SlideShare uma empresa Scribd logo
Ocupação Territorial do
Brasil
Disciplina: Ciência Ambiental
Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia
Ambiental
Universidade Federal do ABC – UFABC
Professores:
Vitor Vieira Vasconcelos
Elisabete Campos de Lima
Leandro Reverberi Trambosi
Outubro de 2017
Conteúdo
•Conceitos
•Contextualização do Brasil na ocupação do
território mundial
•Ocupação territorial do Brasil
Conceitos
• Território: Espaço constituído e delimitado por relações de
poder
 Inclui o poder sobre:
- Fixos: elementos construídos no espaço
- Fluxos: redes (transporte, informação, capital)
• Territorialidade:
 Comportamento com expectativa de poder/defesa sobre um
território
 Relaciona-se com valores quanto ao território:
o Político-econômico
o Identidade
o Afeto
SOUZA, Marcelo José Lopes de. O território: sobre espaço e poder. Autonomia e desenvolvimento. In CASTRO, I. E. de; GOMES, P. C. da C.;
CORRÊA, R. L. (Orgs.). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001, p.77- 116.
HAESBAERT, R., BRUCE, G. A desterritorialização na obra de Deleuze e Guattari. Geographia, v. 4,
n. 7, p. 7-22, 2009.
Territorialização
Desterritorialização
Conflito
Reterritorialização
Ondas de Difusão Espacial
• A ocupação do território se dá por ondas de
difusão:
 Migração
 Modificações tecnológicas, culturais ou de poder
• A apoderação do território pelos novos grupos
cria conflitos com os grupos que o ocuparam nas
ondas anteriores
• Movimentação de fronteiras de territórios cria
faixas de conflito
MORRILL, Richard L. Waves of spatial diffusion. Journal of Regional Science, v. 8, n. 1, p. 1-18, 1968.
MARTINS, José de Souza. Fronteira. A degradação do Outro nos confins do humano. Editora Contexto. 2009 (2ª
ed.). 187 páginas
Expansão do Homo sapiens
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/eb/Spreading_homo_sapiens-no.jpg
Expansão do Homo sapiens
http://suapesquisaa.blogspot.com.br/2012/05/o-ser-humano-chega-america.html
Luzia
(11.000 AC)
Aborígene
Australiana
Moraes, C. (2012) Luzia Woman - The oldest human skull of the Americas
http://arc-team-open-research.blogspot.com.br/2012/06/luzia-woman-oldest-human-skull-of.html
Ianomami
Tailândia
Linha do Tempo
9.000 AC – Registros frequentes de povos caçadores coletores na América do Sul
6.000 AC – Ceramistas na Amazônia
3.000 AC – Expansão dos povos Tupis
- Primeiros Geoglifos no Acre
2.000 AC – Sambaquis
– Domesticação de plantas agrícolas (mandioca, pimenta, abóbora, milho)
500 AC – Tribos começam a deixar de ser nômades -> aumento populacional
0 AC – Agricultura difundida nas tribos Tupis
– Civilizações ceramistas complexas Tupis no rio Amazônas
– Tupis ocupam o litoral brasileiro
– Intensificação dos Geoglifos no Acre (até 1.000 DC)
600 DC – Agricultura difundida nas tribos Jê
1000 DC – Megalitos de Calçoene (Amapá)
DA SILVA, Aracy Lopes; GRUPIONI, Luís Donisete Benzi; DA SILVA MACEDO, Ana Vera Lopes. A temática indígena na escola:
novos subsídios para professores de 1o. e 2o. graus. Mec, 1995.
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA. Brasil 50 mil anos: uma viagem ao passado pré-
colonial, guia temático para professores. Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, 2001.
11.000 AC – Luzia (Lagoa Santa – MG)
<20.000 AC – Sítios de Santa Elina (MT), Pedra Furada (PI)
http://professormarcianodantas.blogspot.com.br/2013_11_01_archive.html
Localização de
sambaquis no Brasil
Nova Escola. Localização Geográficas de
Sambaquis pelo Brasil. 2014.
https://novaescola.org.br/conteudo/3105/localizacao-geografica-de-sambaquis-pelo-brasil
Ocupação Territorial do Brasil
Ocupação Territorial do Brasil
Geoglifos
FERNANDES, I.R. G. Las
estructuras de tierra
delimitadas por zanjas
en la amazonía
occidental. 2016. Tese de
Doutorado. Universitat de
València.
Megalito de Calçoene
CABRAL, Mariana Petry; DE MOURA SALDANHA, João Darcy. Paisagens megalíticas na costa norte do Amapá. Revista de
Arqueologia, v. 21, n. 1, 2009.
Relações dos Indígenas com a Paisagem
• Extinção dos grandes mamíferos
• Interação com mudanças climáticas
• Manejo do fogo no cerrado e pampas
• Campos antrópicos?
• Florestas culturais (extrativismo, manejo, coivara,
terras pretas arqueológicas)
BARNOSKY, A. D.; LINDSEY, E. L. Timing of Quaternary megafaunal extinction in South America in relation to human arrival and climate
change. Quaternary International, v. 217, n. 1, p. 10-29, 2010.
PIVELLO, V. R. The use of fire in the Cerrado and Amazonian rainforests of Brazil: past and present. Fire ecology, v. 7, n. 1, p. 24-39, 2011.
BALÉE, W.; Cultural forests of the Amazon: a historical ecology of people and their landscapes. University of Alabama Press, 2013.
Ocupação Territorial do Brasil
Human dominance of global environments. The map shows how
recently and rapidly human activities have controlled the ecology
of most of the land area of the Earth.
The Open University. The Great Ice Age. Milton Keynes, 2007
Antropoceno
• Era geológica recente, em que o ser humano é agente
significativo de mudanças no
 Clima
 Relevo
 Ciclos biogeoquímicos
 Cobertura vegetal e produtividade primária
 Taxa de extinção de espécies
• Início proposto para 1800 D.C. (Revolução Industrial)
STEFFEN, Will et al. The Anthropocene: conceptual and historical perspectives. Philosophical
Transactions of the Royal Society of London A: Mathematical, Physical and Engineering
Sciences, v. 369, n. 1938, p. 842-867, 2011.
STEFFEN,Willetal.TheAnthropocene:conceptualandhistoricalperspectives.PhilosophicalTransactionsoftheRoyal
SocietyofLondonA:Mathematical,PhysicalandEngineeringSciences,v.369,n.1938,p.842-867,2011.
Ocupação Agropecuária do Mundo
Ramankutty et al. (2008), "Farming the planet: 1. Geographic distribution of global agricultural lands in the year
2000", Global Biogeochemical Cycles, Vol. 22, GB1003, doi:10.1029/2007GB002952
Agricultura
Pastagem
• 37% da área do mundo era utilizado para agropecuária, em 2014
[FAO https://data.worldbank.org/indicator/AG.LND.AGRI.ZS ]
FOLEY, Jonathan A. et al. Solutions for a cultivated planet. Nature, v. 478, n. 7369, p. 337-342, 2011.
Apropriação Humana da Produtividade Primária
Alteração Humana da Produtividade Primária
HABERL, Helmut et al. Quantifying and mapping the human appropriation of net primary production in earth's terrestrial
ecosystems. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 104, n. 31, p. 12942-12947, 2007.
23,8% da NPP
- 53% colheita
- 40% indução de
pastos e florestas
- 7% queima
Encolhimento do Mundo
Cartograma do tempo de viagem ao centro urbano (>50.000 hab) mais próximo
Hennig, B.D. (2016). Visualising spaces of global inaccessibility. In, S. Carver and Fritz, S. (ed.) Mapping wilderness: concepts,
techniques and applications of GIS. Heidelberg / New York / Dordrecht / London (Springer). pp. 103-116.
Pegada Ecológica
http://blog.tstc.org/2015/07/20/why-new-york-has-the-lowest-ecological-footprint-of-any-state/
Uso de Florestas
Compensação
de gases do
efeito estufa
Pastagens
Plantios
Área construída
Área de pesca
Biocapacidade
Seethi, S. (2012) Ecological Footprint. https://www.slideshare.net/drsuneel/ecological-footprint-11736726
1,8 ha por pessoa é o limite para o planeta Terra
Pegada Ecológica
http://www.footprintnetwork.org/content/documents/ecological_footprint_nations/
Seethi, S. (2012) Ecological Footprint. https://www.slideshare.net/drsuneel/ecological-footprint-11736726
Pegada Ecológica
http://www.footprintnetwork.org/content/documents/ecological_footprint_nations/
Pegada Ecológica
Hennig, Benjamin D (2013). Rediscovering the World: Map Transformations of Human and Physical Space. Heidelberg / New
York / Dordrecht / London (Springer)
Pegada Ecológica
http://www.footprintnetwork.org/licenses/public-data-package-free-edition-copy/
Pegada Ecológica do Brasil
http://www.footprintnetwork.org/licenses/public-data-package-free-edition-copy/
Exercício para a
próxima aula
• Calcule a sua pegada
ecológica em:
http://www.pegadaecologica.org.br
• Tire uma cópia da tela e
envie pela atividade a ser
aberta no Tidia
A economia e
o território no
século XVI
A economia e
o território no
século XVII
A economia e
o território no
século XVIII
A economia e
o território no
século XIX
A ocupação do
território
brasileiro
Caldeira, Tainá, Gênese e malhas do território. USP, FLG 5050-1. Avaliação e Prospectiva dos Territórios
http://slideplayer.com.br/slide/365965/
ISA – Instituto Socioambiental
– 2015. Terras Indígenas.
https://pib.socioambiental.org
/pt/c/terras-
indigenas/demarcacoes/locali
zacao-e-extensao-das-tis
Terras
Indígenas no
Brasil
Ocupação Territorial do Brasil
http://professormarcianodantas.blogspot.com.br/2012/06/nova-dinamica-da-rede-urbana-brasileira.html
ftp://geoftp.ibge.gov.br/organizacao_do_territorio/redes_e_fluxos_geograficos/logistica_dos_transportes/mapa_LogTransportes_5mi.pdf
DIAS, Lívia CP et al. Patterns of land use, extensification, and intensification of Brazilian
agriculture. Global change biology, v. 22, n. 8, p. 2887-2903, 2016.
GIRARDI, Eduardo Paulon.
Atlas da questão agrária
brasileira. Presidente
Prudente, 2008.
http://mapbiomas.org/pages/mapa-mural
Cobertura e
Ocupação do
Solo no Brasil
em 2015
https://ecoportalsocial.files.wordpress.com/2013/08/avanco_desertificacao.jpg
Vasconcelos, V.V. Mapa de Desmatamento no Brasil, por Bioma, de 2002 a
2008. In: Caderno de Ciências. Mundo do Trabalho. 8o ano. São Paulo:
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. 2013. p. 64
THÉRY, Hervé. Situações da Amazônia no Brasil e no continente. Estudos avançados, v. 19, n. 53, p. 37-49, 2005.
Ocupação Territorial do Brasil
GIRARDI, Eduardo Paulon. Atlas
da questão agrária
brasileira. Presidente Prudente,
2008.
GIRARDI, Eduardo Paulon.
Atlas da questão agrária
brasileira. Presidente
Prudente, 2008.
Aptidão Agrícola - Brasil
Discurso simplificado
• A pobreza causa degradação
ambiental
 Os pobres não têm como
acessar outras fontes de renda
ambientalmente mais
sustentáveis
Análise mais complexa
• Muitos estudos de caso
mostraram que a degradação
aumentou após o
enriquecimento da população
pobre
• Necessidade de enfocar as
oportunidades econômicas e
o direcionamento das
políticas públicas
LAMBIN, Eric F. et al. The causes of land-use and land-cover change: moving beyond the
myths. Global environmental change, v. 11, n. 4, p. 261-269, 2001.
Discursos sobre Ocupação
Territorial
Pergunta
Quais critérios estariam em jogo no momento
de o governo brasileiro decidir sobre a
abertura de um novo eixo rodoviário na
Amazônia?
Discursos sobre Ocupação
Territorial
Discurso simplificado
• As comunidades tradicionais
desenvolveram formas
sustentáveis de lidar com o
ambiente
Análise mais complexa
• Muitas comunidades
tradicionais hoje apresentam
densidade demográfica mais
alta que no passado
• Objetivos de consumo dos
habitantes das comunidades
tradicionais mudaram
• Produção para além da
subsistência
Discurso simplificado
• As cidades ocupam menos de
2% do território, portanto não
são a principal causa de
degradação ambiental
Análise mais complexa
• Pegada ecológica da cidade
gera expansão nas áreas
agropecuárias, mineração, etc.
• Poluição se espalha para além
da área urbana
LAMBIN, Eric F. et al. The causes of land-use and land-cover change: moving beyond the
myths. Global environmental change, v. 11, n. 4, p. 261-269, 2001.
Discursos sobre Ocupação
Territorial

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A estrutura fundiária no Brasil
A estrutura fundiária no BrasilA estrutura fundiária no Brasil
A estrutura fundiária no Brasil
Cristina Soares
 
Território e poder
Território e poderTerritório e poder
Território e poder
Pedro Neves
 
Populaçao brasileira
Populaçao brasileiraPopulaçao brasileira
Populaçao brasileira
Prof.Paulo/geografia
 
Fusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialFusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundial
Rosi Rodrigues
 
O espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiroO espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiro
Fernanda Lopes
 
Introdução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografiaIntrodução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografia
Daniel Montarroyos
 
Vegetação do brasil
Vegetação do brasilVegetação do brasil
Vegetação do brasil
João José Ferreira Tojal
 
Movimentos migratorios
Movimentos migratoriosMovimentos migratorios
Movimentos migratorios
dela28
 
America 1
America 1America 1
Urbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópolesUrbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópoles
Professor
 
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Marco Santos
 
Africa
AfricaAfrica
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
Prof. Francesco Torres
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
Luciano Pessanha
 
Entendendo o conflito israel x palestina
Entendendo o conflito israel x palestinaEntendendo o conflito israel x palestina
Entendendo o conflito israel x palestina
Eduardo Mendes
 
Estado nação, território e poder
Estado nação, território e poderEstado nação, território e poder
Estado nação, território e poder
Vinicius Coelho
 
Introdução geografia
Introdução geografiaIntrodução geografia
Introdução geografia
aroudus
 
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptxESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
Frederico Marques Sodré
 
Indígenas na américa
Indígenas na américaIndígenas na américa
Indígenas na américa
harlissoncarvalho
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
Uilson Pereira da Silva
 

Mais procurados (20)

A estrutura fundiária no Brasil
A estrutura fundiária no BrasilA estrutura fundiária no Brasil
A estrutura fundiária no Brasil
 
Território e poder
Território e poderTerritório e poder
Território e poder
 
Populaçao brasileira
Populaçao brasileiraPopulaçao brasileira
Populaçao brasileira
 
Fusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialFusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundial
 
O espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiroO espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiro
 
Introdução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografiaIntrodução ao estudo da geografia
Introdução ao estudo da geografia
 
Vegetação do brasil
Vegetação do brasilVegetação do brasil
Vegetação do brasil
 
Movimentos migratorios
Movimentos migratoriosMovimentos migratorios
Movimentos migratorios
 
America 1
America 1America 1
America 1
 
Urbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópolesUrbanização, rede urbana e metrópoles
Urbanização, rede urbana e metrópoles
 
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
 
Africa
AfricaAfrica
Africa
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
 
Entendendo o conflito israel x palestina
Entendendo o conflito israel x palestinaEntendendo o conflito israel x palestina
Entendendo o conflito israel x palestina
 
Estado nação, território e poder
Estado nação, território e poderEstado nação, território e poder
Estado nação, território e poder
 
Introdução geografia
Introdução geografiaIntrodução geografia
Introdução geografia
 
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptxESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
 
Indígenas na américa
Indígenas na américaIndígenas na américa
Indígenas na américa
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 

Semelhante a Ocupação Territorial do Brasil

MudançAs Globais Na AmazôNia Sul Ocidental Foster Brown 19nov07 A
MudançAs  Globais Na  AmazôNia  Sul  Ocidental  Foster  Brown 19nov07 AMudançAs  Globais Na  AmazôNia  Sul  Ocidental  Foster  Brown 19nov07 A
MudançAs Globais Na AmazôNia Sul Ocidental Foster Brown 19nov07 A
Myris Silva
 
Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015
Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015
Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015
Dweison Nunes
 
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da AmazoniaAprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Mauro de Oliveira Lima
 
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da AmazoniaAprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Mauro de Oliveira Lima
 
Regência 5ºok
Regência 5ºok Regência 5ºok
Regência 5ºok
emefeduprado
 
Onde os fins do mundo xapuri giz foster 27out11a
Onde os fins do mundo xapuri giz  foster 27out11aOnde os fins do mundo xapuri giz  foster 27out11a
Onde os fins do mundo xapuri giz foster 27out11a
Pavel Jezek
 
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologiasLinguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Evandro Batista
 
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
AlexandredeGusmaoPedrini
 
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
AlexandrePedrini
 
Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02
Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02
Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02
mztt2007
 
ROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docx
ROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docxROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docx
ROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)
Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)
Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)
EnsinoGeo
 
Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)
Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)
Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)
Ricardo de Sampaio Dagnino
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
Victor Ygor
 
Ma desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivasMa desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivas
Paulo Eugenio Soares Gonçalves
 
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio AdasA sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
Editora Moderna
 
Geoprocessamento
GeoprocessamentoGeoprocessamento
Geoprocessamento
Gracipaula Duarte
 
GEODIVERSIDADE DE MATO GROSSO DO SUL
GEODIVERSIDADE DE  MATO GROSSO DO SULGEODIVERSIDADE DE  MATO GROSSO DO SUL
GEODIVERSIDADE DE MATO GROSSO DO SUL
Dirceu Mauricio van Lonkhuijzen
 
Resenha Recursos Naturais e o Homem
Resenha Recursos Naturais e o HomemResenha Recursos Naturais e o Homem
Resenha Recursos Naturais e o Homem
Darlleson Oliveira
 
Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...
Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...
Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...
ErnestoSeijiSakai
 

Semelhante a Ocupação Territorial do Brasil (20)

MudançAs Globais Na AmazôNia Sul Ocidental Foster Brown 19nov07 A
MudançAs  Globais Na  AmazôNia  Sul  Ocidental  Foster  Brown 19nov07 AMudançAs  Globais Na  AmazôNia  Sul  Ocidental  Foster  Brown 19nov07 A
MudançAs Globais Na AmazôNia Sul Ocidental Foster Brown 19nov07 A
 
Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015
Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015
Biologia - ecologia e sustentabilidade 2015
 
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da AmazoniaAprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
 
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da AmazoniaAprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
Aprendendo Com A Biodiversidade Da Amazonia
 
Regência 5ºok
Regência 5ºok Regência 5ºok
Regência 5ºok
 
Onde os fins do mundo xapuri giz foster 27out11a
Onde os fins do mundo xapuri giz  foster 27out11aOnde os fins do mundo xapuri giz  foster 27out11a
Onde os fins do mundo xapuri giz foster 27out11a
 
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologiasLinguagens, códigos e suas tecnologias
Linguagens, códigos e suas tecnologias
 
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
 
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
Artigo divulgação científica algas por ciclo de debates 1999
 
Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02
Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02
Projetoslide2009vivaterraterraviva20 8completo1 090917134944 Phpapp02
 
ROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docx
ROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docxROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docx
ROTEIRO_SEMANAL_27__a_29_de_maio 1ANO (Salvo Automaticamente).docx
 
Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)
Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)
Caderno de Questões 01 (Várias Áreas)
 
Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)
Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)
Antropossolos em Picinguaba (Ubatuba, SP)
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
 
Ma desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivasMa desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivas
 
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio AdasA sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
 
Geoprocessamento
GeoprocessamentoGeoprocessamento
Geoprocessamento
 
GEODIVERSIDADE DE MATO GROSSO DO SUL
GEODIVERSIDADE DE  MATO GROSSO DO SULGEODIVERSIDADE DE  MATO GROSSO DO SUL
GEODIVERSIDADE DE MATO GROSSO DO SUL
 
Resenha Recursos Naturais e o Homem
Resenha Recursos Naturais e o HomemResenha Recursos Naturais e o Homem
Resenha Recursos Naturais e o Homem
 
Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...
Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...
Teoria e Prática em Recuperação de Áreas Degradadas: Plantando a semente de u...
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Relações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisRelações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços EcossistêmicosRecursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
Vitor Vieira Vasconcelos
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos (20)

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
 
Relações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisRelações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociais
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
 
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços EcossistêmicosRecursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
MIgrações
 
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
 

Ocupação Territorial do Brasil

  • 1. Ocupação Territorial do Brasil Disciplina: Ciência Ambiental Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental Universidade Federal do ABC – UFABC Professores: Vitor Vieira Vasconcelos Elisabete Campos de Lima Leandro Reverberi Trambosi Outubro de 2017
  • 2. Conteúdo •Conceitos •Contextualização do Brasil na ocupação do território mundial •Ocupação territorial do Brasil
  • 3. Conceitos • Território: Espaço constituído e delimitado por relações de poder  Inclui o poder sobre: - Fixos: elementos construídos no espaço - Fluxos: redes (transporte, informação, capital) • Territorialidade:  Comportamento com expectativa de poder/defesa sobre um território  Relaciona-se com valores quanto ao território: o Político-econômico o Identidade o Afeto SOUZA, Marcelo José Lopes de. O território: sobre espaço e poder. Autonomia e desenvolvimento. In CASTRO, I. E. de; GOMES, P. C. da C.; CORRÊA, R. L. (Orgs.). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001, p.77- 116.
  • 4. HAESBAERT, R., BRUCE, G. A desterritorialização na obra de Deleuze e Guattari. Geographia, v. 4, n. 7, p. 7-22, 2009. Territorialização Desterritorialização Conflito Reterritorialização
  • 5. Ondas de Difusão Espacial • A ocupação do território se dá por ondas de difusão:  Migração  Modificações tecnológicas, culturais ou de poder • A apoderação do território pelos novos grupos cria conflitos com os grupos que o ocuparam nas ondas anteriores • Movimentação de fronteiras de territórios cria faixas de conflito MORRILL, Richard L. Waves of spatial diffusion. Journal of Regional Science, v. 8, n. 1, p. 1-18, 1968. MARTINS, José de Souza. Fronteira. A degradação do Outro nos confins do humano. Editora Contexto. 2009 (2ª ed.). 187 páginas
  • 6. Expansão do Homo sapiens https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/eb/Spreading_homo_sapiens-no.jpg
  • 7. Expansão do Homo sapiens http://suapesquisaa.blogspot.com.br/2012/05/o-ser-humano-chega-america.html
  • 8. Luzia (11.000 AC) Aborígene Australiana Moraes, C. (2012) Luzia Woman - The oldest human skull of the Americas http://arc-team-open-research.blogspot.com.br/2012/06/luzia-woman-oldest-human-skull-of.html Ianomami Tailândia
  • 9. Linha do Tempo 9.000 AC – Registros frequentes de povos caçadores coletores na América do Sul 6.000 AC – Ceramistas na Amazônia 3.000 AC – Expansão dos povos Tupis - Primeiros Geoglifos no Acre 2.000 AC – Sambaquis – Domesticação de plantas agrícolas (mandioca, pimenta, abóbora, milho) 500 AC – Tribos começam a deixar de ser nômades -> aumento populacional 0 AC – Agricultura difundida nas tribos Tupis – Civilizações ceramistas complexas Tupis no rio Amazônas – Tupis ocupam o litoral brasileiro – Intensificação dos Geoglifos no Acre (até 1.000 DC) 600 DC – Agricultura difundida nas tribos Jê 1000 DC – Megalitos de Calçoene (Amapá) DA SILVA, Aracy Lopes; GRUPIONI, Luís Donisete Benzi; DA SILVA MACEDO, Ana Vera Lopes. A temática indígena na escola: novos subsídios para professores de 1o. e 2o. graus. Mec, 1995. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA. Brasil 50 mil anos: uma viagem ao passado pré- colonial, guia temático para professores. Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, 2001. 11.000 AC – Luzia (Lagoa Santa – MG) <20.000 AC – Sítios de Santa Elina (MT), Pedra Furada (PI)
  • 11. Localização de sambaquis no Brasil Nova Escola. Localização Geográficas de Sambaquis pelo Brasil. 2014. https://novaescola.org.br/conteudo/3105/localizacao-geografica-de-sambaquis-pelo-brasil
  • 14. Geoglifos FERNANDES, I.R. G. Las estructuras de tierra delimitadas por zanjas en la amazonía occidental. 2016. Tese de Doutorado. Universitat de València.
  • 15. Megalito de Calçoene CABRAL, Mariana Petry; DE MOURA SALDANHA, João Darcy. Paisagens megalíticas na costa norte do Amapá. Revista de Arqueologia, v. 21, n. 1, 2009.
  • 16. Relações dos Indígenas com a Paisagem • Extinção dos grandes mamíferos • Interação com mudanças climáticas • Manejo do fogo no cerrado e pampas • Campos antrópicos? • Florestas culturais (extrativismo, manejo, coivara, terras pretas arqueológicas) BARNOSKY, A. D.; LINDSEY, E. L. Timing of Quaternary megafaunal extinction in South America in relation to human arrival and climate change. Quaternary International, v. 217, n. 1, p. 10-29, 2010. PIVELLO, V. R. The use of fire in the Cerrado and Amazonian rainforests of Brazil: past and present. Fire ecology, v. 7, n. 1, p. 24-39, 2011. BALÉE, W.; Cultural forests of the Amazon: a historical ecology of people and their landscapes. University of Alabama Press, 2013.
  • 18. Human dominance of global environments. The map shows how recently and rapidly human activities have controlled the ecology of most of the land area of the Earth. The Open University. The Great Ice Age. Milton Keynes, 2007
  • 19. Antropoceno • Era geológica recente, em que o ser humano é agente significativo de mudanças no  Clima  Relevo  Ciclos biogeoquímicos  Cobertura vegetal e produtividade primária  Taxa de extinção de espécies • Início proposto para 1800 D.C. (Revolução Industrial) STEFFEN, Will et al. The Anthropocene: conceptual and historical perspectives. Philosophical Transactions of the Royal Society of London A: Mathematical, Physical and Engineering Sciences, v. 369, n. 1938, p. 842-867, 2011.
  • 21. Ocupação Agropecuária do Mundo Ramankutty et al. (2008), "Farming the planet: 1. Geographic distribution of global agricultural lands in the year 2000", Global Biogeochemical Cycles, Vol. 22, GB1003, doi:10.1029/2007GB002952 Agricultura Pastagem • 37% da área do mundo era utilizado para agropecuária, em 2014 [FAO https://data.worldbank.org/indicator/AG.LND.AGRI.ZS ]
  • 22. FOLEY, Jonathan A. et al. Solutions for a cultivated planet. Nature, v. 478, n. 7369, p. 337-342, 2011.
  • 23. Apropriação Humana da Produtividade Primária Alteração Humana da Produtividade Primária HABERL, Helmut et al. Quantifying and mapping the human appropriation of net primary production in earth's terrestrial ecosystems. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 104, n. 31, p. 12942-12947, 2007. 23,8% da NPP - 53% colheita - 40% indução de pastos e florestas - 7% queima
  • 24. Encolhimento do Mundo Cartograma do tempo de viagem ao centro urbano (>50.000 hab) mais próximo Hennig, B.D. (2016). Visualising spaces of global inaccessibility. In, S. Carver and Fritz, S. (ed.) Mapping wilderness: concepts, techniques and applications of GIS. Heidelberg / New York / Dordrecht / London (Springer). pp. 103-116.
  • 25. Pegada Ecológica http://blog.tstc.org/2015/07/20/why-new-york-has-the-lowest-ecological-footprint-of-any-state/ Uso de Florestas Compensação de gases do efeito estufa Pastagens Plantios Área construída Área de pesca
  • 26. Biocapacidade Seethi, S. (2012) Ecological Footprint. https://www.slideshare.net/drsuneel/ecological-footprint-11736726 1,8 ha por pessoa é o limite para o planeta Terra
  • 28. Seethi, S. (2012) Ecological Footprint. https://www.slideshare.net/drsuneel/ecological-footprint-11736726
  • 30. Pegada Ecológica Hennig, Benjamin D (2013). Rediscovering the World: Map Transformations of Human and Physical Space. Heidelberg / New York / Dordrecht / London (Springer)
  • 32. Pegada Ecológica do Brasil http://www.footprintnetwork.org/licenses/public-data-package-free-edition-copy/
  • 33. Exercício para a próxima aula • Calcule a sua pegada ecológica em: http://www.pegadaecologica.org.br • Tire uma cópia da tela e envie pela atividade a ser aberta no Tidia
  • 34. A economia e o território no século XVI
  • 35. A economia e o território no século XVII
  • 36. A economia e o território no século XVIII
  • 37. A economia e o território no século XIX
  • 38. A ocupação do território brasileiro Caldeira, Tainá, Gênese e malhas do território. USP, FLG 5050-1. Avaliação e Prospectiva dos Territórios http://slideplayer.com.br/slide/365965/
  • 39. ISA – Instituto Socioambiental – 2015. Terras Indígenas. https://pib.socioambiental.org /pt/c/terras- indigenas/demarcacoes/locali zacao-e-extensao-das-tis Terras Indígenas no Brasil
  • 43. DIAS, Lívia CP et al. Patterns of land use, extensification, and intensification of Brazilian agriculture. Global change biology, v. 22, n. 8, p. 2887-2903, 2016.
  • 44. GIRARDI, Eduardo Paulon. Atlas da questão agrária brasileira. Presidente Prudente, 2008.
  • 47. Vasconcelos, V.V. Mapa de Desmatamento no Brasil, por Bioma, de 2002 a 2008. In: Caderno de Ciências. Mundo do Trabalho. 8o ano. São Paulo: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. 2013. p. 64
  • 48. THÉRY, Hervé. Situações da Amazônia no Brasil e no continente. Estudos avançados, v. 19, n. 53, p. 37-49, 2005.
  • 50. GIRARDI, Eduardo Paulon. Atlas da questão agrária brasileira. Presidente Prudente, 2008. GIRARDI, Eduardo Paulon. Atlas da questão agrária brasileira. Presidente Prudente, 2008. Aptidão Agrícola - Brasil
  • 51. Discurso simplificado • A pobreza causa degradação ambiental  Os pobres não têm como acessar outras fontes de renda ambientalmente mais sustentáveis Análise mais complexa • Muitos estudos de caso mostraram que a degradação aumentou após o enriquecimento da população pobre • Necessidade de enfocar as oportunidades econômicas e o direcionamento das políticas públicas LAMBIN, Eric F. et al. The causes of land-use and land-cover change: moving beyond the myths. Global environmental change, v. 11, n. 4, p. 261-269, 2001. Discursos sobre Ocupação Territorial
  • 52. Pergunta Quais critérios estariam em jogo no momento de o governo brasileiro decidir sobre a abertura de um novo eixo rodoviário na Amazônia?
  • 53. Discursos sobre Ocupação Territorial Discurso simplificado • As comunidades tradicionais desenvolveram formas sustentáveis de lidar com o ambiente Análise mais complexa • Muitas comunidades tradicionais hoje apresentam densidade demográfica mais alta que no passado • Objetivos de consumo dos habitantes das comunidades tradicionais mudaram • Produção para além da subsistência
  • 54. Discurso simplificado • As cidades ocupam menos de 2% do território, portanto não são a principal causa de degradação ambiental Análise mais complexa • Pegada ecológica da cidade gera expansão nas áreas agropecuárias, mineração, etc. • Poluição se espalha para além da área urbana LAMBIN, Eric F. et al. The causes of land-use and land-cover change: moving beyond the myths. Global environmental change, v. 11, n. 4, p. 261-269, 2001. Discursos sobre Ocupação Territorial