SlideShare uma empresa Scribd logo
Justificação, somente pela fé
em Jesus Cristo
www.ebemfoco.com
Professor: Erberson R. Pinheiro dos Santos
Lição 3
Assista o vídeo do comentário
e veja muito mais no site:
E não duvidou da promessa de Deus por
incredulidade, mas foi fortificado na fé,
dando glória a Deus,
(Rm 4.20)"
Texto Áureo
A justificação dos pecados diante de
Deus ocorre somente pela fé.
"
Verdade prática
17-(Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante
aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica os mortos, e chama as
coisas que não são como se já fossem.
18-O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que ele tornou-
se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua
descendência.
19-E não enfraquecendo na fé, não atentou para o seu próprio corpo já
amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o
amortecimento do ventre de Sara.
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
(Romanos 4.17-22)
20-E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade,
mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus,
21-E estando certíssimo de que o que ele tinha prometido
também era poderoso para o fazer.
22-Assim isso lhe foi também imputado como justiça.
Introdução
0
www.ebemfoco.com
Na Carta aos Romanos nos capítulos 3.21— 4.25
encontramos uma das mais contundentes defesas
de Paulo em favor da justificação pela
fé, independente das obras.
Paulo divide seus argumentos em três partes:
 A justificação manifestada;
 A justificação contestada;
 A justificação exemplificada.
A chamada de
Abraão, o grande
patriarca de Israel,
será a base da
argumentação de
Paulo para provar a
doutrina da
justificação somente
pela fé.
A justificação
Manifestada
(Rm 3.21-26)
I www.ebemfoco.com
Mas, agora, se manifestou, sem a lei, a justiça de Deus, tendo o
testemunho da Lei e dos Profetas. Romanos 3.21
1. Um culpado que é
inocentado
Deus se revelou para alcançar os
gentios e os judeus
Deus
Gentios
Judeus
Gentios
Judeus
Toda a
humanidade
A manifestação da justiça
divina
HomemDeus Tornou conhecido o seu amor
Jesus Cristo
O termo justiça traduz a
palavra grega dikaiosyne, muito
comum no contexto de um tribunal.
A imagem é de alguém que é
inocentado por um juiz,
mesmo sendo culpado pelos
seus atos.
Concluímos então que, mesmo culpados.
Deus quis nos justificar e perdoar.
"
Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela
redenção que há em Cristo Jesus. Romanos 3.24.
2. Um prisioneiro que
é libertado
Redenção
Paulo usa o verbo grego apolytroseo para se referir à
redenção efetuada por Jesus Cristo.
Apolytroseo = redenção, resgate, libertação
No contexto neotestamentário tem o sentido de
libertar mediante o preço de um resgate.
Redenção
No mundo antigo um escravo
podia ser resgatado mediante
o pagamento de um preço.
E o que isso tem a ver com
Deus?
Redenção
Tudo a ver.
Enviou Jesus Cristo para resgatar o
homem que estava preso em seus delitos
e pecados.
Agora, entendi.
Jesus nos resgatou da
escravidão do pecado.
Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a
sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus;
Romanos 3.25
3. Um inocente que é
culpado
O sistema de sacrifícios
levítico
1 2 3
Depois degolará o bode, da
expiação, que será pelo
povo, e trará o seu sangue
para dentro do véu;
Levítico 16:15
e fará com o seu sangue
como fez com o sangue do
novilho, e o espargirá
sobre o propiciatório, e
perante a face do
propiciatório.
Levítico 16:15
E Arão porá ambas as suas mãos sobre
a cabeça do bode vivo, e sobre ele
confessará todas as iniquidades dos
filhos de Israel, e todas as suas
transgressões, e todos os seus
pecados; e os porá sobre a cabeça do
bode, e enviá-lo-á ao deserto, pela
mão de um homem designado para
isso.
Levítico 16:21
No sistema levítico, quando alguém
pecava tornava-se culpado de algo, e um
animal inocente era sacrificado para que
a culpa fosse expiada.
Todo esse ritual mostrava o preço do pecado e
apontava para algo maior, para um sacrifício
perfeito que um dia aconteceria.
Ninguém pode alcançar a salvação
pelos seus próprios esforços.
Somente pelo sangue de Jesus:
o inocente Cordeiro de Deus
que foi sacrificado por nós.
A justificação
contestada
II www.ebemfoco.com
Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das
obras? Não; mas pela lei da fé. Romanos 3.27
1. A justificação se opõe à
salvação meritória
Faça!
Faça mais.
Faça agora.
Faça mais e você
será salvo.
Faça o certo e
ficará bem.
Não faça
nada,
apenas
aceite o
que ele já
fez.
Lei Graça
Não é fácil abrirmos mão do nosso
orgulho e deixarmos de nos
vangloriarmos pelos nossos feitos.
Todavia, a doutrina da justificação
pela fé diz que não há mérito
humano quando a graça de Deus
se manifesta.
o homem é justificado pela fé,
sem as obras da lei" (Rm 3.28).
"
É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também
dos gentios? Também dos gentios, certamente,
Romanos 3.29
2. A justificação se
opõe ao orgulho
O exclusivismo
Deus é somente
dos judeus.
E os gentios? Não
podem se relacionar
com Deus?
Ele é Deus
de toda a
Terra.
"Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é
o único SENHOR“ (Dt 6.4).
"
Se Deus é o único Deus, como de
fato afirma o monoteísmo judaico,
então Ele é o Deus dos gentios
também.
Não podemos cair no erro de
achar que Deus é nossa
propriedade exclusiva.
Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes
estabelecemos a lei. Romanos 3.31
3. A justificação se
opõe ao antinomismo
Legalismo = Tudo pela lei.
Antinomismo = Contra a lei.
Os judeus legalistas defendiam a observância dos
preceitos da lei e acusavam Paulo de ser
antinomista.
A lei e a fé
Paulo estaria ensinando que a
justificação pela fé tornara a
lei desprezível?
Lei Fé
Nem judeu nem tampouco
gentio algum foi capaz
de cumprir a Lei.
Somente Jesus Cristo
a cumpriu em nosso lugar.
A Justificação
Exemplificada
III
www.ebemfoco.com
Romanos 4.1-8
1. Abraão, circuncisão
e justificação
O argumento dos judeus
Abraão guarda
a lei.
Abraão é
circuncidado.
Moisés recebe
a lei no Sinai.
14 anos 430 anos
O argumento de Paulo
Abraão crê na
promessa.
Abraão é
circuncidado.
Moisés recebe
a lei no Sinai.
14 anos 430 anos
O que justificou Abraão não
foi o que ele fez,
mas o que Deus fez por ele.
Esse é o princípio do Evangelho —
somos aceitos não pelo que fizemos,
mas pelo que Cristo fez por nós.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e
engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.
Gênesis 12.2
2. Abraão, promessa
e justificação
Paulo argumenta que a justificação
não poderia decorre da obediência à
lei pelo fato de que quando Deus fez a
promessa a Abraão, este nem mesmo
era circuncidado
A justificação de Abrão
Deus Abraão
pecador
Abraão
Justo
A promessa dependia da
obediência à lei?
O paralelismo entre a fé de Abraão e a fé do cristão.
Romanos 4.18-25
3. Abraão, ressurreição
e justificação
Abraão acreditou
nas promessas de
Deus, mesmo com
todas as
circunstâncias
desfavoráveis.
O crente também
crer em um Deus
que torna possível
as coisas
impossíveis.
O que garante a nossa
justificação?
O qual por nossos pecados foi entregue, e
ressuscitou para nossa justificação.
Romanos 4.25
"
Conclusão
Nessa lição aprendemos que Abraão foi
justificado diante de Deus pela fé e não pela
observação da lei, como pensava os judeus.
Da mesma forma, todos que alcançam a
salvação, a alcança pela graça mediante a
fé em Jesus Cristo.
Bibliografia recomendada
www.ebemfoco.com
Fique por dentro do conteúdo da Escola
Dominical. Acesse o site
www.ebdemfoco.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Apresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson Santos
Apresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson SantosApresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson Santos
Apresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson Santos
Prof. Robson Santos
 
Lição 5 - A justificação pela fé
Lição 5 - A justificação pela féLição 5 - A justificação pela fé
Lição 5 - A justificação pela fé
Natalino das Neves Neves
 
Lição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvaçãoLição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvação
Erberson Pinheiro
 
02 a criação dos céus e da terra
02  a criação dos céus e da terra02  a criação dos céus e da terra
02 a criação dos céus e da terra
Márcio Martins
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
Joel Silva
 
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicosLição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Éder Tomé
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Rodrigo Ribeiro
 
Lição 10 o processo da salvação
Lição   10 o processo da salvaçãoLição   10 o processo da salvação
Lição 10 o processo da salvação
Cicero
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
RODRIGO FERREIRA
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
Gesiel Oliveira
 
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento EspiritualLição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual
Éder Tomé
 
Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.
Márcio Martins
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
RODRIGO FERREIRA
 
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiaresA estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
Gilberto Santos
 
Cartas de joão
Cartas de joãoCartas de joão
Cartas de joão
Dókimos Aprovado
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Erberson Pinheiro
 
Espírito santo
Espírito santoEspírito santo
A grande tribulação completa
A grande tribulação completaA grande tribulação completa
A grande tribulação completa
ANTONIO CORDEIRO DA SILVA - ADORADOR
 

Mais procurados (20)

2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
2. O Livro de Gênesis: o Pacto das Obras
 
Apresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson Santos
Apresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson SantosApresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson Santos
Apresentação Workshop / Seminário de EBD. Prof. Robson Santos
 
Lição 5 - A justificação pela fé
Lição 5 - A justificação pela féLição 5 - A justificação pela fé
Lição 5 - A justificação pela fé
 
Lição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvaçãoLição 1 - Uma promessa de salvação
Lição 1 - Uma promessa de salvação
 
02 a criação dos céus e da terra
02  a criação dos céus e da terra02  a criação dos céus e da terra
02 a criação dos céus e da terra
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
 
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicosLição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
Lição 3 – Conhecendo a Igreja a partir dos títulos e símbolos bíblicos
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
Lição 10 o processo da salvação
Lição   10 o processo da salvaçãoLição   10 o processo da salvação
Lição 10 o processo da salvação
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
 
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento EspiritualLição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual
Lição 9 - O Conhecimento de Deus que Conduz ao Crescimento Espiritual
 
Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.Arrependimento e Fé para a Salvação.
Arrependimento e Fé para a Salvação.
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiaresA estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
 
Cartas de joão
Cartas de joãoCartas de joão
Cartas de joão
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
 
Espírito santo
Espírito santoEspírito santo
Espírito santo
 
A grande tribulação completa
A grande tribulação completaA grande tribulação completa
A grande tribulação completa
 

Destaque

Deuteronomio 5
Deuteronomio 5Deuteronomio 5
Deuteronomio 5
Elisa Schenk
 
A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS
A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOSA BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS
A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS
Frederico Fonseca
 
Revisão do discipulado
Revisão do discipuladoRevisão do discipulado
Revisão do discipulado
Valdinar Viana
 
O que é crer
O que é crer O que é crer
O que é crer
Erberson Pinheiro
 
Conhecendo a Bíblia
Conhecendo a BíbliaConhecendo a Bíblia
Conhecendo a Bíblia
Erberson Pinheiro
 
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJASLIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
A origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua HistóriaA origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua História
Robson Rocha
 

Destaque (7)

Deuteronomio 5
Deuteronomio 5Deuteronomio 5
Deuteronomio 5
 
A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS
A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOSA BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS
A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS
 
Revisão do discipulado
Revisão do discipuladoRevisão do discipulado
Revisão do discipulado
 
O que é crer
O que é crer O que é crer
O que é crer
 
Conhecendo a Bíblia
Conhecendo a BíbliaConhecendo a Bíblia
Conhecendo a Bíblia
 
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJASLIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
LIÇÃO 10 - MANSIDÃO: TORNA O CRENTE APTO PARA EVITAR PELEJAS
 
A origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua HistóriaA origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua História
 

Semelhante a Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo

Lição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus Cristo
Lição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus CristoLição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus Cristo
Lição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus Cristo
Andrew Guimarães
 
EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...
EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...
EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016
Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016
Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016
Pr. Andre Luiz
 
Lição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo
Lição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus CristoLição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo
Lição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo
I.A.D.F.J - SAMAMABAIA SUL
 
Justificação, Somente Pela Fé em Jesus Cristo
Justificação, Somente Pela Fé em Jesus CristoJustificação, Somente Pela Fé em Jesus Cristo
Justificação, Somente Pela Fé em Jesus Cristo
Márcio Martins
 
2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx
Joel Silva
 
Ebd adultos 2º trimestre 2016 - lição 03
Ebd adultos   2º trimestre 2016 - lição 03Ebd adultos   2º trimestre 2016 - lição 03
Ebd adultos 2º trimestre 2016 - lição 03
Joel Silva
 
Justificação, o ponto de partida da reforma
Justificação, o ponto de partida da reformaJustificação, o ponto de partida da reforma
Justificação, o ponto de partida da reforma
dimas campos
 
JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ
JUSTIFICAÇÃO PELA FÉJUSTIFICAÇÃO PELA FÉ
JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ
JEFERSON PEREIRA
 
Somos a justiça de deus
Somos a justiça de deusSomos a justiça de deus
Somos a justiça de deus
Adriano Gonçalves Martins
 
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Ramón Zazatt
 
LIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTO
LIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTOLIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTO
LIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTO
Lourinaldo Serafim
 
Nenhuma Condenação
Nenhuma CondenaçãoNenhuma Condenação
Nenhuma Condenação
lucena
 
U.XI - Salvação em Cristo - Parte I
U.XI - Salvação em Cristo - Parte IU.XI - Salvação em Cristo - Parte I
U.XI - Salvação em Cristo - Parte I
Ramón Zazatt
 
Lição 5 a justificação pela fé
Lição 5 a justificação pela féLição 5 a justificação pela fé
Lição 5 a justificação pela fé
boasnovassena
 
Ebd lições séries 03 - 2º trimestre 2016
Ebd   lições séries 03 - 2º trimestre 2016Ebd   lições séries 03 - 2º trimestre 2016
Ebd lições séries 03 - 2º trimestre 2016
Joel Silva
 
Lição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus Cristo
Lição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus CristoLição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus Cristo
Lição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus Cristo
Ailton da Silva
 
Jesus filho deus
Jesus filho deusJesus filho deus
Jesus filho deus
Jose Moraes
 
A doutrina da justificação
A doutrina da justificaçãoA doutrina da justificação
A doutrina da justificação
antonio ferreira
 
A doutrina da justificação
A doutrina da justificaçãoA doutrina da justificação
A doutrina da justificação
Antonio Ferreira
 

Semelhante a Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo (20)

Lição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus Cristo
Lição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus CristoLição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus Cristo
Lição 3 - Justificação, Somente Pela Fé Em Jesus Cristo
 
EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...
EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...
EBD Lições bíblicas 2°trimestre 2016 aula 3 Justificação,somente pela fé em J...
 
Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016
Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016
Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo - Lição 03 - 2º Trimestre de 2016
 
Lição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo
Lição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus CristoLição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo
Lição 3: Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo
 
Justificação, Somente Pela Fé em Jesus Cristo
Justificação, Somente Pela Fé em Jesus CristoJustificação, Somente Pela Fé em Jesus Cristo
Justificação, Somente Pela Fé em Jesus Cristo
 
2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx
2016 2º trimestre adultos lição 03.pptx
 
Ebd adultos 2º trimestre 2016 - lição 03
Ebd adultos   2º trimestre 2016 - lição 03Ebd adultos   2º trimestre 2016 - lição 03
Ebd adultos 2º trimestre 2016 - lição 03
 
Justificação, o ponto de partida da reforma
Justificação, o ponto de partida da reformaJustificação, o ponto de partida da reforma
Justificação, o ponto de partida da reforma
 
JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ
JUSTIFICAÇÃO PELA FÉJUSTIFICAÇÃO PELA FÉ
JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ
 
Somos a justiça de deus
Somos a justiça de deusSomos a justiça de deus
Somos a justiça de deus
 
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
Unidade 11 - Descobrindo o Plano de Salvação - Aspecto 1
 
LIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTO
LIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTOLIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTO
LIÇÃO 03 - JUSTIFICAÇÃO, SOMENTE PELA FÉ EM JESUS CRISTO
 
Nenhuma Condenação
Nenhuma CondenaçãoNenhuma Condenação
Nenhuma Condenação
 
U.XI - Salvação em Cristo - Parte I
U.XI - Salvação em Cristo - Parte IU.XI - Salvação em Cristo - Parte I
U.XI - Salvação em Cristo - Parte I
 
Lição 5 a justificação pela fé
Lição 5 a justificação pela féLição 5 a justificação pela fé
Lição 5 a justificação pela fé
 
Ebd lições séries 03 - 2º trimestre 2016
Ebd   lições séries 03 - 2º trimestre 2016Ebd   lições séries 03 - 2º trimestre 2016
Ebd lições séries 03 - 2º trimestre 2016
 
Lição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus Cristo
Lição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus CristoLição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus Cristo
Lição 3 - justificação pela fé, somente em Jesus Cristo
 
Jesus filho deus
Jesus filho deusJesus filho deus
Jesus filho deus
 
A doutrina da justificação
A doutrina da justificaçãoA doutrina da justificação
A doutrina da justificação
 
A doutrina da justificação
A doutrina da justificaçãoA doutrina da justificação
A doutrina da justificação
 

Mais de Erberson Pinheiro

A bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósitoA bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósito
Erberson Pinheiro
 
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristãLição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Erberson Pinheiro
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Erberson Pinheiro
 
Lição 7 - A salvação pela graça
Lição 7 - A salvação pela graçaLição 7 - A salvação pela graça
Lição 7 - A salvação pela graça
Erberson Pinheiro
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Erberson Pinheiro
 
Lutero e a reforma protestante
Lutero e a reforma protestanteLutero e a reforma protestante
Lutero e a reforma protestante
Erberson Pinheiro
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Erberson Pinheiro
 
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade socialLição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Erberson Pinheiro
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Erberson Pinheiro
 
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Erberson Pinheiro
 
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneoLição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Erberson Pinheiro
 
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do SalvadorLição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Erberson Pinheiro
 
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deusLição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Erberson Pinheiro
 
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Erberson Pinheiro
 
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelouLição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Erberson Pinheiro
 
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luzLição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Erberson Pinheiro
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Erberson Pinheiro
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Erberson Pinheiro
 
Lição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Lição 13 - Sobre a família e a sua naturezaLição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Lição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Erberson Pinheiro
 
Lição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouroLição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouro
Erberson Pinheiro
 

Mais de Erberson Pinheiro (20)

A bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósitoA bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósito
 
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristãLição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
Lição 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 7 - A salvação pela graça
Lição 7 - A salvação pela graçaLição 7 - A salvação pela graça
Lição 7 - A salvação pela graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lutero e a reforma protestante
Lutero e a reforma protestanteLutero e a reforma protestante
Lutero e a reforma protestante
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade socialLição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
Lição 4 - O cristão diante da pobreza e da desigualdade social
 
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deusLição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
Lição 4 - Salvação - o amor e a misericórdia de deus
 
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 4 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
 
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneoLição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
Lição 3 - O problema da fome no mundo contemporâneo
 
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do SalvadorLição 3 - A salvação e o advento do Salvador
Lição 3 - A salvação e o advento do Salvador
 
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deusLição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
Lição 3 - A maravilhosa e inefável graça de deus
 
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
 
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelouLição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
Lição 1 - O Deus todo poderoso se revelou
 
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luzLição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
Lição 1 - Relevantes como o sal, resplandecentes como a luz
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de jesus cristo
 
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximoLição 13 - O tempo de deus está próximo
Lição 13 - O tempo de deus está próximo
 
Lição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Lição 13 - Sobre a família e a sua naturezaLição 13 - Sobre a família e a sua natureza
Lição 13 - Sobre a família e a sua natureza
 
Lição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouroLição 12 - O mundo vindouro
Lição 12 - O mundo vindouro
 

Último

7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
valneirocha
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
PIB Penha
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
PIB Penha
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
EdimarEdigesso
 

Último (20)

7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
 

Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo

  • 1. Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo www.ebemfoco.com Professor: Erberson R. Pinheiro dos Santos Lição 3 Assista o vídeo do comentário e veja muito mais no site:
  • 2. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, (Rm 4.20)" Texto Áureo
  • 3. A justificação dos pecados diante de Deus ocorre somente pela fé. " Verdade prática
  • 4. 17-(Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem. 18-O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que ele tornou- se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência. 19-E não enfraquecendo na fé, não atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE (Romanos 4.17-22)
  • 5. 20-E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, 21-E estando certíssimo de que o que ele tinha prometido também era poderoso para o fazer. 22-Assim isso lhe foi também imputado como justiça.
  • 7. Na Carta aos Romanos nos capítulos 3.21— 4.25 encontramos uma das mais contundentes defesas de Paulo em favor da justificação pela fé, independente das obras. Paulo divide seus argumentos em três partes:  A justificação manifestada;  A justificação contestada;  A justificação exemplificada.
  • 8. A chamada de Abraão, o grande patriarca de Israel, será a base da argumentação de Paulo para provar a doutrina da justificação somente pela fé.
  • 10. Mas, agora, se manifestou, sem a lei, a justiça de Deus, tendo o testemunho da Lei e dos Profetas. Romanos 3.21 1. Um culpado que é inocentado
  • 11. Deus se revelou para alcançar os gentios e os judeus Deus Gentios Judeus Gentios Judeus Toda a humanidade
  • 12. A manifestação da justiça divina HomemDeus Tornou conhecido o seu amor Jesus Cristo
  • 13. O termo justiça traduz a palavra grega dikaiosyne, muito comum no contexto de um tribunal. A imagem é de alguém que é inocentado por um juiz, mesmo sendo culpado pelos seus atos.
  • 14. Concluímos então que, mesmo culpados. Deus quis nos justificar e perdoar. "
  • 15. Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Romanos 3.24. 2. Um prisioneiro que é libertado
  • 16. Redenção Paulo usa o verbo grego apolytroseo para se referir à redenção efetuada por Jesus Cristo. Apolytroseo = redenção, resgate, libertação No contexto neotestamentário tem o sentido de libertar mediante o preço de um resgate.
  • 17. Redenção No mundo antigo um escravo podia ser resgatado mediante o pagamento de um preço. E o que isso tem a ver com Deus?
  • 18. Redenção Tudo a ver. Enviou Jesus Cristo para resgatar o homem que estava preso em seus delitos e pecados. Agora, entendi. Jesus nos resgatou da escravidão do pecado.
  • 19. Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; Romanos 3.25 3. Um inocente que é culpado
  • 20. O sistema de sacrifícios levítico 1 2 3 Depois degolará o bode, da expiação, que será pelo povo, e trará o seu sangue para dentro do véu; Levítico 16:15 e fará com o seu sangue como fez com o sangue do novilho, e o espargirá sobre o propiciatório, e perante a face do propiciatório. Levítico 16:15 E Arão porá ambas as suas mãos sobre a cabeça do bode vivo, e sobre ele confessará todas as iniquidades dos filhos de Israel, e todas as suas transgressões, e todos os seus pecados; e os porá sobre a cabeça do bode, e enviá-lo-á ao deserto, pela mão de um homem designado para isso. Levítico 16:21
  • 21. No sistema levítico, quando alguém pecava tornava-se culpado de algo, e um animal inocente era sacrificado para que a culpa fosse expiada. Todo esse ritual mostrava o preço do pecado e apontava para algo maior, para um sacrifício perfeito que um dia aconteceria.
  • 22. Ninguém pode alcançar a salvação pelos seus próprios esforços. Somente pelo sangue de Jesus: o inocente Cordeiro de Deus que foi sacrificado por nós.
  • 24. Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. Romanos 3.27 1. A justificação se opõe à salvação meritória
  • 25. Faça! Faça mais. Faça agora. Faça mais e você será salvo. Faça o certo e ficará bem. Não faça nada, apenas aceite o que ele já fez. Lei Graça
  • 26. Não é fácil abrirmos mão do nosso orgulho e deixarmos de nos vangloriarmos pelos nossos feitos. Todavia, a doutrina da justificação pela fé diz que não há mérito humano quando a graça de Deus se manifesta.
  • 27. o homem é justificado pela fé, sem as obras da lei" (Rm 3.28). "
  • 28. É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, Romanos 3.29 2. A justificação se opõe ao orgulho
  • 29. O exclusivismo Deus é somente dos judeus. E os gentios? Não podem se relacionar com Deus? Ele é Deus de toda a Terra.
  • 30. "Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR“ (Dt 6.4). "
  • 31. Se Deus é o único Deus, como de fato afirma o monoteísmo judaico, então Ele é o Deus dos gentios também. Não podemos cair no erro de achar que Deus é nossa propriedade exclusiva.
  • 32. Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei. Romanos 3.31 3. A justificação se opõe ao antinomismo
  • 33. Legalismo = Tudo pela lei. Antinomismo = Contra a lei. Os judeus legalistas defendiam a observância dos preceitos da lei e acusavam Paulo de ser antinomista.
  • 34. A lei e a fé Paulo estaria ensinando que a justificação pela fé tornara a lei desprezível? Lei Fé
  • 35. Nem judeu nem tampouco gentio algum foi capaz de cumprir a Lei. Somente Jesus Cristo a cumpriu em nosso lugar.
  • 37. Romanos 4.1-8 1. Abraão, circuncisão e justificação
  • 38. O argumento dos judeus Abraão guarda a lei. Abraão é circuncidado. Moisés recebe a lei no Sinai. 14 anos 430 anos
  • 39. O argumento de Paulo Abraão crê na promessa. Abraão é circuncidado. Moisés recebe a lei no Sinai. 14 anos 430 anos
  • 40. O que justificou Abraão não foi o que ele fez, mas o que Deus fez por ele.
  • 41. Esse é o princípio do Evangelho — somos aceitos não pelo que fizemos, mas pelo que Cristo fez por nós.
  • 42. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. Gênesis 12.2 2. Abraão, promessa e justificação
  • 43. Paulo argumenta que a justificação não poderia decorre da obediência à lei pelo fato de que quando Deus fez a promessa a Abraão, este nem mesmo era circuncidado
  • 44. A justificação de Abrão Deus Abraão pecador Abraão Justo
  • 45. A promessa dependia da obediência à lei?
  • 46. O paralelismo entre a fé de Abraão e a fé do cristão. Romanos 4.18-25 3. Abraão, ressurreição e justificação
  • 47. Abraão acreditou nas promessas de Deus, mesmo com todas as circunstâncias desfavoráveis. O crente também crer em um Deus que torna possível as coisas impossíveis.
  • 48. O que garante a nossa justificação? O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação. Romanos 4.25 "
  • 49. Conclusão Nessa lição aprendemos que Abraão foi justificado diante de Deus pela fé e não pela observação da lei, como pensava os judeus. Da mesma forma, todos que alcançam a salvação, a alcança pela graça mediante a fé em Jesus Cristo.
  • 51. Fique por dentro do conteúdo da Escola Dominical. Acesse o site www.ebdemfoco.com