SlideShare uma empresa Scribd logo
MAQUINAS SIMPLES
7º ANO
AULA DE REVISÃO
MÁQUINAS SIMPLES
Alavancas e seus tipos
Polias e Plano inclinado
PROF.: MÔNICA SOUZA
O QUE SÃO ALAVANCAS?
As alavancas são um tipo de máquinas simples utilizadas para multiplicar
a força aplicada sobre um objeto. São constituídas por uma barra rígida que
pode girar sobre um ponto de apoio.
O princípio de funcionamento das alavancas foi definido por Arquimedes no
século III a.C., originando a famosa frase:
“Deem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu deslocarei o mundo.”
Com essa frase, Arquimedes referia-se à capacidade que as alavancas têm
de multiplicar a força aplicada, possibilitando que um pequeno esforço possa
mover grandes objetos.
Como surgiu as máquinas simples? São utilizadas para realizar?
As máquinas simples foram criadas com o propósito de facilitar o
trabalho humano e otimizar a força.
ALAVANCAS
• FR – Força resistente: Peso do objeto que se pretende movimentar;
• FP – Força potente: Exercida com o objetivo de mover o objeto.
• PA – Ponto de apoio: O ponto ao redor do qual a alavanca pode girar;
TIPOS DE ALAVANCA
• Alavanca interfixa: Quando o ponto de apoio está situado entre os pontos de
aplicação de força e o objeto a ser movimentado, como mostra a figura a seguir. São
exemplos desse tipo de alavanca: o alicate, a tesoura e a gangorra.
• Alavanca inter-resistente: A força resistente está entre o ponto de
apoio e a força potente. Os exemplos desse tipo de alavanca são: o
quebra-nozes, abridores de garrafa e o carrinho de mão. Observe a
ilustração:
• Alavanca interpotente: Nesse tipo de alavanca, a força potente está entre o
ponto de apoio e a força resistente. São exemplos desse tipo de alavanca: a pinça e o
cortador de unhas. Observa a imagem abaixo:
POLIAS
As polias são um tipo de máquina simples, que corretamente utilizadas, diminuem
o esforço necessário para levantar objetos. Podem levantar um corpo
verticalmente a partir da utilização de cordas e fios, aonde o força deve ser
aplicada. Esse tipo de máquina simples é muito utilizado na construção civil para
levantar materiais em níveis diferentes. Esse instrumento representou uma
evolução principalmente para o desenvolvimento do comércio, otimizando o
trabalho de carga e descargade navios.
TIPOS DE POLIAS
• Polias fixas: Esta polia gira em torno do seu próprio
eixo de rotação e permite alterar a direção e/ou sentido
da força. Por outro lado, ela não altera a intensidade da
força aplicada, ou seja, ela é apenas um auxílio na
direção do objeto.
• Polias móveis: Esta polia pode realizar
deslocamentos ao elevar ou puxar um objeto. Além disso,
ela reduz a intensidade da força ao ser aplicada ao
deslocar um objeto. Observe a figura a seguir. A polia de
número 1 é fixa e apenas muda a direção de aplicação da
força, mas não gera diminuição do esforço necessário
para levantar o objeto. A polia 2 está presa ao objeto
erguido e não há contato direto entre ela e o teto, por
isso, ela é denominada de polia móvel. A partir da
aplicação da força F, tanto o objeto quanto a polia
assumem posições superiores, mas a força aplicada não
é igual ao peso real do objeto.
• OBS.: CADA POLIA DIMINUI PELA METADE A FORÇA
NECESSÁRIA PARA LEVANTAR UM OBJETO, OU SEJA,
QUANTO MAIOR FOR O NÚMERO DE POLIAS MÓVEIS ,
MENOR SERÁ A FORÇA APLICADAAO SISTEMA.
PLANO INCLINADO
Os planos inclinados são muito utilizados em nosso dia a dia. O plano inclinado é uma máquina
simples que pode ser usada para decompor a intensidade da força que é aplicada em alguma
direção.
• Teoria sobre o plano inclinado
Quando um objeto é apoiado sobre o plano inclinado, a força peso que o puxa em direção ao
centro da Terra é dividida em duas componentes, chamadas de Px e Py, distribuídas ao longo
das direções horizontal e vertical. Dessa maneira, torna-se mais fácil elevar um objeto pesado
ao longo do plano inclinado, pois a força que precisa ser aplicada ao corpo é menor do que na
situação em que se eleva esse corpo a uma certa altura, movendo-se exclusivamente na
direção vertical.
TIPOS DE PLANO INCLINADO
• Rampa – A rampa é o exemplo clássico do plano inclinado,
pois sem ela, teríamos que deslocar objetos verticalmente,
por exemplo, colocar coisas em um caminhão. Seria
necessário usar uma força muito maior se não utilizássemos
a rampa.
• Cunha (ferramenta) – A cunha é um objeto que possui
dois planos postos em um ângulo agudo. Serve para cortar
vários materiais, entre eles, a madeira. O machado é um tipo
de cunha.
• Parafuso – Se observarmos um parafuso, perceberemos
que ele possui um plano inclinado, que é a rosca. Ela ajuda a
encaixar o parafuso em algo sem se usar muita força.
ALAVANCAS DO
CORPO HUMANO
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx

Alavanca
AlavancaAlavanca
Máquinas simples
Máquinas simplesMáquinas simples
Máquinas simples
Péricles Penuel
 
Slides Maquinas simples Ensino Fundamental
Slides Maquinas simples Ensino FundamentalSlides Maquinas simples Ensino Fundamental
Slides Maquinas simples Ensino Fundamental
PalomaGomes47
 
Aula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptx
Aula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptxAula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptx
Aula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptx
juristela machado
 
polias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptx
polias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptxpolias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptx
polias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptx
PriscillaBragaPinhei
 
9 B Movimentos&Mecan
9 B Movimentos&Mecan9 B Movimentos&Mecan
9 B Movimentos&Mecan
José Cigarro
 
Máquinas Simples - Alavanca
Máquinas Simples - AlavancaMáquinas Simples - Alavanca
Máquinas Simples - Alavanca
MarcelaMarita
 

Semelhante a MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx (7)

Alavanca
AlavancaAlavanca
Alavanca
 
Máquinas simples
Máquinas simplesMáquinas simples
Máquinas simples
 
Slides Maquinas simples Ensino Fundamental
Slides Maquinas simples Ensino FundamentalSlides Maquinas simples Ensino Fundamental
Slides Maquinas simples Ensino Fundamental
 
Aula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptx
Aula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptxAula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptx
Aula 1 - 7º CIE - Máquinas simples .pptx
 
polias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptx
polias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptxpolias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptx
polias_ou_roldanas_capitulos_05_-_livro_1_parte_1-prof.rafael-convertido.pptx
 
9 B Movimentos&Mecan
9 B Movimentos&Mecan9 B Movimentos&Mecan
9 B Movimentos&Mecan
 
Máquinas Simples - Alavanca
Máquinas Simples - AlavancaMáquinas Simples - Alavanca
Máquinas Simples - Alavanca
 

MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx

  • 1. MAQUINAS SIMPLES 7º ANO AULA DE REVISÃO MÁQUINAS SIMPLES Alavancas e seus tipos Polias e Plano inclinado PROF.: MÔNICA SOUZA
  • 2. O QUE SÃO ALAVANCAS? As alavancas são um tipo de máquinas simples utilizadas para multiplicar a força aplicada sobre um objeto. São constituídas por uma barra rígida que pode girar sobre um ponto de apoio. O princípio de funcionamento das alavancas foi definido por Arquimedes no século III a.C., originando a famosa frase: “Deem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu deslocarei o mundo.” Com essa frase, Arquimedes referia-se à capacidade que as alavancas têm de multiplicar a força aplicada, possibilitando que um pequeno esforço possa mover grandes objetos. Como surgiu as máquinas simples? São utilizadas para realizar? As máquinas simples foram criadas com o propósito de facilitar o trabalho humano e otimizar a força.
  • 3. ALAVANCAS • FR – Força resistente: Peso do objeto que se pretende movimentar; • FP – Força potente: Exercida com o objetivo de mover o objeto. • PA – Ponto de apoio: O ponto ao redor do qual a alavanca pode girar;
  • 4. TIPOS DE ALAVANCA • Alavanca interfixa: Quando o ponto de apoio está situado entre os pontos de aplicação de força e o objeto a ser movimentado, como mostra a figura a seguir. São exemplos desse tipo de alavanca: o alicate, a tesoura e a gangorra.
  • 5. • Alavanca inter-resistente: A força resistente está entre o ponto de apoio e a força potente. Os exemplos desse tipo de alavanca são: o quebra-nozes, abridores de garrafa e o carrinho de mão. Observe a ilustração:
  • 6. • Alavanca interpotente: Nesse tipo de alavanca, a força potente está entre o ponto de apoio e a força resistente. São exemplos desse tipo de alavanca: a pinça e o cortador de unhas. Observa a imagem abaixo:
  • 7. POLIAS As polias são um tipo de máquina simples, que corretamente utilizadas, diminuem o esforço necessário para levantar objetos. Podem levantar um corpo verticalmente a partir da utilização de cordas e fios, aonde o força deve ser aplicada. Esse tipo de máquina simples é muito utilizado na construção civil para levantar materiais em níveis diferentes. Esse instrumento representou uma evolução principalmente para o desenvolvimento do comércio, otimizando o trabalho de carga e descargade navios.
  • 8. TIPOS DE POLIAS • Polias fixas: Esta polia gira em torno do seu próprio eixo de rotação e permite alterar a direção e/ou sentido da força. Por outro lado, ela não altera a intensidade da força aplicada, ou seja, ela é apenas um auxílio na direção do objeto. • Polias móveis: Esta polia pode realizar deslocamentos ao elevar ou puxar um objeto. Além disso, ela reduz a intensidade da força ao ser aplicada ao deslocar um objeto. Observe a figura a seguir. A polia de número 1 é fixa e apenas muda a direção de aplicação da força, mas não gera diminuição do esforço necessário para levantar o objeto. A polia 2 está presa ao objeto erguido e não há contato direto entre ela e o teto, por isso, ela é denominada de polia móvel. A partir da aplicação da força F, tanto o objeto quanto a polia assumem posições superiores, mas a força aplicada não é igual ao peso real do objeto. • OBS.: CADA POLIA DIMINUI PELA METADE A FORÇA NECESSÁRIA PARA LEVANTAR UM OBJETO, OU SEJA, QUANTO MAIOR FOR O NÚMERO DE POLIAS MÓVEIS , MENOR SERÁ A FORÇA APLICADAAO SISTEMA.
  • 9. PLANO INCLINADO Os planos inclinados são muito utilizados em nosso dia a dia. O plano inclinado é uma máquina simples que pode ser usada para decompor a intensidade da força que é aplicada em alguma direção. • Teoria sobre o plano inclinado Quando um objeto é apoiado sobre o plano inclinado, a força peso que o puxa em direção ao centro da Terra é dividida em duas componentes, chamadas de Px e Py, distribuídas ao longo das direções horizontal e vertical. Dessa maneira, torna-se mais fácil elevar um objeto pesado ao longo do plano inclinado, pois a força que precisa ser aplicada ao corpo é menor do que na situação em que se eleva esse corpo a uma certa altura, movendo-se exclusivamente na direção vertical.
  • 10. TIPOS DE PLANO INCLINADO • Rampa – A rampa é o exemplo clássico do plano inclinado, pois sem ela, teríamos que deslocar objetos verticalmente, por exemplo, colocar coisas em um caminhão. Seria necessário usar uma força muito maior se não utilizássemos a rampa. • Cunha (ferramenta) – A cunha é um objeto que possui dois planos postos em um ângulo agudo. Serve para cortar vários materiais, entre eles, a madeira. O machado é um tipo de cunha. • Parafuso – Se observarmos um parafuso, perceberemos que ele possui um plano inclinado, que é a rosca. Ela ajuda a encaixar o parafuso em algo sem se usar muita força.