SlideShare uma empresa Scribd logo
ciência
      EF
       SEGUNDA-FEIRA, 5 DE OUTUBRO DE 2009 ★                                                                   A20
                                                                                                                                     Tel.: 0/xx/11/3224-3726 Fax: 0/xx/11/3224-2285
                                                                                                                                     E-mail: ciencia@uol.com.br
                                                                                                                                     Serviço de atendimento ao assinante: 0800-775-8080
                                                                                                                                     Grande São Paulo 0/xx/11/3224-3090
                                                                                                                                     Ombudsman: ombudsman@uol.com.br
                                                                                                                                                                                                                                                                                     NO BLOG
                                                                                                                                                                                                                                                                                     PESQUISADOR CHINÊS FALA SOBRE
                                                                                                                                                                                                                                                                                     DINOSSAURO QUE PODE COMPROVAR
                                                                                                                                                                                                                                                                                     ELO EVOLUTIVO COM AS AVES
                                                                                                                                                                                                                                                                                     laboratorio.folha. blog.uol.com.br




Brasileiroé80%europeu,indicaestudo
Dados de DNA das cinco regiões do país mostram impacto prevalente de ancestrais brancos, com indígenas em último
Características como cor da                                                                        os dados de DNA revelam, em-         pardos do que a população ge-                        DOMÍNIO EUROPEU
pele, dos olhos e dos cabelos                                                                      bora a gente não tenha levado        ral, embora nós não tenhamos
                                                                                                   isso em conta durante esse tra-      feito essa análise”, diz Pereira.
correspondem a pequena                                                                             balho em particular”, disse à           Para estimar as contribui-                        Confira as contribuições genéticas médias de cada continente para o Brasil
parte do legado genético                                                                           Folha Rinaldo Wellerson Pe-          ções relativas de europeus,
                                                                                                   reira, que coordenou o estudo.                                                            BRASIL,                                                   Europeus                                                REGIÕES,                                                                   Centro
que a população carrega                                                                                                                 africanos e indígenas, os pes-
                                                                                                     Embora os resultados sejam                                                              em %                                                                                                              em %     Norte Nordeste                                                    -Oeste                      Sudeste Sul
                                                                                                                                        quisadores usaram um conjun-
................................................................................................
REINALDO JOSÉ LOPES
                                                                                                   interessantes do ponto de vista      to de 28 SNPs (pronuncia-se                                                                                        77,1                                                 Europeus                             71,1                      77,5              69,5                       79,8                        87,7
                                                                                                   histórico e antropológico, o         “snips”), minúsculas variantes                            Africanos
DA REPORTAGEM LOCAL                                                                                                                                                                                      14,3                                                                                                   Africanos                            18,2                      13,6              18,7                       14,1                         7,0
                                                                                                   principal objetivo de Pereira e      genéticas que correspondem à                         Indígenas 8,5                                                                                                      Indígenas                            10,7                       8,9              11,8                        6,1                         5,3
   Um novo retrato das contri-                                                                     companhia é obter uma ideia          troca de uma única “letra” no
buições de cada etnia para o                                                                       mais clara da composição ge-         alfabeto químico do DNA. (Ca-
DNA dos brasileiros, obtido                                                                        nética da população como fer-        da pessoa carrega, em seu ge-
com amostras das cinco regiões                                                                     ramenta para entender corre-
                                                                                                                                                                                                                                                                                     Populaçãomestiçaexige mais
                                                                                                                                        noma, 3 bilhões de pares dessas
do país, indica que, em média,                                                                     lações entre o DNA e uma série       “letras”). Muitos SNPs são típi-
ancestrais europeus respon-                                                                        de doenças (leia texto à dir.).      cos de determinadas popula-
dem por quase 80% da herança
genética da população. A varia-
ção entre regiões é pequena,
                                                                                                     Sabe-se que todo tipo de mo-
                                                                                                   léstia pode ter relação com a
                                                                                                   ancestralidade do doente, mas
                                                                                                                                        ções do mundo, sendo bem
                                                                                                                                        mais frequentes em europeus                       Jáhouveestudos                                                                             cuidadoda ‘medicinaporDNA’
com a possível exceção do Sul,                                                                     os dados sobre a associação en-
                                                                                                                                        ou africanos, por exemplo.                        deassociaçãoge-                                                                            ................................................................................................
                                                                                                                                                                                                                                                                                     DA REPORTAGEM LOCAL
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        uma droga dessas no Brasil.
onde a contribuição europeia
chega perto dos 90%.
                                                                                                   tre uma coisa e outra disponí-
                                                                                                   veis hoje são, quase sempre, de      Pais postiços                                     néticacomgrupos                                                                               Os resultados obtidos pela
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        Não adianta uma pessoa ter
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        aparência africana para você
   Os resultados, publicados na                                                                    populações como europeus ou            A segunda fase da análise é                     definidoscomo                                                                              equipe de Brasília são mais                                                                        prever se ela vai responder ao
                                                                                                                                        comparar a presença desses 28
revista científica “American
Journal of Human Biology” por
                                                                                                   norte-americanos, nas quais a
                                                                                                   mistura étnica teve importân-        SNPs no DNA dos brasileiros                       ‘brasileirosbrancos                                                                        uma prova do cuidado necessá-
                                                                                                                                                                                                                                                                                     rio para estudar a associação
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        remédio. Não tem como saber
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        se ela possui o bendito alelo
uma equipe da Universidade                                                                         cia relativamente baixa. Daí a       estudados com a distribuição                      ebrasileirosne-                                                                            entre doenças e características                                                                    [variante genética] ligado àque-
                                                                                                                                        deles em populações “paren-
Católica de Brasília, dão mais
peso a resultados anteriores, os
                                                                                                   necessidade de conseguir da-
                                                                                                   dos originais no Brasil.             tais”, ou seja, que poderiam ser-                 gros’.Nofundo,es-                                                                          genéticas numa população mis-
                                                                                                                                                                                                                                                                                     cigenada como a brasileira.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        la resposta”, explica.

quais também mostravam que,                                                                          Os resultados foram obtidos        vir como uma versão simulada                      sasdefiniçõesnão                                                                              “Já houve estudos de asso-                                                                      Poucos genes
                                                                                                                                        dos grupos que se miscigena-
no Brasil, indicadores de apa-
rência física como cor da pele,
                                                                                                   com amostras de 200 pessoas,
                                                                                                   divididas em cinco grupos de         ram e deram origem à popula-                      queremdizerabso-                                                                           ciação genética com grupos de-
                                                                                                                                                                                                                                                                                     finidos como ‘brasileiros bran-
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          Se parece misterioso o fato
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        de que uma pessoa com biotipo
dos olhos e dos cabelos têm re-                                                                    mesmo tamanho, cada um de-           ção brasileira atual.                             lutamentenada.                                                                             cos e brasileiros negros’. No                                                                      africano tenha organismo
lativamente pouca relação com                                                                      les oriundo de zonas urbanas           Para isso, os pesquisadores                                                                                                                fundo, essas definições não                                                                        “branqueado” e ascendência
a ascendência de cada pessoa.                                                                      de uma das regiões do Brasil.        recorreram a amostras de DNA                                                                                                                 querem dizer absolutamente                                                                         predominantemente europeia,
                                                                                                   Os voluntários conseguiram na        de africanos (de Botsuana, Ca-                    Oque a gentevêé                                                                            nada”, afirma Pereira.                                                                             é preciso levar em conta o fato
Quem vê cara não vê DNA                                                                            Justiça o direito de ter seu         marões, Gana e Senegal), ame-                     um processode                                                                                 Em países como os EUA,                                                                          de que, até onde se sabe, são
   “No Brasil, a pigmentação da                                                                    DNA examinado gratuitamen-           ricanos de Chicago e Baltimore                                                                                                               conta ele, já chegaram ao mer-                                                                     poucas dezenas de genes (den-
pele está, em grande medida,                                                                       te em investigações de paterni-      com origem europeia e índios                      branqueamento                                                                              cado alguns medicamentos vol-                                                                      tre os 20 mil estimados para o
desacoplada da ancestralidade,                                                                     dade e assinaram formulários         zapotecas, do México.                             da população, que                                                                          tados de forma específica para                                                                     genoma humano como um to-
por conta do grau de miscige-                                                                      aprovando o uso do material            “Como os SNPs usados dis-                                                                                                                  os americanos de origem afri-                                                                      do) que coordenam as diferen-
nação. Em muitos casos, você                                                                       genético para a pesquisa.            criminam a ancestralidade em                      continua a ocorrer                                                                         cana, levando em conta o fato                                                                      ças de pele, cabelos e olhos.
percebe que há uma relação                                                                           “Como são pessoas que não          nível continental, essas popula-                  RINALDOPEREIRA                                                                             de que o organismo de pessoas                                                                        É por isso que uma contri-
muito fraca entre a autoidenti-                                                                    podiam pagar pelo exame, é           ções parentais são suficientes,                   professor da Universidade                                                                  de diferentes ascendências rea-                                                                    buição pequena das outras et-
ficação que a pessoa faz, dizen-                                                                   possível que a amostra conte-        embora não reflitam historica-                    Católica de Brasília                                                                       ge de maneira variada a certas                                                                     nias ainda caracteriza a aparên-
do-se branca ou negra, e o que                                                                     nha uma proporção maior de           mente as nossas”, diz Pereira.                                                                                                               substâncias. “Agora, imagine                                                                       cia de muitos brasileiros. (RJL)


                                                                                                                                                                                           PEQUENA TROMBA                                                                                                                                                                                  MUDANÇA CLIMÁTICA
                                                                                                                                                                                                                                                                                                               Mira Oberman/France Presse
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           Brasil terá meta
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           e a ‘cobrará’ do
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           mundo, diz Lula
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          .................................................................................
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          DA ENVIADA ESPECIAL A BRUXELAS

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             Sem definir números, o
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          Brasil se vê em posição de
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          “cobrar todo mundo” e
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          quer levar metas ambicio-
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          sas para a cúpula em Co-
                                                                                                                                                                                                 FOTO                                                                                                                                                                                     penhague que definirá um
                                                                                                                                                                                                 1.85                                                                                                                                                                                     novo tratado contra o
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          aquecimento global.
                                                                                                                                                                                                 25.0                                                                                                                                                                                        “Assumimos uma posi-
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          ção de liderança que nos
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          permitirá cobrar de todos,
                                                         Participe da Sabatina e faça                                                                                                                                                                                                                                                                                                     especialmente dos mais ri-
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          cos, metas de redução cla-
                                                  suas perguntas ao presidente da Petrobras,                                                                                                                                                                                                                                                                                              ras e ambiciosas”, afirmou
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          o presidente Lula ao lado
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          do premiê belga, Her-
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          mann Van Rompuy, que o

                                         JOSÉ SERGIO GABRIELLI                                                                                                                             Réplica do pequeno mamute no Museu Field, em Chicago
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          recebeu ontem.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             Segundo o chanceler
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          Celso Amorim, a mudança
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          climática foi o principal te-
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          ma do encontro. “[O Bra-
                                                                                                   13 de outubro, das 11h às 13h                                                           Bebê-mamute começa tour                                                                                                                                                                        sil] quer ir com números
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          claros, para que ninguém
                                                                                                                                                                                           mundial em museu dos EUA                                                                                                                                                                       possa se esconder atrás do
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          Brasil e o Brasil também
                                                                     Para participar, ligue (11) 3224-3473                                                                                ........................................................................................
                                                                                                                                                                                                                                                                                     restos do paquiderme.                                                                                não se esconda.”
                                                                                                                                                                                          DA FRANCE PRESSE
                                                                  (de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h)                                                                                                                                                                           Lyuba, que tinha cerca de                                                                             Mas o país ainda não co-
                                                                                                                                                                                            Três anos depois de ser                                                                  um mês de vida quando mor-                                                                           locou que números seriam
                                                           ou mande um e-mail para eventofolha@grupofolha.com.br,                                                                         descoberta praticamente in-                                                                reu afogada num rio de leito                                                                         esses. “O número com re-
                                                                        com seu nome, RG e telefone.                                                                                      tacta no solo congelado da                                                                 lodoso há 40 mil anos, já en-                                                                        lação a desmatamento es-
                                                                                                                                                                                          Sibéria, Lyuba, uma pequena                                                                sinou muita coisa sobre os                                                                           tá praticamente definido
                                                                                                                                                                                          fêmea de mamute, vai come-                                                                 mamutes aos pesquisadores,                                                                           [reduzir cerca de 70% até
                                                                                                                                                                                          çar um tour mundial sendo                                                                  trazendo informações difí-                                                                           2017], e isso tem uma re-
                                                                                                                                                                                          exibida no Museu Field, em                                                                 ceis de extrair de fósseis e                                                                         percussão natural na que-

                                                                                  INSCREVA-SE JÁ!                                                                                         Chicago. O estado de preser-
                                                                                                                                                                                          vação do filhote é tão perfei-
                                                                                                                                                                                                                                                                                     restos não tão preservados.                                                                          da das emissões.”
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             O ministro retomou o


                                                                          (11) 3224-3473
                                                                                                                                                                                          to que até restos do leite de                                                              Gordurinha                                                                                           discurso de que o ônus
                                                                                                                                                                                          sua mãe foram achados em                                                                     “Não tínhamos ideia de                                                                             maior é dos países desen-
                                                                                                                                                                                          seu estômago.                                                                              que os mamutes jovens pos-                                                                           volvidos, que começaram
                                                                                                                                                                                            Lyuba deixará seu “lar”                                                                  suíam uma estrutura espe-                                                                            a poluir antes. “A gente fi-
                                                                                      A participação é gratuita e as vagas são limitadas                                                  russo para ser a estrela da                                                                cializada de gordura marrom                                                                          ca preocupado também
                                                                                                                                                                                          mostra de mamutes e masto-                                                                 na parte de trás da cabeça”,                                                                         em os países ricos dizerem
                                                                                                                                                                                          dontes do Museu Field. A                                                                   explicou o pesquisador.                                                                              que eles têm uma meta X,
                                                                                                                                                                                          exibição começa no dia 5 de                                                                  Essa corcova funcionava                                                                            mas aí metade daquele X
                                                                 Acompanhe os eventos da Folha no twitter:                                                                                março do ano que vem e vai                                                                 como uma espécie de forna-                                                                           na realidade é de mercado
                                                                                                                                                                                          até 6 de setembro.                                                                         lha, mantendo elevada a                                                                              de carbono, que eles estão
                                                                        twitter.com/Folhadebate                                                                                             “É difícil evitar um mara-                                                               temperatura corporal quan-                                                                           comprando de outros paí-
                                                                                                                                                                                          vilhamento visceral ao ob-                                                                 do o frio era mais intenso. Is-                                                                      ses”, declarou. “Não so-
                                                                                                                                                                                          servar um espécime como                                                                    so sugere que os mamutes                                                                             mos contra o mercado,
                                                                                                                                                                                          Lyuba, e a mostra, como um                                                                 normalmente nasciam no                                                                               mas ele não pode diminuir
                                                                                                                                                                                          todo, revela como estamos                                                                  começo da primavera.                                                                                 as obrigações dos ricos.”
                                    Local: Tuca                                                                                                                                           chegando perto de saber exa-                                                                 Lyuba parece ter morrido                                                                              Segundo Amorim, o
                                    Rua Monte Alegre, 1024                                                                                                                                tamente como eram essas                                                                    sem problemas de saúde, e os                                                                         Brasil costura um progra-
                                                                                                                                                                                          animais”, declarou o cura-                                                                 pesquisadores acharam sedi-                                                                          ma de princípios com a
                                    Perdizes - São Paulo, SP                                                                                                                              dor-chefe Daniel Fisher,                                                                   mentos e lama em sua boca,                                                                           França para apresentar
                                                                                                                                                                                          professor de geologia da Uni-                                                              tromba e garganta. São pistas                                                                        em dezembro. “Claro que
                                                                                                                                                                                          versidade de Michigan e                                                                    de que ela teria morrido su-                                                                         tem uns detalhezinhos
                                                                                                                                                                                          membro da equipe interna-                                                                  focada ao tentar se livrar de                                                                        ainda”, disse, sem se es-
                                                                                                                                                                                          cional que está estudando os                                                               um ambiente cheio de lodo.                                                                           tender. (LUCIANA COELHO)

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009
Governo do Estado de São Paulo
 
CartãO
CartãOCartãO
CartãO
TaniaPGJesus
 
Inclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por Indicadores
Inclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por IndicadoresInclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por Indicadores
Inclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por Indicadores
Reinaldo Bulgarelli
 
Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009
Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009
Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009
Governo do Estado de São Paulo
 
Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009
Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009
Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009
Governo do Estado de São Paulo
 
Exemplo De CartãO De Visita
Exemplo De CartãO De VisitaExemplo De CartãO De Visita
Exemplo De CartãO De Visita
castrofatima
 
data_blending
data_blendingdata_blending
data_blending
subit1615
 
Contrato terapeuta
Contrato terapeutaContrato terapeuta
Contrato terapeuta
PortaldoTerapeuta
 
ComentáRio Tarefa 3 2
ComentáRio Tarefa 3 2ComentáRio Tarefa 3 2
ComentáRio Tarefa 3 2
mjmpatricio
 
David
DavidDavid
Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009
Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009
Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009
Governo do Estado de São Paulo
 
2ª Parte Do Trabalho
2ª Parte Do Trabalho2ª Parte Do Trabalho
2ª Parte Do Trabalho
Fernanda Esberard
 
Actividad #4
Actividad #4Actividad #4
Actividad #4
Demetrio Silva
 
Pré projeto
Pré projetoPré projeto
Pré projeto
TrabalhoMetodologia
 
Regulatory structure 1
Regulatory structure 1Regulatory structure 1
Regulatory structure 1
Pishgaman Mohtava Gostar
 
Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009
Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009
Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009
Governo do Estado de São Paulo
 
Cruzadas 8° Ano
Cruzadas 8° AnoCruzadas 8° Ano
Cruzadas 8° Ano
dhenyan
 
Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09
elarcoestandar
 
Unha Fotico
Unha  FoticoUnha  Fotico
Unha Fotico
maikarequejo
 
Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009
Governo do Estado de São Paulo
 

Destaque (20)

Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Presidente Prudente - Setembro de 2009
 
CartãO
CartãOCartãO
CartãO
 
Inclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por Indicadores
Inclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por IndicadoresInclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por Indicadores
Inclusão de Profissionais com Deficiência e Gestão por Indicadores
 
Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009
Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009
Boletim Informativo de Araraquara – Agosto/2009
 
Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009
Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009
Boletim Informativo de São João da Boa Vista – Agosto/2009
 
Exemplo De CartãO De Visita
Exemplo De CartãO De VisitaExemplo De CartãO De Visita
Exemplo De CartãO De Visita
 
data_blending
data_blendingdata_blending
data_blending
 
Contrato terapeuta
Contrato terapeutaContrato terapeuta
Contrato terapeuta
 
ComentáRio Tarefa 3 2
ComentáRio Tarefa 3 2ComentáRio Tarefa 3 2
ComentáRio Tarefa 3 2
 
David
DavidDavid
David
 
Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009
Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009
Boletim Informativo de Jaú – Agosto/2009
 
2ª Parte Do Trabalho
2ª Parte Do Trabalho2ª Parte Do Trabalho
2ª Parte Do Trabalho
 
Actividad #4
Actividad #4Actividad #4
Actividad #4
 
Pré projeto
Pré projetoPré projeto
Pré projeto
 
Regulatory structure 1
Regulatory structure 1Regulatory structure 1
Regulatory structure 1
 
Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009
Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009
Boletim informativo de São Vicente - Dezembro de 2009
 
Cruzadas 8° Ano
Cruzadas 8° AnoCruzadas 8° Ano
Cruzadas 8° Ano
 
Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09Campeonato Asturias 09
Campeonato Asturias 09
 
Unha Fotico
Unha  FoticoUnha  Fotico
Unha Fotico
 
Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009
Boletim informativo de Peruíbe - Dezembro de 2009
 

Mais de Rinaldo Pereira

Genética: Contribuições para o desempenho físico e esportivo
Genética: Contribuições para o desempenho físico e esportivoGenética: Contribuições para o desempenho físico e esportivo
Genética: Contribuições para o desempenho físico e esportivo
Rinaldo Pereira
 
O Neanderthal em cada um de nós
O Neanderthal em cada um de nósO Neanderthal em cada um de nós
O Neanderthal em cada um de nós
Rinaldo Pereira
 
XI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo Pereira
XI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo PereiraXI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo Pereira
XI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo Pereira
Rinaldo Pereira
 
03_Pereira _RW_SBG_2011
03_Pereira _RW_SBG_201103_Pereira _RW_SBG_2011
03_Pereira _RW_SBG_2011
Rinaldo Pereira
 
02_Pereira_RW_SBG_2011
02_Pereira_RW_SBG_201102_Pereira_RW_SBG_2011
02_Pereira_RW_SBG_2011
Rinaldo Pereira
 
01_Pereira_RW_SBG
01_Pereira_RW_SBG01_Pereira_RW_SBG
01_Pereira_RW_SBG
Rinaldo Pereira
 
Alterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e Autismo
Alterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e AutismoAlterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e Autismo
Alterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e Autismo
Rinaldo Pereira
 
Sequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoes
Sequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoesSequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoes
Sequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoes
Rinaldo Pereira
 
CNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somático
CNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somáticoCNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somático
CNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somático
Rinaldo Pereira
 
CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...
CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...
CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...
Rinaldo Pereira
 
Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...
Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...
Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...
Rinaldo Pereira
 
Alterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronica
Alterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronicaAlterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronica
Alterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronica
Rinaldo Pereira
 
Amostras Degradadas
Amostras DegradadasAmostras Degradadas
Amostras Degradadas
Rinaldo Pereira
 
Identificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNA
Identificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNAIdentificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNA
Identificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNA
Rinaldo Pereira
 
Marcadores Moleculares para Características Físicas
Marcadores Moleculares para Características FísicasMarcadores Moleculares para Características Físicas
Marcadores Moleculares para Características Físicas
Rinaldo Pereira
 
Treinamento de Base
Treinamento de BaseTreinamento de Base
Treinamento de Base
Rinaldo Pereira
 
Ciencia Brasileira na Science
Ciencia Brasileira na ScienceCiencia Brasileira na Science
Ciencia Brasileira na Science
Rinaldo Pereira
 
Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010
Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010
Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010
Rinaldo Pereira
 
Livian e michael
 Livian e michael Livian e michael
Livian e michael
Rinaldo Pereira
 
Biotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escala
Biotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escalaBiotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escala
Biotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escala
Rinaldo Pereira
 

Mais de Rinaldo Pereira (20)

Genética: Contribuições para o desempenho físico e esportivo
Genética: Contribuições para o desempenho físico e esportivoGenética: Contribuições para o desempenho físico e esportivo
Genética: Contribuições para o desempenho físico e esportivo
 
O Neanderthal em cada um de nós
O Neanderthal em cada um de nósO Neanderthal em cada um de nós
O Neanderthal em cada um de nós
 
XI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo Pereira
XI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo PereiraXI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo Pereira
XI Workshop Genética PUC-GO - Rinaldo Pereira
 
03_Pereira _RW_SBG_2011
03_Pereira _RW_SBG_201103_Pereira _RW_SBG_2011
03_Pereira _RW_SBG_2011
 
02_Pereira_RW_SBG_2011
02_Pereira_RW_SBG_201102_Pereira_RW_SBG_2011
02_Pereira_RW_SBG_2011
 
01_Pereira_RW_SBG
01_Pereira_RW_SBG01_Pereira_RW_SBG
01_Pereira_RW_SBG
 
Alterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e Autismo
Alterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e AutismoAlterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e Autismo
Alterações cromossômicas estruturais em Esquizofrenia e Autismo
 
Sequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoes
Sequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoesSequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoes
Sequenciamento de ultima geracao na identificacao de inversoes e translocacoes
 
CNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somático
CNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somáticoCNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somático
CNVs e mosaicismo durante o desenvovimento somático
 
CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...
CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...
CNVs (copy number variations) em populacoes humanas e sua relacao com variaca...
 
Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...
Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...
Comparação de metodologias para detecção de variações cromossômicas e de sequ...
 
Alterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronica
Alterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronicaAlterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronica
Alterações cromossômicas e prognóstico em leucemia mieloide cronica
 
Amostras Degradadas
Amostras DegradadasAmostras Degradadas
Amostras Degradadas
 
Identificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNA
Identificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNAIdentificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNA
Identificacao de Fluidos Biologicos por Marcadores em DNA
 
Marcadores Moleculares para Características Físicas
Marcadores Moleculares para Características FísicasMarcadores Moleculares para Características Físicas
Marcadores Moleculares para Características Físicas
 
Treinamento de Base
Treinamento de BaseTreinamento de Base
Treinamento de Base
 
Ciencia Brasileira na Science
Ciencia Brasileira na ScienceCiencia Brasileira na Science
Ciencia Brasileira na Science
 
Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010
Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010
Novas tecnologias sequenciamento fronteiras biologia unb 10112010
 
Livian e michael
 Livian e michael Livian e michael
Livian e michael
 
Biotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escala
Biotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escalaBiotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escala
Biotecnologia Genomica na era do sequenciamento de DNA em larga escala
 

Último

Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 

Último (20)

Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 

Materia FSP

  • 1. ciência EF SEGUNDA-FEIRA, 5 DE OUTUBRO DE 2009 ★ A20 Tel.: 0/xx/11/3224-3726 Fax: 0/xx/11/3224-2285 E-mail: ciencia@uol.com.br Serviço de atendimento ao assinante: 0800-775-8080 Grande São Paulo 0/xx/11/3224-3090 Ombudsman: ombudsman@uol.com.br NO BLOG PESQUISADOR CHINÊS FALA SOBRE DINOSSAURO QUE PODE COMPROVAR ELO EVOLUTIVO COM AS AVES laboratorio.folha. blog.uol.com.br Brasileiroé80%europeu,indicaestudo Dados de DNA das cinco regiões do país mostram impacto prevalente de ancestrais brancos, com indígenas em último Características como cor da os dados de DNA revelam, em- pardos do que a população ge- DOMÍNIO EUROPEU pele, dos olhos e dos cabelos bora a gente não tenha levado ral, embora nós não tenhamos isso em conta durante esse tra- feito essa análise”, diz Pereira. correspondem a pequena balho em particular”, disse à Para estimar as contribui- Confira as contribuições genéticas médias de cada continente para o Brasil parte do legado genético Folha Rinaldo Wellerson Pe- ções relativas de europeus, reira, que coordenou o estudo. BRASIL, Europeus REGIÕES, Centro que a população carrega africanos e indígenas, os pes- Embora os resultados sejam em % em % Norte Nordeste -Oeste Sudeste Sul quisadores usaram um conjun- ................................................................................................ REINALDO JOSÉ LOPES interessantes do ponto de vista to de 28 SNPs (pronuncia-se 77,1 Europeus 71,1 77,5 69,5 79,8 87,7 histórico e antropológico, o “snips”), minúsculas variantes Africanos DA REPORTAGEM LOCAL 14,3 Africanos 18,2 13,6 18,7 14,1 7,0 principal objetivo de Pereira e genéticas que correspondem à Indígenas 8,5 Indígenas 10,7 8,9 11,8 6,1 5,3 Um novo retrato das contri- companhia é obter uma ideia troca de uma única “letra” no buições de cada etnia para o mais clara da composição ge- alfabeto químico do DNA. (Ca- DNA dos brasileiros, obtido nética da população como fer- da pessoa carrega, em seu ge- com amostras das cinco regiões ramenta para entender corre- Populaçãomestiçaexige mais noma, 3 bilhões de pares dessas do país, indica que, em média, lações entre o DNA e uma série “letras”). Muitos SNPs são típi- ancestrais europeus respon- de doenças (leia texto à dir.). cos de determinadas popula- dem por quase 80% da herança genética da população. A varia- ção entre regiões é pequena, Sabe-se que todo tipo de mo- léstia pode ter relação com a ancestralidade do doente, mas ções do mundo, sendo bem mais frequentes em europeus Jáhouveestudos cuidadoda ‘medicinaporDNA’ com a possível exceção do Sul, os dados sobre a associação en- ou africanos, por exemplo. deassociaçãoge- ................................................................................................ DA REPORTAGEM LOCAL uma droga dessas no Brasil. onde a contribuição europeia chega perto dos 90%. tre uma coisa e outra disponí- veis hoje são, quase sempre, de Pais postiços néticacomgrupos Os resultados obtidos pela Não adianta uma pessoa ter aparência africana para você Os resultados, publicados na populações como europeus ou A segunda fase da análise é definidoscomo equipe de Brasília são mais prever se ela vai responder ao comparar a presença desses 28 revista científica “American Journal of Human Biology” por norte-americanos, nas quais a mistura étnica teve importân- SNPs no DNA dos brasileiros ‘brasileirosbrancos uma prova do cuidado necessá- rio para estudar a associação remédio. Não tem como saber se ela possui o bendito alelo uma equipe da Universidade cia relativamente baixa. Daí a estudados com a distribuição ebrasileirosne- entre doenças e características [variante genética] ligado àque- deles em populações “paren- Católica de Brasília, dão mais peso a resultados anteriores, os necessidade de conseguir da- dos originais no Brasil. tais”, ou seja, que poderiam ser- gros’.Nofundo,es- genéticas numa população mis- cigenada como a brasileira. la resposta”, explica. quais também mostravam que, Os resultados foram obtidos vir como uma versão simulada sasdefiniçõesnão “Já houve estudos de asso- Poucos genes dos grupos que se miscigena- no Brasil, indicadores de apa- rência física como cor da pele, com amostras de 200 pessoas, divididas em cinco grupos de ram e deram origem à popula- queremdizerabso- ciação genética com grupos de- finidos como ‘brasileiros bran- Se parece misterioso o fato de que uma pessoa com biotipo dos olhos e dos cabelos têm re- mesmo tamanho, cada um de- ção brasileira atual. lutamentenada. cos e brasileiros negros’. No africano tenha organismo lativamente pouca relação com les oriundo de zonas urbanas Para isso, os pesquisadores fundo, essas definições não “branqueado” e ascendência a ascendência de cada pessoa. de uma das regiões do Brasil. recorreram a amostras de DNA querem dizer absolutamente predominantemente europeia, Os voluntários conseguiram na de africanos (de Botsuana, Ca- Oque a gentevêé nada”, afirma Pereira. é preciso levar em conta o fato Quem vê cara não vê DNA Justiça o direito de ter seu marões, Gana e Senegal), ame- um processode Em países como os EUA, de que, até onde se sabe, são “No Brasil, a pigmentação da DNA examinado gratuitamen- ricanos de Chicago e Baltimore conta ele, já chegaram ao mer- poucas dezenas de genes (den- pele está, em grande medida, te em investigações de paterni- com origem europeia e índios branqueamento cado alguns medicamentos vol- tre os 20 mil estimados para o desacoplada da ancestralidade, dade e assinaram formulários zapotecas, do México. da população, que tados de forma específica para genoma humano como um to- por conta do grau de miscige- aprovando o uso do material “Como os SNPs usados dis- os americanos de origem afri- do) que coordenam as diferen- nação. Em muitos casos, você genético para a pesquisa. criminam a ancestralidade em continua a ocorrer cana, levando em conta o fato ças de pele, cabelos e olhos. percebe que há uma relação “Como são pessoas que não nível continental, essas popula- RINALDOPEREIRA de que o organismo de pessoas É por isso que uma contri- muito fraca entre a autoidenti- podiam pagar pelo exame, é ções parentais são suficientes, professor da Universidade de diferentes ascendências rea- buição pequena das outras et- ficação que a pessoa faz, dizen- possível que a amostra conte- embora não reflitam historica- Católica de Brasília ge de maneira variada a certas nias ainda caracteriza a aparên- do-se branca ou negra, e o que nha uma proporção maior de mente as nossas”, diz Pereira. substâncias. “Agora, imagine cia de muitos brasileiros. (RJL) PEQUENA TROMBA MUDANÇA CLIMÁTICA Mira Oberman/France Presse Brasil terá meta e a ‘cobrará’ do mundo, diz Lula ................................................................................. DA ENVIADA ESPECIAL A BRUXELAS Sem definir números, o Brasil se vê em posição de “cobrar todo mundo” e quer levar metas ambicio- sas para a cúpula em Co- FOTO penhague que definirá um 1.85 novo tratado contra o aquecimento global. 25.0 “Assumimos uma posi- ção de liderança que nos permitirá cobrar de todos, Participe da Sabatina e faça especialmente dos mais ri- cos, metas de redução cla- suas perguntas ao presidente da Petrobras, ras e ambiciosas”, afirmou o presidente Lula ao lado do premiê belga, Her- mann Van Rompuy, que o JOSÉ SERGIO GABRIELLI Réplica do pequeno mamute no Museu Field, em Chicago recebeu ontem. Segundo o chanceler Celso Amorim, a mudança climática foi o principal te- ma do encontro. “[O Bra- 13 de outubro, das 11h às 13h Bebê-mamute começa tour sil] quer ir com números claros, para que ninguém mundial em museu dos EUA possa se esconder atrás do Brasil e o Brasil também Para participar, ligue (11) 3224-3473 ........................................................................................ restos do paquiderme. não se esconda.” DA FRANCE PRESSE (de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h) Lyuba, que tinha cerca de Mas o país ainda não co- Três anos depois de ser um mês de vida quando mor- locou que números seriam ou mande um e-mail para eventofolha@grupofolha.com.br, descoberta praticamente in- reu afogada num rio de leito esses. “O número com re- com seu nome, RG e telefone. tacta no solo congelado da lodoso há 40 mil anos, já en- lação a desmatamento es- Sibéria, Lyuba, uma pequena sinou muita coisa sobre os tá praticamente definido fêmea de mamute, vai come- mamutes aos pesquisadores, [reduzir cerca de 70% até çar um tour mundial sendo trazendo informações difí- 2017], e isso tem uma re- exibida no Museu Field, em ceis de extrair de fósseis e percussão natural na que- INSCREVA-SE JÁ! Chicago. O estado de preser- vação do filhote é tão perfei- restos não tão preservados. da das emissões.” O ministro retomou o (11) 3224-3473 to que até restos do leite de Gordurinha discurso de que o ônus sua mãe foram achados em “Não tínhamos ideia de maior é dos países desen- seu estômago. que os mamutes jovens pos- volvidos, que começaram Lyuba deixará seu “lar” suíam uma estrutura espe- a poluir antes. “A gente fi- A participação é gratuita e as vagas são limitadas russo para ser a estrela da cializada de gordura marrom ca preocupado também mostra de mamutes e masto- na parte de trás da cabeça”, em os países ricos dizerem dontes do Museu Field. A explicou o pesquisador. que eles têm uma meta X, exibição começa no dia 5 de Essa corcova funcionava mas aí metade daquele X Acompanhe os eventos da Folha no twitter: março do ano que vem e vai como uma espécie de forna- na realidade é de mercado até 6 de setembro. lha, mantendo elevada a de carbono, que eles estão twitter.com/Folhadebate “É difícil evitar um mara- temperatura corporal quan- comprando de outros paí- vilhamento visceral ao ob- do o frio era mais intenso. Is- ses”, declarou. “Não so- servar um espécime como so sugere que os mamutes mos contra o mercado, Lyuba, e a mostra, como um normalmente nasciam no mas ele não pode diminuir todo, revela como estamos começo da primavera. as obrigações dos ricos.” Local: Tuca chegando perto de saber exa- Lyuba parece ter morrido Segundo Amorim, o Rua Monte Alegre, 1024 tamente como eram essas sem problemas de saúde, e os Brasil costura um progra- animais”, declarou o cura- pesquisadores acharam sedi- ma de princípios com a Perdizes - São Paulo, SP dor-chefe Daniel Fisher, mentos e lama em sua boca, França para apresentar professor de geologia da Uni- tromba e garganta. São pistas em dezembro. “Claro que versidade de Michigan e de que ela teria morrido su- tem uns detalhezinhos membro da equipe interna- focada ao tentar se livrar de ainda”, disse, sem se es- cional que está estudando os um ambiente cheio de lodo. tender. (LUCIANA COELHO)