SlideShare uma empresa Scribd logo
A Igreja e o  Evangelismo Pr. Rogério Araujo
Disse Jesus: Vinde após mim, e Eu vos farei que vos torneis  pescadores de homens.  Marcos. 1:17
Motivação para o Evangelismo A palavra motivação significa Motivo que leva à uma ação. Etimologicamente Motiv ação     Motivo + Ação
Em Mc. 1:17, lemos que a Pregação do Evangelho envolve três condições: Um Chamado de Cristo; Uma Experiência com Cristo; Uma transformação operada por Cristo.
EXEMPLOS  A Experiência de Paulo  Fil. 1:21 – “Para mim o viver é Cristo.” A Experiência de Isaías Isaías 50:4  – “ O Senhor me deu língua de eruditos, para que eu saiba dizer boa palavra ao cansado” A Experiência de Pedro Um homem falho como  nós, porém Cristo orou por ele. Lc. 22:32-34
Onde estava o segredo destes homens para evangelizar?
O Método de Cristo “ Somente o método de Cristo trará sucesso verdadeiro em alcançar as pessoas. O Salvador  misturava-se   com  as pessoas como  alguém  que  desejava  o seu  bem. Ele  mostrava  simpatia   por  elas,  ministrava suas necessidades ,  conquistava  sua  confiança  e então dizia:  “Segue-me” Ciência do Bom Viver,  p. 143.
Reavivamento Espiritual Dinamismo – Igreja Viva Crescimento doutrinário Crescimento numérico Resultados do  Evangelismo na igreja
Alto Caparaó
Membros  comprometidos com a mensagem
Frequência aos cultos
Jovens  participativos
Batismos
Rebatismos Abner Aídes
Seis Evangelismos  consecutivos  2001-2007 85 Batismos
Cinco Evangelismos  consecutivoS Grupos de oração Sábado 5h
Resultados do  Evangelismo na igreja

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para EvangelistaCurso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para Evangelista
Sergio Silva
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
Pastor Wanderley
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Éder Tomé
 
Como dirigir um culto
Como dirigir um cultoComo dirigir um culto
Como dirigir um culto
Paulo Roberto
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
jonasfreitasdejesus
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Rodrigo Ribeiro
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Éder Tomé
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
Rodrigo Bomfim
 
Evangelismo
EvangelismoEvangelismo
Evangelismo
guestf8ed39
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
guestc5d870
 
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivoApostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Izabela Oliveira
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Erberson Pinheiro
 
Treinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliaresTreinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliares
Carlos Cirleno Neves
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funções
Abdias Barreto
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
Icm Bela Vista
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
Moisés Sampaio
 
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Curso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para EvangelistaCurso de Capacitação para Evangelista
Curso de Capacitação para Evangelista
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Como dirigir um culto
Como dirigir um cultoComo dirigir um culto
Como dirigir um culto
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
 
Evangelismo
EvangelismoEvangelismo
Evangelismo
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivoApostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
Apostila para formação de evangelismo pessoal e coletivo
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
Treinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliaresTreinamento obreiros e auxiliares
Treinamento obreiros e auxiliares
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funções
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
 
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
O pecado e suas consequencias parte 1-22.02.2015
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 

Destaque

LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
Missiologia
MissiologiaMissiologia
Missiologia
Hebert Balieiro
 
é Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizaré Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizar
wagner souza
 
LIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIAS
LIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIASLIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIAS
LIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIAS
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo
prfavinho
 
1 coríntios 4
1 coríntios 41 coríntios 4
1 coríntios 4
Dalila Melo
 
Os desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digitalOs desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digital
Aline Amaro da Silva
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
Michele L D Pain
 
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
Márcio Pereira
 
Batalha espiritual 1
Batalha espiritual 1Batalha espiritual 1
Apostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoalApostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoal
Marcos Lino
 
Dicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensDicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovens
Patricia Montenegro
 
Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1
LEANDRO DE SOUZA RAMOS
 
Curso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismoCurso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismo
Antonio Rodrigues
 
Planejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejasPlanejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejas
Natalino das Neves Neves
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
Abdias Barreto
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Evangelização da Juventude
Evangelização da JuventudeEvangelização da Juventude
Evangelização da Juventude
pjest
 
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da JuventudeDocumento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Marciel de Oliveira Rocha
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
igrejafecrista
 

Destaque (20)

LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
Missiologia
MissiologiaMissiologia
Missiologia
 
é Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizaré Hora De Evangelizar
é Hora De Evangelizar
 
LIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIAS
LIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIASLIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIAS
LIÇÃO 5 - A EVANGELIZAÇÃO URBANA E SUAS ESTRATÉGIAS
 
4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo4 elementos para o sucesso no evangelismo
4 elementos para o sucesso no evangelismo
 
1 coríntios 4
1 coríntios 41 coríntios 4
1 coríntios 4
 
Os desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digitalOs desafios da evangelização na era digital
Os desafios da evangelização na era digital
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
 
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
 
Batalha espiritual 1
Batalha espiritual 1Batalha espiritual 1
Batalha espiritual 1
 
Apostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoalApostila evangelismo pessoal
Apostila evangelismo pessoal
 
Dicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensDicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovens
 
Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1Documento 85 - Sintese 1
Documento 85 - Sintese 1
 
Curso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismoCurso basico de evangelismo
Curso basico de evangelismo
 
Planejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejasPlanejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejas
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
 
Evangelização da Juventude
Evangelização da JuventudeEvangelização da Juventude
Evangelização da Juventude
 
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da JuventudeDocumento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
Documento 85 Da Cnbb - Evangelização da Juventude
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
 

Semelhante a O Evangelismo e a igreja.ppt

Como orar por missoes
Como orar por missoesComo orar por missoes
Como orar por missoes
Marcos Lino
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
Vinicio Pacifico
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
José Carlos Polozi
 
02 principio-da-evangelizacao-discipuladora
02 principio-da-evangelizacao-discipuladora02 principio-da-evangelizacao-discipuladora
02 principio-da-evangelizacao-discipuladora
Herisson Gonçalves
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
Vinicio Pacifico
 
Como jesus crescendo_estatura
Como jesus crescendo_estaturaComo jesus crescendo_estatura
Como jesus crescendo_estatura
JOSÉ CARLOS JUNIOR
 
Ev efetivo 006
Ev efetivo 006Ev efetivo 006
Ev efetivo 006
Vinicio Pacifico
 
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalLição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Ailton da Silva
 
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
Antonio Ferreira
 
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
Antonio Ferreira
 
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
Antonio Ferreira
 
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Éder Tomé
 
Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
Marcos Masini
 
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
Pr. Andre Luiz
 
Porquê evangelizar?
Porquê evangelizar?Porquê evangelizar?
Porquê evangelizar?
conceicaoborges
 
Lição 8 - Ministério de Evangelista
Lição 8 - Ministério de EvangelistaLição 8 - Ministério de Evangelista
Lição 8 - Ministério de Evangelista
Nildo Junior
 
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semanaTem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
HISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉ
HISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉHISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉ
HISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉ
joaquim2010_2011
 
23
2323
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelhoA perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
Josivaldo Oliveira
 

Semelhante a O Evangelismo e a igreja.ppt (20)

Como orar por missoes
Como orar por missoesComo orar por missoes
Como orar por missoes
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 4 - A oração ...
 
02 principio-da-evangelizacao-discipuladora
02 principio-da-evangelizacao-discipuladora02 principio-da-evangelizacao-discipuladora
02 principio-da-evangelizacao-discipuladora
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
 
Como jesus crescendo_estatura
Como jesus crescendo_estaturaComo jesus crescendo_estatura
Como jesus crescendo_estatura
 
Ev efetivo 006
Ev efetivo 006Ev efetivo 006
Ev efetivo 006
 
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostalLição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
Lição 11 - Um Igreja autenticamente pentecostal
 
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
 
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
 
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
15589344 evangelico-joel-r-beeke-a-tocha-dos-puritanos
 
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
 
Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
A evangelização integral nesta última hora - Lição 13 - 3º Trimestre 2016
 
Porquê evangelizar?
Porquê evangelizar?Porquê evangelizar?
Porquê evangelizar?
 
Lição 8 - Ministério de Evangelista
Lição 8 - Ministério de EvangelistaLição 8 - Ministério de Evangelista
Lição 8 - Ministério de Evangelista
 
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semanaTem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
 
HISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉ
HISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉHISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉ
HISTÓRIA DO MINISTÉRIO PENTECOSTAL ROMPENDO EM FÉ
 
23
2323
23
 
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelhoA perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
 

Mais de Herbert de Carvalho

Apresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint EmpresasApresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint Empresas
Herbert de Carvalho
 
Compendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicularCompendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicular
Herbert de Carvalho
 
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Herbert de Carvalho
 
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMESOperação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Herbert de Carvalho
 
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBMEstatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Herbert de Carvalho
 
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRFBalanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Herbert de Carvalho
 
O grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a SaúdeO grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a Saúde
Herbert de Carvalho
 
Preparação para a crise final
Preparação para a crise finalPreparação para a crise final
Preparação para a crise final
Herbert de Carvalho
 
Nocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-AgriculturaNocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-Agricultura
Herbert de Carvalho
 
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - EmaterManual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Herbert de Carvalho
 
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICAIntroducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Herbert de Carvalho
 
Fertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacaoFertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacao
Herbert de Carvalho
 
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de PlantasDiagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Herbert de Carvalho
 
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santoDiagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Herbert de Carvalho
 
Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
Herbert de Carvalho
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
Herbert de Carvalho
 

Mais de Herbert de Carvalho (20)

Apresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint EmpresasApresentação TagPoint Empresas
Apresentação TagPoint Empresas
 
Compendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicularCompendio de fichas de resgate veicular
Compendio de fichas de resgate veicular
 
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
Relatório do IASES Linhares - Outubro 2012
 
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMESOperação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
Operação Norte-Noroeste II - 2012 - PMES
 
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBMEstatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
Estatísticas do Carnaval 2012 do 2º BBM
 
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRFBalanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
Balanço de Ocorrências do Carnaval da 4ª Delegacia da PRF
 
O grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a SaúdeO grande conflito e a Saúde
O grande conflito e a Saúde
 
Preparação para a crise final
Preparação para a crise finalPreparação para a crise final
Preparação para a crise final
 
Nocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-AgriculturaNocoes-Basicas-Agricultura
Nocoes-Basicas-Agricultura
 
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - EmaterManual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
Manual_de_Praticas_Agroecológicas - Emater
 
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICAIntroducao-AGRICULTURA-ORGANICA
Introducao-AGRICULTURA-ORGANICA
 
Fertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacaoFertilidade-do-solo-adubacao
Fertilidade-do-solo-adubacao
 
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de PlantasDiagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
Diagnóstico Visual do Estado Nutricional de Plantas
 
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santoDiagnóstico das comdec do estado do espírito santo
Diagnóstico das comdec do estado do espírito santo
 
Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011Relatório CIODES CBMES 2011
Relatório CIODES CBMES 2011
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 26.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 25.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 24.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 23.ppt
 
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.pptAs Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
As Revelacoes do Santuario - estudo 22.ppt
 

O Evangelismo e a igreja.ppt

  • 1. A Igreja e o Evangelismo Pr. Rogério Araujo
  • 2. Disse Jesus: Vinde após mim, e Eu vos farei que vos torneis pescadores de homens. Marcos. 1:17
  • 3. Motivação para o Evangelismo A palavra motivação significa Motivo que leva à uma ação. Etimologicamente Motiv ação  Motivo + Ação
  • 4. Em Mc. 1:17, lemos que a Pregação do Evangelho envolve três condições: Um Chamado de Cristo; Uma Experiência com Cristo; Uma transformação operada por Cristo.
  • 5. EXEMPLOS A Experiência de Paulo Fil. 1:21 – “Para mim o viver é Cristo.” A Experiência de Isaías Isaías 50:4 – “ O Senhor me deu língua de eruditos, para que eu saiba dizer boa palavra ao cansado” A Experiência de Pedro Um homem falho como nós, porém Cristo orou por ele. Lc. 22:32-34
  • 6. Onde estava o segredo destes homens para evangelizar?
  • 7. O Método de Cristo “ Somente o método de Cristo trará sucesso verdadeiro em alcançar as pessoas. O Salvador misturava-se com as pessoas como alguém que desejava o seu bem. Ele mostrava simpatia por elas, ministrava suas necessidades , conquistava sua confiança e então dizia: “Segue-me” Ciência do Bom Viver, p. 143.
  • 8. Reavivamento Espiritual Dinamismo – Igreja Viva Crescimento doutrinário Crescimento numérico Resultados do Evangelismo na igreja
  • 10. Membros comprometidos com a mensagem
  • 15. Seis Evangelismos consecutivos 2001-2007 85 Batismos
  • 16. Cinco Evangelismos consecutivoS Grupos de oração Sábado 5h
  • 17. Resultados do Evangelismo na igreja