passam a existir assim
que publicada a lei que a criou. Já as empresas públicas, fundações e sociedades
de economia mista necessitarão de seus atos constitutivos, se civil, junto ao
Serviço Notarial de Pessoas Jurídicas, se, comercial, na Junta Comercial.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
d) Sem fins lucrativos - não significa que não possam promover lucros,
entretanto a finalidade almejada não seja esta.
e) Controle externo - exercido pela Administração Direta que a criou com
poder de correção do resultado pretendido pela atividade descentralizada (poder
de correção finalística). Não cabe demissão ou invalidação de contrato, por
exemplo.O controle também é exercido pelo Tribunal de Contas e pelo Poder
Judiciário,mediante ação popular, representação por ato de improbidade).
f) Controle interno - é a atividade de controle exercida pela própria entidade,
promovendo a revogação ou anulação de seus atos.
Lei dos Consórcios Públicos - Lei n. 11.107/05, art. 6º, § 1º, define que o
consórcio público com personalidade jurídica de direito público integra a
administração indireta de todos os entes da federação consorciados. Consiste na
criação de uma autarquia mediante um contrato, desviando-se do princípio
constitucional da legalidade.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
ENTIDADES PARAESTATAIS OU ENTES DE COOPERAÇÃO: são entidades
de caráter privado, não pertencentes à Administração Pública Direta ou Indireta, que
colaboram com o Estado desempenhando atividades de interesse público. Por
exemplo os serviços sociais autônomos oferecidos pelo Sistema “S” (SESC, SENAI,
SESI...), as organizações sociais não governamentais e as organizações da
sociedade civil de interesse público. As fundações, associações e cooperativas sem
fins lucrativas, embora de personalidade jurídica de direito privado, quando prestam
serviços sociais não exclusivos do Estado também são paraestatais.
CENTRALIZAÇÃO E DESCENTRAL. DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA:
1) Centralização: ocorre quando a atividade administrativa é realizada
diretamente pelos órgãos e agentes diretos da Administração Pública, sem
outra pessoa jurídica interposta.
2) Descentralização: ocorre uma distribuição externa das atividades
administrativas em razão da especialidade, sendo exercidas por pessoas distintas
das do Estado. Por exemplo: atividade realizada por uma autarquia.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
PRINCÍPIOS DO DECRETO-LEI n. 200/67 (Reforma Administrativa Federal)
1) Princípio da descentralização administrativa - a pessoa distinta do Estado
exerce atividade administrativa pública por sua conta e risco, porém, sob o controle
finalístico do Estado. (art. 10 DL 200/67)
2) Princípio do planejamento - elaborar planos e programas para promover o
desenvolvimento sócio-econômico do país e a segurança nacional. (art. 7 DL
200/67)
3) Princípio da coordenação - pretende harmonizar as ações administrativas,
impedindo soluções divergentes ou duplicidade de atuação. (art. 8 e 9 DL 200/67).
4) Princípio da delegação de competência - objetiva garantir maior celeridade
e objetividade, situando as decisões próximas aos fatos, pessoas ou problemas a
atender. (art. 11 e 12 DL 200/67)
5) Princípio do controle - fundado no princípio da hierarquia, porém significa
aqui subordinação e não vinculação. Será exercido por órgãos e chefias em todos
os níveis. (art. 13 e 14 DL 200/67)
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
FORMAS DE DESCENTRALIZAÇÃO:
1) Por serviço ou por outorga - a lei autoriza ou determina que outra pessoa
tenha a titularidade e a execução do serviço, comumente concedida por prazo
indeterminado. As entidade descentralizadas da administração indireta.
2) Por colaboração ou delegação - é um contrato unilateral ou bilateral que
impõe a outra pessoa a execução de certo serviço. Não ocorre a titularidade. E o
exercício da execução corre por conta e risco da pessoa, mas sob a fiscalização do
Estado. Comumente o prazo é determinado. Contratos de concessão ou atos de
permissão.
Divisão de Maria Sylvia Zanella Di Pietro quanto a descentralização
a) Política: a CF/88 fundamenta as atribuições e competências de cada ente para
legislar e governar. Consiste no princípio da autonomia. Exemplo: criação de
municípios.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
b) Administrativa: as atribuições dos entes descentralizados decorre da
centralização administrativa do ente e não da própria CF/88. Estarão sempre
subordinados às leis impostas pelo poder central. Tipos de descentralização
administrativa: b1) territorial ou geográfica; b2) por serviço, funcional ou técnica, ou
por outorga; b3) por colaboração ou por delegação.
CONCENTRAÇÃO E DESCONCENTRAÇÃO
1) Concentração: todos os serviços a serem prestados pelo ente estão lotados
em uma mesma unidade administrativa, não possuindo divisões em órgãos,
confundindo-se com a totalidade da pessoa jurídica. Exemplo: um pequenino
município. Segundo Hely Lopes Meirelles, a mínima unidade administrativa de um
órgão composto, ou seja, simples, exerce suas atribuições de forma desconcentrada.
2) Desconcentração: ocorre a distribuição de competência no âmbito da próprio
estrutura hierárquica do ente, objetivando tornar a prestação dos serviços mais ágil e
eficiente. Pressupõe a existência de uma só pessoa jurídica. Exemplo: União -
Ministérios; Universidade - Departamento. Ocorre tanto na AP Direito como na
Direta.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
 DIFERENÇA NÃO EXCLUDENTE ENTRE DESCENTR. E DESCONC.
DESCENTRALIZAÇÃO
- Pessoas jurídicas diversas
- Ocorre controle finalístico pelo
Estado
DESCONCENTRAÇÃO
- Apenas uma pessoa jurídica
- Presença de hierarquia
PESSOAS JURÍDICAS DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO
1) Pessoa Jurídica de Direito Público: pessoas jurídicas criadas para exercer
típica atividade administrativa, tendo prerrogativas e restrições de direito público.
Exemplos: os entes federados, as autarquia e fundações públicas (alguns entendem
as fundações públicas como capaz de ser de direito público ou de direito privado).
2) Pessoa Jurídica de Direito Privado: são as empresas públicas e as
sociedades de economia mista, criadas para prestar serviços públicos, mas também
para realizar atividade econômica, tendo, pois, neste caso, os mesmos direitos e
limitações das demais pessoas jurídicas privadas.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
ÓRGÃOS PÚBLICOS: são centros de competência integrantes das pessoas
estatais instituídos para o desempenho das funções públicas por meio de agentes
públicos. Definição do art. 2º, §2, I da Lei 9.784/99 "a unidade de atuação
integrante da estrutura da Administração direta e da estrutura da Administração
indireta".
Classificação dos órgãos públicos:
1) Quanto à posição estatal: a) órgãos independentes: chefias do executivo,
tribunais judiciários, juízos singulares, corporações legislativas; b) autônomos:
ministérios, secretarias estaduais e municipais, procuradoria geral da justiça, AGU,
possuem autonomia financeira, administrativa e técnica, são diretivos, de
planejamento, supervisão, coordenação e controle das atividades de sua
competência. c) superiores: gabinetes, procuradorias judiciais, departamentos,
divisões..não possuem autonomia financeira e administrativa e subordinam-se ao
controle de uma chefia superior. d) subalternos: departamento de pessoal, de
expediente, estão na base da hierarquia entre os órgãos, com baixo poder
decisório e apenas atribuições de execução.
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
2) Quanto à estrutura: a) simples ou unitário: possui apenas um centro de
competência e exerce suas atividades de forma concentrada; b) composto: ocorre a
reunião de vários órgãos na estrutura, com atribuições exercitadas de modo
desconcentrado. EXEMPLO: Ministério da Fazenda, Secretaria da Receita, Delegacia
da Receita Federal etc...
3) Quanto à atuação funcional: a) singulares ou unipessoais: atuam por um
único agente. EXEMPLO: Presidente da República; b) colegiados ou pluripessoais: a
atuação de faz conjuntamente pela vontade de seus membros. EXEMPLO: tribunais e
congresso nacional.
4) Quanto à esfera de atuação: a) centrais: atuam em todo o território nacional,
estadual ou municipal. EXEMPLO: Ministérios e Secretarias; b) locais: atuam apenas
sobre parte do território. EXEMPLO: Delegacias regionais, Delegacias de Polícia.
5) Hierarquia e controle: a) hierarquia: poder de revisão dos atos do órgão
subordinado (subordinação); b) controle: poder sobre a pessoa jurídica criada que a
pessoa jurídica política tem de submetê-la ao cumprimentos dos seus objetivos
dispostos na lei (vinculação).
ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
AUTARQUIAS: são pessoas jurídicas de direito público interno, criadas por
lei ordinária específica, para titularizar atividade típica da AP. Qualquer ente
político pode criá-la, desde que por lei ordinária e com o fim de realizar atividade
típica da Administração. VER: art. 5º, I, do D.L. 200/1967, "Autarquia - o serviço
autônomo, criado por lei, com personalidade jurídica, patrimônio e receita próprios,
para executar atividades típicas da Administração Pública, que requeiram, para
seu melhor funcionamento, gestão administrativa e financeira descentralizada".
EXEMPLOS: INSS, INCRA, IBAMA.
AUTARQUIAS ESPECIAIS (Agencias reguladoras): ANATEL, ANVISA.
BACEN e USP SÃO AUTARQUIAS DE REGIMES ESPECIAIS - possui alguns
privilégios em relação às demais autarquias, e foram criadas para tratarem
especificamente de determinadas matérias.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Contrato de trabalho
Contrato de trabalhoContrato de trabalho
Contrato de trabalho
rosanaserelo
 
Direito do Trabalho
Direito do TrabalhoDireito do Trabalho
Direito do Trabalho
Adeildo Caboclo
 
Principios da administracao_publica
Principios da administracao_publicaPrincipios da administracao_publica
Principios da administracao_publicaCláudio Chasmil
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Direito trabalhista
Direito trabalhistaDireito trabalhista
Direito trabalhista
elisabatista7
 
Principios direito administrativo
Principios direito administrativoPrincipios direito administrativo
Principios direito administrativo
André Laubenstein Pereira
 
Palestra Ética no Serviço Público
Palestra Ética no Serviço PúblicoPalestra Ética no Serviço Público
Palestra Ética no Serviço PúblicoEscoladoLegislativo
 
Direito empresarial
Direito empresarialDireito empresarial
Direito empresarial
Elder Leite
 
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias FundamentaisAula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias FundamentaisTércio De Santana
 
Legislação Empresarial
Legislação EmpresarialLegislação Empresarial
Legislação Empresarial
Eliseu Fortolan
 
NOÇÕES DE DIREITO
NOÇÕES DE DIREITONOÇÕES DE DIREITO
NOÇÕES DE DIREITOURCAMP
 
14 princípios básicos da administração
14 princípios básicos da administração14 princípios básicos da administração
14 princípios básicos da administraçãoTaizi Mendes Izaguirre
 
Como constituir uma empresa
Como constituir uma empresaComo constituir uma empresa
Como constituir uma empresa
Nyedson Barbosa
 
Estado e direito
Estado e direitoEstado e direito
Estado e direito
Direito Nabuco
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Professora Patricia Lima
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
Denis Carlos Sodré
 
Introdução à Legislação Empresarial
Introdução à Legislação EmpresarialIntrodução à Legislação Empresarial
Introdução à Legislação Empresarial
Eliseu Fortolan
 
Direitos trabalhistas
Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
Direitos trabalhistas
Denilson Bonfim
 
Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Celso Alfaia Barbosa
 

Mais procurados (20)

Contrato de trabalho
Contrato de trabalhoContrato de trabalho
Contrato de trabalho
 
Direito do Trabalho
Direito do TrabalhoDireito do Trabalho
Direito do Trabalho
 
Principios da administracao_publica
Principios da administracao_publicaPrincipios da administracao_publica
Principios da administracao_publica
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
 
Direito trabalhista
Direito trabalhistaDireito trabalhista
Direito trabalhista
 
Principios direito administrativo
Principios direito administrativoPrincipios direito administrativo
Principios direito administrativo
 
Palestra Ética no Serviço Público
Palestra Ética no Serviço PúblicoPalestra Ética no Serviço Público
Palestra Ética no Serviço Público
 
Direito empresarial
Direito empresarialDireito empresarial
Direito empresarial
 
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias FundamentaisAula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
 
Legislação Empresarial
Legislação EmpresarialLegislação Empresarial
Legislação Empresarial
 
NOÇÕES DE DIREITO
NOÇÕES DE DIREITONOÇÕES DE DIREITO
NOÇÕES DE DIREITO
 
14 princípios básicos da administração
14 princípios básicos da administração14 princípios básicos da administração
14 princípios básicos da administração
 
Como constituir uma empresa
Como constituir uma empresaComo constituir uma empresa
Como constituir uma empresa
 
Estado e direito
Estado e direitoEstado e direito
Estado e direito
 
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014Aula de gestão empresarial 11 01-2014
Aula de gestão empresarial 11 01-2014
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Introdução à Legislação Empresarial
Introdução à Legislação EmpresarialIntrodução à Legislação Empresarial
Introdução à Legislação Empresarial
 
Direitos trabalhistas
Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
Direitos trabalhistas
 
Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 

Destaque

Responsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do EstadoResponsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do Estado
Gesiel Oliveira
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Resp estado
Resp estadoResp estado
Resp estadobola33
 
O ESPIRITO SANTO EETAD
O ESPIRITO SANTO   EETADO ESPIRITO SANTO   EETAD
O ESPIRITO SANTO EETAD
Sandeives Lopes
 
Roteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza Oliveira
Roteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza OliveiraRoteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza Oliveira
Roteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Panorama do pentateuco
Panorama do pentateucoPanorama do pentateuco
Panorama do pentateucoPaulo Ferreira
 
Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI
Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI
Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI Virna Salgado Barra
 
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza OliveiraAs 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
Gesiel Oliveira
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
Gesiel Oliveira
 

Destaque (13)

Responsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do EstadoResponsabilidade civil do Estado
Responsabilidade civil do Estado
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
Resp estado
Resp estadoResp estado
Resp estado
 
O ESPIRITO SANTO EETAD
O ESPIRITO SANTO   EETADO ESPIRITO SANTO   EETAD
O ESPIRITO SANTO EETAD
 
Roteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza Oliveira
Roteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza OliveiraRoteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza Oliveira
Roteiro para casamento evangélico - Por Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
Lei 11.343.2006
Lei 11.343.2006Lei 11.343.2006
Lei 11.343.2006
 
Panorama do pentateuco
Panorama do pentateucoPanorama do pentateuco
Panorama do pentateuco
 
1º Aula do Pentateuco
1º Aula do Pentateuco1º Aula do Pentateuco
1º Aula do Pentateuco
 
Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI
Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI
Geografia do Ensino Médio - EJA-FAMATRI
 
Clima e vegetação do Brasil
Clima e vegetação do BrasilClima e vegetação do Brasil
Clima e vegetação do Brasil
 
Slides de Geografia do Brasil
Slides de Geografia do BrasilSlides de Geografia do Brasil
Slides de Geografia do Brasil
 
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza OliveiraAs 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
As 1289 melhores frases do Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
 

Semelhante a Organização da administração publica - Prof Gesiel Oliveira

Direito Administrativo - Entidades da Administração Pública
Direito Administrativo - Entidades da Administração PúblicaDireito Administrativo - Entidades da Administração Pública
Direito Administrativo - Entidades da Administração Pública
Amanda Almozara
 
Administrativo
AdministrativoAdministrativo
Administrativo
arictd
 
Direito administrativo
Direito administrativoDireito administrativo
Direito administrativo
Raquel Oliveira
 
Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )
Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )
Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )
Esdras Arthur Lopes Pessoa
 
Cola direitoadministrativo
Cola direitoadministrativoCola direitoadministrativo
Cola direitoadministrativo
Esdras Arthur Lopes Pessoa
 
Direito adm apostilha estudar por esse
Direito adm apostilha estudar por esseDireito adm apostilha estudar por esse
Direito adm apostilha estudar por esseLEOCADISTA
 
Anotações de direito_administrativo_-_parte_1
Anotações de direito_administrativo_-_parte_1Anotações de direito_administrativo_-_parte_1
Anotações de direito_administrativo_-_parte_1
Fabiana Adaice
 
Aulao TRT RJ - direito Administrati
Aulao TRT RJ - direito AdministratiAulao TRT RJ - direito Administrati
Aulao TRT RJ - direito AdministratiCanal Dos Concursos
 
Admnistração publica
Admnistração publicaAdmnistração publica
Admnistração publicaarnoudgermano
 
Resumao administrativo
Resumao administrativoResumao administrativo
Resumao administrativo
Danilo Saravy
 
Apostila inss.recife2014 dirieto_administrativo
Apostila inss.recife2014 dirieto_administrativoApostila inss.recife2014 dirieto_administrativo
Apostila inss.recife2014 dirieto_administrativo
islan_estudante
 
Direito adminis trativo aula-02-v1
Direito adminis trativo aula-02-v1Direito adminis trativo aula-02-v1
Direito adminis trativo aula-02-v1
rdcouto
 
Gestão pública II
Gestão pública IIGestão pública II
Gestão pública IILívia Lopes
 
D I R E I T O A D M I N I S T R A T I V O 30 De Junho A 9 De Julho[1]
D I R E I T O  A D M I N I S T R A T I V O   30 De Junho A 9 De Julho[1]D I R E I T O  A D M I N I S T R A T I V O   30 De Junho A 9 De Julho[1]
D I R E I T O A D M I N I S T R A T I V O 30 De Junho A 9 De Julho[1]andressa bonn
 
2 1 organização adminitsrativa
2 1 organização adminitsrativa2 1 organização adminitsrativa
2 1 organização adminitsrativa
Renata Lima
 
01 adm publica
01 adm publica01 adm publica
01 adm publicaOdras
 
Direito admin. para concursos
Direito admin. para concursosDireito admin. para concursos
Direito admin. para concursos
u2218878
 
Direito administrativo para concursos
Direito administrativo para concursosDireito administrativo para concursos
Direito administrativo para concursos
santorine
 
Curso de Direito Administrativo.pptx
Curso de Direito Administrativo.pptxCurso de Direito Administrativo.pptx
Curso de Direito Administrativo.pptx
GoogleServicesInc
 

Semelhante a Organização da administração publica - Prof Gesiel Oliveira (20)

Direito Administrativo - Entidades da Administração Pública
Direito Administrativo - Entidades da Administração PúblicaDireito Administrativo - Entidades da Administração Pública
Direito Administrativo - Entidades da Administração Pública
 
Administrativo
AdministrativoAdministrativo
Administrativo
 
Direito administrativo
Direito administrativoDireito administrativo
Direito administrativo
 
Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )
Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )
Cola direitoadministrativo ( Profa GABRIELA )
 
Cola direitoadministrativo
Cola direitoadministrativoCola direitoadministrativo
Cola direitoadministrativo
 
Direito adm apostilha estudar por esse
Direito adm apostilha estudar por esseDireito adm apostilha estudar por esse
Direito adm apostilha estudar por esse
 
Anotações de direito_administrativo_-_parte_1
Anotações de direito_administrativo_-_parte_1Anotações de direito_administrativo_-_parte_1
Anotações de direito_administrativo_-_parte_1
 
Contabilidade g publica
Contabilidade g publicaContabilidade g publica
Contabilidade g publica
 
Aulao TRT RJ - direito Administrati
Aulao TRT RJ - direito AdministratiAulao TRT RJ - direito Administrati
Aulao TRT RJ - direito Administrati
 
Admnistração publica
Admnistração publicaAdmnistração publica
Admnistração publica
 
Resumao administrativo
Resumao administrativoResumao administrativo
Resumao administrativo
 
Apostila inss.recife2014 dirieto_administrativo
Apostila inss.recife2014 dirieto_administrativoApostila inss.recife2014 dirieto_administrativo
Apostila inss.recife2014 dirieto_administrativo
 
Direito adminis trativo aula-02-v1
Direito adminis trativo aula-02-v1Direito adminis trativo aula-02-v1
Direito adminis trativo aula-02-v1
 
Gestão pública II
Gestão pública IIGestão pública II
Gestão pública II
 
D I R E I T O A D M I N I S T R A T I V O 30 De Junho A 9 De Julho[1]
D I R E I T O  A D M I N I S T R A T I V O   30 De Junho A 9 De Julho[1]D I R E I T O  A D M I N I S T R A T I V O   30 De Junho A 9 De Julho[1]
D I R E I T O A D M I N I S T R A T I V O 30 De Junho A 9 De Julho[1]
 
2 1 organização adminitsrativa
2 1 organização adminitsrativa2 1 organização adminitsrativa
2 1 organização adminitsrativa
 
01 adm publica
01 adm publica01 adm publica
01 adm publica
 
Direito admin. para concursos
Direito admin. para concursosDireito admin. para concursos
Direito admin. para concursos
 
Direito administrativo para concursos
Direito administrativo para concursosDireito administrativo para concursos
Direito administrativo para concursos
 
Curso de Direito Administrativo.pptx
Curso de Direito Administrativo.pptxCurso de Direito Administrativo.pptx
Curso de Direito Administrativo.pptx
 

Mais de Gesiel Oliveira

Resumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel Oliveira
Resumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel OliveiraResumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel Oliveira
Resumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Geografia do Amapá - 5ª aula - questão INCORRETA E
Geografia do Amapá -  5ª aula - questão INCORRETA EGeografia do Amapá -  5ª aula - questão INCORRETA E
Geografia do Amapá - 5ª aula - questão INCORRETA E
Gesiel Oliveira
 
Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...
Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...
Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...
Gesiel Oliveira
 
Grandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel Oliveira
Grandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel OliveiraGrandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel Oliveira
Grandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017
Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017
Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017
Gesiel Oliveira
 
Questão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economia
Questão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economiaQuestão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economia
Questão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economia
Gesiel Oliveira
 
Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017
Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017
Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017
Gesiel Oliveira
 
Aula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel Oliveira
Aula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel OliveiraAula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel Oliveira
Aula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Questão geografia do AP - Prof Gesiel Oliveira
Questão geografia do AP - Prof Gesiel OliveiraQuestão geografia do AP - Prof Gesiel Oliveira
Questão geografia do AP - Prof Gesiel Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Principais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel Oliveira
Principais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel OliveiraPrincipais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel Oliveira
Principais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Lições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel Oliveira
Lições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel OliveiraLições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel Oliveira
Lições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Stj remete a madureira todos os processos
Stj remete a madureira todos os processosStj remete a madureira todos os processos
Stj remete a madureira todos os processos
Gesiel Oliveira
 
Bloqueio contas bancarias corumba
Bloqueio contas bancarias corumbaBloqueio contas bancarias corumba
Bloqueio contas bancarias corumba
Gesiel Oliveira
 
Decisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJr
Decisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJrDecisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJr
Decisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJr
Gesiel Oliveira
 
Suspensao eleições
Suspensao eleiçõesSuspensao eleições
Suspensao eleições
Gesiel Oliveira
 
Decisao Careiro
Decisao CareiroDecisao Careiro
Decisao Careiro
Gesiel Oliveira
 
Corumbá decisao bloqueio CGADB e Scyt
Corumbá decisao bloqueio CGADB e ScytCorumbá decisao bloqueio CGADB e Scyt
Corumbá decisao bloqueio CGADB e Scyt
Gesiel Oliveira
 
Decisão careiro intervenção
Decisão careiro intervençãoDecisão careiro intervenção
Decisão careiro intervenção
Gesiel Oliveira
 
Manaus Liminar 24.02.2017 Pr Jonatas
Manaus Liminar  24.02.2017 Pr JonatasManaus Liminar  24.02.2017 Pr Jonatas
Manaus Liminar 24.02.2017 Pr Jonatas
Gesiel Oliveira
 
Liminar caruari cancelamento das inscrições
Liminar caruari cancelamento das inscriçõesLiminar caruari cancelamento das inscrições
Liminar caruari cancelamento das inscrições
Gesiel Oliveira
 

Mais de Gesiel Oliveira (20)

Resumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel Oliveira
Resumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel OliveiraResumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel Oliveira
Resumo dos eventos escatológicos do Apocalipse - Pr Gesiel Oliveira
 
Geografia do Amapá - 5ª aula - questão INCORRETA E
Geografia do Amapá -  5ª aula - questão INCORRETA EGeografia do Amapá -  5ª aula - questão INCORRETA E
Geografia do Amapá - 5ª aula - questão INCORRETA E
 
Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...
Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...
Geografia do Amapá - Desenvolvimento Econ. do AP - aula 5 - Transmissão 02.08...
 
Grandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel Oliveira
Grandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel OliveiraGrandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel Oliveira
Grandes Projetos no Amapá - Slides - aula 4 - Prof Gesiel Oliveira
 
Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017
Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017
Questão de Geografia do AP - aula 4 - Grandes Projetos - 27.07.2017
 
Questão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economia
Questão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economiaQuestão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economia
Questão resolvida na aula 3 de Geografia do Amapá - População e economia
 
Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017
Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017
Geografia do AP - aula 3 - População e economia - transmissão em 26.07.2017
 
Aula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel Oliveira
Aula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel OliveiraAula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel Oliveira
Aula 2-Aspectos Históricos-Prof Gesiel Oliveira
 
Questão geografia do AP - Prof Gesiel Oliveira
Questão geografia do AP - Prof Gesiel OliveiraQuestão geografia do AP - Prof Gesiel Oliveira
Questão geografia do AP - Prof Gesiel Oliveira
 
Principais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel Oliveira
Principais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel OliveiraPrincipais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel Oliveira
Principais mudanças quanto ao processo de execução - Prof Gesiel Oliveira
 
Lições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel Oliveira
Lições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel OliveiraLições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel Oliveira
Lições teóricas e práticas para um pregador cristão - Pr Gesiel Oliveira
 
Stj remete a madureira todos os processos
Stj remete a madureira todos os processosStj remete a madureira todos os processos
Stj remete a madureira todos os processos
 
Bloqueio contas bancarias corumba
Bloqueio contas bancarias corumbaBloqueio contas bancarias corumba
Bloqueio contas bancarias corumba
 
Decisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJr
Decisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJrDecisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJr
Decisao RJ mantendo liminares e autorizando PrJWJr
 
Suspensao eleições
Suspensao eleiçõesSuspensao eleições
Suspensao eleições
 
Decisao Careiro
Decisao CareiroDecisao Careiro
Decisao Careiro
 
Corumbá decisao bloqueio CGADB e Scyt
Corumbá decisao bloqueio CGADB e ScytCorumbá decisao bloqueio CGADB e Scyt
Corumbá decisao bloqueio CGADB e Scyt
 
Decisão careiro intervenção
Decisão careiro intervençãoDecisão careiro intervenção
Decisão careiro intervenção
 
Manaus Liminar 24.02.2017 Pr Jonatas
Manaus Liminar  24.02.2017 Pr JonatasManaus Liminar  24.02.2017 Pr Jonatas
Manaus Liminar 24.02.2017 Pr Jonatas
 
Liminar caruari cancelamento das inscrições
Liminar caruari cancelamento das inscriçõesLiminar caruari cancelamento das inscrições
Liminar caruari cancelamento das inscrições
 

Último

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
ssuser701e2b
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

Organização da administração publica - Prof Gesiel Oliveira

  • 1. DIREITO ADMINISTRATIVODIREITO ADMINISTRATIVO PREPARATÓRIO PARA CARREIRAS POLICIAIS Prof. Gesiel de Souza Oliveira drgesiel.blogspot.com
  • 2. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: No sentido formal, subjetivo ou orgânico significa o conjunto de órgãos e entidades responsáveis pela realização da atividade administrativa, perseguindo os fins do Estado (tanto direta quanto indireta). No sentido material, objetivo ou funcional, significa o exercício da atividade administrativa por meio de seus órgãos e entes. A polícia administrativa, o serviço público. O primeiro considera os sujeitos que exercem a atividade administrativa, o segundo consiste na própria atividade exercida por aqueles. (Administração Pública com maiúscula significa o Estado (conceito formal), administração pública em minúscula a atividade administrativa do estado (conceito material). ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA: União, Estados, Distrito Federal e Municípios. Não possuem personalidade jurídica. Desempenham atividades administrativas de forma concentradas. Lei específica de âmbito federal Lei n. 10.683/03. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA INDIRETA: consiste em um conjunto de pessoas administrativas, com personalidade jurídica própria, vinculadas à Administração Direta que desempenham atividades administrativas de forma descentralizada.
  • 3. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Composição da Administração Pública Indireta: a) autarquias, b) fundações públicas, c) empresas públicas, d) sociedades de economia mista. Autores incluem ainda as e) agências reguladoras e f) agências executivas. Características comuns a) Patrimônio próprio - a entidade responsável transfere parte de seu patrimônio quando da criação da pessoa descentralizada. b) Capacidade de auto-administração - têm autonomia administrativa, mas não estão autorizadas a criarem regras para se auto-organizarem. Administram a si próprias nos limites definidos em lei, não possuem, portanto, competência legislativa. c) Necessidade de lei para existência e extinção - todas apenas existem e deixam de existir a partir da definição em lei. As autarquias passam a existir assim que publicada a lei que a criou. Já as empresas públicas, fundações e sociedades de economia mista necessitarão de seus atos constitutivos, se civil, junto ao Serviço Notarial de Pessoas Jurídicas, se, comercial, na Junta Comercial.
  • 4. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA d) Sem fins lucrativos - não significa que não possam promover lucros, entretanto a finalidade almejada não seja esta. e) Controle externo - exercido pela Administração Direta que a criou com poder de correção do resultado pretendido pela atividade descentralizada (poder de correção finalística). Não cabe demissão ou invalidação de contrato, por exemplo.O controle também é exercido pelo Tribunal de Contas e pelo Poder Judiciário,mediante ação popular, representação por ato de improbidade). f) Controle interno - é a atividade de controle exercida pela própria entidade, promovendo a revogação ou anulação de seus atos. Lei dos Consórcios Públicos - Lei n. 11.107/05, art. 6º, § 1º, define que o consórcio público com personalidade jurídica de direito público integra a administração indireta de todos os entes da federação consorciados. Consiste na criação de uma autarquia mediante um contrato, desviando-se do princípio constitucional da legalidade.
  • 5. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ENTIDADES PARAESTATAIS OU ENTES DE COOPERAÇÃO: são entidades de caráter privado, não pertencentes à Administração Pública Direta ou Indireta, que colaboram com o Estado desempenhando atividades de interesse público. Por exemplo os serviços sociais autônomos oferecidos pelo Sistema “S” (SESC, SENAI, SESI...), as organizações sociais não governamentais e as organizações da sociedade civil de interesse público. As fundações, associações e cooperativas sem fins lucrativas, embora de personalidade jurídica de direito privado, quando prestam serviços sociais não exclusivos do Estado também são paraestatais. CENTRALIZAÇÃO E DESCENTRAL. DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA: 1) Centralização: ocorre quando a atividade administrativa é realizada diretamente pelos órgãos e agentes diretos da Administração Pública, sem outra pessoa jurídica interposta. 2) Descentralização: ocorre uma distribuição externa das atividades administrativas em razão da especialidade, sendo exercidas por pessoas distintas das do Estado. Por exemplo: atividade realizada por uma autarquia.
  • 6.
  • 7. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PRINCÍPIOS DO DECRETO-LEI n. 200/67 (Reforma Administrativa Federal) 1) Princípio da descentralização administrativa - a pessoa distinta do Estado exerce atividade administrativa pública por sua conta e risco, porém, sob o controle finalístico do Estado. (art. 10 DL 200/67) 2) Princípio do planejamento - elaborar planos e programas para promover o desenvolvimento sócio-econômico do país e a segurança nacional. (art. 7 DL 200/67) 3) Princípio da coordenação - pretende harmonizar as ações administrativas, impedindo soluções divergentes ou duplicidade de atuação. (art. 8 e 9 DL 200/67). 4) Princípio da delegação de competência - objetiva garantir maior celeridade e objetividade, situando as decisões próximas aos fatos, pessoas ou problemas a atender. (art. 11 e 12 DL 200/67) 5) Princípio do controle - fundado no princípio da hierarquia, porém significa aqui subordinação e não vinculação. Será exercido por órgãos e chefias em todos os níveis. (art. 13 e 14 DL 200/67)
  • 8. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FORMAS DE DESCENTRALIZAÇÃO: 1) Por serviço ou por outorga - a lei autoriza ou determina que outra pessoa tenha a titularidade e a execução do serviço, comumente concedida por prazo indeterminado. As entidade descentralizadas da administração indireta. 2) Por colaboração ou delegação - é um contrato unilateral ou bilateral que impõe a outra pessoa a execução de certo serviço. Não ocorre a titularidade. E o exercício da execução corre por conta e risco da pessoa, mas sob a fiscalização do Estado. Comumente o prazo é determinado. Contratos de concessão ou atos de permissão. Divisão de Maria Sylvia Zanella Di Pietro quanto a descentralização a) Política: a CF/88 fundamenta as atribuições e competências de cada ente para legislar e governar. Consiste no princípio da autonomia. Exemplo: criação de municípios.
  • 9. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA b) Administrativa: as atribuições dos entes descentralizados decorre da centralização administrativa do ente e não da própria CF/88. Estarão sempre subordinados às leis impostas pelo poder central. Tipos de descentralização administrativa: b1) territorial ou geográfica; b2) por serviço, funcional ou técnica, ou por outorga; b3) por colaboração ou por delegação. CONCENTRAÇÃO E DESCONCENTRAÇÃO 1) Concentração: todos os serviços a serem prestados pelo ente estão lotados em uma mesma unidade administrativa, não possuindo divisões em órgãos, confundindo-se com a totalidade da pessoa jurídica. Exemplo: um pequenino município. Segundo Hely Lopes Meirelles, a mínima unidade administrativa de um órgão composto, ou seja, simples, exerce suas atribuições de forma desconcentrada. 2) Desconcentração: ocorre a distribuição de competência no âmbito da próprio estrutura hierárquica do ente, objetivando tornar a prestação dos serviços mais ágil e eficiente. Pressupõe a existência de uma só pessoa jurídica. Exemplo: União - Ministérios; Universidade - Departamento. Ocorre tanto na AP Direito como na Direta.
  • 10. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA  DIFERENÇA NÃO EXCLUDENTE ENTRE DESCENTR. E DESCONC. DESCENTRALIZAÇÃO - Pessoas jurídicas diversas - Ocorre controle finalístico pelo Estado DESCONCENTRAÇÃO - Apenas uma pessoa jurídica - Presença de hierarquia PESSOAS JURÍDICAS DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO 1) Pessoa Jurídica de Direito Público: pessoas jurídicas criadas para exercer típica atividade administrativa, tendo prerrogativas e restrições de direito público. Exemplos: os entes federados, as autarquia e fundações públicas (alguns entendem as fundações públicas como capaz de ser de direito público ou de direito privado). 2) Pessoa Jurídica de Direito Privado: são as empresas públicas e as sociedades de economia mista, criadas para prestar serviços públicos, mas também para realizar atividade econômica, tendo, pois, neste caso, os mesmos direitos e limitações das demais pessoas jurídicas privadas.
  • 11. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ÓRGÃOS PÚBLICOS: são centros de competência integrantes das pessoas estatais instituídos para o desempenho das funções públicas por meio de agentes públicos. Definição do art. 2º, §2, I da Lei 9.784/99 "a unidade de atuação integrante da estrutura da Administração direta e da estrutura da Administração indireta". Classificação dos órgãos públicos: 1) Quanto à posição estatal: a) órgãos independentes: chefias do executivo, tribunais judiciários, juízos singulares, corporações legislativas; b) autônomos: ministérios, secretarias estaduais e municipais, procuradoria geral da justiça, AGU, possuem autonomia financeira, administrativa e técnica, são diretivos, de planejamento, supervisão, coordenação e controle das atividades de sua competência. c) superiores: gabinetes, procuradorias judiciais, departamentos, divisões..não possuem autonomia financeira e administrativa e subordinam-se ao controle de uma chefia superior. d) subalternos: departamento de pessoal, de expediente, estão na base da hierarquia entre os órgãos, com baixo poder decisório e apenas atribuições de execução.
  • 12. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 2) Quanto à estrutura: a) simples ou unitário: possui apenas um centro de competência e exerce suas atividades de forma concentrada; b) composto: ocorre a reunião de vários órgãos na estrutura, com atribuições exercitadas de modo desconcentrado. EXEMPLO: Ministério da Fazenda, Secretaria da Receita, Delegacia da Receita Federal etc... 3) Quanto à atuação funcional: a) singulares ou unipessoais: atuam por um único agente. EXEMPLO: Presidente da República; b) colegiados ou pluripessoais: a atuação de faz conjuntamente pela vontade de seus membros. EXEMPLO: tribunais e congresso nacional. 4) Quanto à esfera de atuação: a) centrais: atuam em todo o território nacional, estadual ou municipal. EXEMPLO: Ministérios e Secretarias; b) locais: atuam apenas sobre parte do território. EXEMPLO: Delegacias regionais, Delegacias de Polícia. 5) Hierarquia e controle: a) hierarquia: poder de revisão dos atos do órgão subordinado (subordinação); b) controle: poder sobre a pessoa jurídica criada que a pessoa jurídica política tem de submetê-la ao cumprimentos dos seus objetivos dispostos na lei (vinculação).
  • 13. ORGANIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA AUTARQUIAS: são pessoas jurídicas de direito público interno, criadas por lei ordinária específica, para titularizar atividade típica da AP. Qualquer ente político pode criá-la, desde que por lei ordinária e com o fim de realizar atividade típica da Administração. VER: art. 5º, I, do D.L. 200/1967, "Autarquia - o serviço autônomo, criado por lei, com personalidade jurídica, patrimônio e receita próprios, para executar atividades típicas da Administração Pública, que requeiram, para seu melhor funcionamento, gestão administrativa e financeira descentralizada". EXEMPLOS: INSS, INCRA, IBAMA. AUTARQUIAS ESPECIAIS (Agencias reguladoras): ANATEL, ANVISA. BACEN e USP SÃO AUTARQUIAS DE REGIMES ESPECIAIS - possui alguns privilégios em relação às demais autarquias, e foram criadas para tratarem especificamente de determinadas matérias.