SlideShare uma empresa Scribd logo
As minhas memórias da Escola
   Preparatória Júlio Dinis
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
Dia que foi dia ou a entrada para a
           escola preparatória
  Era um dia de Novembro chuvoso … entrei no
corredor, já grupos de raparigas conversavam e riam
alto.
  Como a maior parte de todas, eu era a primeira vez
que ia à escola preparatória por isso não conhecia
ninguém. Então, encostei-me a um canto, vendo as
outras divertindo-se. Entretanto, soou a sineta,
anunciando a todas nós que a hora de entrada nas salas
de aula respectivas era chegada.
  Entrei e sentei-me na primeira carteira de vago que
encontrei. Momentos depois, a chegou a professora de
português, deu-nos as boas vindas e conversou
Quando tocou para a saída já todas nós nos conhecíamos
através dos diálogos travados entre professora e alunas, por
isso brincámos todas juntas, mas mesmo todas, sem excepção.
Reparei, então, que conhecia embora de vista uma das minhas
colegas de turma, morava no Calvário e até foi com a que mais
simpatizei. Viria mais tarde a ser a minha companheira
inseparável. A esse respeito recordo aqui uma frase de uma
outra colega de turma, a Maria Antónia, que quando nos via
juntas exclamava:
     - Olhem as inseparáveis, vocês andam sempre juntas.
     Quando chegou a hora da despedida, todas pronunciámos
um “Até amanhã” risonho.
     Já não éramos aquelas raparigas tímidas que falavam com
receio, mas sim verdadeiras camaradas, prontas a ajudarem-se
umas às outras nos transes mais difíceis.
     E aquele dia chuvoso tornou-se num lindo dia cheio de sol.
                                                Fátima (11 anos)
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
Reportagem da visita de estudo ao Museu
             Soares dos Reis
           Dia 25 de Fevereiro
 Hoje nem parece um dia de Fevereiro, o sol que ainda
ontem estava escondido resolveu aparecer para nos
saudar e nos seguir ao longo da nossa visita.
 Acompanhavam-nos a Srª Drª Rosélia (professora de
Francês) e a Srª Drª Amélia (professora de Moral).
 Depois de percorrermos diversas salas onde pudemos
admirar verdadeiras obras de artes plásticas, entrámos
na sala onde estava a “Flor Agreste” e o esboço do
“Conde Ferreira” de Soares dos Reis. Os nossos olhos
ao verem a primeira, ficaram extasiados de tanta
beleza e perfeição. A seguir, fomos à sala onde está o
“Desterrado”, “Senhora Inglesa” e “História”.
O Desterrado, sentado numa rocha, nu, saudoso da
Pátria distante, triste… Esta escultura parece que nos
contagiou e sentimo-nos, também, tristes. Fomos
andando sempre até que chegámos à sala das damas
de companhia de D. Amélia e à sala de audiências
desta. Então, aí, pudemos reconhecer móveis usados
naqueles tempos e mais coisas todas dignas da nossa
admiração.
  Quando chegou a hora de nos virmos embora,
ficamos desgostosas de nos termos de separar daquele
magnífico museu, mas a ordem estava dada e não
tivemos senão que obedecer.
  Atravessámos as ruas movimentadas do Porto,
sempre cantando, até que as casas, as ruas e por fim a
nossa escola nos avisou que estávamos em Gondomar.
                                        Fátima (12 anos)
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
Reportagem sobre o passeio escolar do
         ano lectivo 69/70
   Eram 8h e 30m, todas nós íamos apetrechadas com
lanches saborosos.
      Entrámos para a camioneta e dentro de cinco
minutos começámos a gritar:
  - Está na hora! Está na Hora!
  - Já passa da hora!...
  Enfim, lá partimos, foi-nos distribuído o itinerário o
que nem pudemos acabar de ler, pois começámos a
cantar. Não minto se disser que algumas meninas nem
sequer puseram os olhos naquele papelinho com letras
tal era a nossa alegria! Por isso ele foi guardado como
preciosa relíquia.
A cantar chegámos a S. João da Madeira.
   Dentro de poucos minutos pusemo-nos a caminho da
próxima paragem que seria em Oliveira de Azeméis no parque
de La Salete. Avistámos neste parque uma paisagem
maravilhosa que ficámos esquecidas a admirá-la. Passeamos
por lá e …. Voltámos à camioneta, desta vez, com destino a
Aveiro.
     Sempre a cantar, cheias de boa satisfação, chegámos a
Aveiro onde demorávamos cerca de duas horas. Lá
almoçámos. Era quem mais queria despachar os alimentos do
saco para fora , oferecendo uns aos outros, não fossemos
chegar a casa com alguma coisa!
      Depois visitámos a Barra e a Costa Nova com o seu lindo
farol, mas aonde não pudemos subir .
       O parque de Aveiro com o seu lago, com as suas árvores
frondosas parecia que nos diziam:
    - Admira melhor estas águas tingida de verde, dá um
passeio de barco e admira tudo quanto te rodeia. Já reparaste
em quantos tons de verde há aqui?
O tempo passava , tivemos que deixar o parque
com grande tristeza.
  Em Espinho, onde parámos de novo, aproveitámos
para comer qualquer coisa.
  Chegámos ao Porto, era já noite.
  Ao atravessarmos o rio, pela ponte D. Luís,
pudemos ver a luz da iluminação pública reflectir
para o rio um tom cor de tijolo que misturado com o
preto que àquela hora já se notava, tornava o rio
Douro belo e o espectáculo ainda mais belo.
  Chegámos a Gondomar por volta das 20 horas e 30
minutos, sempre cantando, embora todas já
estivéssemos roucas.
É assim, mocidade nunca se cansa e sempre o
seu olhar reflecte alegria e juventude.
  É pena que a mocidade passe com o decorrer
dos anos.
  É assim, tudo o que é belo passa, também
aquele dia maravilhoso, tanto em
camaradagem, convívio e paisagens, passou.
( Fátima, 12 anos)
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
FESTA FINAL DE ANO
     Nove de Junho, realizava-se na Escola Industrial e
Comercial de Gondomar, com a colaboração da
Escola Preparatória Júlio Dinis, a festa do final do ano
lectivo de 1969/70.
      Dias antes, tinha sido convidada para recitar
uma poesia da minha autoria, à minha escolha.
Aconselhada pela Drª Adelina Natércia (professora de
História), escolhi uma poesia que tinha feito na aula
de Português e que tinha vindo no “Cruzeiro” da
escola.
      Recebi aplausos calorosos que foram para mim
as maiores graças do ano.
      Contente e aplaudida, vim para casa feliz.
Participação no jornal da Escola Industrial e Comercial
de Gondomar, onde o 2º ano tinha algumas aulas.
Desilusão
  Também lembro, hoje, aquele dia menos feliz, mas
próprio do tempo em que se vivia, em que eu levei
calças para a escola. Ia felicíssima. Custou-me tanto
convencer o meu pai a deixar-me comprá-las, mas
finalmente conseguira.
    No entanto, numa das aulas uma funcionária
chama-me ao Diretor, Carlos Moreira. Por que seria?
    O Diretor não achava próprio uma menina vestir
calças. Em casa tudo bem. Na escola, não! Toda a
felicidade caiu por terra.
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis
Escola é

  ... o lugar que se faz amigos.

  Não se trata só de prédios, salas, quadros,

  Programas, horários, conceitos...

  Escola é sobretudo, gente

  Gente que trabalha, que estuda

  Que alegra, se conhece, se estima.



  O Diretor é gente,

  O coordenador é gente,

  O professor é gente,

  O aluno é gente,
E a escola será cada vez melhor

Na medida em que cada um se comporte

Como colega, amigo, irmão.

Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”

Nada de conviver com as pessoas e depois,

Descobrir que não tem amizade a ninguém.


Nada de ser como tijolo que forma a parede,Indiferente, frio, só.

Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar,

É também criar laços de amizade, É criar ambiente de
camaradagem,
Ora é lógico...

Numa escola assim vai ser  fácil: Estudar, trabalhar, crescer,



Fazer amigos, educar-se, ser feliz



É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo.

(Paulo Freire)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4
Júlio Salgueiral
 
Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4
Licinio Borges
 
A ultima viagem_de_taxi
A ultima viagem_de_taxiA ultima viagem_de_taxi
A ultima viagem_de_taxi
Louro Arara
 
Aúltimaviagemdetaxi
AúltimaviagemdetaxiAúltimaviagemdetaxi
Aúltimaviagemdetaxi
Maria Helena
 
Taxi curitibano
Taxi curitibanoTaxi curitibano
Taxi curitibano
Oceander Veschi
 
Amiga lata amigo rio
Amiga lata amigo rioAmiga lata amigo rio
Amiga lata amigo rio
Cleriston Cruz
 
IN DESIGN: Revista Exclusive
IN DESIGN: Revista ExclusiveIN DESIGN: Revista Exclusive
IN DESIGN: Revista Exclusive
Clarice Ribeiro
 
A última viagem taxi
A última viagem taxiA última viagem taxi
A última viagem taxi
saidyish
 
A Truta Mocha
A Truta MochaA Truta Mocha
A Truta Mocha
poletef
 
A última viagem de táxi
A última viagem de táxiA última viagem de táxi
A última viagem de táxi
saidyish
 
Aler+poesia
Aler+poesiaAler+poesia
OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)
OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)
OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)
Mirian Souza
 
Taxi curitibano
Taxi curitibanoTaxi curitibano
Taxi curitibano
Fernanda Oliveira Ribeiro
 
Livro de poesia 7 d
Livro de poesia 7 dLivro de poesia 7 d
Livro de poesia 7 d
Veronica Baptista
 
A gotinha medrosa[1]
A gotinha medrosa[1]A gotinha medrosa[1]
A gotinha medrosa[1]
gavetadefichas
 
Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989
Alfredo Garcia
 

Mais procurados (16)

Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4
 
Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4Eugenio andrade 4
Eugenio andrade 4
 
A ultima viagem_de_taxi
A ultima viagem_de_taxiA ultima viagem_de_taxi
A ultima viagem_de_taxi
 
Aúltimaviagemdetaxi
AúltimaviagemdetaxiAúltimaviagemdetaxi
Aúltimaviagemdetaxi
 
Taxi curitibano
Taxi curitibanoTaxi curitibano
Taxi curitibano
 
Amiga lata amigo rio
Amiga lata amigo rioAmiga lata amigo rio
Amiga lata amigo rio
 
IN DESIGN: Revista Exclusive
IN DESIGN: Revista ExclusiveIN DESIGN: Revista Exclusive
IN DESIGN: Revista Exclusive
 
A última viagem taxi
A última viagem taxiA última viagem taxi
A última viagem taxi
 
A Truta Mocha
A Truta MochaA Truta Mocha
A Truta Mocha
 
A última viagem de táxi
A última viagem de táxiA última viagem de táxi
A última viagem de táxi
 
Aler+poesia
Aler+poesiaAler+poesia
Aler+poesia
 
OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)
OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)
OFICINA DE POEMAS (POWER POINT, WORD E INTERNET)
 
Taxi curitibano
Taxi curitibanoTaxi curitibano
Taxi curitibano
 
Livro de poesia 7 d
Livro de poesia 7 dLivro de poesia 7 d
Livro de poesia 7 d
 
A gotinha medrosa[1]
A gotinha medrosa[1]A gotinha medrosa[1]
A gotinha medrosa[1]
 
Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989
 

Destaque

Lion One Presenation January 2016
Lion One Presenation January 2016Lion One Presenation January 2016
Lion One Presenation January 2016
Lion One Metals
 
A Geodesign Exercise: First Experiences
A Geodesign Exercise: First ExperiencesA Geodesign Exercise: First Experiences
A Geodesign Exercise: First Experiences
Michael DeMers
 
4.planejamento de tutoria
4.planejamento de tutoria4.planejamento de tutoria
4.planejamento de tutoria
Gêrlan Cardoso da Silva
 
Ejercicio bonos bb
Ejercicio bonos bbEjercicio bonos bb
Ejercicio bonos bb
aprendiendosobrefinanzas
 
Q2 Coporate Presentation 2014 - Lion One Metals
Q2 Coporate Presentation 2014 - Lion One MetalsQ2 Coporate Presentation 2014 - Lion One Metals
Q2 Coporate Presentation 2014 - Lion One Metals
Lion One Metals
 
Mb0053 international business management
Mb0053  international business managementMb0053  international business management
Mb0053 international business management
smumbahelp
 
Seminar RCU Belgaum
Seminar RCU BelgaumSeminar RCU Belgaum
Seminar RCU Belgaum
Dr.Huchhe Gowda
 
11.evasão no cursos ead
11.evasão no cursos ead11.evasão no cursos ead
11.evasão no cursos ead
Gêrlan Cardoso da Silva
 
Tic
TicTic
Dorris Windham Resume 2017
Dorris Windham Resume 2017Dorris Windham Resume 2017
Dorris Windham Resume 2017
Dorris Windham
 
Trata de blancas
Trata de blancasTrata de blancas
Trata de blancas
David Paucar
 
Africa Market Update - January 2017
Africa Market Update - January 2017Africa Market Update - January 2017
Africa Market Update - January 2017
Konstantin Makarov
 
Alienation of Land under NLC 1965
Alienation of Land under NLC 1965Alienation of Land under NLC 1965
Alienation of Land under NLC 1965
Intan Muhammad
 
Majestic Group Project Creative Capital May 2016
Majestic Group Project Creative Capital May 2016Majestic Group Project Creative Capital May 2016
Majestic Group Project Creative Capital May 2016
Victoria Muldowney
 
Branding and marketing
Branding and marketing  Branding and marketing
Branding and marketing
Api Murugathas
 
Presentación Goidigi 2014
Presentación Goidigi 2014Presentación Goidigi 2014
Presentación Goidigi 2014
GoiDigi
 
U3 Mercados de instrumentos de deuda
U3 Mercados de instrumentos de deudaU3 Mercados de instrumentos de deuda
U3 Mercados de instrumentos de deuda
aprendiendosobrefinanzas
 

Destaque (17)

Lion One Presenation January 2016
Lion One Presenation January 2016Lion One Presenation January 2016
Lion One Presenation January 2016
 
A Geodesign Exercise: First Experiences
A Geodesign Exercise: First ExperiencesA Geodesign Exercise: First Experiences
A Geodesign Exercise: First Experiences
 
4.planejamento de tutoria
4.planejamento de tutoria4.planejamento de tutoria
4.planejamento de tutoria
 
Ejercicio bonos bb
Ejercicio bonos bbEjercicio bonos bb
Ejercicio bonos bb
 
Q2 Coporate Presentation 2014 - Lion One Metals
Q2 Coporate Presentation 2014 - Lion One MetalsQ2 Coporate Presentation 2014 - Lion One Metals
Q2 Coporate Presentation 2014 - Lion One Metals
 
Mb0053 international business management
Mb0053  international business managementMb0053  international business management
Mb0053 international business management
 
Seminar RCU Belgaum
Seminar RCU BelgaumSeminar RCU Belgaum
Seminar RCU Belgaum
 
11.evasão no cursos ead
11.evasão no cursos ead11.evasão no cursos ead
11.evasão no cursos ead
 
Tic
TicTic
Tic
 
Dorris Windham Resume 2017
Dorris Windham Resume 2017Dorris Windham Resume 2017
Dorris Windham Resume 2017
 
Trata de blancas
Trata de blancasTrata de blancas
Trata de blancas
 
Africa Market Update - January 2017
Africa Market Update - January 2017Africa Market Update - January 2017
Africa Market Update - January 2017
 
Alienation of Land under NLC 1965
Alienation of Land under NLC 1965Alienation of Land under NLC 1965
Alienation of Land under NLC 1965
 
Majestic Group Project Creative Capital May 2016
Majestic Group Project Creative Capital May 2016Majestic Group Project Creative Capital May 2016
Majestic Group Project Creative Capital May 2016
 
Branding and marketing
Branding and marketing  Branding and marketing
Branding and marketing
 
Presentación Goidigi 2014
Presentación Goidigi 2014Presentación Goidigi 2014
Presentación Goidigi 2014
 
U3 Mercados de instrumentos de deuda
U3 Mercados de instrumentos de deudaU3 Mercados de instrumentos de deuda
U3 Mercados de instrumentos de deuda
 

Semelhante a Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis

Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)
Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)
Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)
Cida Perim
 
Boletim BE Praia Março 2010
Boletim BE Praia Março 2010Boletim BE Praia Março 2010
Boletim BE Praia Março 2010
EB2 Mira
 
OLP e TAL
OLP e TALOLP e TAL
OLP e TAL
OLP e TALOLP e TAL
Jornal 49 3º período
Jornal 49   3º períodoJornal 49   3º período
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodoNascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
bibliotecaoureana
 
Apresentação semana leitura_2012
Apresentação semana leitura_2012Apresentação semana leitura_2012
Apresentação semana leitura_2012
Biblioteca Escolar Sobreira
 
Olimpíada categoria poesias (5º e 6º ano)
Olimpíada categoria  poesias (5º e 6º ano)Olimpíada categoria  poesias (5º e 6º ano)
Olimpíada categoria poesias (5º e 6º ano)
Maria de Jesus Câmara
 
Aula sobre memórias
Aula sobre memóriasAula sobre memórias
Aula sobre memórias
Samara Pimentel
 
História a várias mãos
História a várias mãosHistória a várias mãos
História a várias mãos
BibliomarAVM
 
Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte
António Pires
 
Edelweiss
EdelweissEdelweiss
Livro 4ºa
Livro 4ºaLivro 4ºa
Livro 4ºa
fernandaataide55
 
Chapéu de Palha
Chapéu de PalhaChapéu de Palha
Chapéu de Palha
anaprande
 
Dona Licinha conto1
Dona Licinha    conto1Dona Licinha    conto1
Dona Licinha conto1
Eunice Mendes de Oliveira
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
Cybele Meyer
 
Anabela Mimoso
Anabela Mimoso  Anabela Mimoso
Anabela Mimoso
becreebsr
 
Edelweiss
EdelweissEdelweiss
Edelweiss
EdelweissEdelweiss
1 revista etc 2010-2011
1  revista etc 2010-20111  revista etc 2010-2011
1 revista etc 2010-2011
sandra soares
 

Semelhante a Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis (20)

Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)
Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)
Memorial descritivo perim 20102013(2b) (1)
 
Boletim BE Praia Março 2010
Boletim BE Praia Março 2010Boletim BE Praia Março 2010
Boletim BE Praia Março 2010
 
OLP e TAL
OLP e TALOLP e TAL
OLP e TAL
 
OLP e TAL
OLP e TALOLP e TAL
OLP e TAL
 
Jornal 49 3º período
Jornal 49   3º períodoJornal 49   3º período
Jornal 49 3º período
 
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodoNascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
 
Apresentação semana leitura_2012
Apresentação semana leitura_2012Apresentação semana leitura_2012
Apresentação semana leitura_2012
 
Olimpíada categoria poesias (5º e 6º ano)
Olimpíada categoria  poesias (5º e 6º ano)Olimpíada categoria  poesias (5º e 6º ano)
Olimpíada categoria poesias (5º e 6º ano)
 
Aula sobre memórias
Aula sobre memóriasAula sobre memórias
Aula sobre memórias
 
História a várias mãos
História a várias mãosHistória a várias mãos
História a várias mãos
 
Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte Encontro com a escritora Rosa Duarte
Encontro com a escritora Rosa Duarte
 
Edelweiss
EdelweissEdelweiss
Edelweiss
 
Livro 4ºa
Livro 4ºaLivro 4ºa
Livro 4ºa
 
Chapéu de Palha
Chapéu de PalhaChapéu de Palha
Chapéu de Palha
 
Dona Licinha conto1
Dona Licinha    conto1Dona Licinha    conto1
Dona Licinha conto1
 
O Diário de Juliana
O Diário de JulianaO Diário de Juliana
O Diário de Juliana
 
Anabela Mimoso
Anabela Mimoso  Anabela Mimoso
Anabela Mimoso
 
Edelweiss
EdelweissEdelweiss
Edelweiss
 
Edelweiss
EdelweissEdelweiss
Edelweiss
 
1 revista etc 2010-2011
1  revista etc 2010-20111  revista etc 2010-2011
1 revista etc 2010-2011
 

Mais de Maria Gomes

Salazar e os judeus
Salazar e os judeusSalazar e os judeus
Salazar e os judeus
Maria Gomes
 
À descoberta do Foral de Gondomar webquest
À descoberta do Foral de Gondomar webquestÀ descoberta do Foral de Gondomar webquest
À descoberta do Foral de Gondomar webquest
Maria Gomes
 
Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515
Maria Gomes
 
Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515
Maria Gomes
 
Foral de Gondomar
Foral de GondomarForal de Gondomar
Foral de Gondomar
Maria Gomes
 
Dança renascentista
Dança renascentista  Dança renascentista
Dança renascentista
Maria Gomes
 
Música da època dos DEscobrimentos
Música da època dos DEscobrimentosMúsica da època dos DEscobrimentos
Música da època dos DEscobrimentos
Maria Gomes
 
Trajesépocadescobrimentos
TrajesépocadescobrimentosTrajesépocadescobrimentos
Trajesépocadescobrimentos
Maria Gomes
 
Instauraçãodo liberalismo
Instauraçãodo liberalismoInstauraçãodo liberalismo
Instauraçãodo liberalismo
Maria Gomes
 
Conflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensão
Conflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensãoConflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensão
Conflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensão
Maria Gomes
 
Sociedade medieval14
Sociedade medieval14Sociedade medieval14
Sociedade medieval14
Maria Gomes
 
Jogo domínio senhoria
Jogo domínio senhoriaJogo domínio senhoria
Jogo domínio senhoria
Maria Gomes
 
Domínio senhorial14a
Domínio senhorial14aDomínio senhorial14a
Domínio senhorial14a
Maria Gomes
 
Crença na imortalidade
Crença na imortalidadeCrença na imortalidade
Crença na imortalidade
Maria Gomes
 
Antigo egito14geo
Antigo egito14geoAntigo egito14geo
Antigo egito14geo
Maria Gomes
 
Resumo neolítico
Resumo neolíticoResumo neolítico
Resumo neolítico
Maria Gomes
 
Resumopaleolítico
ResumopaleolíticoResumopaleolítico
Resumopaleolítico
Maria Gomes
 
Resumopaleolítico
ResumopaleolíticoResumopaleolítico
Resumopaleolítico
Maria Gomes
 
Revolução soviética – ficha de trabalho e correção
Revolução soviética – ficha de trabalho  e correçãoRevolução soviética – ficha de trabalho  e correção
Revolução soviética – ficha de trabalho e correção
Maria Gomes
 
REVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalho
REVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalhoREVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalho
REVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalho
Maria Gomes
 

Mais de Maria Gomes (20)

Salazar e os judeus
Salazar e os judeusSalazar e os judeus
Salazar e os judeus
 
À descoberta do Foral de Gondomar webquest
À descoberta do Foral de Gondomar webquestÀ descoberta do Foral de Gondomar webquest
À descoberta do Foral de Gondomar webquest
 
Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515
 
Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515Foral de Gondomar 1515
Foral de Gondomar 1515
 
Foral de Gondomar
Foral de GondomarForal de Gondomar
Foral de Gondomar
 
Dança renascentista
Dança renascentista  Dança renascentista
Dança renascentista
 
Música da època dos DEscobrimentos
Música da època dos DEscobrimentosMúsica da època dos DEscobrimentos
Música da època dos DEscobrimentos
 
Trajesépocadescobrimentos
TrajesépocadescobrimentosTrajesépocadescobrimentos
Trajesépocadescobrimentos
 
Instauraçãodo liberalismo
Instauraçãodo liberalismoInstauraçãodo liberalismo
Instauraçãodo liberalismo
 
Conflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensão
Conflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensãoConflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensão
Conflito israelo-árabe: subsídios para a sua compreensão
 
Sociedade medieval14
Sociedade medieval14Sociedade medieval14
Sociedade medieval14
 
Jogo domínio senhoria
Jogo domínio senhoriaJogo domínio senhoria
Jogo domínio senhoria
 
Domínio senhorial14a
Domínio senhorial14aDomínio senhorial14a
Domínio senhorial14a
 
Crença na imortalidade
Crença na imortalidadeCrença na imortalidade
Crença na imortalidade
 
Antigo egito14geo
Antigo egito14geoAntigo egito14geo
Antigo egito14geo
 
Resumo neolítico
Resumo neolíticoResumo neolítico
Resumo neolítico
 
Resumopaleolítico
ResumopaleolíticoResumopaleolítico
Resumopaleolítico
 
Resumopaleolítico
ResumopaleolíticoResumopaleolítico
Resumopaleolítico
 
Revolução soviética – ficha de trabalho e correção
Revolução soviética – ficha de trabalho  e correçãoRevolução soviética – ficha de trabalho  e correção
Revolução soviética – ficha de trabalho e correção
 
REVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalho
REVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalhoREVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalho
REVOLUÇÃO SOVIÉTICA - ficha de trabalho
 

Último

Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 

Memórias pessoais da Escola Preparatória Júlio Dinis

  • 1. As minhas memórias da Escola Preparatória Júlio Dinis
  • 3. Dia que foi dia ou a entrada para a escola preparatória Era um dia de Novembro chuvoso … entrei no corredor, já grupos de raparigas conversavam e riam alto. Como a maior parte de todas, eu era a primeira vez que ia à escola preparatória por isso não conhecia ninguém. Então, encostei-me a um canto, vendo as outras divertindo-se. Entretanto, soou a sineta, anunciando a todas nós que a hora de entrada nas salas de aula respectivas era chegada. Entrei e sentei-me na primeira carteira de vago que encontrei. Momentos depois, a chegou a professora de português, deu-nos as boas vindas e conversou
  • 4. Quando tocou para a saída já todas nós nos conhecíamos através dos diálogos travados entre professora e alunas, por isso brincámos todas juntas, mas mesmo todas, sem excepção. Reparei, então, que conhecia embora de vista uma das minhas colegas de turma, morava no Calvário e até foi com a que mais simpatizei. Viria mais tarde a ser a minha companheira inseparável. A esse respeito recordo aqui uma frase de uma outra colega de turma, a Maria Antónia, que quando nos via juntas exclamava: - Olhem as inseparáveis, vocês andam sempre juntas. Quando chegou a hora da despedida, todas pronunciámos um “Até amanhã” risonho. Já não éramos aquelas raparigas tímidas que falavam com receio, mas sim verdadeiras camaradas, prontas a ajudarem-se umas às outras nos transes mais difíceis. E aquele dia chuvoso tornou-se num lindo dia cheio de sol. Fátima (11 anos)
  • 6. Reportagem da visita de estudo ao Museu Soares dos Reis Dia 25 de Fevereiro Hoje nem parece um dia de Fevereiro, o sol que ainda ontem estava escondido resolveu aparecer para nos saudar e nos seguir ao longo da nossa visita. Acompanhavam-nos a Srª Drª Rosélia (professora de Francês) e a Srª Drª Amélia (professora de Moral). Depois de percorrermos diversas salas onde pudemos admirar verdadeiras obras de artes plásticas, entrámos na sala onde estava a “Flor Agreste” e o esboço do “Conde Ferreira” de Soares dos Reis. Os nossos olhos ao verem a primeira, ficaram extasiados de tanta beleza e perfeição. A seguir, fomos à sala onde está o “Desterrado”, “Senhora Inglesa” e “História”.
  • 7. O Desterrado, sentado numa rocha, nu, saudoso da Pátria distante, triste… Esta escultura parece que nos contagiou e sentimo-nos, também, tristes. Fomos andando sempre até que chegámos à sala das damas de companhia de D. Amélia e à sala de audiências desta. Então, aí, pudemos reconhecer móveis usados naqueles tempos e mais coisas todas dignas da nossa admiração. Quando chegou a hora de nos virmos embora, ficamos desgostosas de nos termos de separar daquele magnífico museu, mas a ordem estava dada e não tivemos senão que obedecer. Atravessámos as ruas movimentadas do Porto, sempre cantando, até que as casas, as ruas e por fim a nossa escola nos avisou que estávamos em Gondomar. Fátima (12 anos)
  • 9. Reportagem sobre o passeio escolar do ano lectivo 69/70 Eram 8h e 30m, todas nós íamos apetrechadas com lanches saborosos. Entrámos para a camioneta e dentro de cinco minutos começámos a gritar: - Está na hora! Está na Hora! - Já passa da hora!... Enfim, lá partimos, foi-nos distribuído o itinerário o que nem pudemos acabar de ler, pois começámos a cantar. Não minto se disser que algumas meninas nem sequer puseram os olhos naquele papelinho com letras tal era a nossa alegria! Por isso ele foi guardado como preciosa relíquia.
  • 10. A cantar chegámos a S. João da Madeira. Dentro de poucos minutos pusemo-nos a caminho da próxima paragem que seria em Oliveira de Azeméis no parque de La Salete. Avistámos neste parque uma paisagem maravilhosa que ficámos esquecidas a admirá-la. Passeamos por lá e …. Voltámos à camioneta, desta vez, com destino a Aveiro. Sempre a cantar, cheias de boa satisfação, chegámos a Aveiro onde demorávamos cerca de duas horas. Lá almoçámos. Era quem mais queria despachar os alimentos do saco para fora , oferecendo uns aos outros, não fossemos chegar a casa com alguma coisa! Depois visitámos a Barra e a Costa Nova com o seu lindo farol, mas aonde não pudemos subir . O parque de Aveiro com o seu lago, com as suas árvores frondosas parecia que nos diziam: - Admira melhor estas águas tingida de verde, dá um passeio de barco e admira tudo quanto te rodeia. Já reparaste em quantos tons de verde há aqui?
  • 11. O tempo passava , tivemos que deixar o parque com grande tristeza. Em Espinho, onde parámos de novo, aproveitámos para comer qualquer coisa. Chegámos ao Porto, era já noite. Ao atravessarmos o rio, pela ponte D. Luís, pudemos ver a luz da iluminação pública reflectir para o rio um tom cor de tijolo que misturado com o preto que àquela hora já se notava, tornava o rio Douro belo e o espectáculo ainda mais belo. Chegámos a Gondomar por volta das 20 horas e 30 minutos, sempre cantando, embora todas já estivéssemos roucas.
  • 12. É assim, mocidade nunca se cansa e sempre o seu olhar reflecte alegria e juventude. É pena que a mocidade passe com o decorrer dos anos. É assim, tudo o que é belo passa, também aquele dia maravilhoso, tanto em camaradagem, convívio e paisagens, passou. ( Fátima, 12 anos)
  • 14. FESTA FINAL DE ANO Nove de Junho, realizava-se na Escola Industrial e Comercial de Gondomar, com a colaboração da Escola Preparatória Júlio Dinis, a festa do final do ano lectivo de 1969/70. Dias antes, tinha sido convidada para recitar uma poesia da minha autoria, à minha escolha. Aconselhada pela Drª Adelina Natércia (professora de História), escolhi uma poesia que tinha feito na aula de Português e que tinha vindo no “Cruzeiro” da escola. Recebi aplausos calorosos que foram para mim as maiores graças do ano. Contente e aplaudida, vim para casa feliz.
  • 15. Participação no jornal da Escola Industrial e Comercial de Gondomar, onde o 2º ano tinha algumas aulas.
  • 16. Desilusão Também lembro, hoje, aquele dia menos feliz, mas próprio do tempo em que se vivia, em que eu levei calças para a escola. Ia felicíssima. Custou-me tanto convencer o meu pai a deixar-me comprá-las, mas finalmente conseguira. No entanto, numa das aulas uma funcionária chama-me ao Diretor, Carlos Moreira. Por que seria? O Diretor não achava próprio uma menina vestir calças. Em casa tudo bem. Na escola, não! Toda a felicidade caiu por terra.
  • 20. Escola é ... o lugar que se faz amigos. Não se trata só de prédios, salas, quadros, Programas, horários, conceitos... Escola é sobretudo, gente Gente que trabalha, que estuda Que alegra, se conhece, se estima. O Diretor é gente, O coordenador é gente, O professor é gente, O aluno é gente,
  • 21. E a escola será cada vez melhor Na medida em que cada um se comporte Como colega, amigo, irmão. Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados” Nada de conviver com as pessoas e depois, Descobrir que não tem amizade a ninguém. Nada de ser como tijolo que forma a parede,Indiferente, frio, só. Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar, É também criar laços de amizade, É criar ambiente de camaradagem,
  • 22. Ora é lógico... Numa escola assim vai ser  fácil: Estudar, trabalhar, crescer, Fazer amigos, educar-se, ser feliz É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo. (Paulo Freire)