SlideShare uma empresa Scribd logo
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
• Na lição de hoje, estudaremos a paz como fruto do Espírito
e a inimizade como obra da carne.
• Da mesma forma que a alegria, estudada na lição passada,
a paz que vem de cristo não depende de situações e
circunstâncias.
• Mesmo vivendo em uma sociedade violenta e injusta
podemos ter a paz interna que somente Cristo pode dar.
I - A PAZ QUE EXCEDE TODO
ENTENDIMENTO
• Podemos definir paz como um estado de tranquilidade e
quietude interior que não depende de circunstâncias
externas.
• Eeirene (grego) = unidade e harmonia.
• Sociedade atual = violência + doenças emocionais + medo
= falta de paz.
• A comunhão e intimidade com Deus é a solução para a
falta de paz.
• AP – Você está em paz?
• Você está em paz com Deus e com as pessoas?
• Como podemos estar em paz com Deus? Mediante a
nossa justificação (Rm 5.1).
• A inimizade que havia entre nós e Deus é desfeita,
somos reconciliados (2 Co 5.18-20) por meio da obra
de Cristo (Is 53.5; Ef 2.13-17).
• Quando me perguntam se estou tranquilo (E aí, tudo
tranquilo?) eu respondo: “tranquilo não, mas em paz”.
• A tranquilidade nem sempre depende de mim, mas a
paz sim!
• AP – Conserve a paz com Deus? SE não tem, buque-a!
• Que já tem essa paz com Deus precisa compartilhá-la(2 Co
5.20).
• A paz que recebemos Espírito servirá também para o bem
estar do próximo. Amor ao próximo (Mt 22.39).
• Quem já experimentou a justificação e a reconciliação com
Deus deve ser um pacificador (Mt 5.9).
• Exemplo de Isaque(Gn 26.19-25).
• No que depender de nós tenhamos paz com todos(Rm
12.18).
• AP – Você tem sido um promotor da paz?
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
II - INIMIZADES E CONTENDAS,
AUSÊNCIA DE PAZ
(Rm 8.7);
(Lc 23.12)
(Ef 2.14-16).
• Paulo apresenta a inimizade, as contendas e as disputas como
obras da carne (Gl 5.20).
• A pessoa que tem inimizades só tem a perder, em todos os
sentidos. Nós dependemos um dos outros.
AP – Você tem cultivado as amizades ou contribuído para inimizades?
• A inimizade, em geral é resultado da soberba e arrogância.
Deus abomina o coração altivo (Pv 6.16,17).
• Quando a pessoa começa acreditar que é superior aos
outros, ele torna-se um "semeador" de inimizades e
contendas.
• Em Cristo somos todos iguais: "Nisto não há judeu nem
grego; [...] porque todos vós sois um em Cristo Jesus" (Gl
3.28).
• As pessoas que promovem a inimizade não podem
agradar a Deus (At 10.34; Tg 2.8,9).
• O soberbo precisa buscar perdão e mudar de
comportamento (1 Co 3.3).
• AP – Você tem sido humilde ou soberbo?
• As inimizades, muitas vezes, acabam gerando na igreja as
facções e divisões.
• Algumas pessoas não se relacionam bem com as pessoas
e, além disso, também promove dissensões.
• Na igreja de Corinto, os irmãos estavam divididos em
busca de atender interesses próprios ou de grupos (1 Co
1.12).
• Paulo adverte: "Está Cristo dividido? Foi Paulo crucificado
por vós?" (1 Co 1.13).
• O que deve prevalecer na igreja é o amor e respeito (Cl
3.13,14). Seja um exemplo! (Cl 3.12).
• AP – Existe divisões na igreja que você congrega? Qual a
sua contribuição?
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
III - VIVAMOS EM PAZ
• Paulo exorta a sermos sempre gratos a Deus, pois em
tudo somos dependente dele (Rm 11.17).
• Todos fomos alcançados pela graça de Deus e
devemos tratar as demais pessoas também com
misericórdia e manter um bom relacionamento.
• O favor divino (perdão sem merecimento) deve nos
conduzir ao amor o próximo e a vida de paz e união
(Sl 133.1).
• AP – Você tem demonstrado sua gratidão pela graça
de Deus em seus relacionamentos?
• A cruz é um dos símbolos mais conhecidos do
cristianismo, pois, mediante a fé no sacrifício de
Jesus, somos reconciliados com Deus.
• Jesus em sua morte tão cruel, não abriu a sua boca
para reclamar ou dizer palavras ofensivas aos seus
algozes (Is 53.7; Jo 3.16).
• Ele demonstrou ter paz e equilíbrio emocional
mesmo vivendo uma situação tão terrível.
• Ele sabia o porquê de sua missão.
• AP – O que podemos aprender com Cristo?
• Jesus veio ao mundo com uma missão, morrer na cruz
pelos nossos pecados.
• Ele também nos deu uma missão (Mt 28.19,20).
• Para darmos cumprimento a essa missão, precisamos
viver em paz com todos.
• Anunciemos ao mundo que somente Jesus pode nos
dar a verdadeira paz.
• AP – Você pode cumprir sua missão por meio de seu
testemunho pessoal?
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
• Nesta lição nós aprendemos que:
1. Podemos não ter uma vida tranquila, mas podemos
interferir para termos uma vida em paz, independente
das circunstâncias.
2. As inimizades e dissensões não contribuem para uma
vida feliz e prospera, pelo contrário.
3. A graça de Deus para conosco por meio da cruz de
Cristo deve ser nosso referencial para termos paz com
todas as pessoas.
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017
Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-
Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-
Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-
mandycrux
 
O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4 O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4
Quenia Damata
 
As obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santoAs obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santo
antonio ferreira
 
Os frutos do espírito santo
Os frutos do espírito santoOs frutos do espírito santo
Os frutos do espírito santo
Presentepravoce SOS
 
Apresentação compromisso, fidelidade e honra ao senhor.
Apresentação   compromisso, fidelidade e honra ao senhor.Apresentação   compromisso, fidelidade e honra ao senhor.
Apresentação compromisso, fidelidade e honra ao senhor.
eschappy
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
Lourinaldo Serafim
 
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Márcio Martins
 
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizadesLBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
Natalino das Neves Neves
 
O PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANA
O PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANAO PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANA
O PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANA
Sandra Dias
 
LIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANA
LIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANALIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANA
LIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANA
Lourinaldo Serafim
 
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJASLIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
Lourinaldo Serafim
 
O fruto do espírito
O fruto do espíritoO fruto do espírito
O fruto do espírito
Emerson Nascimento
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
Vania Oliveira
 
Intr. Fruto do Espírito
Intr.   Fruto do EspíritoIntr.   Fruto do Espírito
Intr. Fruto do Espírito
Carlos Oliveira
 
Propósito com a santificação.
Propósito com a santificação.Propósito com a santificação.
Propósito com a santificação.
Quenia Damata
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Quenia Damata
 
Confronto histórico
Confronto históricoConfronto histórico
Confronto histórico
Tiago Vieira
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
Joselito Machado
 
A fé e eu...
A fé e eu...A fé e eu...
A fé e eu...
Pastor Paulo Francisco
 
"Deus é por nós"
"Deus é por nós""Deus é por nós"
"Deus é por nós"
JUERP
 

Mais procurados (20)

Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-
Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-
Aula 2-caráter-moldado-pelo-espírito-santo-
 
O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4 O adolescente e a temperança - lição 4
O adolescente e a temperança - lição 4
 
As obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santoAs obras da carne e os frutos do espírito santo
As obras da carne e os frutos do espírito santo
 
Os frutos do espírito santo
Os frutos do espírito santoOs frutos do espírito santo
Os frutos do espírito santo
 
Apresentação compromisso, fidelidade e honra ao senhor.
Apresentação   compromisso, fidelidade e honra ao senhor.Apresentação   compromisso, fidelidade e honra ao senhor.
Apresentação compromisso, fidelidade e honra ao senhor.
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
 
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
 
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizadesLBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
 
O PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANA
O PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANAO PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANA
O PERIGO DA BUSCA PELA AUTORREALIZAÇÃO HUMANA
 
LIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANA
LIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANALIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANA
LIÇÃO 10 - O PERIGO DA BUSCA PELA AUTOREALIZAÇÃO HUMANA
 
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJASLIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
 
O fruto do espírito
O fruto do espíritoO fruto do espírito
O fruto do espírito
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
 
Intr. Fruto do Espírito
Intr.   Fruto do EspíritoIntr.   Fruto do Espírito
Intr. Fruto do Espírito
 
Propósito com a santificação.
Propósito com a santificação.Propósito com a santificação.
Propósito com a santificação.
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
 
Confronto histórico
Confronto históricoConfronto histórico
Confronto histórico
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 
A fé e eu...
A fé e eu...A fé e eu...
A fé e eu...
 
"Deus é por nós"
"Deus é por nós""Deus é por nós"
"Deus é por nós"
 

Destaque

Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3
Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3
Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3
LAZNas Chevron
 
Pasatiempo
PasatiempoPasatiempo
Bir Kırık dilekçe
Bir Kırık dilekçeBir Kırık dilekçe
Bir Kırık dilekçe
irfcan
 
20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜
20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜
20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜
choujimmy
 
Zikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri Pilihan
Zikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri PilihanZikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri Pilihan
Zikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri Pilihan
Language Explore
 
Le monde d’après-demain
Le monde d’après-demainLe monde d’après-demain
Le monde d’après-demain
Audrey Tang
 
الكهوف والمغارات
الكهوف والمغاراتالكهوف والمغارات
الكهوف والمغارات
Ahmed Alnimr
 
追尋 — 鹿港到眷村的歲月
追尋 — 鹿港到眷村的歲月追尋 — 鹿港到眷村的歲月
追尋 — 鹿港到眷村的歲月
Audrey Tang
 
فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا
فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا
فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا
muzaffertahir9
 
Filosofía para principiantes - Rius
Filosofía para principiantes - RiusFilosofía para principiantes - Rius
Filosofía para principiantes - Rius
JasterRogue2
 
Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari .
 Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari . Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari .
Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari .
Sadek KHEDDACHE
 
Mοναστήρι της Παναγίας Έλωνας
Mοναστήρι της Παναγίας  ΈλωναςMοναστήρι της Παναγίας  Έλωνας
Mοναστήρι της Παναγίας Έλωνας
Iliana Kouvatsou
 
Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)
Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)
Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)
Tim O'Reilly
 
Profilo di credibilita persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...
Profilo di credibilita  persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...Profilo di credibilita  persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...
Profilo di credibilita persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...
Credibility Profile
 
أذكار الصباح adhkar of the morning
أذكار الصباح adhkar of the morningأذكار الصباح adhkar of the morning
أذكار الصباح adhkar of the morning
Hope For Success
 
Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...
Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...
Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...
secof
 
lundi Saint v2.0
lundi Saint v2.0lundi Saint v2.0
lundi Saint v2.0
AgendaCopte
 
Glorification de la Sainte Vierge Marie
Glorification de la Sainte Vierge MarieGlorification de la Sainte Vierge Marie
Glorification de la Sainte Vierge Marie
AgendaCopte
 
Mon inspiration du Jour
Mon inspiration du JourMon inspiration du Jour
Mon inspiration du Jour
COM COM GIRLS
 

Destaque (20)

Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3
Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3
Weekly Newsletter LAZNas Chevron Rumbai edisi Agustus 2016 week 3
 
Pasatiempo
PasatiempoPasatiempo
Pasatiempo
 
Bir Kırık dilekçe
Bir Kırık dilekçeBir Kırık dilekçe
Bir Kırık dilekçe
 
20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜
20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜
20161207 全284+拉頁 譚氏六修族譜
 
Zikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri Pilihan
Zikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri PilihanZikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri Pilihan
Zikir Berganda & Doā Yang Merangkumi - Siri Pilihan
 
Le monde d’après-demain
Le monde d’après-demainLe monde d’après-demain
Le monde d’après-demain
 
الكهوف والمغارات
الكهوف والمغاراتالكهوف والمغارات
الكهوف والمغارات
 
追尋 — 鹿港到眷村的歲月
追尋 — 鹿港到眷村的歲月追尋 — 鹿港到眷村的歲月
追尋 — 鹿港到眷村的歲月
 
فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا
فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا
فیصلہ قرآن و سنت کا چلے گا
 
Filosofía para principiantes - Rius
Filosofía para principiantes - RiusFilosofía para principiantes - Rius
Filosofía para principiantes - Rius
 
Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari .
 Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari . Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari .
Sagesses d'Ibn 'Atta Allah al Iskandari .
 
Mοναστήρι της Παναγίας Έλωνας
Mοναστήρι της Παναγίας  ΈλωναςMοναστήρι της Παναγίας  Έλωνας
Mοναστήρι της Παναγίας Έλωνας
 
Multiple mouse
Multiple mouseMultiple mouse
Multiple mouse
 
Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)
Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)
Picnic version: The Clothesline Paradox and the Sharing Economy (pdf with notes)
 
Profilo di credibilita persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...
Profilo di credibilita  persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...Profilo di credibilita  persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...
Profilo di credibilita persuasione etica- quali fattori danno al cliente piu...
 
أذكار الصباح adhkar of the morning
أذكار الصباح adhkar of the morningأذكار الصباح adhkar of the morning
أذكار الصباح adhkar of the morning
 
Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...
Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...
Programa mexicano de hermanamientos y cooperación internacional descentraliza...
 
lundi Saint v2.0
lundi Saint v2.0lundi Saint v2.0
lundi Saint v2.0
 
Glorification de la Sainte Vierge Marie
Glorification de la Sainte Vierge MarieGlorification de la Sainte Vierge Marie
Glorification de la Sainte Vierge Marie
 
Mon inspiration du Jour
Mon inspiration du JourMon inspiration du Jour
Mon inspiration du Jour
 

Semelhante a Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017

LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfiasLBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
Natalino das Neves Neves
 
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizadeslição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
Erberson Pinheiro
 
Lição 04 - Pela fé temos paz com Deus
Lição 04 - Pela fé temos paz com DeusLição 04 - Pela fé temos paz com Deus
Lição 04 - Pela fé temos paz com Deus
Márcio Pereira
 
Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos
Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamosPerdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos
Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos
EBJ IPBCP
 
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Márcio Martins
 
Lição 10 Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejas
Lição 10   Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejasLição 10   Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejas
Lição 10 Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejas
Rogério Silva
 
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvaçãoLição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
Regio Davis
 
O fruto do espirito santo
O fruto do espirito santoO fruto do espirito santo
O fruto do espirito santo
Minerva Souza
 
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 6 - A Razão da Nossa EsperançaLição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Éder Tomé
 
3º trimestre 2015 juvenis lição 08
3º trimestre 2015 juvenis lição 083º trimestre 2015 juvenis lição 08
3º trimestre 2015 juvenis lição 08
Joel Silva
 
Juvenis lição 08 - 3º trimestre 2015
Juvenis   lição 08 - 3º trimestre 2015Juvenis   lição 08 - 3º trimestre 2015
Juvenis lição 08 - 3º trimestre 2015
Joel Oliveira
 
Aula 4 - Teologia Sistemática IV
Aula 4 - Teologia Sistemática IVAula 4 - Teologia Sistemática IV
Aula 4 - Teologia Sistemática IV
ssuser54efaa
 
1 co 9 frutos do espirito
1 co 9 frutos do espirito1 co 9 frutos do espirito
1 co 9 frutos do espirito
Moises Rotiman
 
Estudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espíritoEstudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espírito
Reginaldo Pacheco
 
Lição 04 - A justificação pela fé.pptx
Lição 04 - A justificação pela fé.pptxLição 04 - A justificação pela fé.pptx
Lição 04 - A justificação pela fé.pptx
Joel Silva
 
Lição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago subsídios
Lição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago   subsídiosLição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago   subsídios
Lição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago subsídios
Luis Carlos Oliveira
 
Cura-da-alma-2012.ppt
Cura-da-alma-2012.pptCura-da-alma-2012.ppt
Cura-da-alma-2012.ppt
DomSidoBBQ
 
A humildade da sabedoria celestial_842014_GGR
A humildade da sabedoria celestial_842014_GGRA humildade da sabedoria celestial_842014_GGR
A humildade da sabedoria celestial_842014_GGR
Gerson G. Ramos
 
LIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDE
LIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDELIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDE
LIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDE
Ismael Isidio
 
Book cristo aquele-que-cura
Book cristo aquele-que-curaBook cristo aquele-que-cura
Book cristo aquele-que-cura
tadslideshare
 

Semelhante a Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017 (20)

LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfiasLBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
LBA Lição 7 - Benignidade, um escudo protetor contra as porfias
 
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizadeslição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
 
Lição 04 - Pela fé temos paz com Deus
Lição 04 - Pela fé temos paz com DeusLição 04 - Pela fé temos paz com Deus
Lição 04 - Pela fé temos paz com Deus
 
Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos
Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamosPerdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos
Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos
 
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
 
Lição 10 Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejas
Lição 10   Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejasLição 10   Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejas
Lição 10 Mansidão-torna o crente apto para evitar pelejas
 
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvaçãoLição 13 - A manifestação da graça da salvação
Lição 13 - A manifestação da graça da salvação
 
O fruto do espirito santo
O fruto do espirito santoO fruto do espirito santo
O fruto do espirito santo
 
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 6 - A Razão da Nossa EsperançaLição 6 - A Razão da Nossa Esperança
Lição 6 - A Razão da Nossa Esperança
 
3º trimestre 2015 juvenis lição 08
3º trimestre 2015 juvenis lição 083º trimestre 2015 juvenis lição 08
3º trimestre 2015 juvenis lição 08
 
Juvenis lição 08 - 3º trimestre 2015
Juvenis   lição 08 - 3º trimestre 2015Juvenis   lição 08 - 3º trimestre 2015
Juvenis lição 08 - 3º trimestre 2015
 
Aula 4 - Teologia Sistemática IV
Aula 4 - Teologia Sistemática IVAula 4 - Teologia Sistemática IV
Aula 4 - Teologia Sistemática IV
 
1 co 9 frutos do espirito
1 co 9 frutos do espirito1 co 9 frutos do espirito
1 co 9 frutos do espirito
 
Estudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espíritoEstudo sobre o fruto do espírito
Estudo sobre o fruto do espírito
 
Lição 04 - A justificação pela fé.pptx
Lição 04 - A justificação pela fé.pptxLição 04 - A justificação pela fé.pptx
Lição 04 - A justificação pela fé.pptx
 
Lição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago subsídios
Lição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago   subsídiosLição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago   subsídios
Lição 13 – a atualidade dos últimos conselhos de tiago subsídios
 
Cura-da-alma-2012.ppt
Cura-da-alma-2012.pptCura-da-alma-2012.ppt
Cura-da-alma-2012.ppt
 
A humildade da sabedoria celestial_842014_GGR
A humildade da sabedoria celestial_842014_GGRA humildade da sabedoria celestial_842014_GGR
A humildade da sabedoria celestial_842014_GGR
 
LIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDE
LIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDELIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDE
LIÇÃO 3 - A IMPORTÂNCIA DA SABEDORIA HUMILDE
 
Book cristo aquele-que-cura
Book cristo aquele-que-curaBook cristo aquele-que-cura
Book cristo aquele-que-cura
 

Último

21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 

Último (14)

21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 

Lição 05 Adulto 1 trimestre 2017

  • 6. • Na lição de hoje, estudaremos a paz como fruto do Espírito e a inimizade como obra da carne. • Da mesma forma que a alegria, estudada na lição passada, a paz que vem de cristo não depende de situações e circunstâncias. • Mesmo vivendo em uma sociedade violenta e injusta podemos ter a paz interna que somente Cristo pode dar.
  • 7. I - A PAZ QUE EXCEDE TODO ENTENDIMENTO
  • 8. • Podemos definir paz como um estado de tranquilidade e quietude interior que não depende de circunstâncias externas. • Eeirene (grego) = unidade e harmonia. • Sociedade atual = violência + doenças emocionais + medo = falta de paz. • A comunhão e intimidade com Deus é a solução para a falta de paz. • AP – Você está em paz? • Você está em paz com Deus e com as pessoas?
  • 9. • Como podemos estar em paz com Deus? Mediante a nossa justificação (Rm 5.1). • A inimizade que havia entre nós e Deus é desfeita, somos reconciliados (2 Co 5.18-20) por meio da obra de Cristo (Is 53.5; Ef 2.13-17). • Quando me perguntam se estou tranquilo (E aí, tudo tranquilo?) eu respondo: “tranquilo não, mas em paz”. • A tranquilidade nem sempre depende de mim, mas a paz sim! • AP – Conserve a paz com Deus? SE não tem, buque-a!
  • 10. • Que já tem essa paz com Deus precisa compartilhá-la(2 Co 5.20). • A paz que recebemos Espírito servirá também para o bem estar do próximo. Amor ao próximo (Mt 22.39). • Quem já experimentou a justificação e a reconciliação com Deus deve ser um pacificador (Mt 5.9). • Exemplo de Isaque(Gn 26.19-25). • No que depender de nós tenhamos paz com todos(Rm 12.18). • AP – Você tem sido um promotor da paz?
  • 12. II - INIMIZADES E CONTENDAS, AUSÊNCIA DE PAZ
  • 15. (Ef 2.14-16). • Paulo apresenta a inimizade, as contendas e as disputas como obras da carne (Gl 5.20). • A pessoa que tem inimizades só tem a perder, em todos os sentidos. Nós dependemos um dos outros. AP – Você tem cultivado as amizades ou contribuído para inimizades?
  • 16. • A inimizade, em geral é resultado da soberba e arrogância. Deus abomina o coração altivo (Pv 6.16,17). • Quando a pessoa começa acreditar que é superior aos outros, ele torna-se um "semeador" de inimizades e contendas. • Em Cristo somos todos iguais: "Nisto não há judeu nem grego; [...] porque todos vós sois um em Cristo Jesus" (Gl 3.28). • As pessoas que promovem a inimizade não podem agradar a Deus (At 10.34; Tg 2.8,9). • O soberbo precisa buscar perdão e mudar de comportamento (1 Co 3.3). • AP – Você tem sido humilde ou soberbo?
  • 17. • As inimizades, muitas vezes, acabam gerando na igreja as facções e divisões. • Algumas pessoas não se relacionam bem com as pessoas e, além disso, também promove dissensões. • Na igreja de Corinto, os irmãos estavam divididos em busca de atender interesses próprios ou de grupos (1 Co 1.12). • Paulo adverte: "Está Cristo dividido? Foi Paulo crucificado por vós?" (1 Co 1.13). • O que deve prevalecer na igreja é o amor e respeito (Cl 3.13,14). Seja um exemplo! (Cl 3.12). • AP – Existe divisões na igreja que você congrega? Qual a sua contribuição?
  • 19. III - VIVAMOS EM PAZ
  • 20. • Paulo exorta a sermos sempre gratos a Deus, pois em tudo somos dependente dele (Rm 11.17). • Todos fomos alcançados pela graça de Deus e devemos tratar as demais pessoas também com misericórdia e manter um bom relacionamento. • O favor divino (perdão sem merecimento) deve nos conduzir ao amor o próximo e a vida de paz e união (Sl 133.1). • AP – Você tem demonstrado sua gratidão pela graça de Deus em seus relacionamentos?
  • 21. • A cruz é um dos símbolos mais conhecidos do cristianismo, pois, mediante a fé no sacrifício de Jesus, somos reconciliados com Deus. • Jesus em sua morte tão cruel, não abriu a sua boca para reclamar ou dizer palavras ofensivas aos seus algozes (Is 53.7; Jo 3.16). • Ele demonstrou ter paz e equilíbrio emocional mesmo vivendo uma situação tão terrível. • Ele sabia o porquê de sua missão. • AP – O que podemos aprender com Cristo?
  • 22. • Jesus veio ao mundo com uma missão, morrer na cruz pelos nossos pecados. • Ele também nos deu uma missão (Mt 28.19,20). • Para darmos cumprimento a essa missão, precisamos viver em paz com todos. • Anunciemos ao mundo que somente Jesus pode nos dar a verdadeira paz. • AP – Você pode cumprir sua missão por meio de seu testemunho pessoal?
  • 24. • Nesta lição nós aprendemos que: 1. Podemos não ter uma vida tranquila, mas podemos interferir para termos uma vida em paz, independente das circunstâncias. 2. As inimizades e dissensões não contribuem para uma vida feliz e prospera, pelo contrário. 3. A graça de Deus para conosco por meio da cruz de Cristo deve ser nosso referencial para termos paz com todas as pessoas.