SlideShare uma empresa Scribd logo
O ambiente: riscos e
incerteza
Introdução
 Um trabalho relacionado com o ambiente que serve para termos o
conhecimento de vários riscos e incertezas que existe no nosso meio
ambiente. Vamos falar de algumas consequências da globalização e
mostrar que são os seres humanos quem mais poluem e estragam o
ambiente. Por isso, vamos falar de algumas atividades que contribuem
para a poluição do ambiente e fazer o mínimo da prática dessa atividade
para reduzirmos a sua poluição.
Índice
 Introdução;
 Caraterizar a noção de ambiente e tipos de risco que lhe estão
associados;
 Consequência da globalização para o aumento dos riscos.
 Identificar as possíveis causas dos riscos ambientais;
 Explicar a influência dos padrões de consumo no ambiente;
 Analisar exemplos como o problema da água, o aquecimento global, os
riscos para a saúde; os alimentos geneticamente modificados, outros.
A noção do ambiente
 O meio ambiente é um sistema formado por elementos naturais e
artificiais relacionados entre si e que são modificados pela ação humana,
ao longo dos séculos, que mostra o seu crescente domínio sobre os
fenómenos naturais e o esforço despendido na melhoria contínua das
condições de vida. A atividade humana tem, no entanto, provocado a
degradação ambiental pela destruição dos recursos naturais e pela
poluição.
 Nos países em desenvolvimento, várias áreas florestais são devastadas e
convertidas em terrenos agrícolas, a irrigação é causadora de danos a
médio e longo prazo do ciclo da água e o uso excessivo de pesticidas
contamina os solos. Nos países desenvolvidos, a produção industrial é
responsável por inúmeros problemas ambientais, tais como:
 As florestas são destruídas pelas chuvas acidas;
 O lançamento de gases na atmosfera ameaça destruir a camada de
ozono;
 A descarga de poluentes dos rios ameaça a água de consumo público.
Os tipos de riscos
 Riscos Físicos – São diversas formas de energia a que possam estar
expostos os trabalhadores, tais como: ruído, vibrações, pressões
anormais, temperaturas extremas, radiações ionizantes, radiações não
ionizantes, bem como o infrassom e o ultrassom;
 Riscos Químicos – São substâncias que podem penetrar no organismo
pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos, névoas, neblina,
gases ou vapores ou pela natureza;
 Riscos Biológicos – São riscos oferecidos por diversos tipos de
microrganismos que podem infetar o indivíduo por vias respiratórias,
contato com a pele ou ingestão, tais como: as bactérias, fungos, bacilos,
parasita, protozoários, vírus, entre outros;
 Riscos Acidentes –São situações de riscos que podem contribuir para a
ocorrência de acidentes, como máquinas e equipamentos sem proteção,
ferramentas inadequadas ou defeituosas, iluminação inadequada,
probabilidade de incêndio ou explosão;
 Riscos Ergonómicos – São todas as circunstâncias de trabalho que, por
motivos psicológicos ou fisiológicos, causam desconforto ao trabalhador.
Isso inclui desde um trabalho realizado numa posição inadequada,
esforço físico intenso, levantamento e transporte de peso, imposição de
ritmos excessivos e trabalho em turno e noturno;
Consequência da
globalização para o aumento
dos riscos
 As consequências da globalização têm um largo alcance, afetando
praticamente todos os aspetos do mundo social.
 A preocupação com o aquecimento global tem aumentado junto à
comunidade científica nos últimos anos e se muitas dessas previsões
forem verdadeiras, tem o potencial para alterar a forma irreversível o
funcionamento do clima terreste e para produzir um conjunto de
consequências devastadoras para o ambiente que serão sentidas a nível
mundial.
 Uma das consequências da aceleração industrial e do desenvolvimento
tecnológico tem sido a constante expansão da interferência humana na
natureza.
 Confrontamos- nos cada vez mais com vários tipos de riscos que são
criados pelo impacto da tecnologia sobre o mundo.
 A globalização traz consequências trágicas nas sociedades do mundo
inteiro, nações que antes eram ricas e bem organizadas foram destruídas
pela globalização, como a África, antes era abundante em pedras
preciosas e ouro, hoje é um continente pobre e devastado pela miséria,
fome, guerra e doenças.
 Por exemplo, o Kim Jong-Un da coreira do norte com os mísseis que
manda para o oceano, acaba por afetar todo o planeta. Por mais longe
que esteja de nós acaba por vir a afetar outros países no futuro.
Possíveis causas dos riscos
ambientais
• Devido há intervenção humana na natureza à um aumento de intensidade ao
longo dos últimos séculos, ao ponto de já poucos ecossistemas poderem ser
considerados “puros” e imunes aos efeitos da humanização. Estes riscos são
visíveis em aspetos como a urbanização, a industrialização, as grandes
explorações agrícolas, a construção de barragens hidroelétricas e de centrais
nucleares e as várias formas de poluição como a poluição da água, poluição
ambiental, as mudanças climáticas, o aquecimento global e os riscos
alimentares.
A influência dos padrões de
consumo no ambiente
 Padrões de consumo são modelos específicos a que o consumo obedece,
consoante os fatores condicionantes.
 O consumo é um dos comportamentos humanos mais influenciados pela
época histórica e pelo espaço geográfico em que ocorre, é um fenómeno
social complexo, condicionado por múltiplos fatores (económicos e
extraeconómicos), com uma influência sobre a vida humana.
 O consumo é necessário à vida e à sobrevivência de qualquer espécie. Para
respirar precisamos de consumir o ar, para nos mantermos hidratados é
preciso consumir água, para crescermos e nos mantermos saudáveis,
necessitamos de alimentos. O mesmo acontece com outras espécies que
compartilham este planeta connosco. São atos naturais que sempre existiram
e que precisamos para nos mantermos vivos.
 O problema é quando o consumo de bens e serviços acontece de forma
exagerada, levando à exploração excessiva dos recursos naturais e
interferindo no equilíbrio estabelecido do planeta, enquanto uns
consomem muito mais do que suas necessidades básicas, outros sofrem
com a falta de recursos.
 Em um mundo globalizado, dominado pelo capitalismo, o consumo está
diretamente interligado ao desenvolvimento da sociedade. Quanto mais
se consome, maior o desenvolvimento e a estabilidade económica de
cada estado e região.
 O problema é que há uma relação estreita e forte entre o consumismo e o
meio ambiente. Isso porque para atender a demanda da produção e do
consumo é necessário retirar matérias-primas da natureza, fabricar e
transportar materiais, fazer grande uso de energia elétrica e de água,
entre outros. Tudo isso, gera emissão de gases poluentes, degradação e
devastação ambiental, poluição geral e, consequentemente, a destruição
de ecossistemas.
O problema da água
 Com o aumento da população mundial nos últimos setenta anos, o
consumo da água aumentou potencialmente. Apesar de os consumos per
capita estarem agora estabilizados, certo é que, a este ritmo de
crescimento populacional, a água será um dos principais fatores
limitativos do desenvolvimento. Estima-se que atualmente se esteja a
utilizar 54% da água doce disponível. Caso o consumo por habitante se
mantenha constante, em 2025 a população estará a usar 70% dos
recursos hídricos apenas devido ao crescimento populacional.
 A poluição da água é a degradação da qualidade da água a ponto de prejudicar
através de atividades antrópicas relacionadas ao descarte indevido de
efluentes, uso inadequado de substâncias químicas, extração de recursos e
modificação de condições físico químicas causamos a redução na qualidade da
água, poluindo-a de diferentes maneiras e graus, causando consequências
negativas tanto para os demais componentes da biosfera quanto para a própria
sociedade humana como para a saúde, a segurança e o bem-estar da
população, criar condições adversas às atividades sociais e econômicas, afetar
desfavoravelmente a biota e afetar desfavoravelmente as condições estéticas
ou sanitárias do meio ambiente. A contaminação é um caso particular de
poluição que refere-se à introdução, no meio ambiente, de qualquer produto ou
organismo, em concentrações nocivas à vida animal e vegetal.
O aquecimento global
 Aquecimento global é o processo de aumento da temperatura média dos
oceanos e da atmosfera da Terra causado por massivas emissões de
gases que intensificam o efeito estufa, originados de uma série de
atividades humanas, especialmente a queima de combustíveis fósseis e
mudanças no uso da terra, como o desmatamento, bem como de várias
outras fontes secundárias. Essas causas são um produto direto da
explosão populacional, do crescimento econômico, do uso de tecnologias
e fontes de energia poluidoras e de um estilo de vida insustentável, em
que a natureza é vista como matéria-prima para exploração.
Os principais gases do efeito estufa emitidos pelo homem são o dióxido de
carbono e o metano. Esses e outros gases atuam obstruindo a dissipação do calor
terrestre para o espaço. O aumento de temperatura vem ocorrendo desde meados
do século XIX e deverá continuar enquanto as emissões continuarem elevadas.
O declínio do gelo flutuante do Ártico é um dos sinais mais evidentes do
aquecimento global. O aumento nas temperaturas globais e a nova composição da
atmosfera desencadeiam alterações importantes em virtualmente todos os
sistemas e ciclos naturais da Terra. Afetam os mares, provocando a elevação do
seu nível e mudanças nas correntes marinhas e na composição química da água,
verificando-se acidificação, dessalinização e desoxigenação. Interferem no ritmo
das estações e nos ciclos da água, do carbono, do nitrogênio e outros compostos.
Causam o degelo modificando ecossistemas e reduzindo a disponibilidade de
água potável.
Riscos de saúde
 A saúde humana tem estado no centro das preocupações generalizadas nos
últimos anos, justificando sucessivas campanhas mediáticas que alertam para a
necessidade de prevenir diversos tipos de riscos. A SIDA, as hepatites, as
meningites e outras doenças contagiosas, os cancros e obesidade são alguns
exemplos de perigos para a saúde. A modernização científica e tecnológica da
agricultura, usam pesticidas químicos herbicidas e fertilizantes artificiais trouxeram
diversas vantagens mas também sérios perigos, havendo quem questione a
garantia da segurança alimentar e da saúde dos consumidores. O caso da comida
fast food e de toda uma gama de produtos congelados ou pré-cozinhados, são
tipos de alimentos também acusados de serem responsáveis por doenças.
 Atentemos agora em dois exemplos de riscos de saúde:
 Os alimentos geneticamente modificados
 Através da manipulação da composição genética de produções básicas, é
possível aumentar a velocidade de fotossíntese e produzir colheitas
maiores, chama-se a este processo modificação genética. Os produtos
alimentares feitos de organismos geneticamente modificados, ou que
contêm traços do mesmo são conhecidos como alimentos.
 A fast food
 É um dos piores perigos este hábito foi comprovado através dos dados
demonstrando da obesidade dos americanos, 23% dos habitantes do país
podiam ser caracterizados como obesos. Em 1999, esse número subiu
para 30%. Além de uma refeição dessas ser extremamente calórica,
correspondendo a grande parte do que se deveria ingerir num dia.
 A grande quantidade de gordura presente nesses alimentos pode elevar
os níveis de colesterol, aumentando o risco de doenças.
Poluição atmosférica
 A poluição do ar pode ser causada pela presença de substâncias
estranhas, que não fazem parte da sua composição natural, ou pela
variação das concentrações das componentes naturais, que dá origem a
um aumento na concentração na atmosfera da Terra, esta variação está a
provocar o efeito estufa. Os responsáveis pela poluição e pelo
desequilíbrio das propriedades do ar atmosférico são os seres humanos,
e maior parte dessa poluição é a consequência da queima de
combustíveis, como o carvão e o petróleo. Com o passar dos anos,
surgiram as grandes indústrias como consequência da Revolução
Industrial, que começaram a lançar substâncias poluentes no ar.
 Um dos produtos desenvolvidos industrialmente foram os automóveis,
que são os principais responsáveis pela queima de combustíveis
derivados de petróleo. Devido ao aumento da população, ao crescimento
das cidades e ao surgimento de cada vez mais indústrias, a quantidade
de poluentes lançados na atmosfera tem aumentado cada vez mais,
afetando a qualidade do ar que respiramos. Por exemplo, tanto na queima
de uma vela como na queima de gasolina de um automóvel são
produzidas várias substâncias, algumas delas consideradas
potencialmente poluentes.
Mudanças climáticas
 As mudanças climáticas também podem ser um problema para a poluição. Por
exemplo, as vagas de calor provocam devastações em muitas áreas, afeta a
agricultura, as chuvas e o nível do mar e o aumento crescente da emissão de gases
do efeito estufa está relacionado com o aumento da temperatura do planeta.
 Em algumas regiões devido ao calor haverá secas que levará a perdas da
biodiversidade, além de aumentar os riscos de incêndios. Em alguns locais,
provavelmente poderá haver falta de água, com diminuição do acesso à água potável
para a população.
 Outro problema grave relacionado com as mudanças climáticas é a disponibilidades de
alimentos, a agricultura será bastante afetada com o aumento da temperatura, pois
diversas espécies de plantas, tais como milho e arroz, têm sua produtividade afetada.
 Os impactos das mudanças climáticas podem ser catastróficos se não diminuirmos as
emissões de gases poluentes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tema III o homem como agente de mudanças ambientais
Tema III  o homem como agente de mudanças ambientaisTema III  o homem como agente de mudanças ambientais
Tema III o homem como agente de mudanças ambientais
Isabel Henriques
 
Desenvolvimento sustentável e impactos ambientais
Desenvolvimento sustentável e impactos ambientaisDesenvolvimento sustentável e impactos ambientais
Desenvolvimento sustentável e impactos ambientais
Clécio Bubela
 
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBO Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
zeopas
 
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTelesO Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
zeopas
 
A poluição e sua relação com o estado do amapá
A poluição e sua relação com o estado do amapáA poluição e sua relação com o estado do amapá
A poluição e sua relação com o estado do amapá
RefletindoGeografia
 
Economia e Meio Ambiente
Economia e Meio AmbienteEconomia e Meio Ambiente
Economia e Meio Ambiente
lizsantana
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
Professor
 
Meio Ambiente E PolíTica Internacional
Meio Ambiente E PolíTica InternacionalMeio Ambiente E PolíTica Internacional
Meio Ambiente E PolíTica Internacional
ceama
 
Desenvolvimentosustentveleimpactosambientais
DesenvolvimentosustentveleimpactosambientaisDesenvolvimentosustentveleimpactosambientais
Desenvolvimentosustentveleimpactosambientais
Paulinha Linha
 
Impactos humanos na geosfera
Impactos humanos na geosferaImpactos humanos na geosfera
Impactos humanos na geosfera
Jorge Coelho
 
Impacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambienteImpacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambiente
acrlessa
 
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o NordesteMudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
iicabrasil
 
Proeam MT - Meio Ambiente
Proeam MT - Meio AmbienteProeam MT - Meio Ambiente
Proeam MT - Meio Ambiente
Herbalife International do Brasil
 
Apresentação degradação ambiental - fusar
Apresentação   degradação ambiental - fusarApresentação   degradação ambiental - fusar
Apresentação degradação ambiental - fusar
Rita S. de Souza
 
Turma 11
Turma 11Turma 11
Turma 11
Bianca Vushmaci
 
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - AtmosferaA Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
Vitor Peixoto
 
6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-
6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-
6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-
Rafael Duarte
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
Paulo Gabriel
 
Esgotamento Dos Recursos
Esgotamento Dos RecursosEsgotamento Dos Recursos
Esgotamento Dos Recursos
catarina_iph
 
consequências ambientais
consequências ambientais consequências ambientais
consequências ambientais
111997
 

Mais procurados (20)

Tema III o homem como agente de mudanças ambientais
Tema III  o homem como agente de mudanças ambientaisTema III  o homem como agente de mudanças ambientais
Tema III o homem como agente de mudanças ambientais
 
Desenvolvimento sustentável e impactos ambientais
Desenvolvimento sustentável e impactos ambientaisDesenvolvimento sustentável e impactos ambientais
Desenvolvimento sustentável e impactos ambientais
 
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JBO Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
O Desenv. e a Utiliz. dos Recursos-by ES./GI/JB
 
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTelesO Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
O Desenv, e a Utiliz. dos Recursos by Joel e MTeles
 
A poluição e sua relação com o estado do amapá
A poluição e sua relação com o estado do amapáA poluição e sua relação com o estado do amapá
A poluição e sua relação com o estado do amapá
 
Economia e Meio Ambiente
Economia e Meio AmbienteEconomia e Meio Ambiente
Economia e Meio Ambiente
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
 
Meio Ambiente E PolíTica Internacional
Meio Ambiente E PolíTica InternacionalMeio Ambiente E PolíTica Internacional
Meio Ambiente E PolíTica Internacional
 
Desenvolvimentosustentveleimpactosambientais
DesenvolvimentosustentveleimpactosambientaisDesenvolvimentosustentveleimpactosambientais
Desenvolvimentosustentveleimpactosambientais
 
Impactos humanos na geosfera
Impactos humanos na geosferaImpactos humanos na geosfera
Impactos humanos na geosfera
 
Impacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambienteImpacto da ação humana no meio ambiente
Impacto da ação humana no meio ambiente
 
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o NordesteMudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
Mudanças climáticas e suas implicações para o Nordeste
 
Proeam MT - Meio Ambiente
Proeam MT - Meio AmbienteProeam MT - Meio Ambiente
Proeam MT - Meio Ambiente
 
Apresentação degradação ambiental - fusar
Apresentação   degradação ambiental - fusarApresentação   degradação ambiental - fusar
Apresentação degradação ambiental - fusar
 
Turma 11
Turma 11Turma 11
Turma 11
 
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - AtmosferaA Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
 
6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-
6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-
6377042 a-intervencao-do-homem-nos-subsistemas-terrestres-
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Esgotamento Dos Recursos
Esgotamento Dos RecursosEsgotamento Dos Recursos
Esgotamento Dos Recursos
 
consequências ambientais
consequências ambientais consequências ambientais
consequências ambientais
 

Semelhante a O ambiente

Ecologia e valores
Ecologia e valoresEcologia e valores
Ecologia e valores
Zaara Miranda
 
O futuro do planeta uma questão de ética e educação
O futuro do planeta   uma questão de ética e educaçãoO futuro do planeta   uma questão de ética e educação
O futuro do planeta uma questão de ética e educação
babins
 
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Almir Caputo
 
sobre apoluicao
sobre apoluicaosobre apoluicao
sobre apoluicao
tyhdyjkuhkhgkuuykmgfjh
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
-
 
Tipos de poluição
Tipos de poluiçãoTipos de poluição
Tipos de poluição
Galo_Frito
 
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambientemundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
sw4kfysgx7
 
Lixo e saúde planetária..pptx
Lixo e saúde planetária..pptxLixo e saúde planetária..pptx
Lixo e saúde planetária..pptx
ssuserdc2200
 
Prolemas Ambientais_Geografia escola pprt
Prolemas Ambientais_Geografia escola pprtProlemas Ambientais_Geografia escola pprt
Prolemas Ambientais_Geografia escola pprt
mfatimagl2000
 
A PoluiçãO Da Agua Isabel Amorim
A PoluiçãO Da Agua Isabel AmorimA PoluiçãO Da Agua Isabel Amorim
A PoluiçãO Da Agua Isabel Amorim
Jorge Almeida
 
mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665
mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665
mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665
CristinaTavares50
 
Responsabilidade ecologica
Responsabilidade ecologicaResponsabilidade ecologica
Responsabilidade ecologica
Rosana Sousa
 
Alterações climáticas
Alterações climáticasAlterações climáticas
Alterações climáticas
Pedro Maciel
 
causas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambientalcausas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambiental
Roney Gusmão
 
Consumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilsonConsumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilson
turma12c1617
 
Ciencias o desequilibrio ecologico bem como a acao do homem
Ciencias   o desequilibrio ecologico bem como a acao do homemCiencias   o desequilibrio ecologico bem como a acao do homem
Ciencias o desequilibrio ecologico bem como a acao do homem
Gustavo Soares
 
Ambiente e sociedade desenvolvimento sustentável filosofia 11º
Ambiente e sociedade desenvolvimento sustentável   filosofia 11ºAmbiente e sociedade desenvolvimento sustentável   filosofia 11º
Ambiente e sociedade desenvolvimento sustentável filosofia 11º
mluisavalente
 
Quimica ambiental
Quimica ambientalQuimica ambiental
Quimica ambiental
Romulo Viana
 
Crise global vista como um furacão que se aproxima.ppt
Crise global vista como um furacão que se aproxima.pptCrise global vista como um furacão que se aproxima.ppt
Crise global vista como um furacão que se aproxima.ppt
gleicianedasilvasant1
 
DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMA
DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMADESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMA
DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMA
Ezequias Guimaraes
 

Semelhante a O ambiente (20)

Ecologia e valores
Ecologia e valoresEcologia e valores
Ecologia e valores
 
O futuro do planeta uma questão de ética e educação
O futuro do planeta   uma questão de ética e educaçãoO futuro do planeta   uma questão de ética e educação
O futuro do planeta uma questão de ética e educação
 
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
 
sobre apoluicao
sobre apoluicaosobre apoluicao
sobre apoluicao
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Tipos de poluição
Tipos de poluiçãoTipos de poluição
Tipos de poluição
 
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambientemundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
 
Lixo e saúde planetária..pptx
Lixo e saúde planetária..pptxLixo e saúde planetária..pptx
Lixo e saúde planetária..pptx
 
Prolemas Ambientais_Geografia escola pprt
Prolemas Ambientais_Geografia escola pprtProlemas Ambientais_Geografia escola pprt
Prolemas Ambientais_Geografia escola pprt
 
A PoluiçãO Da Agua Isabel Amorim
A PoluiçãO Da Agua Isabel AmorimA PoluiçãO Da Agua Isabel Amorim
A PoluiçãO Da Agua Isabel Amorim
 
mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665
mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665
mundo atual_o homem e o ambiente ufcd 6665
 
Responsabilidade ecologica
Responsabilidade ecologicaResponsabilidade ecologica
Responsabilidade ecologica
 
Alterações climáticas
Alterações climáticasAlterações climáticas
Alterações climáticas
 
causas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambientalcausas e consequências da degradação ambiental
causas e consequências da degradação ambiental
 
Consumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilsonConsumo e ambiente elisa e gilson
Consumo e ambiente elisa e gilson
 
Ciencias o desequilibrio ecologico bem como a acao do homem
Ciencias   o desequilibrio ecologico bem como a acao do homemCiencias   o desequilibrio ecologico bem como a acao do homem
Ciencias o desequilibrio ecologico bem como a acao do homem
 
Ambiente e sociedade desenvolvimento sustentável filosofia 11º
Ambiente e sociedade desenvolvimento sustentável   filosofia 11ºAmbiente e sociedade desenvolvimento sustentável   filosofia 11º
Ambiente e sociedade desenvolvimento sustentável filosofia 11º
 
Quimica ambiental
Quimica ambientalQuimica ambiental
Quimica ambiental
 
Crise global vista como um furacão que se aproxima.ppt
Crise global vista como um furacão que se aproxima.pptCrise global vista como um furacão que se aproxima.ppt
Crise global vista como um furacão que se aproxima.ppt
 
DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMA
DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMADESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMA
DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL EM RORAIMA
 

Mais de Fabiana Mourão

Gincana.
Gincana.Gincana.
Gincana.
Fabiana Mourão
 
O sapo.
O sapo.O sapo.
Puzzles.
Puzzles.Puzzles.
Puzzles.
Fabiana Mourão
 
Liv'animaleta.
Liv'animaleta.Liv'animaleta.
Liv'animaleta.
Fabiana Mourão
 
Dedica o teu desenho.
Dedica o teu desenho.Dedica o teu desenho.
Dedica o teu desenho.
Fabiana Mourão
 
Flutua ou afunda.
Flutua ou afunda.Flutua ou afunda.
Flutua ou afunda.
Fabiana Mourão
 
Mini chefes.
Mini chefes.Mini chefes.
Mini chefes.
Fabiana Mourão
 
Maria Montessori
Maria MontessoriMaria Montessori
Maria Montessori
Fabiana Mourão
 
Anteprojeto da pap
Anteprojeto da pap Anteprojeto da pap
Anteprojeto da pap
Fabiana Mourão
 
Sindrome de down
Sindrome de downSindrome de down
Sindrome de down
Fabiana Mourão
 
Siem
SiemSiem
Paralisia cerebral
Paralisia cerebralParalisia cerebral
Paralisia cerebral
Fabiana Mourão
 
Hemorragias
HemorragiasHemorragias
Hemorragias
Fabiana Mourão
 
Feridas e queimaduras
Feridas e queimadurasFeridas e queimaduras
Feridas e queimaduras
Fabiana Mourão
 
Dislexia
DislexiaDislexia
Dislexia
Fabiana Mourão
 
Def. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motoraDef. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motora
Fabiana Mourão
 
Autismo
AutismoAutismo
O ano da morte de ricardo reis
O ano da morte de ricardo reisO ano da morte de ricardo reis
O ano da morte de ricardo reis
Fabiana Mourão
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
Fabiana Mourão
 
A importancia da musica
A importancia da musicaA importancia da musica
A importancia da musica
Fabiana Mourão
 

Mais de Fabiana Mourão (20)

Gincana.
Gincana.Gincana.
Gincana.
 
O sapo.
O sapo.O sapo.
O sapo.
 
Puzzles.
Puzzles.Puzzles.
Puzzles.
 
Liv'animaleta.
Liv'animaleta.Liv'animaleta.
Liv'animaleta.
 
Dedica o teu desenho.
Dedica o teu desenho.Dedica o teu desenho.
Dedica o teu desenho.
 
Flutua ou afunda.
Flutua ou afunda.Flutua ou afunda.
Flutua ou afunda.
 
Mini chefes.
Mini chefes.Mini chefes.
Mini chefes.
 
Maria Montessori
Maria MontessoriMaria Montessori
Maria Montessori
 
Anteprojeto da pap
Anteprojeto da pap Anteprojeto da pap
Anteprojeto da pap
 
Sindrome de down
Sindrome de downSindrome de down
Sindrome de down
 
Siem
SiemSiem
Siem
 
Paralisia cerebral
Paralisia cerebralParalisia cerebral
Paralisia cerebral
 
Hemorragias
HemorragiasHemorragias
Hemorragias
 
Feridas e queimaduras
Feridas e queimadurasFeridas e queimaduras
Feridas e queimaduras
 
Dislexia
DislexiaDislexia
Dislexia
 
Def. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motoraDef. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motora
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
O ano da morte de ricardo reis
O ano da morte de ricardo reisO ano da morte de ricardo reis
O ano da morte de ricardo reis
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
A importancia da musica
A importancia da musicaA importancia da musica
A importancia da musica
 

O ambiente

  • 1. O ambiente: riscos e incerteza
  • 2. Introdução  Um trabalho relacionado com o ambiente que serve para termos o conhecimento de vários riscos e incertezas que existe no nosso meio ambiente. Vamos falar de algumas consequências da globalização e mostrar que são os seres humanos quem mais poluem e estragam o ambiente. Por isso, vamos falar de algumas atividades que contribuem para a poluição do ambiente e fazer o mínimo da prática dessa atividade para reduzirmos a sua poluição.
  • 3. Índice  Introdução;  Caraterizar a noção de ambiente e tipos de risco que lhe estão associados;  Consequência da globalização para o aumento dos riscos.  Identificar as possíveis causas dos riscos ambientais;  Explicar a influência dos padrões de consumo no ambiente;  Analisar exemplos como o problema da água, o aquecimento global, os riscos para a saúde; os alimentos geneticamente modificados, outros.
  • 4. A noção do ambiente  O meio ambiente é um sistema formado por elementos naturais e artificiais relacionados entre si e que são modificados pela ação humana, ao longo dos séculos, que mostra o seu crescente domínio sobre os fenómenos naturais e o esforço despendido na melhoria contínua das condições de vida. A atividade humana tem, no entanto, provocado a degradação ambiental pela destruição dos recursos naturais e pela poluição.
  • 5.  Nos países em desenvolvimento, várias áreas florestais são devastadas e convertidas em terrenos agrícolas, a irrigação é causadora de danos a médio e longo prazo do ciclo da água e o uso excessivo de pesticidas contamina os solos. Nos países desenvolvidos, a produção industrial é responsável por inúmeros problemas ambientais, tais como:  As florestas são destruídas pelas chuvas acidas;  O lançamento de gases na atmosfera ameaça destruir a camada de ozono;  A descarga de poluentes dos rios ameaça a água de consumo público.
  • 6. Os tipos de riscos  Riscos Físicos – São diversas formas de energia a que possam estar expostos os trabalhadores, tais como: ruído, vibrações, pressões anormais, temperaturas extremas, radiações ionizantes, radiações não ionizantes, bem como o infrassom e o ultrassom;  Riscos Químicos – São substâncias que podem penetrar no organismo pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos, névoas, neblina, gases ou vapores ou pela natureza;
  • 7.  Riscos Biológicos – São riscos oferecidos por diversos tipos de microrganismos que podem infetar o indivíduo por vias respiratórias, contato com a pele ou ingestão, tais como: as bactérias, fungos, bacilos, parasita, protozoários, vírus, entre outros;  Riscos Acidentes –São situações de riscos que podem contribuir para a ocorrência de acidentes, como máquinas e equipamentos sem proteção, ferramentas inadequadas ou defeituosas, iluminação inadequada, probabilidade de incêndio ou explosão;
  • 8.  Riscos Ergonómicos – São todas as circunstâncias de trabalho que, por motivos psicológicos ou fisiológicos, causam desconforto ao trabalhador. Isso inclui desde um trabalho realizado numa posição inadequada, esforço físico intenso, levantamento e transporte de peso, imposição de ritmos excessivos e trabalho em turno e noturno;
  • 9. Consequência da globalização para o aumento dos riscos  As consequências da globalização têm um largo alcance, afetando praticamente todos os aspetos do mundo social.  A preocupação com o aquecimento global tem aumentado junto à comunidade científica nos últimos anos e se muitas dessas previsões forem verdadeiras, tem o potencial para alterar a forma irreversível o funcionamento do clima terreste e para produzir um conjunto de consequências devastadoras para o ambiente que serão sentidas a nível mundial.
  • 10.  Uma das consequências da aceleração industrial e do desenvolvimento tecnológico tem sido a constante expansão da interferência humana na natureza.  Confrontamos- nos cada vez mais com vários tipos de riscos que são criados pelo impacto da tecnologia sobre o mundo.  A globalização traz consequências trágicas nas sociedades do mundo inteiro, nações que antes eram ricas e bem organizadas foram destruídas pela globalização, como a África, antes era abundante em pedras preciosas e ouro, hoje é um continente pobre e devastado pela miséria, fome, guerra e doenças.  Por exemplo, o Kim Jong-Un da coreira do norte com os mísseis que manda para o oceano, acaba por afetar todo o planeta. Por mais longe que esteja de nós acaba por vir a afetar outros países no futuro.
  • 11. Possíveis causas dos riscos ambientais • Devido há intervenção humana na natureza à um aumento de intensidade ao longo dos últimos séculos, ao ponto de já poucos ecossistemas poderem ser considerados “puros” e imunes aos efeitos da humanização. Estes riscos são visíveis em aspetos como a urbanização, a industrialização, as grandes explorações agrícolas, a construção de barragens hidroelétricas e de centrais nucleares e as várias formas de poluição como a poluição da água, poluição ambiental, as mudanças climáticas, o aquecimento global e os riscos alimentares.
  • 12. A influência dos padrões de consumo no ambiente  Padrões de consumo são modelos específicos a que o consumo obedece, consoante os fatores condicionantes.  O consumo é um dos comportamentos humanos mais influenciados pela época histórica e pelo espaço geográfico em que ocorre, é um fenómeno social complexo, condicionado por múltiplos fatores (económicos e extraeconómicos), com uma influência sobre a vida humana.  O consumo é necessário à vida e à sobrevivência de qualquer espécie. Para respirar precisamos de consumir o ar, para nos mantermos hidratados é preciso consumir água, para crescermos e nos mantermos saudáveis, necessitamos de alimentos. O mesmo acontece com outras espécies que compartilham este planeta connosco. São atos naturais que sempre existiram e que precisamos para nos mantermos vivos.
  • 13.  O problema é quando o consumo de bens e serviços acontece de forma exagerada, levando à exploração excessiva dos recursos naturais e interferindo no equilíbrio estabelecido do planeta, enquanto uns consomem muito mais do que suas necessidades básicas, outros sofrem com a falta de recursos.  Em um mundo globalizado, dominado pelo capitalismo, o consumo está diretamente interligado ao desenvolvimento da sociedade. Quanto mais se consome, maior o desenvolvimento e a estabilidade económica de cada estado e região.
  • 14.  O problema é que há uma relação estreita e forte entre o consumismo e o meio ambiente. Isso porque para atender a demanda da produção e do consumo é necessário retirar matérias-primas da natureza, fabricar e transportar materiais, fazer grande uso de energia elétrica e de água, entre outros. Tudo isso, gera emissão de gases poluentes, degradação e devastação ambiental, poluição geral e, consequentemente, a destruição de ecossistemas.
  • 15. O problema da água  Com o aumento da população mundial nos últimos setenta anos, o consumo da água aumentou potencialmente. Apesar de os consumos per capita estarem agora estabilizados, certo é que, a este ritmo de crescimento populacional, a água será um dos principais fatores limitativos do desenvolvimento. Estima-se que atualmente se esteja a utilizar 54% da água doce disponível. Caso o consumo por habitante se mantenha constante, em 2025 a população estará a usar 70% dos recursos hídricos apenas devido ao crescimento populacional.
  • 16.  A poluição da água é a degradação da qualidade da água a ponto de prejudicar através de atividades antrópicas relacionadas ao descarte indevido de efluentes, uso inadequado de substâncias químicas, extração de recursos e modificação de condições físico químicas causamos a redução na qualidade da água, poluindo-a de diferentes maneiras e graus, causando consequências negativas tanto para os demais componentes da biosfera quanto para a própria sociedade humana como para a saúde, a segurança e o bem-estar da população, criar condições adversas às atividades sociais e econômicas, afetar desfavoravelmente a biota e afetar desfavoravelmente as condições estéticas ou sanitárias do meio ambiente. A contaminação é um caso particular de poluição que refere-se à introdução, no meio ambiente, de qualquer produto ou organismo, em concentrações nocivas à vida animal e vegetal.
  • 17. O aquecimento global  Aquecimento global é o processo de aumento da temperatura média dos oceanos e da atmosfera da Terra causado por massivas emissões de gases que intensificam o efeito estufa, originados de uma série de atividades humanas, especialmente a queima de combustíveis fósseis e mudanças no uso da terra, como o desmatamento, bem como de várias outras fontes secundárias. Essas causas são um produto direto da explosão populacional, do crescimento econômico, do uso de tecnologias e fontes de energia poluidoras e de um estilo de vida insustentável, em que a natureza é vista como matéria-prima para exploração.
  • 18. Os principais gases do efeito estufa emitidos pelo homem são o dióxido de carbono e o metano. Esses e outros gases atuam obstruindo a dissipação do calor terrestre para o espaço. O aumento de temperatura vem ocorrendo desde meados do século XIX e deverá continuar enquanto as emissões continuarem elevadas. O declínio do gelo flutuante do Ártico é um dos sinais mais evidentes do aquecimento global. O aumento nas temperaturas globais e a nova composição da atmosfera desencadeiam alterações importantes em virtualmente todos os sistemas e ciclos naturais da Terra. Afetam os mares, provocando a elevação do seu nível e mudanças nas correntes marinhas e na composição química da água, verificando-se acidificação, dessalinização e desoxigenação. Interferem no ritmo das estações e nos ciclos da água, do carbono, do nitrogênio e outros compostos. Causam o degelo modificando ecossistemas e reduzindo a disponibilidade de água potável.
  • 19. Riscos de saúde  A saúde humana tem estado no centro das preocupações generalizadas nos últimos anos, justificando sucessivas campanhas mediáticas que alertam para a necessidade de prevenir diversos tipos de riscos. A SIDA, as hepatites, as meningites e outras doenças contagiosas, os cancros e obesidade são alguns exemplos de perigos para a saúde. A modernização científica e tecnológica da agricultura, usam pesticidas químicos herbicidas e fertilizantes artificiais trouxeram diversas vantagens mas também sérios perigos, havendo quem questione a garantia da segurança alimentar e da saúde dos consumidores. O caso da comida fast food e de toda uma gama de produtos congelados ou pré-cozinhados, são tipos de alimentos também acusados de serem responsáveis por doenças.
  • 20.  Atentemos agora em dois exemplos de riscos de saúde:  Os alimentos geneticamente modificados  Através da manipulação da composição genética de produções básicas, é possível aumentar a velocidade de fotossíntese e produzir colheitas maiores, chama-se a este processo modificação genética. Os produtos alimentares feitos de organismos geneticamente modificados, ou que contêm traços do mesmo são conhecidos como alimentos.
  • 21.  A fast food  É um dos piores perigos este hábito foi comprovado através dos dados demonstrando da obesidade dos americanos, 23% dos habitantes do país podiam ser caracterizados como obesos. Em 1999, esse número subiu para 30%. Além de uma refeição dessas ser extremamente calórica, correspondendo a grande parte do que se deveria ingerir num dia.  A grande quantidade de gordura presente nesses alimentos pode elevar os níveis de colesterol, aumentando o risco de doenças.
  • 22. Poluição atmosférica  A poluição do ar pode ser causada pela presença de substâncias estranhas, que não fazem parte da sua composição natural, ou pela variação das concentrações das componentes naturais, que dá origem a um aumento na concentração na atmosfera da Terra, esta variação está a provocar o efeito estufa. Os responsáveis pela poluição e pelo desequilíbrio das propriedades do ar atmosférico são os seres humanos, e maior parte dessa poluição é a consequência da queima de combustíveis, como o carvão e o petróleo. Com o passar dos anos, surgiram as grandes indústrias como consequência da Revolução Industrial, que começaram a lançar substâncias poluentes no ar.
  • 23.  Um dos produtos desenvolvidos industrialmente foram os automóveis, que são os principais responsáveis pela queima de combustíveis derivados de petróleo. Devido ao aumento da população, ao crescimento das cidades e ao surgimento de cada vez mais indústrias, a quantidade de poluentes lançados na atmosfera tem aumentado cada vez mais, afetando a qualidade do ar que respiramos. Por exemplo, tanto na queima de uma vela como na queima de gasolina de um automóvel são produzidas várias substâncias, algumas delas consideradas potencialmente poluentes.
  • 24. Mudanças climáticas  As mudanças climáticas também podem ser um problema para a poluição. Por exemplo, as vagas de calor provocam devastações em muitas áreas, afeta a agricultura, as chuvas e o nível do mar e o aumento crescente da emissão de gases do efeito estufa está relacionado com o aumento da temperatura do planeta.  Em algumas regiões devido ao calor haverá secas que levará a perdas da biodiversidade, além de aumentar os riscos de incêndios. Em alguns locais, provavelmente poderá haver falta de água, com diminuição do acesso à água potável para a população.  Outro problema grave relacionado com as mudanças climáticas é a disponibilidades de alimentos, a agricultura será bastante afetada com o aumento da temperatura, pois diversas espécies de plantas, tais como milho e arroz, têm sua produtividade afetada.  Os impactos das mudanças climáticas podem ser catastróficos se não diminuirmos as emissões de gases poluentes.