SlideShare uma empresa Scribd logo
Brasil no Tocantins 
Um novo Norte para o Tocantins
Governo do Estado do Tocantins 
02 
Sandoval Cardoso 
Governador do Estado 
Paulo Massuia 
Secretário do Desenvolvimento Econômico, 
Ciência, Tecnologia e Inovação.
O Tocantins 
Co yvy ore retama - Esta terra é nossa 
03 
Antes de 1988 
• Prioridade dos investimentos no Sul 
• Carência de: 
– Escolas 
– Hospitais 
– Rodovias Pavimentadas, 
– Telefonia 
• Agricultura de subsistência 
1988 
• Nasce o Tocantins 
• Integrante da “Amazônia Legal” 
• Bioma: 88% Cerrado 
1989 
• Posse ddoo 11º GGoovveerrnnaaddoorr 
• JJoosséé WWiillssoonn SSiiqquueeiirraa CCaammppooss 
• FFuunnddaaççããoo ddee PPaallmmaass 
Dados 
• Capital – Palmas 
• Região – Norte 
• Gentílico - tocantinense 
• Coordenadas - 10°11′S 48°20′W 
• Hidrografia – Araguaia e Tocantins 
• Território - 277,621 km² 
• Municípios – 139 
• Divisa - Goiás, Mato Grosso, Pará, 
Maranhão, Piauí e Bahia. 
• Site - http://portal.to.gov.br/
Evolução da PIB Tocantins 
Fonte IBGE/Seplan-TO 
7241 
8278 
9061 9605 
11904 
13090 
14571 
17240 
18059 
19137 
25000 
20000 
15000 
10000 
R$ Milhões 
04 
5607 
5000 
0 
2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 
Números Reais Números Projetados 
*Previsões SEPLAN/Superintendência de Pesquisas e Zoneamento Ecológico Econômico/Diretoria de Pesquisa
Crescimento PIB 2002-2010 
Fonte IBGE 
39 
39 
37 
35 
35 
24 
30 
31 
26 
24 
RS 
RJ 
SC 
RN 
AL 
MG 
PR 
BRASIL 
SP 
PE 
Tocantins Norte Brasil 
05 
74 
64 
62 
59 
56 
56 
53 
53 
53 
54 
47 
48 
43 
44 
45 
46 
44 
41 
42 
0 10 20 30 40 50 60 70 80 
DF 
BA 
PA 
CE 
SE 
PB 
MS 
GO 
ES 
PI 
NORTE 
RR 
AM 
MT 
MA 
AP 
AC 
RO 
Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista 2008 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
8,4 
8,2 
9,1 
8,8 
9,2 
10,6 
10,4 
10,2 
11 
12,5 
13,5 
RO 
SP 
RN 
MT 
MS 
PB 
MA 
BRASIL 
GO 
ES 
PI 
06 
-1,5 
1,7 
4,1 
3,9 
5,1 
5,8 
6,8 
6,7 
6,5 
6,2 
6,6 
7 
7,9 
7,8 
7,6 
7,6 
8 
CE 
RO 
BA 
RJ 
MG 
PR 
AC 
PE 
RS 
AP 
SC 
AL 
TO 
SE 
DF 
PA 
AM 
-4 -2 0 2 4 6 8 10 12 14 16 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista 2009 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
6,3 
6,1 
7 
6,8 
7,3 
8,3 
9,5 
10,7 
11,3 
13,3 
13,3 
SE 
PI 
RO 
RO 
CE 
AL 
SP 
BA 
SC 
AP 
AC 
07 
-1,7 
-1,1 
1 
0,7 
3 
3,6 
3,4 
3,8 
4,4 
4,3 
4,2 
4,7 
5,4 
5,2 
5,1 
5,9 
5,7 
BRASIL 
RJ 
PE 
PR 
GO 
MG 
AM 
MT 
RN 
MA 
PA 
MS 
RS 
DF 
PB 
ES 
TOCANTINS 
-4 -2 0 2 4 6 8 10 12 14 16 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista 2010 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
16 
15,8 
15,6 
17 
19,9 
19,3 
19,2 
18,9 
20,3 
27,3 
39,7 
TOCANTINS 
RO 
ES 
RO 
MT 
PB 
AC 
CE 
GO 
AP 
MS 
08 
7,8 
9 
9 
9,8 
9,7 
13,8 
13,2 
13 
12,2 
11,6 
11,2 
11 
10,7 
12 
12,8 
15,6 
15 
0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 
MA 
MG 
AL 
PR 
RS 
PE 
BRASIL 
SE 
BA 
PA 
SP 
SC 
RN 
RJ 
PI 
AM 
DF 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista 2011 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
7,5 
7,4 
8,1 
8 
9,5 
9,4 
10 
10,6 
10,6 
14,2 
25,2 
TOCANTINS 
PB 
RO 
RR 
MG 
AC 
MA 
PA 
CE 
ES 
GO 
09 
0,9 
0,5 
3,7 
3,5 
4,3 
5 
4,9 
6,1 
5,9 
5,6 
7,1 
7,1 
6,8 
6,7 
6,7 
6,3 
7 
0 5 10 15 20 25 30 
BA 
RN 
PR 
RJ 
BRASIL 
PE 
SC 
RS 
SP 
MS 
PI 
AM 
DF 
MT 
AL 
AP 
SE 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista 2012 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
9,9 
9,9 
9,7 
10,8 
10,6 
11,8 
12,8 
15,5 
16,9 
17,7 
26,7 
RR 
AP 
MS 
TOCANTINS 
AC 
MA 
PE 
ES 
PB 
PR 
SP 
10 
4,4 
4,3 
4,1 
5,7 
5,4 
7,1 
7 
6,7 
6,6 
7,4 
8,8 
8,4 
8,3 
8,3 
9 
9,7 
9,6 
0 5 10 15 20 25 30 
BA 
CE 
RS 
GO 
BRASIL 
PA 
AL 
SC 
PI 
RN 
MG 
MT 
RO 
SE 
DF 
AM 
RJ 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista 2013 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
5 
6,3 
6,1 
5,9 
6,2 
7 
8,6 
9,3 
9,3 
9,2 
10,9 
MS 
RO 
RN 
PB 
MA 
AL 
PR 
PE 
MT 
PA 
TOCANTINS 
11 
0,9 
1,5 
2,8 
2,8 
2,7 
2,6 
3 
3,3 
3,9 
3,8 
3,8 
3,7 
4 
4,3 
4,3 
4,7 
5 
0 2 4 6 8 10 12 
RJ 
GO 
BRASIL 
SP 
AC 
AM 
RS 
PI 
CE 
RR 
AP 
SE 
DF 
BA 
SC 
ES 
MG 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Índice de Venda - Comércio Varejista Até Jun 2014 
Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 
5,0 
5,7 
5,5 
7,1 
8,2 
8,1 
8,7 
8,5 
8,8 
9,4 
11,8 
AC 
RO 
CE 
TOCANTINS 
MA 
AL 
AP 
BA 
PE 
MS 
GO 
12 
1,4 
1,7 
2,4 
2,2 
2,8 
2,6 
2,9 
3,6 
3,5 
4,3 
4,1 
4,0 
4,0 
3,9 
4,2 
4,7 
4,5 
- 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 
RN 
PB 
BRASIL 
PI 
SP 
RS 
PA 
PR 
RJ 
MG 
MT 
DF 
RR 
SE 
SC 
AM 
ES 
(1) Base: 2011 = 100 
(2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 
(3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 
Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. 
Brasil Tocantins
Pontos Fortes 
Luminosidade 
2470 Horas/ano 
Hidrografia 
maior ilha fluvial do 
mundo, a Ilha do Bananal. 
13 
Topografia 
82% Plana 
Período Chuvoso 
Períodos bem definidos.
Cana de Açúcar 
Potencial de Instalação 
20 Plantas 
14 
Áreas Aptas ao Cultivo 
1,2 milhões ha. 
Estimativa Produção Etanol 
20 milhões litros/ano 
Produtividade 
125 Toneladas/ha 
Zoneamento 
Mapa/MMA
Silvicultura - Eucalipto 
No Tocantins, a expectativa da Aretins 
(Associação de Reflorestamento do 
Tocantins) é atingir 600 mil hectares de 
eucalipto plantados até 2016. 
A Jamp, de Dueré (TO), deve 
quadruplicar a área plantada de 
eucalipto, hoje em 6.825 mil hectares. 
15 
Segundo a Abraf, a silvicultura no Brasil 
obteve valor bruto de produção de R$ 
51,8 bilhões em 2010 – recorde 
histórico. De acordo com a associação, o 
setor gera 4,5 milhões de empregos 
diretos e indiretos no país. 
Fonte: Folha de São Paulo
Silvicultura 
Fonte SEAGRO 
16 
Silvicultura 
SERINGUEIRA 
EUCALIPTO 
Teca 
Área 
Plantada(há) 
2008 
1.372 
44.000,00 
1.976,09 
Área Plantada(há) 
2013-2014 
6.825 
144.000,00 
N/C 
Pequi 
Neen 
Parica 
Pinus 
Pupunha 
9,5 
158 
22,5 
850 
255 
N/C 
N/C 
N/C 
N/C 
N/C
Piscicultura 
17 
Áreas lagos artificiais 
120.000 ha 
Produção de pescado 
em 1% da área 
200.000 t/ano
Ferrovia Norte Sul - Frigoríficos 
18 
Centro 
Centro 
524 Km 
524 Km 
468 Km 
468 Km 
426 Km 
426 Km 
391 Km 
391 Km 
383 Km 
383 Km 
370 Km 
370 Km 
273 Km 
273 Km 
228 Km 
228 Km 
195 Km 
195 Km 
225 Km 
225 Km 
107 Km 
107 Km 
455 Km 
455 Km 
301 Km 
301 Km 
Frigoríficos na faixa até 400 Km Frigoríficos na faixa entre 400 a 550 Km
Logística do Tocantins para o Brasil 
19 
Aerovia Rodovia Hidrovia Ferrovia
Complexo Aeroportuário 
Brigadeiro Lysias Rodrigues 
O Aeroporto de Palmas, inaugurado pela Infraero em 05 de outubro de 2001 - data do 13º 
aniversário do Estado do Tocantins - foi batizado com o nome de Aeroporto Lysias Rodrigues 
em homenagem à memória do heroico desbravador da região. 
O sítio aeroportuário, com 23.739.952.00m² de área possibilita novos investimentos e 
expansão da infraestrutura existente. 
20 
2374 
Sítio Aeroportuário 
Hectares 
2500 x 40 
Metros 
Dimensões da pista 2,1 Milhões 
Capacidade de passageiros ao ano
Complexo Aeroportuário 
21 
Alfandega 
O projeto do complexo logístico de cargas 
de Palmas contempla a construção de uma 
área de armazenamento de 500 m², que 
permitirá ampliações e expansões da área 
de acordo com a demanda. O armazém do 
complexo também contará com sala de 
atendimento ao cliente, alojamentos para 
funcionários e espaços administrativos, além 
de um estacionamento de caminhões com 
seis vagas e três docas para o embarque e 
desembarque de cargas.
Rodovias 
Ao todo, o governo do Estado está construindo 14 rodovias em diversas regiões do Tocantins. 
As obras facilitam o acesso às cidades, o escoamento da produção local, além de promover a 
geração de emprego e renda. São 818,53 km de estradas que estão em construção, com um 
investimento de cerca de R$ 670 milhões. 
Nas novas rodovias estão sendo executados os serviços de terraplenagem, pavimentação 
asfáltica, drenagem de águas pluviais, obras de artes especiais, como pontes, bueiros e 
22 
galerias, além de sinalização horizontal e vertical. Em algumas localidades as obras já estão na 
fase final.
Rodoviárias 
23 
Evolução da malha rodoviária pavimentada 
3418,63 
4472,29 
4705,4 
4830,51 
5040,3 
6000 
5000 
4000 
1342,82 1378,5 
1468,7 1468,7 
1346,92 
1457,23 
2716,82 
3000 
2000 
1000 
0 
2000 2003 2006 2007 2008 2009 
Federal Estadual
BR-153 
A BR-153, também conhecida pelos nomes 
de Rodovia Transbrasiliana, Rodovia Belém- 
Brasília e Rodovia Bernardo Sayão, é a quarta 
maior rodovia do Brasil, ligando a cidade 
deMarabá (PA) ao município 
deAceguá (RS), totalizando 4.355 quilômetros 
de extensão. 
27 
Duplicação do Trecho 
Aliança-TO / Anápolis-GO 
2019 
Conclusão Prevista 
Galvão Engenharia 
Empresa responsável
TO-500 
25
Ferrovias 
Expansão da malha ferroviária para permitir a ligação a áreas de produção agrícola e mineral 
a portos, indústrias e mercado consumidor. Para isso, o governo quer a revisão do modelo 
regulatório, para criar um ambiente mais competitivo no transporte de cargas, incentivar a 
utilização da capacidade da infraestrutura ferroviária e estimular novos investimentos. 
26
Corredor Centro Norte 
Porto Franco atenderá 
Maranhão, Pará e Piauí 
27 
c 
1050 km 
Porto Franco 
Palmeirante atenderá Nordeste do Mato 
Grosso e Centro-Norte do Tocantins 
X 
c 
400 km 
c Terminal / Projeto 
500 km 
400 km 
Porto Nacional atenderá Centro Sul do 
Tocantins, Norte do Goiás e Noroeste 
da Bahia 
Uruaçu atenderá Norte do Goiás e Leste 
do Mato Grosso
Estágio atual da FNS 
28 
Em Operação: Itaqui a Anápolis 
Em Projeto (493 km) 
Belém 
Açailândia 
Estudos/Projetos : 2013 - 480 km 
Anápolis 
Palmas 
Estrela d’Oeste 
Concluído - 1574 km 
Ouro Verde 
Extensão Total 4.576 Km 
Panorama 
Rio Grande do Sul 
Estudos/Projetos: 2012 - 220 Km 
Estudos/Projetos: 2012 - 1.620 km 
Fonte: VALEC
Centros Logísticos FNS 
29
Centros Logísticos Porto Nacional 
30 
Prod.:Container 
Cliente: EXITO IMP. EXP. S/A . 
Lote nº 02 
Prod.: Fertilizantes 
Cliente: Diversos 
Prod.: Grãos 
Cliente: Nova Agri. Lote nº 05 
Área Oficina de Manutenção 
Prod.: Carga Geral 
Cliente: Diverso 
Prod.: Combustíveis 
Cliente: Petrobrás 
Área comum para carregamento 
dos vagões 
Prod.: Combustíveis 
Cliente: NORSHIP 
Prod.: Combustíveis 
Cliente: RAÍZEN 
Expansão Futura 
Prod.: Grãos/Diversos 
Cliente: Diversos
31 
Centro Logístico 
Projeto BR-Distribuidora
32 
Centro Logístico de Guaraí
33 
Centro Logístico de Colinas
Centro Logístico de 
Aguiarnopolis
Valorização dos lotes Pátio Palmas 
35 
LOTE ÁREA (HA) USO EDITAL 023/10 EDITAL 001/12 VAR. EMPRESAS VENCEDORAS 
4 2,40 Grãos 901.101,00 73% GENCON 
5 2,40 Grãos 520.710,25 NOVAAGRI 
6 2,40 Grãos 2.000.006,00 284% NOVAAGRI 
7 2,40 Grãos 3.794.000,00 629% LOS GROBO
Hidrovias 
A Hidrovia do Tocantins-Araguaia é a principal hidrovia e um dos principais troncos viários do 
corredor Centro-Norte brasileiro. 
Sub-bacia do Rio Araguaia: formada pelo Rio Araguaia e seus afluentes, tendo um terço de 
seu volume no estado. 
Sub-bacia do Rio Tocantins: formada pelo Rio Tocantins e seus afluentes, ocupando dois 
36 
terços de seu volume aproximadamente no Estado.
Mapa Multimodalidade Logística 
37
Mapa Multimodalidade Logística 
38
Sub-Projetos 
39 
ENTREPOSTO FISCAL DDOO AAMMAAZZOONNAASS // 
ZONA FRANCA DE MANAUS 
IMPLANTAÇÃO DO PORTO SECO 
(PRAIA NORTE)
Estimativa de redução de custo de Frete 
40 
Rota Atual : Manaus – Belém /PA – Campinas /SP 
FLUVIAL - RODO 
2.850 km 
Centro Logístico de Praia Norte 
R$ 480,00 / t 
4.540 km T.T. : 10 dias 
1.690 km 
- 17,5% 
* por tonelada 
- 33,3% 
* por tonelada 
FLUVIAL – RODO 
R$ 396,00 / t 
T.T. : 11 dias 
2.400 km 2.300 km 4.700 km 
• Rota : Manaus – Praia Norte /TO – Campinas /SP 
Fonte: Eurolatina 
FERROVIÁRIO 
R$ 320,00 / t 
T.T. : 11 dias 
2.400 km 2.720 km 
5.120 km 
FLUVIAL – RODO
Logística Marítima Diferenciada 
41 
Europa 
Holanda 
África 
América do 
Norte 
Canal do Panamá 
Nova York 
Nova 
Orleans 
China 
EUA 
Rússia 
Ásia 
Índia 
Japão 
De 
América do Sul 
Para 
Vitória (ES) 
Rio de Janeiro(RJ) 
Santos (SP) 
Oceania 
Santos (SP) Itaquí (MA) Ganho 
[milhas] [milhas] [milhas] [%] 
Buenos Aires 
Cidade do Porto (Por) 5.550 3800 1.750 32% 
Rotterdam (Hol) 5893 4143 1.750 30% 
Hamburg (Ale) 6169 4419 1.750 28% 
New Orlens (USA) 5715 3355 2.360 41% 
Tókio (JAP) via Panamá 11982 9168 2.814 23%
Desenvolvimento 
EEccoonnôômmiiccoo
Formação Profissional 
43 
ENSINO SUPERIOR 
22 INSTITUIÇÕES 
TÉCNICO NÍVEL MÉDIO 
42 INSTITUIÇÕES
PPSUS Programa de Pesquisa para o SUS 
Dados 
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur 
adipiscing elit. 
16 Projetos na area de saude foram 
selecionados e vão receber o 
Financiamento. 
47 
R$450.000,00 
Recurso Federal 
R$150.000,00 
Recurso Estadual 
ENTREGUE
PROEDUCAR 
Dados 
18 IES credenciados ao PROEDUCAR; 
Valor Total Negociado: R$42.961.984,10 
(76,2%) 
Valor em Moeda: R$ 33.117.637,87; 
Valor em serviço: R$ 8.441.513,72; 
Total de Negociações: 3.222; 
62 
R$56.371.939,00 
Recurso Estadual 
ENTREGUE
PRONATEC 
Dados 
76 municipio atendidos 
4.572 alunos cursando no momento 
2.000 alunos pré-matriculados 
316 alunos ja concluiram 
63 
R$63.000.000,00 
Recurso Federal 
ENTREGUE
P.TECNOLÓGICO 
UFT 
47 
Parque Tecnológico
Parque Tecnológico 
48 
Estudos de Viabilidade Técnica, econômica 
e Ambiental realizada pela fundação CERTI 
Terreno definido e ja no nome da secretaria 
de desenvolvimento economico
49 
Parque Tecnológico
Distritos Empresariais
Distrito Industrial de Colinas 
Dados 
Recuperação do trevo de 
acesso, recuperação asfáltica. Pavimentação 
de vias secundarias e energia eletrica. 
51 
R$4.087.088,00 
Recurso FDE 
ENTREGUE
Distrito Empresarial Álvaro 
Milhomem 
Dados 
Execução das obras de 
terraplenagem, pavimentação asfáltica e 
construção de rede de distribuição de 
energia elétrica no Parque Industrial Álvaro 
Milhomem, em Paraíso do Tocantins. 
52 
R$1.760.621,19 
Recurso FDE 
ENTREGUE
69 
Distrito industrial de Paraíso
Distrito Empresarial /Quadra ASR SE 55 
Dados 
Obras de terraplenagem, drenagem e 
pavimentação asfáltica na área empresarial 
da quadra ASR SE 55 
54 
R$2.595.061,02 
Recurso FDE 
Dezembro/2014
Parque Agroindustrial de Paraíso 
Dados 
Recuperação asfáltica na via principal e 
pavimentação em vias secundárias. 
55 
R$1.443.301,61 
Recurso FDE 
Novembro/2014
Parque Agroindustrial de Gurupi 
Dados 
Recuperação do trevo de acesso pela 
cidade, recuperação asfáltica, pavimentação 
de vias secundárias e energia elétrica. 
56 
R$2.668.004,39 
Recurso FDE 
Novembro/2014
Distrito Industrial Quadra ASR – SE 
85 
Dados 
Pavimentação e drenagem das vias do 
Distrito Industrial da Quadra ASR – SE 85 em 
Palmas TO 
57 
R$4.314.988,60 
Recurso FDE 
OBRA CONTRATADA AGUARDANDO 
PROJETOS COMPLEMENTARES.
Distrito Industrial Quadra ASR – 
NE 65 
Dados 
Obras de pavimentação 
asfáltica, saneamento básico, drenagem e 
energia na Quadra ASR – NE 65 – Industrial 
em Palmas TO. 
58 
R$14.000.000,00 
Recurso CDE 
AguardandoMicro Parcelamento dos 
lotes pela camâra municipal.
Obras aprovadas pelo CDE 
59 
R$7.338.627,84 
Alça Viaria 
Colinas 
R$2.000.000,00 
Estação Elevatória 
Lagoa da Confusão 
R$3.844.055,00 
Distrito Industrial 
Porto Nacional
Implantação da lei geral 
Aprovação do Decreto nº 4769 
Dados 
Foi implantado no Tocantins com o 
empenho do Femep e seu resultado 
beneficia cerca de 60 mil empresários. 
É considerado pelo Governo Federal e pelo 
Sebrae como o mais completo do Brasil. 
60
Compras Governamentais
Passo a passo do projeto 
1 
2 
Articulação, Pesquisas e Estudos 
62 
Regulação (Diagnóstico de procedimento de contratação do governo) 
Mobilização 3 e Comunicação 
4 
5 
6 
Capacitação dos profissionais para atuação frente ao projeto 
Acesso a Mercado 
Gestão do Projeto (Utilizando a metodologia GEOR)
Programa Compras 
Governamentais 
Dados 
Articulação, Pesquisas e 
Estudos, possibilitando elaboração de ações 
e capacitações; 
Capacitação dos profissionais para atuação 
frente ao projeto (instrutores, consultores e 
multiplicadores); 
63 
Capacitação de 160 agentes públicos 
estaduais; 
Capacitação de todos os auditores do 
Tribunal de Contas do Estado; 
Seminários em Palmas e Araguaína para 
disseminação de conteúdo. 
R$240.000,00 
Recurso Previsto
RedeSIM
Implantação da REDESIM 
Dados 
Digitalização de todo o acervo documental 
da Junta Comercial do Tocantins no valor 
de R$ 790.000,00; 
11 municípios em implantação; 
Revisão das leis: Bombeiros, Vigil. Sanitária 
e Naturatins; 
65 
Consulta de disponibilidade de nome e 
endereço pela internet (Gurupi e 
Araguaina).
Investimentos 
CDE
Galpão da Agrotins 
Dados 
Construção de Galpão pré-moldado de 1.200 
m² no Parque Agrotecnológico de Palmas- 
TO. 
67 
R$408.795,52 
Recurso FDE 
ENTREGUE
Reforma Colégio Agrícola 
Dados 
Reforma do Colégio Estadual Agrícola de Dr. 
José de Sousa Porto em Pedro Afonso TO. 
68 
R$2.948.492,63 
Recurso FNDE 
ENTREGUE
Reforma Colégio Agropecuário 
Dados 
Reforma e ampliação do Colégio Estadual 
Agropecuário em Natividade-TO. 
69 
R$1.462.191,40 
Recurso FNDE 
EM ANDAMENTO
Laboratório Cultura e Genética Molecular 
Campus Gurupi UFT 
Dados 
Construção do Laboratório de Cultura de 
tecidos e genética molecular no Campus de 
Gurupi – TO. 
70 
R$248.363,96 
Recurso Finep 
ENTREGUE
Centro de Pesquisa em 
Agroenergia 
Dados 
Construção do centro de pesquisa em 
agroenergia da UFT – Universidade Federal 
do Tocantins, em Palmas-TO. 
71 
502,98 m² 
R$745.191,98 
Recurso 
ENTREGUE 16/10 
Área construida
Centro de Pesquisa em Peixes 
Nativos 
Dados 
Construção do centro de pesquisa em 
peixes nativos, em Palmas-TO. 
72 
R$96.000,00 
Recurso 
ENTREGUE 16/10
Centro de Formação Profissional de Guaraí 
Guaraí TO 
Dados 
Construção do Centro de Formação 
Profissional em Guaraí – TO. 
73 
R$8.439.472,58 
Recurso Total 
R$7.529.476,50 
Recurso Federal 
R$909.996,08 
Recurso Estadual 
Ordem de serviço assinada
Laboratório no Campus da Unitins 
Araguaina TO 
Dados 
Construção do Laboratório de Referência 
Animal 
74 
R$682.212,37 
Recurso 
EM ANDAMENTO
CVT Colinas 
Colinas TO 
Dados 
Construção do prédio do CVT – Centro de 
Vocação Tecnológico, em Colinas do 
Tocantins. 
75 
R$346.417,15 
Recurso 
ENTREGUE
CVT Miracema 
Miracema TO 
Dados 
Construção do prédio do CVT – Centro de 
Vocação Tecnológico, em Miracema do 
Tocantins. 
76 
R$346.417,15 
Recurso 
ENTREGUE
Asa Norte 
Aguiarnopolis TO 
Dados 
Execução de serviços de terraplenagem e 
pavimentação asfáltica do trecho: 
entroncamento/TO 126 - Asa Norte 
Alimentos, com 2,76km em Aguiarnópolis- 
TO. 
77 
R$1.731.347,99 
Recurso FDE 
ENTREGUE
Tripa Norte 
Colméia TO 
Dados 
Execução de serviços de 
terraplenagem, pavimentação asfáltica do 
trecho da via de acesso à empresa - Tripa 
Norte, em Colmeia-TO. 
78 
R$1.407.010,02 
Recurso FDE 
ENTREGUE
Ecoporto Praia Norte 
Dados 
Obras de terraplenagem, pavimentação 
asfáltica e drenagem pluvial da Estação de 
carga do Porto de Praia Norte, com área de 
78.171,83m².. 
79 
R$8.886.213,37 
Recurso FDE 
Novembro/2014
Feiras e Campanhas Comerciais 
Dados 
Todas as cidades que possuem associações 
comercias foram beneficiadas com o aporte 
financeiro. 
80 
R$1.500.000,00 
Recurso CDE 
R$1.500.000,00 
Recurso Sebrae
Apoio à temporada de Praia 
Dados 
Incentivos para o desenvolvimento de 
pequenos negócios direcionados para a 
população e os turistas. 
81 
R$2.000.000,00 
Recurso CDE 
R$1.500.000,00 
Recurso Sebrae
Apoio às Feiras Agropecuárias 
Dados 
47 feiras agropecuárias apoiadas em todo 
Estado 
82 
R$2.500.000,00 
Recurso FDE
Incentivos Fiscais 
CDE
Incentivos Fiscais 
PROINDÚSTRIA 
PROSPERAR 
E-COMMERCE 
COMÉRCIO ATACADISTA 
84 
Biotins - Paraíso 
MEDICAMENTOS 
AGROINDÚSTRIA 
GADO – CARNE 
INDÚSTRIA AUTOMOTIVA 
FRUTA E PESCADO 
ZPE – (em implantação) 
PROLOGÍSTICA 
ENTREPOSTO FISCAL DA ZFM 
(Formalizado) 
Frango Norte - Paraíso 
Mariner - Colinas
Empresas com Incentivos fiscais 
250 
200 
150 
85 
100 
50 
0 
2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Financiamento 
FNO ( Banco da Amazônia) 
Orçamento 2014 – R$ 1 Bilhão 
Prazos Longos 
86 
Carência Longa 
Taxas de Juros Reais Negativas ou 
próximas a Zero
Brasil no Tocantins 
AGO/2012 
FIAM 
Manaus/AM 
SET/2012 
FIERG 
Porto Alegre/RS 
SET/2012 
FIESP 
São Paulo/SP 
FEV/2013 
87 
JAN/2014 
Veloso de Melo Advogados 
Brasília/DF 
FEV/2014 
MISSÃO CHINA 
FEV/2014 
MISSÃO EMIRADOS 
ÁRABES 
MISSÃO ESPANHA 
ABR e MAI/2013 
AGRISHOW 
Ribeirao Preto/SP 
OUT/2013 
FIESP 
São Paulo/SP 
OUT/2013 
FIESP 
São Paulo/SP 
NOV/2013 
FIEMG 
Belo Horizonte/MG 
FEV/2014 
MISSÃO ISRAEL 
MAR/2014 
ZAKIMI E ASSOCIADOS 
Taubaté/SP 
ABRI/2014 
ABAD 
São Paulo/SP 
MAIO/201 
4 A 
BAD 
São Paulo/SP 
JUN/2014 
NEMETZ E KUHNEM 
ADVOGADOS 
Blumenal/SC
Empresas Captadas 
88 
BDO
Empresas Requerentes 
89 
Azul Transporte 
Bertoline 
Bússola
90 
Projeto Transporte Bertolini 
Guaraí Tocantins
Grandes Empresas 
Votorantim Cimentos Vale MbAC Fertilizantes 
91 
Petrobras Distribuidora 
S.A. 
Raízen VL!
Grandes Empresas 
BraxCel 
JBS BUNGE 
92 
CIA Brasileira de Celulose 
GelNex Minerva Nova Agri
Grandes Empresas 
CEAGRO Granol 
93 
Asa Alimentos Maggi
Muito Obrigado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mercado trabalhori09 11
Mercado trabalhori09 11Mercado trabalhori09 11
Mercado trabalhori09 11
idesp
 
Caged fevereiro 2014
Caged fevereiro 2014Caged fevereiro 2014
Caged fevereiro 2014
Governo de Santa Catarina
 
Desempenho do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre e...
Desempenho do mercado de trabalho  da Região Metropolitana de  Porto Alegre e...Desempenho do mercado de trabalho  da Região Metropolitana de  Porto Alegre e...
Desempenho do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre e...
Fundação de Economia e Estatística
 
Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018
Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018
Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018
Exagro
 
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de GoianaApresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
Jornal do Commercio
 
Paraná Negocios
Paraná NegociosParaná Negocios
Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016
Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016
Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016
Fundação de Economia e Estatística
 
Mercado trabalhori11 12
Mercado trabalhori11 12Mercado trabalhori11 12
Mercado trabalhori11 12
idesp
 
Crise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre
Crise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto AlegreCrise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre
Crise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre
Fundação de Economia e Estatística
 
Paraná Notícias
Paraná NotíciasParaná Notícias
Paraná Notícias
Ed Claudio Cruz
 
Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015
Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015
Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015
MRS Logística S.A.
 
Informe PED-RMPA: Desemprego relativamente estável
Informe PED-RMPA: Desemprego relativamente estávelInforme PED-RMPA: Desemprego relativamente estável
Informe PED-RMPA: Desemprego relativamente estável
Fundação de Economia e Estatística
 
PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017
PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017
PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017
Fundação de Economia e Estatística
 
Desempenho das Exportações de 2015
Desempenho das Exportações de 2015Desempenho das Exportações de 2015
Desempenho das Exportações de 2015
Fundação de Economia e Estatística
 
Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)
Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)
Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)
Limancini
 
Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico
Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico
Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico
FecomercioSP
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Oficina do Texto Assessoria de Comunicação
 
Ponte Salvador Ilha de Itaparica
Ponte Salvador Ilha de ItaparicaPonte Salvador Ilha de Itaparica
Ponte Salvador Ilha de Itaparica
encontrocomgabrielli
 

Mais procurados (18)

Mercado trabalhori09 11
Mercado trabalhori09 11Mercado trabalhori09 11
Mercado trabalhori09 11
 
Caged fevereiro 2014
Caged fevereiro 2014Caged fevereiro 2014
Caged fevereiro 2014
 
Desempenho do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre e...
Desempenho do mercado de trabalho  da Região Metropolitana de  Porto Alegre e...Desempenho do mercado de trabalho  da Região Metropolitana de  Porto Alegre e...
Desempenho do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre e...
 
Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018
Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018
Perspectivas econômicas e marcados agrícolas 2017-2018
 
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de GoianaApresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
 
Paraná Negocios
Paraná NegociosParaná Negocios
Paraná Negocios
 
Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016
Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016
Redução do nível ocupacional e aumento do desemprego - fevereiro 2016
 
Mercado trabalhori11 12
Mercado trabalhori11 12Mercado trabalhori11 12
Mercado trabalhori11 12
 
Crise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre
Crise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto AlegreCrise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre
Crise econômica e desigualdade salarial na Região Metropolitana de Porto Alegre
 
Paraná Notícias
Paraná NotíciasParaná Notícias
Paraná Notícias
 
Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015
Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015
Pluralidade de modais em foco - Revista Tecnologística de Setembro/2015
 
Informe PED-RMPA: Desemprego relativamente estável
Informe PED-RMPA: Desemprego relativamente estávelInforme PED-RMPA: Desemprego relativamente estável
Informe PED-RMPA: Desemprego relativamente estável
 
PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017
PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017
PIB TRIMESTRAL DO RS 1.° trim./2017
 
Desempenho das Exportações de 2015
Desempenho das Exportações de 2015Desempenho das Exportações de 2015
Desempenho das Exportações de 2015
 
Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)
Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)
Sudeste Paraense | Região Empreendedora (Pará2030)
 
Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico
Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico
Apresentação Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico
 
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
Café com Seguro - Seguro Empresarial e PMEs - 7/03/2017
 
Ponte Salvador Ilha de Itaparica
Ponte Salvador Ilha de ItaparicaPonte Salvador Ilha de Itaparica
Ponte Salvador Ilha de Itaparica
 

Semelhante a O Brasil no Tocantins: Um Norte para seu Investimento

Pnad 1 2018
Pnad 1 2018Pnad 1 2018
Pnad 1 2018
Rafael Villas B
 
Final ppa região sul 2
Final ppa região sul 2Final ppa região sul 2
Final ppa região sul 2
ParticipaBR
 
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
PAC
 
[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...
[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...
[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...
AgroTalento
 
Carta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás Torezani
Carta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás TorezaniCarta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás Torezani
Carta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás Torezani
Fundação de Economia e Estatística
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
tdc-globalcode
 
Ppa nordeste ii v2
Ppa nordeste ii v2Ppa nordeste ii v2
Ppa nordeste ii v2
ParticipaBR
 
Joinville em Dados 2013 [português]
Joinville em Dados 2013 [português]Joinville em Dados 2013 [português]
Joinville em Dados 2013 [português]
Associação Empresarial de Joinville - ACIJ
 
Ppa nordeste i
Ppa nordeste iPpa nordeste i
Ppa nordeste i
ParticipaBR
 
APRESENTAÇÃO IRI.pptx
APRESENTAÇÃO IRI.pptxAPRESENTAÇÃO IRI.pptx
APRESENTAÇÃO IRI.pptx
Vtrinta
 
Ppa região sudeste v2
Ppa região sudeste v2Ppa região sudeste v2
Ppa região sudeste v2
ParticipaBR
 
Ppa co f_inal (2)
Ppa co f_inal (2)Ppa co f_inal (2)
Ppa co f_inal (2)
ParticipaBR
 
Ppa norte (final) v2
Ppa norte (final) v2Ppa norte (final) v2
Ppa norte (final) v2
ParticipaBR
 
Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54
Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54
Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54
APAS Associação
 
PIB dos municípios do RS em 2015
PIB dos municípios do RS em 2015PIB dos municípios do RS em 2015
PIB dos municípios do RS em 2015
Fundação de Economia e Estatística
 
Aniversário de Catalão
Aniversário de CatalãoAniversário de Catalão
Aniversário de Catalão
Meio & Mensagem
 
O Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores Produtivos
O Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores ProdutivosO Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores Produtivos
O Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores Produtivos
Edson Silva
 
CENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas Públicas
CENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas PúblicasCENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas Públicas
CENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas Públicas
Romeu Temporal
 
6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais
6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais
6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais
redesocialapl
 
Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010
Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010
Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010
SPC Brasil
 

Semelhante a O Brasil no Tocantins: Um Norte para seu Investimento (20)

Pnad 1 2018
Pnad 1 2018Pnad 1 2018
Pnad 1 2018
 
Final ppa região sul 2
Final ppa região sul 2Final ppa região sul 2
Final ppa região sul 2
 
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
 
[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...
[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...
[BeefSummit Brasil] Mario Garcia e Marcelo Pimenta: Curso Compare Sua Fazenda...
 
Carta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás Torezani
Carta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás TorezaniCarta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás Torezani
Carta de Conjuntura - (15/03/2016) - Tomás Torezani
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
 
Ppa nordeste ii v2
Ppa nordeste ii v2Ppa nordeste ii v2
Ppa nordeste ii v2
 
Joinville em Dados 2013 [português]
Joinville em Dados 2013 [português]Joinville em Dados 2013 [português]
Joinville em Dados 2013 [português]
 
Ppa nordeste i
Ppa nordeste iPpa nordeste i
Ppa nordeste i
 
APRESENTAÇÃO IRI.pptx
APRESENTAÇÃO IRI.pptxAPRESENTAÇÃO IRI.pptx
APRESENTAÇÃO IRI.pptx
 
Ppa região sudeste v2
Ppa região sudeste v2Ppa região sudeste v2
Ppa região sudeste v2
 
Ppa co f_inal (2)
Ppa co f_inal (2)Ppa co f_inal (2)
Ppa co f_inal (2)
 
Ppa norte (final) v2
Ppa norte (final) v2Ppa norte (final) v2
Ppa norte (final) v2
 
Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54
Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54
Revista Acontece - JAN/FEV 2017 - Ed. 54
 
PIB dos municípios do RS em 2015
PIB dos municípios do RS em 2015PIB dos municípios do RS em 2015
PIB dos municípios do RS em 2015
 
Aniversário de Catalão
Aniversário de CatalãoAniversário de Catalão
Aniversário de Catalão
 
O Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores Produtivos
O Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores ProdutivosO Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores Produtivos
O Mercado de Trabalho Paraense Sob a Ótica da Dinâmica dos Setores Produtivos
 
CENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas Públicas
CENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas PúblicasCENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas Públicas
CENTRO ANTIGO SALVADOR - Políticas Públicas
 
6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais
6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais
6ª CBAPL: O Apoio do Banco do Nordeste aos Arranjos Produtivos Locais
 
Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010
Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010
Indicador de Vendas e Inadimplência - CNDL/SPC Brasil - Outubro de 2010
 

Mais de CRC-TO

Palestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e Penalidades
Palestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e PenalidadesPalestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e Penalidades
Palestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e Penalidades
CRC-TO
 
eSocial - Uma Visão Prática sobre a Implantação
eSocial - Uma Visão Prática sobre a ImplantaçãoeSocial - Uma Visão Prática sobre a Implantação
eSocial - Uma Visão Prática sobre a Implantação
CRC-TO
 
Lei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e Fiscal
Lei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e FiscalLei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e Fiscal
Lei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e Fiscal
CRC-TO
 
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeGestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
CRC-TO
 
A Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no Brasil
A Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no BrasilA Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no Brasil
A Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no Brasil
CRC-TO
 
A Excelência da Contabilidade como Instrumento de Gestão
A Excelência da Contabilidade como Instrumento de GestãoA Excelência da Contabilidade como Instrumento de Gestão
A Excelência da Contabilidade como Instrumento de Gestão
CRC-TO
 
Custos e Controles ma Gestão Pública
Custos e Controles ma Gestão PúblicaCustos e Controles ma Gestão Pública
Custos e Controles ma Gestão Pública
CRC-TO
 
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeGestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
CRC-TO
 
Premiação dos Trabalhos Cientificos
Premiação dos Trabalhos Cientificos Premiação dos Trabalhos Cientificos
Premiação dos Trabalhos Cientificos
CRC-TO
 
Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS?
Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS? Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS?
Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS?
CRC-TO
 
Palestra: eSocial
Palestra: eSocialPalestra: eSocial
Palestra: eSocial
CRC-TO
 
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolhaPalestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
CRC-TO
 
Novas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafios
Novas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafiosNovas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafios
Novas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafios
CRC-TO
 
Custos no Setor Público como Instrumento de Controle Social
Custos no Setor Público como Instrumento de Controle SocialCustos no Setor Público como Instrumento de Controle Social
Custos no Setor Público como Instrumento de Controle Social
CRC-TO
 
ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas
ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas
ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas
CRC-TO
 
A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador
A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador
A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador
CRC-TO
 
Gestão nas Empresas Contábeis
Gestão nas Empresas Contábeis Gestão nas Empresas Contábeis
Gestão nas Empresas Contábeis
CRC-TO
 

Mais de CRC-TO (17)

Palestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e Penalidades
Palestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e PenalidadesPalestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e Penalidades
Palestra IRPF 2015: Como Evitar Erros e Penalidades
 
eSocial - Uma Visão Prática sobre a Implantação
eSocial - Uma Visão Prática sobre a ImplantaçãoeSocial - Uma Visão Prática sobre a Implantação
eSocial - Uma Visão Prática sobre a Implantação
 
Lei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e Fiscal
Lei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e FiscalLei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e Fiscal
Lei 12.976 x IFRS - Uma Abordagem Contábil e Fiscal
 
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeGestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
 
A Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no Brasil
A Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no BrasilA Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no Brasil
A Trajetória do Ensino e da Pesquisa em Contabilidade no Brasil
 
A Excelência da Contabilidade como Instrumento de Gestão
A Excelência da Contabilidade como Instrumento de GestãoA Excelência da Contabilidade como Instrumento de Gestão
A Excelência da Contabilidade como Instrumento de Gestão
 
Custos e Controles ma Gestão Pública
Custos e Controles ma Gestão PúblicaCustos e Controles ma Gestão Pública
Custos e Controles ma Gestão Pública
 
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeGestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
 
Premiação dos Trabalhos Cientificos
Premiação dos Trabalhos Cientificos Premiação dos Trabalhos Cientificos
Premiação dos Trabalhos Cientificos
 
Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS?
Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS? Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS?
Como transformar IDEIAS em NEGÓCIOS?
 
Palestra: eSocial
Palestra: eSocialPalestra: eSocial
Palestra: eSocial
 
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolhaPalestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
 
Novas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafios
Novas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafiosNovas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafios
Novas Oportunidades da Profissão: As novas exigências e os novos desafios
 
Custos no Setor Público como Instrumento de Controle Social
Custos no Setor Público como Instrumento de Controle SocialCustos no Setor Público como Instrumento de Controle Social
Custos no Setor Público como Instrumento de Controle Social
 
ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas
ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas
ITG1000 Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas
 
A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador
A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador
A Responsabilidade Civil, Social e Criminal do Contador
 
Gestão nas Empresas Contábeis
Gestão nas Empresas Contábeis Gestão nas Empresas Contábeis
Gestão nas Empresas Contábeis
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

O Brasil no Tocantins: Um Norte para seu Investimento

  • 1. Brasil no Tocantins Um novo Norte para o Tocantins
  • 2. Governo do Estado do Tocantins 02 Sandoval Cardoso Governador do Estado Paulo Massuia Secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.
  • 3. O Tocantins Co yvy ore retama - Esta terra é nossa 03 Antes de 1988 • Prioridade dos investimentos no Sul • Carência de: – Escolas – Hospitais – Rodovias Pavimentadas, – Telefonia • Agricultura de subsistência 1988 • Nasce o Tocantins • Integrante da “Amazônia Legal” • Bioma: 88% Cerrado 1989 • Posse ddoo 11º GGoovveerrnnaaddoorr • JJoosséé WWiillssoonn SSiiqquueeiirraa CCaammppooss • FFuunnddaaççããoo ddee PPaallmmaass Dados • Capital – Palmas • Região – Norte • Gentílico - tocantinense • Coordenadas - 10°11′S 48°20′W • Hidrografia – Araguaia e Tocantins • Território - 277,621 km² • Municípios – 139 • Divisa - Goiás, Mato Grosso, Pará, Maranhão, Piauí e Bahia. • Site - http://portal.to.gov.br/
  • 4. Evolução da PIB Tocantins Fonte IBGE/Seplan-TO 7241 8278 9061 9605 11904 13090 14571 17240 18059 19137 25000 20000 15000 10000 R$ Milhões 04 5607 5000 0 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Números Reais Números Projetados *Previsões SEPLAN/Superintendência de Pesquisas e Zoneamento Ecológico Econômico/Diretoria de Pesquisa
  • 5. Crescimento PIB 2002-2010 Fonte IBGE 39 39 37 35 35 24 30 31 26 24 RS RJ SC RN AL MG PR BRASIL SP PE Tocantins Norte Brasil 05 74 64 62 59 56 56 53 53 53 54 47 48 43 44 45 46 44 41 42 0 10 20 30 40 50 60 70 80 DF BA PA CE SE PB MS GO ES PI NORTE RR AM MT MA AP AC RO Tocantins
  • 6. Índice de Venda - Comércio Varejista 2008 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 8,4 8,2 9,1 8,8 9,2 10,6 10,4 10,2 11 12,5 13,5 RO SP RN MT MS PB MA BRASIL GO ES PI 06 -1,5 1,7 4,1 3,9 5,1 5,8 6,8 6,7 6,5 6,2 6,6 7 7,9 7,8 7,6 7,6 8 CE RO BA RJ MG PR AC PE RS AP SC AL TO SE DF PA AM -4 -2 0 2 4 6 8 10 12 14 16 (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 7. Índice de Venda - Comércio Varejista 2009 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 6,3 6,1 7 6,8 7,3 8,3 9,5 10,7 11,3 13,3 13,3 SE PI RO RO CE AL SP BA SC AP AC 07 -1,7 -1,1 1 0,7 3 3,6 3,4 3,8 4,4 4,3 4,2 4,7 5,4 5,2 5,1 5,9 5,7 BRASIL RJ PE PR GO MG AM MT RN MA PA MS RS DF PB ES TOCANTINS -4 -2 0 2 4 6 8 10 12 14 16 (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 8. Índice de Venda - Comércio Varejista 2010 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 16 15,8 15,6 17 19,9 19,3 19,2 18,9 20,3 27,3 39,7 TOCANTINS RO ES RO MT PB AC CE GO AP MS 08 7,8 9 9 9,8 9,7 13,8 13,2 13 12,2 11,6 11,2 11 10,7 12 12,8 15,6 15 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 MA MG AL PR RS PE BRASIL SE BA PA SP SC RN RJ PI AM DF (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 9. Índice de Venda - Comércio Varejista 2011 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 7,5 7,4 8,1 8 9,5 9,4 10 10,6 10,6 14,2 25,2 TOCANTINS PB RO RR MG AC MA PA CE ES GO 09 0,9 0,5 3,7 3,5 4,3 5 4,9 6,1 5,9 5,6 7,1 7,1 6,8 6,7 6,7 6,3 7 0 5 10 15 20 25 30 BA RN PR RJ BRASIL PE SC RS SP MS PI AM DF MT AL AP SE (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 10. Índice de Venda - Comércio Varejista 2012 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 9,9 9,9 9,7 10,8 10,6 11,8 12,8 15,5 16,9 17,7 26,7 RR AP MS TOCANTINS AC MA PE ES PB PR SP 10 4,4 4,3 4,1 5,7 5,4 7,1 7 6,7 6,6 7,4 8,8 8,4 8,3 8,3 9 9,7 9,6 0 5 10 15 20 25 30 BA CE RS GO BRASIL PA AL SC PI RN MG MT RO SE DF AM RJ (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 11. Índice de Venda - Comércio Varejista 2013 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 5 6,3 6,1 5,9 6,2 7 8,6 9,3 9,3 9,2 10,9 MS RO RN PB MA AL PR PE MT PA TOCANTINS 11 0,9 1,5 2,8 2,8 2,7 2,6 3 3,3 3,9 3,8 3,8 3,7 4 4,3 4,3 4,7 5 0 2 4 6 8 10 12 RJ GO BRASIL SP AC AM RS PI CE RR AP SE DF BA SC ES MG (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 12. Índice de Venda - Comércio Varejista Até Jun 2014 Fontes IBGE | Diretorias de Pesquisas | Coordenação de Serviços e Comércio. 5,0 5,7 5,5 7,1 8,2 8,1 8,7 8,5 8,8 9,4 11,8 AC RO CE TOCANTINS MA AL AP BA PE MS GO 12 1,4 1,7 2,4 2,2 2,8 2,6 2,9 3,6 3,5 4,3 4,1 4,0 4,0 3,9 4,2 4,7 4,5 - 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 RN PB BRASIL PI SP RS PA PR RJ MG MT DF RR SE SC AM ES (1) Base: 2011 = 100 (2) Base: Igual mês do ano anterior = 100 (3) Base no ano: Igual período do ano anterior = 100 Base 12 meses: 12 meses imediatamente anteriores aos 12 últimos meses = 100. Brasil Tocantins
  • 13. Pontos Fortes Luminosidade 2470 Horas/ano Hidrografia maior ilha fluvial do mundo, a Ilha do Bananal. 13 Topografia 82% Plana Período Chuvoso Períodos bem definidos.
  • 14. Cana de Açúcar Potencial de Instalação 20 Plantas 14 Áreas Aptas ao Cultivo 1,2 milhões ha. Estimativa Produção Etanol 20 milhões litros/ano Produtividade 125 Toneladas/ha Zoneamento Mapa/MMA
  • 15. Silvicultura - Eucalipto No Tocantins, a expectativa da Aretins (Associação de Reflorestamento do Tocantins) é atingir 600 mil hectares de eucalipto plantados até 2016. A Jamp, de Dueré (TO), deve quadruplicar a área plantada de eucalipto, hoje em 6.825 mil hectares. 15 Segundo a Abraf, a silvicultura no Brasil obteve valor bruto de produção de R$ 51,8 bilhões em 2010 – recorde histórico. De acordo com a associação, o setor gera 4,5 milhões de empregos diretos e indiretos no país. Fonte: Folha de São Paulo
  • 16. Silvicultura Fonte SEAGRO 16 Silvicultura SERINGUEIRA EUCALIPTO Teca Área Plantada(há) 2008 1.372 44.000,00 1.976,09 Área Plantada(há) 2013-2014 6.825 144.000,00 N/C Pequi Neen Parica Pinus Pupunha 9,5 158 22,5 850 255 N/C N/C N/C N/C N/C
  • 17. Piscicultura 17 Áreas lagos artificiais 120.000 ha Produção de pescado em 1% da área 200.000 t/ano
  • 18. Ferrovia Norte Sul - Frigoríficos 18 Centro Centro 524 Km 524 Km 468 Km 468 Km 426 Km 426 Km 391 Km 391 Km 383 Km 383 Km 370 Km 370 Km 273 Km 273 Km 228 Km 228 Km 195 Km 195 Km 225 Km 225 Km 107 Km 107 Km 455 Km 455 Km 301 Km 301 Km Frigoríficos na faixa até 400 Km Frigoríficos na faixa entre 400 a 550 Km
  • 19. Logística do Tocantins para o Brasil 19 Aerovia Rodovia Hidrovia Ferrovia
  • 20. Complexo Aeroportuário Brigadeiro Lysias Rodrigues O Aeroporto de Palmas, inaugurado pela Infraero em 05 de outubro de 2001 - data do 13º aniversário do Estado do Tocantins - foi batizado com o nome de Aeroporto Lysias Rodrigues em homenagem à memória do heroico desbravador da região. O sítio aeroportuário, com 23.739.952.00m² de área possibilita novos investimentos e expansão da infraestrutura existente. 20 2374 Sítio Aeroportuário Hectares 2500 x 40 Metros Dimensões da pista 2,1 Milhões Capacidade de passageiros ao ano
  • 21. Complexo Aeroportuário 21 Alfandega O projeto do complexo logístico de cargas de Palmas contempla a construção de uma área de armazenamento de 500 m², que permitirá ampliações e expansões da área de acordo com a demanda. O armazém do complexo também contará com sala de atendimento ao cliente, alojamentos para funcionários e espaços administrativos, além de um estacionamento de caminhões com seis vagas e três docas para o embarque e desembarque de cargas.
  • 22. Rodovias Ao todo, o governo do Estado está construindo 14 rodovias em diversas regiões do Tocantins. As obras facilitam o acesso às cidades, o escoamento da produção local, além de promover a geração de emprego e renda. São 818,53 km de estradas que estão em construção, com um investimento de cerca de R$ 670 milhões. Nas novas rodovias estão sendo executados os serviços de terraplenagem, pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, obras de artes especiais, como pontes, bueiros e 22 galerias, além de sinalização horizontal e vertical. Em algumas localidades as obras já estão na fase final.
  • 23. Rodoviárias 23 Evolução da malha rodoviária pavimentada 3418,63 4472,29 4705,4 4830,51 5040,3 6000 5000 4000 1342,82 1378,5 1468,7 1468,7 1346,92 1457,23 2716,82 3000 2000 1000 0 2000 2003 2006 2007 2008 2009 Federal Estadual
  • 24. BR-153 A BR-153, também conhecida pelos nomes de Rodovia Transbrasiliana, Rodovia Belém- Brasília e Rodovia Bernardo Sayão, é a quarta maior rodovia do Brasil, ligando a cidade deMarabá (PA) ao município deAceguá (RS), totalizando 4.355 quilômetros de extensão. 27 Duplicação do Trecho Aliança-TO / Anápolis-GO 2019 Conclusão Prevista Galvão Engenharia Empresa responsável
  • 26. Ferrovias Expansão da malha ferroviária para permitir a ligação a áreas de produção agrícola e mineral a portos, indústrias e mercado consumidor. Para isso, o governo quer a revisão do modelo regulatório, para criar um ambiente mais competitivo no transporte de cargas, incentivar a utilização da capacidade da infraestrutura ferroviária e estimular novos investimentos. 26
  • 27. Corredor Centro Norte Porto Franco atenderá Maranhão, Pará e Piauí 27 c 1050 km Porto Franco Palmeirante atenderá Nordeste do Mato Grosso e Centro-Norte do Tocantins X c 400 km c Terminal / Projeto 500 km 400 km Porto Nacional atenderá Centro Sul do Tocantins, Norte do Goiás e Noroeste da Bahia Uruaçu atenderá Norte do Goiás e Leste do Mato Grosso
  • 28. Estágio atual da FNS 28 Em Operação: Itaqui a Anápolis Em Projeto (493 km) Belém Açailândia Estudos/Projetos : 2013 - 480 km Anápolis Palmas Estrela d’Oeste Concluído - 1574 km Ouro Verde Extensão Total 4.576 Km Panorama Rio Grande do Sul Estudos/Projetos: 2012 - 220 Km Estudos/Projetos: 2012 - 1.620 km Fonte: VALEC
  • 30. Centros Logísticos Porto Nacional 30 Prod.:Container Cliente: EXITO IMP. EXP. S/A . Lote nº 02 Prod.: Fertilizantes Cliente: Diversos Prod.: Grãos Cliente: Nova Agri. Lote nº 05 Área Oficina de Manutenção Prod.: Carga Geral Cliente: Diverso Prod.: Combustíveis Cliente: Petrobrás Área comum para carregamento dos vagões Prod.: Combustíveis Cliente: NORSHIP Prod.: Combustíveis Cliente: RAÍZEN Expansão Futura Prod.: Grãos/Diversos Cliente: Diversos
  • 31. 31 Centro Logístico Projeto BR-Distribuidora
  • 32. 32 Centro Logístico de Guaraí
  • 33. 33 Centro Logístico de Colinas
  • 34. Centro Logístico de Aguiarnopolis
  • 35. Valorização dos lotes Pátio Palmas 35 LOTE ÁREA (HA) USO EDITAL 023/10 EDITAL 001/12 VAR. EMPRESAS VENCEDORAS 4 2,40 Grãos 901.101,00 73% GENCON 5 2,40 Grãos 520.710,25 NOVAAGRI 6 2,40 Grãos 2.000.006,00 284% NOVAAGRI 7 2,40 Grãos 3.794.000,00 629% LOS GROBO
  • 36. Hidrovias A Hidrovia do Tocantins-Araguaia é a principal hidrovia e um dos principais troncos viários do corredor Centro-Norte brasileiro. Sub-bacia do Rio Araguaia: formada pelo Rio Araguaia e seus afluentes, tendo um terço de seu volume no estado. Sub-bacia do Rio Tocantins: formada pelo Rio Tocantins e seus afluentes, ocupando dois 36 terços de seu volume aproximadamente no Estado.
  • 39. Sub-Projetos 39 ENTREPOSTO FISCAL DDOO AAMMAAZZOONNAASS // ZONA FRANCA DE MANAUS IMPLANTAÇÃO DO PORTO SECO (PRAIA NORTE)
  • 40. Estimativa de redução de custo de Frete 40 Rota Atual : Manaus – Belém /PA – Campinas /SP FLUVIAL - RODO 2.850 km Centro Logístico de Praia Norte R$ 480,00 / t 4.540 km T.T. : 10 dias 1.690 km - 17,5% * por tonelada - 33,3% * por tonelada FLUVIAL – RODO R$ 396,00 / t T.T. : 11 dias 2.400 km 2.300 km 4.700 km • Rota : Manaus – Praia Norte /TO – Campinas /SP Fonte: Eurolatina FERROVIÁRIO R$ 320,00 / t T.T. : 11 dias 2.400 km 2.720 km 5.120 km FLUVIAL – RODO
  • 41. Logística Marítima Diferenciada 41 Europa Holanda África América do Norte Canal do Panamá Nova York Nova Orleans China EUA Rússia Ásia Índia Japão De América do Sul Para Vitória (ES) Rio de Janeiro(RJ) Santos (SP) Oceania Santos (SP) Itaquí (MA) Ganho [milhas] [milhas] [milhas] [%] Buenos Aires Cidade do Porto (Por) 5.550 3800 1.750 32% Rotterdam (Hol) 5893 4143 1.750 30% Hamburg (Ale) 6169 4419 1.750 28% New Orlens (USA) 5715 3355 2.360 41% Tókio (JAP) via Panamá 11982 9168 2.814 23%
  • 43. Formação Profissional 43 ENSINO SUPERIOR 22 INSTITUIÇÕES TÉCNICO NÍVEL MÉDIO 42 INSTITUIÇÕES
  • 44. PPSUS Programa de Pesquisa para o SUS Dados Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. 16 Projetos na area de saude foram selecionados e vão receber o Financiamento. 47 R$450.000,00 Recurso Federal R$150.000,00 Recurso Estadual ENTREGUE
  • 45. PROEDUCAR Dados 18 IES credenciados ao PROEDUCAR; Valor Total Negociado: R$42.961.984,10 (76,2%) Valor em Moeda: R$ 33.117.637,87; Valor em serviço: R$ 8.441.513,72; Total de Negociações: 3.222; 62 R$56.371.939,00 Recurso Estadual ENTREGUE
  • 46. PRONATEC Dados 76 municipio atendidos 4.572 alunos cursando no momento 2.000 alunos pré-matriculados 316 alunos ja concluiram 63 R$63.000.000,00 Recurso Federal ENTREGUE
  • 47. P.TECNOLÓGICO UFT 47 Parque Tecnológico
  • 48. Parque Tecnológico 48 Estudos de Viabilidade Técnica, econômica e Ambiental realizada pela fundação CERTI Terreno definido e ja no nome da secretaria de desenvolvimento economico
  • 51. Distrito Industrial de Colinas Dados Recuperação do trevo de acesso, recuperação asfáltica. Pavimentação de vias secundarias e energia eletrica. 51 R$4.087.088,00 Recurso FDE ENTREGUE
  • 52. Distrito Empresarial Álvaro Milhomem Dados Execução das obras de terraplenagem, pavimentação asfáltica e construção de rede de distribuição de energia elétrica no Parque Industrial Álvaro Milhomem, em Paraíso do Tocantins. 52 R$1.760.621,19 Recurso FDE ENTREGUE
  • 53. 69 Distrito industrial de Paraíso
  • 54. Distrito Empresarial /Quadra ASR SE 55 Dados Obras de terraplenagem, drenagem e pavimentação asfáltica na área empresarial da quadra ASR SE 55 54 R$2.595.061,02 Recurso FDE Dezembro/2014
  • 55. Parque Agroindustrial de Paraíso Dados Recuperação asfáltica na via principal e pavimentação em vias secundárias. 55 R$1.443.301,61 Recurso FDE Novembro/2014
  • 56. Parque Agroindustrial de Gurupi Dados Recuperação do trevo de acesso pela cidade, recuperação asfáltica, pavimentação de vias secundárias e energia elétrica. 56 R$2.668.004,39 Recurso FDE Novembro/2014
  • 57. Distrito Industrial Quadra ASR – SE 85 Dados Pavimentação e drenagem das vias do Distrito Industrial da Quadra ASR – SE 85 em Palmas TO 57 R$4.314.988,60 Recurso FDE OBRA CONTRATADA AGUARDANDO PROJETOS COMPLEMENTARES.
  • 58. Distrito Industrial Quadra ASR – NE 65 Dados Obras de pavimentação asfáltica, saneamento básico, drenagem e energia na Quadra ASR – NE 65 – Industrial em Palmas TO. 58 R$14.000.000,00 Recurso CDE AguardandoMicro Parcelamento dos lotes pela camâra municipal.
  • 59. Obras aprovadas pelo CDE 59 R$7.338.627,84 Alça Viaria Colinas R$2.000.000,00 Estação Elevatória Lagoa da Confusão R$3.844.055,00 Distrito Industrial Porto Nacional
  • 60. Implantação da lei geral Aprovação do Decreto nº 4769 Dados Foi implantado no Tocantins com o empenho do Femep e seu resultado beneficia cerca de 60 mil empresários. É considerado pelo Governo Federal e pelo Sebrae como o mais completo do Brasil. 60
  • 62. Passo a passo do projeto 1 2 Articulação, Pesquisas e Estudos 62 Regulação (Diagnóstico de procedimento de contratação do governo) Mobilização 3 e Comunicação 4 5 6 Capacitação dos profissionais para atuação frente ao projeto Acesso a Mercado Gestão do Projeto (Utilizando a metodologia GEOR)
  • 63. Programa Compras Governamentais Dados Articulação, Pesquisas e Estudos, possibilitando elaboração de ações e capacitações; Capacitação dos profissionais para atuação frente ao projeto (instrutores, consultores e multiplicadores); 63 Capacitação de 160 agentes públicos estaduais; Capacitação de todos os auditores do Tribunal de Contas do Estado; Seminários em Palmas e Araguaína para disseminação de conteúdo. R$240.000,00 Recurso Previsto
  • 65. Implantação da REDESIM Dados Digitalização de todo o acervo documental da Junta Comercial do Tocantins no valor de R$ 790.000,00; 11 municípios em implantação; Revisão das leis: Bombeiros, Vigil. Sanitária e Naturatins; 65 Consulta de disponibilidade de nome e endereço pela internet (Gurupi e Araguaina).
  • 67. Galpão da Agrotins Dados Construção de Galpão pré-moldado de 1.200 m² no Parque Agrotecnológico de Palmas- TO. 67 R$408.795,52 Recurso FDE ENTREGUE
  • 68. Reforma Colégio Agrícola Dados Reforma do Colégio Estadual Agrícola de Dr. José de Sousa Porto em Pedro Afonso TO. 68 R$2.948.492,63 Recurso FNDE ENTREGUE
  • 69. Reforma Colégio Agropecuário Dados Reforma e ampliação do Colégio Estadual Agropecuário em Natividade-TO. 69 R$1.462.191,40 Recurso FNDE EM ANDAMENTO
  • 70. Laboratório Cultura e Genética Molecular Campus Gurupi UFT Dados Construção do Laboratório de Cultura de tecidos e genética molecular no Campus de Gurupi – TO. 70 R$248.363,96 Recurso Finep ENTREGUE
  • 71. Centro de Pesquisa em Agroenergia Dados Construção do centro de pesquisa em agroenergia da UFT – Universidade Federal do Tocantins, em Palmas-TO. 71 502,98 m² R$745.191,98 Recurso ENTREGUE 16/10 Área construida
  • 72. Centro de Pesquisa em Peixes Nativos Dados Construção do centro de pesquisa em peixes nativos, em Palmas-TO. 72 R$96.000,00 Recurso ENTREGUE 16/10
  • 73. Centro de Formação Profissional de Guaraí Guaraí TO Dados Construção do Centro de Formação Profissional em Guaraí – TO. 73 R$8.439.472,58 Recurso Total R$7.529.476,50 Recurso Federal R$909.996,08 Recurso Estadual Ordem de serviço assinada
  • 74. Laboratório no Campus da Unitins Araguaina TO Dados Construção do Laboratório de Referência Animal 74 R$682.212,37 Recurso EM ANDAMENTO
  • 75. CVT Colinas Colinas TO Dados Construção do prédio do CVT – Centro de Vocação Tecnológico, em Colinas do Tocantins. 75 R$346.417,15 Recurso ENTREGUE
  • 76. CVT Miracema Miracema TO Dados Construção do prédio do CVT – Centro de Vocação Tecnológico, em Miracema do Tocantins. 76 R$346.417,15 Recurso ENTREGUE
  • 77. Asa Norte Aguiarnopolis TO Dados Execução de serviços de terraplenagem e pavimentação asfáltica do trecho: entroncamento/TO 126 - Asa Norte Alimentos, com 2,76km em Aguiarnópolis- TO. 77 R$1.731.347,99 Recurso FDE ENTREGUE
  • 78. Tripa Norte Colméia TO Dados Execução de serviços de terraplenagem, pavimentação asfáltica do trecho da via de acesso à empresa - Tripa Norte, em Colmeia-TO. 78 R$1.407.010,02 Recurso FDE ENTREGUE
  • 79. Ecoporto Praia Norte Dados Obras de terraplenagem, pavimentação asfáltica e drenagem pluvial da Estação de carga do Porto de Praia Norte, com área de 78.171,83m².. 79 R$8.886.213,37 Recurso FDE Novembro/2014
  • 80. Feiras e Campanhas Comerciais Dados Todas as cidades que possuem associações comercias foram beneficiadas com o aporte financeiro. 80 R$1.500.000,00 Recurso CDE R$1.500.000,00 Recurso Sebrae
  • 81. Apoio à temporada de Praia Dados Incentivos para o desenvolvimento de pequenos negócios direcionados para a população e os turistas. 81 R$2.000.000,00 Recurso CDE R$1.500.000,00 Recurso Sebrae
  • 82. Apoio às Feiras Agropecuárias Dados 47 feiras agropecuárias apoiadas em todo Estado 82 R$2.500.000,00 Recurso FDE
  • 84. Incentivos Fiscais PROINDÚSTRIA PROSPERAR E-COMMERCE COMÉRCIO ATACADISTA 84 Biotins - Paraíso MEDICAMENTOS AGROINDÚSTRIA GADO – CARNE INDÚSTRIA AUTOMOTIVA FRUTA E PESCADO ZPE – (em implantação) PROLOGÍSTICA ENTREPOSTO FISCAL DA ZFM (Formalizado) Frango Norte - Paraíso Mariner - Colinas
  • 85. Empresas com Incentivos fiscais 250 200 150 85 100 50 0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  • 86. Financiamento FNO ( Banco da Amazônia) Orçamento 2014 – R$ 1 Bilhão Prazos Longos 86 Carência Longa Taxas de Juros Reais Negativas ou próximas a Zero
  • 87. Brasil no Tocantins AGO/2012 FIAM Manaus/AM SET/2012 FIERG Porto Alegre/RS SET/2012 FIESP São Paulo/SP FEV/2013 87 JAN/2014 Veloso de Melo Advogados Brasília/DF FEV/2014 MISSÃO CHINA FEV/2014 MISSÃO EMIRADOS ÁRABES MISSÃO ESPANHA ABR e MAI/2013 AGRISHOW Ribeirao Preto/SP OUT/2013 FIESP São Paulo/SP OUT/2013 FIESP São Paulo/SP NOV/2013 FIEMG Belo Horizonte/MG FEV/2014 MISSÃO ISRAEL MAR/2014 ZAKIMI E ASSOCIADOS Taubaté/SP ABRI/2014 ABAD São Paulo/SP MAIO/201 4 A BAD São Paulo/SP JUN/2014 NEMETZ E KUHNEM ADVOGADOS Blumenal/SC
  • 89. Empresas Requerentes 89 Azul Transporte Bertoline Bússola
  • 90. 90 Projeto Transporte Bertolini Guaraí Tocantins
  • 91. Grandes Empresas Votorantim Cimentos Vale MbAC Fertilizantes 91 Petrobras Distribuidora S.A. Raízen VL!
  • 92. Grandes Empresas BraxCel JBS BUNGE 92 CIA Brasileira de Celulose GelNex Minerva Nova Agri
  • 93. Grandes Empresas CEAGRO Granol 93 Asa Alimentos Maggi