SlideShare uma empresa Scribd logo
Espaço de Intervenção . Áreas de exposição,
  produtos e público-alvo




. merchandising e comunicação visual
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               Podemos definir váris objectivos do merchandising, são eles:

               . melhorar a exposição dos produtos no ponto de venda.

               Mediante a disputa pelo espaço, ou destacamos o nosso produto na
               área de vendas ou simplesmente não vendemos, e para destacá-lo
               no meio de milhares de itens que o espaço comercial oferece, temos
               que o destacar com uma exposição atraente.

               O resultado desse trabalho depende fundamentalmente da nossa
               habilidade em fazer exposições e também da sua capacidade de
               improvisação;
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . obter maiores e melhores espaços.

               O espaço no ponto de venda é disputado palmo a palmo pelos
               concorrentes, portanto, é muito importante que tenhamos iniciativa
               para conquistar melhores espaços e criatividade para fazer
               exposições atraentes.
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . Aumentar o número de compras por impulso em favor do
               produto.

               A maioria dos consumidores não planeia a compra. É na própria loja
               que a maior parte deles decide o que comprar.

               O merchandising atrai o consumidor, que sempre acaba por comprar
               mais do que tinha planeado.
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . Reforçar o prestígio da marca.

               Não é possível acelerar a venda do produto no ponto de venda se ele
               não estiver:

               . fácil de encontrar,

               . fácil de ver e

               . fácil de comprar.
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . Vender mais e melhor.

               Com um bom merchandising, as vendas aumentam a curto prazo,
               pois uma boa exposição valoriza a marca e os produtos, tornando a
               compra não apenas necessária, mas também agradável;
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . Aumentar o número de clientes.

               Cada cliente tem uma determinada capacidade potencial de compra
               definida pelos usos do produto e pela sua capacidade económica.

               Aumentar permanentemente o número de clientes da marca e/ou
               produto é a forma mais fácil e segura de aumentar as vendas, além
               disso, a multidão atrai novos compradores.

               Não é necessário seleccionar o comprador, pois um merchandising
               eficiente atrai todos de forma constante.
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . Reduzir custos.

               Quanto mais decisões intermediárias de compra (marca,
               quantidade, usos, características etc.) o consumidor tiver em mente,
               mais económica será a acção do merchandising, reduzindo os
               principais custos de um ponto de venda, como os relativos a espaço
               físico, stocks necessários e mão-de-obra dos auto-serviços.
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               . Aproximar o produto certo, ao consumidor certo no lugar certo,
               na quantidade certa, ao preço certo.

               . Elemento de apoio à promoção em si e ao produto normal.

               . Auxílio na integração do produto para o consumo.

               . Utilizar as técnicas de exibição para facilitar a predisposição de
               compra por parte do consumidor.

               . Ferramenta para especificação do produto ou serviço.
. merchandising e comunicação visual




     . objectivos do merchandising .

               É importante observar que o merchandising cria todo o clima
               favorável à decisão de compra, e contribui para o escoamento do
               produto no ponto de venda, pois é sua função auxiliar sempre o
               produto.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               A comunicação visual é muito importante dentro do ponto de venda,
               pois durante uma compra, a visão é o primeiro sentido humano
               responsável pelo processo de escolha, pois é o primeiro estímulo que
               faz o cérebro reagir na direcção do produto.

               Segundo alguns estudos, ao medir a percepção dos cinco sentidos
               humanos perante um produto verificamos que reagimos:
               . 1,0% pelo paladar;
               . 1,5% pelo tacto;
               . 3,5% pelo olfacto;
               . 11,0% pela audição e
               . 83,0% pela visão.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               Durante o processo de compra, o tempo de decisão em frente à
               gôndola / prateleira não passa em média de 5 segundos, tendo em
               consideração que são ‘segundos em movimento’, devido ao percurso
               do carrinho.

               Entre a paragem do carrinho no local em que o consumidor acha que
               deve estar a categoria, a procura com os olhos pelas prateleiras, pelo
               produto, pela marca e pelo preço apropriado, o consumidor não
               levará mais que 15 segundos.

               Se, nesse período de tempo, outras embalagens, etiquetas de preço
               ou material promocional desviarem a sua atenção, despenderá mais
               alguns segundos para fazer comparações.

               E aí escolherá o produto definitivo.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               Principais materiais e acções promocionais utilizados nos pontos de
               venda:

               . Abordagem: forma realizada por um(a) demonstrador(a) para
               impulsionar a compra de um produto. Frequentemente, a abordagem
               é acompanhada por folhetos, amostras ou brindes promocionais.

               . Adesivos de chão: material autocolante que contem mensagens
               promocionais que são colados dentro da loja ou na entrada, cujo
               objectivo é criar uma marcação que leve o consumidor a um ponto
               desejado.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               . Banners: sinalizadores que podem assumir diversos tamanhos,
               podem ser em papel, plástico ou tecidos e esticados sobre paineis de
               madeira ou acrílico. É um meio de comunicação que contém
               informações sobre o produto e a sua função. São muito importantes,
               pois actuam directamente no ponto de venda, despertando nos
               consumidores o desejo de compra.

               . Balcão de degustação: stand cujo objectivo é divulgar, de forma
               personalizada, um produto apresentado por um promotor ou um
               demonstrador. O seu ponto forte é a flexibilidade, podendo ser
               colocado em qualquer lugar e sendo fácil de carregar e montar /
               desmontar.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               . Cartazes: material de papel utilizado em gôndolas / prateleiras,
               pontos extras e locais de fácil visualização na loja;

               . Clip strip: tira plástica cujo objectivo é aumentar a visibilidade dos
               produtos em diferentes pontos da loja mediante exposições cruzadas
               com categorias afins.

               . Display: um dos materiais que mais chamam a atenção no ponto
               de venda, normalmente é utilizado para promover, apresentar, expôr,
               demonstrar e ajudar a vender o produto ou serviço, podendo ser
               colocado directamente no chão, na montra, no balcão ou na
               prateleira. Pode ser de madeira, cartão ou acrílico.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               . Faixa de gôndola / prateleira: demarca espaços de produtos e
               categorias e atrai os consumidores para o produto, decorando o
               ponto de venda. A faixa de gôndola contém mensagens e/ou imagens.

               . Gargaleira: peça promocional fixada ao gargalo de embalagens no
               formato ‘garrafa’, contendo informações sobre o produto ou a
               promoção.

               . Insuflável: – peça de material plástico flexível que deve ser usada
               cheia de ar e ter impressas ou pintadas mensagens e/ou imagens.
               Pode ter o formato do produto.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               . Móbile: material aéreo, sustentado por fios, para fixação no tecto
               do ponto de venda. É mais usado em lojas de conveniência ou
               especializadas, em pequenos mercados e farmácias.

               . Stopper: peça publicitária que se sobressai perpendicularmente à
               prateleira ou gôndola e podem ser de cartão ou acrílico.

               . Folheto take-one: folheto que ontém informações sobre o produto
               ou a promoção.

               . Ilhas de exposição: áreas temáticas, personalizadas com a
               imagem institucional do fornecedor, expõem os produtos e
               informações com muito impacto para os consumidores. Precisam de
               muito espaço, restringindo a sua aplicação a lojas de médio e grande
               porte.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               . Bandeirolas: muito utilizadas em concessionárias de automóveis e
               em lojas de uma só marca, são práticas, não ocupam muito espaço
               por estarem fixadas no tecto. Noutros mercados e lojas multimarcas,
               por vezes não são bem aceites por terem um forte impacto visual
               acabando por ofuscar as outras marcas. É uma boa opção para lojas
               com uma forte parceria com sua marca.

               Entre muitos outros.
. merchandising e comunicação visual




     . comunicação visual .

               Os materiais utilizados no ponto de venda podem ser definidos como
               todos os materiais que suportam o trabalho de conseguir uma
               excelente posição para uma marca ou produto na área de venda, em
               detrimento da concorrência.

               Segundo alguns estudos quando um produto é colocado em
               promoção o índice de lembrança chega a 50%.

               Entregas de amostras e exposições em destaque do produto chegam
               a aumentar as vendas em 48%.

               Os equipamentos complementares da área de venda, tais como uma
               boa iluminação, vitrinismo, displays fixos estratégicos em segmentos,
               som ambiente, limpeza, fragrâncias etc. são de extrema importância
               para a criação de um ambiente diferente.
. merchandising e comunicação visual




     . vantagens dos materiais ponto de venda .

               . Baixo custo: terá baixo custo um material feito para muitas lojas
               com vida útil de um ano, onde custa em média 30 vezes menos do
               que um anúncio televisivo de 30 segundos.

               . Hora certa: os materiais ponto de venda focam o consumidor e a
               comercialização da mercadoria no momento crucial: a hora da
               compra. Ao fazer com que vá das prateleiras para as mãos do
               consumidor, o investimento feito nos materiais fica justificado
               rapidamente.

               . Marketing flexível: os materiais ponto de venda podem ser
               facilmente elaborados e desenvolvidos de acordo com as
               necessidades dos mercados locais, redes ou tipos de comércio
               específico. Permitem ainda visar determinados segmentos de
               consumidores.
. merchandising e comunicação visual




     . vantagens dos materiais ponto de venda .

               Existem quatro fases onde os materiais ponto de venda auxiliam na
               decisão de compra do consumidor:

               . Atenção: todas as técnicas de merchandising aplicadas numa
               marca são para destacá-la frente à concorrência; portanto deve
               chamar a atenção e é nesse ponto que ganhará espaço na mente do
               consumidor;

               . Interesse: uma vez ultrapassado o 1º passo, a consequência da
               atenção é a manifestação do interesse, por parte do consumidor.
               Este vai interessar-se em saber mais detalhes sobre o produto:
               benefícios, preço, embalagem, características, etc. Ao chamarmos à
               atenção, provocaremos o interesse de conhecimento.
. merchandising e comunicação visual




     . vantagens dos materiais ponto de venda .

               . Decisão: o consumidor, que já se interessou pela marca, toma a
               decisão de ir de encontro do produto e neste momento existe uma
               ligação ténue entre o consumidor e o produto.

               . Adopção: quando o consumidor adoptou e comprou o produto com
               decisão de o consumir, tornar-se um consumidor fiel, uma vez
               satisfeitas todas as promessas realizadas pela marca.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trade marketing e merchandising
Trade marketing e merchandisingTrade marketing e merchandising
Trade marketing e merchandising
Reinaldo Cirilo
 
Promoção de Vendas
Promoção de Vendas Promoção de Vendas
Promoção de Vendas
Pietri Erivaldo
 
Operação em supermercados
Operação em supermercadosOperação em supermercados
Operação em supermercados
Bruno Crescente
 
merchandising.pdf
merchandising.pdfmerchandising.pdf
merchandising.pdf
André Bomfim
 
P de Produto
P de ProdutoP de Produto
Curso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuito
Curso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuitoCurso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuito
Curso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuito
José Ricardo Costa de Oliveira
 
07 merchandising
07   merchandising07   merchandising
07 merchandising
Thiago Ianatoni
 
Plataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPM
Plataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPMPlataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPM
Plataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPM
Thiago Sarraf - Especialista em E-commerce
 
Canais de distribuição marketing
Canais de distribuição marketingCanais de distribuição marketing
Canais de distribuição marketing
Rogerio Campos
 
Ambientes de Marketing - Macro e Micro
Ambientes de Marketing - Macro e MicroAmbientes de Marketing - Macro e Micro
Ambientes de Marketing - Macro e Micro
Diego Andreasi
 
Mix de Marketing
Mix de MarketingMix de Marketing
Mix de Marketing
Nicholas Gimenes
 
Decisão de Compra
Decisão de CompraDecisão de Compra
Decisão de Compra
Milton Henrique do Couto Neto
 
Gestão de Armazéns
Gestão de ArmazénsGestão de Armazéns
Gestão de Armazéns
CLT Valuebased Services
 
129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company
129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company
129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company
edgarrremedios
 
Gestão de conflitos gerenciamento de conflitos -gestão de pessoas
Gestão de conflitos gerenciamento de conflitos  -gestão de pessoasGestão de conflitos gerenciamento de conflitos  -gestão de pessoas
Gestão de conflitos gerenciamento de conflitos -gestão de pessoas
Antonio Bezerra ON
 
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADEETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
Posicionamento Web
 
Excelência em vendas
Excelência em vendas Excelência em vendas
Excelência em vendas
Anselmo Lino Bispo
 
Marketing de varejo
Marketing de varejoMarketing de varejo
Marketing de varejo
Júnior Medeiros
 
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em PráticaPlanejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Norberto Almeida De Andrade
 
Guia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurbo
Guia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurboGuia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurbo
Guia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurbo
CopyTurbo
 

Mais procurados (20)

Trade marketing e merchandising
Trade marketing e merchandisingTrade marketing e merchandising
Trade marketing e merchandising
 
Promoção de Vendas
Promoção de Vendas Promoção de Vendas
Promoção de Vendas
 
Operação em supermercados
Operação em supermercadosOperação em supermercados
Operação em supermercados
 
merchandising.pdf
merchandising.pdfmerchandising.pdf
merchandising.pdf
 
P de Produto
P de ProdutoP de Produto
P de Produto
 
Curso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuito
Curso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuitoCurso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuito
Curso prático de repositor, promotor e demonstradora gratuito
 
07 merchandising
07   merchandising07   merchandising
07 merchandising
 
Plataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPM
Plataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPMPlataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPM
Plataformas de E-commerce - Como escolher a ideal - Aula Curso ESPM
 
Canais de distribuição marketing
Canais de distribuição marketingCanais de distribuição marketing
Canais de distribuição marketing
 
Ambientes de Marketing - Macro e Micro
Ambientes de Marketing - Macro e MicroAmbientes de Marketing - Macro e Micro
Ambientes de Marketing - Macro e Micro
 
Mix de Marketing
Mix de MarketingMix de Marketing
Mix de Marketing
 
Decisão de Compra
Decisão de CompraDecisão de Compra
Decisão de Compra
 
Gestão de Armazéns
Gestão de ArmazénsGestão de Armazéns
Gestão de Armazéns
 
129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company
129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company
129571064 marketing-o-caso-da-the-coca-cola-company
 
Gestão de conflitos gerenciamento de conflitos -gestão de pessoas
Gestão de conflitos gerenciamento de conflitos  -gestão de pessoasGestão de conflitos gerenciamento de conflitos  -gestão de pessoas
Gestão de conflitos gerenciamento de conflitos -gestão de pessoas
 
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADEETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
 
Excelência em vendas
Excelência em vendas Excelência em vendas
Excelência em vendas
 
Marketing de varejo
Marketing de varejoMarketing de varejo
Marketing de varejo
 
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em PráticaPlanejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
 
Guia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurbo
Guia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurboGuia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurbo
Guia Definitivo dos Gatilhos Mentais | CopyTurbo
 

Destaque

Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
GPA
 
Modamercado2
Modamercado2Modamercado2
Modamercado2
Izabel Meister
 
Trabalho de Conclusão I - Curso Design de Moda
Trabalho de Conclusão I - Curso Design de ModaTrabalho de Conclusão I - Curso Design de Moda
Trabalho de Conclusão I - Curso Design de Moda
Carolina Afiune
 
Moda de Vitrine: como atrair seu consumidor
Moda de Vitrine: como atrair seu consumidorModa de Vitrine: como atrair seu consumidor
Moda de Vitrine: como atrair seu consumidor
Cake Trends Inteligência em Tendências
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
alfredo ribeiro
 
Visual merchandising powerpoint EDUC
Visual merchandising powerpoint EDUCVisual merchandising powerpoint EDUC
Visual merchandising powerpoint EDUC
katsmith1988
 
Planejamento e Implementação do Trade Marketing
Planejamento e Implementação do Trade MarketingPlanejamento e Implementação do Trade Marketing
Planejamento e Implementação do Trade Marketing
Elliah Pernas
 
Planejamento - Itambé Copa 2010
Planejamento - Itambé Copa 2010Planejamento - Itambé Copa 2010
Planejamento - Itambé Copa 2010
Carlos Bittencourt
 
Visual merchandising & Storytelling no PDV
Visual merchandising & Storytelling no PDVVisual merchandising & Storytelling no PDV
Visual merchandising & Storytelling no PDV
Marcia Auriani
 
PDV como ferramenta estratégica.
PDV como ferramenta estratégica.PDV como ferramenta estratégica.
PDV como ferramenta estratégica.
patich
 
Apresentacao cpc
Apresentacao cpcApresentacao cpc
Apresentacao cpc
Pedro Almeida
 
Planejamento de Pormoção de vendas e Merchandising
Planejamento de Pormoção de vendas e MerchandisingPlanejamento de Pormoção de vendas e Merchandising
Planejamento de Pormoção de vendas e Merchandising
Vanderlea Bigossi
 
Trade Marketing
Trade MarketingTrade Marketing
Trade Marketing
Emanuel Santana
 
Integrada PDV
Integrada PDVIntegrada PDV
Integrada PDV
Marcos Rosa
 
Planejamento - Linha Aveia Davene
Planejamento - Linha Aveia DavenePlanejamento - Linha Aveia Davene
Planejamento - Linha Aveia Davene
Evelyn Oliveira
 
Tipos de Promoção de Vendas
Tipos de Promoção de VendasTipos de Promoção de Vendas
Tipos de Promoção de Vendas
Edson Gonçalves
 
Fazendo a Diferença no Ponto de Venda
Fazendo a Diferença no Ponto de VendaFazendo a Diferença no Ponto de Venda
Fazendo a Diferença no Ponto de Venda
Reinaldo Cirilo
 
C onstruindo marketing pessoal
C onstruindo marketing pessoalC onstruindo marketing pessoal
C onstruindo marketing pessoal
Charlanne Kelly Piovezan
 
Trabalho de merchadising
Trabalho de merchadising  Trabalho de merchadising
Trabalho de merchadising
sandrabacky
 
Merchandising no PDV - Estudo de Caso: Carrefour
Merchandising no PDV - Estudo de Caso: CarrefourMerchandising no PDV - Estudo de Caso: Carrefour
Merchandising no PDV - Estudo de Caso: Carrefour
Reydson Medeiros
 

Destaque (20)

Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
 
Modamercado2
Modamercado2Modamercado2
Modamercado2
 
Trabalho de Conclusão I - Curso Design de Moda
Trabalho de Conclusão I - Curso Design de ModaTrabalho de Conclusão I - Curso Design de Moda
Trabalho de Conclusão I - Curso Design de Moda
 
Moda de Vitrine: como atrair seu consumidor
Moda de Vitrine: como atrair seu consumidorModa de Vitrine: como atrair seu consumidor
Moda de Vitrine: como atrair seu consumidor
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
 
Visual merchandising powerpoint EDUC
Visual merchandising powerpoint EDUCVisual merchandising powerpoint EDUC
Visual merchandising powerpoint EDUC
 
Planejamento e Implementação do Trade Marketing
Planejamento e Implementação do Trade MarketingPlanejamento e Implementação do Trade Marketing
Planejamento e Implementação do Trade Marketing
 
Planejamento - Itambé Copa 2010
Planejamento - Itambé Copa 2010Planejamento - Itambé Copa 2010
Planejamento - Itambé Copa 2010
 
Visual merchandising & Storytelling no PDV
Visual merchandising & Storytelling no PDVVisual merchandising & Storytelling no PDV
Visual merchandising & Storytelling no PDV
 
PDV como ferramenta estratégica.
PDV como ferramenta estratégica.PDV como ferramenta estratégica.
PDV como ferramenta estratégica.
 
Apresentacao cpc
Apresentacao cpcApresentacao cpc
Apresentacao cpc
 
Planejamento de Pormoção de vendas e Merchandising
Planejamento de Pormoção de vendas e MerchandisingPlanejamento de Pormoção de vendas e Merchandising
Planejamento de Pormoção de vendas e Merchandising
 
Trade Marketing
Trade MarketingTrade Marketing
Trade Marketing
 
Integrada PDV
Integrada PDVIntegrada PDV
Integrada PDV
 
Planejamento - Linha Aveia Davene
Planejamento - Linha Aveia DavenePlanejamento - Linha Aveia Davene
Planejamento - Linha Aveia Davene
 
Tipos de Promoção de Vendas
Tipos de Promoção de VendasTipos de Promoção de Vendas
Tipos de Promoção de Vendas
 
Fazendo a Diferença no Ponto de Venda
Fazendo a Diferença no Ponto de VendaFazendo a Diferença no Ponto de Venda
Fazendo a Diferença no Ponto de Venda
 
C onstruindo marketing pessoal
C onstruindo marketing pessoalC onstruindo marketing pessoal
C onstruindo marketing pessoal
 
Trabalho de merchadising
Trabalho de merchadising  Trabalho de merchadising
Trabalho de merchadising
 
Merchandising no PDV - Estudo de Caso: Carrefour
Merchandising no PDV - Estudo de Caso: CarrefourMerchandising no PDV - Estudo de Caso: Carrefour
Merchandising no PDV - Estudo de Caso: Carrefour
 

Semelhante a Merchandising e comunicação visual

PromoçãO De Vendas Di Simoni
PromoçãO De Vendas   Di SimoniPromoçãO De Vendas   Di Simoni
PromoçãO De Vendas Di Simoni
Dawison Calheiros
 
Aula de merchan e promo vi
Aula de merchan e promo viAula de merchan e promo vi
Aula de merchan e promo vi
sebastiaomascarenhas
 
Comunicação no ponto de venda
Comunicação no ponto de vendaComunicação no ponto de venda
Comunicação no ponto de venda
Marcioveras
 
Promoção de vendas e marchandising
Promoção de vendas e marchandisingPromoção de vendas e marchandising
Promoção de vendas e marchandising
Professor Sérgio Duarte
 
MARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAI
MARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAIMARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAI
MARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAI
CURSO DE PP NA ZUMBI DOS PALMARES
 
Merchandising - Jorge e Herondina
Merchandising - Jorge e HerondinaMerchandising - Jorge e Herondina
Merchandising - Jorge e Herondina
Jorge Soares
 
Ficha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na loja
Ficha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na lojaFicha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na loja
Ficha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na loja
Leonor Alves
 
O Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de Venda
O Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de VendaO Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de Venda
O Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de Venda
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Mix de marketing - Prof. Alexandre Siqueira
Mix de marketing - Prof. Alexandre SiqueiraMix de marketing - Prof. Alexandre Siqueira
Mix de marketing - Prof. Alexandre Siqueira
Alexandre Siqueira
 
Cap. 5 merchandising visual
Cap. 5   merchandising visualCap. 5   merchandising visual
Cap. 5 merchandising visual
Vera Carlos
 
Logisticaempresarial 06
Logisticaempresarial 06Logisticaempresarial 06
Logisticaempresarial 06
Thiago Ianatoni
 
Mix de marketing
Mix de marketingMix de marketing
Mix de marketing
Mariany Moura
 
Meios de Comunicaçao
Meios de ComunicaçaoMeios de Comunicaçao
Meios de Comunicaçao
Simone Chiaretto
 
INICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETINGINICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETING
PauloRoberto895836
 
Aula 2 Ações de Merchandising PDV.pptx
Aula 2 Ações de Merchandising PDV.pptxAula 2 Ações de Merchandising PDV.pptx
Aula 2 Ações de Merchandising PDV.pptx
AnaLima991342
 
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e ComunicaçãoMarketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Ueliton da Costa Leonidio
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
Beatriz123Letras
 
Sandra Godoi - BM05- 9ª semana
Sandra Godoi - BM05- 9ª semanaSandra Godoi - BM05- 9ª semana
Sandra Godoi - BM05- 9ª semana
Complexo Educacional FMU
 
promotor de vendas
promotor de vendaspromotor de vendas
promotor de vendas
Gisela Estácio
 
Aula3
Aula3Aula3

Semelhante a Merchandising e comunicação visual (20)

PromoçãO De Vendas Di Simoni
PromoçãO De Vendas   Di SimoniPromoçãO De Vendas   Di Simoni
PromoçãO De Vendas Di Simoni
 
Aula de merchan e promo vi
Aula de merchan e promo viAula de merchan e promo vi
Aula de merchan e promo vi
 
Comunicação no ponto de venda
Comunicação no ponto de vendaComunicação no ponto de venda
Comunicação no ponto de venda
 
Promoção de vendas e marchandising
Promoção de vendas e marchandisingPromoção de vendas e marchandising
Promoção de vendas e marchandising
 
MARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAI
MARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAIMARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAI
MARKETING PROMOCIONAL - YOKI - AGÊNCIA KHAMAI
 
Merchandising - Jorge e Herondina
Merchandising - Jorge e HerondinaMerchandising - Jorge e Herondina
Merchandising - Jorge e Herondina
 
Ficha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na loja
Ficha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na lojaFicha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na loja
Ficha de trabalho nº 4 comercio exposiçãoddos produtos na loja
 
O Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de Venda
O Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de VendaO Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de Venda
O Merchandising e as Vitrines Como Estratégias de Venda
 
Mix de marketing - Prof. Alexandre Siqueira
Mix de marketing - Prof. Alexandre SiqueiraMix de marketing - Prof. Alexandre Siqueira
Mix de marketing - Prof. Alexandre Siqueira
 
Cap. 5 merchandising visual
Cap. 5   merchandising visualCap. 5   merchandising visual
Cap. 5 merchandising visual
 
Logisticaempresarial 06
Logisticaempresarial 06Logisticaempresarial 06
Logisticaempresarial 06
 
Mix de marketing
Mix de marketingMix de marketing
Mix de marketing
 
Meios de Comunicaçao
Meios de ComunicaçaoMeios de Comunicaçao
Meios de Comunicaçao
 
INICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETINGINICIAÇÃO AO MARKETING
INICIAÇÃO AO MARKETING
 
Aula 2 Ações de Merchandising PDV.pptx
Aula 2 Ações de Merchandising PDV.pptxAula 2 Ações de Merchandising PDV.pptx
Aula 2 Ações de Merchandising PDV.pptx
 
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e ComunicaçãoMarketing de Varejo -  Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
Marketing de Varejo - Aula 7 - Mix de Marketing e Comunicação
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
 
Sandra Godoi - BM05- 9ª semana
Sandra Godoi - BM05- 9ª semanaSandra Godoi - BM05- 9ª semana
Sandra Godoi - BM05- 9ª semana
 
promotor de vendas
promotor de vendaspromotor de vendas
promotor de vendas
 
Aula3
Aula3Aula3
Aula3
 

Último

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 

Merchandising e comunicação visual

  • 1. Espaço de Intervenção . Áreas de exposição, produtos e público-alvo . merchandising e comunicação visual
  • 2. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . Podemos definir váris objectivos do merchandising, são eles: . melhorar a exposição dos produtos no ponto de venda. Mediante a disputa pelo espaço, ou destacamos o nosso produto na área de vendas ou simplesmente não vendemos, e para destacá-lo no meio de milhares de itens que o espaço comercial oferece, temos que o destacar com uma exposição atraente. O resultado desse trabalho depende fundamentalmente da nossa habilidade em fazer exposições e também da sua capacidade de improvisação;
  • 3. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . obter maiores e melhores espaços. O espaço no ponto de venda é disputado palmo a palmo pelos concorrentes, portanto, é muito importante que tenhamos iniciativa para conquistar melhores espaços e criatividade para fazer exposições atraentes.
  • 4. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . Aumentar o número de compras por impulso em favor do produto. A maioria dos consumidores não planeia a compra. É na própria loja que a maior parte deles decide o que comprar. O merchandising atrai o consumidor, que sempre acaba por comprar mais do que tinha planeado.
  • 5. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . Reforçar o prestígio da marca. Não é possível acelerar a venda do produto no ponto de venda se ele não estiver: . fácil de encontrar, . fácil de ver e . fácil de comprar.
  • 6. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . Vender mais e melhor. Com um bom merchandising, as vendas aumentam a curto prazo, pois uma boa exposição valoriza a marca e os produtos, tornando a compra não apenas necessária, mas também agradável;
  • 7. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . Aumentar o número de clientes. Cada cliente tem uma determinada capacidade potencial de compra definida pelos usos do produto e pela sua capacidade económica. Aumentar permanentemente o número de clientes da marca e/ou produto é a forma mais fácil e segura de aumentar as vendas, além disso, a multidão atrai novos compradores. Não é necessário seleccionar o comprador, pois um merchandising eficiente atrai todos de forma constante.
  • 8. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . Reduzir custos. Quanto mais decisões intermediárias de compra (marca, quantidade, usos, características etc.) o consumidor tiver em mente, mais económica será a acção do merchandising, reduzindo os principais custos de um ponto de venda, como os relativos a espaço físico, stocks necessários e mão-de-obra dos auto-serviços.
  • 9. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . . Aproximar o produto certo, ao consumidor certo no lugar certo, na quantidade certa, ao preço certo. . Elemento de apoio à promoção em si e ao produto normal. . Auxílio na integração do produto para o consumo. . Utilizar as técnicas de exibição para facilitar a predisposição de compra por parte do consumidor. . Ferramenta para especificação do produto ou serviço.
  • 10. . merchandising e comunicação visual . objectivos do merchandising . É importante observar que o merchandising cria todo o clima favorável à decisão de compra, e contribui para o escoamento do produto no ponto de venda, pois é sua função auxiliar sempre o produto.
  • 11. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . A comunicação visual é muito importante dentro do ponto de venda, pois durante uma compra, a visão é o primeiro sentido humano responsável pelo processo de escolha, pois é o primeiro estímulo que faz o cérebro reagir na direcção do produto. Segundo alguns estudos, ao medir a percepção dos cinco sentidos humanos perante um produto verificamos que reagimos: . 1,0% pelo paladar; . 1,5% pelo tacto; . 3,5% pelo olfacto; . 11,0% pela audição e . 83,0% pela visão.
  • 12. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . Durante o processo de compra, o tempo de decisão em frente à gôndola / prateleira não passa em média de 5 segundos, tendo em consideração que são ‘segundos em movimento’, devido ao percurso do carrinho. Entre a paragem do carrinho no local em que o consumidor acha que deve estar a categoria, a procura com os olhos pelas prateleiras, pelo produto, pela marca e pelo preço apropriado, o consumidor não levará mais que 15 segundos. Se, nesse período de tempo, outras embalagens, etiquetas de preço ou material promocional desviarem a sua atenção, despenderá mais alguns segundos para fazer comparações. E aí escolherá o produto definitivo.
  • 13. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . Principais materiais e acções promocionais utilizados nos pontos de venda: . Abordagem: forma realizada por um(a) demonstrador(a) para impulsionar a compra de um produto. Frequentemente, a abordagem é acompanhada por folhetos, amostras ou brindes promocionais. . Adesivos de chão: material autocolante que contem mensagens promocionais que são colados dentro da loja ou na entrada, cujo objectivo é criar uma marcação que leve o consumidor a um ponto desejado.
  • 14. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . . Banners: sinalizadores que podem assumir diversos tamanhos, podem ser em papel, plástico ou tecidos e esticados sobre paineis de madeira ou acrílico. É um meio de comunicação que contém informações sobre o produto e a sua função. São muito importantes, pois actuam directamente no ponto de venda, despertando nos consumidores o desejo de compra. . Balcão de degustação: stand cujo objectivo é divulgar, de forma personalizada, um produto apresentado por um promotor ou um demonstrador. O seu ponto forte é a flexibilidade, podendo ser colocado em qualquer lugar e sendo fácil de carregar e montar / desmontar.
  • 15. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . . Cartazes: material de papel utilizado em gôndolas / prateleiras, pontos extras e locais de fácil visualização na loja; . Clip strip: tira plástica cujo objectivo é aumentar a visibilidade dos produtos em diferentes pontos da loja mediante exposições cruzadas com categorias afins. . Display: um dos materiais que mais chamam a atenção no ponto de venda, normalmente é utilizado para promover, apresentar, expôr, demonstrar e ajudar a vender o produto ou serviço, podendo ser colocado directamente no chão, na montra, no balcão ou na prateleira. Pode ser de madeira, cartão ou acrílico.
  • 16. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . . Faixa de gôndola / prateleira: demarca espaços de produtos e categorias e atrai os consumidores para o produto, decorando o ponto de venda. A faixa de gôndola contém mensagens e/ou imagens. . Gargaleira: peça promocional fixada ao gargalo de embalagens no formato ‘garrafa’, contendo informações sobre o produto ou a promoção. . Insuflável: – peça de material plástico flexível que deve ser usada cheia de ar e ter impressas ou pintadas mensagens e/ou imagens. Pode ter o formato do produto.
  • 17. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . . Móbile: material aéreo, sustentado por fios, para fixação no tecto do ponto de venda. É mais usado em lojas de conveniência ou especializadas, em pequenos mercados e farmácias. . Stopper: peça publicitária que se sobressai perpendicularmente à prateleira ou gôndola e podem ser de cartão ou acrílico. . Folheto take-one: folheto que ontém informações sobre o produto ou a promoção. . Ilhas de exposição: áreas temáticas, personalizadas com a imagem institucional do fornecedor, expõem os produtos e informações com muito impacto para os consumidores. Precisam de muito espaço, restringindo a sua aplicação a lojas de médio e grande porte.
  • 18. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . . Bandeirolas: muito utilizadas em concessionárias de automóveis e em lojas de uma só marca, são práticas, não ocupam muito espaço por estarem fixadas no tecto. Noutros mercados e lojas multimarcas, por vezes não são bem aceites por terem um forte impacto visual acabando por ofuscar as outras marcas. É uma boa opção para lojas com uma forte parceria com sua marca. Entre muitos outros.
  • 19. . merchandising e comunicação visual . comunicação visual . Os materiais utilizados no ponto de venda podem ser definidos como todos os materiais que suportam o trabalho de conseguir uma excelente posição para uma marca ou produto na área de venda, em detrimento da concorrência. Segundo alguns estudos quando um produto é colocado em promoção o índice de lembrança chega a 50%. Entregas de amostras e exposições em destaque do produto chegam a aumentar as vendas em 48%. Os equipamentos complementares da área de venda, tais como uma boa iluminação, vitrinismo, displays fixos estratégicos em segmentos, som ambiente, limpeza, fragrâncias etc. são de extrema importância para a criação de um ambiente diferente.
  • 20. . merchandising e comunicação visual . vantagens dos materiais ponto de venda . . Baixo custo: terá baixo custo um material feito para muitas lojas com vida útil de um ano, onde custa em média 30 vezes menos do que um anúncio televisivo de 30 segundos. . Hora certa: os materiais ponto de venda focam o consumidor e a comercialização da mercadoria no momento crucial: a hora da compra. Ao fazer com que vá das prateleiras para as mãos do consumidor, o investimento feito nos materiais fica justificado rapidamente. . Marketing flexível: os materiais ponto de venda podem ser facilmente elaborados e desenvolvidos de acordo com as necessidades dos mercados locais, redes ou tipos de comércio específico. Permitem ainda visar determinados segmentos de consumidores.
  • 21. . merchandising e comunicação visual . vantagens dos materiais ponto de venda . Existem quatro fases onde os materiais ponto de venda auxiliam na decisão de compra do consumidor: . Atenção: todas as técnicas de merchandising aplicadas numa marca são para destacá-la frente à concorrência; portanto deve chamar a atenção e é nesse ponto que ganhará espaço na mente do consumidor; . Interesse: uma vez ultrapassado o 1º passo, a consequência da atenção é a manifestação do interesse, por parte do consumidor. Este vai interessar-se em saber mais detalhes sobre o produto: benefícios, preço, embalagem, características, etc. Ao chamarmos à atenção, provocaremos o interesse de conhecimento.
  • 22. . merchandising e comunicação visual . vantagens dos materiais ponto de venda . . Decisão: o consumidor, que já se interessou pela marca, toma a decisão de ir de encontro do produto e neste momento existe uma ligação ténue entre o consumidor e o produto. . Adopção: quando o consumidor adoptou e comprou o produto com decisão de o consumir, tornar-se um consumidor fiel, uma vez satisfeitas todas as promessas realizadas pela marca.