SlideShare uma empresa Scribd logo
O MINOTAURO
  Mitologia Grega
• O Minotauro (touro de
   Minos) é uma figura
      mitológica com
    cabeça e cauda de
   touro num corpo de
       homem, este
  personagem povoou o
      imaginário dos
  gregos, levando medo
         e terror.
Conta o mito que ele
 nasceu em função
 de um desrespeito
 de seu pai ao deus
      dos mares,
  Poseidon. O rei
  Minos, antes de
   tornar-se rei de
  Creta, havia feito
 um pedido ao deus
   para que ele se
    tornasse o rei.
Poseidon aceita o pedido, porém pede
em troca que Minos sacrificasse, em sua
homenagem, um lindo touro branco que
             sairia do mar.
Ao receber o animal, o rei
 ficou tão impressionado
    com sua beleza que
  resolveu sacrificar um
 outro touro em seu lugar,
  esperando que o deus
     não percebesse.
Muito bravo
    com a
 atitude do
     rei,
  Poseidon
   resolve
 castigar o
 mortal. Faz
 com que a
 esposa de
   Minos,
 Pasífae, se
apaixonasse
 pelo touro.
Isso não só aconteceu como também ela
    acabou ficando grávida do animal.
     Nasceu desta união o Minotauro.
Desesperado e
   com muito
  medo, Minos
   solicitou a
  Dédalos que
este construísse
  um labirinto
  gigante para
    prender a
   criatura. O
  labirinto foi
 construído no
   subsolo do
   palácio de
Minos, na cidade
de Cnossos, em
      Creta.
Após vencer e dominar, numa
   guerra, os atenienses , que
 haviam matado Androceu (filho
de Minos), o rei de Creta ordenou
 que fossem enviados todo ano
  sete rapazes e sete moças de
  Atenas para serem devorados
         pelo Minotauro.
• Após o terceiro
      ano de
    sacrifícios, o
    herói grego
   Teseu resolve
   apresentar-se
  voluntariamente
   para ir à Creta
      matar o
     Minotauro.
• Ao chegar na ilha, Ariadne (filha do rei
  Minos) apaixona-se pelo herói grego e
   resolve ajudá-lo, entregando-lhe um
  novelo de lã para que Teseu pudesse
  marcar o caminho na entrada e não se
 perder no grandioso e perigoso labirinto.
• Teseu escondeu-se
  entre as paredes do
   labirinto e atacou o
        monstro de
  surpresa. Usou uma
  espada mágica, que
    havia ganhado de
  presente de Ariadne.
      Saiu do local
  seguindo o caminho
  deixado pelo novelo
           de lã.
O mito do Minotauro foi um dos mais
contados na época da Grécia Antiga.
   Passou de geração em geração,
  principalmente de forma oral. Pais
 contavam para os filhos, filhos para
os netos e assim por diante. Era uma
maneira dos gregos ensinarem o que
   poderia aconteceu àqueles que
   desrespeitassem ou tentassem
         enganar os deuses.
Palácio
  de
Knossos
O minotauro

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e CientíficoO Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e Científico
João Medeiros
 
Antigo Egito - A religião egípcia
Antigo Egito - A religião egípciaAntigo Egito - A religião egípcia
Antigo Egito - A religião egípcia
Carlos Pinheiro
 
Persas slide
Persas slidePersas slide
Persas slide
Isabel Aguiar
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
Sílvia Mendonça
 
O Egito Antigo
O  Egito AntigoO  Egito Antigo
O Egito Antigo
Paullinho Oliveira
 
Sedição de Juazeiro (1914)
Sedição de Juazeiro (1914)Sedição de Juazeiro (1914)
Sedição de Juazeiro (1914)
João Marcelo
 
A américa espanhola
A américa espanholaA américa espanhola
A américa espanhola
Marcia Fernandes
 
O império macedônico e alexandre iii o
O império macedônico e alexandre iii   oO império macedônico e alexandre iii   o
O império macedônico e alexandre iii o
Izaac Erder
 
Slide reinos africanos
Slide reinos africanosSlide reinos africanos
Slide reinos africanos
Isabel Aguiar
 
A caixa de pandora
A caixa de pandora A caixa de pandora
A caixa de pandora
Laboratório de Informática
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
Daniel Alves Bronstrup
 
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
Fabiana Tonsis
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
Douglas Barraqui
 
Resumão Egito Antigo
Resumão Egito AntigoResumão Egito Antigo
Resumão Egito Antigo
Wilton Silva
 
Hebreus história
Hebreus históriaHebreus história
Hebreus história
Fernando Henning
 
Fenicios
FeniciosFenicios
Fenicios
Janayna Lira
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
Douglas Barraqui
 
As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo AntigoAs Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
Carlos Teles de Menezes Junior
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
Daniel Alves Bronstrup
 
Grecia antiga
Grecia antigaGrecia antiga
Grecia antiga
Thaís Lombardi
 

Mais procurados (20)

O Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e CientíficoO Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e Científico
 
Antigo Egito - A religião egípcia
Antigo Egito - A religião egípciaAntigo Egito - A religião egípcia
Antigo Egito - A religião egípcia
 
Persas slide
Persas slidePersas slide
Persas slide
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
 
O Egito Antigo
O  Egito AntigoO  Egito Antigo
O Egito Antigo
 
Sedição de Juazeiro (1914)
Sedição de Juazeiro (1914)Sedição de Juazeiro (1914)
Sedição de Juazeiro (1914)
 
A américa espanhola
A américa espanholaA américa espanhola
A américa espanhola
 
O império macedônico e alexandre iii o
O império macedônico e alexandre iii   oO império macedônico e alexandre iii   o
O império macedônico e alexandre iii o
 
Slide reinos africanos
Slide reinos africanosSlide reinos africanos
Slide reinos africanos
 
A caixa de pandora
A caixa de pandora A caixa de pandora
A caixa de pandora
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
 
Resumão Egito Antigo
Resumão Egito AntigoResumão Egito Antigo
Resumão Egito Antigo
 
Hebreus história
Hebreus históriaHebreus história
Hebreus história
 
Fenicios
FeniciosFenicios
Fenicios
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
 
As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo AntigoAs Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
 
Grecia antiga
Grecia antigaGrecia antiga
Grecia antiga
 

Semelhante a O minotauro

Du,Ju,Le Artes Prof Ramon
Du,Ju,Le  Artes Prof RamonDu,Ju,Le  Artes Prof Ramon
Du,Ju,Le Artes Prof Ramon
Jorge Gabriel Raitz
 
GRÉCIA ANTIGA.pptx
GRÉCIA ANTIGA.pptxGRÉCIA ANTIGA.pptx
GRÉCIA ANTIGA.pptx
LusoSimplicio1
 
Minotauro ( Carol E Mih) 1º A Ramon
Minotauro ( Carol E Mih) 1º A RamonMinotauro ( Carol E Mih) 1º A Ramon
Minotauro ( Carol E Mih) 1º A Ramon
carolineweber
 
Aula 8 grécia antiga
Aula 8   grécia antigaAula 8   grécia antiga
Aula 8 grécia antiga
Profdaltonjunior
 
A Grécia Antiga
A Grécia AntigaA Grécia Antiga
A Grécia Antiga
Laguat
 
MINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdf
MINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdfMINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdf
MINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdf
YedhaLinguagens
 
Civilização minóica
Civilização minóicaCivilização minóica
Civilização minóica
Doug Caesar
 
LABIRINTO DO MINOTAURO
LABIRINTO DO MINOTAUROLABIRINTO DO MINOTAURO
LABIRINTO DO MINOTAURO
baldykowski
 
Game Design Document Jokem Pdj
Game Design Document   Jokem PdjGame Design Document   Jokem Pdj
Game Design Document Jokem Pdj
maikonsm
 
Mitologia 2
Mitologia 2Mitologia 2
Mitologia 2
ElvisMania
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
Dalton Lopes Reis Jr.
 
Cretenses
CretensesCretenses
Cretenses
fespiritacrista
 
Mitologia Grega X Dcs S
Mitologia Grega X Dcs SMitologia Grega X Dcs S
Mitologia Grega X Dcs S
martinsramon
 
Metaformose
MetaformoseMetaformose
Metaformose
Axel Carvalho
 

Semelhante a O minotauro (14)

Du,Ju,Le Artes Prof Ramon
Du,Ju,Le  Artes Prof RamonDu,Ju,Le  Artes Prof Ramon
Du,Ju,Le Artes Prof Ramon
 
GRÉCIA ANTIGA.pptx
GRÉCIA ANTIGA.pptxGRÉCIA ANTIGA.pptx
GRÉCIA ANTIGA.pptx
 
Minotauro ( Carol E Mih) 1º A Ramon
Minotauro ( Carol E Mih) 1º A RamonMinotauro ( Carol E Mih) 1º A Ramon
Minotauro ( Carol E Mih) 1º A Ramon
 
Aula 8 grécia antiga
Aula 8   grécia antigaAula 8   grécia antiga
Aula 8 grécia antiga
 
A Grécia Antiga
A Grécia AntigaA Grécia Antiga
A Grécia Antiga
 
MINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdf
MINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdfMINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdf
MINOTAURO MITO E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Civilização minóica
Civilização minóicaCivilização minóica
Civilização minóica
 
LABIRINTO DO MINOTAURO
LABIRINTO DO MINOTAUROLABIRINTO DO MINOTAURO
LABIRINTO DO MINOTAURO
 
Game Design Document Jokem Pdj
Game Design Document   Jokem PdjGame Design Document   Jokem Pdj
Game Design Document Jokem Pdj
 
Mitologia 2
Mitologia 2Mitologia 2
Mitologia 2
 
Grécia Antiga
Grécia AntigaGrécia Antiga
Grécia Antiga
 
Cretenses
CretensesCretenses
Cretenses
 
Mitologia Grega X Dcs S
Mitologia Grega X Dcs SMitologia Grega X Dcs S
Mitologia Grega X Dcs S
 
Metaformose
MetaformoseMetaformose
Metaformose
 

Mais de HELENICEAN

Pedro
PedroPedro
Pedro
HELENICEAN
 
Animação meio ambiente gabriel 5ªb outro
Animação meio ambiente gabriel 5ªb outroAnimação meio ambiente gabriel 5ªb outro
Animação meio ambiente gabriel 5ªb outro
HELENICEAN
 
Thalita e renan
Thalita e renanThalita e renan
Thalita e renan
HELENICEAN
 
Linguagens diversas
Linguagens diversasLinguagens diversas
Linguagens diversas
HELENICEAN
 
O mito de narciso
O mito de narcisoO mito de narciso
O mito de narciso
HELENICEAN
 
O mito de sísifo
O mito de sísifoO mito de sísifo
O mito de sísifo
HELENICEAN
 
A história do joão
A história do joãoA história do joão
A história do joão
HELENICEAN
 
Dia do patrono
Dia do patronoDia do patrono
Dia do patrono
HELENICEAN
 
Comunidades virtuais
Comunidades virtuaisComunidades virtuais
Comunidades virtuais
HELENICEAN
 
Tda 1
Tda 1 Tda 1
Tda 1
HELENICEAN
 
Curso di
Curso diCurso di
Curso di
HELENICEAN
 
Curso autismo
Curso autismoCurso autismo
Curso autismo
HELENICEAN
 
Cópia de CURSO DI
Cópia de CURSO DICópia de CURSO DI
Cópia de CURSO DI
HELENICEAN
 
Cópia de Blue Rays Resume
Cópia de Blue Rays ResumeCópia de Blue Rays Resume
Cópia de Blue Rays ResumeHELENICEAN
 
TDA[1]
TDA[1]TDA[1]
TDA[1]
HELENICEAN
 
CURSO DI
CURSO DICURSO DI
CURSO DI
HELENICEAN
 
curso Autismo
curso Autismocurso Autismo
curso Autismo
HELENICEAN
 

Mais de HELENICEAN (17)

Pedro
PedroPedro
Pedro
 
Animação meio ambiente gabriel 5ªb outro
Animação meio ambiente gabriel 5ªb outroAnimação meio ambiente gabriel 5ªb outro
Animação meio ambiente gabriel 5ªb outro
 
Thalita e renan
Thalita e renanThalita e renan
Thalita e renan
 
Linguagens diversas
Linguagens diversasLinguagens diversas
Linguagens diversas
 
O mito de narciso
O mito de narcisoO mito de narciso
O mito de narciso
 
O mito de sísifo
O mito de sísifoO mito de sísifo
O mito de sísifo
 
A história do joão
A história do joãoA história do joão
A história do joão
 
Dia do patrono
Dia do patronoDia do patrono
Dia do patrono
 
Comunidades virtuais
Comunidades virtuaisComunidades virtuais
Comunidades virtuais
 
Tda 1
Tda 1 Tda 1
Tda 1
 
Curso di
Curso diCurso di
Curso di
 
Curso autismo
Curso autismoCurso autismo
Curso autismo
 
Cópia de CURSO DI
Cópia de CURSO DICópia de CURSO DI
Cópia de CURSO DI
 
Cópia de Blue Rays Resume
Cópia de Blue Rays ResumeCópia de Blue Rays Resume
Cópia de Blue Rays Resume
 
TDA[1]
TDA[1]TDA[1]
TDA[1]
 
CURSO DI
CURSO DICURSO DI
CURSO DI
 
curso Autismo
curso Autismocurso Autismo
curso Autismo
 

Último

Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Ian Oliveira
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
tnrlucas
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
anpproferick
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
anpproferick
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
EliakimArajo2
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Rafael Santos
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Annelise Gripp
 

Último (7)

Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
 

O minotauro

  • 1. O MINOTAURO Mitologia Grega
  • 2.
  • 3. • O Minotauro (touro de Minos) é uma figura mitológica com cabeça e cauda de touro num corpo de homem, este personagem povoou o imaginário dos gregos, levando medo e terror.
  • 4. Conta o mito que ele nasceu em função de um desrespeito de seu pai ao deus dos mares, Poseidon. O rei Minos, antes de tornar-se rei de Creta, havia feito um pedido ao deus para que ele se tornasse o rei.
  • 5. Poseidon aceita o pedido, porém pede em troca que Minos sacrificasse, em sua homenagem, um lindo touro branco que sairia do mar.
  • 6. Ao receber o animal, o rei ficou tão impressionado com sua beleza que resolveu sacrificar um outro touro em seu lugar, esperando que o deus não percebesse.
  • 7. Muito bravo com a atitude do rei, Poseidon resolve castigar o mortal. Faz com que a esposa de Minos, Pasífae, se apaixonasse pelo touro.
  • 8. Isso não só aconteceu como também ela acabou ficando grávida do animal. Nasceu desta união o Minotauro.
  • 9. Desesperado e com muito medo, Minos solicitou a Dédalos que este construísse um labirinto gigante para prender a criatura. O labirinto foi construído no subsolo do palácio de Minos, na cidade de Cnossos, em Creta.
  • 10. Após vencer e dominar, numa guerra, os atenienses , que haviam matado Androceu (filho de Minos), o rei de Creta ordenou que fossem enviados todo ano sete rapazes e sete moças de Atenas para serem devorados pelo Minotauro.
  • 11.
  • 12. • Após o terceiro ano de sacrifícios, o herói grego Teseu resolve apresentar-se voluntariamente para ir à Creta matar o Minotauro.
  • 13. • Ao chegar na ilha, Ariadne (filha do rei Minos) apaixona-se pelo herói grego e resolve ajudá-lo, entregando-lhe um novelo de lã para que Teseu pudesse marcar o caminho na entrada e não se perder no grandioso e perigoso labirinto.
  • 14. • Teseu escondeu-se entre as paredes do labirinto e atacou o monstro de surpresa. Usou uma espada mágica, que havia ganhado de presente de Ariadne. Saiu do local seguindo o caminho deixado pelo novelo de lã.
  • 15. O mito do Minotauro foi um dos mais contados na época da Grécia Antiga. Passou de geração em geração, principalmente de forma oral. Pais contavam para os filhos, filhos para os netos e assim por diante. Era uma maneira dos gregos ensinarem o que poderia aconteceu àqueles que desrespeitassem ou tentassem enganar os deuses.