SlideShare uma empresa Scribd logo
Oficina de Formação
AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS DO 1º E 2º CEB:
reflexão, planificação e melhoria das práticas didáticas.
Oficina de Formação
MÓDULO 2. Avaliação para as aprendizagens
dos alunos em Ciências.
Maria Pedro Silva & Rui Marques Vieira
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1.ºE2.ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. Modalidades de Avaliação para as aprendizagens dos alunos em Ciências
2.1.1. avaliação de diagnóstico;
2.1.2. avaliação formativa;
2.1.3. avaliação sumativa.
2.2. Que referencial para a avaliação das aprendizagens em Ciências?
2.2.1. os guiões do Programa de Formação em Ensino Experimental das Ciências;
2.2.2. as metas de aprendizagem/curriculares.
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1.ºE2.ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
“(…) reduzir a avaliação à consideração de uma só área (o rendimento), a uma só técnica (os
exames), a uma só situação (a controlada) e a uma só modalidade (a sumativa) representa um
empobrecimento da avaliação e uma perda do seu sentido no âmbito do discurso didáctico”.
Zabalza, M. (1991, p. 26)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. MODALIDADES DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS: avaliação de diagnóstico
DIAGNÓSTICO DE
Ideias
prévias
Pré-
requisito de
APZ
Experiência
s pessoais
Raciocínio
Vocabulário
Hábitos e
atitudes
Ribeiro (1990); Sanmartí (2007)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. MODALIDADES DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS: avaliação formativa
adpatado de Harlen (2006)
C
B
A
EVIDÊNCIAS
TOMADA DE
DECISÕES SOBRE O
PROGRESSO DO
ALUNO NA APZ
NEGOCIAÇÃO/
PRÓXIMOS PASSOS
NA APZ
planificação de novas
atividades
recolha de evidências/
informações relacionadas
com os objectivos de APZ
interpretação das
evidências recolhidas
decisões sobre os
próximos passos
ALUNOS
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. MODALIDADES DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS: avaliação sumativa
Ribeiro (1990); Sanmartí (2007)
Estratégia(s) de
ensino e de
aprendizagem
EVIDÊNCIAS
CLASSIFICAÇÃO
COMUNICAÇÃO DOS
RESULTADOS
recolha de evidências/informações
relacionadas com os objectivos de APZ
interpretação das evidências
recolhidas
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. MODALIDADES DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS
Adaptado de Leite & Fernandes (2002)
CARACTERÍSTICAS DAS DIFERENTES MODALIDADES DE AVALIAÇÃO
Avaliação Diagnóstica Avaliação Formativa Avaliação Sumativa
FINALIDADES
- Obter indicações sobre
conhecimentos, aptidões,
interesses, gostos e atitudes
dos alunos;
- Identificar pontos de partida
dos alunos no início de uma
situação de E-APZ.
- Fornecer informações a
todos os intervenientes sobre
o progresso da
aprendizagem e sobre os
efeitos do ensino;
- Detetar lacunas e sucessos
das aprendizagens e do
ensino;
- Permitir recolher dados
sobre o que fazer para
melhorar os processos de
aprendizagem e de ensino.
- Classificar os alunos no final
de um período relativamente
longo (um ano, um período,
uma unidade temática,…);
- Situar o aluno face a uma
meta definida.
MOMENTOS
- No início de uma situação de
E-APZ e não apenas no
início do ano letivo ou de um
período;
- Ao longo do processo de E-
APZ.
- Ao longo do processo E-
APZ
- No final de um período
relativamente longo (um ano,
um período, uma unidade
temática,…)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. MODALIDADES DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS
CARACTERÍSTICAS DAS DIFERENTES MODALIDADES DE AVALIAÇÃO
Avaliação Diagnóstica Avaliação Formativa Avaliação Sumativa
ASPETOSAQUEA
AVALIAÇÃODÁÊNFASE
- Conhecimentos,
capacidades, procedimentos
e atitudes dos alunos que
constituem pré-requisitos
para as aprendizagens.
- Descritores de avaliação que
orientam o processo de E-
APZ. (metas de
aprendizagem e
curriculares);
- Evolução da aprendizagem
de cada aluno;
- Processos de E-APZ que
estiveram na origem dos
resultados obtidos;
- Causas dos sucessos e
insucessos da
aprendizagem.
- Resultados da aprendizagem
relativamente às metas de
aprendizagem (1º CEB) e
curriculares (2º CEB).
INSTRUMENTOS/
PROCEDIMENTOS
- Diálogos com os alunos;
- Observação sistemática;
- Testes diagnósticos;
- Testes de avaliação
sumativa ou formativa,
utilizados com uma função
diagnóstica;
- …
- Listas de verificação;
- Escalas Classificadas;
- Descrições narrativas;
- Questionários;
- Entrevistas;
- Inventários;
- Rubricas;
- Portefólios;
- Questões desafio;
- …
- Testes;
- …
Adaptado de Leite & Fernandes (2002)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. MODALIDADES DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDIZAGENS DOS
ALUNOS EM CIÊNCIAS
CARACTERÍSTICAS DAS DIFERENTES MODALIDADES DE AVALIAÇÃO
Avaliação Diagnóstica Avaliação Formativa Avaliação Sumativa
CONSEQUÊNCIAS
- Servir de base para a
organização dos processos
de E-APZ.
- Fornecer indicações do
estado das aprendizagens
realizadas em relação às
esperadas;
- Fornecer pistas para
indicação dos meios e
modos de remediar ou
enriquecer as
aprendizagens.
- Atribuir ao aluno uma
classificação;
- Decidir da progressão ou
retenção do aluno.
Adaptado de Leite & Fernandes (2002)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? os guiões do PFEEC
• Apoiar o Programa de Formação;
• Melhorar as práticas de ensino experimental das Ciências.
Elaborados pela Equipa:
Isabel Martins (Coord.)
Luísa Veiga
Filomena Teixeira
Celina Tenreiro-Vieira
Rui Marques Vieira
Ana Rodrigues
Fernanda Couceiro
OBJETIVOS
i) Enquadramento curricular;
ii) Finalidades das atividades;
iii)Enquadramento conceptual;
iv) Atividades;
v) Recursos didáticos;
vi) APRENDIZAGENS ESPERADAS;
vii)SUGESTÕES PARA AVALIAÇÃO DAS
APRENDIZAGENS.
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? os guiões do PFEEC
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? os guiões do PFEEC
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas de Aprendizagem – 1.º CEB
Estratégia Global de Desenvolvimento do Currículo Nacional
Conceção de referentes na gestão do currículo, visando um percurso mais claro na operacionalização do CNEB.
Afonso, N. (coord.) (2010)
1. “(…) são entendidas como evidências de desempenho das competências que deverão ser
manifestadas pelos alunos – aquisição de conhecimentos, capacidades/procedimentos
científicos e atitudes/valores – (…) constituindo por isso resultados de aprendizagem
esperados”
2. “(…) as metas de aprendizagem são estabelecidas para o final de cada ciclo, sendo
indicados níveis referenciais do seu desenvolvimento, para cada um dos anos que o
constituem”
3. “(…) organizam-se (…) de acordo com a progressão da complexidade das aprendizagens”;
4. “(…) constituem-se como um auxiliar de trabalho docente, (…) oferecendo um referencial
comum de resultados a alcançar pelos alunos e de sugestões estratégicas de trabalho e
de avaliação que possam orientar e apoiar a acção [sic] docente.
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas de Aprendizagem – 1.º CEB
ESTUDO DO MEIO
Afonso, N. (coord.) (2010)
LOCALIZAÇÃO NO
ESPAÇO E NO TEMPO
CONHECIMENTO DO
MEIO NATURAL E
SOCIAL
DINAMISMO DAS
INTER-RELAÇÕES
NATURAL-SOCIAL
- Localização/compreensão
espacial e temporal;
- A Terra no Espaço:
universo e sistema solar;
- Localização e
Compreensão espacial: a
Terra no Sistema Solar.
- Conhecimento dos
lugares e das regiões;
- Utilização de fontes de
informação;
- Compreensão Histórica e
contextualizada;
- Comunicação de
conhecimento sobre o
meio natural e social;
- Viver melhor na Terra;
- Sustentabilidade
- Viver melhor na Terra;
- Dinamismo das inter-
relações entre espaços;
- Dinamismo das relações
entre espaços.
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas de Aprendizagem – 1.º CEB
ESTUDO DO MEIO
Afonso, N. (coord.) (2010)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas de Aprendizagem – 1.º CEB
ESTUDO DO MEIO: em síntese
Curiosidade e interesse pela
Ciência
Temáticas contextualizadas
assestes em estratégias de E-
APZ inovadoras
Questionamento sobre o
papel do ser humano no
mundo
Motivar os jovens a prosseguirem carreiras ligadas à
ciência
Trabalhar e compreender conceitos atualmente
necessários à inserção do indivíduo na sociedade,
valorizando o trabalho prático, nomeadamente, a
realização de investigações.
Permitir a reflexão sobre os nossos comportamentos
e os efeitos da Ciência e da Tecnologia no impacte
causado no Planeta – CTS.
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas Curriculares – 2.º CEB
“(…) a aprendizagem essencial a realizar pelos alunos, em cada um dos anos de escolaridade
ou ciclos do ensino básico. Constituindo um referencial para professores e encarregados de
educação”.
“(…) surgindo na sequência da revogação do documento “Currículo Nacional do Ensino Básico
– Competências Essenciais”. Conjuntamente com os atuais Programas de cada disciplina, as
metas constituem as referências fundamentais para o desenvolvimento do ensino: nelas se
clarifica o que nos Programas se deve eleger como prioridade, definindo os conhecimentos a
adquirir e as capacidades a desenvolver pelos alunos nos diferentes anos de escolaridade”.
Direção Geral de Educação (2010)
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas Curriculares – 2.º CEB
Bonito, J. (coord.) (2013)
CIÊNCIAS NATURAIS
A ÁGUA, O AR, AS
ROCHAS E O
SOLO –
MATERIAIS
TERRESTRES
DIVERSIDADE DE
SERES VIVOS E
SUAS
INTERAÇÕES COM
O MEIO
UNIDADE NA
DIVERSIDADE DE
SERES VIVOS
PROCESSOS
VITAIS COMUNS
AOS SERES VIVOS
- A importância das
rochas e do solo
na manutenção
da vida;
- A importância da
água para os
seres vivos;
- A importância do
ar para os seres
vivos.
- Diversidade nos
animais;
- Diversidade nas
plantas.
- Célula – unidade
básica de vida;
- Diversidade a
partir da unidade
– níveis de
organização
hierárquica;
- Dinamismo das
relações entre
espaços.
- Trocas
nutricionais entre
o organismo e o
meio: animais;
- Trocas
nutricionais entre
o organismo e o
meio: nas plantas;
- Transmissão de
vida: reprodução
no ser humano;
- Transmissão de
vida: reprodução
nas plantas.
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas Curriculares – 2.º CEB
Bonito, J. (coord.) (2013)
CIÊNCIAS NATURAIS
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas Curriculares – 2.º CEB
CIÊNCIAS NATURAIS: em síntese
Que visão para o ensino das
Ciências?
Práticas científicas e
Raciocínio científico
Seleção, sequenciação e grau
de aprofundamento dos
conceitos científicos
Visão redutora e retrógrada, não havendo uma
modernização/atualização das metas face aos
desafios atuais e globais da sociedade, da ciência e
da tecnologia.
Redução, quase exclusiva, à aquisição de factos e
conceitos, evidenciando uma grande centralização em
atividades de memorização e observação.
- Discrepância entre as metas de aprendizagem para
o 1.º CEB e as metas curriculares do 2.º CEB;
- Listas de descritores extensas (por exemplo, 6.º
ano);
- Conteúdos e objetivos irrelevantes que pouco
parecem contribuir para a formação científica dos
alunos.
Apreciação crítica das propostas de metas curriculares de ciências naturais – disponível em http://blogs.ua.pt/ctspc/
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1ºE2ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
2.1. QUE REFERENCIAL PARA A AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS
EM CIÊNCIAS? Metas Curriculares – 2.º CEB
CIÊNCIAS NATURAIS: em síntese
A (aparente) autonomia do
professor na seleção das
estratégias de ensino
A centralidade e a adequação
do trabalho prático
Outras observações
- Verbos de ação induzem para a prática de um
ensino transmissivo e de memorização (definir;
indicar; enumerar; nomear);
- Indicação das estratégias de ensino em vários
descritores.
- Grande maioria dos trabalhos práticos [TP] é do tipo
ilustração ou observação;
- As investigações (recolha e análise de dados para
dar resposta a uma QP – controlo de variáveis)
representa uma minoria dos TP.
- Ciências Naturais versus Ciências da Natureza;
- Preocupação na mensuração/quantificação das
aprendizagens “Indica três aspetos (…)”, “Descrever o
contributo de dois cientistas (…)”;
- Grau de complexidade dos descritores desadequado
ao nível etário dos alunos.
Apreciação crítica das propostas de metas curriculares de ciências naturais – disponível em http://blogs.ua.pt/ctspc/
OFICINADEFORMAÇÃO
AVALIAÇÃOPARAASAPRENDIZAGENSDOSALUNOSEM
CIÊNCIASDO1.ºE2.ºCEB:
reflexão,planificaçãoemelhoriadaspráticasdidáticas.
Referências bibliográficas
Afonso, N. (coord.); Roldão, M.; Marques, A.; Galvão, C.; Peralta, H.; Silva, I.; Leite, T. (2010). Projecto “Metas
de Aprendizagem”. Lisboa: DGIDC – ME. Disponível em http://metasdeaprendizagem.dge.mec.pt/
Bonito, J. (coord.); Morgado, M.; Silva, M.; Figueira, D.; Serrano, M.; Mesquita, J.; Rebelo, H. (2013). Metas
Curriculares Ensino Básico: Ciências Naturais - 5.º, 6.º, 7.º e 8.º anos. Lisboa: Governo de Portugal - Ministério
da Educação e Ciência. Disponível em http://www.dge.mec.pt/index.php?s=noticias&noticia=396
Galvão, C.; Reis, P.; Freire, A.; Oliveira, T. (2006). Avaliação de competências em ciências: sugestões para
professores dos ensinos Básico e Secundário. Porto: Edições Asa.
Hadji, C. (1994). A Avaliação, Regras do Jogo: das intenções aos instrumentos. Porto: Porto Editora
Harlen, W. (2006). teaching, learning ans assessing science 5 -12.London: SAGE Publications Lda.
Leite, C. e Fernandes, P. (2002). Avaliação das Aprendizagens dos Alunos: novos contextos, novas práticas.
Porto: Edições ASA.
Naylor, S.; Keogh, B.; Goldsworthy, A. (2007). Active Assessment: Thinking Leaning and Assessing in Science.
London: David Fulton Publishers.
Ribeiro, L. (1999). Avaliação da Aprendizagem. Lisboa: Texto Editora
Valadares e Graça, (1998). Avaliando... para melhorar a aprendizagem. Lisboa: Plátano Editora.
Oficina de Formação
MÓDULO 2. Avaliação para as aprendizagens
dos alunos em Ciências.
Maria Pedro Silva & Rui Marques Vieira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pei
PeiPei
Metodologia e didática
Metodologia e didáticaMetodologia e didática
Metodologia e didática
Andreia Carla Lobo
 
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
leisiv
 
Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi
Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth FantauzziComo fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi
Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi
Elizabeth Fantauzzi
 
Planejamento de ensino, plano de aula
Planejamento de ensino, plano de aulaPlanejamento de ensino, plano de aula
Planejamento de ensino, plano de aula
Juliana Fontoura
 
Ficha de acompanhamento
Ficha de acompanhamentoFicha de acompanhamento
Ficha de acompanhamento
heliane
 
Síntese conselho de classe
Síntese conselho de classeSíntese conselho de classe
Síntese conselho de classe
vivianelima
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
Fernando Pimentel
 
Criterios especificos1
Criterios especificos1Criterios especificos1
Criterios especificos1
Cesé Bragança
 
Plano de aula didatica
Plano de aula  didaticaPlano de aula  didatica
Plano de aula didatica
Tiago Carlos Flávio
 
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
wilkerfilipel
 
Ppt0000019
Ppt0000019Ppt0000019
Ppt0000019
Josimarie Julio
 
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃORELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
lucavao2010
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
Antero
 
Plano de aula seminario
Plano de aula seminarioPlano de aula seminario
Plano de aula seminario
Tatiane
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Avaliação recuperação
Avaliação recuperaçãoAvaliação recuperação
Avaliação recuperação
Gilson Trajano
 
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópiaModalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
ELOI DE OLIVEIRA BATISTA
 
A importancia do plano de aula
A importancia do plano de aulaA importancia do plano de aula
A importancia do plano de aula
Rê Rodrigues
 
Slide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetizaçãoSlide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetização
Proalfacabofrio
 

Mais procurados (20)

Pei
PeiPei
Pei
 
Metodologia e didática
Metodologia e didáticaMetodologia e didática
Metodologia e didática
 
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
 
Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi
Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth FantauzziComo fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi
Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi
 
Planejamento de ensino, plano de aula
Planejamento de ensino, plano de aulaPlanejamento de ensino, plano de aula
Planejamento de ensino, plano de aula
 
Ficha de acompanhamento
Ficha de acompanhamentoFicha de acompanhamento
Ficha de acompanhamento
 
Síntese conselho de classe
Síntese conselho de classeSíntese conselho de classe
Síntese conselho de classe
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
Criterios especificos1
Criterios especificos1Criterios especificos1
Criterios especificos1
 
Plano de aula didatica
Plano de aula  didaticaPlano de aula  didatica
Plano de aula didatica
 
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
 
Ppt0000019
Ppt0000019Ppt0000019
Ppt0000019
 
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃORELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
RELATÓRIO DESCRITIVO DA AVALIAÇÃO
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
 
Plano de aula seminario
Plano de aula seminarioPlano de aula seminario
Plano de aula seminario
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Avaliação recuperação
Avaliação recuperaçãoAvaliação recuperação
Avaliação recuperação
 
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópiaModalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
Modalidades avaliativas pareceres descritivos-2013 - cópia
 
A importancia do plano de aula
A importancia do plano de aulaA importancia do plano de aula
A importancia do plano de aula
 
Slide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetizaçãoSlide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetização
 

Semelhante a Módulo 2: Avaliação das aprendizagens em Ciências: que referencial?

Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia   3 momento appPlanejamento durval 2014 3dia   3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
Wilson Barbieri
 
Fórum anos iniciais
Fórum anos iniciaisFórum anos iniciais
Fórum anos iniciais
Jeovany Anjos
 
Estudo e reflexão sobre avaliação biologia 2013
Estudo e reflexão sobre avaliação   biologia 2013Estudo e reflexão sobre avaliação   biologia 2013
Estudo e reflexão sobre avaliação biologia 2013
Fernanda Rezende Pedroza
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
Leonardo Melo
 
Planejamento da ação didática
Planejamento  da  ação  didáticaPlanejamento  da  ação  didática
Planejamento da ação didática
Eduardo Lima
 
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptxApresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
SupervisoEMAC
 
Planejamento Educacao Física
Planejamento Educacao FísicaPlanejamento Educacao Física
Planejamento Educacao Física
Danilo Pires
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisica
Danilo Pires
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisica
Danilo Pires
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Ana Rita S de Souza
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamento
familiaestagio
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Ana Rita S de Souza
 
Caderno de registro 1º tempo formativo revisado
Caderno de registro  1º tempo formativo revisadoCaderno de registro  1º tempo formativo revisado
Caderno de registro 1º tempo formativo revisado
Amorim Albert
 
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemDidática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Leonardo Severo
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
ELOI DE OLIVEIRA BATISTA
 
Avaliacao diagnostica-4ºano
Avaliacao diagnostica-4ºanoAvaliacao diagnostica-4ºano
Avaliacao diagnostica-4ºano
reisvidal6
 
PROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptx
PROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptxPROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptx
PROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptx
Glauber Eduardo Aragon Pereira
 
Projeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdf
Projeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdfProjeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdf
Projeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdf
Olivia Moreira
 
OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...
OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...
OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...
Claudia Elisabete Silva
 
[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx
[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx
[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx
LinoReisLino
 

Semelhante a Módulo 2: Avaliação das aprendizagens em Ciências: que referencial? (20)

Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia   3 momento appPlanejamento durval 2014 3dia   3 momento app
Planejamento durval 2014 3dia 3 momento app
 
Fórum anos iniciais
Fórum anos iniciaisFórum anos iniciais
Fórum anos iniciais
 
Estudo e reflexão sobre avaliação biologia 2013
Estudo e reflexão sobre avaliação   biologia 2013Estudo e reflexão sobre avaliação   biologia 2013
Estudo e reflexão sobre avaliação biologia 2013
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
Planejamento da ação didática
Planejamento  da  ação  didáticaPlanejamento  da  ação  didática
Planejamento da ação didática
 
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptxApresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
Apresentação_detalhada_e_aberta__Acomp._Aprendizagens.pptx
 
Planejamento Educacao Física
Planejamento Educacao FísicaPlanejamento Educacao Física
Planejamento Educacao Física
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisica
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisica
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamento
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
 
Caderno de registro 1º tempo formativo revisado
Caderno de registro  1º tempo formativo revisadoCaderno de registro  1º tempo formativo revisado
Caderno de registro 1º tempo formativo revisado
 
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemDidática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Avaliacao diagnostica-4ºano
Avaliacao diagnostica-4ºanoAvaliacao diagnostica-4ºano
Avaliacao diagnostica-4ºano
 
PROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptx
PROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptxPROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptx
PROGRAMA DE AÇÃO PEI GLAUBER Evidência 24-10.pptx
 
Projeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdf
Projeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdfProjeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdf
Projeto_MAIA_Abacao_julho2021.pdf
 
OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...
OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...
OT História: Anos finais do Ensino Fundamental - Habilidades (planejamento, a...
 
[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx
[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx
[Bloco 8.1] Oficina Guia de Aprendizagem.pptx
 

Mais de Maria Pedro Silva

Pps avaliação - técnicas e instrumentos de avaliação
Pps   avaliação - técnicas e instrumentos de avaliaçãoPps   avaliação - técnicas e instrumentos de avaliação
Pps avaliação - técnicas e instrumentos de avaliação
Maria Pedro Silva
 
Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...
Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...
Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...
Maria Pedro Silva
 
Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDI...
Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS  APRENDI...Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS  APRENDI...
Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDI...
Maria Pedro Silva
 
Módulo 0[2ªedição OF]
Módulo 0[2ªedição OF]Módulo 0[2ªedição OF]
Módulo 0[2ªedição OF]
Maria Pedro Silva
 
2ª edição oficina de formação
2ª edição oficina de formação2ª edição oficina de formação
2ª edição oficina de formação
Maria Pedro Silva
 
MÓDULO1: conceptualizações de avaliação
MÓDULO1: conceptualizações de avaliaçãoMÓDULO1: conceptualizações de avaliação
MÓDULO1: conceptualizações de avaliação
Maria Pedro Silva
 
Módulo 0
Módulo 0Módulo 0
Cartaz formação[final]
Cartaz formação[final]Cartaz formação[final]
Cartaz formação[final]
Maria Pedro Silva
 

Mais de Maria Pedro Silva (8)

Pps avaliação - técnicas e instrumentos de avaliação
Pps   avaliação - técnicas e instrumentos de avaliaçãoPps   avaliação - técnicas e instrumentos de avaliação
Pps avaliação - técnicas e instrumentos de avaliação
 
Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...
Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...
Avaliação PARA as aprendizagens dos alunos do 1º e 2º CEB: contributos de uma...
 
Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDI...
Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS  APRENDI...Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS  APRENDI...
Módulo 3 - REFERENCIAL, TÉCNICAS E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA AS APRENDI...
 
Módulo 0[2ªedição OF]
Módulo 0[2ªedição OF]Módulo 0[2ªedição OF]
Módulo 0[2ªedição OF]
 
2ª edição oficina de formação
2ª edição oficina de formação2ª edição oficina de formação
2ª edição oficina de formação
 
MÓDULO1: conceptualizações de avaliação
MÓDULO1: conceptualizações de avaliaçãoMÓDULO1: conceptualizações de avaliação
MÓDULO1: conceptualizações de avaliação
 
Módulo 0
Módulo 0Módulo 0
Módulo 0
 
Cartaz formação[final]
Cartaz formação[final]Cartaz formação[final]
Cartaz formação[final]
 

Módulo 2: Avaliação das aprendizagens em Ciências: que referencial?