SlideShare uma empresa Scribd logo
MÍDIAS NA EDUCAÇÃO
Em  comunicação,   mídia   ou   media  (um termo derivado do latim medium, meio e media, meios) são os canais ou ferramentas usadas para armazenamento e transmissão de informação ou dados. Mídia muitas vezes é usado como sinônimo de meios de comunicação de massa ou agências de notícias, mas pode se referir a um único meio utilizado para comunicar os dados para qualquer finalidade. CONCEITO
O início da comunicação humana através de canais artificiais, ou seja, não através da vocalização ou gestos, remonta às pinturas rupestres antigas, aos mapas e à escrita.
A adoção de um meio de comunicação dominante foi importante o suficiente para que os historiadores tenham dividido a história da civilização em "idades", segundo o meio mais amplamente utilizado. Um livro intitulado Five EpochsofCivilization, de William McGaughey (Thistlerose, 2000), divide a história nas seguintes etapas: a escrita ideográfica produziu a primeira civilização; a escrita alfabética, a segunda; a impressão, a terceira; o registro e difusão elétricos, a quarta; e a comunicação por computador, a quinta civilização. A mídia afeta o que as pessoas pensam sobre si mesmas e como elas percebem as outras pessoas. O que pensamos sobre nossa auto-imagem e que imaginamos que os outros deveriam ser, vem através da mídia.
Embora se possa argumentar que essas "épocas" são apenas uma teoria de um historiador, a comunicação digital por computador mostra evidências de mudar concretamente a forma como os seres humanos se organizam. As últimas tendências em comunicação, denominada smartmobbing, envolve a organização local através de dispositivos móveis, permitindo a comunicação eficiente na forma muitos-para-muitos e a criação de redes sociais.
Mídia Eletrônica No último século a revolução no setor das telecomunicações alterou profundamente a comunicação, proporcionando novos meios de comunicação de longa distância. A primeira transmissão transatlântica de rádio em duas vias ocorreu em 1906 e levou ao desenvolvimento da comunicação comum por suportes analógicos e digitais.
Telecomunicações analógicas incluem a telefonia tradicional, o rádio e a TV. As telecomunicações digitais permitem a comunicação mediada por computador, a telegrafia e redes de computadores. Os meios de comunicação modernos permitem agora intensas trocas de longa distância entre grandes números de pessoas (e-mail, fóruns de internet e entrega à distância). Por outro lado, muitos meios de difusão tradicionais e meios de comunicação de massa favorecem a forma de comunicação um-para-muitos (televisão, cinema, rádio, jornais, revistas).
Impacto social A tecnologia da mídia tem tornado a comunicação cada vez mais fácil. Hoje as crianças são incentivadas a utilizar meios de comunicação na escola e devem ter uma compreensão geral das diversas tecnologias disponíveis. A internet é sem dúvida uma das ferramentas mais eficazes na mídia de comunicação. Ferramentas como o e-mail, MSN, Facebook, etc, tornaram as pessoas mais próximas e criaram novas comunidades online. No entanto, alguns podem argumentar que certos tipos de mídia podem dificultar a comunicação face-a-face e, portanto, podem resultar em complicações como a fraude de identidade.
Em uma sociedade largamente consumista, os meios eletrônicos (como TV) e mídia impressa (como jornais) são importantes para a distribuição de mídia da propaganda. Sociedades mais tecnologicamente avançadas têm acesso a bens e serviços através de meios de comunicação mais novos que as sociedades menos avançadas tecnologicamente.
A mídia, através dos meios de comunicação e psicologia, ajudou a interligar diversas pessoas de longe e de perto. Também contribuiu para os negócios on-line e outras atividades que têm uma versão on-line. Todos os meios destinados a afetar o comportamento humano são iniciados através da comunicação e o comportamento esperado tem fundamento na psicologia. Portanto, a compreensão da psicologia dos meios de comunicação e da mídia é fundamental para a compreensão dos efeitos sociais e individuais da mídia. O campo em expansão da psicologia dos meios de comunicação e da mídia combina essas disciplinas estabelecidas de uma forma inovadora.
Mudanças em timing baseadas na inovação e eficiência podem não ter uma correlação direta com a tecnologia. A revolução da informação é baseada em avanços modernos. Durante o século XIX o boom da informação surgiu através dos avanços nos sistemas postais, o aumento na acessibilidade aos jornais, assim como da fundação das escolas modernas. Esses avanços só foram ossíveis porque aumentou o número de pessoas alfabetizadas e educadas. A metodologia da comunicação, contudo, mudou e se dispersou em várias direções conforme os motivos do seu impacto sociocultural. O chamado "efeito sociopsicomidiático", cunhado pela mídia e pelo psicólogo Bernard Luskin, aplica-se às implicações socioculturais dos meios de comunicação para a sociedade e comportamento humano.
Mídias na educação “A simples introdução dos meios e das tecnologias na escola pode ser a forma mais enganosa de ocultar seus problemas de fundo sob a égide da modernização tecnológica. O desafio é como inserir na escola um ecossistema comunicativo que contemple ao mesmo tempo: experiências culturais heterogêneas, o entorno das novas tecnologias da informação e da comunicação, além de configurar o espaço educacional como um lugar onde o processo de aprendizagem conserve seu encanto”.
As mídiaseducam Estamos deslumbrados com o computador e a Internet na escola e vamos deixando de lado a televisão e o vídeo, como se já estivessem ultrapassados, não fossem mais tão importantes ou como se já dominássemos suas linguagens e sua utilização na educação.
A televisão, o cinema e o vídeo, CD ou DVD         os meios de comunicação audiovisuais desempenham, indiretamente, um papel educacional relevante. Passam-nos continuamente informações, interpretadas; mostram-nos modelos de comportamento, ensinam-nos linguagens coloquiais e multimídia e privilegiam alguns valores em detrimento de outros.
A informação e a forma de ver o mundo predominantes no Brasil provêm fundamentalmente da televisão. Ela alimenta e atualiza o universo sensorial, afetivo e ético que crianças e jovens – e grande parte dos adultos - levam a para sala de aula. Como a TV o faz de forma mais despretensiosa e sedutora, é muito mais difícil para o educador contrapor uma visão mais crítica, um universo mais  mais abstrato, complexo e na contra-mão da maioria como a escola se propõe a fazer.
A TV fala da vida, do presente, dos problemas afetivos - a fala da escola é muito distante e intelectualizada - e fala de forma impactante e sedutora - a escola, em geral, é mais cansativa, concorda?. O que tentamos contrapor na sala de aula, de forma desorganizada e monótona, aos modelos consumistas vigentes, a televisão, o cinema, as revistas de variedades e muitas páginas da Internet o desfazem nas horas seguintes. Nós mesmos como educadores e telespectadores sentimos na pele a esquizofrenia das visões contraditórias de mundo e das narrativas (formas de contar) tão diferentes dos meios de comunicação e da escola.
Percebeu que na procura desesperada pela audiência imediata e fiel, os meios de comunicação desenvolvem estratégias e fórmulas de sedução mais e mais aperfeiçoadas: o ritmo alucinante das transmissões ao vivo, a linguagem concreta, plástica, visível?. Mexem com o emocional, com as nossas fantasias, desejos, instintos. Passam com incrível facilidade do real para o imaginário, aproximando-os em fórmulas integradoras, como nas telenovelas.
Em síntese, os Meios são interlocutores constantes e reconhecidos, porque competentes, da maioria da população, especialmente da infantil. Esse reconhecimento significa que os processos educacionais convencionais e formais como a escola não podem voltar as costas para os meios, para esta iconosfera tão atraente e, em consequência, tão eficiente. A maior parte do referencial do mundo de crianças e jovens provém da televisão. Ela fala da vida, do presente, dos problemas afetivos - a escola é muito distante e abstrata - e fala de forma viva e sedutora - a escola, em geral, é mais cansativa.
Precisamos, em consequência, estabelecer pontes efetivas entre educadores e meios de comunicação. Educar os educadores para que, junto com os seus alunos, compreendam melhor o fascinante processo de troca, de informação-ocultamento-sedução, os códigos polivalentes e suas mensagens. Educar para compreender melhor seu significado dentro da nossa sociedade, para ajudar na sua democratização, onde cada pessoa possa exercer integralmente a sua cidadania.
Em que níveis pode ser pensada a relação Comunicação, Meios de Comunicação e Escola? Entendemos que esta pode ser pensada em três níveis: 1.      organizacional 2.      de conteúdo 3.      comunicacional
- no nívelorganizacional: umaescolamaisparticipativa, menoscentralizadora, menosautoritária, maisadaptada a cadaindivíduo. Para isso, é importantecomparar o nível do discurso - do que se dizou se escreve - com a práxis - com as efetivasexpressões de participação. - no nível de conteúdo: umaescolaquefalemaisdavida, dos problemasqueafligemosjovens. Tem queprepararpara o futuro, estandosintonizada com o presente. É importantebuscarnosmeios de comunicaçãoabordagens do quotidiano e incorporá-lascriteriosamentenasaulas. - no nívelcomunicacional: conhecer e incorporartodas as linguagens e técnicasutilizadaspelohomemcontemporâneo. Valorizar as linguagensaudiovisuais, junto com as convencionais.
A escola precisa exercitar as novas linguagens que sensibilizam e motivam os alunos, e também combinar pesquisas escritas com trabalhos de dramatização, de entrevista gravada, propondo formatos atuais como um programa de rádio uma reportagem para um jornal, um vídeo, onde for possível. A motivação dos alunos aumenta significativamente quando realizam pesquisas, onde se possam expressar em formato e códigos mais próximos da sua sensibilidade. Mesmo uma pesquisa escrita, se o aluno puder utilizar o computador, adquire uma nova dimensão e, fundamentalmente, não muda a proposta inicial.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E Biblioteca
Cultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E BibliotecaCultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E Biblioteca
Cultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E Biblioteca
Cassia Furtado
 
Tema 3 media
Tema 3   mediaTema 3   media
Tema 3 media
Cristina Muñoz
 
Macro
 Macro Macro
Os Media e a Educação
Os Media e a EducaçãoOs Media e a Educação
Os Media e a Educação
Maria Araújo
 
Comunidades de aprendizagem rede
Comunidades de aprendizagem redeComunidades de aprendizagem rede
Comunidades de aprendizagem rede
Marilene dos Santos
 
Educomunicando novos pátios
Educomunicando novos pátiosEducomunicando novos pátios
Educomunicando novos pátios
Antonia Alves
 
Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras
Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteirasMídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras
Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras
Pimenta Cultural
 
Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)
Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)
Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)
SEDUCCE
 
Educação para os media
Educação para os mediaEducação para os media
Educação para os media
Celestino Joanguete
 
Ensaio pco sandra melro
Ensaio pco sandra melroEnsaio pco sandra melro
Ensaio pco sandra melro
MNE
 
Tecnologiascomoveculodecomunicao
TecnologiascomoveculodecomunicaoTecnologiascomoveculodecomunicao
Tecnologiascomoveculodecomunicao
Pelo Siro
 
O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE INDÚSTRIA CULTURAL E...
O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE  INDÚSTRIA CULTURAL E...O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE  INDÚSTRIA CULTURAL E...
O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE INDÚSTRIA CULTURAL E...
Marcos Rosendo
 
Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...
Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...
Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...
Julia Travaglini
 
LP-Tic2
LP-Tic2LP-Tic2
LP-Tic2
anainesbg
 
Gt16 6325--int
Gt16 6325--intGt16 6325--int
Gt16 6325--int
Alásia Ramos
 
Artigo Interatividade
Artigo InteratividadeArtigo Interatividade
Artigo Interatividade
andreivny
 
A informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadã
A informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadãA informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadã
A informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadã
Glaucia Almeida Reis
 
As Novas Tecnologias
As Novas TecnologiasAs Novas Tecnologias
As Novas Tecnologias
Ana Patricia Baltazar
 

Mais procurados (18)

Cultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E Biblioteca
Cultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E BibliotecaCultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E Biblioteca
Cultura Da Convergencia, Lileracia Dos Media E Biblioteca
 
Tema 3 media
Tema 3   mediaTema 3   media
Tema 3 media
 
Macro
 Macro Macro
Macro
 
Os Media e a Educação
Os Media e a EducaçãoOs Media e a Educação
Os Media e a Educação
 
Comunidades de aprendizagem rede
Comunidades de aprendizagem redeComunidades de aprendizagem rede
Comunidades de aprendizagem rede
 
Educomunicando novos pátios
Educomunicando novos pátiosEducomunicando novos pátios
Educomunicando novos pátios
 
Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras
Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteirasMídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras
Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras
 
Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)
Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)
Aula01 topico02 texto01_cibercultura_e_educacao (1)
 
Educação para os media
Educação para os mediaEducação para os media
Educação para os media
 
Ensaio pco sandra melro
Ensaio pco sandra melroEnsaio pco sandra melro
Ensaio pco sandra melro
 
Tecnologiascomoveculodecomunicao
TecnologiascomoveculodecomunicaoTecnologiascomoveculodecomunicao
Tecnologiascomoveculodecomunicao
 
O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE INDÚSTRIA CULTURAL E...
O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE  INDÚSTRIA CULTURAL E...O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE  INDÚSTRIA CULTURAL E...
O ENTRECRUZAR DAS MÍDIAS COM OS CONCEITOS ADORNIANOS DE INDÚSTRIA CULTURAL E...
 
Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...
Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...
Os elementos da teoria da comunicação aplicados à publicidade online - Teoria...
 
LP-Tic2
LP-Tic2LP-Tic2
LP-Tic2
 
Gt16 6325--int
Gt16 6325--intGt16 6325--int
Gt16 6325--int
 
Artigo Interatividade
Artigo InteratividadeArtigo Interatividade
Artigo Interatividade
 
A informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadã
A informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadãA informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadã
A informática educativa no aprendizado digital infantil e na prática cidadã
 
As Novas Tecnologias
As Novas TecnologiasAs Novas Tecnologias
As Novas Tecnologias
 

Destaque

Musicogrames danubio azul
Musicogrames danubio azulMusicogrames danubio azul
Musicogrames danubio azulelisabet05
 
Apostila do power point
Apostila do power pointApostila do power point
4ecaopadina movie
4ecaopadina movie 4ecaopadina movie
4ecaopadina movie
kclime
 
Ponce ramirezpresentacion2
Ponce ramirezpresentacion2Ponce ramirezpresentacion2
Ponce ramirezpresentacion2
Sandy Balam May
 
4ecamahantmovie
4ecamahantmovie4ecamahantmovie
4ecamahantmoviekclime
 
Aula cancro
Aula cancroAula cancro
Aula cancro
Hugo Sousa
 
eSalsabeel-Muharram-1434
eSalsabeel-Muharram-1434eSalsabeel-Muharram-1434
eSalsabeel-Muharram-1434
EMagazine ESalsabeel
 
Portfolio Copywriter
Portfolio CopywriterPortfolio Copywriter
Portfolio Copywriter
Ricardo Daniel
 

Destaque (9)

Musicogrames danubio azul
Musicogrames danubio azulMusicogrames danubio azul
Musicogrames danubio azul
 
Asmaa
AsmaaAsmaa
Asmaa
 
Apostila do power point
Apostila do power pointApostila do power point
Apostila do power point
 
4ecaopadina movie
4ecaopadina movie 4ecaopadina movie
4ecaopadina movie
 
Ponce ramirezpresentacion2
Ponce ramirezpresentacion2Ponce ramirezpresentacion2
Ponce ramirezpresentacion2
 
4ecamahantmovie
4ecamahantmovie4ecamahantmovie
4ecamahantmovie
 
Aula cancro
Aula cancroAula cancro
Aula cancro
 
eSalsabeel-Muharram-1434
eSalsabeel-Muharram-1434eSalsabeel-Muharram-1434
eSalsabeel-Muharram-1434
 
Portfolio Copywriter
Portfolio CopywriterPortfolio Copywriter
Portfolio Copywriter
 

Semelhante a Mídias na educação

Influ
InfluInflu
Tecnologia e midia
Tecnologia e midiaTecnologia e midia
A influência dos novos media na educação
A influência dos novos media na educaçãoA influência dos novos media na educação
A influência dos novos media na educação
Maria Simões
 
As mídias na educação
As mídias na educaçãoAs mídias na educação
As mídias na educação
Mayam Andrade
 
Disciplina Tecnologias curso de Serviço Social
Disciplina Tecnologias curso de Serviço SocialDisciplina Tecnologias curso de Serviço Social
Disciplina Tecnologias curso de Serviço Social
Secretaria de Educação e Cultura - SEMEC aAcari
 
Profuncionario mod.10
Profuncionario mod.10Profuncionario mod.10
Profuncionario mod.10
Madalena Buscarioli
 
Actividade Blogue Final
Actividade Blogue FinalActividade Blogue Final
Actividade Blogue Final
ascotas
 
Ensino, multimídia
Ensino, multimídiaEnsino, multimídia
Ensino, multimídia
sergioborgato
 
Ensino, multimídia
Ensino, multimídiaEnsino, multimídia
Ensino, multimídia
sergioborgato
 
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
Keila Carvalho
 
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EAD
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EADA unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EAD
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EAD
Keila Carvalho
 
A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem
A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagemA importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem
A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem
valdeniDinamizador
 
Educomunicação
EducomunicaçãoEducomunicação
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdfCLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
Manuela Isidro
 
Mídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptxMídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptx
eron7
 
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
Keila Carvalho
 
Educação a distância e educação online
Educação a distância e educação onlineEducação a distância e educação online
Educação a distância e educação online
Luzia13
 
Educação e Sociedadade Midiática
Educação e Sociedadade MidiáticaEducação e Sociedadade Midiática
Educação e Sociedadade Midiática
AlexandreMagnum
 
"À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu...
"À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu..."À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu...
"À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu...
TCE
 
Tecnologias-Mídias na Educação
Tecnologias-Mídias na EducaçãoTecnologias-Mídias na Educação
Tecnologias-Mídias na Educação
161913
 

Semelhante a Mídias na educação (20)

Influ
InfluInflu
Influ
 
Tecnologia e midia
Tecnologia e midiaTecnologia e midia
Tecnologia e midia
 
A influência dos novos media na educação
A influência dos novos media na educaçãoA influência dos novos media na educação
A influência dos novos media na educação
 
As mídias na educação
As mídias na educaçãoAs mídias na educação
As mídias na educação
 
Disciplina Tecnologias curso de Serviço Social
Disciplina Tecnologias curso de Serviço SocialDisciplina Tecnologias curso de Serviço Social
Disciplina Tecnologias curso de Serviço Social
 
Profuncionario mod.10
Profuncionario mod.10Profuncionario mod.10
Profuncionario mod.10
 
Actividade Blogue Final
Actividade Blogue FinalActividade Blogue Final
Actividade Blogue Final
 
Ensino, multimídia
Ensino, multimídiaEnsino, multimídia
Ensino, multimídia
 
Ensino, multimídia
Ensino, multimídiaEnsino, multimídia
Ensino, multimídia
 
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
 
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EAD
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EADA unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EAD
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a Pedagogia de Tansmissão e a EAD
 
A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem
A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagemA importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem
A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem
 
Educomunicação
EducomunicaçãoEducomunicação
Educomunicação
 
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdfCLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
CLC5.Caderno n.º 1.Meios de Comunicação.pdf
 
Mídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptxMídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptx
 
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
A unidirecionalidade dos meios de comunicação, a pedagogia de transmissão e a...
 
Educação a distância e educação online
Educação a distância e educação onlineEducação a distância e educação online
Educação a distância e educação online
 
Educação e Sociedadade Midiática
Educação e Sociedadade MidiáticaEducação e Sociedadade Midiática
Educação e Sociedadade Midiática
 
"À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu...
"À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu..."À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu...
"À modernidade dos Media deve Responder a da Educação" CAP.6 do Livro Curricu...
 
Tecnologias-Mídias na Educação
Tecnologias-Mídias na EducaçãoTecnologias-Mídias na Educação
Tecnologias-Mídias na Educação
 

Mais de Fundação Educacionbal Unificada Campograndense

Tv 2013
Tv 2013Tv 2013
Instrumental
InstrumentalInstrumental
Instrumental
InstrumentalInstrumental
Instrumental
InstrumentalInstrumental
Noite da gafieira
Noite da gafieiraNoite da gafieira
Aula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambientalAula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambiental
Fundação Educacionbal Unificada Campograndense
 
Os benéficios das inovações tecnologicas em sala de aula
Os benéficios das inovações tecnologicas em sala de aulaOs benéficios das inovações tecnologicas em sala de aula
Os benéficios das inovações tecnologicas em sala de aula
Fundação Educacionbal Unificada Campograndense
 
Internet em pdf
Internet em pdfInternet em pdf
Manual do hot potatoes
Manual do hot potatoesManual do hot potatoes
Manual moodle para profesores
Manual moodle para profesoresManual moodle para profesores
Manual moodle para profesores
Manual moodle para profesoresManual moodle para profesores
Manual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodleManual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodleManual do aluno_moodle
Introdução ao moodle
Introdução ao moodleIntrodução ao moodle
Cartazete a3 jazz
Cartazete a3 jazzCartazete a3 jazz
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educaçãoTecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Fundação Educacionbal Unificada Campograndense
 
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educaçãoTecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Fundação Educacionbal Unificada Campograndense
 
Office excell
Office excellOffice excell
John coltrane
John coltraneJohn coltrane
Player de mídia hd
Player de mídia hdPlayer de mídia hd

Mais de Fundação Educacionbal Unificada Campograndense (20)

Tv 2013
Tv 2013Tv 2013
Tv 2013
 
Instrumental
InstrumentalInstrumental
Instrumental
 
Instrumental
InstrumentalInstrumental
Instrumental
 
Instrumental
InstrumentalInstrumental
Instrumental
 
Noite da gafieira
Noite da gafieiraNoite da gafieira
Noite da gafieira
 
Aula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambientalAula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambiental
 
Os benéficios das inovações tecnologicas em sala de aula
Os benéficios das inovações tecnologicas em sala de aulaOs benéficios das inovações tecnologicas em sala de aula
Os benéficios das inovações tecnologicas em sala de aula
 
Internet em pdf
Internet em pdfInternet em pdf
Internet em pdf
 
Manual do hot potatoes
Manual do hot potatoesManual do hot potatoes
Manual do hot potatoes
 
Manual moodle para profesores
Manual moodle para profesoresManual moodle para profesores
Manual moodle para profesores
 
Manual moodle para profesores
Manual moodle para profesoresManual moodle para profesores
Manual moodle para profesores
 
Manual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodleManual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodle
 
Manual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodleManual do aluno_moodle
Manual do aluno_moodle
 
Introdução ao moodle
Introdução ao moodleIntrodução ao moodle
Introdução ao moodle
 
Cartazete a3 jazz
Cartazete a3 jazzCartazete a3 jazz
Cartazete a3 jazz
 
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educaçãoTecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
 
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educaçãoTecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
Tecnologia de informação e comunicação aplicada à educação
 
Office excell
Office excellOffice excell
Office excell
 
John coltrane
John coltraneJohn coltrane
John coltrane
 
Player de mídia hd
Player de mídia hdPlayer de mídia hd
Player de mídia hd
 

Último

epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 

Último (20)

epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 

Mídias na educação

  • 2. Em comunicação,   mídia  ou  media  (um termo derivado do latim medium, meio e media, meios) são os canais ou ferramentas usadas para armazenamento e transmissão de informação ou dados. Mídia muitas vezes é usado como sinônimo de meios de comunicação de massa ou agências de notícias, mas pode se referir a um único meio utilizado para comunicar os dados para qualquer finalidade. CONCEITO
  • 3. O início da comunicação humana através de canais artificiais, ou seja, não através da vocalização ou gestos, remonta às pinturas rupestres antigas, aos mapas e à escrita.
  • 4. A adoção de um meio de comunicação dominante foi importante o suficiente para que os historiadores tenham dividido a história da civilização em "idades", segundo o meio mais amplamente utilizado. Um livro intitulado Five EpochsofCivilization, de William McGaughey (Thistlerose, 2000), divide a história nas seguintes etapas: a escrita ideográfica produziu a primeira civilização; a escrita alfabética, a segunda; a impressão, a terceira; o registro e difusão elétricos, a quarta; e a comunicação por computador, a quinta civilização. A mídia afeta o que as pessoas pensam sobre si mesmas e como elas percebem as outras pessoas. O que pensamos sobre nossa auto-imagem e que imaginamos que os outros deveriam ser, vem através da mídia.
  • 5. Embora se possa argumentar que essas "épocas" são apenas uma teoria de um historiador, a comunicação digital por computador mostra evidências de mudar concretamente a forma como os seres humanos se organizam. As últimas tendências em comunicação, denominada smartmobbing, envolve a organização local através de dispositivos móveis, permitindo a comunicação eficiente na forma muitos-para-muitos e a criação de redes sociais.
  • 6. Mídia Eletrônica No último século a revolução no setor das telecomunicações alterou profundamente a comunicação, proporcionando novos meios de comunicação de longa distância. A primeira transmissão transatlântica de rádio em duas vias ocorreu em 1906 e levou ao desenvolvimento da comunicação comum por suportes analógicos e digitais.
  • 7. Telecomunicações analógicas incluem a telefonia tradicional, o rádio e a TV. As telecomunicações digitais permitem a comunicação mediada por computador, a telegrafia e redes de computadores. Os meios de comunicação modernos permitem agora intensas trocas de longa distância entre grandes números de pessoas (e-mail, fóruns de internet e entrega à distância). Por outro lado, muitos meios de difusão tradicionais e meios de comunicação de massa favorecem a forma de comunicação um-para-muitos (televisão, cinema, rádio, jornais, revistas).
  • 8. Impacto social A tecnologia da mídia tem tornado a comunicação cada vez mais fácil. Hoje as crianças são incentivadas a utilizar meios de comunicação na escola e devem ter uma compreensão geral das diversas tecnologias disponíveis. A internet é sem dúvida uma das ferramentas mais eficazes na mídia de comunicação. Ferramentas como o e-mail, MSN, Facebook, etc, tornaram as pessoas mais próximas e criaram novas comunidades online. No entanto, alguns podem argumentar que certos tipos de mídia podem dificultar a comunicação face-a-face e, portanto, podem resultar em complicações como a fraude de identidade.
  • 9. Em uma sociedade largamente consumista, os meios eletrônicos (como TV) e mídia impressa (como jornais) são importantes para a distribuição de mídia da propaganda. Sociedades mais tecnologicamente avançadas têm acesso a bens e serviços através de meios de comunicação mais novos que as sociedades menos avançadas tecnologicamente.
  • 10. A mídia, através dos meios de comunicação e psicologia, ajudou a interligar diversas pessoas de longe e de perto. Também contribuiu para os negócios on-line e outras atividades que têm uma versão on-line. Todos os meios destinados a afetar o comportamento humano são iniciados através da comunicação e o comportamento esperado tem fundamento na psicologia. Portanto, a compreensão da psicologia dos meios de comunicação e da mídia é fundamental para a compreensão dos efeitos sociais e individuais da mídia. O campo em expansão da psicologia dos meios de comunicação e da mídia combina essas disciplinas estabelecidas de uma forma inovadora.
  • 11. Mudanças em timing baseadas na inovação e eficiência podem não ter uma correlação direta com a tecnologia. A revolução da informação é baseada em avanços modernos. Durante o século XIX o boom da informação surgiu através dos avanços nos sistemas postais, o aumento na acessibilidade aos jornais, assim como da fundação das escolas modernas. Esses avanços só foram ossíveis porque aumentou o número de pessoas alfabetizadas e educadas. A metodologia da comunicação, contudo, mudou e se dispersou em várias direções conforme os motivos do seu impacto sociocultural. O chamado "efeito sociopsicomidiático", cunhado pela mídia e pelo psicólogo Bernard Luskin, aplica-se às implicações socioculturais dos meios de comunicação para a sociedade e comportamento humano.
  • 12. Mídias na educação “A simples introdução dos meios e das tecnologias na escola pode ser a forma mais enganosa de ocultar seus problemas de fundo sob a égide da modernização tecnológica. O desafio é como inserir na escola um ecossistema comunicativo que contemple ao mesmo tempo: experiências culturais heterogêneas, o entorno das novas tecnologias da informação e da comunicação, além de configurar o espaço educacional como um lugar onde o processo de aprendizagem conserve seu encanto”.
  • 13. As mídiaseducam Estamos deslumbrados com o computador e a Internet na escola e vamos deixando de lado a televisão e o vídeo, como se já estivessem ultrapassados, não fossem mais tão importantes ou como se já dominássemos suas linguagens e sua utilização na educação.
  • 14. A televisão, o cinema e o vídeo, CD ou DVD os meios de comunicação audiovisuais desempenham, indiretamente, um papel educacional relevante. Passam-nos continuamente informações, interpretadas; mostram-nos modelos de comportamento, ensinam-nos linguagens coloquiais e multimídia e privilegiam alguns valores em detrimento de outros.
  • 15. A informação e a forma de ver o mundo predominantes no Brasil provêm fundamentalmente da televisão. Ela alimenta e atualiza o universo sensorial, afetivo e ético que crianças e jovens – e grande parte dos adultos - levam a para sala de aula. Como a TV o faz de forma mais despretensiosa e sedutora, é muito mais difícil para o educador contrapor uma visão mais crítica, um universo mais  mais abstrato, complexo e na contra-mão da maioria como a escola se propõe a fazer.
  • 16. A TV fala da vida, do presente, dos problemas afetivos - a fala da escola é muito distante e intelectualizada - e fala de forma impactante e sedutora - a escola, em geral, é mais cansativa, concorda?. O que tentamos contrapor na sala de aula, de forma desorganizada e monótona, aos modelos consumistas vigentes, a televisão, o cinema, as revistas de variedades e muitas páginas da Internet o desfazem nas horas seguintes. Nós mesmos como educadores e telespectadores sentimos na pele a esquizofrenia das visões contraditórias de mundo e das narrativas (formas de contar) tão diferentes dos meios de comunicação e da escola.
  • 17. Percebeu que na procura desesperada pela audiência imediata e fiel, os meios de comunicação desenvolvem estratégias e fórmulas de sedução mais e mais aperfeiçoadas: o ritmo alucinante das transmissões ao vivo, a linguagem concreta, plástica, visível?. Mexem com o emocional, com as nossas fantasias, desejos, instintos. Passam com incrível facilidade do real para o imaginário, aproximando-os em fórmulas integradoras, como nas telenovelas.
  • 18. Em síntese, os Meios são interlocutores constantes e reconhecidos, porque competentes, da maioria da população, especialmente da infantil. Esse reconhecimento significa que os processos educacionais convencionais e formais como a escola não podem voltar as costas para os meios, para esta iconosfera tão atraente e, em consequência, tão eficiente. A maior parte do referencial do mundo de crianças e jovens provém da televisão. Ela fala da vida, do presente, dos problemas afetivos - a escola é muito distante e abstrata - e fala de forma viva e sedutora - a escola, em geral, é mais cansativa.
  • 19. Precisamos, em consequência, estabelecer pontes efetivas entre educadores e meios de comunicação. Educar os educadores para que, junto com os seus alunos, compreendam melhor o fascinante processo de troca, de informação-ocultamento-sedução, os códigos polivalentes e suas mensagens. Educar para compreender melhor seu significado dentro da nossa sociedade, para ajudar na sua democratização, onde cada pessoa possa exercer integralmente a sua cidadania.
  • 20. Em que níveis pode ser pensada a relação Comunicação, Meios de Comunicação e Escola? Entendemos que esta pode ser pensada em três níveis: 1. organizacional 2. de conteúdo 3. comunicacional
  • 21. - no nívelorganizacional: umaescolamaisparticipativa, menoscentralizadora, menosautoritária, maisadaptada a cadaindivíduo. Para isso, é importantecomparar o nível do discurso - do que se dizou se escreve - com a práxis - com as efetivasexpressões de participação. - no nível de conteúdo: umaescolaquefalemaisdavida, dos problemasqueafligemosjovens. Tem queprepararpara o futuro, estandosintonizada com o presente. É importantebuscarnosmeios de comunicaçãoabordagens do quotidiano e incorporá-lascriteriosamentenasaulas. - no nívelcomunicacional: conhecer e incorporartodas as linguagens e técnicasutilizadaspelohomemcontemporâneo. Valorizar as linguagensaudiovisuais, junto com as convencionais.
  • 22. A escola precisa exercitar as novas linguagens que sensibilizam e motivam os alunos, e também combinar pesquisas escritas com trabalhos de dramatização, de entrevista gravada, propondo formatos atuais como um programa de rádio uma reportagem para um jornal, um vídeo, onde for possível. A motivação dos alunos aumenta significativamente quando realizam pesquisas, onde se possam expressar em formato e códigos mais próximos da sua sensibilidade. Mesmo uma pesquisa escrita, se o aluno puder utilizar o computador, adquire uma nova dimensão e, fundamentalmente, não muda a proposta inicial.