SlideShare uma empresa Scribd logo
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS
LÍNGUA PORTUGUESA
Professor Ivair Alves de Souza
Ensino Médio
2022
HABILIDADE DA BNCC
2022
(EM13LGG305) Mapear e criar, por meio de práticas de linguagem, possibilidades de
atuação social, política, artística e cultural para enfrentar desafios contemporâneos, discutindo
princípios e objetivos dessa atuação de maneira crítica, criativa, solidária e ética.
OBJETIVO DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM
OBJETO DE CONHECIMENTO
HABILIDADES SAEB/SAEGO
2022
(GO-EMLGG305A) Utilizar situações de estudo, procedimentos e estratégias de leitura e
escrita, adequados aos objetivos e à natureza do conhecimento proposto, de forma
consciente e ativa para fazer intervenções na realidade.
Categorias sintáticas, coordenação e subordinação. Construção de sentidos a partir de textos
verbais e não verbais.
Estabelecer relações lógico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunções,
advérbios etc.
2022
. Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI989. Acesso em: 27 maio 2022.
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI986.
Acesso
em:
27
maio
2022.
“O artigo de opinião é um gênero
textual pertencente ao tipo argumentativo e
tem como intencionalidade apresentar o ponto de
vista do(a) articulista – locutor(a) do texto –
acerca de algum assunto relevante socialmente.
Circula, em especial, em jornais, revistas e sites
da internet, e pode tratar de temas polêmicos, em
que são apresentados fatos, dados estatísticos e
discursos de autoridade para fundamentar a tese
apresentada.”
2022
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI987.
Acesso
em:
27
maio
2022.
Frase
Bom dia!
Boa tarde!
Socorro!
Silêncio!
FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO
2022
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI987.
Acesso
em:
27
maio
2022.
Oração
Eu estudei muito!
Hoje, vamos ao cinema!
2022
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI987.A
cesso
em:
27
maio
2022.
Período simples
Chegaram muito cedo à escola.
Período composto
Ela chegou cedo à escola e fez todas as atividades.
2022
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI985.
Acesso
em:
27
maio
2022.
ARTIGO DE OPINIÃO /ADVÉRBIOS
Preconceito etário
Quando fazemos a pergunta "você tem preconceito com
pessoas mais novas ou mais velhas?", a maioria responde
categoricamente que não. Muitas vezes, pode até parecer
um questionamento estranho, porque estamos o tempo
todo lidando com gente de várias idades. Mas, quando
paramos para analisar as relações dentro das empresas,
que reúnem gerações diferentes, alguns aspectos dessa
questão vêm à tona.
Segundo pesquisa do Infojobs, 70% dos profissionais brasileiros acima dos 40
anos já sofreram preconceito por causa da idade. [...]
José Carlos Nascimento – Diretor de RH
Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022.
2022
PERÍODOS / ORAÇÕES COORDENADAS
Preconceito etário
Quando fazemos a pergunta "você tem preconceito com pessoas
mais novas ou mais velhas?", a maioria responde categoricamente
que não. Muitas vezes, pode até parecer um questionamento
estranho, porque estamos o tempo todo lidando com gente de várias
idades. Mas, quando paramos para analisar as relações dentro das
empresas, que reúnem gerações diferentes, alguns aspectos dessa
questão vêm à tona.
José Carlos Nascimento – Diretor de RH
Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022.
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI985.
Acesso
em:
27
maio
2022.
Segundo pesquisa do Infojobs, 70% dos profissionais brasileiros acima dos 40 anos já
sofreram preconceito por causa da idade. [...]
2022
PERÍODOS / ORAÇÕES COORDENADAS
Preconceito etário
Portanto, as diferenças geracionais sempre existiram e sempre
vão existir. O ponto aqui não é eliminá-las, mas trabalhar para que
os aspectos positivos dessas diferenças favoreçam o
desenvolvimento de todos os envolvidos.
Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022.
José Carlos Nascimento – Diretor de RH
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI985.
Acesso
em:
27
maio
2022.
2022
Em muitos casos, esse conflito de gerações acontece de
forma involuntária, são os vieses inconscientes – estereótipos que
construímos a partir de experiências pessoais. Sabe aquelas
atitudes preconceituosas que cometemos sem perceber? Por
exemplo, quando sugerimos, mesmo que de brincadeira, que o
estagiário faça o café ou ignoramos as sugestões de um colega
mais velho. Ambos demonstram que temos dificuldades em lidar
com pessoas de diferentes idades, seja porque "aprendemos" que os jovens são pouco
responsáveis para desempenharem tarefas complexas, seja porque os velhos só têm ideias
ultrapassadas.
Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022.
Disponível
em:
https://tinyurl.com/GEPROMLPI985.
Acesso
em:
27
maio
2022.
2022
Disponível em:. https://tinyurl.com/GEPROMLPI925. Acesso em: 28 abr. 2022.
CIDADEZINHA QUALQUER
Casas entre bananeiras
mulheres entre laranjeiras
pomar amor cantar.
Um homem vai devagar.
Um cachorro vai devagar.
Um burro vai devagar.
Devagar... as janelas olham.
Eta vida besta, meu Deus.
Carlos Drummond de Andrade
2022
Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI994. Acesso em: 27 maio 2022.
2022
(ENEM/2015) Leia o texto a seguir.
Rede social pode prever desempenho profissional, diz pesquisa
Pense duas vezes antes de postar qualquer item em seu perfil nas redes sociais. O conselho,
repetido à exaustão por consultores de carreira por aí, acaba de ganhar um status, digamos, mais
científico. De acordo com resultados da pesquisa, uma rápida análise do perfil nas redes sociais
pode prever o desempenho profissional do candidato a uma oportunidade de emprego. Para
chegar a essa conclusão, uma equipe de pesquisadores da Northern Illinois University, University
of Evansville e Auburn University pediu a um professor universitário e dois alunos para
analisarem perfis de um grupo de universitários.
Após checar fotos, postagens, número de amigos e interesses por 10 minutos, o trio considerou
itens como consciência, afabilidade, extroversão, estabilidade emocional e receptividade. Seis
meses depois, as impressões do grupo foram comparadas com a análise de desempenho feita
pelos chefes dos jovens que tiveram seus perfis analisados. Os pesquisadores encontraram uma
forte correlação entre as características descritas a partir dos dados da rede e o comportamento
dos universitários no ambiente de trabalho.
Disponível em: http://exame.abril.com.br. Acesso em: 29 fev. 2012 (adaptado).
2022
Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI99. Acesso em: 28 abr. 2022.
Segundo o texto, no mundo do trabalho, esse conhecimento permite
(A) identificar a capacidade física atribuída ao candidato.
(B) certificar a competência profissional do candidato.
(C) controlar o comportamento virtual e real do candidato.
(D) avaliar informações pessoais e comportamentais sobre o candidato.
(E) aferir a capacidade intelectual do candidato na resolução de problemas.
(D) avaliar informações pessoais e comportamentais sobre o candidato.
DICAS DO TIO IVAIR
 Estudar textos opinativos.
 Atentar-se aos períodos compostos e
conectivos coesivos.
2022
Forte abraço!
Beijo no coração!
2022
2022

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)
Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)
Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)
Paula Meyer Piagentini
 
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAIS
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAISSEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAIS
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAIS
GernciadeProduodeMat
 
Introdução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação ArgumentativaIntrodução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação Argumentativa
Cynthia Funchal
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
GernciadeProduodeMat
 
Genero textual charge
Genero textual chargeGenero textual charge
Genero textual charge
Fabio Junior Sarti
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
Marcia Simone
 
Descritores spaece - língua portuguesa
Descritores   spaece - língua portuguesaDescritores   spaece - língua portuguesa
Descritores spaece - língua portuguesa
PacatubaLei
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
Beatriz Araujo
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
fabrinnem
 
Realismo no brasil
Realismo no brasilRealismo no brasil
Realismo no brasil
Karoline Tavares
 
Coesão e coerência
Coesão e coerênciaCoesão e coerência
Coesão e coerência
Rossana Silva
 
Texto dissertativo expositivo
Texto dissertativo expositivoTexto dissertativo expositivo
Texto dissertativo expositivo
Ana Lúcia Moura Neves
 
Aula de Revisão para a redação do Enem
Aula de Revisão para a redação do EnemAula de Revisão para a redação do Enem
Aula de Revisão para a redação do Enem
João Mendonça
 
redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa
Luciene Gomes
 
Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral
Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral
Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral
Val Valença
 
Sequência didática a arte de argumentar
Sequência didática  a arte de argumentarSequência didática  a arte de argumentar
Sequência didática a arte de argumentar
Renally Arruda
 
Intertextualidade
Intertextualidade Intertextualidade
Intertextualidade
Denise
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
GernciadeProduodeMat
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
marlospg
 
Tirinhas
TirinhasTirinhas
Tirinhas
Sônia Marques
 

Mais procurados (20)

Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)
Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)
Lista de exercícios de Literatura (Vanguardas Europeias e Modernismo no Brasil)
 
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAIS
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAISSEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAIS
SEMANA 04 - LÍNGUA PORTUGUESA – 2ª SÉRIE – GÊNEROS DISCURSIVOS E DIGITAIS
 
Introdução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação ArgumentativaIntrodução - Dissertação Argumentativa
Introdução - Dissertação Argumentativa
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
LÍNGUA PORTUGUESA | 2ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP06)
 
Genero textual charge
Genero textual chargeGenero textual charge
Genero textual charge
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Descritores spaece - língua portuguesa
Descritores   spaece - língua portuguesaDescritores   spaece - língua portuguesa
Descritores spaece - língua portuguesa
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
 
Realismo no brasil
Realismo no brasilRealismo no brasil
Realismo no brasil
 
Coesão e coerência
Coesão e coerênciaCoesão e coerência
Coesão e coerência
 
Texto dissertativo expositivo
Texto dissertativo expositivoTexto dissertativo expositivo
Texto dissertativo expositivo
 
Aula de Revisão para a redação do Enem
Aula de Revisão para a redação do EnemAula de Revisão para a redação do Enem
Aula de Revisão para a redação do Enem
 
redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa
 
Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral
Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral
Guia de aprendizagem de Português 1° ano do Ensino Médio do Tempo Integral
 
Sequência didática a arte de argumentar
Sequência didática  a arte de argumentarSequência didática  a arte de argumentar
Sequência didática a arte de argumentar
 
Intertextualidade
Intertextualidade Intertextualidade
Intertextualidade
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Tirinhas
TirinhasTirinhas
Tirinhas
 

Semelhante a LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁTICAS, COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO.

Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª EdiçãoDo Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Idalina Lourido Santos
 
O pensamento crítico através do letramento visual
O pensamento crítico através do letramento visualO pensamento crítico através do letramento visual
O pensamento crítico através do letramento visual
Instituto Federal de Educação do Piaui- IF-PI
 
Download Atividades 1 P.M
Download Atividades 1 P.MDownload Atividades 1 P.M
Download Atividades 1 P.M
Dena Pedagogia
 
DownloadAtividades 1 P.M
DownloadAtividades 1 P.MDownloadAtividades 1 P.M
DownloadAtividades 1 P.M
Dena Pedagogia
 
Apresentação janice raimundo
Apresentação janice raimundoApresentação janice raimundo
Apresentação janice raimundo
janiteacher Simoes
 
Relatório Jovem Brasil 2013
Relatório Jovem Brasil 2013Relatório Jovem Brasil 2013
Relatório Jovem Brasil 2013
ivanchagasp
 
Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...
Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...
Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...
Fabio Ferreira
 
Lp saber 5, 13 e 19
Lp saber 5, 13 e 19Lp saber 5, 13 e 19
Lp saber 5, 13 e 19
Calina Damasceno
 
6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno
Orientar Consultoria Ltda
 
PROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médio
PROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médioPROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médio
PROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médio
adenildabp
 
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino AprendizagemEnsinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Fabio Batalha M Barros
 
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médioProposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
guestc0a037
 
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médioProposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
guestc0a037
 
O papeldo orientador profissional
O papeldo orientador profissionalO papeldo orientador profissional
O papeldo orientador profissional
Cintia Monteiro
 
Cotidiano professor online
Cotidiano professor onlineCotidiano professor online
Cotidiano professor online
Gustavo Moretto
 
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptxProjeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Marcos634937
 
Projetoarturramos
ProjetoarturramosProjetoarturramos
Projetoarturramos
fatima66souza
 
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Nadie Christina Machado-Spence
 
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Nadie Christina Machado-Spence
 
Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...
Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...
Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...
Editora Moderna
 

Semelhante a LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁTICAS, COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO. (20)

Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª EdiçãoDo Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
Do Clique ao Toque UCP Braga - 5ª Edição
 
O pensamento crítico através do letramento visual
O pensamento crítico através do letramento visualO pensamento crítico através do letramento visual
O pensamento crítico através do letramento visual
 
Download Atividades 1 P.M
Download Atividades 1 P.MDownload Atividades 1 P.M
Download Atividades 1 P.M
 
DownloadAtividades 1 P.M
DownloadAtividades 1 P.MDownloadAtividades 1 P.M
DownloadAtividades 1 P.M
 
Apresentação janice raimundo
Apresentação janice raimundoApresentação janice raimundo
Apresentação janice raimundo
 
Relatório Jovem Brasil 2013
Relatório Jovem Brasil 2013Relatório Jovem Brasil 2013
Relatório Jovem Brasil 2013
 
Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...
Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...
Slide Projeto jovem aprendiz: uma nova perspectiva do adolescente na sua rela...
 
Lp saber 5, 13 e 19
Lp saber 5, 13 e 19Lp saber 5, 13 e 19
Lp saber 5, 13 e 19
 
6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno
 
PROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médio
PROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médioPROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médio
PROJETO DE VIDA componente curricular do Novo Ensino médio
 
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino AprendizagemEnsinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
 
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médioProposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
 
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médioProposta de Orientação Profissional - ensino médio
Proposta de Orientação Profissional - ensino médio
 
O papeldo orientador profissional
O papeldo orientador profissionalO papeldo orientador profissional
O papeldo orientador profissional
 
Cotidiano professor online
Cotidiano professor onlineCotidiano professor online
Cotidiano professor online
 
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptxProjeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
 
Projetoarturramos
ProjetoarturramosProjetoarturramos
Projetoarturramos
 
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
 
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]Apresentação p as novo_hamburgo[2]
Apresentação p as novo_hamburgo[2]
 
Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...
Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...
Palestra "Nossos alunos e as competências socioemocionais" - Ciclo de eventos...
 

Mais de GernciadeProduodeMat

SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
GernciadeProduodeMat
 
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
GernciadeProduodeMat
 
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas característicasSemana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
GernciadeProduodeMat
 
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - BiodiversidadeSemana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
GernciadeProduodeMat
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
GernciadeProduodeMat
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptxLINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
GernciadeProduodeMat
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
GernciadeProduodeMat
 
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
GernciadeProduodeMat
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
GernciadeProduodeMat
 
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
GernciadeProduodeMat
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
GernciadeProduodeMat
 

Mais de GernciadeProduodeMat (20)

SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
SEMANA 02 | BIOLOGIA – BIOLOGIA – 2ª SÉRIE – TEMA: FEUDALISMO E IDADE MÉDIA.
 
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
SEMANA 02 | LÍNGUA PORTUGUESA| IVAIR | 1ª SÉRIE | CONTEXTO DE PRODUÇÃO DO GÊN...
 
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
Semana 02 | Matemática | 1ª série| Notação científica e arredondamento de dados
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
Semana 01 - Língua Portuguesa - 3ª Série - Estratégias de leitura e compreens...
 
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
Semana 01 - Língua Portuguesa - 2ª Série - Gêneros discursivos
 
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas característicasSemana 01-  Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
Semana 01- Matemática - 2ª Série - Polígonos regulares e suas características
 
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural Semana 01 - HISTÓRIA -  1ª Série - Identidade Cultural
Semana 01 - HISTÓRIA - 1ª Série - Identidade Cultural
 
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - BiodiversidadeSemana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
Semana 01 - Biologia - 1ª Série - Biodiversidade
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS -  LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA 2ª Série Port Ivair PPT TB...
 
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS 1ª Séries Hist. TBC Fernanda 18 10 Seman...
 
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptxLINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Port TBC Ivair 14 11 Semana 33.pptx
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 1ª Série Mat TBC Silvio 17 10 Semana 29.pptx
 
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
1ª série Educação Física Marcelo PPT TBC 25 10.pptx
 
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptxMATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS 2ª Série 28-10-2022 semana 30.pptx
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 1ª SÉRIE
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS - HISTÓRIA – FERNANDA – 3ª SÉRIE
 
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS - BIOLOGIA – MURILO – 2ª SÉRIE – ZOOL...
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA –1ª SÉR...
 
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
MATEMÁTICAS E SUAS TECNOLOGIAS – MATEMÁTICA – 1ª SÉRIE –POLÍGONOS REGULARES (...
 
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
CIÊNCIAS DA HUMANAS SOCIAIS E APLICADAS E SUAS TECNOLOGIAS - HISTÓRIA– 1ª SÉR...
 

Último

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 

Último (20)

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 

LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS - LÍNGUA PORTUGUESA –3ª SÉRIE –CATEGORIAS SINTÁTICAS, COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO.

  • 1. LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS LÍNGUA PORTUGUESA Professor Ivair Alves de Souza Ensino Médio 2022
  • 2. HABILIDADE DA BNCC 2022 (EM13LGG305) Mapear e criar, por meio de práticas de linguagem, possibilidades de atuação social, política, artística e cultural para enfrentar desafios contemporâneos, discutindo princípios e objetivos dessa atuação de maneira crítica, criativa, solidária e ética.
  • 3. OBJETIVO DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM OBJETO DE CONHECIMENTO HABILIDADES SAEB/SAEGO 2022 (GO-EMLGG305A) Utilizar situações de estudo, procedimentos e estratégias de leitura e escrita, adequados aos objetivos e à natureza do conhecimento proposto, de forma consciente e ativa para fazer intervenções na realidade. Categorias sintáticas, coordenação e subordinação. Construção de sentidos a partir de textos verbais e não verbais. Estabelecer relações lógico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunções, advérbios etc.
  • 4. 2022 . Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI989. Acesso em: 27 maio 2022. Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI986. Acesso em: 27 maio 2022. “O artigo de opinião é um gênero textual pertencente ao tipo argumentativo e tem como intencionalidade apresentar o ponto de vista do(a) articulista – locutor(a) do texto – acerca de algum assunto relevante socialmente. Circula, em especial, em jornais, revistas e sites da internet, e pode tratar de temas polêmicos, em que são apresentados fatos, dados estatísticos e discursos de autoridade para fundamentar a tese apresentada.”
  • 7. 2022 Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI987.A cesso em: 27 maio 2022. Período simples Chegaram muito cedo à escola. Período composto Ela chegou cedo à escola e fez todas as atividades.
  • 8. 2022 Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI985. Acesso em: 27 maio 2022. ARTIGO DE OPINIÃO /ADVÉRBIOS Preconceito etário Quando fazemos a pergunta "você tem preconceito com pessoas mais novas ou mais velhas?", a maioria responde categoricamente que não. Muitas vezes, pode até parecer um questionamento estranho, porque estamos o tempo todo lidando com gente de várias idades. Mas, quando paramos para analisar as relações dentro das empresas, que reúnem gerações diferentes, alguns aspectos dessa questão vêm à tona. Segundo pesquisa do Infojobs, 70% dos profissionais brasileiros acima dos 40 anos já sofreram preconceito por causa da idade. [...] José Carlos Nascimento – Diretor de RH Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022.
  • 9. 2022 PERÍODOS / ORAÇÕES COORDENADAS Preconceito etário Quando fazemos a pergunta "você tem preconceito com pessoas mais novas ou mais velhas?", a maioria responde categoricamente que não. Muitas vezes, pode até parecer um questionamento estranho, porque estamos o tempo todo lidando com gente de várias idades. Mas, quando paramos para analisar as relações dentro das empresas, que reúnem gerações diferentes, alguns aspectos dessa questão vêm à tona. José Carlos Nascimento – Diretor de RH Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022. Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI985. Acesso em: 27 maio 2022. Segundo pesquisa do Infojobs, 70% dos profissionais brasileiros acima dos 40 anos já sofreram preconceito por causa da idade. [...]
  • 10. 2022 PERÍODOS / ORAÇÕES COORDENADAS Preconceito etário Portanto, as diferenças geracionais sempre existiram e sempre vão existir. O ponto aqui não é eliminá-las, mas trabalhar para que os aspectos positivos dessas diferenças favoreçam o desenvolvimento de todos os envolvidos. Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022. José Carlos Nascimento – Diretor de RH Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI985. Acesso em: 27 maio 2022.
  • 11. 2022 Em muitos casos, esse conflito de gerações acontece de forma involuntária, são os vieses inconscientes – estereótipos que construímos a partir de experiências pessoais. Sabe aquelas atitudes preconceituosas que cometemos sem perceber? Por exemplo, quando sugerimos, mesmo que de brincadeira, que o estagiário faça o café ou ignoramos as sugestões de um colega mais velho. Ambos demonstram que temos dificuldades em lidar com pessoas de diferentes idades, seja porque "aprendemos" que os jovens são pouco responsáveis para desempenharem tarefas complexas, seja porque os velhos só têm ideias ultrapassadas. Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI988. Acesso em: 27 maio 2022. Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI985. Acesso em: 27 maio 2022.
  • 12. 2022 Disponível em:. https://tinyurl.com/GEPROMLPI925. Acesso em: 28 abr. 2022. CIDADEZINHA QUALQUER Casas entre bananeiras mulheres entre laranjeiras pomar amor cantar. Um homem vai devagar. Um cachorro vai devagar. Um burro vai devagar. Devagar... as janelas olham. Eta vida besta, meu Deus. Carlos Drummond de Andrade
  • 14. 2022 (ENEM/2015) Leia o texto a seguir. Rede social pode prever desempenho profissional, diz pesquisa Pense duas vezes antes de postar qualquer item em seu perfil nas redes sociais. O conselho, repetido à exaustão por consultores de carreira por aí, acaba de ganhar um status, digamos, mais científico. De acordo com resultados da pesquisa, uma rápida análise do perfil nas redes sociais pode prever o desempenho profissional do candidato a uma oportunidade de emprego. Para chegar a essa conclusão, uma equipe de pesquisadores da Northern Illinois University, University of Evansville e Auburn University pediu a um professor universitário e dois alunos para analisarem perfis de um grupo de universitários. Após checar fotos, postagens, número de amigos e interesses por 10 minutos, o trio considerou itens como consciência, afabilidade, extroversão, estabilidade emocional e receptividade. Seis meses depois, as impressões do grupo foram comparadas com a análise de desempenho feita pelos chefes dos jovens que tiveram seus perfis analisados. Os pesquisadores encontraram uma forte correlação entre as características descritas a partir dos dados da rede e o comportamento dos universitários no ambiente de trabalho. Disponível em: http://exame.abril.com.br. Acesso em: 29 fev. 2012 (adaptado).
  • 15. 2022 Disponível em: https://tinyurl.com/GEPROMLPI99. Acesso em: 28 abr. 2022. Segundo o texto, no mundo do trabalho, esse conhecimento permite (A) identificar a capacidade física atribuída ao candidato. (B) certificar a competência profissional do candidato. (C) controlar o comportamento virtual e real do candidato. (D) avaliar informações pessoais e comportamentais sobre o candidato. (E) aferir a capacidade intelectual do candidato na resolução de problemas. (D) avaliar informações pessoais e comportamentais sobre o candidato.
  • 16. DICAS DO TIO IVAIR  Estudar textos opinativos.  Atentar-se aos períodos compostos e conectivos coesivos. 2022
  • 17. Forte abraço! Beijo no coração! 2022
  • 18. 2022