SlideShare uma empresa Scribd logo
Minicurso
Falando de Alfabetização e Letramento
no Ciclo da Alfabetização 1º, 2º e 3º
Anos do Ensino Fundamental
Encontro da Equipe Regional
PIP/MUNICIPAL

Secretaria de Estado de Educação
Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica
Superintendência de Educação Infantil e Fundamental
Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais

(
O que é Alfabetização?
É o processo específico e
indispensável de apropriação do
sistema de escrita, a conquista dos
princípios alfabético e ortográfico
que possibilita ao aluno ler e
escrever com autonomia.
O que é Letramento?
É o processo de inserção e participação
na cultura escrita. Trata-se de um
processo que tem início quando a criança
começa a conviver com as diferentes
manifestações da escrita na sociedade e
se prolonga por toda a vida, com a
crescente possibilidade de participação
nas práticas sociais que envolvem a língua
escrita.
O que é Alfabetizar Letrando?
Alfabetizar é propiciar condições para que o
indivíduo – criança ou adulto - tenha acesso ao
mundo da escrita, tornando-se capaz não só de ler e
escrever, enquanto habilidade de decodificação e
codificação do sistema de escrita, mas sobretudo,
de fazer uso real e adequado da escrita em todas as
funções que ela tem em nossa sociedade e também
como instrumento de luta pela conquista da
cidadania.
(Magda Soares,2001)
ALFABETIZAR E
LETRAR

Desde o 1º
Desde o 1º
ano do Ciclo
ano do Ciclo
de
de
Alfabetização
Alfabetização

Em todos os
Em todos os
Conteúdos
Conteúdos
Curriculares
Curriculares

De forma
De forma
organizada
organizada
e
e
sistematizada
sistematizada

Utilizando
Utilizando
processos
processos
metodológic
metodológic
os
os
eficazes.
eficazes.
O que você
entende por
ambiente
alfabetizador?
Ambiente alfabetizador
Contexto de cultura escrita intencionalmente organizado em
torno de oportunidades de interação com práticas de letramento.
Critérios relevantes:
• adequação
originais);

do material exposto (circulação social e suportes

ex: livros didáticos, dicionários, atlas, textos que circulam em nossa sociedade, sempre
que possível, apresentados em seus suportes originais, etc.

• organização e possibilidades de acesso dos alunos (na sala e
no espaço escolar)
ex: murais coletivos, quadro de avisos, jornal da escola, caixa de textos literários, etc.

• tempo de exposição em sala
ex: os elementos do ambiente alfabetizador devem ser expostos em função da dinâmica
das atividades.
Seu município adotou a
organização em Ciclo?
O que você entende por
Ciclo?
ORGANIZAÇÃO DO ENSINO EM CICLOS

Ciclo é uma organização mais flexível que amplia o tempo
de aprendizagem do aluno, possibilita distribuir os
conteúdos curriculares de forma adequada à clientela e ao
processo de aprendizagem, permite ao aluno, por avanços
sucessivos, incorporar os conhecimentos sem que ele
tenha de repetir o que já aprendeu, caminhando sempre
em frente, desafiados por novos experiências.
Parecer CEE nº 1132/97
Ciclo da Alfabetização

É um período, de 03 anos, necessário para que
seja assegurado a cada criança o direito às
aprendizagens básicas da apropriação da leitura
e

da

escrita;

à

consolidação

de

saberes

essenciais dessa apropriação; o desenvolvimento
das diversas expressões e o aprendizado de
outros

saberes

fundamentais

das

áreas

e

componentes curriculares.

Caderno “ENTENDENDO O PACTO NACIONAL PELA
ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA” MEC /2012
O que é Progressão Continuada?
Consiste na garantia da aprendizagem do
aluno, sem interrupção, vinculada à
avaliação contínua e processual,
possibilitando ao professor acompanhar
o desenvolvimento e detectar as
dificuldades
de
aprendizagem
apresentadas pelo aluno, no momento
que ela surge, intervindo de imediato
com estratégias adequadas, para
garantir as aprendizagens básicas.
A progressão continuada
pode existir na organização
em séries?
Alfabetização e progressão escolar
Mesmo quando o sistema de ensino ou a escola,
no uso de sua autonomia, fizerem opção pelo
regime seriado, será necessário considerar os três
anos iniciais do Ensino Fundamental como um
bloco pedagógico ou um ciclo sequencial não
passível de interrupção,voltado para ampliar a
todos
os
alunos
as
oportunidades
de
sistematização
e
aprofundamento
das
aprendizagens básicas, imprescindíveis para o
prosseguimento dos estudos.
Resolução CNE Nº 07/2010
Qual a meta prioritária do da Alfabetização?

Toda criança lendo e
escrevendo até os oito anos de idade.

 Toda comunidade participando
 Toda escola tem que fazer diferença.
 Todos alunos progredindo juntos
 Nenhum aluno a menos.
O Ciclo da Alfabetização
na Resolução SEE/MG
nº 2197/12
O Ciclo da Alfabetização, terá suas
atividades pedagógicas organizadas de
modo a assegurar que, ao final de cada
ano, todos os alunos tenham
garantidos, pelo menos, os seguintes
direitos de aprendizagem:
1º
1º
ANO
ANO

2º
2º
ANO
ANO

a) desenvolver
a) desenvolver atitudes
atitudes e
e disposições
disposições
favoráveis à leitura;
favoráveis à leitura;
b) conhecer os usos e funções sociais da
b) conhecer os usos e funções sociais da
escrita;
escrita;
c) compreender o princípio alfabético do
c) compreender o princípio alfabético do
sistema da escrita;
sistema da escrita;
d) ler e escrever palavras e sentenças.
d) ler e escrever palavras e sentenças.

a) ler e compreender pequenos textos;
a) ler e compreender pequenos textos;
b) produzir pequenos textos escritos;
b) produzir pequenos textos escritos;
c) fazer uso da leitura e da escrita nas
c) fazer uso da leitura e da escrita nas
práticas sociais;
práticas sociais;
a) ler e compreender textos mais extensos;
a) ler e compreender textos mais extensos;
b) localizar informações no textos;
b) localizar informações no textos;
c) ler
c) ler oralmente
oralmente com
com fluência
fluência e
e
expressividade;
expressividade;
d) produzir frases e pequenos textos com
d) produzir frases e pequenos textos com
correção ortográfica.
correção ortográfica.
Para Alfabetizar é
Importante

Conhecer as Possibilidades e os
Conhecer as Possibilidades e os
Limites dos Diferentes Métodos de
Limites dos Diferentes Métodos de
Alfabetização.
Alfabetização.
Três questões centrais orientam a reflexão sobre
métodos de alfabetização:
2- Quais são os princípios metodológicos
valorizados como permanentes na alfabetização
e que persistem nas práticas atuais?
Princípio da decodificação:
Alfabeto como unidade significativa;
Reconhecimento de fonemas e sílabas (como rimas e
outros recursos que favorecem a consciência
fonológica), mas num contexto em que ler e escrever é
trabalhado como uso.
Princípio da compreensão ou do reconhecimento
global:
A leitura é compreendida como atribuição de sentido e
interação entre o leitor e texto;
Motivação e ludicidade.
3. Quais são os critérios mais relevantes para as
tomadas de
decisão relativas a métodos de
alfabetização?
Escolha de livros e materiais didáticos;
Professor como co-autor dessa apropriação
e sistematização;
Estudos que podem fundamentar a
organização dos caminhos que o professor
irá trilhar na condução metodológica;
Mapeamento e sistematização de experiências ou
práticas de sucesso desenvolvidas por outros
professores.
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Atividades do
Organograma
Métodos de Alfabetização

Fônico

Silábico

Alfabético

Sintético

Vantagens

Limitações
VANTAGENS DO MÉTODO SINTÉTICO
LIMITAÇÕES DO MÉTODO SINTÉTICO
LIMITAÇÕES DO MÉTODO SINTÉTICO
Métodos de Alfabetização
Global de
Contos

Palavração

Sentenciação

Analítico

Vantagens

Limitações
VANTAGENS DO MÉTODO ANALÍTICO
LIMITAÇÕES DO MÉTODO ANALÍTICO
LIMITAÇÕES DO MÉTODO ANALÍTICO
Cadernos de Orientações para a
organização do Ciclo de
Alfabetização
Caderno 1 - Ciclo Inicial de Alfabetização

Apresenta e problematiza os fatores que
justificam a reorganização do Ensino
Fundamental no Estado e a ênfase que
nesse processo se dá a alfabetização.
No caderno, você examinará e discutirá
respostas às questões sobre o porquê e
o para quê da proposta de ciclos de
alfabetização.
Caderno 2 – Alfabetizando

Nesse caderno, você analisará e
debaterá as habilidades e capacidades a
serem consolidadas pelos alunos e sua
distribuição ao longo dos três anos do
ciclo.
Caderno 3 – Preparando a
Escola e a Sala de Aula

São
apresentados
critérios
e
instrumentos relativos à seleção de
professores
alfabetizadores,
ao
planejamento da sala de aula, de sua
rotina e das atividades a serem
realizadas e a seleção dos métodos e
livros de alfabetização.
Caderno 4 – Acompanhando e avaliando

O caderno apresenta instrumentos para
auxiliar no diagnóstico do conhecimento
dos alunos, na avaliação dos mesmos e da
escola e nas respostas aos problemas de
ensino-aprendizagem.
Caderno 5 – Avaliação Diagnóstica:
Alfabetização no Ciclo Inicial

O caderno propicia subsídios para a
avaliação diagnóstica da aprendizagem
dos alunos do ciclo da alfabetização, por
meio da definição das capacidades
esperadas para esse ciclo e por meio da
apresentação de um instrumento de
avaliação.
Caderno 6 – Planejamento da Alfabetização

Este caderno reafirma a importância
do planejamento na organização do
trabalho de sala de aula, articula as
ações avaliativas e define propostas
de intervenção nas formas de
organização dos alunos.
Matriz Curricular do
Ciclo da
Alfabetização
Eixo 1 – Compreensão e valorização da
cultura escrita
1º
ano

2º
ano

3º
ano
Eixo 2 – Apropriação do sistema de escrita
1º
ano

2º
ano

3º
ano
Eixo 2 – Apropriação do sistema de escrita
1º ano 2º ano 3º ano
Eixo 3 – Leitura
1º
ano

2º
ano

3º
ano
Eixo 3 – Leitura

Unit of measure

1º
ano

2º
ano

3º
ano

Printed 03/04/2009 15:48:29
Last Modified 03/04/2009 15:53:06 E. South America Standard Time

Title
Unit of measure

1 Footnote
SOURCE: Source
McKinsey & Company

|
Eixo 4 – Produção Escrita
1º ano 2º ano 3º ano
Eixo 5 – Desenvolvimento da Oralidade
1º
ano

2º
ano

3º
ano
OS EIXOS EM TEIA
3

4
1

2

5
Aluno
 Apropriação, pelo aluno, do sistema alfabético.
 Uso social da leitura e da escrita.
 Compreensão e produção de textos orais e
escritos em diferentes situações de uso e estilos
de linguagem.
Eixo 1 – Compreensão e valorização
da cultura escrita
Integração do aluno no mundo letrado:
Ações, valores, procedimentos e instrumentos
que constituem o mundo letrado.
Oralidade: fio condutor
Eixo 2 – Apropriação do sistema de escrita
 Conhecimentos que possibilitam a compreensão das
regras que orientam a leitura e a escrita no sistema
alfabético, bem como a ortografia da língua portuguesa.
 Uso dos instrumentos que constituem o mundo letrado
para a aquisição desses conhecimentos.
 A aquisição do sistema de escrita favorece a
compreensão e a valorização da cultura escrita (eixo 1) e
possibilita a produção escrita(eixo 4) e a leitura (eixo 3).
 Oralidade: fio condutor (eixo 5).
Eixo 3 – Leitura
 Processo individual, mas inserido num contexto de
práticas sociais letradas (eixo 1).
 Envolve disposições atitudinais (eixo 1).
 Capacidades relativas à decifração do código escrito
(eixo 2) e capacidades relativas à compreensão e
produção de sentido (eixo 3 e 4).
 Oralidade: fio condutor (eixo 5).
Eixo 4 – Produção Escrita
 A produção escrita deve servir a algum objetivo, ter alguma
função e dirigir-se a algum leitor (eixo 1 e 3).
 Inclui das capacidades a serem adquiridas no processo de
aquisição do sistema de escrita (eixo 2) até aquelas que
proporcionam ao aluno condições letradas para participação
ativa nas práticas sociais de uso da escrita (eixo 1).
 Oralidade: fio condutor (eixo 5)
Eixo 5 – Desenvolvimento da Oralidade
 A oralidade fundamenta o ensino da língua. É na interação
com o meio e com o outro que a criança constrói a língua
materna oral e informal, base para todas as outras formas
de comunicação e integração social do sujeito.
 O desenvolvimento deste eixo possibilita a construção das
capacidades de todos os eixos uma vez que favorece a
escuta e a fala com compreensão e coerência.
A escola “... Precisa preocupar-se com
dar chances às crianças para vivenciarem
o que precisam aprender; sentirem que o
que fazem é significativo e vale a pena
ser feito. Sem esse interesse realmente
sentido pelas crianças, as atividades da
escola podem não passar de um jogo, de
um brinquedo, de uma obrigação, que
alguns podem realizar e, outros,
inconformados, deixam de lado.”
Cagliari (1998:64, 65)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Seis práticas essenciais na alfabetização
Seis práticas essenciais na alfabetizaçãoSeis práticas essenciais na alfabetização
Seis práticas essenciais na alfabetização
Cícera Arruda
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
pedagogia para licenciados
 
Emilia ferreiro
Emilia ferreiroEmilia ferreiro
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
proletramentoalfa
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
Elizabet Tramontin Silveira Camargo
 
Produção e revisão de textos
Produção e revisão de textosProdução e revisão de textos
Produção e revisão de textos
Marilene Rangel Rangel
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
Adriana Pereira
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Edna Monteiro
 
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaLIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
profamiriamnavarro
 
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaTranstornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Rosângela Gonçalves
 
Incentivo a leitura
Incentivo a leituraIncentivo a leitura
Incentivo a leitura
FabianeM
 
BNCC - LINGUAGENS
BNCC - LINGUAGENSBNCC - LINGUAGENS
BNCC - LINGUAGENS
Sandra Lourenco
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
Joao Balbi
 
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aulaOralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Denise Oliveira
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Alekson Morais
 
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da línguaAlfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Graça Barros
 
LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS - Língua Brasileira de SinaisLIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
Lene Reis
 
Ensino da lingua portuguesa
Ensino da  lingua portuguesaEnsino da  lingua portuguesa
Ensino da lingua portuguesa
Gerdian Teixeira
 
1 linguagem oral e escrita na educação infantil
1  linguagem oral e escrita na educação infantil1  linguagem oral e escrita na educação infantil
1 linguagem oral e escrita na educação infantil
Pedagoga Claudia Oliveira Andrade
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
Rosemary Batista
 

Mais procurados (20)

Seis práticas essenciais na alfabetização
Seis práticas essenciais na alfabetizaçãoSeis práticas essenciais na alfabetização
Seis práticas essenciais na alfabetização
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
 
Emilia ferreiro
Emilia ferreiroEmilia ferreiro
Emilia ferreiro
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Produção e revisão de textos
Produção e revisão de textosProdução e revisão de textos
Produção e revisão de textos
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
 
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaLIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
 
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaTranstornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na Escola
 
Incentivo a leitura
Incentivo a leituraIncentivo a leitura
Incentivo a leitura
 
BNCC - LINGUAGENS
BNCC - LINGUAGENSBNCC - LINGUAGENS
BNCC - LINGUAGENS
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aulaOralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
Oralidade e gêneros orais: um olhar sobre as práticas orais em sala de aula
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
 
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da línguaAlfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
Alfabetização e letramento repensando a prática de ensino da língua
 
LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS - Língua Brasileira de SinaisLIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
 
Ensino da lingua portuguesa
Ensino da  lingua portuguesaEnsino da  lingua portuguesa
Ensino da lingua portuguesa
 
1 linguagem oral e escrita na educação infantil
1  linguagem oral e escrita na educação infantil1  linguagem oral e escrita na educação infantil
1 linguagem oral e escrita na educação infantil
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
 

Destaque

Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1
Andreá Perez Leinat
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
profeannecunha
 
Devocional diario (1)
Devocional diario (1)Devocional diario (1)
Devocional diario (1)
Eunice Mendes de Oliveira
 
A arte de contar histórias
A arte de contar históriasA arte de contar histórias
A arte de contar histórias
Eunice Mendes de Oliveira
 
PNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aula
PNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aulaPNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aula
PNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aula
ElieneDias
 
Eunice
EuniceEunice
PNAIC - O trabalho com ortografia na escola
PNAIC - O trabalho com ortografia na escolaPNAIC - O trabalho com ortografia na escola
PNAIC - O trabalho com ortografia na escola
ElieneDias
 
O menino que_aprendeu_a_ler[1]
O menino que_aprendeu_a_ler[1]O menino que_aprendeu_a_ler[1]
O menino que_aprendeu_a_ler[1]
Eunice Mendes de Oliveira
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
Alba Mate Mate
 
Mensagem ao professor
Mensagem ao professorMensagem ao professor
Mensagem ao professor
Eunice Mendes de Oliveira
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educação
regicenci
 
A Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de ConviverA Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de Conviver
lucianaraspa
 
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Eunice Mendes de Oliveira
 
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Fabiana Esteves
 
Letra uber
Letra uberLetra uber
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
miesbella
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Eunice Mendes de Oliveira
 
1 power~1
1 power~11 power~1
PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3
ElieneDias
 
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 corretoApresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Eunice Mendes de Oliveira
 

Destaque (20)

Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
 
Devocional diario (1)
Devocional diario (1)Devocional diario (1)
Devocional diario (1)
 
A arte de contar histórias
A arte de contar históriasA arte de contar histórias
A arte de contar histórias
 
PNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aula
PNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aulaPNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aula
PNAIC - Refletindo sobre a ortografia na sala de aula
 
Eunice
EuniceEunice
Eunice
 
PNAIC - O trabalho com ortografia na escola
PNAIC - O trabalho com ortografia na escolaPNAIC - O trabalho com ortografia na escola
PNAIC - O trabalho com ortografia na escola
 
O menino que_aprendeu_a_ler[1]
O menino que_aprendeu_a_ler[1]O menino que_aprendeu_a_ler[1]
O menino que_aprendeu_a_ler[1]
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
 
Mensagem ao professor
Mensagem ao professorMensagem ao professor
Mensagem ao professor
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educação
 
A Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de ConviverA Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de Conviver
 
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
Ativ.1ºano exibição modoexib.leit.
 
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
 
Letra uber
Letra uberLetra uber
Letra uber
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
 
1 power~1
1 power~11 power~1
1 power~1
 
PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3
 
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 corretoApresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
Apresentação1 dia d correto dia dos pais 2013 correto
 

Semelhante a Minicurso falando de alfabetizacao e letramento

Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01
Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01
Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01
Agnes Freitas
 
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramentoMinicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
pipatcleopoldina
 
PNAIC - Ano 2 unidade 2
PNAIC - Ano 2   unidade 2PNAIC - Ano 2   unidade 2
PNAIC - Ano 2 unidade 2
ElieneDias
 
Diretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensãoDiretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensão
Rosemeri Fazoli Cezarette Lima
 
PNAIC - Ano 2 unidade 8
PNAIC - Ano 2  unidade 8PNAIC - Ano 2  unidade 8
PNAIC - Ano 2 unidade 8
ElieneDias
 
Pauta 1ª aula parte 2- 9 de maio
Pauta  1ª aula parte 2- 9 de maioPauta  1ª aula parte 2- 9 de maio
Pauta 1ª aula parte 2- 9 de maio
adridaleffi121212
 
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
adridaleffi121212
 
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
adridaleffi121212
 
Educação fundamental orintações gerais português e matemática
Educação fundamental   orintações gerais português e matemáticaEducação fundamental   orintações gerais português e matemática
Educação fundamental orintações gerais português e matemática
pedagogiaaoaopedaletra.com Mendonca
 
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finaisLivro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
elannialins
 
1 encontro 1 e 2 momento 2015
1 encontro 1 e 2 momento 20151 encontro 1 e 2 momento 2015
1 encontro 1 e 2 momento 2015
Adriana De Almeida Braga
 
Slides Unidade 8
Slides Unidade 8Slides Unidade 8
Slides Unidade 8
Bete Feliciano
 
Slides Módulo II CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptx
Slides  Módulo II  CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptxSlides  Módulo II  CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptx
Slides Módulo II CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptx
Carmelita Alves
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
dricaaa
 
Ensino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-ano
Ensino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-anoEnsino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-ano
Ensino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-ano
Heline Pereira
 
INTERVENÇÃO PARÁ - Formação de Professor
INTERVENÇÃO PARÁ - Formação de ProfessorINTERVENÇÃO PARÁ - Formação de Professor
INTERVENÇÃO PARÁ - Formação de Professor
EdvanirCosta
 
Caderno 3 ano lp vol 1
Caderno 3 ano lp   vol 1Caderno 3 ano lp   vol 1
Caderno 3 ano lp vol 1
Elizangela Teixeira
 
1ano
1ano1ano
1ano
Isa ...
 
Ano 1 unidade_2_miolo
Ano 1 unidade_2_mioloAno 1 unidade_2_miolo
Ano 1 unidade_2_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
U8 - PNAIC - Avaliação e Progressão Escolar
U8 - PNAIC - Avaliação e Progressão EscolarU8 - PNAIC - Avaliação e Progressão Escolar
U8 - PNAIC - Avaliação e Progressão Escolar
Elaine Cruz
 

Semelhante a Minicurso falando de alfabetizacao e letramento (20)

Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01
Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01
Minicursofalandodealfabetizacaoeletramento 131026133703-phpapp01
 
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramentoMinicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
 
PNAIC - Ano 2 unidade 2
PNAIC - Ano 2   unidade 2PNAIC - Ano 2   unidade 2
PNAIC - Ano 2 unidade 2
 
Diretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensãoDiretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensão
 
PNAIC - Ano 2 unidade 8
PNAIC - Ano 2  unidade 8PNAIC - Ano 2  unidade 8
PNAIC - Ano 2 unidade 8
 
Pauta 1ª aula parte 2- 9 de maio
Pauta  1ª aula parte 2- 9 de maioPauta  1ª aula parte 2- 9 de maio
Pauta 1ª aula parte 2- 9 de maio
 
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
 
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1Pro letramento alfa-e_linguagem-1
Pro letramento alfa-e_linguagem-1
 
Educação fundamental orintações gerais português e matemática
Educação fundamental   orintações gerais português e matemáticaEducação fundamental   orintações gerais português e matemática
Educação fundamental orintações gerais português e matemática
 
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finaisLivro aprender mais_portugues_anos_finais
Livro aprender mais_portugues_anos_finais
 
1 encontro 1 e 2 momento 2015
1 encontro 1 e 2 momento 20151 encontro 1 e 2 momento 2015
1 encontro 1 e 2 momento 2015
 
Slides Unidade 8
Slides Unidade 8Slides Unidade 8
Slides Unidade 8
 
Slides Módulo II CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptx
Slides  Módulo II  CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptxSlides  Módulo II  CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptx
Slides Módulo II CAMPO LIMPO DE GOIAS.pptx
 
Documento
DocumentoDocumento
Documento
 
Ensino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-ano
Ensino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-anoEnsino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-ano
Ensino fundamentalorientacoes-curriculares-1o-ao-5o-ano
 
INTERVENÇÃO PARÁ - Formação de Professor
INTERVENÇÃO PARÁ - Formação de ProfessorINTERVENÇÃO PARÁ - Formação de Professor
INTERVENÇÃO PARÁ - Formação de Professor
 
Caderno 3 ano lp vol 1
Caderno 3 ano lp   vol 1Caderno 3 ano lp   vol 1
Caderno 3 ano lp vol 1
 
1ano
1ano1ano
1ano
 
Ano 1 unidade_2_miolo
Ano 1 unidade_2_mioloAno 1 unidade_2_miolo
Ano 1 unidade_2_miolo
 
U8 - PNAIC - Avaliação e Progressão Escolar
U8 - PNAIC - Avaliação e Progressão EscolarU8 - PNAIC - Avaliação e Progressão Escolar
U8 - PNAIC - Avaliação e Progressão Escolar
 

Mais de Eunice Mendes de Oliveira

Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
Eunice Mendes de Oliveira
 
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
Eunice Mendes de Oliveira
 
Falarcomdeu sco
Falarcomdeu scoFalarcomdeu sco
Falarcomdeu sco
Eunice Mendes de Oliveira
 
Aprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideasAprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideas
Eunice Mendes de Oliveira
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Eunice Mendes de Oliveira
 
Ortografização ok
Ortografização okOrtografização ok
Ortografização ok
Eunice Mendes de Oliveira
 
Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!
Eunice Mendes de Oliveira
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
Eunice Mendes de Oliveira
 
Planejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent marçoPlanejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent março
Eunice Mendes de Oliveira
 
Planejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent marçoPlanejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent março
Eunice Mendes de Oliveira
 
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoCaderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Eunice Mendes de Oliveira
 
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
Eunice Mendes de Oliveira
 
Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
Eunice Mendes de Oliveira
 
Apresenta..[1]
Apresenta..[1]Apresenta..[1]
Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02
Eunice Mendes de Oliveira
 
Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)
Eunice Mendes de Oliveira
 

Mais de Eunice Mendes de Oliveira (20)

Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
 
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
 
Falarcomdeu sco
Falarcomdeu scoFalarcomdeu sco
Falarcomdeu sco
 
Aprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideasAprendizagem orquideas
Aprendizagem orquideas
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
 
Ortografização ok
Ortografização okOrtografização ok
Ortografização ok
 
Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!Dinâmica boas vindas!
Dinâmica boas vindas!
 
Minicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r eMinicurso de alfabetização s r e
Minicurso de alfabetização s r e
 
Planejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent marçoPlanejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent março
 
Planejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent marçoPlanejamento pip 2014 apresent março
Planejamento pip 2014 apresent março
 
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educaçãoCaderno de boas práticas dos especialistas em educação
Caderno de boas práticas dos especialistas em educação
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
 
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
P18kui0ru717g0avh1aav14hu4go4
 
Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]Atividade de leitura_e_escrita[1]
Atividade de leitura_e_escrita[1]
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
 
Apresenta..[1]
Apresenta..[1]Apresenta..[1]
Apresenta..[1]
 
Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02Sondagem 110130111547-phpapp02
Sondagem 110130111547-phpapp02
 
Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)Mc3a9todo 28-palavras (1)
Mc3a9todo 28-palavras (1)
 

Último

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 

Último (20)

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 

Minicurso falando de alfabetizacao e letramento

  • 1. Minicurso Falando de Alfabetização e Letramento no Ciclo da Alfabetização 1º, 2º e 3º Anos do Ensino Fundamental Encontro da Equipe Regional PIP/MUNICIPAL Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica Superintendência de Educação Infantil e Fundamental Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (
  • 2. O que é Alfabetização? É o processo específico e indispensável de apropriação do sistema de escrita, a conquista dos princípios alfabético e ortográfico que possibilita ao aluno ler e escrever com autonomia.
  • 3. O que é Letramento? É o processo de inserção e participação na cultura escrita. Trata-se de um processo que tem início quando a criança começa a conviver com as diferentes manifestações da escrita na sociedade e se prolonga por toda a vida, com a crescente possibilidade de participação nas práticas sociais que envolvem a língua escrita.
  • 4. O que é Alfabetizar Letrando? Alfabetizar é propiciar condições para que o indivíduo – criança ou adulto - tenha acesso ao mundo da escrita, tornando-se capaz não só de ler e escrever, enquanto habilidade de decodificação e codificação do sistema de escrita, mas sobretudo, de fazer uso real e adequado da escrita em todas as funções que ela tem em nossa sociedade e também como instrumento de luta pela conquista da cidadania. (Magda Soares,2001)
  • 5. ALFABETIZAR E LETRAR Desde o 1º Desde o 1º ano do Ciclo ano do Ciclo de de Alfabetização Alfabetização Em todos os Em todos os Conteúdos Conteúdos Curriculares Curriculares De forma De forma organizada organizada e e sistematizada sistematizada Utilizando Utilizando processos processos metodológic metodológic os os eficazes. eficazes.
  • 6. O que você entende por ambiente alfabetizador?
  • 7. Ambiente alfabetizador Contexto de cultura escrita intencionalmente organizado em torno de oportunidades de interação com práticas de letramento. Critérios relevantes: • adequação originais); do material exposto (circulação social e suportes ex: livros didáticos, dicionários, atlas, textos que circulam em nossa sociedade, sempre que possível, apresentados em seus suportes originais, etc. • organização e possibilidades de acesso dos alunos (na sala e no espaço escolar) ex: murais coletivos, quadro de avisos, jornal da escola, caixa de textos literários, etc. • tempo de exposição em sala ex: os elementos do ambiente alfabetizador devem ser expostos em função da dinâmica das atividades.
  • 8. Seu município adotou a organização em Ciclo? O que você entende por Ciclo?
  • 9. ORGANIZAÇÃO DO ENSINO EM CICLOS Ciclo é uma organização mais flexível que amplia o tempo de aprendizagem do aluno, possibilita distribuir os conteúdos curriculares de forma adequada à clientela e ao processo de aprendizagem, permite ao aluno, por avanços sucessivos, incorporar os conhecimentos sem que ele tenha de repetir o que já aprendeu, caminhando sempre em frente, desafiados por novos experiências. Parecer CEE nº 1132/97
  • 10. Ciclo da Alfabetização É um período, de 03 anos, necessário para que seja assegurado a cada criança o direito às aprendizagens básicas da apropriação da leitura e da escrita; à consolidação de saberes essenciais dessa apropriação; o desenvolvimento das diversas expressões e o aprendizado de outros saberes fundamentais das áreas e componentes curriculares. Caderno “ENTENDENDO O PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA” MEC /2012
  • 11. O que é Progressão Continuada? Consiste na garantia da aprendizagem do aluno, sem interrupção, vinculada à avaliação contínua e processual, possibilitando ao professor acompanhar o desenvolvimento e detectar as dificuldades de aprendizagem apresentadas pelo aluno, no momento que ela surge, intervindo de imediato com estratégias adequadas, para garantir as aprendizagens básicas.
  • 12. A progressão continuada pode existir na organização em séries?
  • 13. Alfabetização e progressão escolar Mesmo quando o sistema de ensino ou a escola, no uso de sua autonomia, fizerem opção pelo regime seriado, será necessário considerar os três anos iniciais do Ensino Fundamental como um bloco pedagógico ou um ciclo sequencial não passível de interrupção,voltado para ampliar a todos os alunos as oportunidades de sistematização e aprofundamento das aprendizagens básicas, imprescindíveis para o prosseguimento dos estudos. Resolução CNE Nº 07/2010
  • 14. Qual a meta prioritária do da Alfabetização? Toda criança lendo e escrevendo até os oito anos de idade.  Toda comunidade participando  Toda escola tem que fazer diferença.  Todos alunos progredindo juntos  Nenhum aluno a menos.
  • 15. O Ciclo da Alfabetização na Resolução SEE/MG nº 2197/12 O Ciclo da Alfabetização, terá suas atividades pedagógicas organizadas de modo a assegurar que, ao final de cada ano, todos os alunos tenham garantidos, pelo menos, os seguintes direitos de aprendizagem:
  • 16. 1º 1º ANO ANO 2º 2º ANO ANO a) desenvolver a) desenvolver atitudes atitudes e e disposições disposições favoráveis à leitura; favoráveis à leitura; b) conhecer os usos e funções sociais da b) conhecer os usos e funções sociais da escrita; escrita; c) compreender o princípio alfabético do c) compreender o princípio alfabético do sistema da escrita; sistema da escrita; d) ler e escrever palavras e sentenças. d) ler e escrever palavras e sentenças. a) ler e compreender pequenos textos; a) ler e compreender pequenos textos; b) produzir pequenos textos escritos; b) produzir pequenos textos escritos; c) fazer uso da leitura e da escrita nas c) fazer uso da leitura e da escrita nas práticas sociais; práticas sociais; a) ler e compreender textos mais extensos; a) ler e compreender textos mais extensos; b) localizar informações no textos; b) localizar informações no textos; c) ler c) ler oralmente oralmente com com fluência fluência e e expressividade; expressividade; d) produzir frases e pequenos textos com d) produzir frases e pequenos textos com correção ortográfica. correção ortográfica.
  • 17. Para Alfabetizar é Importante Conhecer as Possibilidades e os Conhecer as Possibilidades e os Limites dos Diferentes Métodos de Limites dos Diferentes Métodos de Alfabetização. Alfabetização.
  • 18. Três questões centrais orientam a reflexão sobre métodos de alfabetização:
  • 19. 2- Quais são os princípios metodológicos valorizados como permanentes na alfabetização e que persistem nas práticas atuais? Princípio da decodificação: Alfabeto como unidade significativa; Reconhecimento de fonemas e sílabas (como rimas e outros recursos que favorecem a consciência fonológica), mas num contexto em que ler e escrever é trabalhado como uso. Princípio da compreensão ou do reconhecimento global: A leitura é compreendida como atribuição de sentido e interação entre o leitor e texto; Motivação e ludicidade.
  • 20. 3. Quais são os critérios mais relevantes para as tomadas de decisão relativas a métodos de alfabetização? Escolha de livros e materiais didáticos; Professor como co-autor dessa apropriação e sistematização; Estudos que podem fundamentar a organização dos caminhos que o professor irá trilhar na condução metodológica; Mapeamento e sistematização de experiências ou práticas de sucesso desenvolvidas por outros professores.
  • 24. VANTAGENS DO MÉTODO SINTÉTICO
  • 27. Métodos de Alfabetização Global de Contos Palavração Sentenciação Analítico Vantagens Limitações
  • 28. VANTAGENS DO MÉTODO ANALÍTICO
  • 31. Cadernos de Orientações para a organização do Ciclo de Alfabetização
  • 32. Caderno 1 - Ciclo Inicial de Alfabetização Apresenta e problematiza os fatores que justificam a reorganização do Ensino Fundamental no Estado e a ênfase que nesse processo se dá a alfabetização. No caderno, você examinará e discutirá respostas às questões sobre o porquê e o para quê da proposta de ciclos de alfabetização.
  • 33. Caderno 2 – Alfabetizando Nesse caderno, você analisará e debaterá as habilidades e capacidades a serem consolidadas pelos alunos e sua distribuição ao longo dos três anos do ciclo.
  • 34. Caderno 3 – Preparando a Escola e a Sala de Aula São apresentados critérios e instrumentos relativos à seleção de professores alfabetizadores, ao planejamento da sala de aula, de sua rotina e das atividades a serem realizadas e a seleção dos métodos e livros de alfabetização.
  • 35. Caderno 4 – Acompanhando e avaliando O caderno apresenta instrumentos para auxiliar no diagnóstico do conhecimento dos alunos, na avaliação dos mesmos e da escola e nas respostas aos problemas de ensino-aprendizagem.
  • 36. Caderno 5 – Avaliação Diagnóstica: Alfabetização no Ciclo Inicial O caderno propicia subsídios para a avaliação diagnóstica da aprendizagem dos alunos do ciclo da alfabetização, por meio da definição das capacidades esperadas para esse ciclo e por meio da apresentação de um instrumento de avaliação.
  • 37. Caderno 6 – Planejamento da Alfabetização Este caderno reafirma a importância do planejamento na organização do trabalho de sala de aula, articula as ações avaliativas e define propostas de intervenção nas formas de organização dos alunos.
  • 38. Matriz Curricular do Ciclo da Alfabetização
  • 39. Eixo 1 – Compreensão e valorização da cultura escrita 1º ano 2º ano 3º ano
  • 40. Eixo 2 – Apropriação do sistema de escrita 1º ano 2º ano 3º ano
  • 41. Eixo 2 – Apropriação do sistema de escrita 1º ano 2º ano 3º ano
  • 42. Eixo 3 – Leitura 1º ano 2º ano 3º ano
  • 43. Eixo 3 – Leitura Unit of measure 1º ano 2º ano 3º ano Printed 03/04/2009 15:48:29 Last Modified 03/04/2009 15:53:06 E. South America Standard Time Title Unit of measure 1 Footnote SOURCE: Source McKinsey & Company |
  • 44. Eixo 4 – Produção Escrita 1º ano 2º ano 3º ano
  • 45. Eixo 5 – Desenvolvimento da Oralidade 1º ano 2º ano 3º ano
  • 46. OS EIXOS EM TEIA 3 4 1 2 5
  • 47. Aluno  Apropriação, pelo aluno, do sistema alfabético.  Uso social da leitura e da escrita.  Compreensão e produção de textos orais e escritos em diferentes situações de uso e estilos de linguagem.
  • 48. Eixo 1 – Compreensão e valorização da cultura escrita Integração do aluno no mundo letrado: Ações, valores, procedimentos e instrumentos que constituem o mundo letrado. Oralidade: fio condutor
  • 49. Eixo 2 – Apropriação do sistema de escrita  Conhecimentos que possibilitam a compreensão das regras que orientam a leitura e a escrita no sistema alfabético, bem como a ortografia da língua portuguesa.  Uso dos instrumentos que constituem o mundo letrado para a aquisição desses conhecimentos.  A aquisição do sistema de escrita favorece a compreensão e a valorização da cultura escrita (eixo 1) e possibilita a produção escrita(eixo 4) e a leitura (eixo 3).  Oralidade: fio condutor (eixo 5).
  • 50. Eixo 3 – Leitura  Processo individual, mas inserido num contexto de práticas sociais letradas (eixo 1).  Envolve disposições atitudinais (eixo 1).  Capacidades relativas à decifração do código escrito (eixo 2) e capacidades relativas à compreensão e produção de sentido (eixo 3 e 4).  Oralidade: fio condutor (eixo 5).
  • 51. Eixo 4 – Produção Escrita  A produção escrita deve servir a algum objetivo, ter alguma função e dirigir-se a algum leitor (eixo 1 e 3).  Inclui das capacidades a serem adquiridas no processo de aquisição do sistema de escrita (eixo 2) até aquelas que proporcionam ao aluno condições letradas para participação ativa nas práticas sociais de uso da escrita (eixo 1).  Oralidade: fio condutor (eixo 5)
  • 52. Eixo 5 – Desenvolvimento da Oralidade  A oralidade fundamenta o ensino da língua. É na interação com o meio e com o outro que a criança constrói a língua materna oral e informal, base para todas as outras formas de comunicação e integração social do sujeito.  O desenvolvimento deste eixo possibilita a construção das capacidades de todos os eixos uma vez que favorece a escuta e a fala com compreensão e coerência.
  • 53. A escola “... Precisa preocupar-se com dar chances às crianças para vivenciarem o que precisam aprender; sentirem que o que fazem é significativo e vale a pena ser feito. Sem esse interesse realmente sentido pelas crianças, as atividades da escola podem não passar de um jogo, de um brinquedo, de uma obrigação, que alguns podem realizar e, outros, inconformados, deixam de lado.” Cagliari (1998:64, 65)

Notas do Editor

  1. {"5":"E s\n"}