SlideShare uma empresa Scribd logo
ebd-betel.blogspot.com.br
O Discipulado de Jesus e o Serviço Cristão
1º Trimestre
Ano 2018
Propósito de Deus para o
discípulo de Cristo
Aperfeiçoamento Cristão
2º Trimestre
Ano 2018
Lição 1 – Discernindo as bênçãos de Deus
Lição 2 – Deus cuida dos que se dedicam a Ele
Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos
propósitos de Deus
Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de
Deus
Lição 5 - A responsabilidade de cuidar uns dos
outros
Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes coerentes
Lição 7 - Deus espera de nós uma resposta
Lição 8 - Os propósitos de Deus nos milagres
Lição 9 - É preciso buscar crescimento espiritual
Lição 10 - Vivendo neste presente século
Lição 11 - O Discipulado de Jesus e o Serviço
Cristão
Lição 12 - Nossas atitudes diante da Palavra de
Deus
Lição 13 - Em Cristo somos mais do que
vencedores
ebd-betel.blogspot.com.br
❶
❷
❸
Ressaltar que devemos
honrar a Deus por meio
do trabalho;
Refletir sobre a
importância de cada
membro do Corpo de
Cristo na edificação da
Igreja;
Mostrar os princípios
bíblicos do serviço cristão
ebd-betel.blogspot.com.br
(1 tessalonicenses 1.9)
“Porque eles mesmos
anunciam de nós qual a
entrada que tivemos para
convosco, e como dos
ídolos vos convertestes a
Deus, para servir ao Deus
vivo e verdadeiro”.
ebd-betel.blogspot.com.br
Todo membro do Corpo de
Cristo é responsável pelo
desenvolvimento das
diversas atividades da igreja
local, visando edificação e a
glória de Deus.
Neemias 2.81
Então lhes declarei como a mão do meu Deus me fora
favorável, como também as palavras do rei, que ele tinha dito.
Então disseram: Levantemo-nos e edifiquemos. E esforçaram
as suas mãos para o bem.
Neemias 4.6
Assim, edificamos o muro, e todo o muro se cerrou até a sua
metade; porque o coração do povo se inclinava a trabalhar.
Neemias 6.3
E enviei-lhes mensageiros a dizer: Estou fazendo uma grande
obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria esta
obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?
Ore pelos irmãos e irmãs
que trabalham e ensinam
na Escola Dominical.
Refletiremos sobre um dos aspectos da vida
do discípulo de Cristo :
o comprometimento no SERVIÇO CRISTÃO,
inclusive na igreja local.
1.1 – A importância do trabalho
1.2 – Trabalhar com excelência
1.3 – Servindo a Deus
Deus deu capacidade para o homem relacionar-se com Ele e o
nomeou como mordomo e gerente de toda a criação
(Gn 1.28; Sl 8.5-8).
O trabalho está presente na realidade humana
antes mesmo do pecado.
O Criador designou um trabalho próprio para o homem no
jardim do Éden, lavrá-lo e guardá-lo (Gn 2.15).
Também é bíblico que o serviço cristão não se restringe ao
que é feito no contexto de uma igreja local, mas alcança
qualquer atividade profissional realizada pelos seus servos.
Nada impede que coloquemos os nossos serviços
profissionais à disposição da obra do Senhor.
Paulo em suas epístolas ensina como o discípulo de Cristo
deveria encarar a atividade profissional e a
relação entre patrão e empregado.
Encontramos na Bíblia que, enquanto estivermos trabalhando,
devemos obedecer ao chefe ou supervisor como a Cristo,
Devemos trabalhar e prestar serviços como servos de Cristo,
sabendo que seremos recompensados pelo Senhor (Ef 6.5-8).
O que quer que o discípulo de Jesus faça, deve ser
feito como ao Senhor (Rm 14.7-9).
Veja o seguinte comentario :
William Barclay (1907-1978)
Teólogo e Pastor
“a convicção do trabalhador
cristão é de que cada uma
das peças de trabalho que
produz deve ser bem
executada, como para
mostrar a Deus”.
Tanto Lutero como Calvino (século XVI) sustentaram que o
cristão também cumpria sua vocação e chamado de Deus
por meio do seu
trabalho,
desfazendo,
assim a ideia em
distinguir entre
o sagrado e o
secular.
A Bíblia menciona SERVIÇO feito pelo homem antes do pecado e na
nova Jerusalém, diante do trono de Deus e do Cordeiro (Ap 22.3)
Não vamos limitar o culto apenas ao
momento de louvor ou oração, mas devemos
cultuar ao Senhor em todo o tempo e lugar.
2.1 – Ainda há serviço a ser feito
2.2 – Aperfeiçoamento para serviço
2.3 – Todos devem participar
na edificação da Igreja
Refletiremos sobre a importância da participação de cada
membro do Corpo de Cristo
No retorno dos judeus do cativeiro Babilônico no reinado de Ciro,
rei da Pérsia (Ed 1.1).
O templo já havia sido edificado (Ed 6.14-16), porém os muros da cidade
estavam derrubados e os portões destruídos pelo fogo (Ne 2.13).
Os capítulos 3 a 6 de Neemias detalham a reconstrução dos muros e
das portas com a participação de todos que estavam em Jerusalém
num contexto de muitos aspectos :
❶ Dedicação,
❷ Participação,
❸ Oração,
❹ Vigilância,
❺ Palavras de união,
❻ Encorajamento,
❼ Ameaças,
❽ Empenho,
❾ Liderança,
❿ entre outros ...
Quando completaram a reconstrução ...
Os opositores reconheceram
que o Deus de Israel fizera aquela obra (Ne 6.15-16).
Levaram apenas
52 dias para reconstruir
todo o muro da cidade
Hoje, os membros de uma igreja local também têm uma
grande obra:
❶ Edificação do corpo de Cristo (Ef 4.12);
Cada Crente é um construtor e também uma pedra viva
Outra grande obra da igreja local é trabalhar para o :
❷ Aumento do corpo para sua edificação em amor” (Ef 4.16).
Jesus Cristo dá dons à Igreja visando
o aperfeiçoamento dos santos ...
Com o propósito de habilitar cada um para
o desempenho do seu serviço.
Então temos responsabilidades na edificação do Seu Corpo.
Como tem sido a sua participação?
Como você está usando os talentos, os dons, as aptidões e
as habilidades que o Senhor lhe entregou?
Foto: Atalaias do Senhor (Capelânia Hospitalar)
Somos cooperadores de Deus (1Co 3.9) capacitados por Ele (1Co 3.5)
estejamos a disposição do Senhor e da liderança da igreja (2Co 8.5).
Apresentemo-nos para o trabalho ! Nada de ficar esperando que
nos chame pelo nome. Devemos começar a agir.
A G I R
Quem está em plena atividade e prontidão para a obra de Deus
faz o que pode sem esperar que todos tenham a mesma atitude.
Nossa participação no serviço do Senhor não fica desapercebida,
por mais que achemos insignificante (Ec 9.10; Mt 10.42).
A palavra chave deste tópico
é que devemos ser
PROATIVO
3.1 – Servir de acordo com a Palavra
3.2 – Exemplo dos Tessalonicenses
3.3 – Aproveitando as oportunidades
Afinal, é necessário que seja feito com ordem e decência
(1Co 14.40), com reverência e piedade (Hb 12.28).
Não basta boa vontade ou recursos materiais e financeiros.
São importantes mas não substituem os princípios bíblicos.
Neste tópico, destacaremos alguns
princípios bíblicos:
❶ Nossa atuação não deve ser um esforço para salvação
(Ef 2.8-9);
❷ O serviço cristão não deve ser isolado, independente ou
incoerente com o meu relacionamento com Deus (Ap 3.1-2);
❸ Não deve me impedir de desfrutar a melhor parte (Lc
10.41-42);
❹ Deve ser um serviço como consequência de pertencer
ao Senhor (At 27.23 – Não sirvo para pertencer. Sirvo
porque pertenço – 1Co 6.19-20) e de seguir ao Senhor (Lc
8.1-3);
❺ Precisa ser conforme a Palavra de Deus (1Cr 15.13-15).
Os Tessalonicenses se converteram a Deus para servir a Deus,
mesmo em circunstâncias difíceis e muita tribulação (1Ts 1.9)
Da mesma forma, em Atos 8.4 Lemos que muitos irmãos
mesmo em perseguição não deixavam de anunciar a Palavra.
A esperança do salvo na realidade da ressurreição e do
arrebatamento deve motivá-lo a se dedicar ao serviço cristão.
Estamos na expectativa da volta de Jesus? Então devemos
aproveitar e nos envolvermos na obra do Senhor (1Co 15.58).
Aproveitemos as OPORTUNIDADES que Deus tem nos
proporcionado enquanto há tempo (Ef 5.15-16).
Somos exortados para não DESPREZARMOS o dom e para
DESPERTARMOS o dom de Deus em nós (1Tm 4.14; 2Tm 1.6).
Quando a noite chegar, não será mais possível trabalhar (Jo 9.4)
Onde estão os trabalhadores? Seja proativo (Hb 6.10-11)
Há tantas atividades numa igreja local a serem executadas.
Quando a noite chegar, não será mais possível trabalhar (Jo 9.4).
❶comissão de visitas;
❷cultos ao ar-livre;
❸portaria;
❹recepção;
❺distribuição de folhetos;
❻setor administrativo;
❼limpeza;
❽abrir e fechar o templo;
❾entre outras.
Procure o seu
pastor local e
coloque –se à
disposição.
Quando a noite chegar, não será mais possível trabalhar (Jo 9.4).
Interceda diariamente, também,
pela igreja local.
Serviço Cristão não é pagamento ou compensação, mas
atitude de amor, reconhecimento, consagração e gratidão por
tudo que Deus tem feito e concedido aos Seus.
1. O que Jesus Cristo visa ao dar dons à Igreja?
R: O aperfeiçoamento dos santos (Ef 4.11-12).
2. O que os recursos materiais e financeiros não substituem?
R: Os princípios da Palavra de Deus (1Co 14.40; Hb 12.28).
3. O que 1 Tessalonicenses 1.9 diz?
R: Que os tessalonicenses se converteram a Deus para servir a
Deus (1Ts 1.9).
4. O que as circunstâncias ao nosso redor não nos impedem?
R: De realizar o serviço cristão (1Ts 1.6).
5. O que devemos fazer enquanto há tempo?
R: Aproveitar as oportunidades que Deus tem nos
proporcionado (Ef 5.15-16).
ebd-betel.blogspot.com.br
Lição 12 – Nossas atitudes diante da Palavra de Deus
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pregação crescimento Espiritual
Pregação crescimento EspiritualPregação crescimento Espiritual
Pregação crescimento Espiritual
suzyanne2010
 
Timoteo
TimoteoTimoteo
A obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igrejaA obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igreja
Marconi Pacheco
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Christian Lepelletier
 
Curso para obreiros
Curso para obreirosCurso para obreiros
Curso para obreiros
CELSO SOARES
 
Ativação ministerios
Ativação ministeriosAtivação ministerios
Ativação ministerios
Carlos Cirleno Neves
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
Moisés Sampaio
 
Manual do obreiro adrv 2019
Manual do obreiro adrv 2019Manual do obreiro adrv 2019
Manual do obreiro adrv 2019
Alice Costa
 
A excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalA excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominical
Filipe Rhuan
 
A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo
André Rocha
 
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministérioCETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
Ednilson do Valle
 
Os 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito SantoOs 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito Santo
Roberto Trindade
 
A igrea e a disciplina
A igrea e a disciplinaA igrea e a disciplina
A igrea e a disciplina
Paulo Roberto
 
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULASCAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
Idpb São Jose I
 
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança CristãO Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
Márcio Melânia
 
Manual do diacono
Manual do diaconoManual do diacono
Manual do diacono
diaconosdapituba
 
A família e a escola dominical
A família e a escola dominicalA família e a escola dominical
A família e a escola dominical
Moisés Sampaio
 
1 l4 a caminho da maturidade
1 l4   a caminho da maturidade1 l4   a caminho da maturidade
1 l4 a caminho da maturidade
Claudinei Dias
 
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua OrganizaçãoLição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
Éder Tomé
 
Treinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jniTreinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jni
Joao Cerqueira
 

Mais procurados (20)

Pregação crescimento Espiritual
Pregação crescimento EspiritualPregação crescimento Espiritual
Pregação crescimento Espiritual
 
Timoteo
TimoteoTimoteo
Timoteo
 
A obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igrejaA obra do espirito santo na igreja
A obra do espirito santo na igreja
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
 
Curso para obreiros
Curso para obreirosCurso para obreiros
Curso para obreiros
 
Ativação ministerios
Ativação ministeriosAtivação ministerios
Ativação ministerios
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
 
Manual do obreiro adrv 2019
Manual do obreiro adrv 2019Manual do obreiro adrv 2019
Manual do obreiro adrv 2019
 
A excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominicalA excelência do professor da escola dominical
A excelência do professor da escola dominical
 
A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo
 
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministérioCETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
CETADEB - Lição 1 - O preparo do obreiro para o ministério
 
Os 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito SantoOs 9 dons do Espírito Santo
Os 9 dons do Espírito Santo
 
A igrea e a disciplina
A igrea e a disciplinaA igrea e a disciplina
A igrea e a disciplina
 
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULASCAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
 
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança CristãO Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
 
Manual do diacono
Manual do diaconoManual do diacono
Manual do diacono
 
A família e a escola dominical
A família e a escola dominicalA família e a escola dominical
A família e a escola dominical
 
1 l4 a caminho da maturidade
1 l4   a caminho da maturidade1 l4   a caminho da maturidade
1 l4 a caminho da maturidade
 
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua OrganizaçãoLição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
 
Treinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jniTreinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jni
 

Semelhante a Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão

Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
mgno42
 
Apostila maf obreiros
Apostila maf obreirosApostila maf obreiros
Apostila maf obreiros
maftaguatinga
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
Welkencharlois
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
Carlos Alberto Alves Campos
 
Aula 8 missoes e a educação crista
Aula 8   missoes e a educação cristaAula 8   missoes e a educação crista
Aula 8 missoes e a educação crista
Carla Geanfrancisco Falasca
 
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docxPESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
Sergio Luis
 
Realizando uma integração eficaz
Realizando uma integração eficazRealizando uma integração eficaz
Realizando uma integração eficaz
Pedro Júnior
 
Lição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a Ele
Lição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a EleLição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a Ele
Lição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a Ele
Éder Tomé
 
58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc
Anapaula Ribeiro
 
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docxESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ssusere38a4a
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crente
Eder L. Souza
 
Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
Rubens Bastos
 
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
José Carlos Polozi
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
Marconi Pacheco
 
Lbj lição 4 - O ministério da igreja
Lbj lição 4 -  O ministério da igrejaLbj lição 4 -  O ministério da igreja
Lbj lição 4 - O ministério da igreja
boasnovassena
 
Vida do missionario apostila
Vida do missionario apostilaVida do missionario apostila
Vida do missionario apostila
Leonardo da Claudia
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Éder Tomé
 
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar SempreLição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
Éder Tomé
 
Lição 4 pastores e diáconos 3º trimestre de 2015
Lição 4   pastores e diáconos  3º trimestre de 2015Lição 4   pastores e diáconos  3º trimestre de 2015
Lição 4 pastores e diáconos 3º trimestre de 2015
Andrew Guimarães
 
2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx
Joel Silva
 

Semelhante a Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão (20)

Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
 
Apostila maf obreiros
Apostila maf obreirosApostila maf obreiros
Apostila maf obreiros
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
 
Apostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreirosApostila preparacao obreiros
Apostila preparacao obreiros
 
Aula 8 missoes e a educação crista
Aula 8   missoes e a educação cristaAula 8   missoes e a educação crista
Aula 8 missoes e a educação crista
 
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docxPESQUISA PARA APOSTILA.docx
PESQUISA PARA APOSTILA.docx
 
Realizando uma integração eficaz
Realizando uma integração eficazRealizando uma integração eficaz
Realizando uma integração eficaz
 
Lição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a Ele
Lição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a EleLição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a Ele
Lição 2 - Deus cuida dos que se dedicam a Ele
 
58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc
 
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docxESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crente
 
Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
 
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
 
Qual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igrejaQual a importância de ir à igreja
Qual a importância de ir à igreja
 
Lbj lição 4 - O ministério da igreja
Lbj lição 4 -  O ministério da igrejaLbj lição 4 -  O ministério da igreja
Lbj lição 4 - O ministério da igreja
 
Vida do missionario apostila
Vida do missionario apostilaVida do missionario apostila
Vida do missionario apostila
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
 
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar SempreLição 8 - O Dever de Orar Sempre
Lição 8 - O Dever de Orar Sempre
 
Lição 4 pastores e diáconos 3º trimestre de 2015
Lição 4   pastores e diáconos  3º trimestre de 2015Lição 4   pastores e diáconos  3º trimestre de 2015
Lição 4 pastores e diáconos 3º trimestre de 2015
 
2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 09.pptx
 

Mais de Éder Tomé

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Éder Tomé
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Éder Tomé
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Éder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
 

Último

JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
MasaCalixto2
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 

Último (18)

JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 

Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão

  • 1. ebd-betel.blogspot.com.br O Discipulado de Jesus e o Serviço Cristão
  • 2. 1º Trimestre Ano 2018 Propósito de Deus para o discípulo de Cristo Aperfeiçoamento Cristão 2º Trimestre Ano 2018
  • 3. Lição 1 – Discernindo as bênçãos de Deus Lição 2 – Deus cuida dos que se dedicam a Ele Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus Lição 5 - A responsabilidade de cuidar uns dos outros Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes coerentes Lição 7 - Deus espera de nós uma resposta Lição 8 - Os propósitos de Deus nos milagres Lição 9 - É preciso buscar crescimento espiritual Lição 10 - Vivendo neste presente século Lição 11 - O Discipulado de Jesus e o Serviço Cristão Lição 12 - Nossas atitudes diante da Palavra de Deus Lição 13 - Em Cristo somos mais do que vencedores
  • 4. ebd-betel.blogspot.com.br ❶ ❷ ❸ Ressaltar que devemos honrar a Deus por meio do trabalho; Refletir sobre a importância de cada membro do Corpo de Cristo na edificação da Igreja; Mostrar os princípios bíblicos do serviço cristão
  • 5. ebd-betel.blogspot.com.br (1 tessalonicenses 1.9) “Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir ao Deus vivo e verdadeiro”.
  • 6. ebd-betel.blogspot.com.br Todo membro do Corpo de Cristo é responsável pelo desenvolvimento das diversas atividades da igreja local, visando edificação e a glória de Deus.
  • 7. Neemias 2.81 Então lhes declarei como a mão do meu Deus me fora favorável, como também as palavras do rei, que ele tinha dito. Então disseram: Levantemo-nos e edifiquemos. E esforçaram as suas mãos para o bem. Neemias 4.6 Assim, edificamos o muro, e todo o muro se cerrou até a sua metade; porque o coração do povo se inclinava a trabalhar. Neemias 6.3 E enviei-lhes mensageiros a dizer: Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?
  • 8. Ore pelos irmãos e irmãs que trabalham e ensinam na Escola Dominical.
  • 9. Refletiremos sobre um dos aspectos da vida do discípulo de Cristo : o comprometimento no SERVIÇO CRISTÃO, inclusive na igreja local.
  • 10.
  • 11. 1.1 – A importância do trabalho 1.2 – Trabalhar com excelência 1.3 – Servindo a Deus Deus deu capacidade para o homem relacionar-se com Ele e o nomeou como mordomo e gerente de toda a criação (Gn 1.28; Sl 8.5-8). O trabalho está presente na realidade humana antes mesmo do pecado.
  • 12. O Criador designou um trabalho próprio para o homem no jardim do Éden, lavrá-lo e guardá-lo (Gn 2.15). Também é bíblico que o serviço cristão não se restringe ao que é feito no contexto de uma igreja local, mas alcança qualquer atividade profissional realizada pelos seus servos. Nada impede que coloquemos os nossos serviços profissionais à disposição da obra do Senhor.
  • 13. Paulo em suas epístolas ensina como o discípulo de Cristo deveria encarar a atividade profissional e a relação entre patrão e empregado.
  • 14. Encontramos na Bíblia que, enquanto estivermos trabalhando, devemos obedecer ao chefe ou supervisor como a Cristo, Devemos trabalhar e prestar serviços como servos de Cristo, sabendo que seremos recompensados pelo Senhor (Ef 6.5-8).
  • 15. O que quer que o discípulo de Jesus faça, deve ser feito como ao Senhor (Rm 14.7-9). Veja o seguinte comentario : William Barclay (1907-1978) Teólogo e Pastor “a convicção do trabalhador cristão é de que cada uma das peças de trabalho que produz deve ser bem executada, como para mostrar a Deus”.
  • 16. Tanto Lutero como Calvino (século XVI) sustentaram que o cristão também cumpria sua vocação e chamado de Deus por meio do seu trabalho, desfazendo, assim a ideia em distinguir entre o sagrado e o secular.
  • 17. A Bíblia menciona SERVIÇO feito pelo homem antes do pecado e na nova Jerusalém, diante do trono de Deus e do Cordeiro (Ap 22.3) Não vamos limitar o culto apenas ao momento de louvor ou oração, mas devemos cultuar ao Senhor em todo o tempo e lugar.
  • 18.
  • 19. 2.1 – Ainda há serviço a ser feito 2.2 – Aperfeiçoamento para serviço 2.3 – Todos devem participar na edificação da Igreja Refletiremos sobre a importância da participação de cada membro do Corpo de Cristo
  • 20. No retorno dos judeus do cativeiro Babilônico no reinado de Ciro, rei da Pérsia (Ed 1.1). O templo já havia sido edificado (Ed 6.14-16), porém os muros da cidade estavam derrubados e os portões destruídos pelo fogo (Ne 2.13).
  • 21. Os capítulos 3 a 6 de Neemias detalham a reconstrução dos muros e das portas com a participação de todos que estavam em Jerusalém num contexto de muitos aspectos : ❶ Dedicação, ❷ Participação, ❸ Oração, ❹ Vigilância, ❺ Palavras de união, ❻ Encorajamento, ❼ Ameaças, ❽ Empenho, ❾ Liderança, ❿ entre outros ...
  • 22. Quando completaram a reconstrução ... Os opositores reconheceram que o Deus de Israel fizera aquela obra (Ne 6.15-16). Levaram apenas 52 dias para reconstruir todo o muro da cidade
  • 23. Hoje, os membros de uma igreja local também têm uma grande obra: ❶ Edificação do corpo de Cristo (Ef 4.12); Cada Crente é um construtor e também uma pedra viva
  • 24. Outra grande obra da igreja local é trabalhar para o : ❷ Aumento do corpo para sua edificação em amor” (Ef 4.16).
  • 25. Jesus Cristo dá dons à Igreja visando o aperfeiçoamento dos santos ... Com o propósito de habilitar cada um para o desempenho do seu serviço.
  • 26. Então temos responsabilidades na edificação do Seu Corpo. Como tem sido a sua participação? Como você está usando os talentos, os dons, as aptidões e as habilidades que o Senhor lhe entregou? Foto: Atalaias do Senhor (Capelânia Hospitalar)
  • 27. Somos cooperadores de Deus (1Co 3.9) capacitados por Ele (1Co 3.5) estejamos a disposição do Senhor e da liderança da igreja (2Co 8.5). Apresentemo-nos para o trabalho ! Nada de ficar esperando que nos chame pelo nome. Devemos começar a agir. A G I R
  • 28. Quem está em plena atividade e prontidão para a obra de Deus faz o que pode sem esperar que todos tenham a mesma atitude. Nossa participação no serviço do Senhor não fica desapercebida, por mais que achemos insignificante (Ec 9.10; Mt 10.42).
  • 29. A palavra chave deste tópico é que devemos ser PROATIVO
  • 30. 3.1 – Servir de acordo com a Palavra 3.2 – Exemplo dos Tessalonicenses 3.3 – Aproveitando as oportunidades Afinal, é necessário que seja feito com ordem e decência (1Co 14.40), com reverência e piedade (Hb 12.28). Não basta boa vontade ou recursos materiais e financeiros. São importantes mas não substituem os princípios bíblicos.
  • 31. Neste tópico, destacaremos alguns princípios bíblicos: ❶ Nossa atuação não deve ser um esforço para salvação (Ef 2.8-9); ❷ O serviço cristão não deve ser isolado, independente ou incoerente com o meu relacionamento com Deus (Ap 3.1-2); ❸ Não deve me impedir de desfrutar a melhor parte (Lc 10.41-42); ❹ Deve ser um serviço como consequência de pertencer ao Senhor (At 27.23 – Não sirvo para pertencer. Sirvo porque pertenço – 1Co 6.19-20) e de seguir ao Senhor (Lc 8.1-3); ❺ Precisa ser conforme a Palavra de Deus (1Cr 15.13-15).
  • 32. Os Tessalonicenses se converteram a Deus para servir a Deus, mesmo em circunstâncias difíceis e muita tribulação (1Ts 1.9) Da mesma forma, em Atos 8.4 Lemos que muitos irmãos mesmo em perseguição não deixavam de anunciar a Palavra.
  • 33. A esperança do salvo na realidade da ressurreição e do arrebatamento deve motivá-lo a se dedicar ao serviço cristão. Estamos na expectativa da volta de Jesus? Então devemos aproveitar e nos envolvermos na obra do Senhor (1Co 15.58).
  • 34. Aproveitemos as OPORTUNIDADES que Deus tem nos proporcionado enquanto há tempo (Ef 5.15-16). Somos exortados para não DESPREZARMOS o dom e para DESPERTARMOS o dom de Deus em nós (1Tm 4.14; 2Tm 1.6). Quando a noite chegar, não será mais possível trabalhar (Jo 9.4)
  • 35. Onde estão os trabalhadores? Seja proativo (Hb 6.10-11) Há tantas atividades numa igreja local a serem executadas. Quando a noite chegar, não será mais possível trabalhar (Jo 9.4). ❶comissão de visitas; ❷cultos ao ar-livre; ❸portaria; ❹recepção; ❺distribuição de folhetos; ❻setor administrativo; ❼limpeza; ❽abrir e fechar o templo; ❾entre outras. Procure o seu pastor local e coloque –se à disposição.
  • 36. Quando a noite chegar, não será mais possível trabalhar (Jo 9.4). Interceda diariamente, também, pela igreja local.
  • 37. Serviço Cristão não é pagamento ou compensação, mas atitude de amor, reconhecimento, consagração e gratidão por tudo que Deus tem feito e concedido aos Seus.
  • 38. 1. O que Jesus Cristo visa ao dar dons à Igreja? R: O aperfeiçoamento dos santos (Ef 4.11-12). 2. O que os recursos materiais e financeiros não substituem? R: Os princípios da Palavra de Deus (1Co 14.40; Hb 12.28). 3. O que 1 Tessalonicenses 1.9 diz? R: Que os tessalonicenses se converteram a Deus para servir a Deus (1Ts 1.9). 4. O que as circunstâncias ao nosso redor não nos impedem? R: De realizar o serviço cristão (1Ts 1.6). 5. O que devemos fazer enquanto há tempo? R: Aproveitar as oportunidades que Deus tem nos proporcionado (Ef 5.15-16).
  • 39. ebd-betel.blogspot.com.br Lição 12 – Nossas atitudes diante da Palavra de Deus
  • 40.