SlideShare uma empresa Scribd logo
As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e
Firmados na Verdade
Professor Valmir Nascimento Milomem Santos
Ministro do Evangelho em Cuiabá/MT, Escritor,
Jurista e Mestre em Teologia.
Alegria, Crescimento e
Firmeza nas Cartas de
Pedro.
A RAZÃO DA NOSSA
ESPERANÇA
3º Trimestre
Ano 2019
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e
Firmados na Verdade
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
Lição 3 - Vivendo em Santidade e Integridade
Lição 4 - O Relacionamento do Cristão com o Estado e com
os Superiores
Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 7 - Alegria em Meio à Dor
Lição 8 - O Papel do Líder e a Convivência Cristã
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao
Crescimento Espiritual
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 12 - A Impiedade Decorrente dos Falsos Ensinos
Lição 13 - A Vinda do Senhor: a Nossa Suprema Esperança
APRESENTAR o conteúdo da
Segunda Carta.
EXPOR sobre a ocasião e o
conteúdo da primeira Carta;
APRESENTAR o perfil de Simão
Pedro, autor das epístolas;
1 Pedro 1.1-2
1 - Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos estrangeiros
dispersos no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e
Bitínia,
2 - eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em
santificação do Espírito, para a obediência e
aspersão do sangue de Jesus Cristo: graça e paz vos
sejam multiplicadas.
1 Pedro 5.12
12 - Por Silvano, vosso fiel irmão, como cuido, escrevi
abreviadamente, exortando e testificando que esta é
a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes.
2 Pedro 1.1
1 - Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo,
aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa
pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo:
2 Pedro 3.1-2
1 - Amados, escrevo-vos, agora, esta segunda carta,
em ambas as quais desperto com exortação o vosso
ânimo sincero,
2 - para que vos lembreis das palavras que
primeiramente foram ditas pelos santos profetas e
do mandamento do Senhor e Salvador, mediante os
vossos apóstolos.
"Amados, escrevo-vos,
agora, esta segunda carta,
em ambas as quais desperto
com exortação o vosso
ânimo sincero."
(2 Pedro 3.1)
As Cartas de Pedro foram
escritas com o propósito de
encorajar os cristãos em
tempos de provação e a se
manterem firmes na verdade
diante dos falsos
ensinamentos.
Neste Trimestre estudaremos as Cartas de Pedro.
Seus conselhos e exortações compõem uma
mensagem poderosa e revigorante para os cristãos
do tempo presente.
Um estudo
proveitoso
numa época
de desespero,
desânimo e
engano.
Síntese e Esboço : 1 Pedro
Na Primeira Epístola de Pedro, Jesus é proeminente
como exemplo de sofrimento inocente e como
aquEle cuja ressurreição e volta para a glória
confirmam a nossa própria esperança.
Esta Carta vigorosa continua a inspirar os crentes
que sofrem perseguições por causa da fé comum.
I. A Dádiva da Salvação (1 Pe 1.1 - 2.10)
II. O Chamado à Submissão (1 Pe 2.11 - 3.12)
III. Soberania e Sofrimento (1 Pe 3.13 - 4.6)
IV. A Perspectiva da Glória (1 Pe 4.7 - 5.14)
Síntese e Esboço : 2 Pedro
A grande importância da Segunda Epístola está no
convite do apóstolo para que resistamos aos falsos
ensinamentos, crescendo em santidade, enquanto
esperamos pelo retorno prometido de Jesus Cristo.
I. As qualidades de um cristão (2 Pe 1)
II. Os Falsos Mestres (2 Pe 2)
III. O Retorno de Cristo (2 Pe 3)
1 – Servo e Apóstolo de Cristo.
I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas
Inegavelmente,
as duas
epístolas que
trazem o seu
nome foram
escritas por
Simão Pedro.
O conteúdo e o caráter da mensagem das duas
epístolas apoia a sua autenticidade.
2 – Um homem renovado e cheio do Espírito.
I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas
Desde o início da sua chamada, Pedro assumiu
certa proeminência e liderança entre os demais
discípulos.
Pedro servia
regularmente
como o
porta-voz
deles.
2 – Um homem renovado e cheio do Espírito.
I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas
Passou por uma
derrota pessoal
dolorosa ao
negar Jesus
veementemente
(Mt 26.69-74).
Apesar das virtudes e boas intenções, Pedro era
também impulsivo e instável.
2 – Um homem renovado e cheio do Espírito.
I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas
Deus transformou
Pedro em um
destemido líder da
Igreja Primitiva e
um dos principais
da história do
cristianismo.
Todavia, de um pescador simples, temperamental e
inconstante,
2 – Um homem renovado e cheio do Espírito.
I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas
"Inspirado pelo Espírito, o sermão
e caráter de Pedro ficam em
contraste com suas negações do
Senhor (Lc 22.54-62). Depois do
derramamento do Espírito, ele se
torna corajoso e ousado...”
A sublime mudança faz-se evidente no Dia de
Pentecostes (At 2), ocasião em que o apóstolo
pregou o seu primeiro sermão no poder do Espírito.
Teólogo
French Arrington
3 – Cartas de Experiência.
I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas
Fica evidente que as Epístolas de 1 e 2 Pedro
foram escritas por um homem com rica
experiência com Deus.
Sua experiência de arrependimento e renovação
espiritual é um aspecto que inspira esperança na
vida daqueles que se acham incapazes de vencer
suas fragilidades e superar seus reveses.
1 – Destinatários.
II – Primeira Carta de Pedro: Alegria e
Esperança em Tempos de Provação
cinco províncias da
Ásia Menor à época
pertencente ao
Império Romano,
atualmente parte da
Turquia.
Pedro direciona sua primeira Epístola aos
estrangeiros dispersos no Ponto, Galácia,
Capadócia, Ásia e Bitínia;
2 – Ocasião e propósito.
II – Primeira Carta de Pedro: Alegria e
Esperança em Tempos de Provação
A Primeira carta foi escrita entre 60-63 d.C,
Redigida com a ajuda de Silvano (1 Pe 5.12).
3 – Inspiradora, doutrinária e instrutiva.
II – Primeira Carta de Pedro: Alegria e
Esperança em Tempos de Provação
Os temas tratados englobam, além de outros :
 a obra da salvação, graça,
 perseguição, sofrimento de Cristo,
 santidade, integridade,
 vida familiar, relacionamento conjugal,
 relação com o governo,
 convivência cristã e liderança.
Ensina a respeito de vários princípios fundamentais
da fé, e ao mesmo tempo contém valiosos
conselhos para o viver diário.
1 – Destinatários.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
Pedro está escrevendo para uma comunidade cristã
heterogênea, composta de judeus e gentios convertidos ao
Evangelho, incluindo escravos, esposas com maridos
pagãos, jovens e anciãos (1 Pe 2.13;3.1;5.5).
É provável que estes crentes em Cristo fossem os
mesmos a quem a Primeira Carta fora destinada.
2 – Ocasião e propósito.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
A maioria dos estudiosos colocam a data da escrita
entre 65-67 d.C.
2 – Ocasião e propósito.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
a comunidade cristã
passa por severa
provação advinda de
fora da igreja.
Embora o público seja o mesmo da Primeira
Epístola, as circunstâncias e propósitos são
bastante distintos.
os perigos são internos,
por causa dos ensinos
heréticos que estavam
sendo disseminados
dentro dela.
Na Primeira Epístola Na Segunda Epístola
2 – Ocasião e propósito.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
❶ negavam a divindade de Cristo.
❷ negavam a volta gloriosa de Cristo.
❸ apregoavam também o falso comportamento,
pelo qual induziam os crentes a abandonarem o
padrão de vida santa e piedosa.
Falsos Mestres haviam se introduzido entre os irmãos
e estavam distorcendo a verdade do Evangelho,
produzindo heresias de perdição (2Pe 2.1).
Os falsários da fé :
2 – Ocasião e propósito.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
e incentivá-los a
crescerem na fé e no
verdadeiro
conhecimento de
Deus.
Pedro escreve esta Segunda Carta com a intenção
de advertir os cristãos sobre os falsos ensinadores
3 – Verdade e esperança.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
A Segunda Epístola complementa de uma forma
extraordinária a Primeira, vejamos :
somos instruídos a viver
com ESPERANÇA,
ALEGRIA e SANTIDADE
em tempos de
provação.
somos advertidos a não
esquecer a VOCAÇÃO e
as VERDADES da Palavra
de Deus numa época de
falsidade religiosa.
Na Primeira Epístola Na Segunda Epístola
3 – Verdade e esperança.
III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento
Espiritual e Firmeza na Verdade
A esperança sem a verdade é mero
otimismo humano,
e verdade sem esperança é
religiosidade vazia.
As Cartas de Pedro
, temos à nossa disposição um conjunto de
ensinos que nos ajudarão como cristãos
em tempos-modernos.
e uma palavra de crescimento e firmeza na Verdade
para uma era de ceticismo e de falsas religiões.
Ambas contém riquezas doutrinárias e
instruções precisas para vivermos em diferentes
situações da vida.
continuam a fornecer uma mensagem de esperança
em tempos de desespero,
Segundo a lição, a que se atribui a diferença
de redação entre as duas Cartas?
Atribui-se ao fato da primeira ter sido redigida
com a ajuda de Silvano (1 Pe 5.12), também
chamado Silas, o companheiro das viagens de
Paulo (At 15.40; 17.15).
Quem era a audiência da
Primeira Carta de Pedro?
É consenso que a sua audiência era formada pelas
comunidades cristãs espalhadas nesta região,
incluindo não somente judeus convertidos como
também cristãos de origem gentílica.
Qual o período provável em que a Primeira
Carta foi escrita?
Entre 60-63 d.C.
Qual a intenção da Segunda Carta de Pedro?
Pedro escreve a Segunda Carta com a intenção de
advertir os cristãos sobre os falsos ensinadores e
incentivá-los a crescerem na fé e no verdadeiro
conhecimento de Deus.
Qual o propósito comum das duas cartas
Despertar o ânimo sincero dos crentes (2 Pe 2.1).
Lição 2 – Desfrutando a Alegria na Esperança
da Salvação
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
Geversom Sousa
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
Alberto Nery
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
1 e 2 Pedro
1 e 2 Pedro1 e 2 Pedro
1 e 2 Pedro
IzabellaSantos17
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Panorama do NT - Tiago
Panorama do NT - TiagoPanorama do NT - Tiago
Panorama do NT - Tiago
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - HebreusPanorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - Hebreus
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1Pedro
Panorama do NT - 1PedroPanorama do NT - 1Pedro
Panorama do NT - 1Pedro
Respirando Deus
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Éder Tomé
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
Respirando Deus
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
Romulo Roosemberg
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
Márcio Martins
 
Panorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - FilipensesPanorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - Filipenses
Respirando Deus
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
Jose Ventura
 
Bibliologia - Introdução - Aula 01
Bibliologia - Introdução - Aula 01Bibliologia - Introdução - Aula 01
Bibliologia - Introdução - Aula 01
Erivelton Rodrigues Nunes
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
RODRIGO FERREIRA
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
Respirando Deus
 
Aula 2 - Gênesis
Aula 2 - GênesisAula 2 - Gênesis
Aula 2 - Gênesis
Gustavo Zimmermann
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
Márcio Martins
 

Mais procurados (20)

Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
 
Aula de pneumatologia
Aula de pneumatologiaAula de pneumatologia
Aula de pneumatologia
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
1 e 2 Pedro
1 e 2 Pedro1 e 2 Pedro
1 e 2 Pedro
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Panorama do NT - Tiago
Panorama do NT - TiagoPanorama do NT - Tiago
Panorama do NT - Tiago
 
Panorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - HebreusPanorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - Hebreus
 
Panorama do NT - 1Pedro
Panorama do NT - 1PedroPanorama do NT - 1Pedro
Panorama do NT - 1Pedro
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
Panorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - FilipensesPanorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - Filipenses
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 
Bibliologia - Introdução - Aula 01
Bibliologia - Introdução - Aula 01Bibliologia - Introdução - Aula 01
Bibliologia - Introdução - Aula 01
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
 
Aula 2 - Gênesis
Aula 2 - GênesisAula 2 - Gênesis
Aula 2 - Gênesis
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 

Semelhante a Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade

sobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptx
sobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptxsobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptx
sobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptx
Diego Rocha
 
Sobre o Apóstolo Pedro.pptx
Sobre o Apóstolo Pedro.pptxSobre o Apóstolo Pedro.pptx
Sobre o Apóstolo Pedro.pptx
Priscila Puga
 
021 pedro 2º
021 pedro 2º021 pedro 2º
021 pedro 2º
Diógenes Gimenes
 
1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf
1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf
1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf
André Pacheco
 
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderançaLição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Regio Davis
 
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da SalvaçãoLição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
Éder Tomé
 
Cartas Gerais
Cartas GeraisCartas Gerais
Cartas Gerais
Egmon Pereira
 
NT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdfNT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdf
robsonferreirapintos
 
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptLição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
PauloMello68
 
O Credo Apostólico
O Credo ApostólicoO Credo Apostólico
O Credo Apostólico
Ary Queiroz Jr
 
A Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro Profético
A Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro ProféticoA Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro Profético
A Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro Profético
Gustavo Zimmermann
 
Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Uma Mensagem à Igreja Local e à LiderançaUma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Antonio Fernandes
 
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da VerdadeLição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
Éder Tomé
 
A segunda carta de Pedro
A segunda carta de PedroA segunda carta de Pedro
A segunda carta de Pedro
Pastor Marcello Rocha
 
Lição 1 as cartas aos coríntios
Lição 1   as cartas aos coríntiosLição 1   as cartas aos coríntios
Lição 1 as cartas aos coríntios
Tomas Faraci
 
Aula 5 filipenses e colossenses
Aula 5   filipenses e colossensesAula 5   filipenses e colossenses
Aula 5 filipenses e colossenses
Pastor W. Costa
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Lição 2 o evangelho da graça 3º trimestre de 2015
Lição 2   o evangelho da graça  3º trimestre de 2015Lição 2   o evangelho da graça  3º trimestre de 2015
Lição 2 o evangelho da graça 3º trimestre de 2015
Andrew Guimarães
 
020 pedro 1º
020 pedro 1º020 pedro 1º
020 pedro 1º
Diógenes Gimenes
 
Epistolas paulinas
Epistolas paulinasEpistolas paulinas
Epistolas paulinas
Faetef Faetef
 

Semelhante a Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade (20)

sobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptx
sobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptxsobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptx
sobreoapstolopedro-230311194103-48d2ce6b.pptx
 
Sobre o Apóstolo Pedro.pptx
Sobre o Apóstolo Pedro.pptxSobre o Apóstolo Pedro.pptx
Sobre o Apóstolo Pedro.pptx
 
021 pedro 2º
021 pedro 2º021 pedro 2º
021 pedro 2º
 
1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf
1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf
1 CARTA DE PEDRO OK (3) (1).pdf
 
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderançaLição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
 
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da SalvaçãoLição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação
 
Cartas Gerais
Cartas GeraisCartas Gerais
Cartas Gerais
 
NT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdfNT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdf
 
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptLição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
 
O Credo Apostólico
O Credo ApostólicoO Credo Apostólico
O Credo Apostólico
 
A Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro Profético
A Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro ProféticoA Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro Profético
A Bíblia (Aula 12): Epístolas as Igrejas (part. 3) e Livro Profético
 
Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Uma Mensagem à Igreja Local e à LiderançaUma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
 
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da VerdadeLição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade
 
A segunda carta de Pedro
A segunda carta de PedroA segunda carta de Pedro
A segunda carta de Pedro
 
Lição 1 as cartas aos coríntios
Lição 1   as cartas aos coríntiosLição 1   as cartas aos coríntios
Lição 1 as cartas aos coríntios
 
Aula 5 filipenses e colossenses
Aula 5   filipenses e colossensesAula 5   filipenses e colossenses
Aula 5 filipenses e colossenses
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
 
Lição 2 o evangelho da graça 3º trimestre de 2015
Lição 2   o evangelho da graça  3º trimestre de 2015Lição 2   o evangelho da graça  3º trimestre de 2015
Lição 2 o evangelho da graça 3º trimestre de 2015
 
020 pedro 1º
020 pedro 1º020 pedro 1º
020 pedro 1º
 
Epistolas paulinas
Epistolas paulinasEpistolas paulinas
Epistolas paulinas
 

Mais de Éder Tomé

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Éder Tomé
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Éder Tomé
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Éder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 

Último (14)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 

Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade

  • 1. As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
  • 2. Professor Valmir Nascimento Milomem Santos Ministro do Evangelho em Cuiabá/MT, Escritor, Jurista e Mestre em Teologia.
  • 3. Alegria, Crescimento e Firmeza nas Cartas de Pedro. A RAZÃO DA NOSSA ESPERANÇA 3º Trimestre Ano 2019
  • 4. Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade Lição 2 - Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação Lição 3 - Vivendo em Santidade e Integridade Lição 4 - O Relacionamento do Cristão com o Estado e com os Superiores Lição 5 - Conselhos Valiosos para a Vida Cristã em Família Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança Lição 7 - Alegria em Meio à Dor Lição 8 - O Papel do Líder e a Convivência Cristã Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual Lição 10 - Permaneçam Firmes na Palavra da Verdade Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias Lição 12 - A Impiedade Decorrente dos Falsos Ensinos Lição 13 - A Vinda do Senhor: a Nossa Suprema Esperança
  • 5. APRESENTAR o conteúdo da Segunda Carta. EXPOR sobre a ocasião e o conteúdo da primeira Carta; APRESENTAR o perfil de Simão Pedro, autor das epístolas;
  • 6. 1 Pedro 1.1-2 1 - Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos estrangeiros dispersos no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, 2 - eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: graça e paz vos sejam multiplicadas. 1 Pedro 5.12 12 - Por Silvano, vosso fiel irmão, como cuido, escrevi abreviadamente, exortando e testificando que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes.
  • 7. 2 Pedro 1.1 1 - Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo: 2 Pedro 3.1-2 1 - Amados, escrevo-vos, agora, esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero, 2 - para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas e do mandamento do Senhor e Salvador, mediante os vossos apóstolos.
  • 8. "Amados, escrevo-vos, agora, esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero." (2 Pedro 3.1)
  • 9. As Cartas de Pedro foram escritas com o propósito de encorajar os cristãos em tempos de provação e a se manterem firmes na verdade diante dos falsos ensinamentos.
  • 10. Neste Trimestre estudaremos as Cartas de Pedro. Seus conselhos e exortações compõem uma mensagem poderosa e revigorante para os cristãos do tempo presente. Um estudo proveitoso numa época de desespero, desânimo e engano.
  • 11. Síntese e Esboço : 1 Pedro Na Primeira Epístola de Pedro, Jesus é proeminente como exemplo de sofrimento inocente e como aquEle cuja ressurreição e volta para a glória confirmam a nossa própria esperança. Esta Carta vigorosa continua a inspirar os crentes que sofrem perseguições por causa da fé comum. I. A Dádiva da Salvação (1 Pe 1.1 - 2.10) II. O Chamado à Submissão (1 Pe 2.11 - 3.12) III. Soberania e Sofrimento (1 Pe 3.13 - 4.6) IV. A Perspectiva da Glória (1 Pe 4.7 - 5.14)
  • 12. Síntese e Esboço : 2 Pedro A grande importância da Segunda Epístola está no convite do apóstolo para que resistamos aos falsos ensinamentos, crescendo em santidade, enquanto esperamos pelo retorno prometido de Jesus Cristo. I. As qualidades de um cristão (2 Pe 1) II. Os Falsos Mestres (2 Pe 2) III. O Retorno de Cristo (2 Pe 3)
  • 13. 1 – Servo e Apóstolo de Cristo. I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas Inegavelmente, as duas epístolas que trazem o seu nome foram escritas por Simão Pedro. O conteúdo e o caráter da mensagem das duas epístolas apoia a sua autenticidade.
  • 14. 2 – Um homem renovado e cheio do Espírito. I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas Desde o início da sua chamada, Pedro assumiu certa proeminência e liderança entre os demais discípulos. Pedro servia regularmente como o porta-voz deles.
  • 15. 2 – Um homem renovado e cheio do Espírito. I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas Passou por uma derrota pessoal dolorosa ao negar Jesus veementemente (Mt 26.69-74). Apesar das virtudes e boas intenções, Pedro era também impulsivo e instável.
  • 16. 2 – Um homem renovado e cheio do Espírito. I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas Deus transformou Pedro em um destemido líder da Igreja Primitiva e um dos principais da história do cristianismo. Todavia, de um pescador simples, temperamental e inconstante,
  • 17. 2 – Um homem renovado e cheio do Espírito. I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas "Inspirado pelo Espírito, o sermão e caráter de Pedro ficam em contraste com suas negações do Senhor (Lc 22.54-62). Depois do derramamento do Espírito, ele se torna corajoso e ousado...” A sublime mudança faz-se evidente no Dia de Pentecostes (At 2), ocasião em que o apóstolo pregou o seu primeiro sermão no poder do Espírito. Teólogo French Arrington
  • 18. 3 – Cartas de Experiência. I – Simão Pedro, o Autor das Epístolas Fica evidente que as Epístolas de 1 e 2 Pedro foram escritas por um homem com rica experiência com Deus. Sua experiência de arrependimento e renovação espiritual é um aspecto que inspira esperança na vida daqueles que se acham incapazes de vencer suas fragilidades e superar seus reveses.
  • 19. 1 – Destinatários. II – Primeira Carta de Pedro: Alegria e Esperança em Tempos de Provação cinco províncias da Ásia Menor à época pertencente ao Império Romano, atualmente parte da Turquia. Pedro direciona sua primeira Epístola aos estrangeiros dispersos no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia;
  • 20. 2 – Ocasião e propósito. II – Primeira Carta de Pedro: Alegria e Esperança em Tempos de Provação A Primeira carta foi escrita entre 60-63 d.C, Redigida com a ajuda de Silvano (1 Pe 5.12).
  • 21. 3 – Inspiradora, doutrinária e instrutiva. II – Primeira Carta de Pedro: Alegria e Esperança em Tempos de Provação Os temas tratados englobam, além de outros :  a obra da salvação, graça,  perseguição, sofrimento de Cristo,  santidade, integridade,  vida familiar, relacionamento conjugal,  relação com o governo,  convivência cristã e liderança. Ensina a respeito de vários princípios fundamentais da fé, e ao mesmo tempo contém valiosos conselhos para o viver diário.
  • 22. 1 – Destinatários. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade Pedro está escrevendo para uma comunidade cristã heterogênea, composta de judeus e gentios convertidos ao Evangelho, incluindo escravos, esposas com maridos pagãos, jovens e anciãos (1 Pe 2.13;3.1;5.5). É provável que estes crentes em Cristo fossem os mesmos a quem a Primeira Carta fora destinada.
  • 23. 2 – Ocasião e propósito. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade A maioria dos estudiosos colocam a data da escrita entre 65-67 d.C.
  • 24. 2 – Ocasião e propósito. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade a comunidade cristã passa por severa provação advinda de fora da igreja. Embora o público seja o mesmo da Primeira Epístola, as circunstâncias e propósitos são bastante distintos. os perigos são internos, por causa dos ensinos heréticos que estavam sendo disseminados dentro dela. Na Primeira Epístola Na Segunda Epístola
  • 25. 2 – Ocasião e propósito. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade ❶ negavam a divindade de Cristo. ❷ negavam a volta gloriosa de Cristo. ❸ apregoavam também o falso comportamento, pelo qual induziam os crentes a abandonarem o padrão de vida santa e piedosa. Falsos Mestres haviam se introduzido entre os irmãos e estavam distorcendo a verdade do Evangelho, produzindo heresias de perdição (2Pe 2.1). Os falsários da fé :
  • 26. 2 – Ocasião e propósito. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade e incentivá-los a crescerem na fé e no verdadeiro conhecimento de Deus. Pedro escreve esta Segunda Carta com a intenção de advertir os cristãos sobre os falsos ensinadores
  • 27. 3 – Verdade e esperança. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade A Segunda Epístola complementa de uma forma extraordinária a Primeira, vejamos : somos instruídos a viver com ESPERANÇA, ALEGRIA e SANTIDADE em tempos de provação. somos advertidos a não esquecer a VOCAÇÃO e as VERDADES da Palavra de Deus numa época de falsidade religiosa. Na Primeira Epístola Na Segunda Epístola
  • 28. 3 – Verdade e esperança. III – Segunda Carta de Pedro: Crescimento Espiritual e Firmeza na Verdade A esperança sem a verdade é mero otimismo humano, e verdade sem esperança é religiosidade vazia.
  • 29. As Cartas de Pedro , temos à nossa disposição um conjunto de ensinos que nos ajudarão como cristãos em tempos-modernos. e uma palavra de crescimento e firmeza na Verdade para uma era de ceticismo e de falsas religiões. Ambas contém riquezas doutrinárias e instruções precisas para vivermos em diferentes situações da vida. continuam a fornecer uma mensagem de esperança em tempos de desespero,
  • 30. Segundo a lição, a que se atribui a diferença de redação entre as duas Cartas? Atribui-se ao fato da primeira ter sido redigida com a ajuda de Silvano (1 Pe 5.12), também chamado Silas, o companheiro das viagens de Paulo (At 15.40; 17.15).
  • 31. Quem era a audiência da Primeira Carta de Pedro? É consenso que a sua audiência era formada pelas comunidades cristãs espalhadas nesta região, incluindo não somente judeus convertidos como também cristãos de origem gentílica.
  • 32. Qual o período provável em que a Primeira Carta foi escrita? Entre 60-63 d.C.
  • 33. Qual a intenção da Segunda Carta de Pedro? Pedro escreve a Segunda Carta com a intenção de advertir os cristãos sobre os falsos ensinadores e incentivá-los a crescerem na fé e no verdadeiro conhecimento de Deus.
  • 34. Qual o propósito comum das duas cartas Despertar o ânimo sincero dos crentes (2 Pe 2.1).
  • 35. Lição 2 – Desfrutando a Alegria na Esperança da Salvação