SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Baixar para ler offline
5. SISTEMA DE ARREFECIMENTO
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 5-1
DIAGNOSE DE DEFEITOS 5-2
TESTE DO SISTEMA 5-3
SUBSTITUIÇÃO DO LÍQUIDO DE
ARREFECIMENTO 5-4
RADIADOR 5-5
BOMBA D’ÁGUA 5-7
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO
GERAL
c
a
• Utilize apenas água destilada e etileno glicol no sistema de arrefecimento. Uma mistura na proporção de 50-50 é
recomendada para proteção máxima contra corrosão. Não use anticongelante à base de álcool.
• Todos os serviços do sistema de arrefecimento podem ser feitos com o motor instalado no chassi.
• Evite derramar líquido de arrefecimento sobre superfícies pintadas.
• Após efetuar os reparos, utilize um testador de sistema de arrefecimento para verificar se há vazamentos.
• Recicle o líquido de arrefecimento de maneira ecologicamente correta.
O uso de líquido de arrefecimento com inibidores de silicato pode provocar o desgaste prematuro dos retentores da
bomba d’água ou a obstrução da passagem do radiador. A utilização de água de torneira pode provocar danos ao
motor.
• Não remova a tampa do radiador enquanto o motor estiver quente. Caso contrário, o líquido escaldante, que está
sob pressão, poderá causar sérias queimaduras.
• O líquido de arrefecimento é tóxico. Mantenha-o afastado dos olhos, boca, pele e roupas.
– Em caso de contato com os olhos, lave-os com bastante água e procure um médico imediatamente.
– Em caso de ingestão, provoque vômito, faça um gargarejo e procure um médico imediatamente.
– Em caso de contato com a pele ou roupas, lave a área atingida com água em abundância.
• MANTENHA-O FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS.
• Mantenha-o fora do alcance de animais domésticos. Alguns animais são atraídos pelo cheiro e sabor do líquido de
arrefecimento e podem morrer ao ingeri-lo.
ITEM ESPECIFICAÇÕES
Capacidade de líquido de arrefecimento na troca 0,9 litro
na desmontagem 0,92 litro
Pressão de alívio da tampa do radiador 108 – 137 kPa (1,1 – 1,4 kgf/cm2
, 16 – 20 psi)
Anticongelante recomendado Líquido de arrefecimento Pro Honda HP ou
anticongelante equivalente à base de etileno
glicol de alta qualidade contendo inibidores de
corrosão
ESPECIFICAÇÕES
5-1
CR125R
5
VALORES DE TORQUE
Rotor da bomba d’água 12 N.m (1,2 kg.m)
Parafuso de drenagem do líquido de arrefecimento 10 N.m (1,0 kg.m)
Parafuso da tampa da bomba d’água 12 N.m (1,2 kg.m)
5-0
SISTEMA DE ARREFECIMENTO CR125R
12 N.m (1,2 kg.m)
10 N.m (1,0 kg.m)
12 N.m (1,2 kg.m)
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-2
FERRAMENTAS
Acessório, 24 x 26 mm 07746 – 0010700
Guia, 12 mm 07746 – 0040200
Instalador 07749 – 0010000
Extrator de rolamentos, 7 mm 07931 – KA30000
Instalador de rolamentos, 7 mm 07936 – KA30100
Conjunto do extrator de rolamentos, 12 mm 07936 – 1660001
– Extrator, 12 mm 07936 – 1660101
– Contrapeso do extrator 07741 – 0010201 ou 07936 – 3710200 ou 07936 – 371020 A
– Cabeçote do extrator, 12 mm 07936 – 1660110
– Cabo do extrator 07936 – 1660120
Instalador do retentor de água 07945 – KA30000 ou 07965–415000A
DIAGNOSE DE DEFEITOS
Temperatura do motor muito alta Vazamento de líquido de arrefecimento
• Tampa do radiador defeituosa • Retentores de óleo e de água da bomba d’água
• Líquido de arrefecimento insuficiente defeituosos
• Passagens obstruídas no radiador, mangueiras e canaleta • Retentores de óleo e de água da bomba d’água
• Passagens de ar do radiador obstruídas com sujeira deteriorados
• Ar no sistema • Junta deteriorada ou danificada
• Bomba d’água defeituosa • Conexão da mangueira ou braçadeira soltas
• Mangueira deteriorada ou danificada
• Tampa do radiador defeituosa
• Radiador danificado
CR125R
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-3
TESTE DO SISTEMA
c
LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO (TESTE COM
DENSÍMETRO)
Remova a tampa do radiador.
O motor deve estar frio antes da remoção da tampa do
radiador. Caso contrário, poderão ocorrer sérios ferimentos
causados pelo líquido escaldante ou vapor expelidos.
TAMPA DO RADIADOR
Efetue o teste da densidade do líquido de arrefecimento
utilizando um densímetro.
Concentração-padrão do líquido de arrefecimento: 50 %
Verifique quanto a contaminação e, se necessário, substitua
o líquido de arrefecimento.
GARGALO DE ABASTECIMENTO
CR125R
Temperatura do líquido
de arrefecimento °C
0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50
Proporção do líquido
de arrefecimento %
5 1,009 1,009 1,008 1,008 1,007 1,006 1,005 1,003 1,001 0,999 0,997
10 1,018 1,017 1,017 1,016 1,015 1,014 1,013 1,011 1,009 1,007 1,005
15 1,028 1,027 1,026 1,025 1,024 1,022 1,020 1,018 1,016 1,014 1,012
20 1,036 1,035 1,034 1,033 1,031 1,029 1,027 1,025 1,023 1,021 1,019
25 1,045 1,044 1,043 1,042 1,040 1,038 1,036 1,034 1,031 1,028 1,025
30 1,053 1,052 1,051 1,049 1,047 1,045 1,043 1,041 1,038 1,035 1,032
35 1,063 1,062 1,060 1,058 1,056 1,054 1,052 1,049 1,046 1,043 1,040
40 1,072 1,070 1,068 1,066 1,064 1,062 1,059 1,056 1,053 1,050 1,047
45 1,080 1,078 1,076 1,074 1,072 1,069 1,066 1,063 1,060 1,057 1,054
50 1,086 1,084 1,082 1,080 1,077 1,074 1,071 1,068 1,065 1,062 1,059
55 1,095 1,093 1,091 1,088 1,085 1,082 1,079 1,076 1,073 1,070 1,067
60 1,100 1,098 1,095 1,092 1,089 1,086 1,083 1,080 1,077 1,074 1,071
TABELA DE DENSIDADE DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-4
INSPEÇÃO DA TAMPA DO RADIADOR/PRESSÃO DO
SISTEMA
NOTA
Remova a tampa do radiador (pág. 5-3).
Instale a tampa do radiador no testador.
Efetue o teste de pressão da tampa do radiador.
Substitua a tampa do radiador caso não retenha a pressão ou
caso a pressão de alívio seja muito alta ou baixa.
A tampa deve reter a pressão especificada por, pelo menos, 6
segundos.
Pressão de alívio da tampa do radiador:
108 – 137 kPa (1,1 – 1,4 kgf/ cm2
, 16 – 20 psi)
Pressurize o radiador, o motor e as mangueiras e, em
seguida, verifique se há vazamentos.
a
Repare ou substitua os componentes caso o sistema não
retenha a pressão especificada por, pelo menos, 6 segundos.
SUBSTITUIÇÃO DO LÍQUIDO DE
ARREFECIMENTO
PREPARAÇÃO
c
a
NOTA
Anticongelante recomendado:
Líquido de arrefecimento Pro Honda HP ou anticongelante
equivalente à base de etileno glicol de alta qualidade
contendo inibidores de corrosão.
Mistura recomendada:
50 – 50 (Água destilada e anticongelante recomendado)
• A eficácia do líquido de arrefecimento diminui com o
acúmulo de ferrugem ou se houver alteração na proporção
da mistura durante o uso. Portanto, para um melhor
desempenho, substitua o líquido de arrefecimento
regularmente, como especificado na tabela de manutenção.
• Misture apenas água destilada ou água com baixo teor
mineral ao anticongelante.
O uso de líquido de arrefecimento com inibidores de
silicato pode provocar o desgaste prematuro dos
retentores da bomba d’água ou a obstrução da passagem
do radiador. A utilização de água de torneira pode
provocar danos ao motor.
• O líquido de arrefecimento é tóxico. Mantenha-o
afastado dos olhos, boca, pele e roupas.
– Em caso de contato com os olhos, lave-os com
bastante água e procure um médico imediatamente.
– Em caso de ingestão, provoque vômito, faça um
gargarejo e procure um médico imediatamente.
– Em caso de contato com a pele ou roupas, lave a área
atingida com água em abundância.
• MANTENHA-O FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS.
Uma pressão excessiva pode danificar os componentes
do sistema de arrefecimento. Não exceda a pressão de
137 kPa (1,4 kgf/cm2
, 20 psi).
Umedeça a superfície de vedação.
TESTADOR DO SISTEMA DE ARREFECIMENTO
DISPONÍVEL COMERCIALMENTE
TESTADOR DO SISTEMA DE ARREFECIMENTO
DISPONÍVEL COMERCIALMENTE
CR125R
ANTICONGELANTE
RECOMENDADO
(SOLUÇÃO À
BASE DE
ETILENO
GLICOL)
ÁGUA DESTILADA
OU ÁGUA COM
BAIXO TEOR
MINERAL
LÍQUIDO DE
ARREFECIMENTO
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-5
SUBSTITUIÇÃO/SANGRIA DE AR
c
NOTA
Remova a tampa do radiador.
Ao abastecer o sistema com líquido de arrefecimento,
estacione a motocicleta na posição vertical sobre uma
superfície plana e nivelada.
Espere até que o motor esfrie antes de efetuar os serviços
no sistema de arrefecimento. Caso contrário, o líquido
escaldante, que está sob pressão, poderá causar sérias
queimaduras.
TAMPA DO RADIADOR
Abasteça o sistema com o líquido de arrefecimento
recomendado através do gargalo de abastecimento, até
atingir sua borda.
Capacidade: 0,9 litro
Incline a motocicleta aproximadamente 20° para a direita e
esquerda várias vezes a fim de sangrar o ar presente no
sistema de arrefecimento. Caso o nível do líquido de
arrefecimento diminua, adicione mais líquido de
arrefecimento e repita o procedimento de sangria do ar.
GARGALO DE ABASTECIMENTO
RADIADOR
REMOÇÃO
NOTA
Drene o líquido de arrefecimento (veja acima).
Remova o tanque de combustível (pág. 2-5).
Remova a câmara de expansão (pág. 2-7).
Remova a grade direita e esquerda do radiador.
Solte a braçadeira da mangueira inferior do radiador e
desconecte a mangueira.
Observe a direção das braçadeiras da mangueira.
GRADE
Remova o parafuso de drenagem da tampa da bomba d’água
e drene o líquido do sistema de arrefecimento.
Instale novamente o parafuso de drenagem com uma arruela
de vedação nova.
Aperte o parafuso de drenagem no torque especificado.
TORQUE: 10 N.m (1,0 kg.m)
PARAFUSO DE DRENAGEM/ARRUELA DE VEDAÇÃO
CR125R
MANGUEIRA INFERIOR DO
RADIADOR
BRAÇADEIRA DA
MANGUEIRA
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-6
Solte a braçadeira da mangueira superior do radiador e
desconecte a mangueira.
BRAÇADEIRA DA MANGUEIRA SUPERIOR
MANGUEIRA DO RADIADOR
INSTALAÇÃO
Remova os parafusos de fixação superior e inferior e os
espaçadores.
Remova o radiador.
a
Tome cuidado para não danificar o núcleo do radiador.
RADIADOR
PARAFUSOS/ESPAÇADORES
CR125R
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-7
a
É essencial que a instalação seja feita na ordem inversa da
remoção.
Adicione a mistura de líquido de arrefecimento recomendada
no gargalo de abastecimento e sangre o ar (pág. 5-4).
Após a instalação, verifique o radiador e suas mangueiras
quanto a vazamentos.
Instale a câmara de expansão (pág. 2-7).
Instale o tanque de combustível (pág. 2-5).
Tome cuidado para não danificar o núcleo do radiador.
GRADES
RADIADOR
REMOÇÃO
Drene o líquido de arrefecimento (pág. 5-5).
Remova os quatro parafusos flange e a tampa da bomba
d’água.
TAMPA
PARAFUSOS
Remova a junta externa e a placa.
PLACA
JUNTA EXTERNA
ORIFÍCIO DE INSPEÇÃO
CR125R
BOMBA D’ÁGUA
INSPEÇÃO DO RETENTOR DE ÁGUA
Verifique o orifício de inspeção quanto a sinais de vazamento
de líquido de arrefecimento.
Se houver vazamento, o retentor de água está com defeito.
Substitua a bomba d’água como um conjunto.
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-8
Remova a junta interna e os pinos-guia.
Remova o rotor e a arruela lisa.
Remova a tampa direita da carcaça do motor (pág. 9-3).
PINOS-GUIA
JUNTA INTERNA
Verifique o eixo da bomba d’água e a engrenagem para
certificar-se de que não estejam empenados ou danificados.
EIXO DA BOMBA D’ÁGUA
Gire a pista interna do rolamento do eixo da bomba d’água
com o dedo. O rolamento deve girar suave e
silenciosamente. Verifique também se a pista externa do
rolamento se encaixa firmemente na tampa direita da
carcaça do motor.
Se necessário, substitua o rolamento do eixo da bomba
d’água (pág. 5-10).
Remova o eixo da bomba d’água da tampa direita da carcaça
do motor.
ARRUELA
EIXO DA BOMBA D’ÁGUA
CR125R
ROTOR
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-9
Verifique o retentor de água quanto a deterioração ou danos.
Se necessário, substitua o retentor de água (pág. 5-10).
RETENTOR DE ÁGUA
ROLAMENTO ACESSÓRIO/GUIA
INSTALADOR
LADO DA CARCAÇA DIREITA
Retire o rolamento do eixo da bomba d’água utilizando as
ferramentas especiais.
FERRAMENTAS:
Extrator de rolamentos, 7 mm 07931-KA30000
EXTRATOR DE ROLAMENTOS, 7 mm
SUBSTITUIÇÃO DO ROLAMENTO
LADO DA TAMPA DA CARCAÇA DIREITA
Remova o rolamento do eixo da bomba d’água, utilizando as
ferramentas especiais.
FERRAMENTAS:
Conjunto do extrator de rolamentos, 07936 – 1660001
12 mm
– Contrapeso do extrator 07741 – 0010201 ou
07936 – 3710200 ou
07936 – 371020A
– Extrator de rolamentos, 12 mm 07936 – 1660101 ou
07936 – 166010A
– Cabeçote do extrator de rolamentos, 12 mm 07936 – 1660100
– Eixo do extrator 07936 – 1660120
Instale o novo rolamento na tampa direita da carcaça do
motor, utilizando as ferramentas especiais, conforme
mostrado.
FERRAMENTAS:
Instalador 07749 – 0010000
Acessório, 24 x 26 mm 07746 – 0010700
Guia, 12 mm 07746 – 0040200
CONJUNTO DO EXTRATOR DE ROLAMENTOS, 12 mm
ROLAMENTO
CR125R
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-10
Instale o novo rolamento na tampa direita da carcaça do
motor, utilizando as ferramentas especiais, conforme
mostrado.
FERRAMENTAS:
Instalador de rolamentos, 7 mm 07931-KA30100
INSTALADOR DE ROLAMENTOS, 7 mm
Posicione o instalador do retentor de água na tampa direita
da carcaça do motor, como mostra a ilustração.
NOTA
Instale o novo retentor de água.
FERRAMENTAS:
Instalador do retentor de água 07945-KA30000 ou
Instalador de vedadores mecânicos 07965-415000A
Tome cuidado para não danificar os lábios do retentor de
água.
Instale o novo retentor de óleo da tampa direita da carcaça
do motor, como mostra a ilustração.
Instale o rolamento do eixo da bomba de água (pág. 5-9).
SUBSTITUIÇÃO DO RETENTOR DE ÓLEO/RETENTOR
DE ÁGUA
Remova o rolamento do eixo da bomba d’água (pág. 5-9).
Remova o retentor de água e retentor de óleo da tampa
direita da carcaça do motor, conforme mostrado.
RETENTOR DE ÓLEO
RETENTOR DE ÁGUA
CR125R
RETENTOR
DE ÁGUA
INSTALADOR
DO RETENTOR
DE ÁGUA
NOVO
RETENTOR
DE ÓLEO
NOVO
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-11
Instale o eixo da bomba d’água na tampa direita da carcaça
do motor.
Instale a carcaça direita do motor (pág. 9-3).
ARRUELA
EIXO DA BOMBA D’ÁGUA
Instale a arruela lisa e o rotor no eixo da bomba d’água.
Aperte o rotor no torque especificado.
TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m)
Instale os pinos-guia e a nova junta interna.
PINOS-GUIA
JUNTA INTERNA
CR125R
NOVO
NOVO
INSTALAÇÃO
10 N.m (1,0 kg.m)
12 N.m (1,2 kg.m)
12 N.m (1,2 kg.m)
ROTOR
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-12
Instale a placa e a nova junta externa.
PLACA
JUNTA EXTERNA
Instale a tampa da bomba d’água e aperte os quatro
parafusos flange no torque especificado.
TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m)
Adicione a mistura de líquido de arrefecimento recomendada
no gargalo de abastecimento e sangre o ar (pág. 5-5).
TAMPA
PARAFUSOS
CR125R
NOVO
NOTAS
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
5-13
CR125R
NOTAS
COMO USAR ESTE MANUAL
Este manual descreve os procedimentos de
serviço para a CR125R.
Siga as recomendações da Tabela de
Manutenção (página 3-3) para garantir condições
perfeitas de funcionamento.
Os Capítulos 1 e 3 aplicam-se à toda motocicleta.
O Capítulo 2 apresenta os procedimentos de
remoção/instalação de componentes que podem
ser necessários para efetuar os serviços descritos
nos capítulos subseqüentes.
Os Capítulos 4 a 15 apresentam as peças da
motocicleta, agrupadas de acordo com sua
localização.
Localize o capítulo desejado nesta página. Em
seguida, consulte o índice apresentado na
primeira página do capítulo selecionado.
A maioria dos capítulos começa com uma
ilustração do sistema ou conjunto, informações
de serviço e diagnose de defeitos.
As páginas subseqüentes apresentam os
procedimentos detalhados.
Se a causa do problema for desconhecida,
consulte o Capítulo 16, "Diagnose de Defeitos".
MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA.
Departamento de Serviços Pós-Venda
Setor de Publicações Técnicas
TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES,
PROCEDIMENTOS E ESPECIFICAÇÕES
APRESENTADAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO
BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS
RECENTES DISPONÍVEIS SOBRE O PRODUTO
NO MOMENTO DA APROVAÇÃO DA
IMPRESSÃO.
A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. SE
RESERVA O DIREITO DE ALTERAR AS
CARACTERÍSTICAS DA MOTOCICLETA A
QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO,
NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGAÇÕES
DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE
DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER
REPRODUZIDA SEM AVISO PRÉVIO. ESTE
MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS
QUE TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS
SOBRE A MANUTENÇÃO DAS
MOTOCICLETAS, SCOTTERS ou ATVS HONDA.
ÍNDICE GERAL
INFORMAÇÕES GERAIS
CHASSI/CARENAGEM/
SISTEMA DE ESCAPAMENTO
MANUTENÇÃO
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR
CABEÇOTE/CILINDRO/PISTÃO
H.P.P. (ORIFÍCIO SUPLEMENTAR
HONDA)
EMBREAGEM/MECANISMO DE
PARTIDA/ SELETOR DE MARCHAS
CARCAÇA DO MOTOR/ÁRVORE DE
MANIVELAS/TRANSMISSÃO
RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/
SISTEMA DE DIREÇÃO
RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO
FREIO HIDRÁULICO
SISTEMA DE IGNIÇÃO/ALTERNADOR
DIAGRAMA ELÉTRICO
DIAGNOSE DE DEFEITOS
SISTEMA
ELÉTRICO
CHASSIMOTORETRANSMISSÃO
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freioManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet inf gerais
Manual de serviço cb600 f hornet inf geraisManual de serviço cb600 f hornet inf gerais
Manual de serviço cb600 f hornet inf gerais
Thiago Huari
 
010178 cilindro
010178 cilindro010178 cilindro
010178 cilindro
Digossound
 
Manual serviço alcool
Manual serviço alcoolManual serviço alcool
Manual serviço alcool
Thiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Thiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) lubrific
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) lubrificManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) lubrific
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) lubrific
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informacManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoManual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) freio
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) freioManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) freio
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) freio
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelasManual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
Thiago Huari
 
010178 manutenc
010178 manutenc010178 manutenc
010178 manutenc
Digossound
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freioManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 freio
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 freio
 
Manual de serviço cb600 f hornet inf gerais
Manual de serviço cb600 f hornet inf geraisManual de serviço cb600 f hornet inf gerais
Manual de serviço cb600 f hornet inf gerais
 
Manual de serviço cr250 99 rodatras
Manual de serviço cr250 99 rodatrasManual de serviço cr250 99 rodatras
Manual de serviço cr250 99 rodatras
 
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p eletrico
Manual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p eletricoManual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p eletrico
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p eletrico
 
Manual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohidManual de serviço cr125 99 freiohid
Manual de serviço cr125 99 freiohid
 
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p rodatras
Manual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p rodatrasManual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p rodatras
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p rodatras
 
Manual de serviço cr250 99 defeitos
Manual de serviço cr250 99 defeitosManual de serviço cr250 99 defeitos
Manual de serviço cr250 99 defeitos
 
010178 cilindro
010178 cilindro010178 cilindro
010178 cilindro
 
Manual serviço alcool
Manual serviço alcoolManual serviço alcool
Manual serviço alcool
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) alimentacao
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencaoManaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) manutencao
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) lubrific
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) lubrificManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) lubrific
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) lubrific
 
Manual de serviço turuna (1979) inspecao
Manual de serviço turuna (1979) inspecaoManual de serviço turuna (1979) inspecao
Manual de serviço turuna (1979) inspecao
 
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p informac
Manual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p informacManual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p informac
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p informac
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informacManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
 
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacaoManual de serviço cb600 f hornet alimentacao
Manual de serviço cb600 f hornet alimentacao
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) freio
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) freioManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) freio
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) freio
 
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelasManual de serviço cb600 f hornet manivelas
Manual de serviço cb600 f hornet manivelas
 
010178 manutenc
010178 manutenc010178 manutenc
010178 manutenc
 
Manual de serviço cr250 99 caracter
Manual de serviço cr250 99 caracterManual de serviço cr250 99 caracter
Manual de serviço cr250 99 caracter
 

Semelhante a Manual de serviço cr125 99 sistarre

Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeci
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeciManaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeci
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeci
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeci
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeciManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeci
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeci
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefecManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeci
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeciManual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeci
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeci
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecim
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecimManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecim
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecim
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet arrefec
Manual de serviço cb600 f hornet arrefecManual de serviço cb600 f hornet arrefec
Manual de serviço cb600 f hornet arrefec
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimento
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimentoManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimento
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimento
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeci
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeciManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeci
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeci
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb500 sistarre
Manual de serviço cb500 sistarreManual de serviço cb500 sistarre
Manual de serviço cb500 sistarre
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 sistarre
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 sistarreManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 sistarre
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 sistarre
Thiago Huari
 

Semelhante a Manual de serviço cr125 99 sistarre (20)

Manual de serviço cr250 99 sistarre
Manual de serviço cr250 99 sistarreManual de serviço cr250 99 sistarre
Manual de serviço cr250 99 sistarre
 
Manual de serviço cr125 00 arrefeci
Manual de serviço cr125 00 arrefeciManual de serviço cr125 00 arrefeci
Manual de serviço cr125 00 arrefeci
 
Manual de serviço cr250 00 arrefeci
Manual de serviço cr250 00 arrefeciManual de serviço cr250 00 arrefeci
Manual de serviço cr250 00 arrefeci
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeci
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeciManaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeci
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) arrefeci
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeci
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeciManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeci
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) arrefeci
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefecManaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
Manaul de serviço cbr1100 xx (2)_(1999~) arrefec
 
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeci
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeciManual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeci
Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) arrefeci
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecim
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecimManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecim
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) arrefecim
 
Manual de serviço cb600 f hornet arrefec
Manual de serviço cb600 f hornet arrefecManual de serviço cb600 f hornet arrefec
Manual de serviço cb600 f hornet arrefec
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimento
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimentoManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimento
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) sistema_arrefecimento
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeci
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeciManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeci
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) arrefeci
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 sistarre
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 sistarreManual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 sistarre
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 sistarre
 
Manual de serviço vt600 c sistarre
Manual de serviço vt600 c sistarreManual de serviço vt600 c sistarre
Manual de serviço vt600 c sistarre
 
Manual de serviço shadow 750 00 x6b-meg-001 arrefecimento
Manual de serviço shadow 750   00 x6b-meg-001 arrefecimentoManual de serviço shadow 750   00 x6b-meg-001 arrefecimento
Manual de serviço shadow 750 00 x6b-meg-001 arrefecimento
 
Manual de serviço cr80 r sistarre
Manual de serviço cr80 r sistarreManual de serviço cr80 r sistarre
Manual de serviço cr80 r sistarre
 
Manual de serviço spacy arrefeci
Manual de serviço spacy arrefeciManual de serviço spacy arrefeci
Manual de serviço spacy arrefeci
 
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p arrefeci
Manual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p arrefeciManual de serviço ch125 spacy (1993)   mskv8931 p arrefeci
Manual de serviço ch125 spacy (1993) mskv8931 p arrefeci
 
Manual de serviço cb500 sistarre
Manual de serviço cb500 sistarreManual de serviço cb500 sistarre
Manual de serviço cb500 sistarre
 
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 sistarre
Manual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 sistarreManual de serviço cb500   00 x6b-my5-001 sistarre
Manual de serviço cb500 00 x6b-my5-001 sistarre
 
1297SINDROME DO BAIXO DELTA T EM SISTEMAS DE ÁGUA GELADA.pdf
1297SINDROME DO BAIXO DELTA T EM SISTEMAS DE ÁGUA GELADA.pdf1297SINDROME DO BAIXO DELTA T EM SISTEMAS DE ÁGUA GELADA.pdf
1297SINDROME DO BAIXO DELTA T EM SISTEMAS DE ÁGUA GELADA.pdf
 

Mais de Thiago Huari

Mais de Thiago Huari (20)

Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitos
 
Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacao
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes ind
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacao
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introd
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacao
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indice
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicao
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
 
Manual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagemManual de serviço xr250 embreagem
Manual de serviço xr250 embreagem
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagrama
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapa
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindro
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassi
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capa
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecote
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateria
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternador
 

Manual de serviço cr125 99 sistarre

  • 1. 5. SISTEMA DE ARREFECIMENTO INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 5-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 5-2 TESTE DO SISTEMA 5-3 SUBSTITUIÇÃO DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO 5-4 RADIADOR 5-5 BOMBA D’ÁGUA 5-7 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GERAL c a • Utilize apenas água destilada e etileno glicol no sistema de arrefecimento. Uma mistura na proporção de 50-50 é recomendada para proteção máxima contra corrosão. Não use anticongelante à base de álcool. • Todos os serviços do sistema de arrefecimento podem ser feitos com o motor instalado no chassi. • Evite derramar líquido de arrefecimento sobre superfícies pintadas. • Após efetuar os reparos, utilize um testador de sistema de arrefecimento para verificar se há vazamentos. • Recicle o líquido de arrefecimento de maneira ecologicamente correta. O uso de líquido de arrefecimento com inibidores de silicato pode provocar o desgaste prematuro dos retentores da bomba d’água ou a obstrução da passagem do radiador. A utilização de água de torneira pode provocar danos ao motor. • Não remova a tampa do radiador enquanto o motor estiver quente. Caso contrário, o líquido escaldante, que está sob pressão, poderá causar sérias queimaduras. • O líquido de arrefecimento é tóxico. Mantenha-o afastado dos olhos, boca, pele e roupas. – Em caso de contato com os olhos, lave-os com bastante água e procure um médico imediatamente. – Em caso de ingestão, provoque vômito, faça um gargarejo e procure um médico imediatamente. – Em caso de contato com a pele ou roupas, lave a área atingida com água em abundância. • MANTENHA-O FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS. • Mantenha-o fora do alcance de animais domésticos. Alguns animais são atraídos pelo cheiro e sabor do líquido de arrefecimento e podem morrer ao ingeri-lo. ITEM ESPECIFICAÇÕES Capacidade de líquido de arrefecimento na troca 0,9 litro na desmontagem 0,92 litro Pressão de alívio da tampa do radiador 108 – 137 kPa (1,1 – 1,4 kgf/cm2 , 16 – 20 psi) Anticongelante recomendado Líquido de arrefecimento Pro Honda HP ou anticongelante equivalente à base de etileno glicol de alta qualidade contendo inibidores de corrosão ESPECIFICAÇÕES 5-1 CR125R 5 VALORES DE TORQUE Rotor da bomba d’água 12 N.m (1,2 kg.m) Parafuso de drenagem do líquido de arrefecimento 10 N.m (1,0 kg.m) Parafuso da tampa da bomba d’água 12 N.m (1,2 kg.m)
  • 2. 5-0 SISTEMA DE ARREFECIMENTO CR125R 12 N.m (1,2 kg.m) 10 N.m (1,0 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m)
  • 3. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-2 FERRAMENTAS Acessório, 24 x 26 mm 07746 – 0010700 Guia, 12 mm 07746 – 0040200 Instalador 07749 – 0010000 Extrator de rolamentos, 7 mm 07931 – KA30000 Instalador de rolamentos, 7 mm 07936 – KA30100 Conjunto do extrator de rolamentos, 12 mm 07936 – 1660001 – Extrator, 12 mm 07936 – 1660101 – Contrapeso do extrator 07741 – 0010201 ou 07936 – 3710200 ou 07936 – 371020 A – Cabeçote do extrator, 12 mm 07936 – 1660110 – Cabo do extrator 07936 – 1660120 Instalador do retentor de água 07945 – KA30000 ou 07965–415000A DIAGNOSE DE DEFEITOS Temperatura do motor muito alta Vazamento de líquido de arrefecimento • Tampa do radiador defeituosa • Retentores de óleo e de água da bomba d’água • Líquido de arrefecimento insuficiente defeituosos • Passagens obstruídas no radiador, mangueiras e canaleta • Retentores de óleo e de água da bomba d’água • Passagens de ar do radiador obstruídas com sujeira deteriorados • Ar no sistema • Junta deteriorada ou danificada • Bomba d’água defeituosa • Conexão da mangueira ou braçadeira soltas • Mangueira deteriorada ou danificada • Tampa do radiador defeituosa • Radiador danificado CR125R
  • 4. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-3 TESTE DO SISTEMA c LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO (TESTE COM DENSÍMETRO) Remova a tampa do radiador. O motor deve estar frio antes da remoção da tampa do radiador. Caso contrário, poderão ocorrer sérios ferimentos causados pelo líquido escaldante ou vapor expelidos. TAMPA DO RADIADOR Efetue o teste da densidade do líquido de arrefecimento utilizando um densímetro. Concentração-padrão do líquido de arrefecimento: 50 % Verifique quanto a contaminação e, se necessário, substitua o líquido de arrefecimento. GARGALO DE ABASTECIMENTO CR125R Temperatura do líquido de arrefecimento °C 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 Proporção do líquido de arrefecimento % 5 1,009 1,009 1,008 1,008 1,007 1,006 1,005 1,003 1,001 0,999 0,997 10 1,018 1,017 1,017 1,016 1,015 1,014 1,013 1,011 1,009 1,007 1,005 15 1,028 1,027 1,026 1,025 1,024 1,022 1,020 1,018 1,016 1,014 1,012 20 1,036 1,035 1,034 1,033 1,031 1,029 1,027 1,025 1,023 1,021 1,019 25 1,045 1,044 1,043 1,042 1,040 1,038 1,036 1,034 1,031 1,028 1,025 30 1,053 1,052 1,051 1,049 1,047 1,045 1,043 1,041 1,038 1,035 1,032 35 1,063 1,062 1,060 1,058 1,056 1,054 1,052 1,049 1,046 1,043 1,040 40 1,072 1,070 1,068 1,066 1,064 1,062 1,059 1,056 1,053 1,050 1,047 45 1,080 1,078 1,076 1,074 1,072 1,069 1,066 1,063 1,060 1,057 1,054 50 1,086 1,084 1,082 1,080 1,077 1,074 1,071 1,068 1,065 1,062 1,059 55 1,095 1,093 1,091 1,088 1,085 1,082 1,079 1,076 1,073 1,070 1,067 60 1,100 1,098 1,095 1,092 1,089 1,086 1,083 1,080 1,077 1,074 1,071 TABELA DE DENSIDADE DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO
  • 5. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-4 INSPEÇÃO DA TAMPA DO RADIADOR/PRESSÃO DO SISTEMA NOTA Remova a tampa do radiador (pág. 5-3). Instale a tampa do radiador no testador. Efetue o teste de pressão da tampa do radiador. Substitua a tampa do radiador caso não retenha a pressão ou caso a pressão de alívio seja muito alta ou baixa. A tampa deve reter a pressão especificada por, pelo menos, 6 segundos. Pressão de alívio da tampa do radiador: 108 – 137 kPa (1,1 – 1,4 kgf/ cm2 , 16 – 20 psi) Pressurize o radiador, o motor e as mangueiras e, em seguida, verifique se há vazamentos. a Repare ou substitua os componentes caso o sistema não retenha a pressão especificada por, pelo menos, 6 segundos. SUBSTITUIÇÃO DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO PREPARAÇÃO c a NOTA Anticongelante recomendado: Líquido de arrefecimento Pro Honda HP ou anticongelante equivalente à base de etileno glicol de alta qualidade contendo inibidores de corrosão. Mistura recomendada: 50 – 50 (Água destilada e anticongelante recomendado) • A eficácia do líquido de arrefecimento diminui com o acúmulo de ferrugem ou se houver alteração na proporção da mistura durante o uso. Portanto, para um melhor desempenho, substitua o líquido de arrefecimento regularmente, como especificado na tabela de manutenção. • Misture apenas água destilada ou água com baixo teor mineral ao anticongelante. O uso de líquido de arrefecimento com inibidores de silicato pode provocar o desgaste prematuro dos retentores da bomba d’água ou a obstrução da passagem do radiador. A utilização de água de torneira pode provocar danos ao motor. • O líquido de arrefecimento é tóxico. Mantenha-o afastado dos olhos, boca, pele e roupas. – Em caso de contato com os olhos, lave-os com bastante água e procure um médico imediatamente. – Em caso de ingestão, provoque vômito, faça um gargarejo e procure um médico imediatamente. – Em caso de contato com a pele ou roupas, lave a área atingida com água em abundância. • MANTENHA-O FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS. Uma pressão excessiva pode danificar os componentes do sistema de arrefecimento. Não exceda a pressão de 137 kPa (1,4 kgf/cm2 , 20 psi). Umedeça a superfície de vedação. TESTADOR DO SISTEMA DE ARREFECIMENTO DISPONÍVEL COMERCIALMENTE TESTADOR DO SISTEMA DE ARREFECIMENTO DISPONÍVEL COMERCIALMENTE CR125R ANTICONGELANTE RECOMENDADO (SOLUÇÃO À BASE DE ETILENO GLICOL) ÁGUA DESTILADA OU ÁGUA COM BAIXO TEOR MINERAL LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO
  • 6. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-5 SUBSTITUIÇÃO/SANGRIA DE AR c NOTA Remova a tampa do radiador. Ao abastecer o sistema com líquido de arrefecimento, estacione a motocicleta na posição vertical sobre uma superfície plana e nivelada. Espere até que o motor esfrie antes de efetuar os serviços no sistema de arrefecimento. Caso contrário, o líquido escaldante, que está sob pressão, poderá causar sérias queimaduras. TAMPA DO RADIADOR Abasteça o sistema com o líquido de arrefecimento recomendado através do gargalo de abastecimento, até atingir sua borda. Capacidade: 0,9 litro Incline a motocicleta aproximadamente 20° para a direita e esquerda várias vezes a fim de sangrar o ar presente no sistema de arrefecimento. Caso o nível do líquido de arrefecimento diminua, adicione mais líquido de arrefecimento e repita o procedimento de sangria do ar. GARGALO DE ABASTECIMENTO RADIADOR REMOÇÃO NOTA Drene o líquido de arrefecimento (veja acima). Remova o tanque de combustível (pág. 2-5). Remova a câmara de expansão (pág. 2-7). Remova a grade direita e esquerda do radiador. Solte a braçadeira da mangueira inferior do radiador e desconecte a mangueira. Observe a direção das braçadeiras da mangueira. GRADE Remova o parafuso de drenagem da tampa da bomba d’água e drene o líquido do sistema de arrefecimento. Instale novamente o parafuso de drenagem com uma arruela de vedação nova. Aperte o parafuso de drenagem no torque especificado. TORQUE: 10 N.m (1,0 kg.m) PARAFUSO DE DRENAGEM/ARRUELA DE VEDAÇÃO CR125R MANGUEIRA INFERIOR DO RADIADOR BRAÇADEIRA DA MANGUEIRA
  • 7. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-6 Solte a braçadeira da mangueira superior do radiador e desconecte a mangueira. BRAÇADEIRA DA MANGUEIRA SUPERIOR MANGUEIRA DO RADIADOR INSTALAÇÃO Remova os parafusos de fixação superior e inferior e os espaçadores. Remova o radiador. a Tome cuidado para não danificar o núcleo do radiador. RADIADOR PARAFUSOS/ESPAÇADORES CR125R
  • 8. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-7 a É essencial que a instalação seja feita na ordem inversa da remoção. Adicione a mistura de líquido de arrefecimento recomendada no gargalo de abastecimento e sangre o ar (pág. 5-4). Após a instalação, verifique o radiador e suas mangueiras quanto a vazamentos. Instale a câmara de expansão (pág. 2-7). Instale o tanque de combustível (pág. 2-5). Tome cuidado para não danificar o núcleo do radiador. GRADES RADIADOR REMOÇÃO Drene o líquido de arrefecimento (pág. 5-5). Remova os quatro parafusos flange e a tampa da bomba d’água. TAMPA PARAFUSOS Remova a junta externa e a placa. PLACA JUNTA EXTERNA ORIFÍCIO DE INSPEÇÃO CR125R BOMBA D’ÁGUA INSPEÇÃO DO RETENTOR DE ÁGUA Verifique o orifício de inspeção quanto a sinais de vazamento de líquido de arrefecimento. Se houver vazamento, o retentor de água está com defeito. Substitua a bomba d’água como um conjunto.
  • 9. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-8 Remova a junta interna e os pinos-guia. Remova o rotor e a arruela lisa. Remova a tampa direita da carcaça do motor (pág. 9-3). PINOS-GUIA JUNTA INTERNA Verifique o eixo da bomba d’água e a engrenagem para certificar-se de que não estejam empenados ou danificados. EIXO DA BOMBA D’ÁGUA Gire a pista interna do rolamento do eixo da bomba d’água com o dedo. O rolamento deve girar suave e silenciosamente. Verifique também se a pista externa do rolamento se encaixa firmemente na tampa direita da carcaça do motor. Se necessário, substitua o rolamento do eixo da bomba d’água (pág. 5-10). Remova o eixo da bomba d’água da tampa direita da carcaça do motor. ARRUELA EIXO DA BOMBA D’ÁGUA CR125R ROTOR
  • 10. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-9 Verifique o retentor de água quanto a deterioração ou danos. Se necessário, substitua o retentor de água (pág. 5-10). RETENTOR DE ÁGUA ROLAMENTO ACESSÓRIO/GUIA INSTALADOR LADO DA CARCAÇA DIREITA Retire o rolamento do eixo da bomba d’água utilizando as ferramentas especiais. FERRAMENTAS: Extrator de rolamentos, 7 mm 07931-KA30000 EXTRATOR DE ROLAMENTOS, 7 mm SUBSTITUIÇÃO DO ROLAMENTO LADO DA TAMPA DA CARCAÇA DIREITA Remova o rolamento do eixo da bomba d’água, utilizando as ferramentas especiais. FERRAMENTAS: Conjunto do extrator de rolamentos, 07936 – 1660001 12 mm – Contrapeso do extrator 07741 – 0010201 ou 07936 – 3710200 ou 07936 – 371020A – Extrator de rolamentos, 12 mm 07936 – 1660101 ou 07936 – 166010A – Cabeçote do extrator de rolamentos, 12 mm 07936 – 1660100 – Eixo do extrator 07936 – 1660120 Instale o novo rolamento na tampa direita da carcaça do motor, utilizando as ferramentas especiais, conforme mostrado. FERRAMENTAS: Instalador 07749 – 0010000 Acessório, 24 x 26 mm 07746 – 0010700 Guia, 12 mm 07746 – 0040200 CONJUNTO DO EXTRATOR DE ROLAMENTOS, 12 mm ROLAMENTO CR125R
  • 11. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-10 Instale o novo rolamento na tampa direita da carcaça do motor, utilizando as ferramentas especiais, conforme mostrado. FERRAMENTAS: Instalador de rolamentos, 7 mm 07931-KA30100 INSTALADOR DE ROLAMENTOS, 7 mm Posicione o instalador do retentor de água na tampa direita da carcaça do motor, como mostra a ilustração. NOTA Instale o novo retentor de água. FERRAMENTAS: Instalador do retentor de água 07945-KA30000 ou Instalador de vedadores mecânicos 07965-415000A Tome cuidado para não danificar os lábios do retentor de água. Instale o novo retentor de óleo da tampa direita da carcaça do motor, como mostra a ilustração. Instale o rolamento do eixo da bomba de água (pág. 5-9). SUBSTITUIÇÃO DO RETENTOR DE ÓLEO/RETENTOR DE ÁGUA Remova o rolamento do eixo da bomba d’água (pág. 5-9). Remova o retentor de água e retentor de óleo da tampa direita da carcaça do motor, conforme mostrado. RETENTOR DE ÓLEO RETENTOR DE ÁGUA CR125R RETENTOR DE ÁGUA INSTALADOR DO RETENTOR DE ÁGUA NOVO RETENTOR DE ÓLEO NOVO
  • 12. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-11 Instale o eixo da bomba d’água na tampa direita da carcaça do motor. Instale a carcaça direita do motor (pág. 9-3). ARRUELA EIXO DA BOMBA D’ÁGUA Instale a arruela lisa e o rotor no eixo da bomba d’água. Aperte o rotor no torque especificado. TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m) Instale os pinos-guia e a nova junta interna. PINOS-GUIA JUNTA INTERNA CR125R NOVO NOVO INSTALAÇÃO 10 N.m (1,0 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m) 12 N.m (1,2 kg.m) ROTOR
  • 13. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 5-12 Instale a placa e a nova junta externa. PLACA JUNTA EXTERNA Instale a tampa da bomba d’água e aperte os quatro parafusos flange no torque especificado. TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m) Adicione a mistura de líquido de arrefecimento recomendada no gargalo de abastecimento e sangre o ar (pág. 5-5). TAMPA PARAFUSOS CR125R NOVO NOTAS
  • 15. COMO USAR ESTE MANUAL Este manual descreve os procedimentos de serviço para a CR125R. Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (página 3-3) para garantir condições perfeitas de funcionamento. Os Capítulos 1 e 3 aplicam-se à toda motocicleta. O Capítulo 2 apresenta os procedimentos de remoção/instalação de componentes que podem ser necessários para efetuar os serviços descritos nos capítulos subseqüentes. Os Capítulos 4 a 15 apresentam as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Localize o capítulo desejado nesta página. Em seguida, consulte o índice apresentado na primeira página do capítulo selecionado. A maioria dos capítulos começa com uma ilustração do sistema ou conjunto, informações de serviço e diagnose de defeitos. As páginas subseqüentes apresentam os procedimentos detalhados. Se a causa do problema for desconhecida, consulte o Capítulo 16, "Diagnose de Defeitos". MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, PROCEDIMENTOS E ESPECIFICAÇÕES APRESENTADAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS SOBRE O PRODUTO NO MOMENTO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. SE RESERVA O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DA MOTOCICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGAÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM AVISO PRÉVIO. ESTE MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUE TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MANUTENÇÃO DAS MOTOCICLETAS, SCOTTERS ou ATVS HONDA. ÍNDICE GERAL INFORMAÇÕES GERAIS CHASSI/CARENAGEM/ SISTEMA DE ESCAPAMENTO MANUTENÇÃO SISTEMA DE COMBUSTÍVEL SISTEMA DE ARREFECIMENTO REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR CABEÇOTE/CILINDRO/PISTÃO H.P.P. (ORIFÍCIO SUPLEMENTAR HONDA) EMBREAGEM/MECANISMO DE PARTIDA/ SELETOR DE MARCHAS CARCAÇA DO MOTOR/ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/ SISTEMA DE DIREÇÃO RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO FREIO HIDRÁULICO SISTEMA DE IGNIÇÃO/ALTERNADOR DIAGRAMA ELÉTRICO DIAGNOSE DE DEFEITOS SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTORETRANSMISSÃO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16