SlideShare uma empresa Scribd logo
Acadêmico: Aline Rodrigues de Lima
RA: 2312766-5
Curso: 2ª Licenciatura em Pedagogia
Disciplina: Metodologia do Ensino de Geografia
Aspectos Gerais
• Igreja de Nossa Senhora da Penha
• Esta é a igreja matriz da cidade que foi construída em homenagem a Nossa Senhora da
Penha, padroeira de Serra Talhada. Essa foi a primeira capela da região construída a
mando de Filadelfa Nunes de Magalhães, filha do português e da índia cariri, quando
Serra Talhada era apenas uma fazenda. Ela está num local um pouco mais alto da
cidade, por isso é possível vê-la de vários pontos e ainda chama atenção por seu estilo
neoclássico. Na frente da igreja, há uma bela praça que homenageia o Padre Jesus, um
espanhol que ficou à frente da Igreja de Nossa Senhora da Penha por 54 anos. A
população Serratalhadense costuma ir à igreja aos domingos.
Xaxado
• O pau que batia o feijão para retirar da vagem o caroço, após a colheita, fez surgir o
ritmo. Da prática (xaxar), veio o nome. E com o tempo, fez-se dança. O xaxado possui
hoje um festival só seu, que já está em sua 13ª edição. Ele é realizado em Pernambuco
em Serra Talhada, Sertão do Pajeú - cidade que já foi conhecida como Vila Bella, e local
no qual o bando de Lampião teria difundido o ritmo.
Num grupo que era formado só por homens, vivendo entre fugas e combates, é
compreensível saber que mulheres não dançassem o xaxado. As espingardas, fiéis
companheiras dos cangaceiros, faziam as vezes de damas, seguindo ao lado dos
homens, durante o arrastar de passos.
A exclusão feminina permanece apenas nos nomes dos grupos mais antigos, como
Cabras de Lampião e Herdeiros do Xaxado. Apenas. Pois quem preside esse bando todo
é, sim senhora, uma mulher. Cleonice Maria dirige e coreografa e espetáculo, que é o
mesmo desde 1995.
• “O espetáculo dos Cabras de Lampião nunca foi mudado. Porém, periodicamente, apresentamos o
maior espetáculo ao ar livre dos sertões brasileiro, 'O Massacre de Angico - a Morte de Lampião'”,
afirma. “Como em qualquer outra montagem cênica, os dançarinos sugerem e ajudam na criação das
coreografias. Na verdade, as coreografias estão prontas há vinte e três anos. Apenas alguns retoques
são dados quando aparece uma ideia interessante”, complementa. No que se refere ao figurino, a
mudança é recorrente, sem perder a originalidade e autenticidade de como os cangaceiros se vestiam.
O evento conta ainda com oficinas de dança, palestras sobre patrimônio, feira de artesanato da região,
mostra de comedoria sertaneja, apresentações musicais, passeio turístico ecológico ao Sítio Passagem
das Pedras (onde nasceu Lampião) e à Fazenda Pedreira (do primeiro inimigo de Lampião, Zé
Saturnino) e o Baile Perfumado, uma festa no Clube da Fazenda São Miguel, com o forrozeiro Assisão.
O encontro é um grande divulgador da cultura nordestina e conta com incentivo do
Funcultura/Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado.
Mas, em Serra Talhada, o xaxado não é tema só uma vez ao ano.
“Costumo dizer que o xaxado começa cedo em Serra Talhada, a nossa cultura por ele já vem enraizada
em nosso povo. Temos grupos formados apenas por crianças, os Herdeiros do Xaxado.
Frequentemente, os pais procuram o Museu do Cangaço (nossa sede) para matricular as crianças que
ficam aperreando em casa, querendo dançar xaxado. As aulas são semanais e gratuitas”, revela
Cleonice.
Casa da Cultura de Serra Talhada
Sesc Serra Talhada
• Realizado em diversas unidades
do Sesc no estado, o Sesc Lazer
é um projeto voltado para todas as
idades, um dia de atividades com
caráter lúdico e recreativo, com o
objetivo de oferecer
entretenimento e diversão com
brincadeiras, apresentações
musicais e atividades na piscina.
Feira Livre
• Isso porque a cidade, quando ainda era uma fazenda, estava na rota de comerciantes.
Desde então a feira acontece toda segunda-feira no mesmo local.
Estação do Forró
• Este é um espaço de eventos onde acontecem apresentações culturais durante o ano,
assim como o famoso Encontro Nordestino de Xaxado. No mês de São João, por
exemplo, há diversas festas juninas, tanto que é possível ver uma cidade cenográfica
com casas coloridas de madeira e casas de barro.
• O local fica ao lado do antigo prédio da Estação Ferroviária e abriga o Parque de
Esculturas Ronaldo Aureliano. Você poderá ver uma exposição ao ar livre com peças que
chegam a ter 2 metros de altura, todas feitas a partir de sucata de trem, ferro e outras
coisas que estavam jogadas na área da antiga estação.
Culinária
• Com origem na cozinha sertaneja, a buchada é um dos pratos mais famosos de Serra
Talhada-PE. É preparada com o bucho (estômago) de bode ou carneiro, recheado com
um picadinho do sangue coagulado, tripas e fígado, refogados com hortelã, limão, alho,
cebola e temperos.
Diante da pesquisa feita em nosso município Serra Talhada, resolvemos fazer uma
comparação com a cidade de Triunfo, município vizinho.
A religiosidade possui sua marca com destaque em Triunfo. No município a cultura sertaneja
recebeu influências da Europa, tendo sua história fortemente ligada à religião católica. Padres,
capuchinos, freis e freiras, de diversas localidades e países, ajudaram na construção do
município e de sua identidade. O marco inicial é 1801, com a chegada à serra, do capuchino
italiano Frei Vidal da Penha Frescolaro, terra até então habitada pelos Índios caetés. Ele traz
consigo a imagem de Nossa Senhora das Dores, padroeira da cidade, mantida na Igreja Matriz
levando seu nome.
• Com uma cultura de valorização do patrimônio histórico e do revigoramento das tradições
culturais locais, Triunfo tem como destaque também arquitetônico e atrativo urbano, o prédio do
Museu do Cangaço e da Cidade. No local onde estão reunidas peças da história da cidade e do
tempo dos cangaceiros e do reinado de Lampião, que costumavam se esconder em Triunfo na
Casa Grande das Almas, no Sítio Almas, divisa entre Pernambuco e Paraíba, e na casa de Manoel
Borges. Esses locais então preservados como naquele tempo, sendo pontos de visitação.
Casa Grande das Almas
• Podem ser destacados: os frades franciscanos com a construção do Convento São
Boaventura; o Pe. Ibiapina com a fundação da primeira casa de caridade municipal; as
irmãs maristas franciscanas refugiadas da segunda guerra mundial, com a fundação do
Colégio Stella Maris, contribuindo com a educação e formação de muitas gerações que
passaram por Triunfo e o Lar Santa Elisabeth que faz um trabalho de assistência social
em prol de crianças e adolescentes.
Convento Boaventura
Carnaval
• Na cidade de Triunfo, o Carnaval é
marcado pela presença dos
Caretas que, há quase um século,
desfilam todos os dias da festa de
Momo. A Segunda-feira de
Carnaval, dia em que acontece o
concurso do melhor figurino, é o
momento no qual todos os caretas
se encontram na cidade. A folia de
Triunfo também oferece atrações
desde cortejos, passando por
blocos carnavalescos e orquestras
de frevo, até bailes e shows.
• Já na cidade de Serra Talhada, não
temos essa cultura e investimentos
no Carnaval, o que há é blocos em
alguns bairros do Centro, Cagep,
Vila Bela, Ipsep, Mutirão, São
Cristóvão e Caxixola.
• Triunfo tem como principal destaque folclórico cultural a figura do “Careta”, que desde o início do
Século XX sai pelas ruas e ladeiras da cidade, chamando a atenção do público por suas máscaras,
roupas e chapéus coloridos, além de uma tabuleta com chocalhos levados nas costas. O careta
carrega nas mãos o relho, uma espécie de chicote.
• A cidade oferece outro grande atrativo, que é o teleférico, cuja base fica as margens do lago João
Barbosa Sitônio, no centro da cidade.Em suas cadeirinhas sobre as águas do lago, os turistas são
levados até o alto da serra onde fica o Centro de Lazer SESC, a maior colônia de férias em
Pernambuco do Sistema Fecomércio.
• O Turismo Rural e o Ecoturismo são roteiros com diversão garantida para todos os visitantes.
Esses atrativos se descortinam por meio de trilhas ecológicas e belíssimas paisagens
constantemente verdes. As estradas de pedras levam a cachoeiras, grutas, furnas e mirantes. A
natureza exuberante justifica o título de Oásis do Sertão.
• A Cachoeira dos Pingas está localizada a 4,5 km da cidade, e possui uma beleza exuberante com
seis quedas d’água. A primeira queda transforma-se numa piscina natural para um agradável
banho nas águas puras e cristalinas de Triunfo.
Sesc Triunfo
• Ótimo local para hospedagem na
cidade, com excelente
infraestrutura. O local conta com
um teleférico e com várias
atividades para os hóspedes.
Além de piscina aquecida.
Culinária
• Destacando com pratos regionais e inusitados como o famoso arroz vermelho e a carne
de bode guisada. Os licores de frutas feitos artesanalmente também são outra iguaria e
os derivados da cana-de-açúcar se revelam inclusive como doces finos.
• Tanto na culinária quanto na bebida, com a Cachaça Triunpho e os cafés especiais,
ocupa lugar de destaque nas melhores prateleiras do comércio do ramo. Triunfo detém
uma cultura gastronômica própria, como os tradicionais doces e biscoitos caseiros,
seduzindo paladares pelo mundo afora, numa mesa farta, saborosa e francamente
sertaneja.
• A Constituição Federal de 1988 traz a dignidade humana no art. 1º como um dos
fundamentos da nossa República e como base de todo o texto constitucional. Por dignidade
humana entende-se que todos os seres humanos são sujeitos de direitos e podem exercê-
los em condições de igualdade e na forma da lei, independentemente de suas
características ou diferenças. A nossa Constituição define, em seu art. 3º, como um dos
objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, a “promoção do bem de todos,
sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de
discriminação”.
• Devemos ter em mente que respeitar as diferenças não é só mais uma lei ou um discurso
bonito, mas a base de tudo, sendo um dever e uma necessidade para viver em sociedade.
Conhecer a história da região, seus costumes e tradições do lugar que vivemos é essencial,
tal como, manter um postura de atualização buscando informações para o entendimento
sobre as constantes transformações vivenciadas pela sociedade. São ações que ajudam o
aprendizado sobre respeitar as diferenças.
MAPA ENVIAR.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a MAPA ENVIAR.pptx

Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Gil Ferreira
 
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Gil Ferreira
 
Respirar natureza
Respirar naturezaRespirar natureza
Respirar natureza
Turismozero
 
Respirar natureza
Respirar naturezaRespirar natureza
Respirar natureza
Turismozero
 
Novo
NovoNovo
Novo
ehsepp
 
Novo
NovoNovo
Novo
ehsepp
 
Carnaval 2021
Carnaval 2021Carnaval 2021
Carnaval 2021
Pedro Moura
 
Carnaval 2021
Carnaval 2021Carnaval 2021
Carnaval 2021
Pedro Moura
 
Região metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sulRegião metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sul
Luana Silveeira
 
Região metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sulRegião metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sul
Luana Silveeira
 
Folder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das ArtesFolder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das Artes
Associação Das Cidades Históricas
 
Folder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das ArtesFolder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das Artes
Associação Das Cidades Históricas
 
Januária - Cultura
Januária - CulturaJanuária - Cultura
Januária - Cultura
Adriana Andrade
 
Januária - Cultura
Januária - CulturaJanuária - Cultura
Januária - Cultura
Adriana Andrade
 
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô LigadoSlide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
Maisa Keila Braga Simplicio
 
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô LigadoSlide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
Maisa Keila Braga Simplicio
 
Apresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação CulturalApresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação Cultural
Lucas Junior
 
Apresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação CulturalApresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação Cultural
Lucas Junior
 
Cavalhada
CavalhadaCavalhada
Cavalhada
CavalhadaCavalhada

Semelhante a MAPA ENVIAR.pptx (20)

Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
 
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
Agenda Cultural | Santa Maria da Feira | junho a agosto 2014
 
Respirar natureza
Respirar naturezaRespirar natureza
Respirar natureza
 
Respirar natureza
Respirar naturezaRespirar natureza
Respirar natureza
 
Novo
NovoNovo
Novo
 
Novo
NovoNovo
Novo
 
Carnaval 2021
Carnaval 2021Carnaval 2021
Carnaval 2021
 
Carnaval 2021
Carnaval 2021Carnaval 2021
Carnaval 2021
 
Região metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sulRegião metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sul
 
Região metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sulRegião metropolitana do rio grande do sul
Região metropolitana do rio grande do sul
 
Folder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das ArtesFolder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das Artes
 
Folder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das ArtesFolder ACHMG - Região das Artes
Folder ACHMG - Região das Artes
 
Januária - Cultura
Januária - CulturaJanuária - Cultura
Januária - Cultura
 
Januária - Cultura
Januária - CulturaJanuária - Cultura
Januária - Cultura
 
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô LigadoSlide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
 
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô LigadoSlide da equipe All Star- Tô Ligado
Slide da equipe All Star- Tô Ligado
 
Apresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação CulturalApresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação Cultural
 
Apresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação CulturalApresentação Fundação Cultural
Apresentação Fundação Cultural
 
Cavalhada
CavalhadaCavalhada
Cavalhada
 
Cavalhada
CavalhadaCavalhada
Cavalhada
 

Último

Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 

Último (20)

Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 

MAPA ENVIAR.pptx

  • 1. Acadêmico: Aline Rodrigues de Lima RA: 2312766-5 Curso: 2ª Licenciatura em Pedagogia Disciplina: Metodologia do Ensino de Geografia
  • 2.
  • 3.
  • 5. • Igreja de Nossa Senhora da Penha • Esta é a igreja matriz da cidade que foi construída em homenagem a Nossa Senhora da Penha, padroeira de Serra Talhada. Essa foi a primeira capela da região construída a mando de Filadelfa Nunes de Magalhães, filha do português e da índia cariri, quando Serra Talhada era apenas uma fazenda. Ela está num local um pouco mais alto da cidade, por isso é possível vê-la de vários pontos e ainda chama atenção por seu estilo neoclássico. Na frente da igreja, há uma bela praça que homenageia o Padre Jesus, um espanhol que ficou à frente da Igreja de Nossa Senhora da Penha por 54 anos. A população Serratalhadense costuma ir à igreja aos domingos.
  • 6. Xaxado • O pau que batia o feijão para retirar da vagem o caroço, após a colheita, fez surgir o ritmo. Da prática (xaxar), veio o nome. E com o tempo, fez-se dança. O xaxado possui hoje um festival só seu, que já está em sua 13ª edição. Ele é realizado em Pernambuco em Serra Talhada, Sertão do Pajeú - cidade que já foi conhecida como Vila Bella, e local no qual o bando de Lampião teria difundido o ritmo. Num grupo que era formado só por homens, vivendo entre fugas e combates, é compreensível saber que mulheres não dançassem o xaxado. As espingardas, fiéis companheiras dos cangaceiros, faziam as vezes de damas, seguindo ao lado dos homens, durante o arrastar de passos. A exclusão feminina permanece apenas nos nomes dos grupos mais antigos, como Cabras de Lampião e Herdeiros do Xaxado. Apenas. Pois quem preside esse bando todo é, sim senhora, uma mulher. Cleonice Maria dirige e coreografa e espetáculo, que é o mesmo desde 1995.
  • 7. • “O espetáculo dos Cabras de Lampião nunca foi mudado. Porém, periodicamente, apresentamos o maior espetáculo ao ar livre dos sertões brasileiro, 'O Massacre de Angico - a Morte de Lampião'”, afirma. “Como em qualquer outra montagem cênica, os dançarinos sugerem e ajudam na criação das coreografias. Na verdade, as coreografias estão prontas há vinte e três anos. Apenas alguns retoques são dados quando aparece uma ideia interessante”, complementa. No que se refere ao figurino, a mudança é recorrente, sem perder a originalidade e autenticidade de como os cangaceiros se vestiam. O evento conta ainda com oficinas de dança, palestras sobre patrimônio, feira de artesanato da região, mostra de comedoria sertaneja, apresentações musicais, passeio turístico ecológico ao Sítio Passagem das Pedras (onde nasceu Lampião) e à Fazenda Pedreira (do primeiro inimigo de Lampião, Zé Saturnino) e o Baile Perfumado, uma festa no Clube da Fazenda São Miguel, com o forrozeiro Assisão. O encontro é um grande divulgador da cultura nordestina e conta com incentivo do Funcultura/Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado. Mas, em Serra Talhada, o xaxado não é tema só uma vez ao ano. “Costumo dizer que o xaxado começa cedo em Serra Talhada, a nossa cultura por ele já vem enraizada em nosso povo. Temos grupos formados apenas por crianças, os Herdeiros do Xaxado. Frequentemente, os pais procuram o Museu do Cangaço (nossa sede) para matricular as crianças que ficam aperreando em casa, querendo dançar xaxado. As aulas são semanais e gratuitas”, revela Cleonice.
  • 8.
  • 9. Casa da Cultura de Serra Talhada
  • 10. Sesc Serra Talhada • Realizado em diversas unidades do Sesc no estado, o Sesc Lazer é um projeto voltado para todas as idades, um dia de atividades com caráter lúdico e recreativo, com o objetivo de oferecer entretenimento e diversão com brincadeiras, apresentações musicais e atividades na piscina.
  • 11. Feira Livre • Isso porque a cidade, quando ainda era uma fazenda, estava na rota de comerciantes. Desde então a feira acontece toda segunda-feira no mesmo local.
  • 12. Estação do Forró • Este é um espaço de eventos onde acontecem apresentações culturais durante o ano, assim como o famoso Encontro Nordestino de Xaxado. No mês de São João, por exemplo, há diversas festas juninas, tanto que é possível ver uma cidade cenográfica com casas coloridas de madeira e casas de barro. • O local fica ao lado do antigo prédio da Estação Ferroviária e abriga o Parque de Esculturas Ronaldo Aureliano. Você poderá ver uma exposição ao ar livre com peças que chegam a ter 2 metros de altura, todas feitas a partir de sucata de trem, ferro e outras coisas que estavam jogadas na área da antiga estação.
  • 13. Culinária • Com origem na cozinha sertaneja, a buchada é um dos pratos mais famosos de Serra Talhada-PE. É preparada com o bucho (estômago) de bode ou carneiro, recheado com um picadinho do sangue coagulado, tripas e fígado, refogados com hortelã, limão, alho, cebola e temperos.
  • 14. Diante da pesquisa feita em nosso município Serra Talhada, resolvemos fazer uma comparação com a cidade de Triunfo, município vizinho.
  • 15. A religiosidade possui sua marca com destaque em Triunfo. No município a cultura sertaneja recebeu influências da Europa, tendo sua história fortemente ligada à religião católica. Padres, capuchinos, freis e freiras, de diversas localidades e países, ajudaram na construção do município e de sua identidade. O marco inicial é 1801, com a chegada à serra, do capuchino italiano Frei Vidal da Penha Frescolaro, terra até então habitada pelos Índios caetés. Ele traz consigo a imagem de Nossa Senhora das Dores, padroeira da cidade, mantida na Igreja Matriz levando seu nome.
  • 16. • Com uma cultura de valorização do patrimônio histórico e do revigoramento das tradições culturais locais, Triunfo tem como destaque também arquitetônico e atrativo urbano, o prédio do Museu do Cangaço e da Cidade. No local onde estão reunidas peças da história da cidade e do tempo dos cangaceiros e do reinado de Lampião, que costumavam se esconder em Triunfo na Casa Grande das Almas, no Sítio Almas, divisa entre Pernambuco e Paraíba, e na casa de Manoel Borges. Esses locais então preservados como naquele tempo, sendo pontos de visitação. Casa Grande das Almas
  • 17. • Podem ser destacados: os frades franciscanos com a construção do Convento São Boaventura; o Pe. Ibiapina com a fundação da primeira casa de caridade municipal; as irmãs maristas franciscanas refugiadas da segunda guerra mundial, com a fundação do Colégio Stella Maris, contribuindo com a educação e formação de muitas gerações que passaram por Triunfo e o Lar Santa Elisabeth que faz um trabalho de assistência social em prol de crianças e adolescentes. Convento Boaventura
  • 18. Carnaval • Na cidade de Triunfo, o Carnaval é marcado pela presença dos Caretas que, há quase um século, desfilam todos os dias da festa de Momo. A Segunda-feira de Carnaval, dia em que acontece o concurso do melhor figurino, é o momento no qual todos os caretas se encontram na cidade. A folia de Triunfo também oferece atrações desde cortejos, passando por blocos carnavalescos e orquestras de frevo, até bailes e shows. • Já na cidade de Serra Talhada, não temos essa cultura e investimentos no Carnaval, o que há é blocos em alguns bairros do Centro, Cagep, Vila Bela, Ipsep, Mutirão, São Cristóvão e Caxixola.
  • 19. • Triunfo tem como principal destaque folclórico cultural a figura do “Careta”, que desde o início do Século XX sai pelas ruas e ladeiras da cidade, chamando a atenção do público por suas máscaras, roupas e chapéus coloridos, além de uma tabuleta com chocalhos levados nas costas. O careta carrega nas mãos o relho, uma espécie de chicote. • A cidade oferece outro grande atrativo, que é o teleférico, cuja base fica as margens do lago João Barbosa Sitônio, no centro da cidade.Em suas cadeirinhas sobre as águas do lago, os turistas são levados até o alto da serra onde fica o Centro de Lazer SESC, a maior colônia de férias em Pernambuco do Sistema Fecomércio.
  • 20. • O Turismo Rural e o Ecoturismo são roteiros com diversão garantida para todos os visitantes. Esses atrativos se descortinam por meio de trilhas ecológicas e belíssimas paisagens constantemente verdes. As estradas de pedras levam a cachoeiras, grutas, furnas e mirantes. A natureza exuberante justifica o título de Oásis do Sertão. • A Cachoeira dos Pingas está localizada a 4,5 km da cidade, e possui uma beleza exuberante com seis quedas d’água. A primeira queda transforma-se numa piscina natural para um agradável banho nas águas puras e cristalinas de Triunfo.
  • 21. Sesc Triunfo • Ótimo local para hospedagem na cidade, com excelente infraestrutura. O local conta com um teleférico e com várias atividades para os hóspedes. Além de piscina aquecida.
  • 22. Culinária • Destacando com pratos regionais e inusitados como o famoso arroz vermelho e a carne de bode guisada. Os licores de frutas feitos artesanalmente também são outra iguaria e os derivados da cana-de-açúcar se revelam inclusive como doces finos. • Tanto na culinária quanto na bebida, com a Cachaça Triunpho e os cafés especiais, ocupa lugar de destaque nas melhores prateleiras do comércio do ramo. Triunfo detém uma cultura gastronômica própria, como os tradicionais doces e biscoitos caseiros, seduzindo paladares pelo mundo afora, numa mesa farta, saborosa e francamente sertaneja.
  • 23. • A Constituição Federal de 1988 traz a dignidade humana no art. 1º como um dos fundamentos da nossa República e como base de todo o texto constitucional. Por dignidade humana entende-se que todos os seres humanos são sujeitos de direitos e podem exercê- los em condições de igualdade e na forma da lei, independentemente de suas características ou diferenças. A nossa Constituição define, em seu art. 3º, como um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, a “promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”. • Devemos ter em mente que respeitar as diferenças não é só mais uma lei ou um discurso bonito, mas a base de tudo, sendo um dever e uma necessidade para viver em sociedade. Conhecer a história da região, seus costumes e tradições do lugar que vivemos é essencial, tal como, manter um postura de atualização buscando informações para o entendimento sobre as constantes transformações vivenciadas pela sociedade. São ações que ajudam o aprendizado sobre respeitar as diferenças.