SlideShare uma empresa Scribd logo
A PREVALÊNCIA DE DIABETES TIPO 2 ESTÁ MOSTRANDO UMA
PROGRESSÃO RÁPIDA EM TODO O MUNDO, UM FENÔMENO
EM GRANDE PARTE RESULTANTE DAS PROPORÇÕES
EPIDÊMICAS ALCANÇADAS PELA OBESIDADE, OBESIDADE
INTRA-ABDOMINAL E VISCERAL EM VÁRIAS POPULAÇÕES DO
MUNDO
A prevalência de diabetes tipo 2 está mostrando uma progressão rápida
em todo o mundo, um fenômeno em grande parte resultante das
proporções epidêmicas alcançados pela obesidade em várias populações
do mundo. No entanto, os médicos estão intrigados com a
heterogeneidade da obesidade devido a nem todo paciente obeso ser
caracterizado por complicações crônicas. A este respeito, a distribuição
de gordura corporal, o acúmulo de tecido adiposo especialmente intra-
abdominal, parece ser um correlato chave de um conjunto de
diabetogênico, aterogênico, anormalidades metabólicas e pró-
trombóticas inflamatórias aumentando o risco de diabetes tipo 2 e
doença cardiovascular.
A este respeito, demonstrou-se recentemente que a obesidade
abdominal foi associada independentemente com um risco aumentado
de doença cardíaca coronária e diabetes Tipo 2, independentemente da
adiposidade global. Programas de modificação do estilo de vida
demonstraram os benefícios de variáveis de risco cardiometabólico de
uma perda moderada de peso, uma vez que foi encontrado por ser
associado a uma perda substancial de gordura intra-abdominal em
pacientes com obesidade visceral.
No entanto, para serem bem sucedidos, esses programas exigem o apoio
de uma equipe multidisciplinar que em geral não está disponível para a
maioria dos médicos. Neste contexto, propõe-se que a farmacoterapia
da obesidade deve direcionar pacientes com obesidade abdominal em
alto risco de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares, como o risco de
serem abrangidas pela noção de "risco cardiometabólico".
A recente descoberta do sistema endocanabinóide-canabinóide receptor
tipo 1 (receptor CB1) e do seu impacto sobre a regulação do
metabolismo energético representa um avanço significativo que pode
ajudar os médicos na avaliação da meta em relação à obesidade
abdominal e suas complicações metabólicas relacionadas, (o primeiro
bloqueador CB1 desenvolvido) que infelizmente não é Comercializado no
Brasil, como terapia poderia ser útil para a gestão do agrupamento de
fatores de risco para doença cardiovascular em pacientes com maior
risco com obesidade abdominal através de seus efeitos marcados em
ambas as adiposidade abdominal e fatores de risco metabólicos
relacionados.
Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neurocientista - Endócrino
CRM 20611
Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930
COMO SABER MAIS:
1. Anteriormente, displasias esqueléticas e baixa estatura idiopática
foram consideradas como sendo entidades largamente distintas...
http://tireoidecontrolada.blogspot.com
2. No entanto, as últimas descobertas indicam que defeitos nos mesmos
genes, como SHOX, NPR2, ACAN e FGFR3 , podem apresentar-se
clinicamente quer como uma displasia esquelética ou como baixa
estatura idiopática...
http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com
3O fenótipo grave tende a ocorrer quando o gene envolvido é crítico
para a função da placa de crescimento, a mutação altera seriamente a
função da proteína e / ou a mutação ocorre no estado homozigóticos....
http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com
AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.
Referências Bibliográficas:
Caio Jr., Dr. João Santos. Endocrinologista – Neuroendocrinologista e Dra. Caio, Henriqueta V. Endocrinologista –
Medicina Interna, Van Der Häägen Brasil – São Paulo – Brasil; 1Québec Heart Institute, Laval Hospital Research
Center, Ste-Foy (Québec), Canada. President and fellows of Harvard College. (2006). Abnormal obesity and your
health; Bujalska, Iwona; et al. (26 April 1997). "Does central obesity reflect "Cushing's disease of the
omentum"?". The Lancet 349 (9060,): 1210–1213. doi:10.1016/S0140-6736(96)11222-8. PMID 9130942; Després,
J. (2006). "Abdominal obesity: the most prevalent cause of the metabolic syndrome and related cardiometabolic
risk". European Heart Journal 8 (Supplements): B4–B12. doi:10.1093/ eurheartj/sul002; Abdominal obesity and
your health. (2006); H. Schroder; et al. (2007). "Relationship of abdominal obesity with alcohol
consumption".European Journal of Nutrition 46 (7): 369–376. doi:10.1007/s00394-007-0674-7.PMID 17885722;
National Cholesterol Education Program (2002). Third Report of the Expert Panel on Detection, Evaluation, and
Treatment of High Blood Cholesterol in Adults (ATP III Final Report). National Institutes of Health. p. II–17; Yusuf
S; Hawken S; Ounpuu S; Dans T; Avezum A; Lanas F; McQueen M; Budaj A; Pais P; Varigos J; Lisheng L;
INTERHEART Study Investigators. (2004). "Effect of potentially modifiable risk factors associated with myocardial
infarction in 52 countries (the INTERHEART study): Case-control study". Lancet 364 (9438): 937–52. doi:10.1016/
S0140-6736(04)17018-9. PMID 15364185; Parikh, Rakesh M; Menon, Padmavathy S; Shah, Nalini S; Shah, N
(2007). "Index of central obesity – A novel parameter". Medical Hypotheses 68 (6): 1272–5.doi:10.1016/
j.mehy.2006.10.038. PMID 17156939; Iribarren, Carlos; Darbinian, Jeanne A.; Lo, Joan C.; Fireman, Bruce H.; Go,
Alan S. (2006). "Value of the Sagittal Abdominal Diameter in Coronary Heart Disease Risk Assessment: Cohort
Study in a Large, Multiethnic Population". American Journal of Epidemiology 164 (12): 1150–9.
doi:10.1093/aje/kwj341. PMID 17041127; U.S. Preventive Services Task Force Evidence Syntheses (2000). HSTAT:
Guide to Clinical Preventive Services, 3rd Edition: Recommendations and Systematic Evidence Reviews, Guide to
Community Preventive Services; "Abdominal obesity and your health". Health.harvard.edu. Retrieved 2013-01-
05; Smith, Sidney C.; Haslam, David (2007). "Abdominal obesity, waist circumference and cardiometabolic risk:
awareness among primary care physicians, the general population and patients at risk – the Shape of the Nations
survey". Current Medical Research and Opinion 23 (1): 379–84. doi:10.1185/030079906X159489. PMID 17261236;
Knowles, K. M.; Paiva, L. L.; Sanchez, S. E.; Revilla, L.; Lopez, T.; Yasuda, M. B.; Yanez, N. D.; Gelaye, B.; Williams,
M. A. (2011). "Waist Circumference, Body Mass Index, and Other Measures of Adiposity in Predicting
Cardiovascular Disease Risk Factors among Peruvian Adults". International Journal of Hypertension 2011: 1–
10.doi:10.4061/2011/931402; Méthot, Julie; Houle, Julie; Poirier, Paul (2010). "Obesity: how to define central
adiposity?". Expert Review of Cardiovascular Therapy 8 (5): 639–44.doi:10.1586/erc.10.38. PMID 20450297.
Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br
www.crescimentoinfoco.com
www.obesidadeinfoco.com.br
http://drcaiojr.site.med.br
http://dracaio.site.med.br
Joao Santos Caio Jr
http://google.com/+JoaoSantosCaioJr
google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh
google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh
Video
http://youtu.be/woonaiFJQwY
VAN DER HAAGEN BRAZI
Instagram
https://instagram.com/clinicascaio/
Wordpress
http://crescimentoinfantojuvenil.wordpress.com/
Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-
23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Síndrome Metabólica podem levar a óbito
Síndrome Metabólica podem levar a óbitoSíndrome Metabólica podem levar a óbito
Síndrome Metabólica podem levar a óbito
Van Der Häägen Brazil
 
Artigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfe
Artigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfeArtigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfe
Artigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfe
Mab Davilla
 
Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...
Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...
Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Van Der Häägen Brazil
 
155121 1269 tcd69
155121 1269 tcd69155121 1269 tcd69
155121 1269 tcd69
Mab Davilla
 
Alimentação saudavel
Alimentação saudavelAlimentação saudavel
Alimentação saudavel
Keylla Tayne
 
Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...
Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...
Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...
Van Der Häägen Brazil
 
486
486486
Anais cbep sm na infancia
Anais cbep   sm na infanciaAnais cbep   sm na infancia
Anais cbep sm na infancia
gisa_legal
 
Obesidade interações com dieta e hormônios reguladores do apetite
Obesidade  interações com dieta e hormônios reguladores do apetiteObesidade  interações com dieta e hormônios reguladores do apetite
Obesidade interações com dieta e hormônios reguladores do apetite
Van Der Häägen Brazil
 
Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade
Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade
Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade
clitorrj
 
Caquexia
CaquexiaCaquexia
Caquexia
uhgeri
 
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidade
Obesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidadeObesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidade
Obesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidade
Van Der Häägen Brazil
 
46 tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos
46   tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos46   tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos
46 tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos
ONCOcare
 
Obesidade Radical
Obesidade RadicalObesidade Radical
Obesidade Radical
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...
Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...
Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...
Van Der Häägen Brazil
 
Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...
Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...
Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...
Van Der Häägen Brazil
 
Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.
Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.
Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.
Ricardo Lucena
 
Obesidade
ObesidadeObesidade

Mais procurados (20)

Síndrome Metabólica podem levar a óbito
Síndrome Metabólica podem levar a óbitoSíndrome Metabólica podem levar a óbito
Síndrome Metabólica podem levar a óbito
 
Artigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfe
Artigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfeArtigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfe
Artigo efeitosdaterapianutricional.pdf.8f6c3f5d308b4f25abfe
 
Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...
Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...
Obesidade – obesidade intra abdominal – síndrome metabólica;processos inflama...
 
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
 
155121 1269 tcd69
155121 1269 tcd69155121 1269 tcd69
155121 1269 tcd69
 
Alimentação saudavel
Alimentação saudavelAlimentação saudavel
Alimentação saudavel
 
Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...
Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...
Obesidade e obesidade intra–abdominaldiabetes 2,comprometimento metabólico at...
 
486
486486
486
 
Anais cbep sm na infancia
Anais cbep   sm na infanciaAnais cbep   sm na infancia
Anais cbep sm na infancia
 
Obesidade interações com dieta e hormônios reguladores do apetite
Obesidade  interações com dieta e hormônios reguladores do apetiteObesidade  interações com dieta e hormônios reguladores do apetite
Obesidade interações com dieta e hormônios reguladores do apetite
 
Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade
Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade
Doenças desencadeadas ou agravadas pela obesidade
 
Caquexia
CaquexiaCaquexia
Caquexia
 
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
 
Obesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidade
Obesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidadeObesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidade
Obesidade e desenvolvimento síndrome metabólica quão devastadora é a obesidade
 
46 tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos
46   tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos46   tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos
46 tratamento da caquexia no paciente em cuidados paliativos
 
Obesidade Radical
Obesidade RadicalObesidade Radical
Obesidade Radical
 
Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...
Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...
Obesidade fatores que minimizam a obesidade dormir mais comer menos fora de h...
 
Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...
Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...
Fisiopatologia síndrome metabólica resistência insulina papéis etiológicos ce...
 
Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.
Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.
Síndrome Metabólica em crianças e adolescentes: Importância do exercício físico.
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 

Destaque

Edward Resume 2 (1)
Edward  Resume 2 (1)Edward  Resume 2 (1)
Edward Resume 2 (1)
Edward Trevino
 
EBONY BOST RESUME New
EBONY BOST RESUME NewEBONY BOST RESUME New
EBONY BOST RESUME New
ebony bost
 
Thompson Keith
Thompson KeithThompson Keith
Thompson Keith
Keith Thompson
 
Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...
Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...
Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...
Van Der Häägen Brazil
 
New-Slides (1)
New-Slides (1)New-Slides (1)
New-Slides (1)
Omeir Syed
 
Cnc portfolio
Cnc portfolioCnc portfolio
Cnc portfolio
Helsa Josephine
 
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Van Der Häägen Brazil
 
BayBio_Social Media
BayBio_Social MediaBayBio_Social Media
BayBio_Social Media
Prachi Dikshit
 
Why move your SSC to a high-cost location?
Why move your SSC to a high-cost location?Why move your SSC to a high-cost location?
Why move your SSC to a high-cost location?
sharedserviceslink.com
 
RESUME-M. WILLIAMS
RESUME-M. WILLIAMSRESUME-M. WILLIAMS
RESUME-M. WILLIAMS
Mark E Williams
 
RESUME 2016
RESUME 2016RESUME 2016
RESUME 2016
Matthew Cox
 

Destaque (11)

Edward Resume 2 (1)
Edward  Resume 2 (1)Edward  Resume 2 (1)
Edward Resume 2 (1)
 
EBONY BOST RESUME New
EBONY BOST RESUME NewEBONY BOST RESUME New
EBONY BOST RESUME New
 
Thompson Keith
Thompson KeithThompson Keith
Thompson Keith
 
Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...
Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...
Baixo crescimento longitudinal placas de crescimento infanto juvenil ação met...
 
New-Slides (1)
New-Slides (1)New-Slides (1)
New-Slides (1)
 
Cnc portfolio
Cnc portfolioCnc portfolio
Cnc portfolio
 
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
 
BayBio_Social Media
BayBio_Social MediaBayBio_Social Media
BayBio_Social Media
 
Why move your SSC to a high-cost location?
Why move your SSC to a high-cost location?Why move your SSC to a high-cost location?
Why move your SSC to a high-cost location?
 
RESUME-M. WILLIAMS
RESUME-M. WILLIAMSRESUME-M. WILLIAMS
RESUME-M. WILLIAMS
 
RESUME 2016
RESUME 2016RESUME 2016
RESUME 2016
 

Semelhante a Obesidade intra abdominal fator de risco não tratado em diabetes tipo 2 doença cardiovascular

Obesidade intra abdominal a gordura do nosso organismo
Obesidade intra abdominal a gordura do nosso organismoObesidade intra abdominal a gordura do nosso organismo
Obesidade intra abdominal a gordura do nosso organismo
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...
Obesidade   obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...Obesidade   obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...
Obesidade obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...
Van Der Häägen Brazil
 
Agressão da Obesidade em Nosso Corpo
Agressão da Obesidade em Nosso CorpoAgressão da Obesidade em Nosso Corpo
Agressão da Obesidade em Nosso Corpo
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento Multidisciplinar
Obesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento MultidisciplinarObesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento Multidisciplinar
Obesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento Multidisciplinar
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...
Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...
Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...
Van Der Häägen Brazil
 
NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.
NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.
NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.
Van Der Häägen Brazil
 
EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...
EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...
EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...
kerenregina1
 
Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...
Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...
Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...
Van Der Häägen Brazil
 
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovensObesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Manoel Costa
 
Obesidade abdominal exige solução radical
Obesidade abdominal exige solução radicalObesidade abdominal exige solução radical
Obesidade abdominal exige solução radical
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.
Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.
Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.
Van Der Häägen Brazil
 
Um quebra cabeça chamado obesidade ii
Um quebra cabeça chamado obesidade iiUm quebra cabeça chamado obesidade ii
Um quebra cabeça chamado obesidade ii
Daniela Souza
 
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Van Der Häägen Brazil
 
Aspectos psicológicos cirurgia bariátrica
Aspectos psicológicos cirurgia bariátricaAspectos psicológicos cirurgia bariátrica
Aspectos psicológicos cirurgia bariátrica
Luciana Pietro
 
Ulcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literatura
Ulcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literaturaUlcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literatura
Ulcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literatura
Marina3112
 
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...
Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...
Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...
Van Der Häägen Brazil
 
Obesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viral
Obesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viralObesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viral
Obesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viral
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
Van Der Häägen Brazil
 

Semelhante a Obesidade intra abdominal fator de risco não tratado em diabetes tipo 2 doença cardiovascular (20)

Obesidade intra abdominal a gordura do nosso organismo
Obesidade intra abdominal a gordura do nosso organismoObesidade intra abdominal a gordura do nosso organismo
Obesidade intra abdominal a gordura do nosso organismo
 
Obesidade obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...
Obesidade   obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...Obesidade   obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...
Obesidade obesidade abdominal–grande e silencioso comprometimento indutor d...
 
Agressão da Obesidade em Nosso Corpo
Agressão da Obesidade em Nosso CorpoAgressão da Obesidade em Nosso Corpo
Agressão da Obesidade em Nosso Corpo
 
Obesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento Multidisciplinar
Obesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento MultidisciplinarObesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento Multidisciplinar
Obesidade é uma Doença Multifatorial e exige Tratamento Multidisciplinar
 
Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...
Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...
Obesidade descontrolada obesidade e interação com hormônios.obesidade tem tud...
 
NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.
NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.
NOS DIAS ATUAIS O SOBREPESO E A OBESIDADE É UM PROBLEMA DE ÂMBITO MUNDIAL.
 
EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...
EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...
EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA ALIMENTAÇÃO NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS C...
 
Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...
Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...
Obesidade abdominal caminhamos para um novo conceito,diminuindo diversos risc...
 
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
 
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovensObesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
 
Obesidade abdominal exige solução radical
Obesidade abdominal exige solução radicalObesidade abdominal exige solução radical
Obesidade abdominal exige solução radical
 
Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.
Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.
Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.
 
Um quebra cabeça chamado obesidade ii
Um quebra cabeça chamado obesidade iiUm quebra cabeça chamado obesidade ii
Um quebra cabeça chamado obesidade ii
 
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
 
Aspectos psicológicos cirurgia bariátrica
Aspectos psicológicos cirurgia bariátricaAspectos psicológicos cirurgia bariátrica
Aspectos psicológicos cirurgia bariátrica
 
Ulcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literatura
Ulcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literaturaUlcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literatura
Ulcera-de-pressao-e-estado-nutricional-revisao-da-literatura
 
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
 
Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...
Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...
Obesidade e pressão alta obesidade tem inúmeros sintomas e não há identificaç...
 
Obesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viral
Obesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viralObesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viral
Obesidade e uma possível ligação entre a obesidade e a infecção viral
 
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
 

Mais de Van Der Häägen Brazil

OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
Van Der Häägen Brazil
 
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
Van Der Häägen Brazil
 
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
Van Der Häägen Brazil
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
Van Der Häägen Brazil
 
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
Van Der Häägen Brazil
 
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMOPODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
Van Der Häägen Brazil
 
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESONOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTILOBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSASOBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
Van Der Häägen Brazil
 
OBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICSOBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICS
Van Der Häägen Brazil
 
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICAINTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
Van Der Häägen Brazil
 
GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)
Van Der Häägen Brazil
 
GENEALOGIA
GENEALOGIAGENEALOGIA
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL
Van Der Häägen Brazil
 
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
Van Der Häägen Brazil
 
GORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSOGORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSO
Van Der Häägen Brazil
 
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
Van Der Häägen Brazil
 

Mais de Van Der Häägen Brazil (20)

OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
 
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
 
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
 
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
 
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMOPODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
 
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESONOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
 
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTILOBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
 
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSASOBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
 
OBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICSOBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICS
 
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICAINTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
 
GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)
 
GENEALOGIA
GENEALOGIAGENEALOGIA
GENEALOGIA
 
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
 
OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL
 
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
 
GORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSOGORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSO
 
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
 

Último

História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdfHistória da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
JandersonGeorgeGuima
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
marjoguedes1
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
AmaroAlmeidaChimbala
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
sula31
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
Luiz Henrique Pimentel Novais Silva
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
CatieleAlmeida1
 
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptxDESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
Klaisn
 

Último (8)

História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdfHistória da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
 
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptxDESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
 

Obesidade intra abdominal fator de risco não tratado em diabetes tipo 2 doença cardiovascular

  • 1. A PREVALÊNCIA DE DIABETES TIPO 2 ESTÁ MOSTRANDO UMA PROGRESSÃO RÁPIDA EM TODO O MUNDO, UM FENÔMENO EM GRANDE PARTE RESULTANTE DAS PROPORÇÕES EPIDÊMICAS ALCANÇADAS PELA OBESIDADE, OBESIDADE INTRA-ABDOMINAL E VISCERAL EM VÁRIAS POPULAÇÕES DO MUNDO A prevalência de diabetes tipo 2 está mostrando uma progressão rápida em todo o mundo, um fenômeno em grande parte resultante das proporções epidêmicas alcançados pela obesidade em várias populações do mundo. No entanto, os médicos estão intrigados com a heterogeneidade da obesidade devido a nem todo paciente obeso ser caracterizado por complicações crônicas. A este respeito, a distribuição de gordura corporal, o acúmulo de tecido adiposo especialmente intra- abdominal, parece ser um correlato chave de um conjunto de diabetogênico, aterogênico, anormalidades metabólicas e pró- trombóticas inflamatórias aumentando o risco de diabetes tipo 2 e doença cardiovascular.
  • 2. A este respeito, demonstrou-se recentemente que a obesidade abdominal foi associada independentemente com um risco aumentado de doença cardíaca coronária e diabetes Tipo 2, independentemente da adiposidade global. Programas de modificação do estilo de vida demonstraram os benefícios de variáveis de risco cardiometabólico de uma perda moderada de peso, uma vez que foi encontrado por ser associado a uma perda substancial de gordura intra-abdominal em pacientes com obesidade visceral. No entanto, para serem bem sucedidos, esses programas exigem o apoio de uma equipe multidisciplinar que em geral não está disponível para a maioria dos médicos. Neste contexto, propõe-se que a farmacoterapia
  • 3. da obesidade deve direcionar pacientes com obesidade abdominal em alto risco de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares, como o risco de serem abrangidas pela noção de "risco cardiometabólico". A recente descoberta do sistema endocanabinóide-canabinóide receptor tipo 1 (receptor CB1) e do seu impacto sobre a regulação do metabolismo energético representa um avanço significativo que pode ajudar os médicos na avaliação da meta em relação à obesidade abdominal e suas complicações metabólicas relacionadas, (o primeiro bloqueador CB1 desenvolvido) que infelizmente não é Comercializado no Brasil, como terapia poderia ser útil para a gestão do agrupamento de fatores de risco para doença cardiovascular em pacientes com maior risco com obesidade abdominal através de seus efeitos marcados em ambas as adiposidade abdominal e fatores de risco metabólicos relacionados. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neurocientista - Endócrino CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930
  • 4. COMO SABER MAIS: 1. Anteriormente, displasias esqueléticas e baixa estatura idiopática foram consideradas como sendo entidades largamente distintas... http://tireoidecontrolada.blogspot.com 2. No entanto, as últimas descobertas indicam que defeitos nos mesmos genes, como SHOX, NPR2, ACAN e FGFR3 , podem apresentar-se clinicamente quer como uma displasia esquelética ou como baixa estatura idiopática... http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com 3O fenótipo grave tende a ocorrer quando o gene envolvido é crítico para a função da placa de crescimento, a mutação altera seriamente a função da proteína e / ou a mutação ocorre no estado homozigóticos.... http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr., Dr. João Santos. Endocrinologista – Neuroendocrinologista e Dra. Caio, Henriqueta V. Endocrinologista – Medicina Interna, Van Der Häägen Brasil – São Paulo – Brasil; 1Québec Heart Institute, Laval Hospital Research Center, Ste-Foy (Québec), Canada. President and fellows of Harvard College. (2006). Abnormal obesity and your health; Bujalska, Iwona; et al. (26 April 1997). "Does central obesity reflect "Cushing's disease of the omentum"?". The Lancet 349 (9060,): 1210–1213. doi:10.1016/S0140-6736(96)11222-8. PMID 9130942; Després, J. (2006). "Abdominal obesity: the most prevalent cause of the metabolic syndrome and related cardiometabolic risk". European Heart Journal 8 (Supplements): B4–B12. doi:10.1093/ eurheartj/sul002; Abdominal obesity and your health. (2006); H. Schroder; et al. (2007). "Relationship of abdominal obesity with alcohol consumption".European Journal of Nutrition 46 (7): 369–376. doi:10.1007/s00394-007-0674-7.PMID 17885722; National Cholesterol Education Program (2002). Third Report of the Expert Panel on Detection, Evaluation, and Treatment of High Blood Cholesterol in Adults (ATP III Final Report). National Institutes of Health. p. II–17; Yusuf S; Hawken S; Ounpuu S; Dans T; Avezum A; Lanas F; McQueen M; Budaj A; Pais P; Varigos J; Lisheng L; INTERHEART Study Investigators. (2004). "Effect of potentially modifiable risk factors associated with myocardial infarction in 52 countries (the INTERHEART study): Case-control study". Lancet 364 (9438): 937–52. doi:10.1016/ S0140-6736(04)17018-9. PMID 15364185; Parikh, Rakesh M; Menon, Padmavathy S; Shah, Nalini S; Shah, N (2007). "Index of central obesity – A novel parameter". Medical Hypotheses 68 (6): 1272–5.doi:10.1016/ j.mehy.2006.10.038. PMID 17156939; Iribarren, Carlos; Darbinian, Jeanne A.; Lo, Joan C.; Fireman, Bruce H.; Go, Alan S. (2006). "Value of the Sagittal Abdominal Diameter in Coronary Heart Disease Risk Assessment: Cohort Study in a Large, Multiethnic Population". American Journal of Epidemiology 164 (12): 1150–9. doi:10.1093/aje/kwj341. PMID 17041127; U.S. Preventive Services Task Force Evidence Syntheses (2000). HSTAT:
  • 5. Guide to Clinical Preventive Services, 3rd Edition: Recommendations and Systematic Evidence Reviews, Guide to Community Preventive Services; "Abdominal obesity and your health". Health.harvard.edu. Retrieved 2013-01- 05; Smith, Sidney C.; Haslam, David (2007). "Abdominal obesity, waist circumference and cardiometabolic risk: awareness among primary care physicians, the general population and patients at risk – the Shape of the Nations survey". Current Medical Research and Opinion 23 (1): 379–84. doi:10.1185/030079906X159489. PMID 17261236; Knowles, K. M.; Paiva, L. L.; Sanchez, S. E.; Revilla, L.; Lopez, T.; Yasuda, M. B.; Yanez, N. D.; Gelaye, B.; Williams, M. A. (2011). "Waist Circumference, Body Mass Index, and Other Measures of Adiposity in Predicting Cardiovascular Disease Risk Factors among Peruvian Adults". International Journal of Hypertension 2011: 1– 10.doi:10.4061/2011/931402; Méthot, Julie; Houle, Julie; Poirier, Paul (2010). "Obesity: how to define central adiposity?". Expert Review of Cardiovascular Therapy 8 (5): 639–44.doi:10.1586/erc.10.38. PMID 20450297. Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh Video http://youtu.be/woonaiFJQwY VAN DER HAAGEN BRAZI Instagram https://instagram.com/clinicascaio/ Wordpress http://crescimentoinfantojuvenil.wordpress.com/