SlideShare uma empresa Scribd logo
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA
Prof. Thomás da Costa
thomascosta@aedu.com
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
A TECNOLOGIA JAVA
A TECNOLOGIA JAVA
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
• Originalmente criado para dispositivos embarcados.
• Iniciou a partir Projeto Green em Junho de 1991 por James Gosling, Mike
Sheridan and Patrick Naughton.
• Denominada inicialmente de Oak.
• Desenvolvido por James Gosling na Sun Microsystems em 1995.
• Em 1996 foi lançado a primeira versão do JDK 1.0.
• Premissas da Linguagem:
• Sem ponteiros (todos ficamos felizes).
• Independente de plataforma.
• Recurso de garbage collector.
• Alta confiabilidade.
• Bytecodes.
Histórico
Origens:
A TECNOLOGIA JAVA
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
A TECNOLOGIA JAVA
Fonte: http://viralpatel.net/blogs/java-virtual-machine-an-inside-story/
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Tem como principal funcionalidade executar os bytecodes gerado a partir dos
códigos Java, tornando a linguagem independente de plataforma. Além disso a
JVM possui outras responsabilidades:
• Gerenciamento de memória.
• Controle de threads.
• Comunicação com o Sistema Operacional e acessar métodos nativos.
• Pode executar outras linguagens além do Java como Groovy, Jython e JRuby.
JVM
Java Virtual Machine:
A TECNOLOGIA JAVA
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
A TECNOLOGIA JAVA
Java Platform Standard Edition 7
Fonte: http://docs.oracle.com/javase/7/docs/index.html
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
ECLIPSE
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
ECLIPSE
• Desenvolvido inicialmente pela IBM.
• Foi doado como software open-source.
• Totalmente gratuita.
• Ferramenta de desenvolvimento Java.
• Também utilizada em outras linguagens de programação.
• Baseada em Perspectivas.
• Efetua a compilação, depuração e execução de um programa em Java.
• Pode ser baixado do site:
• https://eclipse.org/
Eclipse
IDE:
Vamos conhecer alguns componentes do Eclipse.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
ECLIPSE
Eclipse
Selecionando uma workspace:
Local onde iremos colocar os nossos códigos fontes e projetos.
Diretório dos fontes
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Tela inicial:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Perspectiva Java:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando um Projeto:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando um Projeto:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando um Projeto:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando um Projeto:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando um pacote:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando um pacote:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando uma classe:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando uma classe:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Eclipse
Criando uma classe:
ECLIPSE
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
• Funcionamento de um programa Java.
• Variáveis.
• Condicionais.
• Laços.
• Vetores.
• String.
• Classes.
• Interfaces.
Java
O que vamos estudar:
A TECNOLOGIA JAVA
Vamos começar !!!
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
BÁSICO DA LINGUAGEM
BÁSICO DA LINGUAGEM
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo01 {
public static void main(String[] args) {
System.out.println("Olá Pessoal. Tudo Bem?");
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo02 {
public static void main(String[] args) {
// É uma forma de criar comentários em linha.
System.out.println("Imprimindo na saida do console");
System.err.println("Imprimindo na saida de erro do console");
System.out.print("Está forma não pula linha");
System.err.format("Saida %s formatada", new String("é"));
System.out.format("Esta %s também é formatada", new String("saida"));
// O método abaixo possui o conceito de varargs
System.out.format("%s formatada %s vários %s",
new String("Saida"),
new String("com"),
new String("paramêtros"));
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo03 {
public static void main(String[] args) {
int varInt;
double varDouble;
float varFloat;
long varLong;
boolean varBoolean;
byte varByte;
short varShort;
varInt = 2015;
varDouble = 768.35;
varFloat = 3.14159265f;
varLong = 250000000l;
varBoolean = true;
varByte = 8;
varShort = 3;
System.out.println("int: " + varInt);
System.out.println("double: " + varDouble);
System.out.println("float: " + varFloat);
System.out.println("long: " + varLong);
System.out.println("boolean: " + varBoolean);
System.out.println("byte: " + varByte);
System.out.println("short: " + varShort);
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo04 {
public static void main(String[] args) {
double media = 0;
double notaB1 = 5;
double notaB2 = 6;
media = (notaB1 * 0.4) + (notaB2 * 0.6);
if (media >= 6) {
System.out.println("Aprovado");
} else {
System.out.println("Reprovado");
}
System.out.println(media >= 6 ? "Aprovado" : "Reprovado");
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo05 {
public static void main(String[] args) {
boolean ligar = true;
if (ligar)
System.out.println("Ligado");
if (!ligar)
System.out.println("Desligado");
float soma;
float operador1 = 788.00f;
float operador2 = 3.58f;
soma = operador1 + operador2;
if (soma == 791.58f) {
System.out.println("Resultado da soma é " + soma);
}
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo06 {
public static void main(String[] args) {
String nomeGuerreiro = "Blackwall";
String nomeMago = new String("Solas");
System.out.println("Guerreiro:" + nomeGuerreiro);
System.out.println("Mago:" + nomeMago);
System.out.println("Tamanho:" + nomeGuerreiro.length());
System.out.println("Tamanho:" + nomeMago.length());
if (!nomeGuerreiro.equals(nomeMago)) {
System.out.println("Os nomes são diferentes.");
} else {
System.out.println("Os nomes são iguais.");
}
nomeGuerreiro = nomeGuerreiro.toUpperCase();
nomeMago = nomeMago.toLowerCase();
System.out.println("Guerreiro:" + nomeGuerreiro);
System.out.println("Mago:" + nomeMago);
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo07 {
public static void main(String[] args) {
char linguagem[] = { 'J', 'a', 'v', 'a' };
String java = "";
for (int i=0;i<=linguagem.length-1;i++) {
java += linguagem[i];
}
System.out.println("Linguagem " + java);
int notas[] = new int[2];
notas[0] = 6;
notas[1] = 7;
int i=0;
while (i <= notas.length-1) {
System.out.println("Nota " + (i + 1) + ":" + notas[i]);
i++;
}
boolean ligado = true;
do {
System.out.println("Ligado");
ligado = false;
} while (ligado);
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
public class Exemplo08 {
public static void main(String[] args) {
Integer varInt = 2015;
Double varDouble = 768.35;
Float varFloat = 3.14159265f;
Long varLong = 250000000l;
Boolean varBoolean = true;
Byte varByte = 8;
Short varShort = 3;
System.out.println("int: " + varInt);
System.out.println("double: " + varDouble);
System.out.println("float: " + varFloat);
System.out.println("long: " + varLong);
System.out.println("boolean: " + varBoolean);
System.out.println("byte: " + varByte);
System.out.println("short: " + varShort);
String valor = "100";
varInt = Integer.parseInt(valor);
System.out.println("Valor convertido:" + valor);
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package edu.anhanguera.poo.aula03;
import java.util.Scanner;
public class Exemplo09 {
public static void main(String[] args) {
double notaB1;
double notaB2;
double media;
Scanner scanner = new Scanner(System.in);
System.out.println("Digite a nota da B1:");
notaB1 = scanner.nextDouble();
System.out.println("Digite a média:");
media = scanner.nextDouble();
notaB2 = (media - (notaB1*0.4)) / 0.6;
System.out.println("Nota necessária para aprovação:" + notaB2);
scanner.close();
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Conceitos
Detalhes:
• Classe: é um tipo que possui uma representação. Contém atributos e
métodos.
• Objeto: é a instância de uma classe e a concretização real e funcional de
suas funcionalidades.
• Instância: alocando um objeto na memória.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Conceitos
Exemplos:
• Herói seria uma classe, pois é um tipo.
• Capitão América é o objeto pois ele é um Herói.
• Instância é o próprio objeto Capitão América.
• Pessoa também é um tipo.
• Steve Rogers é o objeto pois ele é uma Pessoa.
• Instância é o próprio objeto Steve Rogers.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Pessoa {
public Pessoa() {
}
}
Classe pública Pessoa
Construtor da Classe
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class ExemploPessoa {
public static void main(String[] args) {
Pessoa pessoa = new Pessoa();
System.out.println(pessoa);
}
} Objeto pessoa
Instanciando o objeto pessoa
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Conceitos
Detalhes:
• Toda classe possui um construtor padrão.
• Construtor padrão tem como principal objetivo, colocar o objeto na
memória e criar uma instância para ser utilizada.
• O construtor padrão é formado pelo nome da classe, sem um retorno e sem
parâmetros.
• Na classe pode existir vários construtores com parâmetros diferentes.
• Para instanciar uma classe utilizamos o operador new.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Atributos
Detalhes:
• Linda !!!
• Maravilhosa !!!
• Jedi !!!
• Nome
• Idade
• Peso
• Altura
Atributos normalmente são
características
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Atributos
Detalhes:
• Lindo !!!
• Maravilhoso !!!
• Batman !!!
• Nome
• Idade
• Peso
• Altura
Atributos normalmente são
características
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Pessoa {
private String nome;
private int idade;
private double altura;
private double peso;
public Pessoa() {
}
public String getNome() {
return nome;
}
public void setNome(String nome) {
this.nome = nome;
}
public int getIdade() {
return idade;
}
public void setIdade(int idade) {
this.idade = idade;
}
public double getAltura() {
return altura;
}
public void setAltura(double altura)
{
this.altura = altura;
}
public double getPeso() {
return peso;
}
public void setPeso(double peso) {
this.peso = peso;
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Atributos
Detalhes:
• Atributos são variáveis com escopo private criadas dentro de uma classe.
• Normalmente, utilizamos métodos para obter um valor de uma variável.
• Por enquanto métodos são semelhantes a funções em comparação com
outras linguagens de programação.
• Métodos de atributos são conhecidos como getter e setter.
• Getter obtém um valor de um atributo.
• Setter atribui um valor para um atributo.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class ExemploPessoa {
public static void main(String[] args) {
Pessoa pessoa = new Pessoa();
pessoa.setNome("Daisy Jazz Isobel Ridley");
pessoa.setIdade(24);
pessoa.setAltura(1.75);
pessoa.setPeso(60.0);
System.out.println(pessoa.getNome());
System.out.println(pessoa.getIdade());
System.out.println(pessoa.getAltura());
System.out.println(pessoa.getPeso());
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
Métodos
Detalhes:
• É uma ação que um objeto pode executar.
• Um método possui um escopo, retorno, nome e parâmetros.
• Semelhantes a funções em outras linguagens de programação.
• Normalmente são verbos. Por exemplo: andar, correr, sacar, comprar,
debitarConta, depositarConta.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Pessoa {
...
public int andar() {
passos++;
return passos;
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class ExemploPessoa {
public static void main(String[] args) {
Pessoa pessoa = new Pessoa();
pessoa.setNome("Daisy Jazz Isobel Ridley");
pessoa.setIdade(24);
pessoa.setAltura(1.75);
pessoa.setPeso(60.0);
System.out.println(pessoa.getNome());
System.out.println(pessoa.getIdade());
System.out.println(pessoa.getAltura());
System.out.println(pessoa.getPeso());
System.out.println(pessoa.andar());
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
HERANÇA
HERANÇA
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
HERANÇA
Herança
Detalhes:
• Um dos benefícios de uma linguagem orientada a objetos é o
reaproveitamento constante de código fonte.
• Classes são desenvolvidas para serem utilizadas em qualquer local da
aplicação e em outros projetos.
• Algumas classes possuem caracterização diferentes uma das outras, mas
podem possuir alguns métodos e atributos comuns.
• Por exemplo: todas as Pessoas, possuem um nome, idade, peso e altura,
mas podem existir tipo diferentes como Funcionário, Aluno e Professor.
• Essas três classes compartilham os mesmo atributos e métodos da classe
Pessoa.
Herança é herdar todos os atributos e métodos de uma classe.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Funcionario extends Pessoa {
private double salario;
private String cargo;
public Funcionario() {
}
public double getSalario() {
return salario;
}
public void setSalario(double salario) {
this.salario = salario;
}
public String getCargo() {
return cargo;
}
public void setCargo(String cargo) {
this.cargo = cargo;
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
HERANÇA
Herança
Detalhes:
• A palavra reservada extends seguida do nome da classe define uma
herança.
• Uma classe Java herda somente de uma outra classe.
• Não existe herança múltipla em Java.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class ExemploFuncionario {
public static void main(String[] args) {
Funcionario funcionario = new Funcionario();
funcionario.setNome("Daisy Jazz Isobel Ridley");
funcionario.setIdade(24);
funcionario.setAltura(1.75);
funcionario.setPeso(60.0);
funcionario.setSalario(100000.00);
System.out.println(funcionario.getNome());
System.out.println(funcionario.getIdade());
System.out.println(funcionario.getAltura());
System.out.println(funcionario.getPeso());
System.out.println(funcionario.andar());
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
HERANÇA
Herança
Detalhes:
• Isso funciona?
Pessoa funcionario = new Funcionario();
Sim !!! A classe Funcionario é do tipo Pessoa.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
HERANÇA
Herança
Detalhes:
• Em nossos exemplos, a classe Funcionario é filha da classe Pessoa.
• Pessoa é a classe pai de Funcionario.
• Podemos sobrescrever métodos da classe pai na classe filha para alterar seu
comportamento.
• Neste exemplo vamos alterar o comportamento do método falar.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Pessoa {
...
public void falar(String frase) {
System.out.println(frase);
}
...
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Funcionario extends Pessoa {
...
@Override
public void falar(String frase) {
System.out.println("Funcionário:" + frase);
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class ExemploSobrescrever {
public static void main(String[] args) {
Funcionario funcionario = new Funcionario();
funcionario.falar("Eu trabalho na empresa ABX");
Pessoa pessoa = new Funcionario();
pessoa.falar("Eu trabalho na empresa TXBUI");
Pessoa pessoa2 = new Pessoa();
pessoa2.falar("Eu sou uma pessoa");
}
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
HERANÇA
Herança
Saída do Programa:
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
INTERFACES
INTERFACES
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
INTERFACES
Interfaces
Detalhes:
• Interfaces são semelhantes a classes, mas seus métodos não possuem
nenhum tipo de implementação.
• Os métodos são implementados obrigatoriamente na classe filha.
• Podemos implementar mais de uma interface em uma classe.
• Normalmente as interfaces são utilizadas para efetuar dinamismo em uma
aplicação.
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public interface Humano {
String getNome();
void setNome(String nome);
int getIdade();
void setIdade(int idade);
double getAltura();
void setAltura(double altura);
double getPeso();
void setPeso(double peso);
void falar(String frase);
int andar();
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class Pessoa implements Humano {
...
}
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
Interfaces
Detalhes:
• Para implementar uma interface utilizamos a palavra reservada implements
seguida do nome da interface.
• Podemos implementar mais de uma interface separados por virgula.
INTERFACES
LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa
package br.com.aula.java;
public class ExemploInterface {
public static void main(String[] args) {
Humano pessoa = new Pessoa();
pessoa.falar("Sou uma pessoa");
Humano funcionario = new Funcionario();
funcionario.falar("Sou um funcionário feliz");
}
}
Obrigado !!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03
thomasdacosta
 
Programação Estruturada 2 - Aula 01
Programação Estruturada 2 - Aula 01Programação Estruturada 2 - Aula 01
Programação Estruturada 2 - Aula 01
thomasdacosta
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02
thomasdacosta
 
Estrutura de Dados - Aula 01
Estrutura de Dados - Aula 01Estrutura de Dados - Aula 01
Estrutura de Dados - Aula 01
thomasdacosta
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01
thomasdacosta
 
Conceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de ProgramacaoConceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de Programacao
Jorge Cardoso
 
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02
thomasdacosta
 
Programação Concorrente - Aula 05
Programação Concorrente - Aula 05Programação Concorrente - Aula 05
Programação Concorrente - Aula 05
thomasdacosta
 
Programação Concorrente - Curso Completo
Programação Concorrente - Curso CompletoProgramação Concorrente - Curso Completo
Programação Concorrente - Curso Completo
thomasdacosta
 
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05
thomasdacosta
 
Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2
Robson Ferreira
 
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04
thomasdacosta
 
Programação Concorrente - Aula 01
Programação Concorrente - Aula 01Programação Concorrente - Aula 01
Programação Concorrente - Aula 01
thomasdacosta
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04
thomasdacosta
 
LAB 01 - Programação Estruturada 2
LAB 01 - Programação Estruturada 2LAB 01 - Programação Estruturada 2
LAB 01 - Programação Estruturada 2
thomasdacosta
 
Programação Estruturada 2 - Aula 02
Programação Estruturada 2 - Aula 02Programação Estruturada 2 - Aula 02
Programação Estruturada 2 - Aula 02
thomasdacosta
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01
thomasdacosta
 
Conceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentaçãoConceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentação
Robson Ferreira
 
Conceitos e técnicas de programação introdução
Conceitos e técnicas de programação introduçãoConceitos e técnicas de programação introdução
Conceitos e técnicas de programação introdução
Robson Ferreira
 
Conceitos e técnicas de programação aula 1
Conceitos e técnicas de programação aula 1Conceitos e técnicas de programação aula 1
Conceitos e técnicas de programação aula 1
Robson Ferreira
 

Mais procurados (20)

Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 03
 
Programação Estruturada 2 - Aula 01
Programação Estruturada 2 - Aula 01Programação Estruturada 2 - Aula 01
Programação Estruturada 2 - Aula 01
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 02
 
Estrutura de Dados - Aula 01
Estrutura de Dados - Aula 01Estrutura de Dados - Aula 01
Estrutura de Dados - Aula 01
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 01
 
Conceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de ProgramacaoConceitos Fundamentais de Programacao
Conceitos Fundamentais de Programacao
 
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 02
 
Programação Concorrente - Aula 05
Programação Concorrente - Aula 05Programação Concorrente - Aula 05
Programação Concorrente - Aula 05
 
Programação Concorrente - Curso Completo
Programação Concorrente - Curso CompletoProgramação Concorrente - Curso Completo
Programação Concorrente - Curso Completo
 
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 05
 
Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2Conceitos e técnicas de programação aula 2
Conceitos e técnicas de programação aula 2
 
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04
Algoritmos e Técnicas de Programação - Aula 04
 
Programação Concorrente - Aula 01
Programação Concorrente - Aula 01Programação Concorrente - Aula 01
Programação Concorrente - Aula 01
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 04
 
LAB 01 - Programação Estruturada 2
LAB 01 - Programação Estruturada 2LAB 01 - Programação Estruturada 2
LAB 01 - Programação Estruturada 2
 
Programação Estruturada 2 - Aula 02
Programação Estruturada 2 - Aula 02Programação Estruturada 2 - Aula 02
Programação Estruturada 2 - Aula 02
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 01
 
Conceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentaçãoConceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentação
 
Conceitos e técnicas de programação introdução
Conceitos e técnicas de programação introduçãoConceitos e técnicas de programação introdução
Conceitos e técnicas de programação introdução
 
Conceitos e técnicas de programação aula 1
Conceitos e técnicas de programação aula 1Conceitos e técnicas de programação aula 1
Conceitos e técnicas de programação aula 1
 

Destaque

Java primeiros-passos
Java primeiros-passosJava primeiros-passos
Java primeiros-passos
Leide Sayuri Ogasawara
 
Programação Concorrente - Aula 07
Programação Concorrente - Aula 07Programação Concorrente - Aula 07
Programação Concorrente - Aula 07
thomasdacosta
 
Programação Orientada a Objetos parte 3
Programação Orientada a Objetos parte 3Programação Orientada a Objetos parte 3
Programação Orientada a Objetos parte 3
Elaine Cecília Gatto
 
Redes de Computadores - Aula 05
Redes de Computadores - Aula 05Redes de Computadores - Aula 05
Redes de Computadores - Aula 05
thomasdacosta
 
Java - Básico
Java - BásicoJava - Básico
Java - Básico
Felippe Rodrigo Puhle
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
thomasdacosta
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03
thomasdacosta
 
Aula01 - POO
Aula01 - POOAula01 - POO
Aula01 - POO
Jorge Ávila Miranda
 
Programação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVA
Programação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVAProgramação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVA
Programação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVA
Cristiano Almeida
 
Logica de programação. introdução[AULA-1]
Logica de programação. introdução[AULA-1]Logica de programação. introdução[AULA-1]
Logica de programação. introdução[AULA-1]
Ricardo Silva
 
Aula de Introdução - JAVA
Aula de Introdução  - JAVAAula de Introdução  - JAVA
Aula de Introdução - JAVA
Moises Omena
 
CURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
CURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃOCURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
CURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
Microsoft
 
Apostila de Fundamentos Java
Apostila de Fundamentos JavaApostila de Fundamentos Java
Apostila de Fundamentos Java
Marcio Marinho
 
Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...
Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...
Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...
Professor Samuel Ribeiro
 

Destaque (14)

Java primeiros-passos
Java primeiros-passosJava primeiros-passos
Java primeiros-passos
 
Programação Concorrente - Aula 07
Programação Concorrente - Aula 07Programação Concorrente - Aula 07
Programação Concorrente - Aula 07
 
Programação Orientada a Objetos parte 3
Programação Orientada a Objetos parte 3Programação Orientada a Objetos parte 3
Programação Orientada a Objetos parte 3
 
Redes de Computadores - Aula 05
Redes de Computadores - Aula 05Redes de Computadores - Aula 05
Redes de Computadores - Aula 05
 
Java - Básico
Java - BásicoJava - Básico
Java - Básico
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 02
 
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03
Programação de Sistemas Distribuídos - Aula 03
 
Aula01 - POO
Aula01 - POOAula01 - POO
Aula01 - POO
 
Programação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVA
Programação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVAProgramação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVA
Programação Orientada a Objetos - Conceitos básicos da linguagem JAVA
 
Logica de programação. introdução[AULA-1]
Logica de programação. introdução[AULA-1]Logica de programação. introdução[AULA-1]
Logica de programação. introdução[AULA-1]
 
Aula de Introdução - JAVA
Aula de Introdução  - JAVAAula de Introdução  - JAVA
Aula de Introdução - JAVA
 
CURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
CURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃOCURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
CURSO JAVA - AULA 1 - INTRODUÇÃO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
 
Apostila de Fundamentos Java
Apostila de Fundamentos JavaApostila de Fundamentos Java
Apostila de Fundamentos Java
 
Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...
Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...
Java básico - Módulo 08 - Introdução à programação orientada à objetos oo - c...
 

Semelhante a Linguagem de Programação Java

Java introdução ao java
Java   introdução ao javaJava   introdução ao java
Java introdução ao java
Armando Daniel
 
JAVA: Muito mais que uma linguagem
JAVA: Muito mais que uma linguagemJAVA: Muito mais que uma linguagem
JAVA: Muito mais que uma linguagem
liverig
 
Spring framework 2.5
Spring framework 2.5Spring framework 2.5
Spring framework 2.5
Diego Pacheco
 
Java1
Java1Java1
Linguagem Java, fundamentos da linguagem Java
Linguagem Java, fundamentos da linguagem JavaLinguagem Java, fundamentos da linguagem Java
Linguagem Java, fundamentos da linguagem Java
Escola Básica e Secundária da Povoação
 
Aula 02 Primeiro Cod Java
Aula 02   Primeiro Cod JavaAula 02   Primeiro Cod Java
Aula 02 Primeiro Cod Java
Sergio Silva
 
Java e orientação a objetos
Java e orientação a objetosJava e orientação a objetos
Java e orientação a objetos
Frederico Maia Arantes
 
Estrutura de Dados em Java (Introdução)
Estrutura de Dados em Java (Introdução)Estrutura de Dados em Java (Introdução)
Estrutura de Dados em Java (Introdução)
Adriano Teixeira de Souza
 
Apostila - Linguagem de Programação I
Apostila - Linguagem de Programação IApostila - Linguagem de Programação I
Apostila - Linguagem de Programação I
Sidney Roberto
 
Curso java 01 - molhando os pés com java
Curso java   01 - molhando os pés com javaCurso java   01 - molhando os pés com java
Curso java 01 - molhando os pés com java
Maurício Linhares
 
Curso de Java (Parte 2)
 Curso de Java (Parte 2) Curso de Java (Parte 2)
Curso de Java (Parte 2)
Mario Sergio
 
Java - Introdução a banco de dados
Java - Introdução a banco de dadosJava - Introdução a banco de dados
Java - Introdução a banco de dados
Sérgio Souza Costa
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
fkimura
 
Linguagem Java- Iniciação à programação Java
Linguagem Java- Iniciação à programação JavaLinguagem Java- Iniciação à programação Java
Linguagem Java- Iniciação à programação Java
Escola Básica e Secundária da Povoação
 
Desenvolvendo para WEB com JAVA
Desenvolvendo para WEB com JAVADesenvolvendo para WEB com JAVA
Desenvolvendo para WEB com JAVA
Willian Magalhães
 
Conceitos Básicos de OO e Java
Conceitos Básicos de OO e JavaConceitos Básicos de OO e Java
Conceitos Básicos de OO e Java
Charles Jungbeck
 
01 introducao ao java
01   introducao ao java01   introducao ao java
01 introducao ao java
Artur Todeschini
 
Ecosistema spring a_plataforma_enterprise_jav
Ecosistema spring a_plataforma_enterprise_javEcosistema spring a_plataforma_enterprise_jav
Ecosistema spring a_plataforma_enterprise_jav
Julio Viegas
 
TypeScript - Campus party 2013
TypeScript - Campus party 2013TypeScript - Campus party 2013
TypeScript - Campus party 2013
Giovanni Bassi
 
Java aprendendo linguagem.ppt
Java aprendendo linguagem.pptJava aprendendo linguagem.ppt
Java aprendendo linguagem.ppt
Emerson Cardoso
 

Semelhante a Linguagem de Programação Java (20)

Java introdução ao java
Java   introdução ao javaJava   introdução ao java
Java introdução ao java
 
JAVA: Muito mais que uma linguagem
JAVA: Muito mais que uma linguagemJAVA: Muito mais que uma linguagem
JAVA: Muito mais que uma linguagem
 
Spring framework 2.5
Spring framework 2.5Spring framework 2.5
Spring framework 2.5
 
Java1
Java1Java1
Java1
 
Linguagem Java, fundamentos da linguagem Java
Linguagem Java, fundamentos da linguagem JavaLinguagem Java, fundamentos da linguagem Java
Linguagem Java, fundamentos da linguagem Java
 
Aula 02 Primeiro Cod Java
Aula 02   Primeiro Cod JavaAula 02   Primeiro Cod Java
Aula 02 Primeiro Cod Java
 
Java e orientação a objetos
Java e orientação a objetosJava e orientação a objetos
Java e orientação a objetos
 
Estrutura de Dados em Java (Introdução)
Estrutura de Dados em Java (Introdução)Estrutura de Dados em Java (Introdução)
Estrutura de Dados em Java (Introdução)
 
Apostila - Linguagem de Programação I
Apostila - Linguagem de Programação IApostila - Linguagem de Programação I
Apostila - Linguagem de Programação I
 
Curso java 01 - molhando os pés com java
Curso java   01 - molhando os pés com javaCurso java   01 - molhando os pés com java
Curso java 01 - molhando os pés com java
 
Curso de Java (Parte 2)
 Curso de Java (Parte 2) Curso de Java (Parte 2)
Curso de Java (Parte 2)
 
Java - Introdução a banco de dados
Java - Introdução a banco de dadosJava - Introdução a banco de dados
Java - Introdução a banco de dados
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
 
Linguagem Java- Iniciação à programação Java
Linguagem Java- Iniciação à programação JavaLinguagem Java- Iniciação à programação Java
Linguagem Java- Iniciação à programação Java
 
Desenvolvendo para WEB com JAVA
Desenvolvendo para WEB com JAVADesenvolvendo para WEB com JAVA
Desenvolvendo para WEB com JAVA
 
Conceitos Básicos de OO e Java
Conceitos Básicos de OO e JavaConceitos Básicos de OO e Java
Conceitos Básicos de OO e Java
 
01 introducao ao java
01   introducao ao java01   introducao ao java
01 introducao ao java
 
Ecosistema spring a_plataforma_enterprise_jav
Ecosistema spring a_plataforma_enterprise_javEcosistema spring a_plataforma_enterprise_jav
Ecosistema spring a_plataforma_enterprise_jav
 
TypeScript - Campus party 2013
TypeScript - Campus party 2013TypeScript - Campus party 2013
TypeScript - Campus party 2013
 
Java aprendendo linguagem.ppt
Java aprendendo linguagem.pptJava aprendendo linguagem.ppt
Java aprendendo linguagem.ppt
 

Mais de thomasdacosta

Azure Functions e Java: Do Desenvolvimento a Produção
Azure Functions e Java: Do Desenvolvimento a ProduçãoAzure Functions e Java: Do Desenvolvimento a Produção
Azure Functions e Java: Do Desenvolvimento a Produção
thomasdacosta
 
Organização de Computadores - Aula 02
Organização de Computadores - Aula 02Organização de Computadores - Aula 02
Organização de Computadores - Aula 02
thomasdacosta
 
Organização de Computadores - Aula 03
Organização de Computadores - Aula 03Organização de Computadores - Aula 03
Organização de Computadores - Aula 03
thomasdacosta
 
Organização de Computadores - Aula 01
Organização de Computadores - Aula 01Organização de Computadores - Aula 01
Organização de Computadores - Aula 01
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Exercícios 06
Redes de Computadores - Exercícios 06Redes de Computadores - Exercícios 06
Redes de Computadores - Exercícios 06
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Exercícios 05
Redes de Computadores - Exercícios 05Redes de Computadores - Exercícios 05
Redes de Computadores - Exercícios 05
thomasdacosta
 
Programação Concorrente - Aula 06
Programação Concorrente - Aula 06Programação Concorrente - Aula 06
Programação Concorrente - Aula 06
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Exercícios 04
Redes de Computadores - Exercícios 04Redes de Computadores - Exercícios 04
Redes de Computadores - Exercícios 04
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Exercícios 03
Redes de Computadores - Exercícios 03Redes de Computadores - Exercícios 03
Redes de Computadores - Exercícios 03
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Aula 04
Redes de Computadores - Aula 04Redes de Computadores - Aula 04
Redes de Computadores - Aula 04
thomasdacosta
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05
thomasdacosta
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Aula 03
Redes de Computadores - Aula 03Redes de Computadores - Aula 03
Redes de Computadores - Aula 03
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Aula 02
Redes de Computadores - Aula 02Redes de Computadores - Aula 02
Redes de Computadores - Aula 02
thomasdacosta
 
Programação Concorrente - LAB 01
Programação Concorrente - LAB 01Programação Concorrente - LAB 01
Programação Concorrente - LAB 01
thomasdacosta
 
Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01
thomasdacosta
 

Mais de thomasdacosta (16)

Azure Functions e Java: Do Desenvolvimento a Produção
Azure Functions e Java: Do Desenvolvimento a ProduçãoAzure Functions e Java: Do Desenvolvimento a Produção
Azure Functions e Java: Do Desenvolvimento a Produção
 
Organização de Computadores - Aula 02
Organização de Computadores - Aula 02Organização de Computadores - Aula 02
Organização de Computadores - Aula 02
 
Organização de Computadores - Aula 03
Organização de Computadores - Aula 03Organização de Computadores - Aula 03
Organização de Computadores - Aula 03
 
Organização de Computadores - Aula 01
Organização de Computadores - Aula 01Organização de Computadores - Aula 01
Organização de Computadores - Aula 01
 
Redes de Computadores - Exercícios 06
Redes de Computadores - Exercícios 06Redes de Computadores - Exercícios 06
Redes de Computadores - Exercícios 06
 
Redes de Computadores - Exercícios 05
Redes de Computadores - Exercícios 05Redes de Computadores - Exercícios 05
Redes de Computadores - Exercícios 05
 
Programação Concorrente - Aula 06
Programação Concorrente - Aula 06Programação Concorrente - Aula 06
Programação Concorrente - Aula 06
 
Redes de Computadores - Exercícios 04
Redes de Computadores - Exercícios 04Redes de Computadores - Exercícios 04
Redes de Computadores - Exercícios 04
 
Redes de Computadores - Exercícios 03
Redes de Computadores - Exercícios 03Redes de Computadores - Exercícios 03
Redes de Computadores - Exercícios 03
 
Redes de Computadores - Aula 04
Redes de Computadores - Aula 04Redes de Computadores - Aula 04
Redes de Computadores - Aula 04
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 05
 
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03
Algoritmos e Estrutura de Dados - Aula 03
 
Redes de Computadores - Aula 03
Redes de Computadores - Aula 03Redes de Computadores - Aula 03
Redes de Computadores - Aula 03
 
Redes de Computadores - Aula 02
Redes de Computadores - Aula 02Redes de Computadores - Aula 02
Redes de Computadores - Aula 02
 
Programação Concorrente - LAB 01
Programação Concorrente - LAB 01Programação Concorrente - LAB 01
Programação Concorrente - LAB 01
 
Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01
 

Linguagem de Programação Java

  • 1. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA Prof. Thomás da Costa thomascosta@aedu.com
  • 2. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa A TECNOLOGIA JAVA A TECNOLOGIA JAVA
  • 3. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa • Originalmente criado para dispositivos embarcados. • Iniciou a partir Projeto Green em Junho de 1991 por James Gosling, Mike Sheridan and Patrick Naughton. • Denominada inicialmente de Oak. • Desenvolvido por James Gosling na Sun Microsystems em 1995. • Em 1996 foi lançado a primeira versão do JDK 1.0. • Premissas da Linguagem: • Sem ponteiros (todos ficamos felizes). • Independente de plataforma. • Recurso de garbage collector. • Alta confiabilidade. • Bytecodes. Histórico Origens: A TECNOLOGIA JAVA
  • 4. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa A TECNOLOGIA JAVA Fonte: http://viralpatel.net/blogs/java-virtual-machine-an-inside-story/
  • 5. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Tem como principal funcionalidade executar os bytecodes gerado a partir dos códigos Java, tornando a linguagem independente de plataforma. Além disso a JVM possui outras responsabilidades: • Gerenciamento de memória. • Controle de threads. • Comunicação com o Sistema Operacional e acessar métodos nativos. • Pode executar outras linguagens além do Java como Groovy, Jython e JRuby. JVM Java Virtual Machine: A TECNOLOGIA JAVA
  • 6. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa A TECNOLOGIA JAVA Java Platform Standard Edition 7 Fonte: http://docs.oracle.com/javase/7/docs/index.html
  • 7. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa ECLIPSE ECLIPSE
  • 8. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa ECLIPSE • Desenvolvido inicialmente pela IBM. • Foi doado como software open-source. • Totalmente gratuita. • Ferramenta de desenvolvimento Java. • Também utilizada em outras linguagens de programação. • Baseada em Perspectivas. • Efetua a compilação, depuração e execução de um programa em Java. • Pode ser baixado do site: • https://eclipse.org/ Eclipse IDE: Vamos conhecer alguns componentes do Eclipse.
  • 9. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa ECLIPSE Eclipse Selecionando uma workspace: Local onde iremos colocar os nossos códigos fontes e projetos. Diretório dos fontes
  • 10. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Tela inicial: ECLIPSE
  • 11. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Perspectiva Java: ECLIPSE
  • 12. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando um Projeto: ECLIPSE
  • 13. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando um Projeto: ECLIPSE
  • 14. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando um Projeto: ECLIPSE
  • 15. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando um Projeto: ECLIPSE
  • 16. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando um pacote: ECLIPSE
  • 17. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando um pacote: ECLIPSE
  • 18. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando uma classe: ECLIPSE
  • 19. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando uma classe: ECLIPSE
  • 20. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Eclipse Criando uma classe: ECLIPSE
  • 21. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa • Funcionamento de um programa Java. • Variáveis. • Condicionais. • Laços. • Vetores. • String. • Classes. • Interfaces. Java O que vamos estudar: A TECNOLOGIA JAVA Vamos começar !!!
  • 22. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa BÁSICO DA LINGUAGEM BÁSICO DA LINGUAGEM
  • 23. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo01 { public static void main(String[] args) { System.out.println("Olá Pessoal. Tudo Bem?"); } }
  • 24. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo02 { public static void main(String[] args) { // É uma forma de criar comentários em linha. System.out.println("Imprimindo na saida do console"); System.err.println("Imprimindo na saida de erro do console"); System.out.print("Está forma não pula linha"); System.err.format("Saida %s formatada", new String("é")); System.out.format("Esta %s também é formatada", new String("saida")); // O método abaixo possui o conceito de varargs System.out.format("%s formatada %s vários %s", new String("Saida"), new String("com"), new String("paramêtros")); } }
  • 25. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo03 { public static void main(String[] args) { int varInt; double varDouble; float varFloat; long varLong; boolean varBoolean; byte varByte; short varShort; varInt = 2015; varDouble = 768.35; varFloat = 3.14159265f; varLong = 250000000l; varBoolean = true; varByte = 8; varShort = 3; System.out.println("int: " + varInt); System.out.println("double: " + varDouble); System.out.println("float: " + varFloat); System.out.println("long: " + varLong); System.out.println("boolean: " + varBoolean); System.out.println("byte: " + varByte); System.out.println("short: " + varShort); } }
  • 26. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo04 { public static void main(String[] args) { double media = 0; double notaB1 = 5; double notaB2 = 6; media = (notaB1 * 0.4) + (notaB2 * 0.6); if (media >= 6) { System.out.println("Aprovado"); } else { System.out.println("Reprovado"); } System.out.println(media >= 6 ? "Aprovado" : "Reprovado"); } }
  • 27. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo05 { public static void main(String[] args) { boolean ligar = true; if (ligar) System.out.println("Ligado"); if (!ligar) System.out.println("Desligado"); float soma; float operador1 = 788.00f; float operador2 = 3.58f; soma = operador1 + operador2; if (soma == 791.58f) { System.out.println("Resultado da soma é " + soma); } } }
  • 28. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo06 { public static void main(String[] args) { String nomeGuerreiro = "Blackwall"; String nomeMago = new String("Solas"); System.out.println("Guerreiro:" + nomeGuerreiro); System.out.println("Mago:" + nomeMago); System.out.println("Tamanho:" + nomeGuerreiro.length()); System.out.println("Tamanho:" + nomeMago.length()); if (!nomeGuerreiro.equals(nomeMago)) { System.out.println("Os nomes são diferentes."); } else { System.out.println("Os nomes são iguais."); } nomeGuerreiro = nomeGuerreiro.toUpperCase(); nomeMago = nomeMago.toLowerCase(); System.out.println("Guerreiro:" + nomeGuerreiro); System.out.println("Mago:" + nomeMago); } }
  • 29. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo07 { public static void main(String[] args) { char linguagem[] = { 'J', 'a', 'v', 'a' }; String java = ""; for (int i=0;i<=linguagem.length-1;i++) { java += linguagem[i]; } System.out.println("Linguagem " + java); int notas[] = new int[2]; notas[0] = 6; notas[1] = 7; int i=0; while (i <= notas.length-1) { System.out.println("Nota " + (i + 1) + ":" + notas[i]); i++; } boolean ligado = true; do { System.out.println("Ligado"); ligado = false; } while (ligado); } }
  • 30. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; public class Exemplo08 { public static void main(String[] args) { Integer varInt = 2015; Double varDouble = 768.35; Float varFloat = 3.14159265f; Long varLong = 250000000l; Boolean varBoolean = true; Byte varByte = 8; Short varShort = 3; System.out.println("int: " + varInt); System.out.println("double: " + varDouble); System.out.println("float: " + varFloat); System.out.println("long: " + varLong); System.out.println("boolean: " + varBoolean); System.out.println("byte: " + varByte); System.out.println("short: " + varShort); String valor = "100"; varInt = Integer.parseInt(valor); System.out.println("Valor convertido:" + valor); } }
  • 31. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package edu.anhanguera.poo.aula03; import java.util.Scanner; public class Exemplo09 { public static void main(String[] args) { double notaB1; double notaB2; double media; Scanner scanner = new Scanner(System.in); System.out.println("Digite a nota da B1:"); notaB1 = scanner.nextDouble(); System.out.println("Digite a média:"); media = scanner.nextDouble(); notaB2 = (media - (notaB1*0.4)) / 0.6; System.out.println("Nota necessária para aprovação:" + notaB2); scanner.close(); } }
  • 32. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS
  • 33. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Conceitos Detalhes: • Classe: é um tipo que possui uma representação. Contém atributos e métodos. • Objeto: é a instância de uma classe e a concretização real e funcional de suas funcionalidades. • Instância: alocando um objeto na memória.
  • 34. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Conceitos Exemplos: • Herói seria uma classe, pois é um tipo. • Capitão América é o objeto pois ele é um Herói. • Instância é o próprio objeto Capitão América. • Pessoa também é um tipo. • Steve Rogers é o objeto pois ele é uma Pessoa. • Instância é o próprio objeto Steve Rogers.
  • 35. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Pessoa { public Pessoa() { } } Classe pública Pessoa Construtor da Classe
  • 36. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class ExemploPessoa { public static void main(String[] args) { Pessoa pessoa = new Pessoa(); System.out.println(pessoa); } } Objeto pessoa Instanciando o objeto pessoa
  • 37. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Conceitos Detalhes: • Toda classe possui um construtor padrão. • Construtor padrão tem como principal objetivo, colocar o objeto na memória e criar uma instância para ser utilizada. • O construtor padrão é formado pelo nome da classe, sem um retorno e sem parâmetros. • Na classe pode existir vários construtores com parâmetros diferentes. • Para instanciar uma classe utilizamos o operador new.
  • 38. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Atributos Detalhes: • Linda !!! • Maravilhosa !!! • Jedi !!! • Nome • Idade • Peso • Altura Atributos normalmente são características
  • 39. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Atributos Detalhes: • Lindo !!! • Maravilhoso !!! • Batman !!! • Nome • Idade • Peso • Altura Atributos normalmente são características
  • 40. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Pessoa { private String nome; private int idade; private double altura; private double peso; public Pessoa() { } public String getNome() { return nome; } public void setNome(String nome) { this.nome = nome; } public int getIdade() { return idade; } public void setIdade(int idade) { this.idade = idade; } public double getAltura() { return altura; } public void setAltura(double altura) { this.altura = altura; } public double getPeso() { return peso; } public void setPeso(double peso) { this.peso = peso; } }
  • 41. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Atributos Detalhes: • Atributos são variáveis com escopo private criadas dentro de uma classe. • Normalmente, utilizamos métodos para obter um valor de uma variável. • Por enquanto métodos são semelhantes a funções em comparação com outras linguagens de programação. • Métodos de atributos são conhecidos como getter e setter. • Getter obtém um valor de um atributo. • Setter atribui um valor para um atributo.
  • 42. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class ExemploPessoa { public static void main(String[] args) { Pessoa pessoa = new Pessoa(); pessoa.setNome("Daisy Jazz Isobel Ridley"); pessoa.setIdade(24); pessoa.setAltura(1.75); pessoa.setPeso(60.0); System.out.println(pessoa.getNome()); System.out.println(pessoa.getIdade()); System.out.println(pessoa.getAltura()); System.out.println(pessoa.getPeso()); } }
  • 43. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa CLASSES, OBJETOS, ATRIBUTOS E MÉTODOS Métodos Detalhes: • É uma ação que um objeto pode executar. • Um método possui um escopo, retorno, nome e parâmetros. • Semelhantes a funções em outras linguagens de programação. • Normalmente são verbos. Por exemplo: andar, correr, sacar, comprar, debitarConta, depositarConta.
  • 44. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Pessoa { ... public int andar() { passos++; return passos; } }
  • 45. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class ExemploPessoa { public static void main(String[] args) { Pessoa pessoa = new Pessoa(); pessoa.setNome("Daisy Jazz Isobel Ridley"); pessoa.setIdade(24); pessoa.setAltura(1.75); pessoa.setPeso(60.0); System.out.println(pessoa.getNome()); System.out.println(pessoa.getIdade()); System.out.println(pessoa.getAltura()); System.out.println(pessoa.getPeso()); System.out.println(pessoa.andar()); } }
  • 46. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa HERANÇA HERANÇA
  • 47. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa HERANÇA Herança Detalhes: • Um dos benefícios de uma linguagem orientada a objetos é o reaproveitamento constante de código fonte. • Classes são desenvolvidas para serem utilizadas em qualquer local da aplicação e em outros projetos. • Algumas classes possuem caracterização diferentes uma das outras, mas podem possuir alguns métodos e atributos comuns. • Por exemplo: todas as Pessoas, possuem um nome, idade, peso e altura, mas podem existir tipo diferentes como Funcionário, Aluno e Professor. • Essas três classes compartilham os mesmo atributos e métodos da classe Pessoa. Herança é herdar todos os atributos e métodos de uma classe.
  • 48. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Funcionario extends Pessoa { private double salario; private String cargo; public Funcionario() { } public double getSalario() { return salario; } public void setSalario(double salario) { this.salario = salario; } public String getCargo() { return cargo; } public void setCargo(String cargo) { this.cargo = cargo; } }
  • 49. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa HERANÇA Herança Detalhes: • A palavra reservada extends seguida do nome da classe define uma herança. • Uma classe Java herda somente de uma outra classe. • Não existe herança múltipla em Java.
  • 50. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class ExemploFuncionario { public static void main(String[] args) { Funcionario funcionario = new Funcionario(); funcionario.setNome("Daisy Jazz Isobel Ridley"); funcionario.setIdade(24); funcionario.setAltura(1.75); funcionario.setPeso(60.0); funcionario.setSalario(100000.00); System.out.println(funcionario.getNome()); System.out.println(funcionario.getIdade()); System.out.println(funcionario.getAltura()); System.out.println(funcionario.getPeso()); System.out.println(funcionario.andar()); } }
  • 51. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa HERANÇA Herança Detalhes: • Isso funciona? Pessoa funcionario = new Funcionario(); Sim !!! A classe Funcionario é do tipo Pessoa.
  • 52. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa HERANÇA Herança Detalhes: • Em nossos exemplos, a classe Funcionario é filha da classe Pessoa. • Pessoa é a classe pai de Funcionario. • Podemos sobrescrever métodos da classe pai na classe filha para alterar seu comportamento. • Neste exemplo vamos alterar o comportamento do método falar.
  • 53. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Pessoa { ... public void falar(String frase) { System.out.println(frase); } ... }
  • 54. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Funcionario extends Pessoa { ... @Override public void falar(String frase) { System.out.println("Funcionário:" + frase); } }
  • 55. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class ExemploSobrescrever { public static void main(String[] args) { Funcionario funcionario = new Funcionario(); funcionario.falar("Eu trabalho na empresa ABX"); Pessoa pessoa = new Funcionario(); pessoa.falar("Eu trabalho na empresa TXBUI"); Pessoa pessoa2 = new Pessoa(); pessoa2.falar("Eu sou uma pessoa"); } }
  • 56. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa HERANÇA Herança Saída do Programa:
  • 57. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa INTERFACES INTERFACES
  • 58. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa INTERFACES Interfaces Detalhes: • Interfaces são semelhantes a classes, mas seus métodos não possuem nenhum tipo de implementação. • Os métodos são implementados obrigatoriamente na classe filha. • Podemos implementar mais de uma interface em uma classe. • Normalmente as interfaces são utilizadas para efetuar dinamismo em uma aplicação.
  • 59. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public interface Humano { String getNome(); void setNome(String nome); int getIdade(); void setIdade(int idade); double getAltura(); void setAltura(double altura); double getPeso(); void setPeso(double peso); void falar(String frase); int andar(); }
  • 60. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class Pessoa implements Humano { ... }
  • 61. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa Interfaces Detalhes: • Para implementar uma interface utilizamos a palavra reservada implements seguida do nome da interface. • Podemos implementar mais de uma interface separados por virgula. INTERFACES
  • 62. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA – Prof. Thomás da Costa package br.com.aula.java; public class ExemploInterface { public static void main(String[] args) { Humano pessoa = new Pessoa(); pessoa.falar("Sou uma pessoa"); Humano funcionario = new Funcionario(); funcionario.falar("Sou um funcionário feliz"); } }