SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
PLANO DE CURSO
Centro: FILOSOFIA E CIENCIAS HUMANAS
Curso: BACHARELADO EM HISTÓRIA
Disciplina: História Econômica I
Código: CFCH094 Carga Horária: 60 Créditos: 4
Pré-requisito: Não tem Semestre Letivo/Ano:
Professor(a): Eduardo de Araújo Carneiro Titulação: Doutor
BLOG “Estudando História Econômica”
http://estudandohistoriaeconomica.blogspot.com.br/
E-MAIL: historiaeconomica.ufac@gmail.com
1. Ementa (Síntese do conteúdo da disciplina que consta no Projeto Pedagógico do Curso).
Estuda as sociedades pré-capitalistas a partir da formulação marxista dos conceitos de Modo de
Produção e Formação Econômica e Social:
a) as comunidades primitivas; b) a formação social asiática; c) a formação social antiga
grega e romana – o escravismo; d) a formação social germânica; e) o feudalismo; f) outras
formações sociais pré-capitalistas.
2. Objetivo Geral: (Aprendizagem esperada dos alunos ao concluir a disciplina).
Compreender as economias “pré-capitalistas” a partir das teorias marxistas.
3. Objetivos Específicos: (Habilidades esperadas dos alunos ao concluir cada unidade/assunto)
Comparar a explicação marxista com outras teorias econômicas;
Identificar as limitações da teoria marxista na explicação do passado econômico humano;
Realizar uma introdução aos estudos da história econômica.
4. Conteúdo Programático:
(Detalhamento da ementa em unidades de estudo, com distribuição de horas para cada unidade).
Unidades Temáticas C/H
Unidade Temática 1 - O (entre) lugar da disciplina História Econômica.
1.1 Introdução à História Econômica: definições, objetos de pesquisa, métodos, correntes
teóricas, etc
 BARROS, José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar. In:
Revista de Economia Política e História Econômica, Nº 11, janeiro de 2008.
 DOSSE, François. Historiador Economista ou Economista Historiador? In: A História em Migalhas:
dos Annales à Nova História. São Paulo: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1992.
1.2 Introdução à história econômica marxista
 MARX, Karl. Prefácio. In: Contribuição à Crítica da Economia Política. São Paulo: Martins Fontes,
1983.
 MARX, K. ENGELS, F. A Ideologia em Geral e em particular a Ideologia Alemã. In: A ideologia
Alemã. São Paulo: Fontes: 2002.
 MARX, K. ENGELS, F. O Manifesto do Partido Comunista.
 GEBRAN, P. Introdução. In: Conceito de Modo de Produção. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.
 GORENDER, Jacob. Marxismo sem utopia. São Paulo: Ática, 1999.
 ARON, Raymond. Ópio dos intelectuais. Brasília: Editoria da UNB, 1980.
Unidade Temática 2 – O discurso marxista do Comunismo Primitivo
 ENGELS, Friedrich. O Papel do Trabalho na Transformação do Macaco em Homem. São Paulo:
Global, 1984.
 ENGELS, Friedrich. A origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado. RJ: Civilização
Brasileira, 1977.
 CHILDE, Gordon. A revolução neolítica. In: A evolução cultural do homem. Rio de Janeiro:
Guanabara, 1981.
Unidade Temática 3 - O discurso marxista da Formação Social Asiática
 MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.
 SOFRI, G. Marx e Engels e a Sociedade Asiática. In: O Modo de Produção Asiático: história de uma
controvérsia marxista. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.
 ANTUNES, Jair. O Modo de Produção Asiático e a origem do etapismo na teoria da história marxista.
Unidade Temática 4 – O discurso marxista da Formação Social Germânica
 MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.
 WEBER, Marx. História Geral da Economia. São Paulo: Centauro, 2006. (Cap; 1)
 BOTTOMORE, T. Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Zahar, 1983.
Unidade Temática 5 - O discurso marxista do escravismo greco-romano.
 MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.
 ANDERSON, Pery. O modo de produção esclavagista. In: Passagens da antiguidade ao feudalismo.
Porto: Afrontamento, 1989.
 PINSKY, Jaime. A transição do escravismo para o feudalismo. In: Modo de Produção Feudal. Rio de
Janeiro: Graal, 1979.
 MELTZER, Milton. História ilustrada da escravidão. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.
Unidade Temática 6 - O discurso marxista do Modo de Produção Feudal
 ANDERSON, Pery. O Modo de Produção Feudal. In: Passagens da antiguidade ao feudalismo.
Porto: Afrontamento, 1989.
 PINSK, Jaime (org.). Modo de Produção Feudal. SP: Brasiliense, 1979.
 DABAT, Christine Rufino. A transferência dos conceitos de feudalismo e de modo de produção
feudal a regiões não-européias
 KULA, Witold. Teoria Econômica do Sistema Feudal. Lisboa: Presença, 1962.
BIBLIOGRAFIA GERAL
BRASSEUL, Jacques. História Econômica do Mundo: das origens aos subprimes. Lisboa: Edições Texto
& Grafia, 2012.
CAMERON, Rondo. História Econômica do Mundo. Lisboa: Publicações Europa-América LTDA, 2004.
GRAS, N. Introdução à História Econômica. São Paulo: Martins Editora, 1943.
LEKACHMAN, Robert. História das ideias econômicas. Rio de Janeiro: Bloch Editores, 1972.
PRADA, Valentin Vasquez. História Económica Mundial: De los origenes a la Revolucion Industrial.
HUGON, Paul. História das doutrinas econômicas.São Paulo> Editor Atlas, 1969.
WEBER, Marx. História Geral da Economia. São Paulo: Centauro, 2006.
5. Procedimentos Metodológicos:
(Descrição de como a disciplina será desenvolvida, especificando-se as técnicas de ensino a serem utilizadas).
Aulas dialogadas e debates com base nos textos indicados em cada unidade temática.
6. Recursos Didáticos (especificar os recursos utilizados)
Textos e data-show
7. Avaliação (Descrição dos instrumentos e critérios a serem utilizados para verificação da aprendizagem e aprovação dos
alunos).
a) N1 = 10,00 (Atividade 1 = 4,0 pontos; Atividade 2 = 3,0; Atividade 3 = 3,0 pontos)
Atividade 1: Produção Textual sobre a formação social germânica.
Atividade 2: Debate / Apresentação
Atividade 3 Prova sobre as unidades 1 e 2.
b) N2 = 10,00 (Atividade 1 = 6,0 pontos e Atividade 2 = 4,0 pontos)
Atividade 1: Apresentação oral em grupo sobre a unidade 5.
Atividade 2: Prova sobre a unidade 6.
Aprovação no Colegiado de Curso (Regimento Geral da UFAC Art. 59, alíneas b e n)
Data: / / .
CRONOGRAMA
AULA 01 = PLANO DE CURSO + Unidade 1.1
AULA 02 = Unidade 1.1
AULA 03 = Unidade 1.2
AULA 04 = Unidade 1.2
AULA 05 = Unidade 1.2
AULA 06 = Unidade 2
AULA 07 = Unidade 2
AULA 08 = DEBATE (Unidade 2)
AULA 09 = Prova + Trabalho sobre Unidade 4
AULA 10 = Unidade 3
AULA 11 = Unidade 3
AULA 12 = Unidade 5
AULA 13 = Apresentações
AULA 14 = Unidade 6
AULA 15 = Unidade 6
AULA 16 = Unidade 6
AULA 17 = Prova N2
AULA 18 = PROVA FINAL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior
Resenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado JúniorResenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior
Resenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior
João Gabriel Burmann
 
Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017
Diogo Santos
 
Caio prado jr1
Caio prado jr1Caio prado jr1
Caio prado jr1
NESUERJ
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Diogo Santos
 
Caio prado
Caio pradoCaio prado
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Diogo Santos
 
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa BrasileiraO Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa BrasileiraO Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
A importância da história para a formação do economista
A importância da história para a formação do economistaA importância da história para a formação do economista
A importância da história para a formação do economista
Eduardo Carneiro
 
1. 3º ensino médio
1.   3º  ensino médio1.   3º  ensino médio
1. 3º ensino médio
Matheus Rodrigues
 
Caio prado Junior
Caio prado  JuniorCaio prado  Junior
Caio prado Junior
alexandrino saraiva
 
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa BrasileiraO Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
HISTÓRIA DO BRASIL
HISTÓRIA DO BRASILHISTÓRIA DO BRASIL
HISTÓRIA DO BRASIL
jorge2013elite
 
A Sociologia em Portugal - Gonçalinho
A Sociologia em Portugal - GonçalinhoA Sociologia em Portugal - Gonçalinho
A Sociologia em Portugal - Gonçalinho
turma12c
 
plano de aula 8 ano 2013
plano de aula 8 ano 2013plano de aula 8 ano 2013
plano de aula 8 ano 2013
joacir santos soares santos
 
Sociologia em-portugal
Sociologia em-portugalSociologia em-portugal
Sociologia em-portugal
turma12c
 
História Prof. Cláudio Nunes
História   Prof. Cláudio NunesHistória   Prof. Cláudio Nunes
História Prof. Cláudio Nunes
Pré-Enem Seduc
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
anny0503
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
Allyne Alves
 

Mais procurados (19)

Resenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior
Resenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado JúniorResenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior
Resenha de História Econômica do Brasil de Caio Prado Júnior
 
Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 2 2014-2017
 
Caio prado jr1
Caio prado jr1Caio prado jr1
Caio prado jr1
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 1 2014-2017
 
Caio prado
Caio pradoCaio prado
Caio prado
 
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
Caderno do Aluno História 8 série vol 1 2014-2017
 
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa BrasileiraO Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
 
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa BrasileiraO Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
 
A importância da história para a formação do economista
A importância da história para a formação do economistaA importância da história para a formação do economista
A importância da história para a formação do economista
 
1. 3º ensino médio
1.   3º  ensino médio1.   3º  ensino médio
1. 3º ensino médio
 
Caio prado Junior
Caio prado  JuniorCaio prado  Junior
Caio prado Junior
 
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa BrasileiraO Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
O Debate do Desenvolvimento na Tradição Heterodoxa Brasileira
 
HISTÓRIA DO BRASIL
HISTÓRIA DO BRASILHISTÓRIA DO BRASIL
HISTÓRIA DO BRASIL
 
A Sociologia em Portugal - Gonçalinho
A Sociologia em Portugal - GonçalinhoA Sociologia em Portugal - Gonçalinho
A Sociologia em Portugal - Gonçalinho
 
plano de aula 8 ano 2013
plano de aula 8 ano 2013plano de aula 8 ano 2013
plano de aula 8 ano 2013
 
Sociologia em-portugal
Sociologia em-portugalSociologia em-portugal
Sociologia em-portugal
 
História Prof. Cláudio Nunes
História   Prof. Cláudio NunesHistória   Prof. Cláudio Nunes
História Prof. Cláudio Nunes
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
 

Semelhante a Modelo de plano de curso hist. econ 1

Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1
Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1
Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1
Evandro Nascimento
 
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
UFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 
EMENTAS
EMENTASEMENTAS
Bibliografia sociologia ufrr
Bibliografia sociologia  ufrrBibliografia sociologia  ufrr
Bibliografia sociologia ufrr
cesardelta1
 
América Contemporânea 1º Semestre De 2010
América Contemporânea 1º Semestre De 2010América Contemporânea 1º Semestre De 2010
América Contemporânea 1º Semestre De 2010
alexbuzeli
 
Plano de curso 2011 cfch092
Plano de curso   2011 cfch092Plano de curso   2011 cfch092
Plano de curso 2011 cfch092
Helio Smoly
 
Programa de Teoria e Metodologia da História
Programa de Teoria e Metodologia da HistóriaPrograma de Teoria e Metodologia da História
Programa de Teoria e Metodologia da História
TEORIA E METODOLOGIA DA HISTORIA - Prof. José Carlos Reis
 
Ciencias humanas
Ciencias humanasCiencias humanas
Planos de aula
Planos de aulaPlanos de aula
Planos de aula
Fatima Candido
 
13992 historia do_brasil_2013-01-14_210135
13992 historia do_brasil_2013-01-14_21013513992 historia do_brasil_2013-01-14_210135
13992 historia do_brasil_2013-01-14_210135
Dany Pereira
 
Antropologia econômica
Antropologia econômicaAntropologia econômica
Antropologia econômica
Marcelo Ribeiro
 
Ht016 história-social-dos-meios-de-comunicação
Ht016 história-social-dos-meios-de-comunicaçãoHt016 história-social-dos-meios-de-comunicação
Ht016 história-social-dos-meios-de-comunicação
Augusto Ernesto Cumbi Gugu
 
Bibliografia do Concurso para Oficiais
Bibliografia do Concurso para OficiaisBibliografia do Concurso para Oficiais
Bibliografia do Concurso para Oficiais
Camilo Machado
 
Plano de Ensino- História- 8 ano.docx
Plano de Ensino- História- 8 ano.docxPlano de Ensino- História- 8 ano.docx
Plano de Ensino- História- 8 ano.docx
LUCIANAPINHEIRO63
 
Programa Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011a
Programa Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011aPrograma Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011a
Programa Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011a
Fábio Fonseca de Castro
 
Conteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - Sociologia
Conteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - SociologiaConteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - Sociologia
Conteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - Sociologia
denisealvesf
 
Programa comunicação, cultura e sociedade 2011
Programa comunicação, cultura e sociedade 2011Programa comunicação, cultura e sociedade 2011
Programa comunicação, cultura e sociedade 2011
Fábio Fonseca de Castro
 
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
UFMT Universidade Federal de Mato Grosso
 
Programa Mídia e Cultura na Amazônia
Programa Mídia e Cultura na AmazôniaPrograma Mídia e Cultura na Amazônia
Programa Mídia e Cultura na Amazônia
Fábio Fonseca de Castro
 
PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...
PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...
PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...
Raphael Andrade
 

Semelhante a Modelo de plano de curso hist. econ 1 (20)

Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1
Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1
Programa de ensino geografia econômica licenciatura 2015 1
 
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
1. PLANO DE ENSINO - SEMINÁRIO DE LINHA DE PESQUISA 1: Territórios, sociedade...
 
EMENTAS
EMENTASEMENTAS
EMENTAS
 
Bibliografia sociologia ufrr
Bibliografia sociologia  ufrrBibliografia sociologia  ufrr
Bibliografia sociologia ufrr
 
América Contemporânea 1º Semestre De 2010
América Contemporânea 1º Semestre De 2010América Contemporânea 1º Semestre De 2010
América Contemporânea 1º Semestre De 2010
 
Plano de curso 2011 cfch092
Plano de curso   2011 cfch092Plano de curso   2011 cfch092
Plano de curso 2011 cfch092
 
Programa de Teoria e Metodologia da História
Programa de Teoria e Metodologia da HistóriaPrograma de Teoria e Metodologia da História
Programa de Teoria e Metodologia da História
 
Ciencias humanas
Ciencias humanasCiencias humanas
Ciencias humanas
 
Planos de aula
Planos de aulaPlanos de aula
Planos de aula
 
13992 historia do_brasil_2013-01-14_210135
13992 historia do_brasil_2013-01-14_21013513992 historia do_brasil_2013-01-14_210135
13992 historia do_brasil_2013-01-14_210135
 
Antropologia econômica
Antropologia econômicaAntropologia econômica
Antropologia econômica
 
Ht016 história-social-dos-meios-de-comunicação
Ht016 história-social-dos-meios-de-comunicaçãoHt016 história-social-dos-meios-de-comunicação
Ht016 história-social-dos-meios-de-comunicação
 
Bibliografia do Concurso para Oficiais
Bibliografia do Concurso para OficiaisBibliografia do Concurso para Oficiais
Bibliografia do Concurso para Oficiais
 
Plano de Ensino- História- 8 ano.docx
Plano de Ensino- História- 8 ano.docxPlano de Ensino- História- 8 ano.docx
Plano de Ensino- História- 8 ano.docx
 
Programa Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011a
Programa Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011aPrograma Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011a
Programa Teorias da Cultura e do Contemporâneo 2011a
 
Conteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - Sociologia
Conteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - SociologiaConteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - Sociologia
Conteúdo Básicos - Mínimos Ensino Médio do Tocantins - ALINHAMENTO - Sociologia
 
Programa comunicação, cultura e sociedade 2011
Programa comunicação, cultura e sociedade 2011Programa comunicação, cultura e sociedade 2011
Programa comunicação, cultura e sociedade 2011
 
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
Cronograma de aulas UFMT - PPGHIS 2018.1 - Seminário LINHA 1
 
Programa Mídia e Cultura na Amazônia
Programa Mídia e Cultura na AmazôniaPrograma Mídia e Cultura na Amazônia
Programa Mídia e Cultura na Amazônia
 
PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...
PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...
PLANO DE AULA I - ENSINO FUNDAMENTAL II - A Segunda Guerra Mundial e a bipola...
 

Mais de eduardo carneiro

José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar
José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinarJosé D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar
José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar
eduardo carneiro
 
Tl n7 a luta dos povos da floresta (chico mendes)
Tl n7   a luta dos povos da floresta (chico mendes)Tl n7   a luta dos povos da floresta (chico mendes)
Tl n7 a luta dos povos da floresta (chico mendes)
eduardo carneiro
 
Africanos Albinos
Africanos AlbinosAfricanos Albinos
Africanos Albinos
eduardo carneiro
 
Cristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade MedievalCristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade Medieval
eduardo carneiro
 
Cristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade MedievalCristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade Medieval
eduardo carneiro
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
eduardo carneiro
 
Iluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibularIluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibular
eduardo carneiro
 

Mais de eduardo carneiro (7)

José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar
José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinarJosé D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar
José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar
 
Tl n7 a luta dos povos da floresta (chico mendes)
Tl n7   a luta dos povos da floresta (chico mendes)Tl n7   a luta dos povos da floresta (chico mendes)
Tl n7 a luta dos povos da floresta (chico mendes)
 
Africanos Albinos
Africanos AlbinosAfricanos Albinos
Africanos Albinos
 
Cristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade MedievalCristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade Medieval
 
Cristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade MedievalCristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade Medieval
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibularIluminismo - vestibular
Iluminismo - vestibular
 

Modelo de plano de curso hist. econ 1

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE CURSO Centro: FILOSOFIA E CIENCIAS HUMANAS Curso: BACHARELADO EM HISTÓRIA Disciplina: História Econômica I Código: CFCH094 Carga Horária: 60 Créditos: 4 Pré-requisito: Não tem Semestre Letivo/Ano: Professor(a): Eduardo de Araújo Carneiro Titulação: Doutor BLOG “Estudando História Econômica” http://estudandohistoriaeconomica.blogspot.com.br/ E-MAIL: historiaeconomica.ufac@gmail.com 1. Ementa (Síntese do conteúdo da disciplina que consta no Projeto Pedagógico do Curso). Estuda as sociedades pré-capitalistas a partir da formulação marxista dos conceitos de Modo de Produção e Formação Econômica e Social: a) as comunidades primitivas; b) a formação social asiática; c) a formação social antiga grega e romana – o escravismo; d) a formação social germânica; e) o feudalismo; f) outras formações sociais pré-capitalistas. 2. Objetivo Geral: (Aprendizagem esperada dos alunos ao concluir a disciplina). Compreender as economias “pré-capitalistas” a partir das teorias marxistas. 3. Objetivos Específicos: (Habilidades esperadas dos alunos ao concluir cada unidade/assunto) Comparar a explicação marxista com outras teorias econômicas; Identificar as limitações da teoria marxista na explicação do passado econômico humano; Realizar uma introdução aos estudos da história econômica. 4. Conteúdo Programático: (Detalhamento da ementa em unidades de estudo, com distribuição de horas para cada unidade). Unidades Temáticas C/H Unidade Temática 1 - O (entre) lugar da disciplina História Econômica. 1.1 Introdução à História Econômica: definições, objetos de pesquisa, métodos, correntes teóricas, etc  BARROS, José D’Assunção. História Econômica: considerações sobre um campo disciplinar. In: Revista de Economia Política e História Econômica, Nº 11, janeiro de 2008.  DOSSE, François. Historiador Economista ou Economista Historiador? In: A História em Migalhas: dos Annales à Nova História. São Paulo: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1992. 1.2 Introdução à história econômica marxista  MARX, Karl. Prefácio. In: Contribuição à Crítica da Economia Política. São Paulo: Martins Fontes, 1983.  MARX, K. ENGELS, F. A Ideologia em Geral e em particular a Ideologia Alemã. In: A ideologia Alemã. São Paulo: Fontes: 2002.  MARX, K. ENGELS, F. O Manifesto do Partido Comunista.  GEBRAN, P. Introdução. In: Conceito de Modo de Produção. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.  GORENDER, Jacob. Marxismo sem utopia. São Paulo: Ática, 1999.  ARON, Raymond. Ópio dos intelectuais. Brasília: Editoria da UNB, 1980. Unidade Temática 2 – O discurso marxista do Comunismo Primitivo  ENGELS, Friedrich. O Papel do Trabalho na Transformação do Macaco em Homem. São Paulo: Global, 1984.  ENGELS, Friedrich. A origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado. RJ: Civilização Brasileira, 1977.
  • 2.  CHILDE, Gordon. A revolução neolítica. In: A evolução cultural do homem. Rio de Janeiro: Guanabara, 1981. Unidade Temática 3 - O discurso marxista da Formação Social Asiática  MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.  SOFRI, G. Marx e Engels e a Sociedade Asiática. In: O Modo de Produção Asiático: história de uma controvérsia marxista. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.  ANTUNES, Jair. O Modo de Produção Asiático e a origem do etapismo na teoria da história marxista. Unidade Temática 4 – O discurso marxista da Formação Social Germânica  MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.  WEBER, Marx. História Geral da Economia. São Paulo: Centauro, 2006. (Cap; 1)  BOTTOMORE, T. Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Zahar, 1983. Unidade Temática 5 - O discurso marxista do escravismo greco-romano.  MARX, Karl. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.  ANDERSON, Pery. O modo de produção esclavagista. In: Passagens da antiguidade ao feudalismo. Porto: Afrontamento, 1989.  PINSKY, Jaime. A transição do escravismo para o feudalismo. In: Modo de Produção Feudal. Rio de Janeiro: Graal, 1979.  MELTZER, Milton. História ilustrada da escravidão. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004. Unidade Temática 6 - O discurso marxista do Modo de Produção Feudal  ANDERSON, Pery. O Modo de Produção Feudal. In: Passagens da antiguidade ao feudalismo. Porto: Afrontamento, 1989.  PINSK, Jaime (org.). Modo de Produção Feudal. SP: Brasiliense, 1979.  DABAT, Christine Rufino. A transferência dos conceitos de feudalismo e de modo de produção feudal a regiões não-européias  KULA, Witold. Teoria Econômica do Sistema Feudal. Lisboa: Presença, 1962. BIBLIOGRAFIA GERAL BRASSEUL, Jacques. História Econômica do Mundo: das origens aos subprimes. Lisboa: Edições Texto & Grafia, 2012. CAMERON, Rondo. História Econômica do Mundo. Lisboa: Publicações Europa-América LTDA, 2004. GRAS, N. Introdução à História Econômica. São Paulo: Martins Editora, 1943. LEKACHMAN, Robert. História das ideias econômicas. Rio de Janeiro: Bloch Editores, 1972. PRADA, Valentin Vasquez. História Económica Mundial: De los origenes a la Revolucion Industrial. HUGON, Paul. História das doutrinas econômicas.São Paulo> Editor Atlas, 1969. WEBER, Marx. História Geral da Economia. São Paulo: Centauro, 2006. 5. Procedimentos Metodológicos: (Descrição de como a disciplina será desenvolvida, especificando-se as técnicas de ensino a serem utilizadas). Aulas dialogadas e debates com base nos textos indicados em cada unidade temática. 6. Recursos Didáticos (especificar os recursos utilizados) Textos e data-show 7. Avaliação (Descrição dos instrumentos e critérios a serem utilizados para verificação da aprendizagem e aprovação dos alunos). a) N1 = 10,00 (Atividade 1 = 4,0 pontos; Atividade 2 = 3,0; Atividade 3 = 3,0 pontos) Atividade 1: Produção Textual sobre a formação social germânica. Atividade 2: Debate / Apresentação Atividade 3 Prova sobre as unidades 1 e 2. b) N2 = 10,00 (Atividade 1 = 6,0 pontos e Atividade 2 = 4,0 pontos) Atividade 1: Apresentação oral em grupo sobre a unidade 5. Atividade 2: Prova sobre a unidade 6. Aprovação no Colegiado de Curso (Regimento Geral da UFAC Art. 59, alíneas b e n) Data: / / .
  • 3. CRONOGRAMA AULA 01 = PLANO DE CURSO + Unidade 1.1 AULA 02 = Unidade 1.1 AULA 03 = Unidade 1.2 AULA 04 = Unidade 1.2 AULA 05 = Unidade 1.2 AULA 06 = Unidade 2 AULA 07 = Unidade 2 AULA 08 = DEBATE (Unidade 2) AULA 09 = Prova + Trabalho sobre Unidade 4 AULA 10 = Unidade 3 AULA 11 = Unidade 3 AULA 12 = Unidade 5 AULA 13 = Apresentações AULA 14 = Unidade 6 AULA 15 = Unidade 6 AULA 16 = Unidade 6 AULA 17 = Prova N2 AULA 18 = PROVA FINAL