SlideShare uma empresa Scribd logo
16/06/2014 1
marcio.pereira@govbr.com.br
coitinho_19@hotmail.com
I.E.Q. SEDE HORTOLÂNDIA
Escola Bíblica Quadrangular
16/06/2014 2
JESUS TE AMA!!
Escola Bíblica Quadrangular
Tema: A Mensagem da Cruz
16/06/2014 3
Lição 05 – Somos Templo
1Co 3:16-17
16/06/2014 4
O que é um Templo
16/06/2014 5
Templo - Santuário: Lugar consagrado a Deus, local consagrado para se prestar
adoração, Habitação de Deus, Lugar de Perdão.
Ex 25:1-9, 25:22, 40:16
Primeiro Santuário
Tabernáculo -
16/06/2014 6
O Tabernáculo simbolizava a Obra
Redentora de Jesus.
TABERNÁCULO JESUS EU
Símbolo da Presença de Deus -
Ex 25:8 Jesus habitou entre nós - Jo 1:14
As pessoas tem visto Jesus através da minha
vida? Gl 2:20
Cortina e porta do Átrio - Ex
27:16
Azul - Jesus cura todos os tipos de
Enfermidade - Mc 1:34
Púrpura - Símbolo da Realeza de Jesus -
Ap 19:6
Carmesim Sangue de Jesus - Sangue que
purifica-Ap 1:5
A porta - Jesus é a Porta - Jo 10:9
Eu tenho pregado que Jesus Cura? Perdão é
Cura. Mc 16:17-18
Eu tenho me preparado para volta do Rei? II
Pe 3:13-15
Eu tenho clamado pelo sangue de Jesus todos
os Dias? Hb 9:14
Eu tenho direcionado a minha vida para a
porta? Jo 14:6
O Altar - Jesus o Sacrifício
Perfeito Ex 27:1 Jesus veio ser o sacrifício perfeito - Jo 1:29
Eu tenho sido o sacrifício agradável a Deus?
Rm 12:1
Pia de Bronze - Jesus a Água
Viva - Ex 38:8
Jesus mata a nossa sede espiritual - Jo
7:37-38
Eu tenho jorrado água viva? Alegria, Paz,
Amor. Jo 4:27-30
Candelabro de ouro - Ex: 25:31 Jesus á luz do mundo - Jo 8:12 Eu tenho sido a Luz do mundo? Mt 5:14-16
Mesa dos Pães - Ex 25:23,30 Jesus é o pão da vida - Jo 6:35
Eu tenho levado a o pão para os necessitados?
Jo 6:51
Altar do Incenso - Ex 30:1
Jesus é nosso mediador, intercessor - Hb
7:25
Eu tenho intercedido pelo meu próximo? At
7:60
Arca da aliança - Glória de Deus
Ex: 25:22 Jesus é Glória de Deus - Is 40:5, Jo 10:30
Eu tenho vivido para a Glória de Deus? 1 Co
10:31-33
Planta do Tabernáculo
16/06/2014 7
Conclusão
Ex 40:34-38
Lc 19:9-10
Ap 21:1-4
O Tabernáculo era um templo móvel onde Deus estava, para
direcioná-los rumo a terra prometida.
Jesus veio ao mundo Ele era a Glória de Deus na Terra para
indicar o caminho da Salvação aos perdidos.
Quando Jesus subiu Ele enviou o Espírito Santo para que habite
em nós nos direcionando rumo a Terra Prometida. Jo 14:16-18
Qual o propósito de eu ser Templo?
Receber a Salvação e levar a Salvação! Ap 7:16-17
DICIONÁRIO
16/06/2014 9
Átrio (Principal aposento das casas nos primeiros tempos da Roma antiga. Era
usado como sala de estar e de lazer, e também como cozinha e dormitório. Tinha
um fogão central e, no teto, acima dele, uma abertura para deixar sair a fumaça,
como nos primitivos salões da Europa. O nome vem da palavra latina atrium, de
ater, que significa preto, com referência ao teto enegrecido pela fumaça nesse
aposento).
16/06/2014 10
Bibliografia
Bíblia Português, Bíblia de Estudo Pentecostal, Sociedade
Bíblica do Brasil, São Paulo, 1995.
Site Webartigos - acessado em 15/06/2014
http://www.webartigos.com/artigos/o-tabernaculo-e-
jesus/20462/
OBRIGADO : : Márcio José Pereira
: : Ebenézer “Até aqui nos ajudou o Senhor.
João 13:17- Se sabeis estas coisas, bem-
aventurados sois se as fizerdes.
DEUS ABENÇOE MUITO VOCÊS!!
TAMU JUNTU!!!!
16/06/2014 11

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Integridade, plano de_deus_para_o_homem
Integridade, plano de_deus_para_o_homemIntegridade, plano de_deus_para_o_homem
Integridade, plano de_deus_para_o_homem
Marco Aurelio Recco
 
A Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristão
A Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristãoA Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristão
A Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristão
conceicaoborges
 
Se não for para te adorar para que nasci?
Se não for para te adorar para que nasci?Se não for para te adorar para que nasci?
Se não for para te adorar para que nasci?
Walter Pereira Júnior
 
Eu sou a ressurreição e a vida
Eu sou a ressurreição e a vidaEu sou a ressurreição e a vida
Eu sou a ressurreição e a vida
evangelismo emslides
 
123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3
123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3
123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3
Robson Tavares Fernandes
 
Raízes
RaízesRaízes
Raízes
Luiz Nélson
 
122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2
122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2
122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2
Robson Tavares Fernandes
 
A Bíblia e a História
A Bíblia e a HistóriaA Bíblia e a História
A Bíblia e a História
Beatriz Bertoldo
 
eu creio na vida apos a morte
eu creio na vida apos a morte eu creio na vida apos a morte
eu creio na vida apos a morte
Daniel Bento
 
A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO
A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTOA RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO
A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO
Carlos Zimnerman
 
Catecismo da igreja catolica parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)
Catecismo da igreja catolica   parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)Catecismo da igreja catolica   parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)
Catecismo da igreja catolica parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)
Tatiano Ribeiro Dos Santos
 
Eu sou a ressurreição e a vida1
Eu sou a ressurreição e a vida1Eu sou a ressurreição e a vida1
Eu sou a ressurreição e a vida1
G. Gomes
 
#Não haverá ressurreição para os mortos
#Não haverá ressurreição para os mortos#Não haverá ressurreição para os mortos
#Não haverá ressurreição para os mortos
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Homem Carnal
Homem CarnalHomem Carnal
Homem Carnal
lucena
 
Esta Foi A Sua Vida 1
Esta Foi A Sua Vida 1Esta Foi A Sua Vida 1
Esta Foi A Sua Vida 1
luiscandido
 
A Morte
A MorteA Morte
LIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUSLIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUS
Lourinaldo Serafim
 
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
07   A Ressurreição de Jesus Cristo07   A Ressurreição de Jesus Cristo
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
Robson Tavares Fernandes
 
24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.
24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.
24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.
Jair de Barros
 
Codinome necessária
Codinome necessáriaCodinome necessária
Codinome necessária
Pastor Paulo Francisco
 

Mais procurados (20)

Integridade, plano de_deus_para_o_homem
Integridade, plano de_deus_para_o_homemIntegridade, plano de_deus_para_o_homem
Integridade, plano de_deus_para_o_homem
 
A Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristão
A Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristãoA Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristão
A Palavra de Deus e a Eucaristia na vida do cristão
 
Se não for para te adorar para que nasci?
Se não for para te adorar para que nasci?Se não for para te adorar para que nasci?
Se não for para te adorar para que nasci?
 
Eu sou a ressurreição e a vida
Eu sou a ressurreição e a vidaEu sou a ressurreição e a vida
Eu sou a ressurreição e a vida
 
123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3
123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3
123 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_3
 
Raízes
RaízesRaízes
Raízes
 
122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2
122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2
122 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_joao_parte_2
 
A Bíblia e a História
A Bíblia e a HistóriaA Bíblia e a História
A Bíblia e a História
 
eu creio na vida apos a morte
eu creio na vida apos a morte eu creio na vida apos a morte
eu creio na vida apos a morte
 
A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO
A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTOA RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO
A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO
 
Catecismo da igreja catolica parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)
Catecismo da igreja catolica   parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)Catecismo da igreja catolica   parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)
Catecismo da igreja catolica parte 01 - cont. creio em jesus (nº 512 a 658)
 
Eu sou a ressurreição e a vida1
Eu sou a ressurreição e a vida1Eu sou a ressurreição e a vida1
Eu sou a ressurreição e a vida1
 
#Não haverá ressurreição para os mortos
#Não haverá ressurreição para os mortos#Não haverá ressurreição para os mortos
#Não haverá ressurreição para os mortos
 
Homem Carnal
Homem CarnalHomem Carnal
Homem Carnal
 
Esta Foi A Sua Vida 1
Esta Foi A Sua Vida 1Esta Foi A Sua Vida 1
Esta Foi A Sua Vida 1
 
A Morte
A MorteA Morte
A Morte
 
LIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUSLIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUS
LIÇÃO 13 – A RESSURREIÇÃO DE JESUS
 
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
07   A Ressurreição de Jesus Cristo07   A Ressurreição de Jesus Cristo
07 A Ressurreição de Jesus Cristo
 
24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.
24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.
24 - Questionário da Salavção Permanente / Corrigido e Fiel.
 
Codinome necessária
Codinome necessáriaCodinome necessária
Codinome necessária
 

Semelhante a Lição 5 - Somos Templo

O altar do holocausto
O altar do holocaustoO altar do holocausto
O altar do holocausto
Vilma Longuini
 
Boletim PIB Joinville 30/06/2013
Boletim PIB Joinville 30/06/2013Boletim PIB Joinville 30/06/2013
Boletim PIB Joinville 30/06/2013
Primeira Igreja Batista de Joinville
 
liturgia
liturgialiturgia
liturgia
SamuelWesley26
 
A Igreja MinistéRio Templo Vivo, Doutrina
A Igreja MinistéRio Templo Vivo, DoutrinaA Igreja MinistéRio Templo Vivo, Doutrina
A Igreja MinistéRio Templo Vivo, Doutrina
ministeriotemplovivo
 
Panorama[1]
Panorama[1]Panorama[1]
Panorama[1]
Bruno Da Ros
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
Catequese Anjos dos Céus
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
Catequese Anjos dos Céus
 
Estudo do livro bíblico de Atos dos Apóstolos
Estudo do livro bíblico de Atos dos ApóstolosEstudo do livro bíblico de Atos dos Apóstolos
Estudo do livro bíblico de Atos dos Apóstolos
PIB Penha
 
8ºencontro
8ºencontro8ºencontro
8ºencontro
jucrismm
 
Evangelismo estudo pratico
Evangelismo   estudo pratico Evangelismo   estudo pratico
Evangelismo estudo pratico
Prof Edilson Porfírio
 
09 o ministério de cristo no santuário celestial2010
09 o ministério de cristo no santuário celestial201009 o ministério de cristo no santuário celestial2010
09 o ministério de cristo no santuário celestial2010
Caio Cesar
 
SANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptx
SANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptxSANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptx
SANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptx
ErivaldoGomes8
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
igrejafecrista
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
Tiago Silva
 
A Revelação e a Missão de Deus.pdf
A Revelação e a Missão de Deus.pdfA Revelação e a Missão de Deus.pdf
A Revelação e a Missão de Deus.pdf
EnioSilva20
 
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Erberson Pinheiro
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
faculdadeteologica
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
CursosTeologicos
 

Semelhante a Lição 5 - Somos Templo (20)

O altar do holocausto
O altar do holocaustoO altar do holocausto
O altar do holocausto
 
Boletim PIB Joinville 30/06/2013
Boletim PIB Joinville 30/06/2013Boletim PIB Joinville 30/06/2013
Boletim PIB Joinville 30/06/2013
 
liturgia
liturgialiturgia
liturgia
 
A Igreja MinistéRio Templo Vivo, Doutrina
A Igreja MinistéRio Templo Vivo, DoutrinaA Igreja MinistéRio Templo Vivo, Doutrina
A Igreja MinistéRio Templo Vivo, Doutrina
 
Panorama[1]
Panorama[1]Panorama[1]
Panorama[1]
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua Missão
 
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
13º Encontro Batismo de Jesus e sua missão
 
Estudo do livro bíblico de Atos dos Apóstolos
Estudo do livro bíblico de Atos dos ApóstolosEstudo do livro bíblico de Atos dos Apóstolos
Estudo do livro bíblico de Atos dos Apóstolos
 
8ºencontro
8ºencontro8ºencontro
8ºencontro
 
Evangelismo estudo pratico
Evangelismo   estudo pratico Evangelismo   estudo pratico
Evangelismo estudo pratico
 
09 o ministério de cristo no santuário celestial2010
09 o ministério de cristo no santuário celestial201009 o ministério de cristo no santuário celestial2010
09 o ministério de cristo no santuário celestial2010
 
SANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptx
SANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptxSANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptx
SANTAS MISSÕES POPULARES POVOADO ZUCA.pptx
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
 
A Revelação e a Missão de Deus.pdf
A Revelação e a Missão de Deus.pdfA Revelação e a Missão de Deus.pdf
A Revelação e a Missão de Deus.pdf
 
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
 

Mais de Márcio Pereira

Aula inicial 2019 vivendo em unidade
Aula inicial 2019   vivendo em unidadeAula inicial 2019   vivendo em unidade
Aula inicial 2019 vivendo em unidade
Márcio Pereira
 
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos CristãosCompromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Márcio Pereira
 
Jonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta DesobedienteJonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta Desobediente
Márcio Pereira
 
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
Márcio Pereira
 
Aprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemiasAprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemias
Márcio Pereira
 
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
Márcio Pereira
 
2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas 2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas
Márcio Pereira
 
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
Márcio Pereira
 
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
Márcio Pereira
 
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
Márcio Pereira
 
Profeta Elias
Profeta EliasProfeta Elias
Profeta Elias
Márcio Pereira
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
Márcio Pereira
 
Os 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons MinisteriaisOs 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons Ministeriais
Márcio Pereira
 
Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja
Lição 17- A Unidade no Trabalho na IgrejaLição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja
Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja
Márcio Pereira
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida EspiritualEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Márcio Pereira
 
Lição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons EspirituaisLição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons Espirituais
Márcio Pereira
 
Lição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o CasamentoLição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o Casamento
Márcio Pereira
 
Lição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o CasamentoLição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o Casamento
Márcio Pereira
 
Deus é culpado?
Deus é culpado?Deus é culpado?
Deus é culpado?
Márcio Pereira
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obrasEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Márcio Pereira
 

Mais de Márcio Pereira (20)

Aula inicial 2019 vivendo em unidade
Aula inicial 2019   vivendo em unidadeAula inicial 2019   vivendo em unidade
Aula inicial 2019 vivendo em unidade
 
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos CristãosCompromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
Compromisso com Deus - Direitos e Deveres dos Cristãos
 
Jonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta DesobedienteJonas o Profeta Desobediente
Jonas o Profeta Desobediente
 
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
2 Coríntios capítulo 12 - As glórias no sofrimento cristão
 
Aprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemiasAprendendo algumas lições com neemias
Aprendendo algumas lições com neemias
 
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
2 Coríntios Capítulo 10 - Paulo defende seu ministério
 
2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas 2 Dízimos e Ofertas
2 Dízimos e Ofertas
 
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
2 Coríntios-Capítulo 6- jugo desigual
 
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
2Co Capítulo 4 - Vasos de Barro
 
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
2a. Coríntios Capítulo 3 - Ministério da Graça.
 
Profeta Elias
Profeta EliasProfeta Elias
Profeta Elias
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
 
Os 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons MinisteriaisOs 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons Ministeriais
 
Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja
Lição 17- A Unidade no Trabalho na IgrejaLição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja
Lição 17- A Unidade no Trabalho na Igreja
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida EspiritualEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 16 - Vida Espiritual
 
Lição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons EspirituaisLição 12 - Dons Espirituais
Lição 12 - Dons Espirituais
 
Lição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o CasamentoLição -10 Sobre o Casamento
Lição -10 Sobre o Casamento
 
Lição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o CasamentoLição 10 - Sobre o Casamento
Lição 10 - Sobre o Casamento
 
Deus é culpado?
Deus é culpado?Deus é culpado?
Deus é culpado?
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obrasEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 4 - O fundamento e as obras
 

Último

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 

Último (14)

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 

Lição 5 - Somos Templo

  • 3. Escola Bíblica Quadrangular Tema: A Mensagem da Cruz 16/06/2014 3
  • 4. Lição 05 – Somos Templo 1Co 3:16-17 16/06/2014 4
  • 5. O que é um Templo 16/06/2014 5 Templo - Santuário: Lugar consagrado a Deus, local consagrado para se prestar adoração, Habitação de Deus, Lugar de Perdão. Ex 25:1-9, 25:22, 40:16 Primeiro Santuário Tabernáculo -
  • 6. 16/06/2014 6 O Tabernáculo simbolizava a Obra Redentora de Jesus. TABERNÁCULO JESUS EU Símbolo da Presença de Deus - Ex 25:8 Jesus habitou entre nós - Jo 1:14 As pessoas tem visto Jesus através da minha vida? Gl 2:20 Cortina e porta do Átrio - Ex 27:16 Azul - Jesus cura todos os tipos de Enfermidade - Mc 1:34 Púrpura - Símbolo da Realeza de Jesus - Ap 19:6 Carmesim Sangue de Jesus - Sangue que purifica-Ap 1:5 A porta - Jesus é a Porta - Jo 10:9 Eu tenho pregado que Jesus Cura? Perdão é Cura. Mc 16:17-18 Eu tenho me preparado para volta do Rei? II Pe 3:13-15 Eu tenho clamado pelo sangue de Jesus todos os Dias? Hb 9:14 Eu tenho direcionado a minha vida para a porta? Jo 14:6 O Altar - Jesus o Sacrifício Perfeito Ex 27:1 Jesus veio ser o sacrifício perfeito - Jo 1:29 Eu tenho sido o sacrifício agradável a Deus? Rm 12:1 Pia de Bronze - Jesus a Água Viva - Ex 38:8 Jesus mata a nossa sede espiritual - Jo 7:37-38 Eu tenho jorrado água viva? Alegria, Paz, Amor. Jo 4:27-30 Candelabro de ouro - Ex: 25:31 Jesus á luz do mundo - Jo 8:12 Eu tenho sido a Luz do mundo? Mt 5:14-16 Mesa dos Pães - Ex 25:23,30 Jesus é o pão da vida - Jo 6:35 Eu tenho levado a o pão para os necessitados? Jo 6:51 Altar do Incenso - Ex 30:1 Jesus é nosso mediador, intercessor - Hb 7:25 Eu tenho intercedido pelo meu próximo? At 7:60 Arca da aliança - Glória de Deus Ex: 25:22 Jesus é Glória de Deus - Is 40:5, Jo 10:30 Eu tenho vivido para a Glória de Deus? 1 Co 10:31-33
  • 8. Conclusão Ex 40:34-38 Lc 19:9-10 Ap 21:1-4 O Tabernáculo era um templo móvel onde Deus estava, para direcioná-los rumo a terra prometida. Jesus veio ao mundo Ele era a Glória de Deus na Terra para indicar o caminho da Salvação aos perdidos. Quando Jesus subiu Ele enviou o Espírito Santo para que habite em nós nos direcionando rumo a Terra Prometida. Jo 14:16-18 Qual o propósito de eu ser Templo? Receber a Salvação e levar a Salvação! Ap 7:16-17
  • 9. DICIONÁRIO 16/06/2014 9 Átrio (Principal aposento das casas nos primeiros tempos da Roma antiga. Era usado como sala de estar e de lazer, e também como cozinha e dormitório. Tinha um fogão central e, no teto, acima dele, uma abertura para deixar sair a fumaça, como nos primitivos salões da Europa. O nome vem da palavra latina atrium, de ater, que significa preto, com referência ao teto enegrecido pela fumaça nesse aposento).
  • 10. 16/06/2014 10 Bibliografia Bíblia Português, Bíblia de Estudo Pentecostal, Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo, 1995. Site Webartigos - acessado em 15/06/2014 http://www.webartigos.com/artigos/o-tabernaculo-e- jesus/20462/
  • 11. OBRIGADO : : Márcio José Pereira : : Ebenézer “Até aqui nos ajudou o Senhor. João 13:17- Se sabeis estas coisas, bem- aventurados sois se as fizerdes. DEUS ABENÇOE MUITO VOCÊS!! TAMU JUNTU!!!! 16/06/2014 11