SlideShare uma empresa Scribd logo
SERMÃO Catedral Metodista de Piracicaba, 25 de abril de 2010 Culto Vespertino
INTRODUÇÃO CALENDÁRIO LITURGICO 4º Dom da Páscoa (Ano C).  “ Domingo do Bom Pastor”
INTRODUÇÃO LECIONÁRIO CRISTÃO Primeira – Atos 9.36-43 Segunda –  Ap 7.9-17 Evangelho – João 10.22-30 Salmos – 23
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro Catedral Metodista de Piracicaba, 25 de abril de 2010
TEXTO Salmo 23
1  O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
2  Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso;
3  refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.
4  Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque Tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.
5  Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda.
6  Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre
CONTEXTO Salmo 23
Provavelmente um dos textos mais conhecidos da Bíblia... ... mesmo por pessoas que não são muito religiosas. Calendário E-mail Oração Estudo Souvenirs Sermão
TIPO DO SALMO Confiança e Ação de Graças
Apresenta Deus como: PASTOR HOSPEDEIRO E Portanto, o Salmo está dividido em 2 partes:
1 a  Parte Versículos 1-4 (PASTOR) ... verdes pastos,  águas tranqüilas,  veredas da justiça, bordão, cajado e vale da sombra da morte.  Todos símbolos pastoris
... mesa posta, unção da cabeça com óleo perfumado,  cálice que transborda e casa do SENHOR .  Lembrando o ato de hospedar.   2 a  Parte Versículos 5-6 (HOSPEDEIRO)
Os dos símbolos-eixo do salmo comunicam a mesma mensagem:  PASTOR HOSPEDEIRO e
Em Deus encontramos segurança e proteção... ... como quem esta sob os cuidados e a condução de um pastor ... ... ou, na perseguição, como salvos e acolhidos por um hospedeiro generoso.
Em ambas as situações a mensagem principal é: “ TU ESTÁS COMIGO” Deus está conosco em toda e qualquer situação... Ele é nosso PASTOR e HOSPEDEIRO
MENSAGEM Salmo 23
DEUS COMO PASTOR Antigamente, como hoje, haviam beduínos seminômades que circulavam pela estepe do deserto com seus rebanhos à procura de pastagem.
DEUS COMO PASTOR Haviam dois períodos no ano, em que os rebanhos eram levados para pastar em altas montanhas (transumância). Na primavera e no verão.
DEUS COMO PASTOR O Salmo tem como referência a transmigração da primavera. .Estamos em pleno deserto. O pastor é tudo para as ovelhas.
DEUS COMO PASTOR GUIA : Conhece os caminhos. Sabe as distâncias até um oásis ou uma fonte. Sabe o tempo necessário para chegar lá.
DEUS COMO PASTOR COMPANHEIRO DE DESTINO : Passa as mesmas necessidades que as ovelhas (fome, sede e perigos).  Arrisca a própria vida.
DEUS COMO PASTOR Ele cuida das ovelhas: das prenhes que caminham devagar das doentes que se retardam dos filhotes que podem se extraviar daquelas que se desviam  Acompanha a cada uma conforme seu rítimo e necessidade.
DEUS COMO HOSPEDEIRO A hospitalidade é uma virtude central em todo o Oriente Médio e na tradição dos filhos de Abraão: judeus, árabes, cristãos e muçulmanos.
Especialmente forte era e é a hospitalidade entre os nômades e seminômades do deserto, por onde perambulavam os pastores. DEUS COMO HOSPEDEIRO
DEUS COMO HOSPEDEIRO Antigamente existiam locais de refúgio: os templos e algumas cidades, escolhidas para este fim.
Se alguém fosse perseguido, por qualquer pessoa e razão, tinha certeza de hospitalidade e segurança contra seus inimigos nestes lugares   . DEUS COMO HOSPEDEIRO
DEUS COMO HOSPEDEIRO A praxe com o hospede era:   Oferecer-lhe água para beber e se lavar   Ungir-lhe a cabeça com óleo perfumado   Preparar uma mesa para a refeição   Não deixar que o copo de vinho ficasse vazio
Este salmo parece apresentar a história de alguém que fugindo de seus inimigos, encontra tudo isso junto a um hospedeiro.   DEUS COMO HOSPEDEIRO Os inimigos por mais que queiram capturá-lo, não podem transgredir a LEI. Frustrados vão embora.
comunicam a mesma mensagem:  PASTOR HOSPEDEIRO e APLICAÇÃO PASTORAL
Em Deus encontramos segurança e proteção... ... como quem esta sob os cuidados e a condução de um pastor ... ... ou, na perseguição, como salvos e acolhidos por um hospedeiro generoso.
A mensagem principal é: “ TU ESTÁS COMIGO” Deus está conosco em toda e qualquer situação... Ele é nosso PASTOR e HOSPEDEIRO  APLICAÇÃO PASTORAL
APLICAÇÃO PASTORAL Estamos celebrando a  PÁSCOA...  50 dias de festa relembrando  o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário e sua vitória sobre a morte.
Ele não só discursou sobre ser o BOM PASTOR  que dá a vida pelas ovelhas... Ele levou isso às últimas conseqüências... MORRENDO NUMA CRUZ APLICAÇÃO PASTORAL
Aquele sofrimento era nosso
Aqueles cravos eram nosso
Aquela coroa era nossa
Aquela humilhação era nossa
Aquela cruz era nossa
Aquela morte era nossa
MAS, Jesus o BOM PASTOR, por amor, se sacrificou por nós
Para obedecer, basta seguí-lo. “ Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim ”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 11 - Relativismo Moral e Religioso
Lição 11 - Relativismo Moral e ReligiosoLição 11 - Relativismo Moral e Religioso
Lição 11 - Relativismo Moral e Religioso
Éder Tomé
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Éder Tomé
 
A bíblia
A bíbliaA bíblia
A bíblia
Luciana Campos
 
Usos e costumes à luz da Bíblia
Usos e costumes à luz da BíbliaUsos e costumes à luz da Bíblia
Usos e costumes à luz da Bíblia
Daladier Lima
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Éder Tomé
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
Almy Alves
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDF
Lucas Martins
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Éder Tomé
 
Sermão aliança
Sermão   aliançaSermão   aliança
Sermão aliança
Iasmim Cunha
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
Márcio Martins
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
Gesiel Oliveira
 
Duas portas
Duas portasDuas portas
Duas portas
Dimensão Negocios
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
Jessé Lopes
 
A cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvadaA cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvada
Eduardo Henrique Marçal
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Éder Tomé
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
Estudos Bíblicos
 
A unidade da Igreja
A unidade da IgrejaA unidade da Igreja
A unidade da Igreja
Antonio Fernandes
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
Vania Oliveira
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Wander Sousa
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 

Mais procurados (20)

Lição 11 - Relativismo Moral e Religioso
Lição 11 - Relativismo Moral e ReligiosoLição 11 - Relativismo Moral e Religioso
Lição 11 - Relativismo Moral e Religioso
 
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de CristoLição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
Lição 14 - Vivendo com a Mente de Cristo
 
A bíblia
A bíbliaA bíblia
A bíblia
 
Usos e costumes à luz da Bíblia
Usos e costumes à luz da BíbliaUsos e costumes à luz da Bíblia
Usos e costumes à luz da Bíblia
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDF
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Sermão aliança
Sermão   aliançaSermão   aliança
Sermão aliança
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
 
Duas portas
Duas portasDuas portas
Duas portas
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
A cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvadaA cura de uma mulher encurvada
A cura de uma mulher encurvada
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
 
A unidade da Igreja
A unidade da IgrejaA unidade da Igreja
A unidade da Igreja
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 

Destaque

UII - 5 Principios Biblicos 2009
UII - 5 Principios Biblicos 2009UII - 5 Principios Biblicos 2009
UII - 5 Principios Biblicos 2009
Ramón Zazatt
 
Salmo 23 Show
Salmo 23 ShowSalmo 23 Show
Salmo 23 Show
Natália Borges
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
Arnaldo Alves
 
27 O milenio e o fim do pecado
27 O milenio e o fim do pecado 27 O milenio e o fim do pecado
27 O milenio e o fim do pecado
Hezir Henrique
 
Estudo Bíblico 2 - A Criação
Estudo Bíblico 2 - A CriaçãoEstudo Bíblico 2 - A Criação
Estudo Bíblico 2 - A Criação
João Carlos
 
Vaso novo
Vaso novoVaso novo
Vaso novo
Ivan Monteiro
 
Tempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silva
Tempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silvaTempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silva
Tempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silva
Gildelanio Da Silva
 
8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio
8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio
8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio
Caroline Augusta
 
Propósitos bíblicos para o discipulado
Propósitos bíblicos para o discipuladoPropósitos bíblicos para o discipulado
Propósitos bíblicos para o discipulado
Joary Jossué Carlesso
 
Auto exame, por charles haddon spurgeon
Auto exame, por charles haddon spurgeonAuto exame, por charles haddon spurgeon
Auto exame, por charles haddon spurgeon
Deusdete Soares
 
A Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja Adventista
A Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja AdventistaA Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja Adventista
A Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja Adventista
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Teologia biblica do at princípios israel serique
Teologia biblica do at princípios israel seriqueTeologia biblica do at princípios israel serique
Teologia biblica do at princípios israel serique
Israel serique
 
Bom é estarmos aqui
Bom é estarmos aquiBom é estarmos aqui
Bom é estarmos aqui
IMQ
 
Tua presença é real - David Quinlan
Tua presença é real - David QuinlanTua presença é real - David Quinlan
Tua presença é real - David Quinlan
Ronier Corrêa
 
Estudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãO
Estudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãOEstudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãO
Estudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãO
guestd0fe75
 
Como dar estudos bíblicos 1
Como dar estudos bíblicos 1Como dar estudos bíblicos 1
Como dar estudos bíblicos 1
Leonardo Holanda E Silva
 
185152 grandes sermoes do mundo
185152 grandes sermoes do mundo185152 grandes sermoes do mundo
185152 grandes sermoes do mundo
Edilson Silva
 
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBARE
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBAREANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBARE
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBARE
Coop. Fabio Silva
 
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monteApresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
João Eduardo
 
Jesus em tua presença
Jesus em tua presençaJesus em tua presença
Jesus em tua presença
Ivan Monteiro
 

Destaque (20)

UII - 5 Principios Biblicos 2009
UII - 5 Principios Biblicos 2009UII - 5 Principios Biblicos 2009
UII - 5 Principios Biblicos 2009
 
Salmo 23 Show
Salmo 23 ShowSalmo 23 Show
Salmo 23 Show
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
 
27 O milenio e o fim do pecado
27 O milenio e o fim do pecado 27 O milenio e o fim do pecado
27 O milenio e o fim do pecado
 
Estudo Bíblico 2 - A Criação
Estudo Bíblico 2 - A CriaçãoEstudo Bíblico 2 - A Criação
Estudo Bíblico 2 - A Criação
 
Vaso novo
Vaso novoVaso novo
Vaso novo
 
Tempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silva
Tempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silvaTempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silva
Tempo na bíblia aula 3 geografia juvep prof. gil da silva
 
8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio
8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio
8320424 livro-cronologia-biblica-exata-2009-indalessio
 
Propósitos bíblicos para o discipulado
Propósitos bíblicos para o discipuladoPropósitos bíblicos para o discipulado
Propósitos bíblicos para o discipulado
 
Auto exame, por charles haddon spurgeon
Auto exame, por charles haddon spurgeonAuto exame, por charles haddon spurgeon
Auto exame, por charles haddon spurgeon
 
A Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja Adventista
A Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja AdventistaA Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja Adventista
A Origem do Mal - Ouvindo a Voz de Deus, Estudo Bíblico, Igreja Adventista
 
Teologia biblica do at princípios israel serique
Teologia biblica do at princípios israel seriqueTeologia biblica do at princípios israel serique
Teologia biblica do at princípios israel serique
 
Bom é estarmos aqui
Bom é estarmos aquiBom é estarmos aqui
Bom é estarmos aqui
 
Tua presença é real - David Quinlan
Tua presença é real - David QuinlanTua presença é real - David Quinlan
Tua presença é real - David Quinlan
 
Estudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãO
Estudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãOEstudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãO
Estudo BíBlico Ser E Fazer DiscíPulos, Eis A MissãO
 
Como dar estudos bíblicos 1
Como dar estudos bíblicos 1Como dar estudos bíblicos 1
Como dar estudos bíblicos 1
 
185152 grandes sermoes do mundo
185152 grandes sermoes do mundo185152 grandes sermoes do mundo
185152 grandes sermoes do mundo
 
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBARE
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBAREANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBARE
ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA - UNIDADE I - SETEBARE
 
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monteApresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
 
Jesus em tua presença
Jesus em tua presençaJesus em tua presença
Jesus em tua presença
 

Semelhante a O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro salmo 23

O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
elainegrazielle
 
Jesus, o pastor incomparavel
Jesus, o pastor incomparavelJesus, o pastor incomparavel
Jesus, o pastor incomparavel
Fernanda Rezende
 
Lição 3 - O supremo Bom Pastor
Lição 3 - O supremo Bom PastorLição 3 - O supremo Bom Pastor
Lição 3 - O supremo Bom Pastor
Éder Tomé
 
Leituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano ALeituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano A
José Lima
 
Jesus é o Bom Pastor
Jesus é o Bom PastorJesus é o Bom Pastor
Jesus é o Bom Pastor
ipisaobartolomeu
 
63 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)
63   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)63   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)
63 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)
Robson Tavares Fernandes
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
JNR
 
Slide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdf
Slide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdfSlide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdf
Slide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdf
PauloNeto762685
 
Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
Paulo Dias Nogueira
 
Seja Próspero
Seja PrósperoSeja Próspero
Seja Próspero
IBMemorialJC
 
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro - O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
Paulo Dias Nogueira
 
O Bom Pastor
O Bom PastorO Bom Pastor
O Bom Pastor
pr_afsalbergaria
 
Salmo 23 1
Salmo 23 1Salmo 23 1
Salmo 23 1
Mensagens Virtuais
 
Jesus o Bom Pastor João 10 11-18
Jesus o Bom Pastor   João 10 11-18Jesus o Bom Pastor   João 10 11-18
Jesus o Bom Pastor João 10 11-18
Paulo Dias Nogueira
 
Jeitodiferente Salmo23
Jeitodiferente Salmo23Jeitodiferente Salmo23
Jeitodiferente Salmo23
QSEJAETERNO
 
No final da audiência
No final da audiênciaNo final da audiência
No final da audiência
Antenor Antenor
 
O bom_pastor
O bom_pastorO bom_pastor
O bom_pastor
pr_afsalbergaria
 
O cuidado e a proteção de Deus em ação
O cuidado e a proteção de Deus em açãoO cuidado e a proteção de Deus em ação
O cuidado e a proteção de Deus em ação
Freekidstories
 

Semelhante a O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro salmo 23 (20)

O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)O senhor é meu pastor e hospedeiro   salmo 23 (2012)
O senhor é meu pastor e hospedeiro salmo 23 (2012)
 
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)Sermão   o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
Sermão o senhor é meu pastor e hospedeiro - salmo 23 (2012)
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
 
Jesus, o pastor incomparavel
Jesus, o pastor incomparavelJesus, o pastor incomparavel
Jesus, o pastor incomparavel
 
Lição 3 - O supremo Bom Pastor
Lição 3 - O supremo Bom PastorLição 3 - O supremo Bom Pastor
Lição 3 - O supremo Bom Pastor
 
Leituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano ALeituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 4° Domingo da Pascoa - Ano A
 
Jesus é o Bom Pastor
Jesus é o Bom PastorJesus é o Bom Pastor
Jesus é o Bom Pastor
 
63 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)
63   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)63   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)
63 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Salmos - parte 5)
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
 
Slide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdf
Slide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdfSlide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdf
Slide Jovens - Canal Descomp a Teologia - Lição 04.pdf
 
Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
 
Seja Próspero
Seja PrósperoSeja Próspero
Seja Próspero
 
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro - O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro -
 
O Bom Pastor
O Bom PastorO Bom Pastor
O Bom Pastor
 
Salmo 23 1
Salmo 23 1Salmo 23 1
Salmo 23 1
 
Jesus o Bom Pastor João 10 11-18
Jesus o Bom Pastor   João 10 11-18Jesus o Bom Pastor   João 10 11-18
Jesus o Bom Pastor João 10 11-18
 
Jeitodiferente Salmo23
Jeitodiferente Salmo23Jeitodiferente Salmo23
Jeitodiferente Salmo23
 
No final da audiência
No final da audiênciaNo final da audiência
No final da audiência
 
O bom_pastor
O bom_pastorO bom_pastor
O bom_pastor
 
O cuidado e a proteção de Deus em ação
O cuidado e a proteção de Deus em açãoO cuidado e a proteção de Deus em ação
O cuidado e a proteção de Deus em ação
 

Mais de Paulo Dias Nogueira

Em Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraemEm Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraem
Paulo Dias Nogueira
 
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemploPlano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Paulo Dias Nogueira
 
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33 Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Paulo Dias Nogueira
 
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa CristãLiturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Paulo Dias Nogueira
 
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjosSERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
Paulo Dias Nogueira
 
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjosSERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
Paulo Dias Nogueira
 
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAMPOV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
Paulo Dias Nogueira
 
Gaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarteGaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarte
Paulo Dias Nogueira
 
Gaivota 183
Gaivota 183Gaivota 183
Gaivota 183
Paulo Dias Nogueira
 
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Paulo Dias Nogueira
 
Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão   pedro - um homem em busca de compromissoSermão   pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão
Sermão   ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermãoSermão   ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão
Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexãoSermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Paulo Dias Nogueira
 
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
Paulo Dias Nogueira
 
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermãoOuvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
Paulo Dias Nogueira
 

Mais de Paulo Dias Nogueira (20)

Em Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraemEm Jesus os opostos se atraem
Em Jesus os opostos se atraem
 
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemploPlano de Ação Pastoral - aula e exemplo
Plano de Ação Pastoral - aula e exemplo
 
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016Boletim Mensageiro - 05 06 2016
Boletim Mensageiro - 05 06 2016
 
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33 Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
Sermão - Não Temais... Sou Eu - Mt 14:22-33
 
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
Sermão - O maior Mandamento - Mt 22 34-40
 
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa CristãLiturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
Liturgia - Da Páscoa Judaica à Páscoa Cristã
 
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjosSERMÃO: Natal  - as mensagens dos anjos
SERMÃO: Natal - as mensagens dos anjos
 
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjosSERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
SERMÃO - Natal: as mensagens dos anjos
 
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAMPOV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
POV 2016 - Carta de orientação e ficha da CLAM
 
Gaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarteGaivota 183 encarte
Gaivota 183 encarte
 
Gaivota 183
Gaivota 183Gaivota 183
Gaivota 183
 
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
Liturgia - da páscoa judaica à páscoa cristã - grupo de comunhão do campos el...
 
Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015Apresentação do pov 2015
Apresentação do pov 2015
 
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão   pedro - um homem em busca de compromissoSermão   pedro - um homem em busca de compromisso
Sermão pedro - um homem em busca de compromisso
 
Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão
Sermão   ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermãoSermão   ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão
Sermão ouvir a deus ou aos homens - 2 cr 18 1-27 - sermão
 
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)Sermão   jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
Sermão jesus o bom pastor - joão 10 11-18 (2012)
 
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexãoSermão   jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
Sermão jesus nos chama ao compromisso - lucas 14 25-33 - reflexão
 
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17Sermão   eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
Sermão eliseu e a mulher sunamita - 2 reis 4 8-17
 
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)Sermão   conversão dos olhos mãos e pés -  atos 3 1-10 (sem texto)
Sermão conversão dos olhos mãos e pés - atos 3 1-10 (sem texto)
 
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermãoOuvir a deus ou aos homens   2 cr 18 1-27 - sermão
Ouvir a deus ou aos homens 2 cr 18 1-27 - sermão
 

Último

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 

Último (14)

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 

O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro salmo 23

  • 1. SERMÃO Catedral Metodista de Piracicaba, 25 de abril de 2010 Culto Vespertino
  • 2. INTRODUÇÃO CALENDÁRIO LITURGICO 4º Dom da Páscoa (Ano C). “ Domingo do Bom Pastor”
  • 3. INTRODUÇÃO LECIONÁRIO CRISTÃO Primeira – Atos 9.36-43 Segunda – Ap 7.9-17 Evangelho – João 10.22-30 Salmos – 23
  • 4. O Senhor é meu Pastor e Hospedeiro Catedral Metodista de Piracicaba, 25 de abril de 2010
  • 6. 1 O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
  • 7. 2 Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso;
  • 8. 3 refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.
  • 9. 4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque Tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.
  • 10. 5 Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda.
  • 11. 6 Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre
  • 13. Provavelmente um dos textos mais conhecidos da Bíblia... ... mesmo por pessoas que não são muito religiosas. Calendário E-mail Oração Estudo Souvenirs Sermão
  • 14. TIPO DO SALMO Confiança e Ação de Graças
  • 15. Apresenta Deus como: PASTOR HOSPEDEIRO E Portanto, o Salmo está dividido em 2 partes:
  • 16. 1 a Parte Versículos 1-4 (PASTOR) ... verdes pastos, águas tranqüilas, veredas da justiça, bordão, cajado e vale da sombra da morte. Todos símbolos pastoris
  • 17. ... mesa posta, unção da cabeça com óleo perfumado, cálice que transborda e casa do SENHOR . Lembrando o ato de hospedar. 2 a Parte Versículos 5-6 (HOSPEDEIRO)
  • 18. Os dos símbolos-eixo do salmo comunicam a mesma mensagem: PASTOR HOSPEDEIRO e
  • 19. Em Deus encontramos segurança e proteção... ... como quem esta sob os cuidados e a condução de um pastor ... ... ou, na perseguição, como salvos e acolhidos por um hospedeiro generoso.
  • 20. Em ambas as situações a mensagem principal é: “ TU ESTÁS COMIGO” Deus está conosco em toda e qualquer situação... Ele é nosso PASTOR e HOSPEDEIRO
  • 22. DEUS COMO PASTOR Antigamente, como hoje, haviam beduínos seminômades que circulavam pela estepe do deserto com seus rebanhos à procura de pastagem.
  • 23. DEUS COMO PASTOR Haviam dois períodos no ano, em que os rebanhos eram levados para pastar em altas montanhas (transumância). Na primavera e no verão.
  • 24. DEUS COMO PASTOR O Salmo tem como referência a transmigração da primavera. .Estamos em pleno deserto. O pastor é tudo para as ovelhas.
  • 25. DEUS COMO PASTOR GUIA : Conhece os caminhos. Sabe as distâncias até um oásis ou uma fonte. Sabe o tempo necessário para chegar lá.
  • 26. DEUS COMO PASTOR COMPANHEIRO DE DESTINO : Passa as mesmas necessidades que as ovelhas (fome, sede e perigos). Arrisca a própria vida.
  • 27. DEUS COMO PASTOR Ele cuida das ovelhas: das prenhes que caminham devagar das doentes que se retardam dos filhotes que podem se extraviar daquelas que se desviam Acompanha a cada uma conforme seu rítimo e necessidade.
  • 28. DEUS COMO HOSPEDEIRO A hospitalidade é uma virtude central em todo o Oriente Médio e na tradição dos filhos de Abraão: judeus, árabes, cristãos e muçulmanos.
  • 29. Especialmente forte era e é a hospitalidade entre os nômades e seminômades do deserto, por onde perambulavam os pastores. DEUS COMO HOSPEDEIRO
  • 30. DEUS COMO HOSPEDEIRO Antigamente existiam locais de refúgio: os templos e algumas cidades, escolhidas para este fim.
  • 31. Se alguém fosse perseguido, por qualquer pessoa e razão, tinha certeza de hospitalidade e segurança contra seus inimigos nestes lugares . DEUS COMO HOSPEDEIRO
  • 32. DEUS COMO HOSPEDEIRO A praxe com o hospede era: Oferecer-lhe água para beber e se lavar Ungir-lhe a cabeça com óleo perfumado Preparar uma mesa para a refeição Não deixar que o copo de vinho ficasse vazio
  • 33. Este salmo parece apresentar a história de alguém que fugindo de seus inimigos, encontra tudo isso junto a um hospedeiro. DEUS COMO HOSPEDEIRO Os inimigos por mais que queiram capturá-lo, não podem transgredir a LEI. Frustrados vão embora.
  • 34. comunicam a mesma mensagem: PASTOR HOSPEDEIRO e APLICAÇÃO PASTORAL
  • 35. Em Deus encontramos segurança e proteção... ... como quem esta sob os cuidados e a condução de um pastor ... ... ou, na perseguição, como salvos e acolhidos por um hospedeiro generoso.
  • 36. A mensagem principal é: “ TU ESTÁS COMIGO” Deus está conosco em toda e qualquer situação... Ele é nosso PASTOR e HOSPEDEIRO APLICAÇÃO PASTORAL
  • 37. APLICAÇÃO PASTORAL Estamos celebrando a PÁSCOA... 50 dias de festa relembrando o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário e sua vitória sobre a morte.
  • 38. Ele não só discursou sobre ser o BOM PASTOR que dá a vida pelas ovelhas... Ele levou isso às últimas conseqüências... MORRENDO NUMA CRUZ APLICAÇÃO PASTORAL
  • 45. MAS, Jesus o BOM PASTOR, por amor, se sacrificou por nós
  • 46. Para obedecer, basta seguí-lo. “ Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim ”