SlideShare uma empresa Scribd logo
Mapeamento Cultural no Brasil:
     Georreferenciamento dos Pontos de Cultura
“A s práticas de um cartógrafo
dizem respeito, fundamentalmente,
às estratégias das
formações do
desej no campo
     o
social”

S u e l y R o l n ik ,
C a r t o g r a f ia s d o
De s e j o
Índice

Introdução:
  Por que mapear?
  O que mapear?
Pontos de Cultura: eixos, territórios, redes e ferramentas;
  Gts e territórios
  Ação Cultura Digital: Estúdio Livre, Conversê e Mapas da Rede
Encontros e desencontros
  Teias e Fórum
Histórico de plataformas
Cenário atual
Vídeo sobre a campanha e
 projeto de Cadastramento
 http://vimeo.com/14023400
Introdução

O que mapear?
  Quantas iniciativas (pontos) temos (dados históricos e atuais);
  Onde estão localizadas;
  Com que trabalham;
  Que produtos, serviços, ferramentas e espaços dispõem;
  Em que áreas sociais atuam;
Por que mapear?
  Para ter feedback sobre o fluxo de investimento que o poder público tem
    feito ao longo dos anos;
  Para obter dados que ajudem a traçar novas metas para as políticas
    públicas de fomento cultural no Brasil;
  Para promover controle social e fomento de ações em rede;
Introdução

O que fundamenta a necessidade de ferramentas e plataformas
  que georreferenciem e promovam rede?
   Sendo o programa Cultura Viva um repertório disposto de sujeitos de fazer
     cultural e artístico pautados nos termos do Empoderamento, Protagonismo e
     Autonomia, a Cultura Digital aparece como tema transversal, para promover
     na prática manifestações que permitem ao atores do programa experimentar-
     se por si mesmos, mostrando-se por si mesmos, protagonizando seus próprios
     enredos.
                                                             Nós
                Cultura digital Blogs Redes Sociais Acervos Gravações vídeo livre
                                 Nós
               Transmissões Acervos Gravações vídeo livre Fotos Cultura digital Blogs
                                                      Coexistimos
                               existimos
         Redes Sociais Transmissões Acervos Cultura digital Blogs Redes Sociais Streaming
         vídeo livre Fotos Cultura digital Redes Sociais Redes Sociais Transmissões Acervos
   Redes Sociais Transmissões Acervos Cultura digital Redes Sociais Blogs Redes Sociais Streaming
                                       Nós nos protagonizamos
      vídeo livre Fotos Cultura digital Blogs Redes Sociais Redes Sociais Transmissões Acervos
                   Transmissões Acervos Cultura digital Blogs Redes Sociais Streaming
                    Cultura digital Blogs Redes Sociais Redes Sociais Transmissões
Pontos de Cultura: eixos, redes e ferramentas

E i x o s : Todo tecido de pontos de cultura espalhado pelo Brasil
   se aproxima de eixos temáticos. Um ponto pode trabalhar com
   um ou mais eixos temáticos. Ao todo foram criados e
   reconhecidos 25 eixos que se converteram em GTs
Pontos de Cultura: eixos, redes e ferramentas


Te r r i t ó r i o s e R e d e s : a medida
  que o Cultura Viva avançou
  ampliando seu número de
  editais e de pontos conveniados,
  um novo panorama começou
  a surgir apresentando aos
  membros do programa a
  possibilidade de reconhecimento pela
  territorialidade. Surgiram representantes
  estaduais e municipais e vieram à tona as
  redes municipais.
Pontos de Cultura: eixos, redes e ferramentas

F e r r a m e n t a s : Para dar conta da demanda digital que se
  apresentava, logo no inicio do programa foi criada a A ç ã o
  C u l t u r a D i g i t a l e por meio dela as ferramentas digitais
  livres
  passaram a ser
  difundidas ao
  mesmo tempo
  que laços de rede
  iam sendo
  constituídos.


    Foto do Encontro de
    Conhecimentos Livres
       de Osasco. 2005
Ação Cultura Digital: Estúdio Livre, Conversê e
             Mapas da Rede


                       1° Acervo Livre



                       1° Rede Social para
                       Pontos de Cultura



                       1° Mapa georreferenciado
                        com dados de Pontos de
                        Cultura
Encontros e desencontros: Teias e fóruns

Durante as Teias e Fóruns houve intensos debates sobre a
 necessidade de um sistema de mapeamento e
 georreferenciamento dos Pontos de Cultura. Na Teia 2010
 foi construído um sistema de cadastro e um fórum virtual
 para todos que estiveram no evento.
Encontros e desencontros: Teias e fóruns

Tela do Fórum Virtual:


                         Este fórum foi desenvolvido pelo Ponto de
                          Cultura Casa dos meninos em 2010, mas
                          não está mais no ar.
Encontros e desencontros: Pontões

 Houve também, durante o Encontro de Pontões de 2010 a criação de 6
  Gts entre os Pontões ligados a Cultura Digital. Cada Gt ficava
  responsável por uma área e a ideia central era a de criar um sistema
   de informação e um sistema de formação para Pontos de Cultura.
Gts:
- Comunicação
- Desenvolvimento
- Suporte
- Comunidade Tradicionais
- Formação
- Sustentabilidade




Ver mais em: http://cdcp2010.wikispaces.com e http://cozinha.pontaodaeco.org
Encontros e desencontros: Pontões

Os pontões registraram suas ações e seus trabalhos de mapeamento e
 desenvolvimento em uma wiki e em um ambiente de gerenciamento
 coletivo proposto pelo Pontão da ECO.
Encontros e desencontros: Pontões

Os pontões registraram suas ações e seus trabalhos de mapeamento e
 desenvolvimento em uma wiki e em um ambiente de gerenciamento
 coletivo proposto pelo Pontão da ECO.




Ver mais em: http://cdcp2010.wikispaces.com e http://cozinha.pontaodaeco.org
Histórico de plataformas

Existiram diversas plataforma de mapeamento e georreferenciamento de
 pontos de cultura, seja em âmbito nacional, estadual e municipal.

Listamos em ordem cronológica algumas de destaque:

   Mapysys;
   Mapas da Rede;
   Wiki dos Pontões;
   Cadastre seu Ponto;
   Conferência permanente dos Direitos da Criança e do Adolescente
    (interface de georreferenciamento entre escolas municipais de São Paulo e Pontos de
    Cultura);
   SIPCult – Sistema de informações dos Pontos de Cultura;
   MapaCult;
   Plataforma de Economia Criativa do Lab Macambira
   Mapa dos Pontos do Estado de São Paulo;
   Mapa dos Pontos do Estado de Santa Catarina;
Histórico de plataformas: Mapsys

Mapysys
Histórico de plataformas: Conferência Permanente
Sistema de Informações de Pontos de Cultura




Referência: http://wiki.nosdigitais.teia.org.br/Sistema_de_Informações_dos_Pontos_de_Cultura
Mapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasil
Mapacult foi uma
        proposta
   independente de
     criação de um
       sistema de
     informações,
  gerreferrenciamento
      e ofertas de
       produtos e
        serviços,
  construído em Ruby
         onrails.

https://github.com/f3li
  pecabral/mapacult.g
             it


 Sem recursos para
  desenvolvimento o
  sistema não chegou
    a ser terminado
  e/ou implementado.
Histórico de plataformas: Pontos de Santa Catarina
Cenário atual


Nenhum sistema de georreferenciamento proposto aos Pontos de Cultura,
 com exceção de algumas iniciativas estaduais, que tenha minimamente
 atingido seu objeto final proposto está atualmente no ar;

Existe bastante documentação e pessoas envolvidas nesse processo ao
 logo dos anos, o que constitui um corpus intelectual em torno da temática
 com bastaste acumulo e experiência no que funcionou e no que não
 funcionou. Muitas dessas pessoas estão atualmente numa lista de
 discussão, mas sem encontros presenciais e/ou ações de fomento de
 rede, a lista tem servido mais a informes e a troca de informações do que
 trabalho em rede;

O Ministério da Cultura tem investido na criação de um Sistema Nacional de
 Informações Culturais – SNIC, que pretende ser o maior e mais robusto
 sistema de informações de viés cultural do Brasil. (mais em
Novas plataformas


Outras plataformas de mapeamento e georreferenciamento, não
 necessariamente com foco em Ações Culturais ou Pontos de Cultura vem
 surgindo. Listamos aqui algumas delas:

   Cultura Santo Amaro
   PontoAlegre.cc
   Arte Fora do Museu
   Mapa da Cultura de Fortaleza
   Mapa da Participação Cidadã
   Rede Brasil Rural
Novas plataformas: Cultura Santo Amaro




Mais em http://santoamaroemrede.wordpress.com e
 http://www.mostrasescdeartes.com.br/stoamaroemrede/agenda/agendaCultural.html
Novas plataformas: PontoAlegre.cc
Novas plataformas: Arte Fora do Museu
Novas plataformas: Arte Fora do Museu
Novas plataformas: Mapa da Cultura de Fortaleza
Novas plataformas: Mapa da Participação Cidadã
Novas plataformas: Mapa da Participação Cidadã
Novas plataformas: Rede Brasil Rural




Referência: http://wiki.nosdigitais.teia.org.br/Rede_Brasil_Rural
Novas plataformas: Rede Brasil Rural
Novas plataformas: Rede Brasil Rural
Considerações a cerca do mapeamento e
   georreferenciamento em rede
Agradecimentos
Aline Carvalho
Cleodon Silva (in memorian);
Comissão Nacional dos Pontos de Cultura
Comissão Paulista de Pontos de Cultura
Dalton Martins
Daniel Marostegan e Carneiro;
Emerson Vinícius
Inae Bastistoni
Ipso - Mapas da Rede
Laboratório Macambira
Mariana Di Stella Piazzola
Pedro Jatobá
Ponto de Cultura Casa dos Meninos e Equipe
Rafael Cabral
Renato Fabbri
Thiago Skarnio
Uirá Porã
Contato
Felipe Cabral Novaes
Fone: 011 9588-6130
Email: felipe@teia.org.br
Blog: http://culturadigital.br/movimento

                        http://www.coletivodigital.org.br

                      http://nosdigitais.teia.org.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Mapeamento cultural no brasil

Jornal resumo-ponto-de-cultura
Jornal resumo-ponto-de-culturaJornal resumo-ponto-de-cultura
Jornal resumo-ponto-de-cultura
Nerize Portela
 
Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...
Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...
Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...
Lizza Pêgas
 
Temos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que MerecemosTemos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que Merecemos
guestdd7f55
 
Projeto 10 Doc
Projeto 10 DocProjeto 10 Doc
Projeto 10 Doc
Inova Gestão
 
Workshop organizações cuturais online (slideshow)
Workshop organizações cuturais online (slideshow)Workshop organizações cuturais online (slideshow)
Workshop organizações cuturais online (slideshow)
Serpentina
 
2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)
2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)
2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)
Denise Flores
 
Anais trabalhos completos
Anais   trabalhos completosAnais   trabalhos completos
Anais trabalhos completos
Ian Marlon Pimenta
 
Anais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completosAnais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completos
Encontro
 
Sintese Da ReuniãO Vf
Sintese Da ReuniãO VfSintese Da ReuniãO Vf
Sintese Da ReuniãO Vf
Jose Carlos Mota
 
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo táticoPrograma 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
Mestrado em Planeamento Regional e Urbano (UA)
 
Revista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Revista do MinC - Cultura Viva 10 AnosRevista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Revista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Ministério da Cultura
 
Feito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de Ideias
Feito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de IdeiasFeito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de Ideias
Feito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de Ideias
Caravan Studios, a division of TechSoup
 
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Marcel Ayres
 
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
PaperCliQ Comunicação
 
Projeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru CulturalProjeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru Cultural
fflorion
 
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalMetas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Catia Elousia Araujo
 
Relatório 2013-2016
Relatório 2013-2016Relatório 2013-2016
Relatório 2013-2016
Alvaro Santi
 
A história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturais
A história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturaisA história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturais
A história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturais
Rodrigo Savazoni
 
Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...
Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...
Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...
Pedro Alexandre Dos Santos
 
Marketing cultural e mídias sociais
Marketing cultural e mídias sociaisMarketing cultural e mídias sociais
Marketing cultural e mídias sociais
Jorge Correia
 

Semelhante a Mapeamento cultural no brasil (20)

Jornal resumo-ponto-de-cultura
Jornal resumo-ponto-de-culturaJornal resumo-ponto-de-cultura
Jornal resumo-ponto-de-cultura
 
Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...
Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...
Oficina de Orientação Edital Comunica Diversidade 2014 - Edição Juventude - I...
 
Temos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que MerecemosTemos As Cidades Que Merecemos
Temos As Cidades Que Merecemos
 
Projeto 10 Doc
Projeto 10 DocProjeto 10 Doc
Projeto 10 Doc
 
Workshop organizações cuturais online (slideshow)
Workshop organizações cuturais online (slideshow)Workshop organizações cuturais online (slideshow)
Workshop organizações cuturais online (slideshow)
 
2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)
2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)
2 app oficina edital pontos de mídia livre (1)
 
Anais trabalhos completos
Anais   trabalhos completosAnais   trabalhos completos
Anais trabalhos completos
 
Anais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completosAnais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completos
 
Sintese Da ReuniãO Vf
Sintese Da ReuniãO VfSintese Da ReuniãO Vf
Sintese Da ReuniãO Vf
 
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo táticoPrograma 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
 
Revista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Revista do MinC - Cultura Viva 10 AnosRevista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Revista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
 
Feito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de Ideias
Feito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de IdeiasFeito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de Ideias
Feito Na Biblioteca Resultados de Geradores e Levantamento de Ideias
 
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
 
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
Netnografia e coolhunting: Identificando aspectos comportamentais e tendência...
 
Projeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru CulturalProjeto CCajuru Cultural
Projeto CCajuru Cultural
 
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalMetas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura Final
 
Relatório 2013-2016
Relatório 2013-2016Relatório 2013-2016
Relatório 2013-2016
 
A história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturais
A história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturaisA história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturais
A história de um sonho - A Casa da Cultura Digital e as redes político-culturais
 
Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...
Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...
Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ES...
 
Marketing cultural e mídias sociais
Marketing cultural e mídias sociaisMarketing cultural e mídias sociais
Marketing cultural e mídias sociais
 

Último

Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 

Mapeamento cultural no brasil

  • 1. Mapeamento Cultural no Brasil: Georreferenciamento dos Pontos de Cultura “A s práticas de um cartógrafo dizem respeito, fundamentalmente, às estratégias das formações do desej no campo o social” S u e l y R o l n ik , C a r t o g r a f ia s d o De s e j o
  • 2. Índice Introdução: Por que mapear? O que mapear? Pontos de Cultura: eixos, territórios, redes e ferramentas; Gts e territórios Ação Cultura Digital: Estúdio Livre, Conversê e Mapas da Rede Encontros e desencontros Teias e Fórum Histórico de plataformas Cenário atual
  • 3. Vídeo sobre a campanha e projeto de Cadastramento http://vimeo.com/14023400
  • 4. Introdução O que mapear? Quantas iniciativas (pontos) temos (dados históricos e atuais); Onde estão localizadas; Com que trabalham; Que produtos, serviços, ferramentas e espaços dispõem; Em que áreas sociais atuam; Por que mapear? Para ter feedback sobre o fluxo de investimento que o poder público tem feito ao longo dos anos; Para obter dados que ajudem a traçar novas metas para as políticas públicas de fomento cultural no Brasil; Para promover controle social e fomento de ações em rede;
  • 5. Introdução O que fundamenta a necessidade de ferramentas e plataformas que georreferenciem e promovam rede? Sendo o programa Cultura Viva um repertório disposto de sujeitos de fazer cultural e artístico pautados nos termos do Empoderamento, Protagonismo e Autonomia, a Cultura Digital aparece como tema transversal, para promover na prática manifestações que permitem ao atores do programa experimentar- se por si mesmos, mostrando-se por si mesmos, protagonizando seus próprios enredos. Nós Cultura digital Blogs Redes Sociais Acervos Gravações vídeo livre Nós Transmissões Acervos Gravações vídeo livre Fotos Cultura digital Blogs Coexistimos existimos Redes Sociais Transmissões Acervos Cultura digital Blogs Redes Sociais Streaming vídeo livre Fotos Cultura digital Redes Sociais Redes Sociais Transmissões Acervos Redes Sociais Transmissões Acervos Cultura digital Redes Sociais Blogs Redes Sociais Streaming Nós nos protagonizamos vídeo livre Fotos Cultura digital Blogs Redes Sociais Redes Sociais Transmissões Acervos Transmissões Acervos Cultura digital Blogs Redes Sociais Streaming Cultura digital Blogs Redes Sociais Redes Sociais Transmissões
  • 6. Pontos de Cultura: eixos, redes e ferramentas E i x o s : Todo tecido de pontos de cultura espalhado pelo Brasil se aproxima de eixos temáticos. Um ponto pode trabalhar com um ou mais eixos temáticos. Ao todo foram criados e reconhecidos 25 eixos que se converteram em GTs
  • 7. Pontos de Cultura: eixos, redes e ferramentas Te r r i t ó r i o s e R e d e s : a medida que o Cultura Viva avançou ampliando seu número de editais e de pontos conveniados, um novo panorama começou a surgir apresentando aos membros do programa a possibilidade de reconhecimento pela territorialidade. Surgiram representantes estaduais e municipais e vieram à tona as redes municipais.
  • 8. Pontos de Cultura: eixos, redes e ferramentas F e r r a m e n t a s : Para dar conta da demanda digital que se apresentava, logo no inicio do programa foi criada a A ç ã o C u l t u r a D i g i t a l e por meio dela as ferramentas digitais livres passaram a ser difundidas ao mesmo tempo que laços de rede iam sendo constituídos. Foto do Encontro de Conhecimentos Livres de Osasco. 2005
  • 9. Ação Cultura Digital: Estúdio Livre, Conversê e Mapas da Rede 1° Acervo Livre 1° Rede Social para Pontos de Cultura 1° Mapa georreferenciado com dados de Pontos de Cultura
  • 10. Encontros e desencontros: Teias e fóruns Durante as Teias e Fóruns houve intensos debates sobre a necessidade de um sistema de mapeamento e georreferenciamento dos Pontos de Cultura. Na Teia 2010 foi construído um sistema de cadastro e um fórum virtual para todos que estiveram no evento.
  • 11. Encontros e desencontros: Teias e fóruns Tela do Fórum Virtual: Este fórum foi desenvolvido pelo Ponto de Cultura Casa dos meninos em 2010, mas não está mais no ar.
  • 12. Encontros e desencontros: Pontões Houve também, durante o Encontro de Pontões de 2010 a criação de 6 Gts entre os Pontões ligados a Cultura Digital. Cada Gt ficava responsável por uma área e a ideia central era a de criar um sistema de informação e um sistema de formação para Pontos de Cultura. Gts: - Comunicação - Desenvolvimento - Suporte - Comunidade Tradicionais - Formação - Sustentabilidade Ver mais em: http://cdcp2010.wikispaces.com e http://cozinha.pontaodaeco.org
  • 13. Encontros e desencontros: Pontões Os pontões registraram suas ações e seus trabalhos de mapeamento e desenvolvimento em uma wiki e em um ambiente de gerenciamento coletivo proposto pelo Pontão da ECO.
  • 14. Encontros e desencontros: Pontões Os pontões registraram suas ações e seus trabalhos de mapeamento e desenvolvimento em uma wiki e em um ambiente de gerenciamento coletivo proposto pelo Pontão da ECO. Ver mais em: http://cdcp2010.wikispaces.com e http://cozinha.pontaodaeco.org
  • 15. Histórico de plataformas Existiram diversas plataforma de mapeamento e georreferenciamento de pontos de cultura, seja em âmbito nacional, estadual e municipal. Listamos em ordem cronológica algumas de destaque: Mapysys; Mapas da Rede; Wiki dos Pontões; Cadastre seu Ponto; Conferência permanente dos Direitos da Criança e do Adolescente (interface de georreferenciamento entre escolas municipais de São Paulo e Pontos de Cultura); SIPCult – Sistema de informações dos Pontos de Cultura; MapaCult; Plataforma de Economia Criativa do Lab Macambira Mapa dos Pontos do Estado de São Paulo; Mapa dos Pontos do Estado de Santa Catarina;
  • 16. Histórico de plataformas: Mapsys Mapysys
  • 17. Histórico de plataformas: Conferência Permanente
  • 18. Sistema de Informações de Pontos de Cultura Referência: http://wiki.nosdigitais.teia.org.br/Sistema_de_Informações_dos_Pontos_de_Cultura
  • 24. Mapacult foi uma proposta independente de criação de um sistema de informações, gerreferrenciamento e ofertas de produtos e serviços, construído em Ruby onrails. https://github.com/f3li pecabral/mapacult.g it Sem recursos para desenvolvimento o sistema não chegou a ser terminado e/ou implementado.
  • 25. Histórico de plataformas: Pontos de Santa Catarina
  • 26. Cenário atual Nenhum sistema de georreferenciamento proposto aos Pontos de Cultura, com exceção de algumas iniciativas estaduais, que tenha minimamente atingido seu objeto final proposto está atualmente no ar; Existe bastante documentação e pessoas envolvidas nesse processo ao logo dos anos, o que constitui um corpus intelectual em torno da temática com bastaste acumulo e experiência no que funcionou e no que não funcionou. Muitas dessas pessoas estão atualmente numa lista de discussão, mas sem encontros presenciais e/ou ações de fomento de rede, a lista tem servido mais a informes e a troca de informações do que trabalho em rede; O Ministério da Cultura tem investido na criação de um Sistema Nacional de Informações Culturais – SNIC, que pretende ser o maior e mais robusto sistema de informações de viés cultural do Brasil. (mais em
  • 27. Novas plataformas Outras plataformas de mapeamento e georreferenciamento, não necessariamente com foco em Ações Culturais ou Pontos de Cultura vem surgindo. Listamos aqui algumas delas: Cultura Santo Amaro PontoAlegre.cc Arte Fora do Museu Mapa da Cultura de Fortaleza Mapa da Participação Cidadã Rede Brasil Rural
  • 28. Novas plataformas: Cultura Santo Amaro Mais em http://santoamaroemrede.wordpress.com e http://www.mostrasescdeartes.com.br/stoamaroemrede/agenda/agendaCultural.html
  • 30. Novas plataformas: Arte Fora do Museu
  • 31. Novas plataformas: Arte Fora do Museu
  • 32. Novas plataformas: Mapa da Cultura de Fortaleza
  • 33. Novas plataformas: Mapa da Participação Cidadã
  • 34. Novas plataformas: Mapa da Participação Cidadã
  • 35. Novas plataformas: Rede Brasil Rural Referência: http://wiki.nosdigitais.teia.org.br/Rede_Brasil_Rural
  • 36. Novas plataformas: Rede Brasil Rural
  • 37. Novas plataformas: Rede Brasil Rural
  • 38. Considerações a cerca do mapeamento e georreferenciamento em rede
  • 39. Agradecimentos Aline Carvalho Cleodon Silva (in memorian); Comissão Nacional dos Pontos de Cultura Comissão Paulista de Pontos de Cultura Dalton Martins Daniel Marostegan e Carneiro; Emerson Vinícius Inae Bastistoni Ipso - Mapas da Rede Laboratório Macambira Mariana Di Stella Piazzola Pedro Jatobá Ponto de Cultura Casa dos Meninos e Equipe Rafael Cabral Renato Fabbri Thiago Skarnio Uirá Porã
  • 40. Contato Felipe Cabral Novaes Fone: 011 9588-6130 Email: felipe@teia.org.br Blog: http://culturadigital.br/movimento http://www.coletivodigital.org.br http://nosdigitais.teia.org.br