SlideShare uma empresa Scribd logo
A partir de 1973, inicia-se, na Europa, uma grande crise económica provocada pela subida dos
preços do petróleo. Aquela teve como consequência o aumento do desemprego e o decréscimo
acentuado dos fluxos migratórios internacionais.
          Os países de acolhimento começaram a colocar restrições à entrada de trabalhadores
estrangeiros, com o objectivo de reduzir o desemprego dos seus cidadãos. Alguns países, como a França
e a Alemanha, dispuseram-se, inclusivamente, a pagar indemnizações aos imigrantes que quisessem sair
do país.
          Depois deste período de relativa acalmia dos fluxos migratórios, estes voltam a ser significativos
a partir de 1990.
          Da África do Norte, onde a miséria é uma constante, saem grandes massas populacionais em
direcção à Europa. A maioria destas migrações são ilegais (clandestinas).
          Também as alterações do sistema político e económico dos países da Europa Central e do Leste
têm desencadeado situações de miséria, guerra e repressão. Por sua vez, aquelas provocam um intenso
movimento, principalmente, de húngaros, polacos, albaneses, jugoslavos, romenos e búlgaros, em
direcção à Europa Ocidental.

ONDA DE ILEGAIS ATINGE O SUL DE ESPANHA
          O estreito de Gibraltar, a grande fronteira entre a Africa e a Europa, está a transformar-se num
imenso cemitério de imigrantes ilegais. O desejo de muitos jovens marroquinos e argelinos de
abandonarem a miséria em que vivem não tem limites. Atravessam as águas turbulentas do estreito de
Gibraltar, amontoados em pequenos barcos.
          Só em 1996, a polícia espanhola prendeu mais de cinco mil clandestinos e muitos outros
naufragaram e ficaram no fundo do mar.
          Uma das tragédias ocorreu em Outubro de 1996, quando vinte e sete jovens morreram ao virar-
se o barco onde seguiam.
          As pequenas embarcações estão preparadas para transportar dez pessoas, mas acabam por
transportar três vezes mais, o que constitui um grande perigo.
          A tragédia ocorre quando a polícia está à espera na praia, no lado espanhol. Os ilegais terão que
regressar a Marrocos e abandonar o sonho de encontrar trabalho em Espanha. E o pior é que todo o
sacrifício económico que representa pagar a viagem não lhes terá servido de nada. Atravessar o estreito
em barcos pequenos custa entre 375 e 500 euros, uma quantia muito grande para uma economia como a
marroquina, em que o ordenado médio não ultrapassa os 250 euros.
          Apesar do grande controlo da polícia espanhola, pensa-se que o número de marroquinos
ilegalmente estabelecidos em Espanha atinja os 200 mil.
                                                                               Adaptado de Diário de Notícias

ACTIVIDADES DE SÍNTESE
1- Explica a ocorrência de acentuados movimentos migratórios na Europa, após a II Guerra Mundial.
2- “Os fluxos migratórios para a Europa Ocidental intensificaram-se a partir de 1990.”
     2.1- Identifica as razões responsáveis por esta nova vaga de migrações.
     2.2- Refere as principais regiões de partida dos migrantes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cp4 Movimentos Migratórios
Cp4 Movimentos MigratóriosCp4 Movimentos Migratórios
Cp4 Movimentos Migratórios
joaquimsousaferreira
 
APRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕES
APRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕESAPRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕES
APRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕES
Léo Miranda
 
Imigração portuguesa tiago
Imigração portuguesa tiagoImigração portuguesa tiago
Imigração portuguesa tiago
joao tavars
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Guilherme Drumond
 
A emigração renato moreira
A emigração  renato moreiraA emigração  renato moreira
A emigração renato moreira
iosi2012
 
Os movimentos migratórios
Os movimentos migratóriosOs movimentos migratórios
Os movimentos migratórios
célia Galveia
 
A população européia
A população européiaA população européia
A população européia
José Nascimento
 
Emigração
EmigraçãoEmigração
Emigração
mirab3
 
TolêRancia E MediaçãO
TolêRancia E MediaçãOTolêRancia E MediaçãO
TolêRancia E MediaçãO
RaposoEFA
 
População europeia com narração
População europeia com narraçãoPopulação europeia com narração
População europeia com narração
Armando Sbragia
 
População europeia
População europeiaPopulação europeia
População europeia
André Aleixo
 
Movimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilMovimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasil
Fernanda Lopes
 
Migraçõesesrp
MigraçõesesrpMigraçõesesrp
Migraçõesesrp
Geografias Geo
 
Migração
MigraçãoMigração
Migração
Pedro Neves
 
Os Novos Rumos das Migrações no Mundo e no Brasil
Os Novos Rumos das Migrações no Mundo e no BrasilOs Novos Rumos das Migrações no Mundo e no Brasil
Os Novos Rumos das Migrações no Mundo e no Brasil
Léo Miranda
 
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
Geografia -  Continente Europeu: População e EconomiaGeografia -  Continente Europeu: População e Economia
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
André Luiz Marques
 
População da Europa
População da EuropaPopulação da Europa
População da Europa
Prof.Marcio LHP
 
Migrações 2
Migrações 2Migrações 2
Migrações 2
Pocarolas
 
Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6
joaquimsousaferreira
 
MigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicas
MigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicasMigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicas
MigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicas
guest39a281
 

Mais procurados (20)

Cp4 Movimentos Migratórios
Cp4 Movimentos MigratóriosCp4 Movimentos Migratórios
Cp4 Movimentos Migratórios
 
APRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕES
APRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕESAPRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕES
APRIMORAMENTO DO ENEM - OS NOVOS RUMOS DAS MIGRAÇÕES
 
Imigração portuguesa tiago
Imigração portuguesa tiagoImigração portuguesa tiago
Imigração portuguesa tiago
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
A emigração renato moreira
A emigração  renato moreiraA emigração  renato moreira
A emigração renato moreira
 
Os movimentos migratórios
Os movimentos migratóriosOs movimentos migratórios
Os movimentos migratórios
 
A população européia
A população européiaA população européia
A população européia
 
Emigração
EmigraçãoEmigração
Emigração
 
TolêRancia E MediaçãO
TolêRancia E MediaçãOTolêRancia E MediaçãO
TolêRancia E MediaçãO
 
População europeia com narração
População europeia com narraçãoPopulação europeia com narração
População europeia com narração
 
População europeia
População europeiaPopulação europeia
População europeia
 
Movimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilMovimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasil
 
Migraçõesesrp
MigraçõesesrpMigraçõesesrp
Migraçõesesrp
 
Migração
MigraçãoMigração
Migração
 
Os Novos Rumos das Migrações no Mundo e no Brasil
Os Novos Rumos das Migrações no Mundo e no BrasilOs Novos Rumos das Migrações no Mundo e no Brasil
Os Novos Rumos das Migrações no Mundo e no Brasil
 
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
Geografia -  Continente Europeu: População e EconomiaGeografia -  Continente Europeu: População e Economia
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
 
População da Europa
População da EuropaPopulação da Europa
População da Europa
 
Migrações 2
Migrações 2Migrações 2
Migrações 2
 
Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6
 
MigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicas
MigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicasMigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicas
MigraçõEs Causadas Pelas AlteraçõEs ClimáTicas
 

Destaque

Tráfico Humano e Emigração Clandestina
Tráfico Humano e Emigração ClandestinaTráfico Humano e Emigração Clandestina
Tráfico Humano e Emigração Clandestina
Tânia Domingos
 
Imigração
ImigraçãoImigração
Imigração
guestac9bfa
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Mayjö .
 
Migrações - Consequências
Migrações  - ConsequênciasMigrações  - Consequências
Migrações - Consequências
Pedro Damião
 
Tipos de migrações
Tipos de migraçõesTipos de migrações
Tipos de migrações
8ºC
 
Imigração
ImigraçãoImigração
Imigração
novageracao
 
Tipos de migrações
Tipos de migraçõesTipos de migrações
Tipos de migrações
Diabzie
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
abarros
 
Entrevista Aos Imigrantes
Entrevista Aos ImigrantesEntrevista Aos Imigrantes
Entrevista Aos Imigrantes
asgeoprofessoras
 
A imigração
A imigraçãoA imigração
A imigração
lucyamaral
 
Tráfico humano
Tráfico humanoTráfico humano
Tráfico humano
E.b 2,3 Alto do Moinho
 
Mobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e GlobaisMobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e Globais
Fernando de Sá
 
3º Teste Nov Pop
3º Teste   Nov   Pop3º Teste   Nov   Pop
3º Teste Nov Pop
Mayjö .
 
Apresentação geografia 29 11_2011
Apresentação geografia  29 11_2011Apresentação geografia  29 11_2011
Apresentação geografia 29 11_2011
formacion docente
 
MigraçõEs(Geografia)
MigraçõEs(Geografia)MigraçõEs(Geografia)
MigraçõEs(Geografia)
turma8bjoaofranco
 
Sociedad de la información
Sociedad de la informaciónSociedad de la información
Sociedad de la información
Carolina Silverio
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
celiamarques11
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
simigal.froudou
 
HRTR 46B TEACH
HRTR 46B TEACHHRTR 46B TEACH
HRTR 46B TEACH
Leuze electronic Ltda
 
Migrações novo
Migrações novoMigrações novo
Migrações novo
Marcelo Caetano
 

Destaque (20)

Tráfico Humano e Emigração Clandestina
Tráfico Humano e Emigração ClandestinaTráfico Humano e Emigração Clandestina
Tráfico Humano e Emigração Clandestina
 
Imigração
ImigraçãoImigração
Imigração
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Migrações - Consequências
Migrações  - ConsequênciasMigrações  - Consequências
Migrações - Consequências
 
Tipos de migrações
Tipos de migraçõesTipos de migrações
Tipos de migrações
 
Imigração
ImigraçãoImigração
Imigração
 
Tipos de migrações
Tipos de migraçõesTipos de migrações
Tipos de migrações
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Entrevista Aos Imigrantes
Entrevista Aos ImigrantesEntrevista Aos Imigrantes
Entrevista Aos Imigrantes
 
A imigração
A imigraçãoA imigração
A imigração
 
Tráfico humano
Tráfico humanoTráfico humano
Tráfico humano
 
Mobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e GlobaisMobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e Globais
 
3º Teste Nov Pop
3º Teste   Nov   Pop3º Teste   Nov   Pop
3º Teste Nov Pop
 
Apresentação geografia 29 11_2011
Apresentação geografia  29 11_2011Apresentação geografia  29 11_2011
Apresentação geografia 29 11_2011
 
MigraçõEs(Geografia)
MigraçõEs(Geografia)MigraçõEs(Geografia)
MigraçõEs(Geografia)
 
Sociedad de la información
Sociedad de la informaciónSociedad de la información
Sociedad de la información
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
HRTR 46B TEACH
HRTR 46B TEACHHRTR 46B TEACH
HRTR 46B TEACH
 
Migrações novo
Migrações novoMigrações novo
Migrações novo
 

Semelhante a Migrações ilegais

Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974
Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974
Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974
Laboratório de História
 
Fases da globalização
Fases da globalizaçãoFases da globalização
Fases da globalização
Vitor Alves
 
Fases da globalização
Fases da globalizaçãoFases da globalização
Fases da globalização
Vitor Alves
 
História do comércio
História do comércioHistória do comércio
História do comércio
turmavocacional
 
Geoloteria migrações
Geoloteria migraçõesGeoloteria migrações
Geoloteria migrações
Fernando M. Knapik
 
Pesquisas
PesquisasPesquisas
Pesquisas
Lucas Lug
 
Fases da globalização 2
Fases da globalização   2Fases da globalização   2
Fases da globalização 2
vanessachamma
 
Emigração
EmigraçãoEmigração
Emigração
grandegruposendim
 
Emigração
EmigraçãoEmigração
Emigração
grandegruposendim
 
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  MobilidadeModelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
claudiabrito80
 
Aulao atualidade
Aulao atualidadeAulao atualidade
Aulao atualidade
Luciano Carvalho
 
Revista - Ilha de Lampedusa
Revista - Ilha de LampedusaRevista - Ilha de Lampedusa
Revista - Ilha de Lampedusa
JooPedroGavaRibeiro
 
Brasil Colônia - ciclo do ouro.pptx
Brasil Colônia - ciclo do ouro.pptxBrasil Colônia - ciclo do ouro.pptx
Brasil Colônia - ciclo do ouro.pptx
MairaDeOliveiraPotri
 
Alterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociaisAlterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociais
maria40
 
Trabalho de História
Trabalho de HistóriaTrabalho de História
Trabalho de História
juracyferra
 
Migrações internas e emigração
Migrações internas e emigraçãoMigrações internas e emigração
Migrações internas e emigração
diariohistoria
 
Consequências direitas do tráfico de escravos
Consequências direitas do tráfico de escravosConsequências direitas do tráfico de escravos
Consequências direitas do tráfico de escravos
Filipe Simão Kembo
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
Maria Gomes
 
Desenvolvimento do Capitalismo X Escravidão
Desenvolvimento do Capitalismo X EscravidãoDesenvolvimento do Capitalismo X Escravidão
Desenvolvimento do Capitalismo X Escravidão
Jean Oliveira
 
Trabalho ..
Trabalho ..Trabalho ..
Trabalho ..
saramanuelaa
 

Semelhante a Migrações ilegais (20)

Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974
Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974
Caderno Diário Imobilismo político e crescimento político do pós guerra a 1974
 
Fases da globalização
Fases da globalizaçãoFases da globalização
Fases da globalização
 
Fases da globalização
Fases da globalizaçãoFases da globalização
Fases da globalização
 
História do comércio
História do comércioHistória do comércio
História do comércio
 
Geoloteria migrações
Geoloteria migraçõesGeoloteria migrações
Geoloteria migrações
 
Pesquisas
PesquisasPesquisas
Pesquisas
 
Fases da globalização 2
Fases da globalização   2Fases da globalização   2
Fases da globalização 2
 
Emigração
EmigraçãoEmigração
Emigração
 
Emigração
EmigraçãoEmigração
Emigração
 
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
Modelos De  Urbanismo E  MobilidadeModelos De  Urbanismo E  Mobilidade
Modelos De Urbanismo E Mobilidade
 
Aulao atualidade
Aulao atualidadeAulao atualidade
Aulao atualidade
 
Revista - Ilha de Lampedusa
Revista - Ilha de LampedusaRevista - Ilha de Lampedusa
Revista - Ilha de Lampedusa
 
Brasil Colônia - ciclo do ouro.pptx
Brasil Colônia - ciclo do ouro.pptxBrasil Colônia - ciclo do ouro.pptx
Brasil Colônia - ciclo do ouro.pptx
 
Alterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociaisAlterações nas estruturas sociais
Alterações nas estruturas sociais
 
Trabalho de História
Trabalho de HistóriaTrabalho de História
Trabalho de História
 
Migrações internas e emigração
Migrações internas e emigraçãoMigrações internas e emigração
Migrações internas e emigração
 
Consequências direitas do tráfico de escravos
Consequências direitas do tráfico de escravosConsequências direitas do tráfico de escravos
Consequências direitas do tráfico de escravos
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
 
Desenvolvimento do Capitalismo X Escravidão
Desenvolvimento do Capitalismo X EscravidãoDesenvolvimento do Capitalismo X Escravidão
Desenvolvimento do Capitalismo X Escravidão
 
Trabalho ..
Trabalho ..Trabalho ..
Trabalho ..
 

Mais de Mayjö .

8
88
6
66
3
33
Rapaz de bronze
Rapaz de bronzeRapaz de bronze
Rapaz de bronze
Mayjö .
 
Moçambique n2
Moçambique n2Moçambique n2
Moçambique n2
Mayjö .
 
Reino unido
Reino unidoReino unido
Reino unido
Mayjö .
 
México
MéxicoMéxico
México
Mayjö .
 
Melissa e livia
Melissa e liviaMelissa e livia
Melissa e livia
Mayjö .
 
Elementos do brasil
Elementos do brasilElementos do brasil
Elementos do brasil
Mayjö .
 
China
ChinaChina
China
Mayjö .
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Mayjö .
 
Austrália
AustráliaAustrália
Austrália
Mayjö .
 
Venezuela
VenezuelaVenezuela
Venezuela
Mayjö .
 
Tunisia
Tunisia Tunisia
Tunisia
Mayjö .
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Mayjö .
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Mayjö .
 
Geografia 7ªe
Geografia 7ªeGeografia 7ªe
Geografia 7ªe
Mayjö .
 
Ferias em malta
Ferias em maltaFerias em malta
Ferias em malta
Mayjö .
 
Butão
ButãoButão
Butão
Mayjö .
 
Transportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografiaTransportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografia
Mayjö .
 

Mais de Mayjö . (20)

8
88
8
 
6
66
6
 
3
33
3
 
Rapaz de bronze
Rapaz de bronzeRapaz de bronze
Rapaz de bronze
 
Moçambique n2
Moçambique n2Moçambique n2
Moçambique n2
 
Reino unido
Reino unidoReino unido
Reino unido
 
México
MéxicoMéxico
México
 
Melissa e livia
Melissa e liviaMelissa e livia
Melissa e livia
 
Elementos do brasil
Elementos do brasilElementos do brasil
Elementos do brasil
 
China
ChinaChina
China
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Austrália
AustráliaAustrália
Austrália
 
Venezuela
VenezuelaVenezuela
Venezuela
 
Tunisia
Tunisia Tunisia
Tunisia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Geografia 7ªe
Geografia 7ªeGeografia 7ªe
Geografia 7ªe
 
Ferias em malta
Ferias em maltaFerias em malta
Ferias em malta
 
Butão
ButãoButão
Butão
 
Transportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografiaTransportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografia
 

Último

escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Migrações ilegais

  • 1. A partir de 1973, inicia-se, na Europa, uma grande crise económica provocada pela subida dos preços do petróleo. Aquela teve como consequência o aumento do desemprego e o decréscimo acentuado dos fluxos migratórios internacionais. Os países de acolhimento começaram a colocar restrições à entrada de trabalhadores estrangeiros, com o objectivo de reduzir o desemprego dos seus cidadãos. Alguns países, como a França e a Alemanha, dispuseram-se, inclusivamente, a pagar indemnizações aos imigrantes que quisessem sair do país. Depois deste período de relativa acalmia dos fluxos migratórios, estes voltam a ser significativos a partir de 1990. Da África do Norte, onde a miséria é uma constante, saem grandes massas populacionais em direcção à Europa. A maioria destas migrações são ilegais (clandestinas). Também as alterações do sistema político e económico dos países da Europa Central e do Leste têm desencadeado situações de miséria, guerra e repressão. Por sua vez, aquelas provocam um intenso movimento, principalmente, de húngaros, polacos, albaneses, jugoslavos, romenos e búlgaros, em direcção à Europa Ocidental. ONDA DE ILEGAIS ATINGE O SUL DE ESPANHA O estreito de Gibraltar, a grande fronteira entre a Africa e a Europa, está a transformar-se num imenso cemitério de imigrantes ilegais. O desejo de muitos jovens marroquinos e argelinos de abandonarem a miséria em que vivem não tem limites. Atravessam as águas turbulentas do estreito de Gibraltar, amontoados em pequenos barcos. Só em 1996, a polícia espanhola prendeu mais de cinco mil clandestinos e muitos outros naufragaram e ficaram no fundo do mar. Uma das tragédias ocorreu em Outubro de 1996, quando vinte e sete jovens morreram ao virar- se o barco onde seguiam. As pequenas embarcações estão preparadas para transportar dez pessoas, mas acabam por transportar três vezes mais, o que constitui um grande perigo. A tragédia ocorre quando a polícia está à espera na praia, no lado espanhol. Os ilegais terão que regressar a Marrocos e abandonar o sonho de encontrar trabalho em Espanha. E o pior é que todo o sacrifício económico que representa pagar a viagem não lhes terá servido de nada. Atravessar o estreito em barcos pequenos custa entre 375 e 500 euros, uma quantia muito grande para uma economia como a marroquina, em que o ordenado médio não ultrapassa os 250 euros. Apesar do grande controlo da polícia espanhola, pensa-se que o número de marroquinos ilegalmente estabelecidos em Espanha atinja os 200 mil. Adaptado de Diário de Notícias ACTIVIDADES DE SÍNTESE 1- Explica a ocorrência de acentuados movimentos migratórios na Europa, após a II Guerra Mundial. 2- “Os fluxos migratórios para a Europa Ocidental intensificaram-se a partir de 1990.” 2.1- Identifica as razões responsáveis por esta nova vaga de migrações. 2.2- Refere as principais regiões de partida dos migrantes.