SlideShare uma empresa Scribd logo
Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016
Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016
Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016
Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016
"Porque o que semeia na sua carne
da carne ceifará a corrupção, mas o
que semeia no Espírito ceifará a
vida eterna". Gl. 6.8
Neste texto o apóstolo Paulo usa a figura muito
conhecida da agricultura para nos advertir da terrível
consequência do pecado, além de nos mostrar que a
lei do retomo é real. "Essa lei do retomo é tão
irrefreável no campo moral e espiritual quanto no da
agricultura. Deus não se deixa zombar (v.7), ou seja,
não se pode tratá-lo com leviandade. Quem semeia
para a sua carne, da carne colherá ruína (v.8). Isso não
quer dizer que Deus esteja sentado no céu à procura de
alguém contra quem se vingar em razão de quaisquer
menosprezos ou insultos" (KELLER, p. 183,184).
O que esta implícito no texto é que as consequências
virão de acordo com nossas escolhas.
A Bíblia e a Palavra de Deus que nos
revela a Criação, a Queda e a
Redenção do homem. Mas a redenção
somente pode ser alcançada se antes
vier o arrependimento dos pecados
cometidos. Esse arrependimento é
fruto da atuação do Espirito Santo em
nosso coração, nos convencendo do
pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8).
Na Bíblia ha uma história que mostra
isso. e acabou por produzir um Salmo
que revela a dor de uma alma que se
afastou da santidade de Deus
1. Mandamentos Quebrados
Você conhece os Dez Mandamentos, certo? Se
não lembra bem, vai lá em Êxodo capítulo 20 e
dá uma conferida.
Leu? Então vamos continuar.
1. Mandamentos Quebrados
Nossa história é sobre Davi. Mas tem a ver com estes
mandamentos, ou melhor, com a quebra deles. Em 2 Samuel 11
lemos que Davi já era um rei vitorioso quando enviou seu exército
para combater os amonitas. Suas tropas sitiaram a cidade de Rabá,
mas Davi não estava com elas, pois havia ficado em Jerusalém. A coisa
não começou bem...
Passeando pelo terraço de seu palácio, de lá, ele viu uma bela
mulher se banhando. Seus servos informam que ela era Bate-Seba.
Mulher do seu soldado Urias. Mesmo sabendo que ela era casada,
Davi a cobiçou, quebrando assim o décimo mandamento (Êx 20.17)
1. Mandamentos Quebrados
A PORTA DE ENTRADA DO PECADO DE DAVI FORAM OS OLHOS!
A Bíblia diz que os olhos são as lâmpadas do corpo :
“São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o seu
corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus todo o teu corpo
estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes
trevas serão!” Mt 6:22-23.
Deus não interfere na nossa livre vontade, nem nas decisões erradas que
tomamos, mas avisa-nos quanto ao seu perigo.
Ele avisa através da Sua Palavra, dos seus servos, da nossa consciência, e pela
inteligência que nos foi dada.
1. Mandamentos Quebrados
A PORTA DE ENTRADA DO PECADO DE DAVI FORAM OS OLHOS!
Cabe a cada um de nós atentar para o Seu conselho,
avaliar bem, com inteligência, cada escolha que fazemos.
“Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios,
adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos,
blasfêmias.” (Mt.15:11-19).
Os nossos olhos têm a incrível capacidade de captar
uma quantidade enorme de imagens. Nada do que entra
pelos nossos olhos é descartado, tudo é armazenado. Tudo o
que entra pelos nossos olhos e ouvidos fica registrado em
nossa mente, consciente ou inconsciente.
1. Mandamentos Quebrados
A PORTA DE ENTRADA DO PECADO DE DAVI FORAM OS OLHOS!
Davi por não está ocupado e ter ficado passeando no
terraço do seu palácio ao ver a Bate-Seba se banhando a
cobiçou.
Olha o que o rei Davi fez, após ter uma amarga
experiência com os seus olhos, e depois de ter aprendido a lição:
“Não porei coisa injusta diante dos meus olhos.” (S1.101.3)
Ele bem sabia da fraqueza dos olhos, e o mal que eles
podem trazer para dentro do coração. Sabiamente, Davi passou
a mantê-los nas coisas de Deus, para não deixá-los corromperem
o seu coração.
1. Mandamentos Quebrados
Continuando: Davi aproveitando-se de sua
autoridade real. mandou chamá-la, a seduziu e
cometeu adultério com ela. quebrando agora o sétimo
mandamento (Éx 20.14) Mas Bate-Seba ficou grávida.
Para esconder o pecado, Davi cometeu outro
pior mandou matar o seu marido, Urias, e se casou com
ela. Assim, outro foi mandamento quebrado, o sexto
(Éx 20.13).
Qual a definição de Pecado?
Talvez a melhor definição do pecado seja a encontrada em 1 João
3.4: "O pecado ê iniquidade".
Seja o que mais o pecado for, ele é, no seu âmago, uma violação da
lei de Deus. E, já que "toda a iniquidade [grego "adikia", literalmente
"injustiça" é pecado" (1 Jo 5.17), toda injustiça quebra a lei de Deus. Por isso,
Davi confessa: "Contra ti, contra ti somente pequei" (SI 51.4; cf Lc 15.18,21)
(HORTON, p. 281).
O termo grego "hamartia" (lê-se ramartia) é o mais utilizado no Novo
Testamento para pecado, seu sentido é "errar o alvo", "perder o rumo",
"fracassar". Indica que o primeiro homem, no princípio, perdeu o rumo de
sua vida e fracassou em não atingir o padrão divino estabelecido para a sua
vida.
Qual a definição de Pecado?
Os escritores neotestamentários usaram o termo hamartia para
designar o pecado, pois ele possui um sentido mais forte que a
ideia de fracasso ou transgressão. Ele tem o sentido de "poder
de engano do pecado" (Rm 5.12; Hb 3.13); é mais que um
fracasso. Trata-se de uma condição responsável ou uma
característica que implica culpabilidade" (CABRAL, p. 304).
Qual as consequências do
pecado?
Qual as consequências do
pecado?
O pecado é para o ser interior aquilo que a sujeira é para o corpo, de
modo que era apropriado Davi sentir-se sujo por causa do que havia
feito (SI 51.2,7). Ao cometer adultério e homicídio, havia atravessado
a linha instituída por Deus em sua lei ("transgressão"); havia errado o
alvo determinado por Deus para ele "pecado" e cedido à sua natureza
pecaminosa e pervertida "iniquidade" Havia se rebelado
intencionalmente contra Deus, e, de acordo com a lei, não existiam
sacrifícios de expiação para esses pecados deliberados (Lv 20.10; Nm
35.31,32). Só restava a Davi apelar para a misericórdia, a graça e o
amor de Deus (v. 1; Ex 34.6, 7; 2 Sm 12.22). O verbo "apagar" usada
no (v. 1) refere-se a uma dívida que ainda deve ser paga (SI 130.3; Is
43.25), e "lavar" (v.2) diz respeito à contaminação decorrente de
tocai" em algo imundo (Lv 11.32) ou de alguma enfermidade (Lv 13:1-
3). "Purificar" (vv. 2, 7) está associado à lavagem de roupas impuras (Is
1.18; 64.6). Na sociedade israelita daquela época, lavar e trocar de
roupa eram um modo de marcai" um recomeço na vida (Gn 35.2;
41.4; 45.22; Ex 19.10,14), e foi isso o que Davi fez (2 Sm 12.20)
(WIERSBE, p. 183-184).
2. Davi é Desmascarado
— Essa é uma história triste!
— Verdade, mas ela não termina assim.
Davi escondeu seu pecado dos homens, mas de Deus não.
O Senhor enviou ao palácio o profeta Natã. que desmascarou Davi,
acusando-o duramente de todos os pecados cometidos (2 Sm
12.7-15).
— Uma acusão grave contra o rei. Isso não era perigoso para o
profeta?
De fato, isto e algo perigoso. Muitos profetas foram
perseguidos por reis ímpios, mas Davi era diferente. Ao ser
confrontado com seu pecado. Davi caiu em si e exclamou: "Pequei
contra o Senhor". Apesar de Deus aceitar o arrependimento de
Davi, seu castigo foi duro seu filho recém-nascido com Bate-Seba,
adoeceu e morreu.
3. Um Salmista Quebrantado
Diante deste quadro triste, Davi renasce
espiritualmente e escreve um belíssimo salmo que
retrata o seu clamor pelo perdão de Deus; o Salmo 51
Logo nos quatro primeiros versículos. Davi clama pela
misericórdia divina para que o Senhor o purificasse de
todo pecado, pois a sua consciência o acusava contra a
santidade de Deus. Este é o primeiro passo para a
redenção: a conscientização de que o pecado ofende e
nos separa de Deus.
3. Um Salmista Quebrantado
Nos versículos cinco a nove, Davi suplica pelo
perdão de Deus e nos versículos 11 e 12, ele faz um
pedido tocante. "Não me lances fora da tua presença e
não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me
a alegria da tua salvação e sustém-me com um espirito
voluntário." Davi mostra aqui a consciência da principal
consequência do pecado e do quanto isto o assusta a
perda do relacionamento intimo e profundo com o
Senhor.
3. Um Salmista Quebrantado
Outro ponto importante deste salmo mostra a
intimidade de Davi com Deus e de que a compreensão
de Sua vontade está presente no versículo 17: "Os
sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um
coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó
Deus.“
Realmente Davi era um homem segundo o coração de
Deus.
Quais Frutos são produzidos pelo
arrependimento.
Quais Frutos são produzidos pelo
arrependimento.
Tristeza segundo Deus (2 Co 8.10)
Repúdio ao caminho errado (Salmos 119.104)
Desejo de mudança (Lc 15.18)
Necessidade de Perdão e restauração
Divina.
(Salmos 51.7-9)
Levantar-se em meio às consequências
do pecado.
(Lc 15.20)
Arrependimento não é chorar apenas, mas antes mudar as atitudes que
ferem o padrão divino para todos nós, por isso devemos aprender a
guardar seus mandamentos vivenciando-os em nossos dia a dia.
4. AS LIÇÕES DO SALMO 51
Davi cometeu um adultério e ordenou um
assassinato para encobrir seu pecado. Ao ser confrontado
pelo profeta, se arrependeu sinceramente, e apesar de
sofrer o castigo e as consequências de seus atos, Deus o
perdoou e restaurou sua santa comunhão com o rei de
Israel. Mas por que Deus perdoou a Davi e não a Saul, a
ponto de tirar o reino do segundo? A resposta esta no
próprio Salmo 51.10, "Cria em mim. ó Deus. um coração
puro e renova em mim um espirito reto". Davi amava a
Deus e se arrependeu de seus pecados, Saul, não. E Deus
atendeu ao pedido de seu servo. Assim, Davi foi restaurado.
CONCLUÇÃO
O Salmo 51 não é apenas o registro de
um hino de louvor composto por um rei ha
3000 anos. É uma oração de uma alma sedenta
de Deus. Mais ainda: uma prova da
misericórdia e da restauração que Deus
generosamente oferece a todo o pecador
arrependido.
Deus não apenas perdoou a Davi, mas
aceitou sua oração e permitiu que fizesse
parte da Bíblia para que outros pecadores se
identificassem com o salmista e fizesse desse
Salmo a sua oração de perdão a Deus. Louvai
ao senhor!
HORA DA REVISÃO
1. Quantos e quais os mandamentos que Davi
quebrou?
2. Onde encontramos na Bíblia a acusação de
Nata contra Davi?
3. Como Davi reagiu ao ser desmascarado?
4. Em sua opinião, do que trata o Salmo 51?
5. Que lições o Salmo 51 traz para sua vida?
Referências
• Lição, Louvai ao Senhor! A Lição dos Santos CPAD.
• WIERSBE, Warren W Comentário Bíblico Expositivo. Vol 3.
• GEOGRÁFICA CABRAL, Elienai. Teologia Sistemática Pentecostal.
• CPAD HORTON, Stanley. Teologia Sistemática Pentecostal CPAD
• CHAMPLIN, R. N O Antigo Testamento interpretado versículo por versículo. Vol.
4 HAGNOS KELLER, Timothy. Gálatas para você VIDA NOVA.
• http://vivianefreitas.com/blog/o-pecado-dos-olhos/
• http://jesus-masr.blogspot.com.br/2008/04/lio-6-portas-de-entrada.html
https://www.facebook.com/Li%C3%A7%C3
%A3o-Juvenis-EBD-1100236160019044/
Contatos
marcuswneves@gmail.com
Até a Próxima aula:
Lição: 11 “O louvor
de Davi”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGR
Lição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGRLição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGR
Lição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGR
Gerson G. Ramos
 
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de DeusLição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Hamilton Souza
 
Licao 11 4 t - 2019 - a consequencias do pecado de davi
Licao 11   4 t - 2019 - a consequencias do pecado de daviLicao 11   4 t - 2019 - a consequencias do pecado de davi
Licao 11 4 t - 2019 - a consequencias do pecado de davi
Vilma Longuini
 
Lição 7 – A crise continua + Textos_GGR
Lição 7 – A crise continua + Textos_GGRLição 7 – A crise continua + Textos_GGR
Lição 7 – A crise continua + Textos_GGR
Gerson G. Ramos
 
Lição 13 - A Velhice de Davi
Lição 13 - A Velhice de DaviLição 13 - A Velhice de Davi
Lição 13 - A Velhice de Davi
Éder Tomé
 
❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR
❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR
❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR
Gerson G. Ramos
 
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviLição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de Davi
Éder Tomé
 
Os enganos do pecado
Os enganos do pecadoOs enganos do pecado
Os enganos do pecado
Eid Marques
 
Cercado por Deus
Cercado por DeusCercado por Deus
Cercado por Deus
Herisson Gonçalves
 
A Sobrevivencia Em Tempos de Crise
A Sobrevivencia Em Tempos de CriseA Sobrevivencia Em Tempos de Crise
A Sobrevivencia Em Tempos de Crise
Márcio Martins
 
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISELIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
Andrew Guimarães
 
Daniel 6 pé na cova olhos no céu
Daniel 6   pé na cova olhos no céuDaniel 6   pé na cova olhos no céu
Daniel 6 pé na cova olhos no céu
Diego Fortunatto
 
Licao 3 Davi Na Corte Real
Licao 3  Davi Na  Corte  RealLicao 3  Davi Na  Corte  Real
Licao 3 Davi Na Corte Real
FUNVIC
 
Licao 8 4 t - 2019 - o exilio de davi
Licao 8   4 t - 2019 - o exilio de daviLicao 8   4 t - 2019 - o exilio de davi
Licao 8 4 t - 2019 - o exilio de davi
Vilma Longuini
 
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gillA prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
soarescastrodf
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
Eid Marques
 
Lição 7: Davi é Ungido Rei
Lição 7: Davi é Ungido ReiLição 7: Davi é Ungido Rei
Lição 7: Davi é Ungido Rei
Marina de Morais
 
8972733 neemias-o-restaurador1
8972733 neemias-o-restaurador18972733 neemias-o-restaurador1
8972733 neemias-o-restaurador1
Lenilson Silva
 
As seis realidades básicas que nos causam esperança
As seis realidades básicas que nos causam esperançaAs seis realidades básicas que nos causam esperança
As seis realidades básicas que nos causam esperança
Instituto Teológico Gamaliel
 

Mais procurados (19)

Lição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGR
Lição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGRLição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGR
Lição 512016_O conflito continua_GGR + textos_GGR
 
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de DeusLição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
Lição 10 - Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus
 
Licao 11 4 t - 2019 - a consequencias do pecado de davi
Licao 11   4 t - 2019 - a consequencias do pecado de daviLicao 11   4 t - 2019 - a consequencias do pecado de davi
Licao 11 4 t - 2019 - a consequencias do pecado de davi
 
Lição 7 – A crise continua + Textos_GGR
Lição 7 – A crise continua + Textos_GGRLição 7 – A crise continua + Textos_GGR
Lição 7 – A crise continua + Textos_GGR
 
Lição 13 - A Velhice de Davi
Lição 13 - A Velhice de DaviLição 13 - A Velhice de Davi
Lição 13 - A Velhice de Davi
 
❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR
❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR
❉ Respostas 5 - Mais tristezas para o profeta_GGR
 
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviLição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de Davi
 
Os enganos do pecado
Os enganos do pecadoOs enganos do pecado
Os enganos do pecado
 
Cercado por Deus
Cercado por DeusCercado por Deus
Cercado por Deus
 
A Sobrevivencia Em Tempos de Crise
A Sobrevivencia Em Tempos de CriseA Sobrevivencia Em Tempos de Crise
A Sobrevivencia Em Tempos de Crise
 
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISELIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
LIÇÃO 1 - A SOBREVIVÊNCIA EM TEMPOS DE CRISE
 
Daniel 6 pé na cova olhos no céu
Daniel 6   pé na cova olhos no céuDaniel 6   pé na cova olhos no céu
Daniel 6 pé na cova olhos no céu
 
Licao 3 Davi Na Corte Real
Licao 3  Davi Na  Corte  RealLicao 3  Davi Na  Corte  Real
Licao 3 Davi Na Corte Real
 
Licao 8 4 t - 2019 - o exilio de davi
Licao 8   4 t - 2019 - o exilio de daviLicao 8   4 t - 2019 - o exilio de davi
Licao 8 4 t - 2019 - o exilio de davi
 
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gillA prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
 
Lição 7: Davi é Ungido Rei
Lição 7: Davi é Ungido ReiLição 7: Davi é Ungido Rei
Lição 7: Davi é Ungido Rei
 
8972733 neemias-o-restaurador1
8972733 neemias-o-restaurador18972733 neemias-o-restaurador1
8972733 neemias-o-restaurador1
 
As seis realidades básicas que nos causam esperança
As seis realidades básicas que nos causam esperançaAs seis realidades básicas que nos causam esperança
As seis realidades básicas que nos causam esperança
 

Destaque

19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese
19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese
19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese
Ping Ponga
 
20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese
20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese
20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese
Ping Ponga
 
21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese
21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese
21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese
Ping Ponga
 
Histórias bíblicas davi e golias
Histórias bíblicas   davi e goliasHistórias bíblicas   davi e golias
Histórias bíblicas davi e golias
Dinny Rubini
 
Davi e golias
Davi e goliasDavi e golias
Davi e golias
Vinicius Oliveira
 
Davi o Pastorzinho
Davi o PastorzinhoDavi o Pastorzinho
Davi o Pastorzinho
Alessandra Bispo
 
Hb005 davi e-golias
Hb005 davi e-goliasHb005 davi e-golias
Hb005 davi e-golias
Rosângela
 
Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...
Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...
Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...
leitemel
 
EBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professor
EBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professorEBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professor
EBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professor
Sergio Silva
 
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
José Carlos Polozi
 

Destaque (10)

19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese
19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese
19 Davi, o pastorzinho / 19 david the shepherd boy portuguese
 
20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese
20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese
20 Davi, o rei (Parte 1) / 20 david the king part 1 portuguese
 
21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese
21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese
21 Davi, o rei (Parte 2) / 21 david the king part 2 portuguese
 
Histórias bíblicas davi e golias
Histórias bíblicas   davi e goliasHistórias bíblicas   davi e golias
Histórias bíblicas davi e golias
 
Davi e golias
Davi e goliasDavi e golias
Davi e golias
 
Davi o Pastorzinho
Davi o PastorzinhoDavi o Pastorzinho
Davi o Pastorzinho
 
Hb005 davi e-golias
Hb005 davi e-goliasHb005 davi e-golias
Hb005 davi e-golias
 
Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...
Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...
Histórias Bíblias para Crianças - Os Livros de 1 Samuel a 2 Reis - Disponível...
 
EBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professor
EBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professorEBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professor
EBD KIDS - 3º TRIMESTRE 2011 - Super Heróis da Fé - professor
 
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
[EBD Maranata] Lição 12 - Davi | Revista Heróis do Antigo Testamento | 01/04/12
 

Semelhante a Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016

LES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptx
LES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptxLES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptx
LES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptx
AndersonAzevedo39
 
3ª palestra segundo o coração de Deus
3ª palestra   segundo o coração de Deus3ª palestra   segundo o coração de Deus
3ª palestra segundo o coração de Deus
Moisés Sampaio
 
3palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp01
3palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp013palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp01
3palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp01
Fernando Serafim
 
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de DaviLição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Hamilton Souza
 
Preparando o caminho para a presença manifesta de deus
Preparando o caminho para a presença manifesta de deusPreparando o caminho para a presença manifesta de deus
Preparando o caminho para a presença manifesta de deus
Carla Rodrigo
 
Lição 6 - Um Chamado ao Arrependimento
Lição 6 - Um Chamado ao ArrependimentoLição 6 - Um Chamado ao Arrependimento
Lição 6 - Um Chamado ao Arrependimento
Éder Tomé
 
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
soarescastrodf
 
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
soarescastrodf
 
O pecado do rei x a misericórdia de deus
O pecado do rei x a misericórdia de deusO pecado do rei x a misericórdia de deus
O pecado do rei x a misericórdia de deus
Instituto Teológico Gamaliel
 
Davi e bate seba
Davi e bate sebaDavi e bate seba
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
Pr Neto
 
Davi
DaviDavi
Davi
Fer Nanda
 
Eu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoa
Eu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoaEu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoa
Eu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoa
Seduc MT
 
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gillA prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
soarescastrodf
 
Presença do pecado
Presença do pecadoPresença do pecado
Presença do pecado
Silvio Dutra
 
2 o que_te_fez_cair
2 o que_te_fez_cair2 o que_te_fez_cair
2 o que_te_fez_cair
Josenilton Pinheiro Pinheiro
 
VENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕESVENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕES
Nilson Dias Carla
 
Estudo da Semana - Tentação - Um Perigo Mortal
Estudo da Semana - Tentação - Um Perigo MortalEstudo da Semana - Tentação - Um Perigo Mortal
Estudo da Semana - Tentação - Um Perigo Mortal
Unção Do Crescimento
 
A MisericóRdia De Deus Para Com O Homem
A MisericóRdia De Deus Para Com O HomemA MisericóRdia De Deus Para Com O Homem
A MisericóRdia De Deus Para Com O Homem
lucena
 

Semelhante a Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016 (20)

LES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptx
LES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptxLES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptx
LES_2021_T3_04 _o_custo_do_descanso.pptx
 
3ª palestra segundo o coração de Deus
3ª palestra   segundo o coração de Deus3ª palestra   segundo o coração de Deus
3ª palestra segundo o coração de Deus
 
3palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp01
3palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp013palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp01
3palestra segundoocoraodedeus-120920162830-phpapp01
 
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de DaviLição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
 
Preparando o caminho para a presença manifesta de deus
Preparando o caminho para a presença manifesta de deusPreparando o caminho para a presença manifesta de deus
Preparando o caminho para a presença manifesta de deus
 
Lição 6 - Um Chamado ao Arrependimento
Lição 6 - Um Chamado ao ArrependimentoLição 6 - Um Chamado ao Arrependimento
Lição 6 - Um Chamado ao Arrependimento
 
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
ANJOS, HOMEM, PECADO E SALVAÇÃO (AULA 04 - BÁSICO - IBADEP)
 
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
 
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
A gloriosa bem aventurança proposta no evangelho • capítulo 14 - the total de...
 
O pecado do rei x a misericórdia de deus
O pecado do rei x a misericórdia de deusO pecado do rei x a misericórdia de deus
O pecado do rei x a misericórdia de deus
 
Davi e bate seba
Davi e bate sebaDavi e bate seba
Davi e bate seba
 
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
 
Davi
DaviDavi
Davi
 
Eu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoa
Eu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoaEu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoa
Eu erro, tu falhas, nós pecamos, Deus perdoa
 
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gillA prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo   john gill
A prerrogativa de jeová e seu amor em perdoar o pecado de seu povo john gill
 
Presença do pecado
Presença do pecadoPresença do pecado
Presença do pecado
 
2 o que_te_fez_cair
2 o que_te_fez_cair2 o que_te_fez_cair
2 o que_te_fez_cair
 
VENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕESVENCENDO AS TENTAÇÕES
VENCENDO AS TENTAÇÕES
 
Estudo da Semana - Tentação - Um Perigo Mortal
Estudo da Semana - Tentação - Um Perigo MortalEstudo da Semana - Tentação - Um Perigo Mortal
Estudo da Semana - Tentação - Um Perigo Mortal
 
A MisericóRdia De Deus Para Com O Homem
A MisericóRdia De Deus Para Com O HomemA MisericóRdia De Deus Para Com O Homem
A MisericóRdia De Deus Para Com O Homem
 

Mais de Marcus Wagner

Lição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdf
Lição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdfLição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdf
Lição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdf
Marcus Wagner
 
Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.
Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.
Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.
Marcus Wagner
 
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstoloLição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSO
LIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSOLIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSO
LIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSO
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO
LIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCOLIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO
LIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁS
LIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁSLIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁS
LIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁS
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUS
LIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUSLIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUS
LIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUS
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMO
LIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMOLIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMO
LIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMO
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA
LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA
LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA
LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA
LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEU
LIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEULIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEU
LIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEU
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAIS
LIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAISLIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAIS
LIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAIS
Marcus Wagner
 
Lição 07 PAGAREI O MAL COM O BEM
Lição 07 PAGAREI O MAL COM O BEMLição 07 PAGAREI O MAL COM O BEM
Lição 07 PAGAREI O MAL COM O BEM
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA
LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA
LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA
Marcus Wagner
 
LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO
LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO
LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR
LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR
LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTES
LIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTESLIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTES
LIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTES
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO
LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO  LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO
LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO
Marcus Wagner
 
LIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAAL
LIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAALLIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAAL
LIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAAL
Marcus Wagner
 

Mais de Marcus Wagner (20)

Lição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdf
Lição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdfLição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdf
Lição 13 A Leitura da Bíblia e a Educação Cristã.pdf
 
Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.
Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.
Lição 13 a gloriosa esperança do apóstolo.
 
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstoloLição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
Lição 4 paulo, a vocação para ser apóstolo
 
LIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSO
LIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSOLIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSO
LIÇÃO 3 - A CONVERSÃO DE SAULO DE TARSO
 
LIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO
LIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCOLIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO
LIÇÃO 9 - A UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO
 
LIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁS
LIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁSLIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁS
LIÇÃO 9 - O REINADO DE JOÁS
 
LIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUS
LIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUSLIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUS
LIÇÃO 9 - DECIDI SER FIEL A DEUS
 
LIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMO
LIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMOLIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMO
LIÇÃO 8 - A AMEAÇA DO TERRORISMO
 
LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA
LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA
LIÇÃO 8 - NAAMÃ É CURADO DA LEPRA
 
LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA
LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA
LIÇÃO 8 - FAZENDO A DIFERENÇA
 
LIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEU
LIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEULIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEU
LIÇÃO 7 O MINISTÉRIO DE ELISEU
 
LIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAIS
LIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAISLIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAIS
LIÇÃO 7 – CATÁSTROFES NATURAIS
 
Lição 07 PAGAREI O MAL COM O BEM
Lição 07 PAGAREI O MAL COM O BEMLição 07 PAGAREI O MAL COM O BEM
Lição 07 PAGAREI O MAL COM O BEM
 
LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA
LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA
LIÇÃO 6 – EUTANÁSIA
 
LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO
LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO
LIÇÃO N. 6 - FUI ESCOLHIDO
 
LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR
LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR
LIÇÃO 6 – O PROFETA ELIAS E ELISEU, SEU SUCESSOR
 
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
 
LIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTES
LIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTESLIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTES
LIÇÃO 5º: ABORTO, A MORTE DOS INOCENTES
 
LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO
LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO  LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO
LIÇÃO 05: OUVI O TEU CHAMADO
 
LIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAAL
LIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAALLIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAAL
LIÇÃO 4 – ELIAS E OS PROFETAS DE ASERÁ E BAAL
 

Último

TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

Lição 10: O cântico de Davi por perdão. Juniores. 2016

  • 5. "Porque o que semeia na sua carne da carne ceifará a corrupção, mas o que semeia no Espírito ceifará a vida eterna". Gl. 6.8
  • 6. Neste texto o apóstolo Paulo usa a figura muito conhecida da agricultura para nos advertir da terrível consequência do pecado, além de nos mostrar que a lei do retomo é real. "Essa lei do retomo é tão irrefreável no campo moral e espiritual quanto no da agricultura. Deus não se deixa zombar (v.7), ou seja, não se pode tratá-lo com leviandade. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá ruína (v.8). Isso não quer dizer que Deus esteja sentado no céu à procura de alguém contra quem se vingar em razão de quaisquer menosprezos ou insultos" (KELLER, p. 183,184). O que esta implícito no texto é que as consequências virão de acordo com nossas escolhas.
  • 7. A Bíblia e a Palavra de Deus que nos revela a Criação, a Queda e a Redenção do homem. Mas a redenção somente pode ser alcançada se antes vier o arrependimento dos pecados cometidos. Esse arrependimento é fruto da atuação do Espirito Santo em nosso coração, nos convencendo do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8). Na Bíblia ha uma história que mostra isso. e acabou por produzir um Salmo que revela a dor de uma alma que se afastou da santidade de Deus
  • 8. 1. Mandamentos Quebrados Você conhece os Dez Mandamentos, certo? Se não lembra bem, vai lá em Êxodo capítulo 20 e dá uma conferida. Leu? Então vamos continuar.
  • 9. 1. Mandamentos Quebrados Nossa história é sobre Davi. Mas tem a ver com estes mandamentos, ou melhor, com a quebra deles. Em 2 Samuel 11 lemos que Davi já era um rei vitorioso quando enviou seu exército para combater os amonitas. Suas tropas sitiaram a cidade de Rabá, mas Davi não estava com elas, pois havia ficado em Jerusalém. A coisa não começou bem... Passeando pelo terraço de seu palácio, de lá, ele viu uma bela mulher se banhando. Seus servos informam que ela era Bate-Seba. Mulher do seu soldado Urias. Mesmo sabendo que ela era casada, Davi a cobiçou, quebrando assim o décimo mandamento (Êx 20.17)
  • 10. 1. Mandamentos Quebrados A PORTA DE ENTRADA DO PECADO DE DAVI FORAM OS OLHOS! A Bíblia diz que os olhos são as lâmpadas do corpo : “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o seu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” Mt 6:22-23. Deus não interfere na nossa livre vontade, nem nas decisões erradas que tomamos, mas avisa-nos quanto ao seu perigo. Ele avisa através da Sua Palavra, dos seus servos, da nossa consciência, e pela inteligência que nos foi dada.
  • 11. 1. Mandamentos Quebrados A PORTA DE ENTRADA DO PECADO DE DAVI FORAM OS OLHOS! Cabe a cada um de nós atentar para o Seu conselho, avaliar bem, com inteligência, cada escolha que fazemos. “Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias.” (Mt.15:11-19). Os nossos olhos têm a incrível capacidade de captar uma quantidade enorme de imagens. Nada do que entra pelos nossos olhos é descartado, tudo é armazenado. Tudo o que entra pelos nossos olhos e ouvidos fica registrado em nossa mente, consciente ou inconsciente.
  • 12. 1. Mandamentos Quebrados A PORTA DE ENTRADA DO PECADO DE DAVI FORAM OS OLHOS! Davi por não está ocupado e ter ficado passeando no terraço do seu palácio ao ver a Bate-Seba se banhando a cobiçou. Olha o que o rei Davi fez, após ter uma amarga experiência com os seus olhos, e depois de ter aprendido a lição: “Não porei coisa injusta diante dos meus olhos.” (S1.101.3) Ele bem sabia da fraqueza dos olhos, e o mal que eles podem trazer para dentro do coração. Sabiamente, Davi passou a mantê-los nas coisas de Deus, para não deixá-los corromperem o seu coração.
  • 13. 1. Mandamentos Quebrados Continuando: Davi aproveitando-se de sua autoridade real. mandou chamá-la, a seduziu e cometeu adultério com ela. quebrando agora o sétimo mandamento (Éx 20.14) Mas Bate-Seba ficou grávida. Para esconder o pecado, Davi cometeu outro pior mandou matar o seu marido, Urias, e se casou com ela. Assim, outro foi mandamento quebrado, o sexto (Éx 20.13).
  • 14. Qual a definição de Pecado? Talvez a melhor definição do pecado seja a encontrada em 1 João 3.4: "O pecado ê iniquidade". Seja o que mais o pecado for, ele é, no seu âmago, uma violação da lei de Deus. E, já que "toda a iniquidade [grego "adikia", literalmente "injustiça" é pecado" (1 Jo 5.17), toda injustiça quebra a lei de Deus. Por isso, Davi confessa: "Contra ti, contra ti somente pequei" (SI 51.4; cf Lc 15.18,21) (HORTON, p. 281). O termo grego "hamartia" (lê-se ramartia) é o mais utilizado no Novo Testamento para pecado, seu sentido é "errar o alvo", "perder o rumo", "fracassar". Indica que o primeiro homem, no princípio, perdeu o rumo de sua vida e fracassou em não atingir o padrão divino estabelecido para a sua vida.
  • 15. Qual a definição de Pecado? Os escritores neotestamentários usaram o termo hamartia para designar o pecado, pois ele possui um sentido mais forte que a ideia de fracasso ou transgressão. Ele tem o sentido de "poder de engano do pecado" (Rm 5.12; Hb 3.13); é mais que um fracasso. Trata-se de uma condição responsável ou uma característica que implica culpabilidade" (CABRAL, p. 304).
  • 17. Qual as consequências do pecado? O pecado é para o ser interior aquilo que a sujeira é para o corpo, de modo que era apropriado Davi sentir-se sujo por causa do que havia feito (SI 51.2,7). Ao cometer adultério e homicídio, havia atravessado a linha instituída por Deus em sua lei ("transgressão"); havia errado o alvo determinado por Deus para ele "pecado" e cedido à sua natureza pecaminosa e pervertida "iniquidade" Havia se rebelado intencionalmente contra Deus, e, de acordo com a lei, não existiam sacrifícios de expiação para esses pecados deliberados (Lv 20.10; Nm 35.31,32). Só restava a Davi apelar para a misericórdia, a graça e o amor de Deus (v. 1; Ex 34.6, 7; 2 Sm 12.22). O verbo "apagar" usada no (v. 1) refere-se a uma dívida que ainda deve ser paga (SI 130.3; Is 43.25), e "lavar" (v.2) diz respeito à contaminação decorrente de tocai" em algo imundo (Lv 11.32) ou de alguma enfermidade (Lv 13:1- 3). "Purificar" (vv. 2, 7) está associado à lavagem de roupas impuras (Is 1.18; 64.6). Na sociedade israelita daquela época, lavar e trocar de roupa eram um modo de marcai" um recomeço na vida (Gn 35.2; 41.4; 45.22; Ex 19.10,14), e foi isso o que Davi fez (2 Sm 12.20) (WIERSBE, p. 183-184).
  • 18. 2. Davi é Desmascarado — Essa é uma história triste! — Verdade, mas ela não termina assim. Davi escondeu seu pecado dos homens, mas de Deus não. O Senhor enviou ao palácio o profeta Natã. que desmascarou Davi, acusando-o duramente de todos os pecados cometidos (2 Sm 12.7-15). — Uma acusão grave contra o rei. Isso não era perigoso para o profeta? De fato, isto e algo perigoso. Muitos profetas foram perseguidos por reis ímpios, mas Davi era diferente. Ao ser confrontado com seu pecado. Davi caiu em si e exclamou: "Pequei contra o Senhor". Apesar de Deus aceitar o arrependimento de Davi, seu castigo foi duro seu filho recém-nascido com Bate-Seba, adoeceu e morreu.
  • 19. 3. Um Salmista Quebrantado Diante deste quadro triste, Davi renasce espiritualmente e escreve um belíssimo salmo que retrata o seu clamor pelo perdão de Deus; o Salmo 51 Logo nos quatro primeiros versículos. Davi clama pela misericórdia divina para que o Senhor o purificasse de todo pecado, pois a sua consciência o acusava contra a santidade de Deus. Este é o primeiro passo para a redenção: a conscientização de que o pecado ofende e nos separa de Deus.
  • 20. 3. Um Salmista Quebrantado Nos versículos cinco a nove, Davi suplica pelo perdão de Deus e nos versículos 11 e 12, ele faz um pedido tocante. "Não me lances fora da tua presença e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação e sustém-me com um espirito voluntário." Davi mostra aqui a consciência da principal consequência do pecado e do quanto isto o assusta a perda do relacionamento intimo e profundo com o Senhor.
  • 21. 3. Um Salmista Quebrantado Outro ponto importante deste salmo mostra a intimidade de Davi com Deus e de que a compreensão de Sua vontade está presente no versículo 17: "Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.“ Realmente Davi era um homem segundo o coração de Deus.
  • 22. Quais Frutos são produzidos pelo arrependimento.
  • 23. Quais Frutos são produzidos pelo arrependimento. Tristeza segundo Deus (2 Co 8.10) Repúdio ao caminho errado (Salmos 119.104) Desejo de mudança (Lc 15.18) Necessidade de Perdão e restauração Divina. (Salmos 51.7-9) Levantar-se em meio às consequências do pecado. (Lc 15.20) Arrependimento não é chorar apenas, mas antes mudar as atitudes que ferem o padrão divino para todos nós, por isso devemos aprender a guardar seus mandamentos vivenciando-os em nossos dia a dia.
  • 24. 4. AS LIÇÕES DO SALMO 51 Davi cometeu um adultério e ordenou um assassinato para encobrir seu pecado. Ao ser confrontado pelo profeta, se arrependeu sinceramente, e apesar de sofrer o castigo e as consequências de seus atos, Deus o perdoou e restaurou sua santa comunhão com o rei de Israel. Mas por que Deus perdoou a Davi e não a Saul, a ponto de tirar o reino do segundo? A resposta esta no próprio Salmo 51.10, "Cria em mim. ó Deus. um coração puro e renova em mim um espirito reto". Davi amava a Deus e se arrependeu de seus pecados, Saul, não. E Deus atendeu ao pedido de seu servo. Assim, Davi foi restaurado.
  • 25. CONCLUÇÃO O Salmo 51 não é apenas o registro de um hino de louvor composto por um rei ha 3000 anos. É uma oração de uma alma sedenta de Deus. Mais ainda: uma prova da misericórdia e da restauração que Deus generosamente oferece a todo o pecador arrependido. Deus não apenas perdoou a Davi, mas aceitou sua oração e permitiu que fizesse parte da Bíblia para que outros pecadores se identificassem com o salmista e fizesse desse Salmo a sua oração de perdão a Deus. Louvai ao senhor!
  • 26. HORA DA REVISÃO 1. Quantos e quais os mandamentos que Davi quebrou? 2. Onde encontramos na Bíblia a acusação de Nata contra Davi? 3. Como Davi reagiu ao ser desmascarado? 4. Em sua opinião, do que trata o Salmo 51? 5. Que lições o Salmo 51 traz para sua vida?
  • 27. Referências • Lição, Louvai ao Senhor! A Lição dos Santos CPAD. • WIERSBE, Warren W Comentário Bíblico Expositivo. Vol 3. • GEOGRÁFICA CABRAL, Elienai. Teologia Sistemática Pentecostal. • CPAD HORTON, Stanley. Teologia Sistemática Pentecostal CPAD • CHAMPLIN, R. N O Antigo Testamento interpretado versículo por versículo. Vol. 4 HAGNOS KELLER, Timothy. Gálatas para você VIDA NOVA. • http://vivianefreitas.com/blog/o-pecado-dos-olhos/ • http://jesus-masr.blogspot.com.br/2008/04/lio-6-portas-de-entrada.html
  • 29. Até a Próxima aula: Lição: 11 “O louvor de Davi”.