SlideShare uma empresa Scribd logo
Ministério do Planejamento Perfil: Analista de Planejamento e Orçamento Prova aplicada em 2005
18- Um modelo de processo de software descreve os processos que são realizados para atingir o desenvolvimento de software. Geralmente incluem tarefas, artefatos, atores e decisões. Com relação ao conceito de  tarefas  é correto afirmar que a) uma tarefa deve ser executável mesmo que seu artefato de entrada não exista. b) duas tarefas não podem ser conectadas por uma linha. Tarefas devem ser separadas por artefatos. c) apenas a tarefa terminal deve ser alcançável pela tarefa de início. d) quando duas tarefas consecutivas envolvem decisões, essas devem ser conectadas por atores. e) quando duas tarefas consecutivas, com acoplamento forte, envolvem decisões ou ações de atores, deve-se transformá-las em uma única tarefa. O item A é falso, pois uma tarefa tem sua execução dependente da entrada (dados / informações) para produzir uma saída. O tem C é falso, pois as demais tarefas também podem ser alcançadas pela tarefa de início. O item D é falso, pois não há a necessidade de haver  a conexão com atores. O item E é falso, pois a existência ou não de uma tarefa depende da saída que ela produz.
CMM “ A tarefa é uma unidade de trabalho bem definida no processo de software que dá à  gerência um ponto de controle visível da situação do projeto.  Tarefas podem ser  organizadas em estruturas de tarefas  (work break-down structure).   Nestas estruturas as  folhas da árvore correspondem a tarefas elementares usualmente atribuídas a uma  pessoa.  Tarefas têm critérios de prontidão (pré-condições) e critérios de conclusão (pós- condições) claramente estabelecidos.  Os critérios identificam artefatos e seu nível de  qualidade exigido, Dentro do contexto de definição de processo, uma tarefa é um  componente bem definido de um processo definido. Todas as tarefas podem ser  consideradas atividades, mas nem todas as atividades são bem definidas o suficiente para serem consideradas tarefas (apesar de uma atividade poder incluir uma tarefa). “ Engenharia de Software com CMM, Brasport
ISO - 12207 Natureza das Tarefas É um conjunto de ações elementares. A tarefa consiste de uma entrada (dados, informações) e produz uma saída (dados, informações).
WBS / EAP

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Rutas sobre España
Rutas sobre EspañaRutas sobre España
Rutas sobre España
FelipeAJ
 
Grupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresariales
Grupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresarialesGrupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresariales
Grupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresariales
guest9ad9bd
 
Régimen de cursado
Régimen de cursadoRégimen de cursado
Régimen de cursado
guest68abaf
 
PresentacióN1
PresentacióN1PresentacióN1
PresentacióN1
barbarita_96
 
El Viaje De Mi Vida
El Viaje De Mi VidaEl Viaje De Mi Vida
El Viaje De Mi Vida
hector_9
 
Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008
Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008
Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008
Theo Potouroglou
 
Chapter 4 Powerpoint
Chapter 4 PowerpointChapter 4 Powerpoint
Chapter 4 Powerpoint
herbison
 
Yabwap for VCCS
Yabwap for VCCSYabwap for VCCS
Yabwap for VCCS
ccosmato
 
Anexo I Docente Pré Escolar Auto AvaliaçãO
Anexo I   Docente Pré Escolar   Auto AvaliaçãOAnexo I   Docente Pré Escolar   Auto AvaliaçãO
Anexo I Docente Pré Escolar Auto AvaliaçãO
ANA GRALHEIRO
 
PresentacióN1
PresentacióN1PresentacióN1
PresentacióN1
barbarita_96
 
Grupo de Trabajo: Canales de comercialización
Grupo de Trabajo: Canales de comercializaciónGrupo de Trabajo: Canales de comercialización
Grupo de Trabajo: Canales de comercialización
guest9ad9bd
 
Intro Fall 07 Powerpoint
Intro   Fall 07   PowerpointIntro   Fall 07   Powerpoint
Intro Fall 07 Powerpoint
herbison
 
adivinanzas árboles
adivinanzas árbolesadivinanzas árboles
adivinanzas árboles
josellorentegarcia
 
Takes All Types
Takes All TypesTakes All Types
Takes All Types
Beth Kanter
 
RéGimen De Cursado
RéGimen De CursadoRéGimen De Cursado
RéGimen De Cursado
mbelbruno
 
Tule meile
Tule meileTule meile
Tule meile
helja
 

Destaque (17)

Rutas sobre España
Rutas sobre EspañaRutas sobre España
Rutas sobre España
 
Grupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresariales
Grupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresarialesGrupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresariales
Grupo de trabajo: Refuerzo de las capacidades empresariales
 
Régimen de cursado
Régimen de cursadoRégimen de cursado
Régimen de cursado
 
PresentacióN1
PresentacióN1PresentacióN1
PresentacióN1
 
El Viaje De Mi Vida
El Viaje De Mi VidaEl Viaje De Mi Vida
El Viaje De Mi Vida
 
Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008
Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008
Omnifone Presentation,4th Athens Music Forum 2008
 
Chapter 4 Powerpoint
Chapter 4 PowerpointChapter 4 Powerpoint
Chapter 4 Powerpoint
 
Yabwap for VCCS
Yabwap for VCCSYabwap for VCCS
Yabwap for VCCS
 
Anexo I Docente Pré Escolar Auto AvaliaçãO
Anexo I   Docente Pré Escolar   Auto AvaliaçãOAnexo I   Docente Pré Escolar   Auto AvaliaçãO
Anexo I Docente Pré Escolar Auto AvaliaçãO
 
PresentacióN1
PresentacióN1PresentacióN1
PresentacióN1
 
Grupo de Trabajo: Canales de comercialización
Grupo de Trabajo: Canales de comercializaciónGrupo de Trabajo: Canales de comercialización
Grupo de Trabajo: Canales de comercialización
 
Presentacija
PresentacijaPresentacija
Presentacija
 
Intro Fall 07 Powerpoint
Intro   Fall 07   PowerpointIntro   Fall 07   Powerpoint
Intro Fall 07 Powerpoint
 
adivinanzas árboles
adivinanzas árbolesadivinanzas árboles
adivinanzas árboles
 
Takes All Types
Takes All TypesTakes All Types
Takes All Types
 
RéGimen De Cursado
RéGimen De CursadoRéGimen De Cursado
RéGimen De Cursado
 
Tule meile
Tule meileTule meile
Tule meile
 

Semelhante a MPOG - TI - Jaime (Amostra)

Análise Orientada a Objetos com UML
Análise Orientada a Objetos com UMLAnálise Orientada a Objetos com UML
Análise Orientada a Objetos com UML
Eliseu Castelo
 
Microsoft ALM = Produtividade
Microsoft ALM = ProdutividadeMicrosoft ALM = Produtividade
Microsoft ALM = Produtividade
Adriano Bertucci
 
Geração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de Qualidade
Geração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de QualidadeGeração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de Qualidade
Geração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de Qualidade
Alan Carlos
 
WP Solução de Gerenciamento de Projetos
WP Solução de Gerenciamento de ProjetosWP Solução de Gerenciamento de Projetos
WP Solução de Gerenciamento de Projetos
ADVN - Soluções em TI e Software Corporativo
 
Interação Humano Computador Capítulo 11 - Análise de Atividades
Interação Humano Computador Capítulo 11 - Análise de AtividadesInteração Humano Computador Capítulo 11 - Análise de Atividades
Interação Humano Computador Capítulo 11 - Análise de Atividades
Wellington Oliveira
 
06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx
06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx
06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx
JulioCesar371362
 
Apresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael Azevedo
Apresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael AzevedoApresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael Azevedo
Apresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael Azevedo
lemorettiribeiro
 
Growing oos guided_by_tests entire
Growing oos guided_by_tests entireGrowing oos guided_by_tests entire
Growing oos guided_by_tests entire
André Mendonça Bastos
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
elliando dias
 
FDD
FDDFDD
Aula teste ETEC - Analise de Programacao
Aula teste ETEC - Analise de ProgramacaoAula teste ETEC - Analise de Programacao
Aula teste ETEC - Analise de Programacao
Alcides Duarte
 
Engenharia de Software introdução
Engenharia de Software    introduçãoEngenharia de Software    introdução
Engenharia de Software introdução
miroslayer
 
MsProject.pptx
MsProject.pptxMsProject.pptx
MsProject.pptx
Ricardo Santos
 
Padrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e Bridge
Padrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e BridgePadrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e Bridge
Padrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e Bridge
Lorran Pegoretti
 
Guia do usuário - ProjectLibre 1.5
Guia do usuário - ProjectLibre 1.5Guia do usuário - ProjectLibre 1.5
Guia do usuário - ProjectLibre 1.5
Hezequias Vasconcelos
 
Integração de Tecnologias
Integração de TecnologiasIntegração de Tecnologias
Integração de Tecnologias
elliando dias
 
01 Orientacao A Objetos Programacao
01   Orientacao A Objetos   Programacao01   Orientacao A Objetos   Programacao
01 Orientacao A Objetos Programacao
taniamaciel
 
Gestao Projetos - Aula 01
Gestao Projetos - Aula 01Gestao Projetos - Aula 01
Gestao Projetos - Aula 01
Robson Silva Espig
 
Apresentação fdd
Apresentação fddApresentação fdd
Apresentação fdd
Marlon Ribeiro
 
A Catalogue of Bad Smells for Software Process Smells
A Catalogue of Bad Smells for Software Process SmellsA Catalogue of Bad Smells for Software Process Smells
A Catalogue of Bad Smells for Software Process Smells
Edison Santos
 

Semelhante a MPOG - TI - Jaime (Amostra) (20)

Análise Orientada a Objetos com UML
Análise Orientada a Objetos com UMLAnálise Orientada a Objetos com UML
Análise Orientada a Objetos com UML
 
Microsoft ALM = Produtividade
Microsoft ALM = ProdutividadeMicrosoft ALM = Produtividade
Microsoft ALM = Produtividade
 
Geração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de Qualidade
Geração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de QualidadeGeração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de Qualidade
Geração Tec - Help Desk - Tenha um Helpdesk de Qualidade
 
WP Solução de Gerenciamento de Projetos
WP Solução de Gerenciamento de ProjetosWP Solução de Gerenciamento de Projetos
WP Solução de Gerenciamento de Projetos
 
Interação Humano Computador Capítulo 11 - Análise de Atividades
Interação Humano Computador Capítulo 11 - Análise de AtividadesInteração Humano Computador Capítulo 11 - Análise de Atividades
Interação Humano Computador Capítulo 11 - Análise de Atividades
 
06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx
06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx
06-engenharia de softwere Análise e Projeto de Software.docx
 
Apresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael Azevedo
Apresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael AzevedoApresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael Azevedo
Apresentação tcc - Leticia Moretti e Rafael Azevedo
 
Growing oos guided_by_tests entire
Growing oos guided_by_tests entireGrowing oos guided_by_tests entire
Growing oos guided_by_tests entire
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
 
FDD
FDDFDD
FDD
 
Aula teste ETEC - Analise de Programacao
Aula teste ETEC - Analise de ProgramacaoAula teste ETEC - Analise de Programacao
Aula teste ETEC - Analise de Programacao
 
Engenharia de Software introdução
Engenharia de Software    introduçãoEngenharia de Software    introdução
Engenharia de Software introdução
 
MsProject.pptx
MsProject.pptxMsProject.pptx
MsProject.pptx
 
Padrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e Bridge
Padrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e BridgePadrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e Bridge
Padrões de projeto - Adapter, Proxy, Composite e Bridge
 
Guia do usuário - ProjectLibre 1.5
Guia do usuário - ProjectLibre 1.5Guia do usuário - ProjectLibre 1.5
Guia do usuário - ProjectLibre 1.5
 
Integração de Tecnologias
Integração de TecnologiasIntegração de Tecnologias
Integração de Tecnologias
 
01 Orientacao A Objetos Programacao
01   Orientacao A Objetos   Programacao01   Orientacao A Objetos   Programacao
01 Orientacao A Objetos Programacao
 
Gestao Projetos - Aula 01
Gestao Projetos - Aula 01Gestao Projetos - Aula 01
Gestao Projetos - Aula 01
 
Apresentação fdd
Apresentação fddApresentação fdd
Apresentação fdd
 
A Catalogue of Bad Smells for Software Process Smells
A Catalogue of Bad Smells for Software Process SmellsA Catalogue of Bad Smells for Software Process Smells
A Catalogue of Bad Smells for Software Process Smells
 

Mais de Walter Cunha

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Walter Cunha
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Walter Cunha
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Walter Cunha
 
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de SistemaTerceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
Walter Cunha
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Walter Cunha
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Walter Cunha
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
Walter Cunha
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Walter Cunha
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
Walter Cunha
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
Walter Cunha
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
Walter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
Walter Cunha
 
TRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - JaimeTRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - Jaime
Walter Cunha
 

Mais de Walter Cunha (20)

Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
Desmistificando o Gerenciamento por Projetos - Walter Cunha
 
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU) Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
Gestão Estratégica de Recursos (CGU)
 
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações PúblicasTécnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
Técnicas e Ferramentas da Gestão de Projetos Aplicadas às Contratações Públicas
 
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter CunhaSeminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) -  Walter Cunha
Seminário Melhores Práticas em Contratações de TI (ENAP) - Walter Cunha
 
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
Panorama dos Concursos Públicos de TI - Senacoo 2014 (Amostra)
 
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de SistemaTerceirização no Desenvolvimento de Sistema
Terceirização no Desenvolvimento de Sistema
 
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter CunhaPanorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
Panorama dos Concurso Públicos de TI (USP, 2012) - Walter Cunha
 
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter CunhaColetanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Redes de Computadores (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter CunhaColetanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Governanca (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter CunhaColetanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
Coletanea Hardware e Arquitetura (ESAF) - Walter Cunha
 
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter CunhaColetanea Segurança e Auditoria (Esaf) -  Walter Cunha
Coletanea Segurança e Auditoria (Esaf) - Walter Cunha
 
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea UML e OO (ESAF) - Jaime Correia
 
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e  BI (ESAF) - Jaime CorreiaColetanea BD e  BI (ESAF) - Jaime Correia
Coletanea BD e BI (ESAF) - Jaime Correia
 
PCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 ComentadaPCF03 - 2001 Comentada
PCF03 - 2001 Comentada
 
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
Prova Da Dataprev 2006   Jaime Correia   AmostraProva Da Dataprev 2006   Jaime Correia   Amostra
Prova Da Dataprev 2006 Jaime Correia Amostra
 
Supercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - AmostraSupercombo Serpro - Amostra
Supercombo Serpro - Amostra
 
Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf  Coletanea PMBoK Esaf
Coletanea PMBoK Esaf
 
MPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter CunhaMPOG2008 - Walter Cunha
MPOG2008 - Walter Cunha
 
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime CorreiaMPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
MPOG 2008 TI - Resolução - Jaime Correia
 
TRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - JaimeTRFB 2006 - TI - Jaime
TRFB 2006 - TI - Jaime
 

MPOG - TI - Jaime (Amostra)

  • 1. Ministério do Planejamento Perfil: Analista de Planejamento e Orçamento Prova aplicada em 2005
  • 2. 18- Um modelo de processo de software descreve os processos que são realizados para atingir o desenvolvimento de software. Geralmente incluem tarefas, artefatos, atores e decisões. Com relação ao conceito de tarefas é correto afirmar que a) uma tarefa deve ser executável mesmo que seu artefato de entrada não exista. b) duas tarefas não podem ser conectadas por uma linha. Tarefas devem ser separadas por artefatos. c) apenas a tarefa terminal deve ser alcançável pela tarefa de início. d) quando duas tarefas consecutivas envolvem decisões, essas devem ser conectadas por atores. e) quando duas tarefas consecutivas, com acoplamento forte, envolvem decisões ou ações de atores, deve-se transformá-las em uma única tarefa. O item A é falso, pois uma tarefa tem sua execução dependente da entrada (dados / informações) para produzir uma saída. O tem C é falso, pois as demais tarefas também podem ser alcançadas pela tarefa de início. O item D é falso, pois não há a necessidade de haver a conexão com atores. O item E é falso, pois a existência ou não de uma tarefa depende da saída que ela produz.
  • 3. CMM “ A tarefa é uma unidade de trabalho bem definida no processo de software que dá à gerência um ponto de controle visível da situação do projeto. Tarefas podem ser organizadas em estruturas de tarefas (work break-down structure). Nestas estruturas as folhas da árvore correspondem a tarefas elementares usualmente atribuídas a uma pessoa. Tarefas têm critérios de prontidão (pré-condições) e critérios de conclusão (pós- condições) claramente estabelecidos. Os critérios identificam artefatos e seu nível de qualidade exigido, Dentro do contexto de definição de processo, uma tarefa é um componente bem definido de um processo definido. Todas as tarefas podem ser consideradas atividades, mas nem todas as atividades são bem definidas o suficiente para serem consideradas tarefas (apesar de uma atividade poder incluir uma tarefa). “ Engenharia de Software com CMM, Brasport
  • 4. ISO - 12207 Natureza das Tarefas É um conjunto de ações elementares. A tarefa consiste de uma entrada (dados, informações) e produz uma saída (dados, informações).