SlideShare uma empresa Scribd logo
PSICOLOGIA B 
TEMA 2 
EU: A MENTE E OS PROCESSOS MENTAIS 
CAPÍTULO 4 
MENTE, PENSAMENTO E IDENTIDADE 
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA 
VIDA QUOTIDIANA
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA 
A mente não processa informação como se fosse um 
computador. 
Ela cria significados, interpreta o mundo e os factos 
deste, elabora projetos, planeia ações e através da 
imaginação “cria novos mundos”.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA 
Esta criação de significados ou de sentido de que são 
exemplos as teorias científicas, filosóficas, 
psicológicas, morais, as leis do direito e as obras de 
arte, faz da mente humana mais do que um simples 
“habitante” do mundo. 
A mente é um sistema de construção do mundo. 
O protagonista desta “construção” será o pensamento 
entendido como operação mental que envolve os 
processos cognitivos que estudámos.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO. 
Pensamento 
Conjunto de atividades mentais que estão envolvidas 
na resolução de certos problemas, na realização de 
determinada tarefa ou na tentativa de realização de 
um dado objetivo. 
O pensamento é um conjunto de atos mentais 
orientado por um objetivo que é a resolução de 
problemas.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO. 
Resolução de problemas 
Procurar encontrar resposta para uma situação nova 
que suscita dificuldades de resolução porque é algo 
cuja solução não está disponível. 
Entre a situação problemática e a sua resolução está 
implicada a atividade do pensamento.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO. 
Resolução de problemas 
Ato em quatro fases 
1.Preparação 
Corresponde à fase do trabalho de recolha de dados. 
2. Incubação 
É a fase em o problema não nos absorve e parece não nos preocupar. 
3.Iluminação. 
Trata – se da fase em que se procura e se julga descobrir uma ou mais 
soluções para o problema. 
4. Verificação/Avaliação. 
Muitas vezes é necessário verificar se a solução pensada e imaginada resolve 
realmente o problema.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO. 
Resolução de problemas e tomada de decisões 
Antes de se resolver um problema há muitas vezes incertezas, várias 
tentativas de solução, hesitações na escolha da melhor opção mas temos 
de optar. Trata – se do processo de tomada de decisão. 
Este processo exige ponderação e uma certa paciência para que estejamos 
bem informados sobre a credibilidade das várias alternativas de 
explicação muitas vezes nos ocorrem para resolver um problema. 
Também é evidente que se uma pessoa mal informada tomará decisões 
duvidosas ou inaceitáveis, uma pessoa pouco motivado pelo problema 
tenderá de forma mais ou menos consciente a deliberar e decidir mal. 
Tomada a decisão passa – se à ação, isto é, à constituição dos meios que 
permitirão testar a solução proposta.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. 
Há problemas cuja resolução exige a aliança entre o 
pensamento e a memória. 
Outros mobilizam a nossa criatividade, ou seja, 
exigem a aliança entre pensamento e imaginação.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. 
A criatividade é a capacidade de desenvolver respostas 
originais, novas e apropriadas a um problema.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. 
O tipo de pensamento que está ligado à criatividade é 
o pensamento divergente.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. 
Pensamento divergente 
Processo mental que se desenvolve afastando-se de 
esquemas pré-estabelecidos ou de formas 
padronizadas de resolução de problemas. 
Mais do que a precisão lógico-dedutiva valorizam-se a 
intuição e a imaginação, a liberdade de experimentar 
hipóteses variadas de solução.
O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O 
PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. 
Pensamento convergente 
Processo mental de carácter essencialmente lógico-dedutivo 
que resolve problemas aplicando 
esquemas mentais já utilizados em situações 
semelhantes às que se colocam no momento. 
Considera-se o pensamento convergente como não-criativo. 
Contudo, o pensamento convergente pode ser um 
instrumento de aquisição de informação que será usada na 
procura criativa de uma solução.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cultura - Psicologia
Cultura - PsicologiaCultura - Psicologia
Cultura - Psicologia
Ana Felizardo
 
Processos Conativos
Processos ConativosProcessos Conativos
Processos Conativos
Jorge Barbosa
 
Psicologia-Genética
Psicologia-GenéticaPsicologia-Genética
Psicologia-Genética
norberto faria
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
home
 
Cérebro - psicologia 12ºano AR
Cérebro - psicologia 12ºano ARCérebro - psicologia 12ºano AR
Cérebro - psicologia 12ºano AR
Antónia Rocha
 
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologiaProblemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
davidaaduarte
 
Perceção e cultura
Perceção e culturaPerceção e cultura
Perceção e cultura
Luis De Sousa Rodrigues
 
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na CulturaMutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
gofontoura
 
Psicologia: cérebro
Psicologia: cérebroPsicologia: cérebro
Psicologia: cérebro
davidaaduarte
 
A aprendizagem
A aprendizagem A aprendizagem
A aprendizagem
Luis De Sousa Rodrigues
 
Psicologia: a cultura
Psicologia: a culturaPsicologia: a cultura
Psicologia: a cultura
davidaaduarte
 
Psicologia - A memória
Psicologia - A memóriaPsicologia - A memória
Psicologia - A memória
Olena Kolodiy
 
Psicologia - socialização
Psicologia - socializaçãoPsicologia - socialização
Psicologia - socialização
hana kitsune
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
norberto faria
 
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTEA DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
Vitor Manuel de Carvalho
 
Processos cognitivos1
Processos cognitivos1Processos cognitivos1
Processos cognitivos1
anamatos66
 
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANOSocialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Drew Mello
 
Processos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - ResumoProcessos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - Resumo
Jorge Barbosa
 
Freud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise IFreud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise I
Universidade Católica Portuguesa
 
Processos Mentais 2 - A Percepção
Processos Mentais 2 - A PercepçãoProcessos Mentais 2 - A Percepção
Processos Mentais 2 - A Percepção
Jorge Barbosa
 

Mais procurados (20)

Cultura - Psicologia
Cultura - PsicologiaCultura - Psicologia
Cultura - Psicologia
 
Processos Conativos
Processos ConativosProcessos Conativos
Processos Conativos
 
Psicologia-Genética
Psicologia-GenéticaPsicologia-Genética
Psicologia-Genética
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
 
Cérebro - psicologia 12ºano AR
Cérebro - psicologia 12ºano ARCérebro - psicologia 12ºano AR
Cérebro - psicologia 12ºano AR
 
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologiaProblemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
 
Perceção e cultura
Perceção e culturaPerceção e cultura
Perceção e cultura
 
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na CulturaMutações nos Comportamentos e na Cultura
Mutações nos Comportamentos e na Cultura
 
Psicologia: cérebro
Psicologia: cérebroPsicologia: cérebro
Psicologia: cérebro
 
A aprendizagem
A aprendizagem A aprendizagem
A aprendizagem
 
Psicologia: a cultura
Psicologia: a culturaPsicologia: a cultura
Psicologia: a cultura
 
Psicologia - A memória
Psicologia - A memóriaPsicologia - A memória
Psicologia - A memória
 
Psicologia - socialização
Psicologia - socializaçãoPsicologia - socialização
Psicologia - socialização
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
 
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTEA DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
 
Processos cognitivos1
Processos cognitivos1Processos cognitivos1
Processos cognitivos1
 
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANOSocialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
Socialização e cultura - SOCIOLOGIA 12º ANO
 
Processos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - ResumoProcessos Cognitivos - Resumo
Processos Cognitivos - Resumo
 
Freud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise IFreud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise I
 
Processos Mentais 2 - A Percepção
Processos Mentais 2 - A PercepçãoProcessos Mentais 2 - A Percepção
Processos Mentais 2 - A Percepção
 

Destaque

A dimensão biossociocultural da mente
A dimensão biossociocultural da menteA dimensão biossociocultural da mente
A dimensão biossociocultural da mente
Luis De Sousa Rodrigues
 
Conação
ConaçãoConação
Conação
Rolando Almeida
 
Psicologia b necessidade vs desejo
Psicologia b necessidade vs desejoPsicologia b necessidade vs desejo
Psicologia b necessidade vs desejo
Sara Sousa
 
Processos conativos
Processos conativosProcessos conativos
Processos conativos
HelioSoares5
 
Processos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosProcessos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos Conativos
Rolando Almeida
 
Resumo Psicologia 2º P
Resumo Psicologia 2º PResumo Psicologia 2º P
Resumo Psicologia 2º P
Jorge Barbosa
 
Freud.conceitos. doc
Freud.conceitos. docFreud.conceitos. doc
Freud.conceitos. doc
Universidade Católica Portuguesa
 
Objectivos.teste.3 12 b
Objectivos.teste.3 12 bObjectivos.teste.3 12 b
Objectivos.teste.3 12 b
Universidade Católica Portuguesa
 
Wunt.associacionismo
Wunt.associacionismoWunt.associacionismo
Wunt.associacionismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Fontes de Preconceito
Fontes de PreconceitoFontes de Preconceito
Fontes de Preconceito
Universidade Católica Portuguesa
 
Watson.conclusões
Watson.conclusõesWatson.conclusões
Ft.relações. interpessoais
Ft.relações. interpessoaisFt.relações. interpessoais
Ft.relações. interpessoais
Universidade Católica Portuguesa
 
Ficha de trabalho
Ficha de trabalho Ficha de trabalho
Freud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ipptFreud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ippt
Universidade Católica Portuguesa
 
Piaget Desenvolvimento
Piaget DesenvolvimentoPiaget Desenvolvimento
Piaget Desenvolvimento
Universidade Católica Portuguesa
 
Relações.interpessoais.agressão
Relações.interpessoais.agressãoRelações.interpessoais.agressão
Relações.interpessoais.agressão
Universidade Católica Portuguesa
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Piaget - construtivismo
Piaget - construtivismoPiaget - construtivismo
Piaget - construtivismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Relações interpessoais: Conformismo e Obediência
Relações interpessoais: Conformismo e ObediênciaRelações interpessoais: Conformismo e Obediência
Relações interpessoais: Conformismo e Obediência
Universidade Católica Portuguesa
 
Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)
Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)
Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)
Jorge Barbosa
 

Destaque (20)

A dimensão biossociocultural da mente
A dimensão biossociocultural da menteA dimensão biossociocultural da mente
A dimensão biossociocultural da mente
 
Conação
ConaçãoConação
Conação
 
Psicologia b necessidade vs desejo
Psicologia b necessidade vs desejoPsicologia b necessidade vs desejo
Psicologia b necessidade vs desejo
 
Processos conativos
Processos conativosProcessos conativos
Processos conativos
 
Processos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos ConativosProcessos Emocionais E Processos Conativos
Processos Emocionais E Processos Conativos
 
Resumo Psicologia 2º P
Resumo Psicologia 2º PResumo Psicologia 2º P
Resumo Psicologia 2º P
 
Freud.conceitos. doc
Freud.conceitos. docFreud.conceitos. doc
Freud.conceitos. doc
 
Objectivos.teste.3 12 b
Objectivos.teste.3 12 bObjectivos.teste.3 12 b
Objectivos.teste.3 12 b
 
Wunt.associacionismo
Wunt.associacionismoWunt.associacionismo
Wunt.associacionismo
 
Fontes de Preconceito
Fontes de PreconceitoFontes de Preconceito
Fontes de Preconceito
 
Watson.conclusões
Watson.conclusõesWatson.conclusões
Watson.conclusões
 
Ft.relações. interpessoais
Ft.relações. interpessoaisFt.relações. interpessoais
Ft.relações. interpessoais
 
Ficha de trabalho
Ficha de trabalho Ficha de trabalho
Ficha de trabalho
 
Freud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ipptFreud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ippt
 
Piaget Desenvolvimento
Piaget DesenvolvimentoPiaget Desenvolvimento
Piaget Desenvolvimento
 
Relações.interpessoais.agressão
Relações.interpessoais.agressãoRelações.interpessoais.agressão
Relações.interpessoais.agressão
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
 
Piaget - construtivismo
Piaget - construtivismoPiaget - construtivismo
Piaget - construtivismo
 
Relações interpessoais: Conformismo e Obediência
Relações interpessoais: Conformismo e ObediênciaRelações interpessoais: Conformismo e Obediência
Relações interpessoais: Conformismo e Obediência
 
Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)
Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)
Mente Humana 1 - A Percepção (Actualizado)
 

Semelhante a O papel dos processos mentais na vida quotidiana

Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
CaitoJorgeMurabiua2
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
CaitoJorgeMurabiua2
 
Guia prático de processos criativos
Guia prático de processos criativosGuia prático de processos criativos
Guia prático de processos criativos
Grazi Mendes Rangel
 
Psicologia- Inteligência
Psicologia- InteligênciaPsicologia- Inteligência
Psicologia- Inteligência
Fábio Roque
 
Artigoparapublicacao
ArtigoparapublicacaoArtigoparapublicacao
Artigoparapublicacao
Marcia Gomes
 
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da EducaçãoInteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Jemuel Araújo da Silva
 
Apresentação criatividade cópia
Apresentação criatividade   cópiaApresentação criatividade   cópia
Apresentação criatividade cópia
Denner Macêdo
 
Palestra Terceira inteligência
Palestra Terceira inteligênciaPalestra Terceira inteligência
Palestra Terceira inteligência
Cid Nunes Ferreira Junior
 
Pensamento complexo
Pensamento complexoPensamento complexo
Pensamento complexo
Isabella Silva
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
Lo-Ammi Santos
 
Aula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e InovaçãoAula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e Inovação
Carlos Alves
 
Jiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdf
Jiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdfJiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdf
Jiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdf
HubertoRohden2
 
Terapia Cognitivo-Comportamental
Terapia Cognitivo-ComportamentalTerapia Cognitivo-Comportamental
Terapia Cognitivo-Comportamental
Arlei AJ
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
Josevânia Silva
 
Criatividade e Inovação
Criatividade e InovaçãoCriatividade e Inovação
Criatividade e Inovação
Renato Melo
 
Criatividade -atividade_supervisionada_-_av2
Criatividade  -atividade_supervisionada_-_av2Criatividade  -atividade_supervisionada_-_av2
Criatividade -atividade_supervisionada_-_av2
Complexo_Regulador
 
Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?
João Lima
 
Intui
IntuiIntui
Intui
renatotf
 
Resolução de problemas e criatividade sp1
Resolução de problemas e criatividade   sp1Resolução de problemas e criatividade   sp1
Resolução de problemas e criatividade sp1
gastaovalle
 
Resolução de problemas e criatividade sp1
Resolução de problemas e criatividade   sp1Resolução de problemas e criatividade   sp1
Resolução de problemas e criatividade sp1
gastaovalle
 

Semelhante a O papel dos processos mentais na vida quotidiana (20)

Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
 
Guia prático de processos criativos
Guia prático de processos criativosGuia prático de processos criativos
Guia prático de processos criativos
 
Psicologia- Inteligência
Psicologia- InteligênciaPsicologia- Inteligência
Psicologia- Inteligência
 
Artigoparapublicacao
ArtigoparapublicacaoArtigoparapublicacao
Artigoparapublicacao
 
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da EducaçãoInteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
Inteligência, Memória e Percepção_Psicologia da Educação
 
Apresentação criatividade cópia
Apresentação criatividade   cópiaApresentação criatividade   cópia
Apresentação criatividade cópia
 
Palestra Terceira inteligência
Palestra Terceira inteligênciaPalestra Terceira inteligência
Palestra Terceira inteligência
 
Pensamento complexo
Pensamento complexoPensamento complexo
Pensamento complexo
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
 
Aula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e InovaçãoAula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e Inovação
 
Jiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdf
Jiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdfJiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdf
Jiddu Krishnamurti - O Novo Ente Humano.pdf
 
Terapia Cognitivo-Comportamental
Terapia Cognitivo-ComportamentalTerapia Cognitivo-Comportamental
Terapia Cognitivo-Comportamental
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
 
Criatividade e Inovação
Criatividade e InovaçãoCriatividade e Inovação
Criatividade e Inovação
 
Criatividade -atividade_supervisionada_-_av2
Criatividade  -atividade_supervisionada_-_av2Criatividade  -atividade_supervisionada_-_av2
Criatividade -atividade_supervisionada_-_av2
 
Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?
 
Intui
IntuiIntui
Intui
 
Resolução de problemas e criatividade sp1
Resolução de problemas e criatividade   sp1Resolução de problemas e criatividade   sp1
Resolução de problemas e criatividade sp1
 
Resolução de problemas e criatividade sp1
Resolução de problemas e criatividade   sp1Resolução de problemas e criatividade   sp1
Resolução de problemas e criatividade sp1
 

Mais de Luis De Sousa Rodrigues

O essencial para os exames de filosofia
O essencial para os exames de filosofiaO essencial para os exames de filosofia
O essencial para os exames de filosofia
Luis De Sousa Rodrigues
 
Unidade funcional do cérebro
Unidade funcional do cérebroUnidade funcional do cérebro
Unidade funcional do cérebro
Luis De Sousa Rodrigues
 
Tipos de vinculação
Tipos de vinculaçãoTipos de vinculação
Tipos de vinculação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Tipos de aprendizagem
Tipos de aprendizagemTipos de aprendizagem
Tipos de aprendizagem
Luis De Sousa Rodrigues
 
Teorias sobre as emoções
Teorias sobre as emoçõesTeorias sobre as emoções
Teorias sobre as emoções
Luis De Sousa Rodrigues
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
Luis De Sousa Rodrigues
 
Raízes da vinculação
Raízes da vinculaçãoRaízes da vinculação
Raízes da vinculação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Processos conativos
Processos conativosProcessos conativos
Processos conativos
Luis De Sousa Rodrigues
 
Perturbações da vinculação
Perturbações da vinculaçãoPerturbações da vinculação
Perturbações da vinculação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Perceção e gestalt
Perceção e gestaltPerceção e gestalt
Perceção e gestalt
Luis De Sousa Rodrigues
 
Os processos emocionais
Os processos emocionaisOs processos emocionais
Os processos emocionais
Luis De Sousa Rodrigues
 
Os grupos
Os gruposOs grupos
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
Luis De Sousa Rodrigues
 
O que nos torna humanos
O que nos torna humanosO que nos torna humanos
O que nos torna humanos
Luis De Sousa Rodrigues
 
Maslow e a motivação
Maslow e a motivaçãoMaslow e a motivação
Maslow e a motivação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Lateralidade cerebral
Lateralidade cerebralLateralidade cerebral
Lateralidade cerebral
Luis De Sousa Rodrigues
 
Freud 9
Freud 9Freud 9
Freud 8
Freud 8Freud 8
Freud 7
Freud 7Freud 7
Freud 6
Freud 6Freud 6

Mais de Luis De Sousa Rodrigues (20)

O essencial para os exames de filosofia
O essencial para os exames de filosofiaO essencial para os exames de filosofia
O essencial para os exames de filosofia
 
Unidade funcional do cérebro
Unidade funcional do cérebroUnidade funcional do cérebro
Unidade funcional do cérebro
 
Tipos de vinculação
Tipos de vinculaçãoTipos de vinculação
Tipos de vinculação
 
Tipos de aprendizagem
Tipos de aprendizagemTipos de aprendizagem
Tipos de aprendizagem
 
Teorias sobre as emoções
Teorias sobre as emoçõesTeorias sobre as emoções
Teorias sobre as emoções
 
Relações precoces
Relações precocesRelações precoces
Relações precoces
 
Raízes da vinculação
Raízes da vinculaçãoRaízes da vinculação
Raízes da vinculação
 
Processos conativos
Processos conativosProcessos conativos
Processos conativos
 
Perturbações da vinculação
Perturbações da vinculaçãoPerturbações da vinculação
Perturbações da vinculação
 
Perceção e gestalt
Perceção e gestaltPerceção e gestalt
Perceção e gestalt
 
Os processos emocionais
Os processos emocionaisOs processos emocionais
Os processos emocionais
 
Os grupos
Os gruposOs grupos
Os grupos
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
 
O que nos torna humanos
O que nos torna humanosO que nos torna humanos
O que nos torna humanos
 
Maslow e a motivação
Maslow e a motivaçãoMaslow e a motivação
Maslow e a motivação
 
Lateralidade cerebral
Lateralidade cerebralLateralidade cerebral
Lateralidade cerebral
 
Freud 9
Freud 9Freud 9
Freud 9
 
Freud 8
Freud 8Freud 8
Freud 8
 
Freud 7
Freud 7Freud 7
Freud 7
 
Freud 6
Freud 6Freud 6
Freud 6
 

O papel dos processos mentais na vida quotidiana

  • 1. PSICOLOGIA B TEMA 2 EU: A MENTE E OS PROCESSOS MENTAIS CAPÍTULO 4 MENTE, PENSAMENTO E IDENTIDADE O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA
  • 2. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA A mente não processa informação como se fosse um computador. Ela cria significados, interpreta o mundo e os factos deste, elabora projetos, planeia ações e através da imaginação “cria novos mundos”.
  • 3. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA Esta criação de significados ou de sentido de que são exemplos as teorias científicas, filosóficas, psicológicas, morais, as leis do direito e as obras de arte, faz da mente humana mais do que um simples “habitante” do mundo. A mente é um sistema de construção do mundo. O protagonista desta “construção” será o pensamento entendido como operação mental que envolve os processos cognitivos que estudámos.
  • 4. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO. Pensamento Conjunto de atividades mentais que estão envolvidas na resolução de certos problemas, na realização de determinada tarefa ou na tentativa de realização de um dado objetivo. O pensamento é um conjunto de atos mentais orientado por um objetivo que é a resolução de problemas.
  • 5. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO. Resolução de problemas Procurar encontrar resposta para uma situação nova que suscita dificuldades de resolução porque é algo cuja solução não está disponível. Entre a situação problemática e a sua resolução está implicada a atividade do pensamento.
  • 6. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO. Resolução de problemas Ato em quatro fases 1.Preparação Corresponde à fase do trabalho de recolha de dados. 2. Incubação É a fase em o problema não nos absorve e parece não nos preocupar. 3.Iluminação. Trata – se da fase em que se procura e se julga descobrir uma ou mais soluções para o problema. 4. Verificação/Avaliação. Muitas vezes é necessário verificar se a solução pensada e imaginada resolve realmente o problema.
  • 7. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO. Resolução de problemas e tomada de decisões Antes de se resolver um problema há muitas vezes incertezas, várias tentativas de solução, hesitações na escolha da melhor opção mas temos de optar. Trata – se do processo de tomada de decisão. Este processo exige ponderação e uma certa paciência para que estejamos bem informados sobre a credibilidade das várias alternativas de explicação muitas vezes nos ocorrem para resolver um problema. Também é evidente que se uma pessoa mal informada tomará decisões duvidosas ou inaceitáveis, uma pessoa pouco motivado pelo problema tenderá de forma mais ou menos consciente a deliberar e decidir mal. Tomada a decisão passa – se à ação, isto é, à constituição dos meios que permitirão testar a solução proposta.
  • 8. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. Há problemas cuja resolução exige a aliança entre o pensamento e a memória. Outros mobilizam a nossa criatividade, ou seja, exigem a aliança entre pensamento e imaginação.
  • 9. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. A criatividade é a capacidade de desenvolver respostas originais, novas e apropriadas a um problema.
  • 10. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. O tipo de pensamento que está ligado à criatividade é o pensamento divergente.
  • 11. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. Pensamento divergente Processo mental que se desenvolve afastando-se de esquemas pré-estabelecidos ou de formas padronizadas de resolução de problemas. Mais do que a precisão lógico-dedutiva valorizam-se a intuição e a imaginação, a liberdade de experimentar hipóteses variadas de solução.
  • 12. O PAPEL DOS PROCESSOS MENTAIS NA VIDA QUOTIDIANA: O PENSAMENTO E A IMAGINAÇÃO. Pensamento convergente Processo mental de carácter essencialmente lógico-dedutivo que resolve problemas aplicando esquemas mentais já utilizados em situações semelhantes às que se colocam no momento. Considera-se o pensamento convergente como não-criativo. Contudo, o pensamento convergente pode ser um instrumento de aquisição de informação que será usada na procura criativa de uma solução.