SlideShare uma empresa Scribd logo
www.mvar.com.br
Registro de Perdas Operacionais
por Marco Antonio Silva
Jul/2009
A definição do modelo de
dados mais adequado a ser
implantado numa instituição
para registro das perdas
operacionais, não é uma
decisão fácil, pois é
necessário levar-se em
consideração as diversas
características existentes na
instituição, tais como:
Registro de Perdas Operacionais
Registro de Perdas Operacionais
• a quantidade dos eventos de perda a serem tratadas;
• o tempo médio decorrido para identificação das perdas;
• a complexidade na apuração das causas das perdas;
• como é feito o gerenciamento dos processos na empresa de forma preventiva
para evitar a ocorrência dos eventos de perda;
• como é efetuada a captura das perdas e todas as suas manifestações (custos e
recuperações);
• quais os aspectos da cultura organizacional podem facilitar ou dificultar o processo
de captura e análise das perdas;
• os aspectos de integração de sistemas e suas adequações para uma captura
adequada;
• se a instituição possui uma estrutura organizacional compatível com os objetivos
de captura e de tratamento dos diversos tipos de eventos de perda operacional;
• se a estrutura contábil disponível para a segregação dos tipos de eventos de
perda no sistema de contabilidade é adequada;
• a expertise da instituição em modelagem matemática e estatística voltada a
gestão de risco operacional; etc.
Contudo, o mais importante na escolha do modelo de
dados de perdas operacionais é o que a alta
administração da instituição pretende com o
processo de gestão de risco operacional no longo
prazo.
Uma base de dados de perdas operacionais para ser
explorada adequadamente necessita de pelo menos 5
(cinco) anos de dados armazenados de forma
adequada e completa para que se possa a partir dela
efetuar análises quantitativas consistentes.
Registro de Perdas Operacionais
Registro de Perdas Operacionais
Melhoria contínua
da gestão do risco
operacional;
Implantação de
cálculo de VAR
operacional;
Implantação de
indicadores chave
de risco preditivo;
Implantação de
modelos causais;
Incorporação da
parcela de risco
operacional na
precificação dos
produtos;
Implantação de
modelo de análise
de custo /
benefício de ações
de mitigação;
Implantação de
modelo
proprietário para
alocação de
capital.
Portanto, se a instituição acredita que em algum
momento deverá aprimorar o processo de Gestão de
Risco Operacional, então deverá optar por um modelo
que seja compatível já no momento D0 com os
seguintes objetivos:
www.mvar.com.br
Obrigado!
Marco Antonio Silva
marco.silva@mvar.com.br
www.mvar.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a MVAR- Registro de Perdas Operacionais

Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)
Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)
Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)
Giancarlo Silva
 
Orçamento Empresarial
Orçamento EmpresarialOrçamento Empresarial
Orçamento Empresarial
Acies Consultoria Empresarial
 
Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)
Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)
Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)
Stratec Informática
 
Apresentação infinity acies
Apresentação infinity   aciesApresentação infinity   acies
Apresentação infinity acies
ALEstrategico
 
CV_Tulio_Abrantes
CV_Tulio_AbrantesCV_Tulio_Abrantes
CV_Tulio_Abrantes
Tulio Abrantes
 
Sistemas de Informação
Sistemas de InformaçãoSistemas de Informação
Sistemas de Informação
Mauricio Uriona Maldonado PhD
 
Rm1150150212 totvs autom_ponto
Rm1150150212  totvs autom_pontoRm1150150212  totvs autom_ponto
Rm1150150212 totvs autom_ponto
Tiago Henrique Ribeiro Ferreira
 
E:\Contab Milenium
E:\Contab MileniumE:\Contab Milenium
E:\Contab Milenium
Larissa Juliana
 
Risk Advisor - Compliance e Gestão de Riscos
Risk Advisor - Compliance e Gestão de RiscosRisk Advisor - Compliance e Gestão de Riscos
Risk Advisor - Compliance e Gestão de Riscos
Fabricio Macedo
 
Managing-SOX.pdf
Managing-SOX.pdfManaging-SOX.pdf
Managing-SOX.pdf
Pedro Luis Moraes
 
Profissional SAP
Profissional SAPProfissional SAP
Profissional SAP
Angélica Wolfart
 
Projeto iSAP alimentos
Projeto iSAP alimentosProjeto iSAP alimentos
Projeto iSAP alimentos
Luís Gustavo Schepp
 
Contab milenium
Contab mileniumContab milenium
Contab milenium
Amanda Priscila
 
P10 gestao pessoal
P10 gestao pessoalP10 gestao pessoal
P10 gestao pessoal
Helio da Costa Junior
 
O ERP e o seu papel na gestão das empresas
O ERP e o seu papel na gestão das empresasO ERP e o seu papel na gestão das empresas
O ERP e o seu papel na gestão das empresas
Edilberto Lima de Souza
 
C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2
C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2
C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2
Wellington Monteiro da Silva
 
Modelagem de processos
Modelagem de processosModelagem de processos
Modelagem de processos
Ronney Moreira de Castro
 
Guia iapmei folha de calculo
Guia iapmei   folha de calculoGuia iapmei   folha de calculo
Guia iapmei folha de calculo
LuisDuque59
 
Orçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenick
Orçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenickOrçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenick
Orçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenick
Maxsuel Pereira
 
Fgv up todate136
Fgv up todate136Fgv up todate136
Fgv up todate136
Roberto Nunez
 

Semelhante a MVAR- Registro de Perdas Operacionais (20)

Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)
Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)
Seminário - Enterprise Resource Planning (ERP)
 
Orçamento Empresarial
Orçamento EmpresarialOrçamento Empresarial
Orçamento Empresarial
 
Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)
Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)
Stratec - Módulo Matriz Orçamentária (Software)
 
Apresentação infinity acies
Apresentação infinity   aciesApresentação infinity   acies
Apresentação infinity acies
 
CV_Tulio_Abrantes
CV_Tulio_AbrantesCV_Tulio_Abrantes
CV_Tulio_Abrantes
 
Sistemas de Informação
Sistemas de InformaçãoSistemas de Informação
Sistemas de Informação
 
Rm1150150212 totvs autom_ponto
Rm1150150212  totvs autom_pontoRm1150150212  totvs autom_ponto
Rm1150150212 totvs autom_ponto
 
E:\Contab Milenium
E:\Contab MileniumE:\Contab Milenium
E:\Contab Milenium
 
Risk Advisor - Compliance e Gestão de Riscos
Risk Advisor - Compliance e Gestão de RiscosRisk Advisor - Compliance e Gestão de Riscos
Risk Advisor - Compliance e Gestão de Riscos
 
Managing-SOX.pdf
Managing-SOX.pdfManaging-SOX.pdf
Managing-SOX.pdf
 
Profissional SAP
Profissional SAPProfissional SAP
Profissional SAP
 
Projeto iSAP alimentos
Projeto iSAP alimentosProjeto iSAP alimentos
Projeto iSAP alimentos
 
Contab milenium
Contab mileniumContab milenium
Contab milenium
 
P10 gestao pessoal
P10 gestao pessoalP10 gestao pessoal
P10 gestao pessoal
 
O ERP e o seu papel na gestão das empresas
O ERP e o seu papel na gestão das empresasO ERP e o seu papel na gestão das empresas
O ERP e o seu papel na gestão das empresas
 
C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2
C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2
C:\Documents And Settings\Aluno1\Meus Documentos\Trabalho Ti 2
 
Modelagem de processos
Modelagem de processosModelagem de processos
Modelagem de processos
 
Guia iapmei folha de calculo
Guia iapmei   folha de calculoGuia iapmei   folha de calculo
Guia iapmei folha de calculo
 
Orçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenick
Orçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenickOrçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenick
Orçamento empresarial base zero e incremental por tomislav femenick
 
Fgv up todate136
Fgv up todate136Fgv up todate136
Fgv up todate136
 

Mais de MVAR Solucoes e Servicos

MATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEF
MATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEFMATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEF
MATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEF
MVAR Solucoes e Servicos
 
Modelos de risco de credito em carteiras uma comparacao aplicada ao caso br...
Modelos de risco de credito em carteiras   uma comparacao aplicada ao caso br...Modelos de risco de credito em carteiras   uma comparacao aplicada ao caso br...
Modelos de risco de credito em carteiras uma comparacao aplicada ao caso br...
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...
MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...
MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...
MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...
MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...
MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...
MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA - Abril 2013
MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA  - Abril 2013MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA  - Abril 2013
MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA - Abril 2013
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEF
MVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEFMVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEF
MVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEF
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...
MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...
MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPP
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPPMVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPP
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPP
MVAR Solucoes e Servicos
 
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABAN
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABANMVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABAN
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABAN
MVAR Solucoes e Servicos
 

Mais de MVAR Solucoes e Servicos (10)

MATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEF
MATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEFMATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEF
MATERA MVAR - Gestão de Controles Internos e Riscos Operacionais - Modelo FUNCEF
 
Modelos de risco de credito em carteiras uma comparacao aplicada ao caso br...
Modelos de risco de credito em carteiras   uma comparacao aplicada ao caso br...Modelos de risco de credito em carteiras   uma comparacao aplicada ao caso br...
Modelos de risco de credito em carteiras uma comparacao aplicada ao caso br...
 
MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...
MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...
MVAR - Modelos de Risco de Crédito em Carteiras: Uma comparação aplicada ao c...
 
MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...
MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...
MVAR- Previsibilidade de um sistema de rating aplicado a empresas brasileiras...
 
MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...
MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...
MVAR- Tendencia para Sistemas Internos - Novo perfil para Gestao de Risco em ...
 
MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA - Abril 2013
MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA  - Abril 2013MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA  - Abril 2013
MVAR- Gestao de Riscos- Revista ValorEspecial GESTAO FINANCEIRA - Abril 2013
 
MVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEF
MVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEFMVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEF
MVAR- Modelo de Gestao de Risco Corporativo- FUNCEF
 
MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...
MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...
MVAR- Criacao de Valor utilizando uma Gestao de Risco Operacional mais eficaz...
 
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPP
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPPMVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPP
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas -ABRAPP
 
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABAN
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABANMVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABAN
MVAR- Risco de Credito de Operacoes Estruturadas- FEBRABAN
 

Último

Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 

Último (7)

Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 

MVAR- Registro de Perdas Operacionais

  • 1. www.mvar.com.br Registro de Perdas Operacionais por Marco Antonio Silva Jul/2009
  • 2. A definição do modelo de dados mais adequado a ser implantado numa instituição para registro das perdas operacionais, não é uma decisão fácil, pois é necessário levar-se em consideração as diversas características existentes na instituição, tais como: Registro de Perdas Operacionais
  • 3. Registro de Perdas Operacionais • a quantidade dos eventos de perda a serem tratadas; • o tempo médio decorrido para identificação das perdas; • a complexidade na apuração das causas das perdas; • como é feito o gerenciamento dos processos na empresa de forma preventiva para evitar a ocorrência dos eventos de perda; • como é efetuada a captura das perdas e todas as suas manifestações (custos e recuperações); • quais os aspectos da cultura organizacional podem facilitar ou dificultar o processo de captura e análise das perdas; • os aspectos de integração de sistemas e suas adequações para uma captura adequada; • se a instituição possui uma estrutura organizacional compatível com os objetivos de captura e de tratamento dos diversos tipos de eventos de perda operacional; • se a estrutura contábil disponível para a segregação dos tipos de eventos de perda no sistema de contabilidade é adequada; • a expertise da instituição em modelagem matemática e estatística voltada a gestão de risco operacional; etc.
  • 4. Contudo, o mais importante na escolha do modelo de dados de perdas operacionais é o que a alta administração da instituição pretende com o processo de gestão de risco operacional no longo prazo. Uma base de dados de perdas operacionais para ser explorada adequadamente necessita de pelo menos 5 (cinco) anos de dados armazenados de forma adequada e completa para que se possa a partir dela efetuar análises quantitativas consistentes. Registro de Perdas Operacionais
  • 5. Registro de Perdas Operacionais Melhoria contínua da gestão do risco operacional; Implantação de cálculo de VAR operacional; Implantação de indicadores chave de risco preditivo; Implantação de modelos causais; Incorporação da parcela de risco operacional na precificação dos produtos; Implantação de modelo de análise de custo / benefício de ações de mitigação; Implantação de modelo proprietário para alocação de capital. Portanto, se a instituição acredita que em algum momento deverá aprimorar o processo de Gestão de Risco Operacional, então deverá optar por um modelo que seja compatível já no momento D0 com os seguintes objetivos: