SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
MAPA - ENGENHARIA DO PRODUTO - 512024
Entre em contato com a nossa equipe que vamos assessorar
com esse trabalho
Mais de 10 anos no mercado acadêmico
CONTATO
(15) 98170-8778
Tele gram.:( 15) 98170-8778
E-MAIL: Mvf5system@gmail.com
QUESTÃO 1

MAPA
CONTEXTUALIZAÇÃO
A globalização gerou uma ampla competição entre empresas, resultando em
consumidores cada vez mais exigentes, que buscam uma variedade de produtos em
períodos mais curtos. Assim, surgiu a necessidade da Engenharia do Produto, responsável
pela criação, transformação e aprimoramento de qualquer produto, assegurando seu
funcionamento e priorizando a satisfação do cliente com foco nas necessidades humanas.
De modo geral, o Processo de Desenvolvimento de Produtos (PDP) abrange diversas
atividades que buscam, por meio das demandas do mercado e das restrições existentes,
obter as especificações de projeto de um produto e seu método de produção. Isso
permite que as indústrias e fábricas possam produzi-lo eficientemente. O PDP também
inclui o acompanhamento do produto após o lançamento, assim como o planejamento
da descontinuidade do produto no mercado, incorporando no processo de
desenvolvimento as lições aprendidas ao longo do ciclo de vida do produto (Rozenfeld et
al., 2006).
A Engenharia do Produto também assume uma responsabilidade no bem-estar social,
preocupando-se com o desenvolvimento de produtos que atendam a todos os grupos da
sociedade. Isso implica na redução da segregação, introdução da integração do indivíduo,
facilitação de atividades cotidianas e inclusão no esporte e lazer. Para o desenvolvimento
de produtos acessíveis, utiliza-se como base a NBR9050: Acessibilidade a edificações,
mobiliário, espaços e equipamentos urbanos.
A acessibilidade refere-se à possibilidade e condição de alcance, percepção e
entendimento para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários,
equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, incluindo
sistemas e tecnologias, bem como outros serviços e instalações abertos ao público, de
uso público ou privado de uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoas
com deficiência ou mobilidade reduzida (NBR, 9050).
Conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2021),
8,4% da população brasileira acima de dois anos, representando 17,3 milhões de pessoas,
possui algum tipo de deficiência. Em um instante, a vida de muitas pessoas pode
transformar-se, como o caso da atleta Laís Souza, que sofreu um acidente durante o
treinamento de esqui aéreo, fraturando a terceira vértebra cervical e tornando-se
tetraplégica.
DESAFIO
Diante da necessidade de criar um produto mais inclusivo, alinhado a um discurso que
busca equidade através da adaptação de um produto, este projeto (MAPA) tem como
objetivo desenvolver um DISPOSITIVO DOMÉSTICO destinado a auxiliar e simplificar
a rotina de pessoas paraplégicas. Esse produto deve proporcionar autonomia e
segurança para a realização de atividades diárias simples e deve ser inovador.
Etapa 1: Compreendendo o Cliente
As necessidades dos clientes são dinâmicas, impossibilitando a criação de uma lista
definitiva dessas demandas. É evidente que o mercado é influenciado por fatores como
novas tecnologias, surgimento de competidores e flutuações na taxa de câmbio, entre
outros. Diante desse cenário, os clientes desenvolvem expectativas e necessidades,
enquanto os produtos existentes podem perder atratividade. Ouvir atentamente o cliente
é essencial para aprimorar suas necessidades e criar soluções alinhadas às expectativas.
Além de compreender, é crucial surpreender. Ao buscar entender as reais necessidades
por meio da voz dos clientes, é imperativo desenvolver os elementos necessários para
identificar suas verdadeiras demandas.
1.1 Investigação das Necessidades dos Usuários
Nesta fase, é crucial adquirir uma compreensão empática do problema que se busca
resolver, geralmente por meio da pesquisa direta com os usuários. A empatia
desempenha um papel fundamental em um processo de design centrado no ser humano,
como o Design Thinking, pois permite deixar de lado as próprias suposições,
proporcionando uma visão autêntica dos usuários e de suas necessidades.
Faça uma pesquisa sobre as necessidades/dificuldades dessas pessoas e apresente os
resultados, assim como as referências desta.
1.2 Tabela de Necessidades dos Clientes
Com base em sua pesquisa, elabore uma tabela detalhada das necessidades dos
clientes, abrangendo as funções essenciais que o seu produto deve ter para atender
a essas necessidades (mínimo 4 funções).
Etapa 2: Projeto Informacional
A etapa de projeto informacional é constituída pelo início ao projeto do produto, em que
as ideias pensadas anteriormente começam a ser materializadas e documentadas. Os
requisitos dos produtos são levantados e avaliados a partir da necessidade do público-
alvo, de forma a atender ao mercado com o máximo de eficiência.
2.1 Requisitos do produto
A obtenção dos requisitos com base nas necessidades levantadas pelos clientes se
constitui na primeira decisão física sobre o produto que é projetado e, assim, possibilita
parâmetros mensuráveis, associados a características definitivas que o produto terá,
constituindo um momento importante para o projeto.
Faça um levantamento do grau de importância de 10 necessidades do cliente que o
seu produto deve suprir.
Obs.: 10 (mais importante) para 1 (menos importante) e pode haver graus de importância
repetidos.
2.2 Matriz Casa da Qualidade (QFD): benchmarking competitivo
A matriz QFD (Quality Function Deployment) pode ser aplicada no desenvolvimento de
produtos e serviços e tem como objetivo mensurar as necessidades dos clientes, de forma
que a organização consiga estudar essas necessidades, fazer comparações e ordenações
de acordo com a relevância. O benchmarking competitivo é o campo da matriz QFD,
em que se torna possível identificar a situação atual do produto com relação a
concorrentes e, até mesmo, produtos similares lançados pela empresa.
Faça um benchmarking competitivo com três produtos similares ao seu,
comparando as necessidades levantadas entre os três presentes no mercado e o seu.
Obs.: construa uma tabela com as necessidades levantadas no item anterior (2.1) e
os três produtos similares; aquele que se destacar em relação à necessidade deve
marcar um ponto.
Etapa 3 – Projeto Conceitual
No Projeto Conceitual de maneira geral, as atividades desenvolvidas se relacionam com a
busca, criação, representação e seleção de soluções para o problema do projeto de
produto, ou seja, o objetivo principal é desenvolver princípios para o projeto do produto
que satisfaça às necessidades e exigências dos consumidores e que se diferencie dos
demais produtos similares encontrados no mercado.
3.1 Seleção de Conceito
A seleção do conceito é o momento de analisar todas as informações levantadas nas
demais etapas e, enfim, selecionar o conceito para o produto. Segundo Baxter (2011),
existem alguns métodos que facilitam essa tarefa, os métodos modernos são baseados
no trabalho de Stuart Pugh, que desenvolveu um método da convergência controlada,
que são desenvolvidos ao modo que os conceitos gerados pela equipe do
desenvolvimento do projeto vão convergindo sistematicamente e, por fim, tem-se a
seleção e um único conceito.
Escolha 10 critérios de seleção de conceito e seus pesos. Após, selecione uma
oportunidade de referência (produto que ganhou o benchmarkig na questão
anterior (2.2), com a pontuação maior) e duas alternativas para elas. E, então, faça
uma matriz de avaliação, onde os critérios são organizados em um eixo e os critérios
de seleção no outro.
Obs.: cada conceito é comparado com o conceito referencial. Aqueles julgados “melhor
que” são avaliados em (+1), o “pior que”, em (-1), e o “igual”, em (0). (exemplo na
página 105 e 106, unidade 4)
Etapa 04 – Documentação (Ficha Técnica)
A ficha técnica é um documento elaborado pela área de produtos, em que as
informações tratadas anteriormente são reunidas em um único local, e é utilizada como o
documento que caminha com produto por toda organização. Essa ficha pode ser utilizada
por qualquer tipo de empresa, de qualquer área de atuação e porte, pois a partir dela os
gestores conseguem tomar decisões mais acertadas. A ficha técnica é um documento que
acompanha as ordens de produção, é utilizada desde o momento de aprovação do
produto até a chegada da produção na expedição.
Faça a ficha técnica do seu produto.
Etapa 05 – Projeto Detalhado (Croqui)
Romeiro Filho et al. (2010, p. 298) esclarecem que “ os protótipos virtuais ou protótipos
reais cumprem inicialmente o mesmo papel do desenho técnico, que é facilitar a
comunicação entre a equipe de projeto, fornecedores e clientes no melhor entendimento
do componente e de seu funcionamento no produto”.
Faça um croqui a mão livre do seu produto ou utilize algum software de sua
preferência e o insira como anexo no template do MAPA, que consta no material da
disciplina.
Fontes
ABNT. NBR 9050: acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos
urbanos. Rio de Janeiro: ABNT, 2004.
BAXTER, M. Projeto de Produto: guia prático para o design de novos produtos. São
Paulo: Blucher, 2011. Disponível em:
https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/34889-pessoas-com-deficiencia-
e-as-desigualdades-sociais-no-brasil.html?=&t=resultados. Acesso em: 6 fev. 2024.
ROMEIRO FILHO, E. et al. Projeto do Produto. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.
ROZENFELD, H. et al. Gestão de Desenvolvimento de Produtos: uma referência para a
melhoria do processo. São Paulo: Saraiva, 2006.
Entre em contato com a nossa equipe que vamos assessorar
com esse trabalho
Mais de 10 anos no mercado acadêmico
CONTATO
(15) 98170-8778
Tele gram.:( 15) 98170-8778
E-MAIL: Mvf5system@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Destaque

2024 State of Marketing Report – by Hubspot
2024 State of Marketing Report – by Hubspot2024 State of Marketing Report – by Hubspot
2024 State of Marketing Report – by HubspotMarius Sescu
 
Everything You Need To Know About ChatGPT
Everything You Need To Know About ChatGPTEverything You Need To Know About ChatGPT
Everything You Need To Know About ChatGPTExpeed Software
 
Product Design Trends in 2024 | Teenage Engineerings
Product Design Trends in 2024 | Teenage EngineeringsProduct Design Trends in 2024 | Teenage Engineerings
Product Design Trends in 2024 | Teenage EngineeringsPixeldarts
 
How Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental Health
How Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental HealthHow Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental Health
How Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental HealthThinkNow
 
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdfAI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdfmarketingartwork
 
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024Neil Kimberley
 
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)contently
 
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024Albert Qian
 
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsSocial Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsKurio // The Social Media Age(ncy)
 
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Search Engine Journal
 
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summarySpeakerHub
 
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd Clark Boyd
 
Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Tessa Mero
 
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentGoogle's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentLily Ray
 
Time Management & Productivity - Best Practices
Time Management & Productivity -  Best PracticesTime Management & Productivity -  Best Practices
Time Management & Productivity - Best PracticesVit Horky
 
The six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementThe six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementMindGenius
 
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...RachelPearson36
 

Destaque (20)

2024 State of Marketing Report – by Hubspot
2024 State of Marketing Report – by Hubspot2024 State of Marketing Report – by Hubspot
2024 State of Marketing Report – by Hubspot
 
Everything You Need To Know About ChatGPT
Everything You Need To Know About ChatGPTEverything You Need To Know About ChatGPT
Everything You Need To Know About ChatGPT
 
Product Design Trends in 2024 | Teenage Engineerings
Product Design Trends in 2024 | Teenage EngineeringsProduct Design Trends in 2024 | Teenage Engineerings
Product Design Trends in 2024 | Teenage Engineerings
 
How Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental Health
How Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental HealthHow Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental Health
How Race, Age and Gender Shape Attitudes Towards Mental Health
 
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdfAI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
AI Trends in Creative Operations 2024 by Artwork Flow.pdf
 
Skeleton Culture Code
Skeleton Culture CodeSkeleton Culture Code
Skeleton Culture Code
 
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
PEPSICO Presentation to CAGNY Conference Feb 2024
 
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
Content Methodology: A Best Practices Report (Webinar)
 
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
How to Prepare For a Successful Job Search for 2024
 
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie InsightsSocial Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
Social Media Marketing Trends 2024 // The Global Indie Insights
 
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
Trends In Paid Search: Navigating The Digital Landscape In 2024
 
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
5 Public speaking tips from TED - Visualized summary
 
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
ChatGPT and the Future of Work - Clark Boyd
 
Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next Getting into the tech field. what next
Getting into the tech field. what next
 
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search IntentGoogle's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
Google's Just Not That Into You: Understanding Core Updates & Search Intent
 
How to have difficult conversations
How to have difficult conversations How to have difficult conversations
How to have difficult conversations
 
Introduction to Data Science
Introduction to Data ScienceIntroduction to Data Science
Introduction to Data Science
 
Time Management & Productivity - Best Practices
Time Management & Productivity -  Best PracticesTime Management & Productivity -  Best Practices
Time Management & Productivity - Best Practices
 
The six step guide to practical project management
The six step guide to practical project managementThe six step guide to practical project management
The six step guide to practical project management
 
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
Beginners Guide to TikTok for Search - Rachel Pearson - We are Tilt __ Bright...
 

MAPA - ENGENHARIA DO PRODUTO - 512024.docx

  • 1. MAPA - ENGENHARIA DO PRODUTO - 512024 Entre em contato com a nossa equipe que vamos assessorar com esse trabalho Mais de 10 anos no mercado acadêmico CONTATO (15) 98170-8778 Tele gram.:( 15) 98170-8778 E-MAIL: Mvf5system@gmail.com QUESTÃO 1  MAPA CONTEXTUALIZAÇÃO A globalização gerou uma ampla competição entre empresas, resultando em consumidores cada vez mais exigentes, que buscam uma variedade de produtos em períodos mais curtos. Assim, surgiu a necessidade da Engenharia do Produto, responsável pela criação, transformação e aprimoramento de qualquer produto, assegurando seu funcionamento e priorizando a satisfação do cliente com foco nas necessidades humanas. De modo geral, o Processo de Desenvolvimento de Produtos (PDP) abrange diversas atividades que buscam, por meio das demandas do mercado e das restrições existentes, obter as especificações de projeto de um produto e seu método de produção. Isso permite que as indústrias e fábricas possam produzi-lo eficientemente. O PDP também inclui o acompanhamento do produto após o lançamento, assim como o planejamento da descontinuidade do produto no mercado, incorporando no processo de desenvolvimento as lições aprendidas ao longo do ciclo de vida do produto (Rozenfeld et al., 2006). A Engenharia do Produto também assume uma responsabilidade no bem-estar social, preocupando-se com o desenvolvimento de produtos que atendam a todos os grupos da sociedade. Isso implica na redução da segregação, introdução da integração do indivíduo, facilitação de atividades cotidianas e inclusão no esporte e lazer. Para o desenvolvimento de produtos acessíveis, utiliza-se como base a NBR9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. A acessibilidade refere-se à possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários,
  • 2. equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, incluindo sistemas e tecnologias, bem como outros serviços e instalações abertos ao público, de uso público ou privado de uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida (NBR, 9050). Conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2021), 8,4% da população brasileira acima de dois anos, representando 17,3 milhões de pessoas, possui algum tipo de deficiência. Em um instante, a vida de muitas pessoas pode transformar-se, como o caso da atleta Laís Souza, que sofreu um acidente durante o treinamento de esqui aéreo, fraturando a terceira vértebra cervical e tornando-se tetraplégica. DESAFIO Diante da necessidade de criar um produto mais inclusivo, alinhado a um discurso que busca equidade através da adaptação de um produto, este projeto (MAPA) tem como objetivo desenvolver um DISPOSITIVO DOMÉSTICO destinado a auxiliar e simplificar a rotina de pessoas paraplégicas. Esse produto deve proporcionar autonomia e segurança para a realização de atividades diárias simples e deve ser inovador. Etapa 1: Compreendendo o Cliente As necessidades dos clientes são dinâmicas, impossibilitando a criação de uma lista definitiva dessas demandas. É evidente que o mercado é influenciado por fatores como novas tecnologias, surgimento de competidores e flutuações na taxa de câmbio, entre outros. Diante desse cenário, os clientes desenvolvem expectativas e necessidades, enquanto os produtos existentes podem perder atratividade. Ouvir atentamente o cliente é essencial para aprimorar suas necessidades e criar soluções alinhadas às expectativas. Além de compreender, é crucial surpreender. Ao buscar entender as reais necessidades por meio da voz dos clientes, é imperativo desenvolver os elementos necessários para identificar suas verdadeiras demandas. 1.1 Investigação das Necessidades dos Usuários Nesta fase, é crucial adquirir uma compreensão empática do problema que se busca resolver, geralmente por meio da pesquisa direta com os usuários. A empatia desempenha um papel fundamental em um processo de design centrado no ser humano, como o Design Thinking, pois permite deixar de lado as próprias suposições, proporcionando uma visão autêntica dos usuários e de suas necessidades. Faça uma pesquisa sobre as necessidades/dificuldades dessas pessoas e apresente os resultados, assim como as referências desta. 1.2 Tabela de Necessidades dos Clientes
  • 3. Com base em sua pesquisa, elabore uma tabela detalhada das necessidades dos clientes, abrangendo as funções essenciais que o seu produto deve ter para atender a essas necessidades (mínimo 4 funções). Etapa 2: Projeto Informacional A etapa de projeto informacional é constituída pelo início ao projeto do produto, em que as ideias pensadas anteriormente começam a ser materializadas e documentadas. Os requisitos dos produtos são levantados e avaliados a partir da necessidade do público- alvo, de forma a atender ao mercado com o máximo de eficiência. 2.1 Requisitos do produto A obtenção dos requisitos com base nas necessidades levantadas pelos clientes se constitui na primeira decisão física sobre o produto que é projetado e, assim, possibilita parâmetros mensuráveis, associados a características definitivas que o produto terá, constituindo um momento importante para o projeto. Faça um levantamento do grau de importância de 10 necessidades do cliente que o seu produto deve suprir. Obs.: 10 (mais importante) para 1 (menos importante) e pode haver graus de importância repetidos. 2.2 Matriz Casa da Qualidade (QFD): benchmarking competitivo A matriz QFD (Quality Function Deployment) pode ser aplicada no desenvolvimento de produtos e serviços e tem como objetivo mensurar as necessidades dos clientes, de forma que a organização consiga estudar essas necessidades, fazer comparações e ordenações de acordo com a relevância. O benchmarking competitivo é o campo da matriz QFD, em que se torna possível identificar a situação atual do produto com relação a concorrentes e, até mesmo, produtos similares lançados pela empresa. Faça um benchmarking competitivo com três produtos similares ao seu, comparando as necessidades levantadas entre os três presentes no mercado e o seu. Obs.: construa uma tabela com as necessidades levantadas no item anterior (2.1) e os três produtos similares; aquele que se destacar em relação à necessidade deve marcar um ponto. Etapa 3 – Projeto Conceitual No Projeto Conceitual de maneira geral, as atividades desenvolvidas se relacionam com a busca, criação, representação e seleção de soluções para o problema do projeto de produto, ou seja, o objetivo principal é desenvolver princípios para o projeto do produto que satisfaça às necessidades e exigências dos consumidores e que se diferencie dos demais produtos similares encontrados no mercado. 3.1 Seleção de Conceito
  • 4. A seleção do conceito é o momento de analisar todas as informações levantadas nas demais etapas e, enfim, selecionar o conceito para o produto. Segundo Baxter (2011), existem alguns métodos que facilitam essa tarefa, os métodos modernos são baseados no trabalho de Stuart Pugh, que desenvolveu um método da convergência controlada, que são desenvolvidos ao modo que os conceitos gerados pela equipe do desenvolvimento do projeto vão convergindo sistematicamente e, por fim, tem-se a seleção e um único conceito. Escolha 10 critérios de seleção de conceito e seus pesos. Após, selecione uma oportunidade de referência (produto que ganhou o benchmarkig na questão anterior (2.2), com a pontuação maior) e duas alternativas para elas. E, então, faça uma matriz de avaliação, onde os critérios são organizados em um eixo e os critérios de seleção no outro. Obs.: cada conceito é comparado com o conceito referencial. Aqueles julgados “melhor que” são avaliados em (+1), o “pior que”, em (-1), e o “igual”, em (0). (exemplo na página 105 e 106, unidade 4) Etapa 04 – Documentação (Ficha Técnica) A ficha técnica é um documento elaborado pela área de produtos, em que as informações tratadas anteriormente são reunidas em um único local, e é utilizada como o documento que caminha com produto por toda organização. Essa ficha pode ser utilizada por qualquer tipo de empresa, de qualquer área de atuação e porte, pois a partir dela os gestores conseguem tomar decisões mais acertadas. A ficha técnica é um documento que acompanha as ordens de produção, é utilizada desde o momento de aprovação do produto até a chegada da produção na expedição. Faça a ficha técnica do seu produto. Etapa 05 – Projeto Detalhado (Croqui) Romeiro Filho et al. (2010, p. 298) esclarecem que “ os protótipos virtuais ou protótipos reais cumprem inicialmente o mesmo papel do desenho técnico, que é facilitar a comunicação entre a equipe de projeto, fornecedores e clientes no melhor entendimento do componente e de seu funcionamento no produto”. Faça um croqui a mão livre do seu produto ou utilize algum software de sua preferência e o insira como anexo no template do MAPA, que consta no material da disciplina. Fontes ABNT. NBR 9050: acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro: ABNT, 2004. BAXTER, M. Projeto de Produto: guia prático para o design de novos produtos. São Paulo: Blucher, 2011. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/34889-pessoas-com-deficiencia- e-as-desigualdades-sociais-no-brasil.html?=&t=resultados. Acesso em: 6 fev. 2024. ROMEIRO FILHO, E. et al. Projeto do Produto. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.
  • 5. ROZENFELD, H. et al. Gestão de Desenvolvimento de Produtos: uma referência para a melhoria do processo. São Paulo: Saraiva, 2006. Entre em contato com a nossa equipe que vamos assessorar com esse trabalho Mais de 10 anos no mercado acadêmico CONTATO (15) 98170-8778 Tele gram.:( 15) 98170-8778 E-MAIL: Mvf5system@gmail.com