SlideShare uma empresa Scribd logo
O SIGNIFICADO DO JOGO, DA BRINCADEIRA E DO BRINQUEDO NO
DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

Simone Helen Drumond Ischkanian

O desenvolvimento e formação da criança na educação infantil e seu consequente
significativo aprendizado por meio do jogo, da brincadeira e do brinquedo ocorrem
quando a ela participa ativamente de sua aprendizagem, seja discutindo as regras do
jogo ou propondo soluções para resolvê-los. É de extrema importância que os
educadores proponham desafios e incentivem a participação coletiva infantil nas
atividades. A intervenção dos educadores é um fator primordial no processo do ensino
e aprendizagem, além da interação social. O jogo, a brincadeira e o brinquedo são
aspectos indispensáveis para o desenvolvimento do conhecimento na educação
infantil e os educadores são elementos fundamentais nesse processo. De acordo
com o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil (BRASIL, 1998, p. 23):
Educar significa, portanto, propiciar situações de cuidado,
brincadeiras e aprendizagem orientadas de forma integrada e
que possam contribuir para o desenvolvimento das capacidades
infantis de relação interpessoal de ser e estar com os outros em
uma atitude básica de aceitação, respeito e confiança, e o
acesso, pelas crianças aos conhecimentos mais amplos da
realidade social e cultural.

Na Educação Infantil, educar não se limita em repassar informações ou mostrar
apenas um caminho, mas mediar os saberes necessários, para que a criança possa
tomar consciência de si mesmo e da sociedade. Educar também é oferecer diversas
possibilidades para que a criança possa escolher caminhos compatíveis com seus
valores, sua visão de mundo e com as circunstâncias adversas que cada um irá
encontrar. Nessa perspectiva, segundo o Referencial Curricular Nacional da
Educação Infantil (BRASIL, 1998, p. 30):
O professor é mediador entre as crianças e os objetos de
conhecimento, organizando e propiciando espaços e situações
de aprendizagens que articulem os recursos e capacidades
afetivas, emocionais, sociais e cognitivas de cada criança aos
seus conhecimentos prévios e aos conteúdos referentes aos
diferentes campos de conhecimento humano.
Educar é acima de tudo a inter-relação entre os sentimentos, os afetos e a construção
do conhecimento. Segundo este processo educativo, a afetividade ganha destaque,
pois acreditamos que a interação afetiva ajuda mais a compreender e modificar o
raciocínio da criança. Como podemos perceber os jogos, os brinquedos e as
brincadeiras são fontes inesgotáveis de interação lúdica e afetiva.

OS SIGNIFICADOS DO JOGO E DA BRINCADEIRA PARA A FORMAÇÃO
HUMANA, O DESENVOLVIMENTO E A APRENDIZAGEM DA CRIANÇA.

A formação humana, o desenvolvimento e a aprendizagem da criança, se tornam
relevantes, a partir do momento em que os jogos e as brincadeiras vão surgindo
gradativamente na vida da criança. Desde os mais funcionais até os de regra, os
jogos e as brincadeiras proporcionam experiências, possibilitando a conquista e a
formação da identidade infantil.

Para uma aprendizagem eficaz é preciso que a criança construa o conhecimento e
assimile os conteúdos. O jogo e a brincadeira são excelentes recursos para facilitar a
aprendizagem. O Ensino Infantil deve ser mediado de maneira lúdica, para a criança
adquirir um aspecto significativo e afetivo no curso do desenvolvimento de sua
inteligência, já que ela se modifica de ato puramente transmissor ao ato
transformador, em ludicidade, denotando-se, portanto em jogos e brincadeiras.

É jogando e brincando que a criança aprende a respeitar regras, a ampliar o seu
relacionamento social e a respeitar a si mesmo e ao outro. Por meio do universo
lúdico a criança começa a expressar-se com maior facilidade, ouvir, respeitar e
discordar de opiniões, exercendo sua liderança, e sendo liderados e compartilhando
sua alegria de brincar. Em contrapartida, em um ambiente sério e sem motivações, os
educandos acabam evitando expressar seus pensamentos e sentimentos e realizar
qualquer outra atitude com medo de serem constrangidos.

Como educadores, podemos constatar por meio de uma holística pedagógica, que a
criança brinca daquilo que vive. Ela extrai sua imaginação lúdica de seu dia-a-dia,
portanto, as crianças, que tem a oportunidade de brincar e jogar, estão mais
preparadas emocionalmente para controlar suas atitudes dentro do contexto escolar e
social, obtendo assim melhores resultados gerais no desenrolar da sua vida.
A RELAÇÃO DO JOGO, DA BRINCADEIRA E DO LÚDICO.

Na educação o brincar é um potente veículo de aprendizagem experiencial, visto que
permite, através do lúdico, vivenciar a aprendizagem como processo social. A
proposta do lúdico é promover uma alfabetização significativa na prática educacional,
é incorporar o conhecimento através das características do conhecimento do mundo.
O lúdico promove o rendimento escolar além do conhecimento, oralidade,
pensamento e o sentido. Entretanto, compreender a relevância do brincar possibilita
aos professores intervir de maneira apropriada, não interferindo e descaracterizando o
prazer que o lúdico proporciona. Portanto, o brincar utilizado como recurso
pedagógico não deve ser dissociado da atividade lúdica que o compõe, sob o risco de
descaracterizar-se, afinal, a vida escolar regida por normas e tempos determinados,
por si só já favorece este mesmo processo, fazendo do brincar na escola um brincar
diferente das outras ocasiões. A incorporação de brincadeiras, jogos e brinquedos na
prática pedagógica podem desenvolver diferentes atividades que contribuem para
inúmeras aprendizagens e para a ampliação da rede de significados construtivos
tanto para crianças como para os jovens.

É por meio dos jogos, das brincadeiras e dos brinquedos que a criança partilha com o
outro, isso auxilia na prevenção e diagnóstico de problemas de aprendizagem. Essa
ludicidade voltada ao ato do aprender e ensinar deve levar em conta as realidades
interna e externa da aprendizagem por meio do movimento, da linguagem, do
desenvolvimento cognitivo, da afetividade, da socialização e da corporeidade. Dentro
do termo corporeidade, reporto-me ao texto dos educadores: Luiz Carlos Cerquinho
de Brito e Maria Sonia Souza de Oliveira, onde a reflexão da corporeidade evidenciam
contextos relevantes numa perspectiva mundial de criança. “A corporeidade esta
vinculada ao desenvolvimento de diversas dimensões do sujeito, da criança, aos
aspectos emocionais, as manifestações culturais, a relação com o meio ambiente
natural. Uma criança indígena, por exemplo, poderá apresentar sua corporeidade
bastante diferente de uma criança urbana, em vista da própria vivencia cotidiana, nas
relações com os outros, com o espaço físico e natural, com a cultura. Uma criança,
indígena que vive numa comunidade terá um desenvolvimento corporal que difere da
criança que vive em meio a objetos, relações e espaços de uma cidade, com ruas,
casas, prédios. [...] A corporeidade significa que as condições sociais, culturais e
afetivas impõem condições ao próprio desenvolvimento do corpo. [...] O conceito de
corporeidade poderá contribuir para que “os educadores” compreendam o corpo além
de uma estrutura física, mecânica, motora, para compreendê-lo como expressão de
diversas dimensões de desenvolvimento do sujeito, inclusive da cultura local,
relacionada aos modos de relações que travamos na vida social. Para a educação
infantil, essa noção é bastante importante, podendo contribuir para o desdobramento
das noções de Jogo, de brincadeira e de brinquedo. A criança joga e brinca, também
com o corpo, desenvolvendo sua corporeidade. Os meios, objetos, como os
brinquedos também estão inseridos nesta relação. Uma criança que corre nas
florestas do Quênia na África trás as marcas da sua relação com o ambiente, assim
como uma criança que vive em casas flutuantes no Lago do Catalão ou no município
de Iranduba/Amazonas. [...]”.

IDENTIFICANDO E REFLETINDO SOBRE AS ATIVIDADES TRABALHADAS NA
ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL, FOCANDO OS JOGOS, AS BRINCADEIRAS
E OS BRINQUEDOS COMO IMPLICADORES DO DESENVOLVIMENTO
INTEGRAL DA CRIANÇA.

As reflexões sobre a importância dos jogos, das brincadeiras e dos brinquedos na
Educação Infantil, são de extrema relevância para o desenvolvimento integral das
crianças nas escolas municipais de Manaus e são elementos indispensáveis ao
relacionamento com outras pessoas.

A partir desse contexto lúdico a criança estabelece uma relação natural e consegue
extravasar suas tristezas e alegrias, angústias, entusiasmos, passividades e
agressividades.
A brincadeira, o brinquedo e o jogo proporcionam mecanismo para desenvolver a
memória, a linguagem, a atenção, a percepção, a criatividade e habilidade para
melhor desenvolver a aprendizagem.

Nessa perspectiva, as brincadeiras, os brinquedos e os jogos vêm contribuir
significativamente para o importante desenvolvimento das estruturas psicológicas e
cognitivas da criança.

Vemos que a ludicidade é uma necessidade do ser humano em qualquer idade, mas
principalmente na infância, na qual ela deve ser vivenciada, não apenas como
diversão, mas com objetivo de desenvolver as potencialidades da criança, visto que o
conhecimento é construído pelas relações interpessoais e trocas recíprocas que se
estabelecem durante toda a formação integral da criança.

A introdução de jogos e atividades lúdicas no cotidiano escolar é muito importante,
devido a influencia que os mesmos exercem frente aos alunos, pois quando eles
estão envolvidos emocionalmente na ação, torna-se mais fácil e dinâmico o processo
de ensino-aprendizagem.

O lúdico enquanto recurso pedagógico na aprendizagem deve ser encarado de forma
séria, competente e responsável. Os jogos, as brincadeiras e os brinquedos, quando
usado de maneira correta, poderão oportunizar ao educador e ao educando,
importantes momentos de aprendizagens em múltiplos aspectos.

http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/CMEIMADREELISIA e http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/EueoEnsinoInfantil.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental.
Referencial curricular nacional para a educação infantil Ministério da Educação e do
Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. - Brasília: MEC/SEF, 1998, volume: 1 e
2.
DRUMOND. Simone Helen Ischkanian. Arquivo fotográfico de Simone Helen Drumond
Ischkanian,

disponível

em:

http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/CMEIMADREELISIA

e

http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/EueoEnsinoInfantil. Acessado em 27/03/2013
Kishimoto, Tizuko Morchida. O jogo e a educação infantil. PERSPECTWA. Florianópolis,
UFSC/CED,

NUP,

n.

22,

p.

105-128.

Disponível

em:

http://cefort.ufam.edu.br/posinfantil/OjogoKishimoto.pdf. Acessado em 27/03/2013

Pereira. Laïs de Toledo Krücken. O desenho infantil e a construção da significação: um
estudo de caso. Disponível em: http://cefort.ufam.edu.br/posinfantil/DesenhInfantil.pdf.
Acessado em 12/04/2013
Vídeo: A Importância do Brincar. A professora da faculdade de Educação da USP, Tizuko
Morchida, fala um pouco mais sobre o papel das brincadeiras na educação infantil. Ela
destaca que até os bebês aprendem a fazer escolhas através dos brinquedos.
Fonte:http://www.univesp.tv.br/site/program. Acessado em 06/04/2013
Vídeo: Programa do Curso de Pedagogia Unesp/Univesp, da disciplina D14 -Educação
infantil: diferentes formas de linguagens expressivas e comunicativas - O programa
apresenta uma escola de São Paulo onde o movimento é o ponto de partida do trabalho
pedagógico. Além de entrevistas com professoras de alunos de várias idades, também
mostra a visão sobre o assunto de Maria Ângela Barbato Carneiro, professora da PUC de
São

Paulo

e

estudiosa

da

educação

infantil

no

país..

Disponível

em

-

http://www.youtube.com. Acessado em 09/04/2013

Vídeo: Programa do Curso de Pedagogia Unesp/Univesp, da disciplina D14 - Educação
infantil: diferentes formas de linguagens expressivas e comunicativas - O programa
mostra duas escolas de São Paulo que utilizam o desenho como base de diversos
trabalhos pedagógicos. Márcia Aparecida Gobbi, da Faculdade de Educação da USP,
acompanha algumas atividades e explica sua importância para o desenvolvimento das
crianças. Disponível em - http://www.youtube.com. Acessado em 09/04/2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
Auxiliadora Vasconcelos
 
Slide ludicidade
Slide ludicidadeSlide ludicidade
Slide ludicidade
Gislaine
 
Lúdico
LúdicoLúdico
Lúdico
estercotrim
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
Aline_Lune
 
Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016
Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016
Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016
Claudinéia Barbosa
 
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
Lucimara Lopes França
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
Shirley Costa
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
Gislaine
 
O lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantilO lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantil
lucileabergamaschiflegler
 
Resolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELAS
Resolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELASResolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELAS
Resolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELAS
Beatriz Dornelas
 
Brincadeiras Antigas
Brincadeiras AntigasBrincadeiras Antigas
Brincadeiras Antigas
MaizaFS
 
Pauta de Reunião da educação Infantil
Pauta de Reunião da educação InfantilPauta de Reunião da educação Infantil
Pauta de Reunião da educação Infantil
Flaviaelcs
 
Plano de aula educacao fisica
Plano de aula    educacao fisicaPlano de aula    educacao fisica
Plano de aula educacao fisica
ivanetesantos
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
Jussy Araujo
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
cibelefernoli
 
Projeto: A AMIZADE E SEUS VALORES
Projeto: A AMIZADE E SEUS VALORESProjeto: A AMIZADE E SEUS VALORES
Projeto: A AMIZADE E SEUS VALORES
PNTCBR
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
danizinha_blog
 
20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas
Silvana
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
Luiza Carvalho
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
Jakeline Lemos
 

Mais procurados (20)

Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
 
Slide ludicidade
Slide ludicidadeSlide ludicidade
Slide ludicidade
 
Lúdico
LúdicoLúdico
Lúdico
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
 
Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016
Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016
Diversidade de cores, formas, sons, aromas e sabores! Maternal 4º bimestre 2016
 
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
O lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantilO lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantil
 
Resolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELAS
Resolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELASResolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELAS
Resolução 05 2009 DCNEI Profª. BEATRIZ DORNELAS
 
Brincadeiras Antigas
Brincadeiras AntigasBrincadeiras Antigas
Brincadeiras Antigas
 
Pauta de Reunião da educação Infantil
Pauta de Reunião da educação InfantilPauta de Reunião da educação Infantil
Pauta de Reunião da educação Infantil
 
Plano de aula educacao fisica
Plano de aula    educacao fisicaPlano de aula    educacao fisica
Plano de aula educacao fisica
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Projeto: A AMIZADE E SEUS VALORES
Projeto: A AMIZADE E SEUS VALORESProjeto: A AMIZADE E SEUS VALORES
Projeto: A AMIZADE E SEUS VALORES
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
 
20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 

Destaque

Ana paula de oliveira
Ana paula de oliveiraAna paula de oliveira
Ana paula de oliveira
MARCOS SOUSA
 
A importância do lúdico
A importância do lúdicoA importância do lúdico
A importância do lúdico
oficinadeaprendizagemace
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia Multipla
Saberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia MultiplaSaberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia Multipla
Saberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia Multipla
asustecnologia
 
Rational Quality Manager
Rational Quality ManagerRational Quality Manager
Rational Quality Manager
Strongback Consulting
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - IntroduçãoSaberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
asustecnologia
 
Conceito do Jogo
Conceito do JogoConceito do Jogo
Conceito do Jogo
Miguel Oliveira
 
Concepçâo de infancia
Concepçâo de infanciaConcepçâo de infancia
Concepçâo de infancia
Jaisna Luara
 
Os jogos ludicos
Os jogos ludicosOs jogos ludicos
Os jogos ludicos
Rosa Paollucci
 
Jogo, Esporte E Brincadeira
Jogo, Esporte E BrincadeiraJogo, Esporte E Brincadeira
Jogo, Esporte E Brincadeira
robson nunes
 
Power point jogos e brincadeiras
Power point jogos e brincadeirasPower point jogos e brincadeiras
Power point jogos e brincadeiras
pdg2013
 
O brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilO brincar na educação infantil
O brincar na educação infantil
Renata Santana Cruz
 
Aula 01 fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazer
Aula 01   fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazerAula 01   fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazer
Aula 01 fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazer
Ed_Fis_2015
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
Fatinha Bretas
 
Power point importância do brincar
Power point   importância do brincarPower point   importância do brincar
Power point importância do brincar
inesaalexandra
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
Renata Costa
 
O Brincar e o desenvolvimento infantil para Winnicott
O Brincar e o desenvolvimento infantil para WinnicottO Brincar e o desenvolvimento infantil para Winnicott
O Brincar e o desenvolvimento infantil para Winnicott
Maylu Souza
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
pedagogiaufpa
 
Ppt jogos
Ppt jogosPpt jogos
Ppt jogos
Solangedme
 
TCC - O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
TCC -  O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTILTCC -  O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
TCC - O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
JJOAOPAULO7
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
SimoneHelenDrumond
 

Destaque (20)

Ana paula de oliveira
Ana paula de oliveiraAna paula de oliveira
Ana paula de oliveira
 
A importância do lúdico
A importância do lúdicoA importância do lúdico
A importância do lúdico
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia Multipla
Saberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia MultiplaSaberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia Multipla
Saberes e Praticas da Inclusão - Defficiencia Multipla
 
Rational Quality Manager
Rational Quality ManagerRational Quality Manager
Rational Quality Manager
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - IntroduçãoSaberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
 
Conceito do Jogo
Conceito do JogoConceito do Jogo
Conceito do Jogo
 
Concepçâo de infancia
Concepçâo de infanciaConcepçâo de infancia
Concepçâo de infancia
 
Os jogos ludicos
Os jogos ludicosOs jogos ludicos
Os jogos ludicos
 
Jogo, Esporte E Brincadeira
Jogo, Esporte E BrincadeiraJogo, Esporte E Brincadeira
Jogo, Esporte E Brincadeira
 
Power point jogos e brincadeiras
Power point jogos e brincadeirasPower point jogos e brincadeiras
Power point jogos e brincadeiras
 
O brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilO brincar na educação infantil
O brincar na educação infantil
 
Aula 01 fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazer
Aula 01   fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazerAula 01   fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazer
Aula 01 fundamentos da educacao fisica, recreacao e lazer
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
 
Power point importância do brincar
Power point   importância do brincarPower point   importância do brincar
Power point importância do brincar
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 
O Brincar e o desenvolvimento infantil para Winnicott
O Brincar e o desenvolvimento infantil para WinnicottO Brincar e o desenvolvimento infantil para Winnicott
O Brincar e o desenvolvimento infantil para Winnicott
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 
Ppt jogos
Ppt jogosPpt jogos
Ppt jogos
 
TCC - O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
TCC -  O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTILTCC -  O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
TCC - O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
 

Semelhante a O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bormação da briança na educação infantil. simone helen drumond

A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumondA relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Artigo7
Artigo7Artigo7
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilBrincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Simone Everton
 
21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar
21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar
21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar
Eduardo Lopes
 
Jucilene priscila
Jucilene priscilaJucilene priscila
Jucilene priscila
Fernando Pissuto
 
O lúdico
O lúdicoO lúdico
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
SimoneHelenDrumond
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
Elaine Caçador
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
AgustineRita
 
Bruna sdmara
Bruna sdmaraBruna sdmara
Bruna sdmara
Fernando Pissuto
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
CatiaDuarte_1
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
margarida_branco
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
Ana Teresa
 
Prontp
ProntpProntp
4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf
Valria13
 
Otpei 2 projeto ludico simone helen drumond
Otpei 2  projeto ludico simone helen drumondOtpei 2  projeto ludico simone helen drumond
Otpei 2 projeto ludico simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.
A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.
A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.
Vilar Vasconcelos
 
Ludiccdd
LudiccddLudiccdd
Adaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidadeAdaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidade
cefaprodematupa
 
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
oficinadeaprendizagemace
 

Semelhante a O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bormação da briança na educação infantil. simone helen drumond (20)

A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumondA relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
 
Artigo7
Artigo7Artigo7
Artigo7
 
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilBrincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantil
 
21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar
21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar
21655835 a-indissociabilidade-entre-educar-cuidar-e-brincar
 
Jucilene priscila
Jucilene priscilaJucilene priscila
Jucilene priscila
 
O lúdico
O lúdicoO lúdico
O lúdico
 
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
 
O brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto finalO brincar na educação infantil texto final
O brincar na educação infantil texto final
 
Bruna sdmara
Bruna sdmaraBruna sdmara
Bruna sdmara
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 
Prontp
ProntpProntp
Prontp
 
4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf
 
Otpei 2 projeto ludico simone helen drumond
Otpei 2  projeto ludico simone helen drumondOtpei 2  projeto ludico simone helen drumond
Otpei 2 projeto ludico simone helen drumond
 
A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.
A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.
A importância da ludicidade na construção da aprendizagem em sala de aula.
 
Ludiccdd
LudiccddLudiccdd
Ludiccdd
 
Adaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidadeAdaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidade
 
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
 

Mais de SimoneHelenDrumond

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
SimoneHelenDrumond
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
SimoneHelenDrumond
 

Mais de SimoneHelenDrumond (20)

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
 

Último

A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 

O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bormação da briança na educação infantil. simone helen drumond

  • 1. O SIGNIFICADO DO JOGO, DA BRINCADEIRA E DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian O desenvolvimento e formação da criança na educação infantil e seu consequente significativo aprendizado por meio do jogo, da brincadeira e do brinquedo ocorrem quando a ela participa ativamente de sua aprendizagem, seja discutindo as regras do jogo ou propondo soluções para resolvê-los. É de extrema importância que os educadores proponham desafios e incentivem a participação coletiva infantil nas atividades. A intervenção dos educadores é um fator primordial no processo do ensino e aprendizagem, além da interação social. O jogo, a brincadeira e o brinquedo são aspectos indispensáveis para o desenvolvimento do conhecimento na educação infantil e os educadores são elementos fundamentais nesse processo. De acordo com o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil (BRASIL, 1998, p. 23): Educar significa, portanto, propiciar situações de cuidado, brincadeiras e aprendizagem orientadas de forma integrada e que possam contribuir para o desenvolvimento das capacidades infantis de relação interpessoal de ser e estar com os outros em uma atitude básica de aceitação, respeito e confiança, e o acesso, pelas crianças aos conhecimentos mais amplos da realidade social e cultural. Na Educação Infantil, educar não se limita em repassar informações ou mostrar apenas um caminho, mas mediar os saberes necessários, para que a criança possa tomar consciência de si mesmo e da sociedade. Educar também é oferecer diversas possibilidades para que a criança possa escolher caminhos compatíveis com seus valores, sua visão de mundo e com as circunstâncias adversas que cada um irá encontrar. Nessa perspectiva, segundo o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil (BRASIL, 1998, p. 30): O professor é mediador entre as crianças e os objetos de conhecimento, organizando e propiciando espaços e situações de aprendizagens que articulem os recursos e capacidades afetivas, emocionais, sociais e cognitivas de cada criança aos seus conhecimentos prévios e aos conteúdos referentes aos diferentes campos de conhecimento humano.
  • 2. Educar é acima de tudo a inter-relação entre os sentimentos, os afetos e a construção do conhecimento. Segundo este processo educativo, a afetividade ganha destaque, pois acreditamos que a interação afetiva ajuda mais a compreender e modificar o raciocínio da criança. Como podemos perceber os jogos, os brinquedos e as brincadeiras são fontes inesgotáveis de interação lúdica e afetiva. OS SIGNIFICADOS DO JOGO E DA BRINCADEIRA PARA A FORMAÇÃO HUMANA, O DESENVOLVIMENTO E A APRENDIZAGEM DA CRIANÇA. A formação humana, o desenvolvimento e a aprendizagem da criança, se tornam relevantes, a partir do momento em que os jogos e as brincadeiras vão surgindo gradativamente na vida da criança. Desde os mais funcionais até os de regra, os jogos e as brincadeiras proporcionam experiências, possibilitando a conquista e a formação da identidade infantil. Para uma aprendizagem eficaz é preciso que a criança construa o conhecimento e assimile os conteúdos. O jogo e a brincadeira são excelentes recursos para facilitar a aprendizagem. O Ensino Infantil deve ser mediado de maneira lúdica, para a criança adquirir um aspecto significativo e afetivo no curso do desenvolvimento de sua inteligência, já que ela se modifica de ato puramente transmissor ao ato transformador, em ludicidade, denotando-se, portanto em jogos e brincadeiras. É jogando e brincando que a criança aprende a respeitar regras, a ampliar o seu relacionamento social e a respeitar a si mesmo e ao outro. Por meio do universo lúdico a criança começa a expressar-se com maior facilidade, ouvir, respeitar e discordar de opiniões, exercendo sua liderança, e sendo liderados e compartilhando sua alegria de brincar. Em contrapartida, em um ambiente sério e sem motivações, os educandos acabam evitando expressar seus pensamentos e sentimentos e realizar qualquer outra atitude com medo de serem constrangidos. Como educadores, podemos constatar por meio de uma holística pedagógica, que a criança brinca daquilo que vive. Ela extrai sua imaginação lúdica de seu dia-a-dia, portanto, as crianças, que tem a oportunidade de brincar e jogar, estão mais preparadas emocionalmente para controlar suas atitudes dentro do contexto escolar e social, obtendo assim melhores resultados gerais no desenrolar da sua vida.
  • 3. A RELAÇÃO DO JOGO, DA BRINCADEIRA E DO LÚDICO. Na educação o brincar é um potente veículo de aprendizagem experiencial, visto que permite, através do lúdico, vivenciar a aprendizagem como processo social. A proposta do lúdico é promover uma alfabetização significativa na prática educacional, é incorporar o conhecimento através das características do conhecimento do mundo. O lúdico promove o rendimento escolar além do conhecimento, oralidade, pensamento e o sentido. Entretanto, compreender a relevância do brincar possibilita aos professores intervir de maneira apropriada, não interferindo e descaracterizando o prazer que o lúdico proporciona. Portanto, o brincar utilizado como recurso pedagógico não deve ser dissociado da atividade lúdica que o compõe, sob o risco de descaracterizar-se, afinal, a vida escolar regida por normas e tempos determinados, por si só já favorece este mesmo processo, fazendo do brincar na escola um brincar diferente das outras ocasiões. A incorporação de brincadeiras, jogos e brinquedos na prática pedagógica podem desenvolver diferentes atividades que contribuem para inúmeras aprendizagens e para a ampliação da rede de significados construtivos tanto para crianças como para os jovens. É por meio dos jogos, das brincadeiras e dos brinquedos que a criança partilha com o outro, isso auxilia na prevenção e diagnóstico de problemas de aprendizagem. Essa ludicidade voltada ao ato do aprender e ensinar deve levar em conta as realidades interna e externa da aprendizagem por meio do movimento, da linguagem, do desenvolvimento cognitivo, da afetividade, da socialização e da corporeidade. Dentro do termo corporeidade, reporto-me ao texto dos educadores: Luiz Carlos Cerquinho de Brito e Maria Sonia Souza de Oliveira, onde a reflexão da corporeidade evidenciam contextos relevantes numa perspectiva mundial de criança. “A corporeidade esta vinculada ao desenvolvimento de diversas dimensões do sujeito, da criança, aos aspectos emocionais, as manifestações culturais, a relação com o meio ambiente natural. Uma criança indígena, por exemplo, poderá apresentar sua corporeidade bastante diferente de uma criança urbana, em vista da própria vivencia cotidiana, nas relações com os outros, com o espaço físico e natural, com a cultura. Uma criança, indígena que vive numa comunidade terá um desenvolvimento corporal que difere da criança que vive em meio a objetos, relações e espaços de uma cidade, com ruas, casas, prédios. [...] A corporeidade significa que as condições sociais, culturais e afetivas impõem condições ao próprio desenvolvimento do corpo. [...] O conceito de corporeidade poderá contribuir para que “os educadores” compreendam o corpo além de uma estrutura física, mecânica, motora, para compreendê-lo como expressão de
  • 4. diversas dimensões de desenvolvimento do sujeito, inclusive da cultura local, relacionada aos modos de relações que travamos na vida social. Para a educação infantil, essa noção é bastante importante, podendo contribuir para o desdobramento das noções de Jogo, de brincadeira e de brinquedo. A criança joga e brinca, também com o corpo, desenvolvendo sua corporeidade. Os meios, objetos, como os brinquedos também estão inseridos nesta relação. Uma criança que corre nas florestas do Quênia na África trás as marcas da sua relação com o ambiente, assim como uma criança que vive em casas flutuantes no Lago do Catalão ou no município de Iranduba/Amazonas. [...]”. IDENTIFICANDO E REFLETINDO SOBRE AS ATIVIDADES TRABALHADAS NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL, FOCANDO OS JOGOS, AS BRINCADEIRAS E OS BRINQUEDOS COMO IMPLICADORES DO DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA. As reflexões sobre a importância dos jogos, das brincadeiras e dos brinquedos na Educação Infantil, são de extrema relevância para o desenvolvimento integral das crianças nas escolas municipais de Manaus e são elementos indispensáveis ao relacionamento com outras pessoas. A partir desse contexto lúdico a criança estabelece uma relação natural e consegue extravasar suas tristezas e alegrias, angústias, entusiasmos, passividades e agressividades.
  • 5. A brincadeira, o brinquedo e o jogo proporcionam mecanismo para desenvolver a memória, a linguagem, a atenção, a percepção, a criatividade e habilidade para melhor desenvolver a aprendizagem. Nessa perspectiva, as brincadeiras, os brinquedos e os jogos vêm contribuir significativamente para o importante desenvolvimento das estruturas psicológicas e cognitivas da criança. Vemos que a ludicidade é uma necessidade do ser humano em qualquer idade, mas principalmente na infância, na qual ela deve ser vivenciada, não apenas como diversão, mas com objetivo de desenvolver as potencialidades da criança, visto que o conhecimento é construído pelas relações interpessoais e trocas recíprocas que se estabelecem durante toda a formação integral da criança. A introdução de jogos e atividades lúdicas no cotidiano escolar é muito importante, devido a influencia que os mesmos exercem frente aos alunos, pois quando eles estão envolvidos emocionalmente na ação, torna-se mais fácil e dinâmico o processo de ensino-aprendizagem. O lúdico enquanto recurso pedagógico na aprendizagem deve ser encarado de forma séria, competente e responsável. Os jogos, as brincadeiras e os brinquedos, quando usado de maneira correta, poderão oportunizar ao educador e ao educando, importantes momentos de aprendizagens em múltiplos aspectos. http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/CMEIMADREELISIA e http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/EueoEnsinoInfantil.
  • 6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. - Brasília: MEC/SEF, 1998, volume: 1 e 2. DRUMOND. Simone Helen Ischkanian. Arquivo fotográfico de Simone Helen Drumond Ischkanian, disponível em: http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/CMEIMADREELISIA e http://simonehelendrumond.blogspot.com.br/EueoEnsinoInfantil. Acessado em 27/03/2013 Kishimoto, Tizuko Morchida. O jogo e a educação infantil. PERSPECTWA. Florianópolis, UFSC/CED, NUP, n. 22, p. 105-128. Disponível em: http://cefort.ufam.edu.br/posinfantil/OjogoKishimoto.pdf. Acessado em 27/03/2013 Pereira. Laïs de Toledo Krücken. O desenho infantil e a construção da significação: um estudo de caso. Disponível em: http://cefort.ufam.edu.br/posinfantil/DesenhInfantil.pdf. Acessado em 12/04/2013 Vídeo: A Importância do Brincar. A professora da faculdade de Educação da USP, Tizuko Morchida, fala um pouco mais sobre o papel das brincadeiras na educação infantil. Ela destaca que até os bebês aprendem a fazer escolhas através dos brinquedos. Fonte:http://www.univesp.tv.br/site/program. Acessado em 06/04/2013 Vídeo: Programa do Curso de Pedagogia Unesp/Univesp, da disciplina D14 -Educação infantil: diferentes formas de linguagens expressivas e comunicativas - O programa apresenta uma escola de São Paulo onde o movimento é o ponto de partida do trabalho pedagógico. Além de entrevistas com professoras de alunos de várias idades, também mostra a visão sobre o assunto de Maria Ângela Barbato Carneiro, professora da PUC de São Paulo e estudiosa da educação infantil no país.. Disponível em - http://www.youtube.com. Acessado em 09/04/2013 Vídeo: Programa do Curso de Pedagogia Unesp/Univesp, da disciplina D14 - Educação infantil: diferentes formas de linguagens expressivas e comunicativas - O programa mostra duas escolas de São Paulo que utilizam o desenho como base de diversos trabalhos pedagógicos. Márcia Aparecida Gobbi, da Faculdade de Educação da USP, acompanha algumas atividades e explica sua importância para o desenvolvimento das crianças. Disponível em - http://www.youtube.com. Acessado em 09/04/2013