SlideShare uma empresa Scribd logo
“Ingere todo dia pílulas sagradas de
esperança, por meio da fé, e ordena
às tuas células que se reajustem, a
partir do reajuste de teus
pensamentos e sentimentos, em
ressintonização com o amor.”
Dias da Cruz, por Andrei Moreira no livro Pílulas de Esperança.
S
1- Estudo do
Livro dos Espíritos - Parte II
Cap 7 - Da Volta Do Espírito À Vida Corporal
2- Estudo do
Evangelho Segundo o Espitismo
Cap 28 – Coletânea de Preces Espíritas
Dubai, 13-03-2016
Por Patrícia Farias
http://www.livestream.com
http://www.espacodespertar.blogspot.com
374. Na condição de Espírito livre, tem o idiota
consciência do seu estado mental?
“Freqüentemente tem. Compreende que as cadeias que
lhe obstam ao vôo são prova e expiação.”
Idiotismo, loucura
375. Qual, na loucura, a situação do Espírito?
“O Espírito, quando em liberdade, recebe diretamente suas
impressões e diretamente exerce sua ação sobre a matéria.
Encarnado, porém, ele se encontra em condições muito diversas e na
contingência de só o fazer com o auxílio de órgãos especiais. Altere-
se uma parte ou o conjunto de tais órgãos e eis que se lhe
interrompem, no que destes dependam, a ação ou as impressões. Se
perde os olhos, fica cego; se o ouvido, torna-se surdo, etc.
Imagina agora que seja o órgão, que preside às manifestações da
inteligência, o atacado ou modificado, parcial ou inteiramente, e fácil
te será compreender que, só tendo o Espírito a seu serviço órgãos
incompletos ou alterados, uma perturbação resultará de que ele, por
si mesmo e no seu foro íntimo, tem perfeita consciência, mas cujo
curso não lhe está nas mãos deter.”
Idiotismo, loucura
a) - Então, o desorganizado é sempre o corpo e não
o Espírito?
“Exatamente; mas, convém não perder de vista que, assim como o
Espírito atua sobre a matéria, também esta reage sobre ele, dentro
de certos limites, e que pode acontecer impressionar-se o Espírito
temporariamente com a alteração dos órgãos pelos quais se
manifesta e recebe as impressões.
Pode mesmo suceder que, com a continuação, durando longo tempo
a loucura, a repetição dos mesmos atos acabe por exercer sobre o
Espírito uma influência, de que ele não se libertará senão depois de
se haver libertado de toda impressão material.”
Idiotismo, loucura
“Somente o doente convertido em
médico de si mesmo alcançará a cura
definitiva.”
André Luiz – Franciso Candido Xavier
Idiotismo, loucura
“Kardec examinando a problemática saúde-doença,
observou que o indivíduo sempre colhe o efeito da
sementeira que haja realizado anteriormente, e por isso
mesmo, todas as suas experiências mesmo aquelas de
natureza mórbida, constituem recursos de que se utiliza
para a própria evolução.
Divaldo Franco - Doenças ou Transtornos Espirituais
Idiotismo, loucura
A loucura, pois, é um efeito consecutivo, cuja
causa primeira é uma predisposição orgânica
que torna o cérebro mais, ou menos,
acessível a certas impressões;
É preciso não confundir a loucura patológica com a obsessão. Esta
não
se origina de nenhuma lesão cerebral, mas da subjugação que
Espíritos
malfazejos exercem sobre certos indivíduos, e tem por vezes as
aparências da loucura propriamente dita. (…) O Espiritismo, fazendo
conhecer esta nova causa de perturbação da saúde, dá ao mesmo
tempo o único meio de triunfar sobre ela, agindo não sobre a doença,
mas sobre o Espírito obsessor. Ele é o remédio e não a causa do mal.
Idiotismo, loucura
“Conforme se vê, depara-se com
uma questão que pode ser
enfocada sob dois aspectos: o da
natureza orgânica e o de natureza
espiritual e, às vezes, os dois
aspectos convergem para um
diagnóstico que caracteriza a
herança do passado, acrescida da
cobrança atual pelos adversários
desencarnados.
Divaldo Franco - Doenças ou Transtornos
Espirituais
Cap. 1 - Epilepsia
Cita o caso
Viviane narrado
no Livro -
Guilhões Partidos
“Ficou bem claro para mim que o paciente é médico de si
mesmo e que se ele desdenha esta verdade, os
resultados do tratamento podem não ser os esperados.
São necessários o esforço pessoal, o real desejo de
melhorar e a mudança de posturas a fim de alcançar os
objetivos almejados. Caso contrário no tratamento da
patologia mental
torna-se difícil um resultado promissor.
Jaider Rodrigues Saúde Mental
Cap. 28 - Coletânea de
Preces Espíritas
III - PRECES POR
OUTREM
Por alguém que esteja
em aflição
Por alguém que esteja em aflição
42. PREFÁCIO. Se é do interesse do aflito que a sua prova prossiga,
ela não será abreviada a nosso pedido. Mas fora ato de impiedade
desanimarmos por não ter sido satisfeita a nossa súplica. Aliás, em
falta de cessação da prova, podemos esperar alguma outra
consolação que lhe mitigue o amargor. O que de mais necessário há
para aquele que se acha
aflito, são a resignação e a coragem, sem as quais não lhe será
possível sofrê-la com proveito para si, porque terá de recomeçá-la. É,
pois, para esse objetivo que nos cumpre, sobretudo, orientar os
nossos esforços, quer pedindo lhe venham em auxílio os bons
Espíritos, quer levantando-lhe o moral por meio de conselhos e
encorajamentos, quer, enfim, assistindo-o
materialmente, se for possível. A prece, neste caso, pode também ter
efeito direto, dirigindo, sobre a pessoa por quem é feita, uma corrente
fluídica com o intento de lhe fortalecer o moral. (Cap. V, nº 5 e nº 27;
cap.XXVII, nº 6 e nº 10.)
43. Prece. - Deus de infinita bondade, digna-
te de suavizar o amargor da posição em que
se encontra N..., se assim for a tua vontade.
Bons Espíritos, em nome de Deus Todo-
Poderoso, eu vos suplico que o assistais nas
suas aflições. Se, no seu interesse, elas lhe
não puderem ser poupadas, fazei
compreenda que são necessárias ao seu
progresso. Dai-lhe confiança em Deus e no
futuro que lhas tornará menos acerbas. Dai-
lhe também forças para não sucumbir ao
desespero, que lhe faria perder fruto de seus
sofrimentos e lhe tornaria ainda mais penosa
no futuro a situação. Encaminhai para ele o
meu pensamento, a fim de que o ajude a
manter-se corajoso.
Por alguém que esteja em aflição

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Ricardo Azevedo
 
Slide perispírito
Slide  perispíritoSlide  perispírito
Slide perispírito
bonattinho
 
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantesTomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento
Henrique Vieira
 
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusCapítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Comunicações Espíritas
Comunicações EspíritasComunicações Espíritas
Comunicações Espíritas
meebpeixotinho
 
2.8.4 sonambulismo
2.8.4   sonambulismo2.8.4   sonambulismo
2.8.4 sonambulismo
Marta Gomes
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Cynthia Castro
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Terceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidade
Terceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidadeTerceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidade
Terceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidade
CeiClarencio
 
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporalPrimeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
CeiClarencio
 
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
carlos freire
 
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaPrimeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
CeiClarencio
 
Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado
meebpeixotinho
 
Reencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hs
Reencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hsReencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hs
Reencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hs
home
 
Mediunidade com jesus
Mediunidade com jesusMediunidade com jesus
Mediunidade com jesus
NILTON CARVALHO
 
Obreiros da última hora
Obreiros da última horaObreiros da última hora
Obreiros da última hora
Graça Maciel
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
contatodoutrina2013
 

Mais procurados (20)

Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
 
Slide perispírito
Slide  perispíritoSlide  perispírito
Slide perispírito
 
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantesTomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
Tomo complementar, Módulo 1, roteiro 4: os espíritos errantes
 
Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento
 
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusCapítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
 
Comunicações Espíritas
Comunicações EspíritasComunicações Espíritas
Comunicações Espíritas
 
2.8.4 sonambulismo
2.8.4   sonambulismo2.8.4   sonambulismo
2.8.4 sonambulismo
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
 
Terceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidade
Terceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidadeTerceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidade
Terceiro Módulo - 1ª aula - Conceito de mediunidade
 
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporalPrimeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Primeiro Módulo - Aula 16 - Intervenção dos espiritos no mundo corporal
 
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
 
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaPrimeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
 
Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado Esquecimento do Passado
Esquecimento do Passado
 
Reencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hs
Reencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hsReencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hs
Reencarnação, evidências bíblicas e científicas-2,0hs
 
Mediunidade com jesus
Mediunidade com jesusMediunidade com jesus
Mediunidade com jesus
 
Obreiros da última hora
Obreiros da última horaObreiros da última hora
Obreiros da última hora
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
 

Destaque

Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
caminhodaluz41
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
grupodepaisceb
 
Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2
Graça Maciel
 
Idiotismo e loucura
Idiotismo e loucuraIdiotismo e loucura
Idiotismo e loucura
Wagner Júnior
 
13ª aula da obsessão - conceitos e causas - coem
13ª aula   da obsessão - conceitos e causas - coem13ª aula   da obsessão - conceitos e causas - coem
13ª aula da obsessão - conceitos e causas - coem
Wagner Quadros
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
Obsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e grausObsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e graus
Shantappa Jewur
 
Obsessão doença moral
Obsessão doença moralObsessão doença moral
Obsessão doença moral
Graça Maciel
 
Corpos ovóides na obsessão e nas psicopatologias
Corpos ovóides na obsessão e nas psicopatologiasCorpos ovóides na obsessão e nas psicopatologias
Corpos ovóides na obsessão e nas psicopatologias
Fernando Vieira Filho
 
Obsessão: Definição e Características
Obsessão:  Definição e CaracterísticasObsessão:  Definição e Características
Obsessão: Definição e Características
igmateus
 
Cm 21 - cérebro espiritual
Cm  21 - cérebro espiritualCm  21 - cérebro espiritual
Cm 21 - cérebro espiritual
Norberto Scavone Augusto
 
Palestra 8 obsessão espiritual
Palestra 8 obsessão espiritualPalestra 8 obsessão espiritual
Palestra 8 obsessão espiritual
Jose Ferreira Almeida
 
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
gabiparavoce
 
A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
Roque Souza
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
paikachambi
 
refletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�orefletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�o
Ari Carrasco
 

Destaque (16)

Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2
 
Idiotismo e loucura
Idiotismo e loucuraIdiotismo e loucura
Idiotismo e loucura
 
13ª aula da obsessão - conceitos e causas - coem
13ª aula   da obsessão - conceitos e causas - coem13ª aula   da obsessão - conceitos e causas - coem
13ª aula da obsessão - conceitos e causas - coem
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
Obsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e grausObsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e graus
 
Obsessão doença moral
Obsessão doença moralObsessão doença moral
Obsessão doença moral
 
Corpos ovóides na obsessão e nas psicopatologias
Corpos ovóides na obsessão e nas psicopatologiasCorpos ovóides na obsessão e nas psicopatologias
Corpos ovóides na obsessão e nas psicopatologias
 
Obsessão: Definição e Características
Obsessão:  Definição e CaracterísticasObsessão:  Definição e Características
Obsessão: Definição e Características
 
Cm 21 - cérebro espiritual
Cm  21 - cérebro espiritualCm  21 - cérebro espiritual
Cm 21 - cérebro espiritual
 
Palestra 8 obsessão espiritual
Palestra 8 obsessão espiritualPalestra 8 obsessão espiritual
Palestra 8 obsessão espiritual
 
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
 
A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
refletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�orefletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�o
 

Semelhante a Livro dos Espiritos Q374 e 375 - ESE cap.28 item42

Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
paikachambi
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Claudio Macedo
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
João Lister Pereira
 
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
jcevadro
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
Lorena Dias
 
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Henrique Vieira
 
A mediunidade e os seu despertar iv
A mediunidade e os seu despertar  ivA mediunidade e os seu despertar  iv
A mediunidade e os seu despertar iv
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
2.7.5 Idiotismo e loucura
2.7.5   Idiotismo e loucura2.7.5   Idiotismo e loucura
2.7.5 Idiotismo e loucura
Marta Gomes
 
Influencia dos espíritos
Influencia dos espíritosInfluencia dos espíritos
Influencia dos espíritos
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
Ricardo Akerman
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 15 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
15 apostila [15]..
15 apostila [15]..15 apostila [15]..
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Influência do Pensamento Positivo- EspiritismoInfluência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Valéria Domingues
 
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Marcelo Suster
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
Anselmo Heib
 
A cura e auto cura 2
A cura e auto cura 2A cura e auto cura 2
A cura e auto cura 2
Marcel Jefferson Gonçalves
 
122693669 apometria
122693669 apometria122693669 apometria
Desenvolvendo o-poder-mental
Desenvolvendo o-poder-mentalDesenvolvendo o-poder-mental
Desenvolvendo o-poder-mental
Isabel Moraes
 

Semelhante a Livro dos Espiritos Q374 e 375 - ESE cap.28 item42 (20)

Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos16   o  passe, responsabilidade do médium e assistidos
16 o passe, responsabilidade do médium e assistidos
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
 
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessao
 
A mediunidade e os seu despertar iv
A mediunidade e os seu despertar  ivA mediunidade e os seu despertar  iv
A mediunidade e os seu despertar iv
 
2.7.5 Idiotismo e loucura
2.7.5   Idiotismo e loucura2.7.5   Idiotismo e loucura
2.7.5 Idiotismo e loucura
 
Influencia dos espíritos
Influencia dos espíritosInfluencia dos espíritos
Influencia dos espíritos
 
17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
17 encontro espírita sobre medicina espiritual (celd)
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 15 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
 
15 apostila [15]..
15 apostila [15]..15 apostila [15]..
15 apostila [15]..
 
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Influência do Pensamento Positivo- EspiritismoInfluência do Pensamento Positivo- Espiritismo
Influência do Pensamento Positivo- Espiritismo
 
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
 
A cura e auto cura 2
A cura e auto cura 2A cura e auto cura 2
A cura e auto cura 2
 
122693669 apometria
122693669 apometria122693669 apometria
122693669 apometria
 
Desenvolvendo o-poder-mental
Desenvolvendo o-poder-mentalDesenvolvendo o-poder-mental
Desenvolvendo o-poder-mental
 

Mais de Patricia Farias

evangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptxevangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptxevangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptxevangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptxevangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptxevangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptxevangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptxevangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
Patricia Farias
 
Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1
Patricia Farias
 
Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7
Patricia Farias
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
Patricia Farias
 
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da ViuvaEvangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
Patricia Farias
 
Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
Patricia Farias
 

Mais de Patricia Farias (20)

evangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptxevangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptx
 
evangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptxevangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptx
 
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptxevangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
 
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptxevangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
 
evangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptxevangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptx
 
evangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptxevangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptx
 
evangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptxevangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptx
 
evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
 
Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1
 
Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
 
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da ViuvaEvangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
 
Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1
 
Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
 

Último

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 

Último (14)

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 

Livro dos Espiritos Q374 e 375 - ESE cap.28 item42

  • 1. “Ingere todo dia pílulas sagradas de esperança, por meio da fé, e ordena às tuas células que se reajustem, a partir do reajuste de teus pensamentos e sentimentos, em ressintonização com o amor.” Dias da Cruz, por Andrei Moreira no livro Pílulas de Esperança.
  • 2. S 1- Estudo do Livro dos Espíritos - Parte II Cap 7 - Da Volta Do Espírito À Vida Corporal 2- Estudo do Evangelho Segundo o Espitismo Cap 28 – Coletânea de Preces Espíritas Dubai, 13-03-2016 Por Patrícia Farias http://www.livestream.com http://www.espacodespertar.blogspot.com
  • 3. 374. Na condição de Espírito livre, tem o idiota consciência do seu estado mental? “Freqüentemente tem. Compreende que as cadeias que lhe obstam ao vôo são prova e expiação.” Idiotismo, loucura
  • 4. 375. Qual, na loucura, a situação do Espírito? “O Espírito, quando em liberdade, recebe diretamente suas impressões e diretamente exerce sua ação sobre a matéria. Encarnado, porém, ele se encontra em condições muito diversas e na contingência de só o fazer com o auxílio de órgãos especiais. Altere- se uma parte ou o conjunto de tais órgãos e eis que se lhe interrompem, no que destes dependam, a ação ou as impressões. Se perde os olhos, fica cego; se o ouvido, torna-se surdo, etc. Imagina agora que seja o órgão, que preside às manifestações da inteligência, o atacado ou modificado, parcial ou inteiramente, e fácil te será compreender que, só tendo o Espírito a seu serviço órgãos incompletos ou alterados, uma perturbação resultará de que ele, por si mesmo e no seu foro íntimo, tem perfeita consciência, mas cujo curso não lhe está nas mãos deter.” Idiotismo, loucura
  • 5. a) - Então, o desorganizado é sempre o corpo e não o Espírito? “Exatamente; mas, convém não perder de vista que, assim como o Espírito atua sobre a matéria, também esta reage sobre ele, dentro de certos limites, e que pode acontecer impressionar-se o Espírito temporariamente com a alteração dos órgãos pelos quais se manifesta e recebe as impressões. Pode mesmo suceder que, com a continuação, durando longo tempo a loucura, a repetição dos mesmos atos acabe por exercer sobre o Espírito uma influência, de que ele não se libertará senão depois de se haver libertado de toda impressão material.” Idiotismo, loucura “Somente o doente convertido em médico de si mesmo alcançará a cura definitiva.” André Luiz – Franciso Candido Xavier
  • 6. Idiotismo, loucura “Kardec examinando a problemática saúde-doença, observou que o indivíduo sempre colhe o efeito da sementeira que haja realizado anteriormente, e por isso mesmo, todas as suas experiências mesmo aquelas de natureza mórbida, constituem recursos de que se utiliza para a própria evolução. Divaldo Franco - Doenças ou Transtornos Espirituais
  • 7. Idiotismo, loucura A loucura, pois, é um efeito consecutivo, cuja causa primeira é uma predisposição orgânica que torna o cérebro mais, ou menos, acessível a certas impressões; É preciso não confundir a loucura patológica com a obsessão. Esta não se origina de nenhuma lesão cerebral, mas da subjugação que Espíritos malfazejos exercem sobre certos indivíduos, e tem por vezes as aparências da loucura propriamente dita. (…) O Espiritismo, fazendo conhecer esta nova causa de perturbação da saúde, dá ao mesmo tempo o único meio de triunfar sobre ela, agindo não sobre a doença, mas sobre o Espírito obsessor. Ele é o remédio e não a causa do mal.
  • 8. Idiotismo, loucura “Conforme se vê, depara-se com uma questão que pode ser enfocada sob dois aspectos: o da natureza orgânica e o de natureza espiritual e, às vezes, os dois aspectos convergem para um diagnóstico que caracteriza a herança do passado, acrescida da cobrança atual pelos adversários desencarnados. Divaldo Franco - Doenças ou Transtornos Espirituais Cap. 1 - Epilepsia Cita o caso Viviane narrado no Livro - Guilhões Partidos
  • 9. “Ficou bem claro para mim que o paciente é médico de si mesmo e que se ele desdenha esta verdade, os resultados do tratamento podem não ser os esperados. São necessários o esforço pessoal, o real desejo de melhorar e a mudança de posturas a fim de alcançar os objetivos almejados. Caso contrário no tratamento da patologia mental torna-se difícil um resultado promissor. Jaider Rodrigues Saúde Mental
  • 10. Cap. 28 - Coletânea de Preces Espíritas III - PRECES POR OUTREM Por alguém que esteja em aflição
  • 11. Por alguém que esteja em aflição 42. PREFÁCIO. Se é do interesse do aflito que a sua prova prossiga, ela não será abreviada a nosso pedido. Mas fora ato de impiedade desanimarmos por não ter sido satisfeita a nossa súplica. Aliás, em falta de cessação da prova, podemos esperar alguma outra consolação que lhe mitigue o amargor. O que de mais necessário há para aquele que se acha aflito, são a resignação e a coragem, sem as quais não lhe será possível sofrê-la com proveito para si, porque terá de recomeçá-la. É, pois, para esse objetivo que nos cumpre, sobretudo, orientar os nossos esforços, quer pedindo lhe venham em auxílio os bons Espíritos, quer levantando-lhe o moral por meio de conselhos e encorajamentos, quer, enfim, assistindo-o materialmente, se for possível. A prece, neste caso, pode também ter efeito direto, dirigindo, sobre a pessoa por quem é feita, uma corrente fluídica com o intento de lhe fortalecer o moral. (Cap. V, nº 5 e nº 27; cap.XXVII, nº 6 e nº 10.)
  • 12. 43. Prece. - Deus de infinita bondade, digna- te de suavizar o amargor da posição em que se encontra N..., se assim for a tua vontade. Bons Espíritos, em nome de Deus Todo- Poderoso, eu vos suplico que o assistais nas suas aflições. Se, no seu interesse, elas lhe não puderem ser poupadas, fazei compreenda que são necessárias ao seu progresso. Dai-lhe confiança em Deus e no futuro que lhas tornará menos acerbas. Dai- lhe também forças para não sucumbir ao desespero, que lhe faria perder fruto de seus sofrimentos e lhe tornaria ainda mais penosa no futuro a situação. Encaminhai para ele o meu pensamento, a fim de que o ajude a manter-se corajoso. Por alguém que esteja em aflição