SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Doutrinas
  Bíblicas

Os fundamentos
  da fé cristã
O pecado e suas consequências

           Lição 6
Textos Bíblicos

E o Senhor Deus ordenou ao homem: "Coma
livremente de qualquer árvore do jardim,
mas não coma da árvore do conhecimento do
bem e do mal, porque no dia em que dela
comer,    certamente   você    morrerá".
Gênesis 2:16-17
Textos Bíblicos – Gênesis 3

O Senhor Deus perguntou então à mulher:

"Que foi que você fez? " Respondeu a mulher:

"A serpente me enganou, e eu comi".

Gênesis 3:13
Mensagem Valiosa

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o
dom gratuito de Deus é a vida eterna, por
Cristo Jesus, nosso Senhor”.

                               Romanos 6.23
Verdade Aplicada




O pecado sempre traz consequências ruins, mas
a obediência a Deus resulta em vida eterna.
Definição da palavra “pecado”

                Origina-se do grego
                “harmatia” que
                sugere:
                – Errar o alvo;

                – Desviar-se do rumo;
Introdução
Quando Deus criou o homem e o colocou no
jardim do Éden, tudo era bom. O homem
desfrutava de um relacionamento pessoal e
íntimo com o Criador.
Deus dotou o homem com muitos atributos entre
eles o livre-arbítrio, o direito de escolher as
próprias decisões.
Não há amor genuíno e obediência sem o direito
de escolha, e Deus deu isso ao homem.


Mas mesmo naquele cenário maravilhoso Adão e
Eva fizeram uma escolha trágica, enganados pela
serpente desobedeceram a Deus, pecando e
trazendo consequencias para si próprios e para
toda a humanidade.
1. O que é pecado?

São todas as ações que desagradam a Deus e
confrontam com a Sua Palavra.
Também são usados outros termos como:
– Rebelar-se ou passar dos limites estabelecidos;

– Fazer algo que causa dano, tristeza ou dor;

– Criar uma cilada para uma pessoa cair;

– Se deixar seduzir por coisas erradas;

– Se opor à justiça;

– Errar.
Você não encontrará na Bíblia, uma relação do
que é pecado e o que não é, seria uma lista
interminável. Por isso ela apresenta vários
conceitos sobre o pecado para sua auto-
avaliação. Somos capazes de discernir entre o
certo e o errado.
Nunca podemos esquecer que toda escolha
tem uma consequência boa ou má e, ainda,
que daremos conta a Deus de todas elas.


                         “Não erreis: Deus não se
                         deixa escarnecer; porque
                         tudo o que o homem
                         semear,     isso    também
                         ceifará. ” Gálatas 6:7
Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e recreie-
se o teu coração nos dias da tua mocidade, e
anda pelos caminhos do teu coração, e pela
vista dos teus olhos; sabe, porém, que por
todas estas coisas te trará Deus a juízo.
Eclesiastes 11:9
2. A origem do pecado

Segundo estudiosos da Bíblia, o primeiro
pecado foi cometido no céu, quando houve a
rebelião de anjos liderada por Lúcifer.

Há também consenso de que a origem do
pecado humano foi a terrível escolha de Adão
e Eva no jardim do Éden.
Na tentação do homem e da mulher
percebemos o seguinte processo:
I.   Insinuação que Deus era demasiado severo;

II. Dúvida quanto ao perigo de comer o fruto;

III. E, finalmente, o tentador acusou Deus de ser
     egoísta.
Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo
que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que
Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?

E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim
comeremos, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim,
disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não
morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não
morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se
abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o
mal. Gênesis 3:1-5
O propósito de Deus ao proibir o fruto
consistia em testar a fidelidade do homem.

O perigo habita naquilo que não podemos
tocar.

Não é pecado ser tentado, mas é errado ceder
à tentação.
Foge também das paixões da mocidade; e
segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os
que, com um coração puro, invocam o
Senhor. 2 Timóteo 2:22


Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao
diabo, e ele fugirá de vocês. Tiago 4:7
3. As terríveis consequências do
pecado
 Ao ceder à voz de Satanás, o homem escolhia
 agradar   a      si   mesmo,   desobedecendo
 deliberadamente a Deus. Esse primeiro
 pecado trouxe consequências terríveis, das
 quais citamos:
• Adão e Eva conheceram pessoalmente o mal:
 “seus olhos foram abertos”, Gn 3.7
• A comunhão e a amizade com Deus foram
 interrompidas e fugiram de sua presença, o que
 chamamos de morte espiritual. “mas não coma
 da árvore do conhecimento do bem e do mal,
 porque no dia em que dela comer, certamente
 você morrerá". Gênesis 2:17
• O homem deixou de ser inocente, tendo uma
 natureza corrompida, sua mente ficou suja e
 passou a ter vergonha do próprio corpo. Gn
 3.10.

• Adão quis culpar a Deus pela companheira
 que Ele havia lhe dado. Gn 3.12
O pecado trouxe consequências individuais e
coletivas que se estendeu até nós.



As   principais   consequências      do   pecado
original são a morte (Rm 6.23) e o
afastamento de Deus (Rm 3.23)
"Não pecamos contra um mandamento; pecamos
contra uma pessoa. O pecado não é uma ofensa
contra a justiça; o pecado é uma ofensa contra
uma    alma   vivente.   O   pecado    mata      os
relacionamentos. Não há remédio capaz de
trazer os mortos à vida. A única maneira de
tratar com o pecado é pela ressurreição. O
perdão é ressurreição, vida dentre os mortos.“
                                Eugene Peterson.
Lembre-se:
Concluindo
O pecado não conseguiu retirar do homem a imagem de Deus, mas a
deturpou e os fez violentos, imorais e corruptos. O pecado faz com
que o homem se desvie dos prooósitos de Deus e perca sua
companhia. O que fez por Adão, faz por todos nós. Ele ainda está
procurando o pecador e dizendo “onde estás?”. Sua misericórdia é
infinita e seu amor incomparável. Assim como Ele vestiu Adçao,
enviou seu Filho Jesus, para que tenhamos uma nova roupagem
espiritual. Desde o início Deus já tinha um plano para a redenção da
humanidade.
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel
e justo para perdoar os nossos pecados e nos
purificar de toda injustiça. 1 João 1:9

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
Joselito Machado
 

Mais procurados (20)

Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
 
3 libertação e quebra de maldições
3   libertação e quebra de maldições3   libertação e quebra de maldições
3 libertação e quebra de maldições
 
Cura e libertação
Cura e libertaçãoCura e libertação
Cura e libertação
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 
O Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito SantoO Fruto do Espírito Santo
O Fruto do Espírito Santo
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
 
Três campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritualTrês campos de batalha espiritual
Três campos de batalha espiritual
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
Apostila completa seminario de cura e libertacao (1)
Apostila completa seminario de cura e libertacao (1)Apostila completa seminario de cura e libertacao (1)
Apostila completa seminario de cura e libertacao (1)
 
Fruto do Espírito
Fruto do EspíritoFruto do Espírito
Fruto do Espírito
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 
A realidade do inferno.
A realidade do inferno.A realidade do inferno.
A realidade do inferno.
 
Armadura Celestial no Tempo do Fim
Armadura Celestial no Tempo do FimArmadura Celestial no Tempo do Fim
Armadura Celestial no Tempo do Fim
 
A santa cei apub
A santa cei apubA santa cei apub
A santa cei apub
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
 

Semelhante a O pecado e suas consequências - Lição 6

@Lição 04 o pecado
@Lição 04   o pecado@Lição 04   o pecado
@Lição 04 o pecado
ajcm3110
 
As consequências da depravação humana por arthur walkington pink
As consequências da depravação humana   por arthur walkington pinkAs consequências da depravação humana   por arthur walkington pink
As consequências da depravação humana por arthur walkington pink
deusdetdfsoares
 
Salvação e arrependimento
Salvação e arrependimentoSalvação e arrependimento
Salvação e arrependimento
Joselito Machado
 

Semelhante a O pecado e suas consequências - Lição 6 (20)

1.1.2 plano da salvacao
1.1.2 plano da salvacao1.1.2 plano da salvacao
1.1.2 plano da salvacao
 
@Lição 04 o pecado
@Lição 04   o pecado@Lição 04   o pecado
@Lição 04 o pecado
 
Lição 4 a queda da raça humana
Lição 4   a queda da raça humanaLição 4   a queda da raça humana
Lição 4 a queda da raça humana
 
Pecado: Uma rota errada e suas consequências
Pecado: Uma rota errada e suas consequênciasPecado: Uma rota errada e suas consequências
Pecado: Uma rota errada e suas consequências
 
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere VidaLição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
 
1 a salvação 1_2012
1 a salvação 1_20121 a salvação 1_2012
1 a salvação 1_2012
 
O Problema do Sofrimento - Perspectiva Bíblica
O Problema do Sofrimento - Perspectiva BíblicaO Problema do Sofrimento - Perspectiva Bíblica
O Problema do Sofrimento - Perspectiva Bíblica
 
Pecado [texto]
Pecado [texto]Pecado [texto]
Pecado [texto]
 
A queda do homem
A queda do homemA queda do homem
A queda do homem
 
As consequências da depravação humana por arthur walkington pink
As consequências da depravação humana   por arthur walkington pinkAs consequências da depravação humana   por arthur walkington pink
As consequências da depravação humana por arthur walkington pink
 
1 verdade
1  verdade1  verdade
1 verdade
 
1 verdade
1  verdade1  verdade
1 verdade
 
A Condição humana e espiritualidade cristã - Agostinho x Pelágio
A Condição humana e espiritualidade cristã - Agostinho x PelágioA Condição humana e espiritualidade cristã - Agostinho x Pelágio
A Condição humana e espiritualidade cristã - Agostinho x Pelágio
 
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
 
A Luta Contra o Pecado
A Luta Contra o PecadoA Luta Contra o Pecado
A Luta Contra o Pecado
 
Estudando plano salvacao
Estudando plano salvacaoEstudando plano salvacao
Estudando plano salvacao
 
Realidades da Nova Criação - Aula 2
Realidades da Nova Criação - Aula 2Realidades da Nova Criação - Aula 2
Realidades da Nova Criação - Aula 2
 
Salvação e arrependimento
Salvação e arrependimentoSalvação e arrependimento
Salvação e arrependimento
 
SalvaçãO E Vida Eterna Modulo 1
SalvaçãO E Vida Eterna Modulo 1SalvaçãO E Vida Eterna Modulo 1
SalvaçãO E Vida Eterna Modulo 1
 
As sete dispensações
As sete dispensaçõesAs sete dispensações
As sete dispensações
 

Mais de Quenia Damata

A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
Quenia Damata
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Quenia Damata
 

Mais de Quenia Damata (20)

Parabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora ZadeParabéns Pastora Zade
Parabéns Pastora Zade
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
 
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participaçãoDinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
Dinâmica do Quebra-Cabeça - Incentivar a união e participação
 
O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7O Homem e sua origem - lição 7
O Homem e sua origem - lição 7
 
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
Os seres angelicais - Lição 6 revista Juvenis (CPAD)
 
Lição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileusLição10: Ministrando aos galileus
Lição10: Ministrando aos galileus
 
As parábolas de Jesus
As parábolas de JesusAs parábolas de Jesus
As parábolas de Jesus
 
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto domésticoLição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
Lição 10: A necessidade e a urgência do culto doméstico
 
Lição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na JudeiaLição 9: Trabalhando na Judeia
Lição 9: Trabalhando na Judeia
 
A tentação de Jesus
A tentação de Jesus A tentação de Jesus
A tentação de Jesus
 
A história de João Batista
A história de João BatistaA história de João Batista
A história de João Batista
 
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitadoLição 3: Um exemplo a ser imitado
Lição 3: Um exemplo a ser imitado
 
Lição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de DeusLição 2: Os caminhos de Deus
Lição 2: Os caminhos de Deus
 
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPADTudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
Tudo tem o seu tempo - Lição 11 CPAD
 
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e EspíritoDinâmica: Corpo, Alma e Espírito
Dinâmica: Corpo, Alma e Espírito
 
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
Adolescentes Vencedores, Lição 08 : Antenados!
 
Você está podendo?
Você está podendo?Você está podendo?
Você está podendo?
 
Autoridade das Escrituras
Autoridade das EscriturasAutoridade das Escrituras
Autoridade das Escrituras
 
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem  manda em você?
Licao 04 - Adolescentes Vencedores: Quem manda em você?
 
O Natal em mangá
O Natal em mangáO Natal em mangá
O Natal em mangá
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (14)

Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 

O pecado e suas consequências - Lição 6

  • 1. Doutrinas Bíblicas Os fundamentos da fé cristã
  • 2. O pecado e suas consequências Lição 6
  • 3. Textos Bíblicos E o Senhor Deus ordenou ao homem: "Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá". Gênesis 2:16-17
  • 4. Textos Bíblicos – Gênesis 3 O Senhor Deus perguntou então à mulher: "Que foi que você fez? " Respondeu a mulher: "A serpente me enganou, e eu comi". Gênesis 3:13
  • 5. Mensagem Valiosa “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor”. Romanos 6.23
  • 6. Verdade Aplicada O pecado sempre traz consequências ruins, mas a obediência a Deus resulta em vida eterna.
  • 7. Definição da palavra “pecado” Origina-se do grego “harmatia” que sugere: – Errar o alvo; – Desviar-se do rumo;
  • 8. Introdução Quando Deus criou o homem e o colocou no jardim do Éden, tudo era bom. O homem desfrutava de um relacionamento pessoal e íntimo com o Criador. Deus dotou o homem com muitos atributos entre eles o livre-arbítrio, o direito de escolher as próprias decisões.
  • 9. Não há amor genuíno e obediência sem o direito de escolha, e Deus deu isso ao homem. Mas mesmo naquele cenário maravilhoso Adão e Eva fizeram uma escolha trágica, enganados pela serpente desobedeceram a Deus, pecando e trazendo consequencias para si próprios e para toda a humanidade.
  • 10. 1. O que é pecado? São todas as ações que desagradam a Deus e confrontam com a Sua Palavra.
  • 11. Também são usados outros termos como: – Rebelar-se ou passar dos limites estabelecidos; – Fazer algo que causa dano, tristeza ou dor; – Criar uma cilada para uma pessoa cair; – Se deixar seduzir por coisas erradas; – Se opor à justiça; – Errar.
  • 12. Você não encontrará na Bíblia, uma relação do que é pecado e o que não é, seria uma lista interminável. Por isso ela apresenta vários conceitos sobre o pecado para sua auto- avaliação. Somos capazes de discernir entre o certo e o errado.
  • 13. Nunca podemos esquecer que toda escolha tem uma consequência boa ou má e, ainda, que daremos conta a Deus de todas elas. “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. ” Gálatas 6:7
  • 14. Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e recreie- se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas estas coisas te trará Deus a juízo. Eclesiastes 11:9
  • 15. 2. A origem do pecado Segundo estudiosos da Bíblia, o primeiro pecado foi cometido no céu, quando houve a rebelião de anjos liderada por Lúcifer. Há também consenso de que a origem do pecado humano foi a terrível escolha de Adão e Eva no jardim do Éden.
  • 16. Na tentação do homem e da mulher percebemos o seguinte processo: I. Insinuação que Deus era demasiado severo; II. Dúvida quanto ao perigo de comer o fruto; III. E, finalmente, o tentador acusou Deus de ser egoísta.
  • 17. Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim? E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal. Gênesis 3:1-5
  • 18. O propósito de Deus ao proibir o fruto consistia em testar a fidelidade do homem. O perigo habita naquilo que não podemos tocar. Não é pecado ser tentado, mas é errado ceder à tentação.
  • 19. Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor. 2 Timóteo 2:22 Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês. Tiago 4:7
  • 20. 3. As terríveis consequências do pecado Ao ceder à voz de Satanás, o homem escolhia agradar a si mesmo, desobedecendo deliberadamente a Deus. Esse primeiro pecado trouxe consequências terríveis, das quais citamos:
  • 21. • Adão e Eva conheceram pessoalmente o mal: “seus olhos foram abertos”, Gn 3.7 • A comunhão e a amizade com Deus foram interrompidas e fugiram de sua presença, o que chamamos de morte espiritual. “mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá". Gênesis 2:17
  • 22. • O homem deixou de ser inocente, tendo uma natureza corrompida, sua mente ficou suja e passou a ter vergonha do próprio corpo. Gn 3.10. • Adão quis culpar a Deus pela companheira que Ele havia lhe dado. Gn 3.12
  • 23. O pecado trouxe consequências individuais e coletivas que se estendeu até nós. As principais consequências do pecado original são a morte (Rm 6.23) e o afastamento de Deus (Rm 3.23)
  • 24. "Não pecamos contra um mandamento; pecamos contra uma pessoa. O pecado não é uma ofensa contra a justiça; o pecado é uma ofensa contra uma alma vivente. O pecado mata os relacionamentos. Não há remédio capaz de trazer os mortos à vida. A única maneira de tratar com o pecado é pela ressurreição. O perdão é ressurreição, vida dentre os mortos.“ Eugene Peterson.
  • 26. Concluindo O pecado não conseguiu retirar do homem a imagem de Deus, mas a deturpou e os fez violentos, imorais e corruptos. O pecado faz com que o homem se desvie dos prooósitos de Deus e perca sua companhia. O que fez por Adão, faz por todos nós. Ele ainda está procurando o pecador e dizendo “onde estás?”. Sua misericórdia é infinita e seu amor incomparável. Assim como Ele vestiu Adçao, enviou seu Filho Jesus, para que tenhamos uma nova roupagem espiritual. Desde o início Deus já tinha um plano para a redenção da humanidade.
  • 27. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. 1 João 1:9