SlideShare uma empresa Scribd logo
HOMEOPATIA
           
             




        O que é ?  
        O que é ?
                        
                         
                              
                               
                            Dra. Priscila S. Faggiano   
                             Dra. Priscila S. Faggiano   
                                   
   Homeopatia é
         Homeopatia é
          

    sistema médico de tratamento
     sistema médico de tratamento
    concebido no início do século XIX
    concebido no início do século XIX
       (1810) pelo médico alemão 
        (1810) pelo médico alemão 
          Dr. Samuel Hahnemann 
           Dr. Samuel Hahnemann 

                              
                               
                              
Dr. Samuel Hahnemann  (1755 ­ 1843)
                  
Homeopatia é
     Homeopatia é
  prática reconhecida oficialmente
  prática reconhecida oficialmente
          no Brasil desde 1980,,
           no Brasil desde 1980
          sendo considerada uma 
           sendo considerada uma 
            especialidade médica   
             especialidade médica   
        
         
                                  
                                  
                   
Homeopatia é
        Homeopatia é
         

        uma opção de tratamento 
        uma opção de tratamento 
  dentro do sistema médico oficial
  dentro do sistema médico oficial
    (uma opção do paciente e de sua família)
    (uma opção do paciente e de sua família)
      e como tal deve ser respeitada
       e como tal deve ser respeitada


                            

                                                        
Homeopatia 
           Homeopatia 
            
              




             não é feita ao acaso 
              não é feita ao acaso 
          nem por simples intuição
           nem por simples intuição

 É método baseado em princípios
  É método baseado em princípios
   definidos e bem estabelecidos
    definidos e bem estabelecidos

                      
O que é saúde ?
       O que é saúde ?
        
          




                               
                
 Segundo a Organização Mundial de Saúde
  Segundo a Organização Mundial de Saúde


             Saúde é 
             Saúde é 
            bem­estar 
            bem­estar
             bem­estar 
             bem­estar
       físico
        físico
   psíquico (mental/emocional) 
    psíquico (mental/emocional) 
     psíquico (mental/emocional)
   social
    social
     espiritual (1998)
     espiritual (1998)
                                                   
                                                    
                          
Para o Yoga
                  Para o Yoga
                   
                     




                  Saúde é
                   Saúde é
                  integração
                  integração

    consigo mesmo
     consigo mesmo
    com os outros seres
     com os outros seres
    com o universo                     
     com o universo                   
                         
  Para a Homeopatia
            Para a Homeopatia

                  Saúde é
                  Saúde é
                  equilíbrio
                  equilíbrio

       que permite ao indivíduo     
       que permite ao indivíduo    
    atingir seus mais altos fins 
     atingir seus mais altos fins 
            nesta existência
             nesta existência
                                                   
                          

                                                    
 Equilíbrio de quê ?
          Equilíbrio de quê ?
           




                   
  Vitalismo
         Vitalismo
Doutrina filosófica que propõe
 Doutrina filosófica que propõe
      que a vida não pode ser 
       que a vida não pode ser 
         reduzida ou limitada 
          reduzida ou limitada 
      a reações físico­químicas
       a reações físico­químicas
                 
Segundo o Vitalismo
          Segundo o Vitalismo
           
            




   Os seres vivos são animados
   Os seres vivos são animados
     por um princípio vital  
      por um princípio vital
          ou força  vital
          ou força vital

        Esta energia vital é de natureza
        Esta energia vital é de natureza
              invisível e imaterial    
               invisível e imaterial    
                                                        
                                                         
                            
    Kirliangrafia
           
 No estado de saúde 
          No estado de saúde 
           (ou de equilíbrio) 
            (ou de equilíbrio) 
  
     a força vital regula e 
     a força vital regula e 
    coordena habilmente as 
    coordena habilmente as 
   funções do organismo
     funções do organismo
                    
                                         
                                            
No estado de doença
            No estado de doença

          é a força vital que sofre
           é a força vital que sofre
    primeiramente o desequilíbrio
     primeiramente o desequilíbrio
    e seu  descontrole  se manifesta
     e seu descontrole se manifesta
       no corpo físico ou psíquico
        no corpo físico ou psíquico
    por meio de sinais e sintomas
     por meio de sinais e sintomas
     (ex: dores, vômitos, pressão alta, 
      (ex: dores, vômitos, pressão alta, 
      depressão, insônia, ansiedade, etc) 
       depressão, insônia, ansiedade, etc) 
                                                                     
                                  
                                                                     
A cura pela     
    Homeopatia
          
O reequilíbrio energético
 O reequilíbrio energético

    O tratamento homeopático
    O tratamento homeopático
  
         busca reequilibrar 
         busca reequilibrar 
            nossa força vital
            nossa força vital

   Isto faz com que o organismo volte 
    Isto faz com que o organismo volte 
     a funcionar normalmente e com 
      a funcionar normalmente e com 
   que desapareçam sinais e sintomas  
  
    que desapareçam sinais e sintomas 
                    
   
           O ser integral
            O ser integral


  A Homeopatia considera o ser 
  A Homeopatia considera o ser 
        de forma única e indivisível
        de forma única e indivisível

   A Homeopatia trata o indivíduo
   A Homeopatia trata o indivíduo
   em sua totalidade, respeitando 
    em sua totalidade, respeitando 
     seus tempos e peculiaridades 
      seus tempos e peculiaridades 
                     
  A lei de semelhança
       A lei de semelhança

O tratamento homeopático
O tratamento homeopático
    baseia­se na lei de cura 
    baseia­se na lei de cura 
        pelos semelhantes
        pelos semelhantes

                
Baseado na observação
             Baseado na observação


          Hipócrates  (460­377 a.C)
          Hipócrates (460­377 a.C)
          Hipócrates 
          Hipócrates
            enuncia duas leis
             enuncia duas leis

 contraria contrariis curantur
  contraria contrariis curantur
       
        
    similia similibus curantur
     similia similibus curantur
                                                             
                                                              
                               
  contraria contrariis curantur
  contraria contrariis curantur
      (as queixas se aliviam através
       (as queixas se aliviam através
                  de seu oposto)
                   de seu oposto)


     similia similibus curantur
      similia similibus curantur
    (através do similar a doença se
     (através do similar a doença se
    desenvolve, e pelo uso do similar
     desenvolve, e pelo uso do similar
                a doença se cura)
                 a doença se cura)
                        
    O medicamento 
           dinamizado

 Os medicamentos homeopáticos
   são preparados de maneira 
              muito especial

                
A substância original 
                sofre sucessivas

                  diluições
                       e
                 sucussões

       até que não haja mais matéria 
      
           ponderável ou mensurável      
                      
Porém, 
  ainda existem partículas ou átomos 
         da substância original que, 
      quando agitados, liberam 
      quando agitados, liberam
                 energia

  Energia de natureza semelhante
  Energia
            à nossa energia vital
             à nossa
                                                        
                            
O medicamento homeopático em suas duas apresentações
                             glóbulos e gotas
                          
 Aplicabilidade

            
 PREVENÇÃO


      A Homeopatia procura manter
     o ser em estado de equilíbrio
      tornando­o menos propenso 
              a adoecer

                   
  TRATAMENTO

   A Homeopatia busca restabelecer
        a saúde plena do indivíduo, 
      respeitando as leis naturais do
         organismo e facilitando as 
       possibilidades de crescimento 
               e evolução do ser
                                                          
                             

                                                  
Pode e deve ser usada
 nos mais variados tipos de 
 doenças crônicas e agudas
       (físicas e mentais)

              
     
 
 A verdadeira Homeopatia
       pauta­se sempre 
        no princípio da 
          não­violência
            
  “A Homeopatia é o mais fino
   método que existe para tratar as
 pessoas de uma maneira econômica
        e seguindo os princípios da 
                não­violência. (...)
      O governo deve encorajar seu 
         emprego e favorecer o seu 
    desenvolvimento no nosso país.”

  
                Mahatma Gandhi
                   
“Nós devemos ser a mudança
     que desejamos ver no mundo”
                  
     

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A homeopatia e suas bases
A homeopatia e suas basesA homeopatia e suas bases
A homeopatia e suas bases
Homeopatia e Cia
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
Venturini Cláudio Luís
 
Formas farmaceuticas
Formas farmaceuticasFormas farmaceuticas
Homeopatia 2 teórica
Homeopatia   2 teóricaHomeopatia   2 teórica
Homeopatia 2 teórica
ilanaseixasladeia
 
A utilização da homeopatia associada a outras terapias
A utilização da homeopatia associada a outras terapiasA utilização da homeopatia associada a outras terapias
A utilização da homeopatia associada a outras terapias
Safia Naser
 
Introdução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnicaIntrodução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnica
kaiorochars
 
Farmacotécnica
FarmacotécnicaFarmacotécnica
Farmacotécnica
Julia Martins Ulhoa
 
Insumos Ativos e Inertes
Insumos Ativos e InertesInsumos Ativos e Inertes
Insumos Ativos e Inertes
Safia Naser
 
Fundamentos da Homeopatia
Fundamentos da HomeopatiaFundamentos da Homeopatia
Fundamentos da Homeopatia
PauloEdson22
 
Fatores acao farmacos
Fatores acao farmacosFatores acao farmacos
Fatores acao farmacos
decca2002
 
2ª aula origem e evolução da farmácia
2ª aula   origem e evolução da farmácia2ª aula   origem e evolução da farmácia
2ª aula origem e evolução da farmácia
Claudio Luis Venturini
 
Farmacologia Clínica dos MIPS
Farmacologia Clínica dos MIPSFarmacologia Clínica dos MIPS
Farmacologia Clínica dos MIPS
Tiago Sampaio
 
Fitoterapia
FitoterapiaFitoterapia
Fitoterapia
Cíntia Costa
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
Click Farma
 
Apostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à FarmáciaApostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à Farmácia
Herbert Cristian de Souza
 
FARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oral
FARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oralFARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oral
FARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oral
Renata Medeiros
 
Farmacia
FarmaciaFarmacia
Farmacia
Vilmar Barbosa
 
Atendente de Farmácia - Formas farmacêuticas
Atendente de Farmácia - Formas farmacêuticasAtendente de Farmácia - Formas farmacêuticas
Atendente de Farmácia - Formas farmacêuticas
Luis Antonio Cezar Junior
 
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas FarmacêuticasPES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
Farmacêutico Digital
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
Leonardo Souza
 

Mais procurados (20)

A homeopatia e suas bases
A homeopatia e suas basesA homeopatia e suas bases
A homeopatia e suas bases
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
 
Formas farmaceuticas
Formas farmaceuticasFormas farmaceuticas
Formas farmaceuticas
 
Homeopatia 2 teórica
Homeopatia   2 teóricaHomeopatia   2 teórica
Homeopatia 2 teórica
 
A utilização da homeopatia associada a outras terapias
A utilização da homeopatia associada a outras terapiasA utilização da homeopatia associada a outras terapias
A utilização da homeopatia associada a outras terapias
 
Introdução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnicaIntrodução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnica
 
Farmacotécnica
FarmacotécnicaFarmacotécnica
Farmacotécnica
 
Insumos Ativos e Inertes
Insumos Ativos e InertesInsumos Ativos e Inertes
Insumos Ativos e Inertes
 
Fundamentos da Homeopatia
Fundamentos da HomeopatiaFundamentos da Homeopatia
Fundamentos da Homeopatia
 
Fatores acao farmacos
Fatores acao farmacosFatores acao farmacos
Fatores acao farmacos
 
2ª aula origem e evolução da farmácia
2ª aula   origem e evolução da farmácia2ª aula   origem e evolução da farmácia
2ª aula origem e evolução da farmácia
 
Farmacologia Clínica dos MIPS
Farmacologia Clínica dos MIPSFarmacologia Clínica dos MIPS
Farmacologia Clínica dos MIPS
 
Fitoterapia
FitoterapiaFitoterapia
Fitoterapia
 
Formas farmacêuticas
Formas farmacêuticasFormas farmacêuticas
Formas farmacêuticas
 
Apostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à FarmáciaApostila Introdução à Farmácia
Apostila Introdução à Farmácia
 
FARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oral
FARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oralFARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oral
FARMACOTÉCNICA-Preparações líquidas de uso oral
 
Farmacia
FarmaciaFarmacia
Farmacia
 
Atendente de Farmácia - Formas farmacêuticas
Atendente de Farmácia - Formas farmacêuticasAtendente de Farmácia - Formas farmacêuticas
Atendente de Farmácia - Formas farmacêuticas
 
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas FarmacêuticasPES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
PES 2.0 Dispensação de Medicamentos e Formas Farmacêuticas
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
 

Destaque

Medicina homepática
Medicina homepáticaMedicina homepática
Medicina homepática
David Guetta
 
Homeopatia
HomeopatiaHomeopatia
Homeopatia
mrta590
 
Medicamentos homeopaticos
Medicamentos homeopaticosMedicamentos homeopaticos
Medicamentos homeopaticos
Hilda Arce
 
Metodos de preparo e calculos homeopaticos
Metodos de preparo e calculos homeopaticosMetodos de preparo e calculos homeopaticos
Metodos de preparo e calculos homeopaticos
Priscilla Mota
 
Palestra homeopatia
Palestra homeopatiaPalestra homeopatia
Palestra homeopatia
Leonora Mello
 
Apresentação homeopatia 2014
Apresentação homeopatia 2014Apresentação homeopatia 2014
Apresentação homeopatia 2014
AntonioRamos74
 
Medicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo Egisto
Medicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo EgistoMedicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo Egisto
Medicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo Egisto
Eduardo Egisto
 
História da homeopatia
História da homeopatiaHistória da homeopatia
História da homeopatia
Rinaldo Ferreira
 
introdução a homeopatia na odontologia
introdução a  homeopatia na odontologiaintrodução a  homeopatia na odontologia
introdução a homeopatia na odontologia
Kulik Marco Antonio
 
A homeopatia: algumas definições e diferenciações
A homeopatia: algumas definições e diferenciaçõesA homeopatia: algumas definições e diferenciações
A homeopatia: algumas definições e diferenciações
Homeopatia e Cia
 
Apresentação agrohomeopatia 112010
Apresentação  agrohomeopatia 112010Apresentação  agrohomeopatia 112010
Apresentação agrohomeopatia 112010
scagroecologia
 
Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)
equipeveterinariafv
 
Homeopatia em Odontologia - COUT 2014
Homeopatia em Odontologia - COUT 2014Homeopatia em Odontologia - COUT 2014
Homeopatia em Odontologia - COUT 2014
Kulik Marco Antonio
 
1ª aula teorica história 2015.2
1ª aula teorica    história 2015.21ª aula teorica    história 2015.2
1ª aula teorica história 2015.2
ramonfarma
 
Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015
Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015
Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015
Louis Cady, MD
 
A homeopatia
A homeopatiaA homeopatia
Cursos de bonsai portugues
Cursos de bonsai   portuguesCursos de bonsai   portugues
Cursos de bonsai portugues
Okutagawa
 
Manual do-bonsai
Manual do-bonsaiManual do-bonsai
Manual do-bonsai
Cavaleiro Branco
 
Apresentação curso bonsai
Apresentação curso bonsaiApresentação curso bonsai
Apresentação curso bonsai
Ricardo Barros
 
Manual agrohomeopatia
Manual agrohomeopatiaManual agrohomeopatia
Manual agrohomeopatia
Silvia Quezada
 

Destaque (20)

Medicina homepática
Medicina homepáticaMedicina homepática
Medicina homepática
 
Homeopatia
HomeopatiaHomeopatia
Homeopatia
 
Medicamentos homeopaticos
Medicamentos homeopaticosMedicamentos homeopaticos
Medicamentos homeopaticos
 
Metodos de preparo e calculos homeopaticos
Metodos de preparo e calculos homeopaticosMetodos de preparo e calculos homeopaticos
Metodos de preparo e calculos homeopaticos
 
Palestra homeopatia
Palestra homeopatiaPalestra homeopatia
Palestra homeopatia
 
Apresentação homeopatia 2014
Apresentação homeopatia 2014Apresentação homeopatia 2014
Apresentação homeopatia 2014
 
Medicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo Egisto
Medicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo EgistoMedicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo Egisto
Medicamentos Homeopaticos de A a Z por Eduardo Egisto
 
História da homeopatia
História da homeopatiaHistória da homeopatia
História da homeopatia
 
introdução a homeopatia na odontologia
introdução a  homeopatia na odontologiaintrodução a  homeopatia na odontologia
introdução a homeopatia na odontologia
 
A homeopatia: algumas definições e diferenciações
A homeopatia: algumas definições e diferenciaçõesA homeopatia: algumas definições e diferenciações
A homeopatia: algumas definições e diferenciações
 
Apresentação agrohomeopatia 112010
Apresentação  agrohomeopatia 112010Apresentação  agrohomeopatia 112010
Apresentação agrohomeopatia 112010
 
Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)Homeopatia veterinária (slides)
Homeopatia veterinária (slides)
 
Homeopatia em Odontologia - COUT 2014
Homeopatia em Odontologia - COUT 2014Homeopatia em Odontologia - COUT 2014
Homeopatia em Odontologia - COUT 2014
 
1ª aula teorica história 2015.2
1ª aula teorica    história 2015.21ª aula teorica    história 2015.2
1ª aula teorica história 2015.2
 
Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015
Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015
Como fazer a transição de Allopathic à Prática Integrada - IMMH Brasil 2015
 
A homeopatia
A homeopatiaA homeopatia
A homeopatia
 
Cursos de bonsai portugues
Cursos de bonsai   portuguesCursos de bonsai   portugues
Cursos de bonsai portugues
 
Manual do-bonsai
Manual do-bonsaiManual do-bonsai
Manual do-bonsai
 
Apresentação curso bonsai
Apresentação curso bonsaiApresentação curso bonsai
Apresentação curso bonsai
 
Manual agrohomeopatia
Manual agrohomeopatiaManual agrohomeopatia
Manual agrohomeopatia
 

Semelhante a O que é Homeopatia

Wing chun
Wing chun Wing chun
Wing chun
Leonora Mello
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativas
stcnsaidjv
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativas
stcnsaidjv
 
( Espiritismo) # - gilson freire - homeopatia e espiritismo
( Espiritismo)   # - gilson freire - homeopatia e espiritismo( Espiritismo)   # - gilson freire - homeopatia e espiritismo
( Espiritismo) # - gilson freire - homeopatia e espiritismo
Roberto Mac
 
Medicinas Alternativas
Medicinas AlternativasMedicinas Alternativas
Medicinas Alternativas
complementoindirecto
 
Autocuidado, alimentação e saúde integrais
Autocuidado, alimentação e saúde integraisAutocuidado, alimentação e saúde integrais
Autocuidado, alimentação e saúde integrais
Sandro Friedland
 
A homeopatia: uma ideia geral sobre ela
A homeopatia: uma ideia geral sobre elaA homeopatia: uma ideia geral sobre ela
A homeopatia: uma ideia geral sobre ela
Homeopatia e Cia
 
aula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptx
aula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptxaula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptx
aula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptx
AndriellyFernandadeS
 
1 - Introdução à Homeopatia.pptx
1 - Introdução à Homeopatia.pptx1 - Introdução à Homeopatia.pptx
1 - Introdução à Homeopatia.pptx
LciaPaulaSchelbauerB
 
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
sedis-suporte
 
Aula 1 introdução a psicologia (vitor)
Aula 1   introdução a psicologia (vitor)Aula 1   introdução a psicologia (vitor)
Aula 1 introdução a psicologia (vitor)
José Vitor Alves
 
A medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismoA medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismo
Francisco de Assis Alencar
 
aula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptxaula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptx
BeneditoMarcioJuninh
 
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
sedis-suporte
 
47 terapias energáticas (alternativas)
47 terapias energáticas (alternativas)47 terapias energáticas (alternativas)
47 terapias energáticas (alternativas)
Antonio SSantos
 
Estudo da Homeopatia.pptx
Estudo da Homeopatia.pptxEstudo da Homeopatia.pptx
Estudo da Homeopatia.pptx
reginabernardo4
 
Saude integral
Saude integralSaude integral
Saude integral
Andre Luiz Campos
 
Medicina E Espiritismo
Medicina E EspiritismoMedicina E Espiritismo
Medicina E Espiritismo
Grupo Espírita Cristão
 
Homeopatia Escolas Energéticas
Homeopatia Escolas EnergéticasHomeopatia Escolas Energéticas
Homeopatia Escolas Energéticas
Eduardo Egisto
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
siaromjo
 

Semelhante a O que é Homeopatia (20)

Wing chun
Wing chun Wing chun
Wing chun
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativas
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativas
 
( Espiritismo) # - gilson freire - homeopatia e espiritismo
( Espiritismo)   # - gilson freire - homeopatia e espiritismo( Espiritismo)   # - gilson freire - homeopatia e espiritismo
( Espiritismo) # - gilson freire - homeopatia e espiritismo
 
Medicinas Alternativas
Medicinas AlternativasMedicinas Alternativas
Medicinas Alternativas
 
Autocuidado, alimentação e saúde integrais
Autocuidado, alimentação e saúde integraisAutocuidado, alimentação e saúde integrais
Autocuidado, alimentação e saúde integrais
 
A homeopatia: uma ideia geral sobre ela
A homeopatia: uma ideia geral sobre elaA homeopatia: uma ideia geral sobre ela
A homeopatia: uma ideia geral sobre ela
 
aula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptx
aula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptxaula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptx
aula1-introduoapsicologiavitor-150312140502-conversion-gate01.pptx
 
1 - Introdução à Homeopatia.pptx
1 - Introdução à Homeopatia.pptx1 - Introdução à Homeopatia.pptx
1 - Introdução à Homeopatia.pptx
 
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
C1 e1 ppt_emprego_de_plantas_medicinais (1)
 
Aula 1 introdução a psicologia (vitor)
Aula 1   introdução a psicologia (vitor)Aula 1   introdução a psicologia (vitor)
Aula 1 introdução a psicologia (vitor)
 
A medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismoA medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismo
 
aula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptxaula 3 farmacia e profissão.pptx
aula 3 farmacia e profissão.pptx
 
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
Ppt etapa 1 emprego_de_plantas_medicinais_nos_sistemas_medicos_v16_10042017
 
47 terapias energáticas (alternativas)
47 terapias energáticas (alternativas)47 terapias energáticas (alternativas)
47 terapias energáticas (alternativas)
 
Estudo da Homeopatia.pptx
Estudo da Homeopatia.pptxEstudo da Homeopatia.pptx
Estudo da Homeopatia.pptx
 
Saude integral
Saude integralSaude integral
Saude integral
 
Medicina E Espiritismo
Medicina E EspiritismoMedicina E Espiritismo
Medicina E Espiritismo
 
Homeopatia Escolas Energéticas
Homeopatia Escolas EnergéticasHomeopatia Escolas Energéticas
Homeopatia Escolas Energéticas
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
 

O que é Homeopatia

  • 1. HOMEOPATIA                     O que é ?   O que é ?                                                                                                                                             Dra. Priscila S. Faggiano                                Dra. Priscila S. Faggiano       
  • 2.    Homeopatia é Homeopatia é     sistema médico de tratamento sistema médico de tratamento     concebido no início do século XIX concebido no início do século XIX        (1810) pelo médico alemão         (1810) pelo médico alemão    Dr. Samuel Hahnemann    Dr. Samuel Hahnemann                                                                   
  • 4. Homeopatia é Homeopatia é   prática reconhecida oficialmente prática reconhecida oficialmente           no Brasil desde 1980,,           no Brasil desde 1980           sendo considerada uma            sendo considerada uma              especialidade médica                especialidade médica                                                                                               
  • 5. Homeopatia é Homeopatia é        uma opção de tratamento  uma opção de tratamento    dentro do sistema médico oficial dentro do sistema médico oficial     (uma opção do paciente e de sua família)    (uma opção do paciente e de sua família)       e como tal deve ser respeitada       e como tal deve ser respeitada                                                             
  • 6. Homeopatia  Homeopatia                         não é feita ao acaso               não é feita ao acaso            nem por simples intuição           nem por simples intuição É método baseado em princípios   É método baseado em princípios    definidos e bem estabelecidos    definidos e bem estabelecidos    
  • 7. O que é saúde ? O que é saúde ?                                            
  • 8.  Segundo a Organização Mundial de Saúde  Segundo a Organização Mundial de Saúde   Saúde é  Saúde é              bem­estar              bem­estar bem­estar  bem­estar   físico físico    psíquico (mental/emocional)     psíquico (mental/emocional)  psíquico (mental/emocional)    social    social   espiritual (1998) espiritual (1998)                                                                                                            
  • 9. Para o Yoga Para o Yoga                                       Saúde é                   Saúde é integração integração     consigo mesmo     consigo mesmo     com os outros seres     com os outros seres     com o universo                          com o universo                       
  • 10.   Para a Homeopatia   Para a Homeopatia   Saúde é Saúde é   equilíbrio equilíbrio   que permite ao indivíduo      que permite ao indivíduo         atingir seus mais altos fins      atingir seus mais altos fins              nesta existência             nesta existência                                                                                                            
  • 11.  Equilíbrio de quê ?       Equilíbrio de quê ?          
  • 12.   Vitalismo Vitalismo Doutrina filosófica que propõe Doutrina filosófica que propõe       que a vida não pode ser        que a vida não pode ser           reduzida ou limitada           reduzida ou limitada        a reações físico­químicas       a reações físico­químicas    
  • 13. Segundo o Vitalismo Segundo o Vitalismo           Os seres vivos são animados Os seres vivos são animados    por um princípio vital   por um princípio vital ou força  vital ou força vital   Esta energia vital é de natureza Esta energia vital é de natureza               invisível e imaterial                   invisível e imaterial                                                                                                                          
  • 14.   Kirliangrafia  
  • 15.  No estado de saúde   No estado de saúde   (ou de equilíbrio)   (ou de equilíbrio)     a força vital regula e  a força vital regula e    coordena habilmente as    coordena habilmente as     funções do organismo funções do organismo    
  • 16.                                                 
  • 17. No estado de doença No estado de doença   é a força vital que sofre   é a força vital que sofre     primeiramente o desequilíbrio     primeiramente o desequilíbrio     e seu  descontrole  se manifesta     e seu descontrole se manifesta        no corpo físico ou psíquico        no corpo físico ou psíquico     por meio de sinais e sintomas     por meio de sinais e sintomas      (ex: dores, vômitos, pressão alta,       (ex: dores, vômitos, pressão alta,        depressão, insônia, ansiedade, etc)        depressão, insônia, ansiedade, etc)                                                                                                                                                
  • 18. A cura pela      Homeopatia    
  • 19. O reequilíbrio energético O reequilíbrio energético O tratamento homeopático O tratamento homeopático         busca reequilibrar  busca reequilibrar    nossa força vital nossa força vital Isto faz com que o organismo volte  Isto faz com que o organismo volte       a funcionar normalmente e com       a funcionar normalmente e com     que desapareçam sinais e sintomas     que desapareçam sinais e sintomas   
  • 20.         O ser integral   O ser integral   A Homeopatia considera o ser  A Homeopatia considera o ser    de forma única e indivisível de forma única e indivisível A Homeopatia trata o indivíduo A Homeopatia trata o indivíduo    em sua totalidade, respeitando     em sua totalidade, respeitando       seus tempos e peculiaridades       seus tempos e peculiaridades     
  • 21.   A lei de semelhança A lei de semelhança O tratamento homeopático O tratamento homeopático     baseia­se na lei de cura      baseia­se na lei de cura          pelos semelhantes         pelos semelhantes    
  • 22. Baseado na observação   Baseado na observação Hipócrates  (460­377 a.C)   Hipócrates (460­377 a.C) Hipócrates  Hipócrates             enuncia duas leis             enuncia duas leis contraria contrariis curantur   contraria contrariis curantur                 similia similibus curantur   similia similibus curantur                                                                                                                                
  • 23.   contraria contrariis curantur contraria contrariis curantur    (as queixas se aliviam através    (as queixas se aliviam através                   de seu oposto)                   de seu oposto)   similia similibus curantur   similia similibus curantur     (através do similar a doença se     (através do similar a doença se     desenvolve, e pelo uso do similar     desenvolve, e pelo uso do similar                 a doença se cura)                 a doença se cura)    
  • 24.   O medicamento  dinamizado  Os medicamentos homeopáticos    são preparados de maneira                muito especial    
  • 25. A substância original                 sofre sucessivas  diluições  e                  sucussões        até que não haja mais matéria                    ponderável ou mensurável          
  • 26. Porém,    ainda existem partículas ou átomos           da substância original que,        quando agitados, liberam  quando agitados, liberam                  energia   Energia de natureza semelhante Energia             à nossa energia vital à nossa                                                             
  • 29.  PREVENÇÃO  A Homeopatia procura manter      o ser em estado de equilíbrio       tornando­o menos propenso    a adoecer    
  • 32.    
  • 35. “Nós devemos ser a mudança  que desejamos ver no mundo”    
  • 36.