SlideShare uma empresa Scribd logo
Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação
A.
1. A casa ficou airosa, / porém continua desabitada.
Oração coordenante; Oração coordenada adversativa
2. Quando começou a chover, / abrigámo-nos.
Oração subordinada adverbial temporal; Oração
subordinante
3. Acho-o triste / e adoentado.
Oração coordenante; Oração coordenada copulativa
4. Quando chegares, / avisa-me.
Oração subordinada adverbial temporal; Oração
subordinante
Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação
5. Estudaste, / logo, não tenhas receio do exame.
Oração coordenante; Oração coordenada conclusiva
6. Amanhã, ou estudas / ou trabalhas.
Oração coordenante; Oração coordenada disjuntiva
7. O candeeiro não dá luz / porque a lâmpada está
fundida.
Oração subordinante; Oração subordinada adverbial
causal
8. Se me quiseres ajudar, / muda-me o pneu que furou.
Oração    subordinada    adverbial   condicional;   Oração
subordinante
Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação
9. Brísida Vaz era uma alcoviteira, / ainda assim ela queria
entrar na Barca do Anjo.
Oração coordenante; Oração coordenada adversativa
10. Visto que ninguém quis aceitar o desafio, / o professor
optou por outro projecto da visita de estudo.
Oração subordinada adverbial causal; Oração subordinante
11. Como os resultados dos testes foram positivos, / a
professora decidiu premiar os alunos
Oração subordinada adverbial causal; oração subordinante
12. Quando ouviram a música composta pelo colega, / todos os
jovens o aclamaram.
Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante
Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação
13. À medida que foram estudando «Os Lusíadas», / todos os
estudantes ficaram maravilhados com a epopeia de Luís de
Camões.
Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante
14. Eles fizeram férias nessa semana, / uma vez que se sentiam
exaustos.
Oração subordinante; oração subordinada adverbial causal
15. Sempre que chegavam tarde, / pediam desculpa.
Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante
16. Eles alteraram todo o plano da visita de estudo, / pois o
Conselho Pedagógico não aceitou o projecto inicial.
Oração subordinante; oração subordinada adverbial causal
Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação
17. No momento em que deu o toque de entrada, /
a Francisca ainda estava a sair do autocarro.
Oração subordinada adverbial temporal; oração
subordinante
18. Ele entregou o trabalho de grupo antes do
prazo marcado / já que o tinha acabado.
Oração     subordinante;     oração     subordinada
adverbial causal
19. Caso o vento passasse, / içariam as velas.
Oração subordinada adverbial condicional; oração
subordinante
Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação
20. Caso um país adopte políticas económicas proteccionistas, /
poderá ajudar a equilibrar a balança comercial, / visto que
dificulta as importações / e diminui o défice da balança
comercial.
Oração     subordinada       adverbial  condicional;   oração
subordinante; oração subordinada adverbial causal; oração
coordenada copulativa
21. Se eles aceitarem a proposta de alteração de datas, / nós
ficaremos contentes.
Oração subordinada adverbial condicional; oração subordinante
22. A Joana chorava / e ria ao mesmo tempo.
Oração coordenante; Oração coordenada copulativa
Ficha de Trabalho        –   Coordenação        e
Subordinação
B.
1. Tenho estudado muito, por isso estou
cansada.
2. O Vítor foi à livraria e comprou um livro.
3. Eu estou cansada,          porque    tenho
estudado muito.
Ficha de Trabalho      –   Coordenação   e
Subordinação
B.
4. Quando os alunos acabaram o trabalho,
foram jogar à bola para o pátio.
5. Não vou contigo ao jardim, dado que está
a chover.
6. Não só a Cristina navega na Internet,
como      também         adquire    muitos
conhecimentos novos.

Mais conteúdo relacionado

Mais de Fernanda Soares

Resultados do campeonato de ortografia 8 e
Resultados do campeonato de ortografia 8 eResultados do campeonato de ortografia 8 e
Resultados do campeonato de ortografia 8 e
Fernanda Soares
 
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin CompletW31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
Fernanda Soares
 
Game Rooms House
Game Rooms HouseGame Rooms House
Game Rooms House
Fernanda Soares
 
Musical Challenge
Musical ChallengeMusical Challenge
Musical Challenge
Fernanda Soares
 
Game Types Houses
Game Types HousesGame Types Houses
Game Types Houses
Fernanda Soares
 
W8 Past Simple Further Practice
W8 Past Simple  Further PracticeW8 Past Simple  Further Practice
W8 Past Simple Further Practice
Fernanda Soares
 
W8 Past Simple Practice
W8 Past Simple  PracticeW8 Past Simple  Practice
W8 Past Simple Practice
Fernanda Soares
 
W4 Articles Indefinite And Definite
W4 Articles  Indefinite And DefiniteW4 Articles  Indefinite And Definite
W4 Articles Indefinite And Definite
Fernanda Soares
 
W6 My Happy Ending Verbo To Be Simple Past
W6 My Happy Ending   Verbo To Be Simple PastW6 My Happy Ending   Verbo To Be Simple Past
W6 My Happy Ending Verbo To Be Simple Past
Fernanda Soares
 
W5 Present Simple Pr Continuous
W5 Present Simple Pr ContinuousW5 Present Simple Pr Continuous
W5 Present Simple Pr Continuous
Fernanda Soares
 
Resultados Do Campeonato De Ortografia 9 B
Resultados Do Campeonato De Ortografia 9 BResultados Do Campeonato De Ortografia 9 B
Resultados Do Campeonato De Ortografia 9 B
Fernanda Soares
 
Ft29 Ines De Castro
Ft29 Ines De CastroFt29 Ines De Castro
Ft29 Ines De Castro
Fernanda Soares
 
Ft28 Quadro Global Lusiadas
Ft28 Quadro Global LusiadasFt28 Quadro Global Lusiadas
Ft28 Quadro Global Lusiadas
Fernanda Soares
 
Ft26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio DeusesFt26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio Deuses
Fernanda Soares
 
Ft25 Relativas
Ft25 RelativasFt25 Relativas
Ft25 Relativas
Fernanda Soares
 
Ft24 Figuras Estilo Lusiadas
Ft24 Figuras Estilo LusiadasFt24 Figuras Estilo Lusiadas
Ft24 Figuras Estilo Lusiadas
Fernanda Soares
 
Ft23 Ficha Formativa Lusiadas
Ft23 Ficha Formativa LusiadasFt23 Ficha Formativa Lusiadas
Ft23 Ficha Formativa Lusiadas
Fernanda Soares
 
Ft21 Lusiadas Textos Introdutorios
Ft21 Lusiadas Textos IntrodutoriosFt21 Lusiadas Textos Introdutorios
Ft21 Lusiadas Textos Introdutorios
Fernanda Soares
 
Ft22 Lusiadas Estruturas Externa E Interna
Ft22 Lusiadas Estruturas Externa E InternaFt22 Lusiadas Estruturas Externa E Interna
Ft22 Lusiadas Estruturas Externa E Interna
Fernanda Soares
 

Mais de Fernanda Soares (20)

Resultados do campeonato de ortografia 8 e
Resultados do campeonato de ortografia 8 eResultados do campeonato de ortografia 8 e
Resultados do campeonato de ortografia 8 e
 
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin CompletW31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
 
Game Rooms House
Game Rooms HouseGame Rooms House
Game Rooms House
 
Musical Challenge
Musical ChallengeMusical Challenge
Musical Challenge
 
Game Types Houses
Game Types HousesGame Types Houses
Game Types Houses
 
A Special House
A Special HouseA Special House
A Special House
 
W8 Past Simple Further Practice
W8 Past Simple  Further PracticeW8 Past Simple  Further Practice
W8 Past Simple Further Practice
 
W8 Past Simple Practice
W8 Past Simple  PracticeW8 Past Simple  Practice
W8 Past Simple Practice
 
W4 Articles Indefinite And Definite
W4 Articles  Indefinite And DefiniteW4 Articles  Indefinite And Definite
W4 Articles Indefinite And Definite
 
W6 My Happy Ending Verbo To Be Simple Past
W6 My Happy Ending   Verbo To Be Simple PastW6 My Happy Ending   Verbo To Be Simple Past
W6 My Happy Ending Verbo To Be Simple Past
 
W5 Present Simple Pr Continuous
W5 Present Simple Pr ContinuousW5 Present Simple Pr Continuous
W5 Present Simple Pr Continuous
 
Resultados Do Campeonato De Ortografia 9 B
Resultados Do Campeonato De Ortografia 9 BResultados Do Campeonato De Ortografia 9 B
Resultados Do Campeonato De Ortografia 9 B
 
Ft29 Ines De Castro
Ft29 Ines De CastroFt29 Ines De Castro
Ft29 Ines De Castro
 
Ft28 Quadro Global Lusiadas
Ft28 Quadro Global LusiadasFt28 Quadro Global Lusiadas
Ft28 Quadro Global Lusiadas
 
Ft26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio DeusesFt26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio Deuses
 
Ft25 Relativas
Ft25 RelativasFt25 Relativas
Ft25 Relativas
 
Ft24 Figuras Estilo Lusiadas
Ft24 Figuras Estilo LusiadasFt24 Figuras Estilo Lusiadas
Ft24 Figuras Estilo Lusiadas
 
Ft23 Ficha Formativa Lusiadas
Ft23 Ficha Formativa LusiadasFt23 Ficha Formativa Lusiadas
Ft23 Ficha Formativa Lusiadas
 
Ft21 Lusiadas Textos Introdutorios
Ft21 Lusiadas Textos IntrodutoriosFt21 Lusiadas Textos Introdutorios
Ft21 Lusiadas Textos Introdutorios
 
Ft22 Lusiadas Estruturas Externa E Interna
Ft22 Lusiadas Estruturas Externa E InternaFt22 Lusiadas Estruturas Externa E Interna
Ft22 Lusiadas Estruturas Externa E Interna
 

Último

Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
MasaCalixto2
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Igreja Jesus é o Verbo
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 

Oracoes

  • 1. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação A. 1. A casa ficou airosa, / porém continua desabitada. Oração coordenante; Oração coordenada adversativa 2. Quando começou a chover, / abrigámo-nos. Oração subordinada adverbial temporal; Oração subordinante 3. Acho-o triste / e adoentado. Oração coordenante; Oração coordenada copulativa 4. Quando chegares, / avisa-me. Oração subordinada adverbial temporal; Oração subordinante
  • 2. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação 5. Estudaste, / logo, não tenhas receio do exame. Oração coordenante; Oração coordenada conclusiva 6. Amanhã, ou estudas / ou trabalhas. Oração coordenante; Oração coordenada disjuntiva 7. O candeeiro não dá luz / porque a lâmpada está fundida. Oração subordinante; Oração subordinada adverbial causal 8. Se me quiseres ajudar, / muda-me o pneu que furou. Oração subordinada adverbial condicional; Oração subordinante
  • 3. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação 9. Brísida Vaz era uma alcoviteira, / ainda assim ela queria entrar na Barca do Anjo. Oração coordenante; Oração coordenada adversativa 10. Visto que ninguém quis aceitar o desafio, / o professor optou por outro projecto da visita de estudo. Oração subordinada adverbial causal; Oração subordinante 11. Como os resultados dos testes foram positivos, / a professora decidiu premiar os alunos Oração subordinada adverbial causal; oração subordinante 12. Quando ouviram a música composta pelo colega, / todos os jovens o aclamaram. Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante
  • 4. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação 13. À medida que foram estudando «Os Lusíadas», / todos os estudantes ficaram maravilhados com a epopeia de Luís de Camões. Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante 14. Eles fizeram férias nessa semana, / uma vez que se sentiam exaustos. Oração subordinante; oração subordinada adverbial causal 15. Sempre que chegavam tarde, / pediam desculpa. Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante 16. Eles alteraram todo o plano da visita de estudo, / pois o Conselho Pedagógico não aceitou o projecto inicial. Oração subordinante; oração subordinada adverbial causal
  • 5. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação 17. No momento em que deu o toque de entrada, / a Francisca ainda estava a sair do autocarro. Oração subordinada adverbial temporal; oração subordinante 18. Ele entregou o trabalho de grupo antes do prazo marcado / já que o tinha acabado. Oração subordinante; oração subordinada adverbial causal 19. Caso o vento passasse, / içariam as velas. Oração subordinada adverbial condicional; oração subordinante
  • 6. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação 20. Caso um país adopte políticas económicas proteccionistas, / poderá ajudar a equilibrar a balança comercial, / visto que dificulta as importações / e diminui o défice da balança comercial. Oração subordinada adverbial condicional; oração subordinante; oração subordinada adverbial causal; oração coordenada copulativa 21. Se eles aceitarem a proposta de alteração de datas, / nós ficaremos contentes. Oração subordinada adverbial condicional; oração subordinante 22. A Joana chorava / e ria ao mesmo tempo. Oração coordenante; Oração coordenada copulativa
  • 7. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação B. 1. Tenho estudado muito, por isso estou cansada. 2. O Vítor foi à livraria e comprou um livro. 3. Eu estou cansada, porque tenho estudado muito.
  • 8. Ficha de Trabalho – Coordenação e Subordinação B. 4. Quando os alunos acabaram o trabalho, foram jogar à bola para o pátio. 5. Não vou contigo ao jardim, dado que está a chover. 6. Não só a Cristina navega na Internet, como também adquire muitos conhecimentos novos.