SlideShare uma empresa Scribd logo
EEEFM POLIVALENTE DE LINHARES I – 2012
EDUCAR: UMA AÇÃO COLETIVA




      CONEXÃO ENTRE PLANO
        DE ENSINO, AULAS
       DADAS E AVALIAÇÃO
              JORNADA DE PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO
                                       Outubro/2012


                       AV. Presidente Café Filho, 546 – BNH – Fone (27)33731306
                 www.polipedagogico@gmail.com         www.polium.blogspot@gmail.com.br
EEEFM POLIVALENTE DE LINHARES I –
2012
EDUCAR: UMA AÇÃO COLETIVA




  Objetivos do estudo

• Refletir sobre a relação entre
  plano de ensino, aulas dadas e
  avaliação.
• Construir referencial teórico
  que oriente na preparação de
  aulas com foco no
  desenvolvimento de
  habilidades e competências.
MAS O QUE SÃO
MESMO HABILIDADES
 E COMPETÊNCIAS?
HABILIDADE

• “Capacidade de executar certas
  tarefas com precisão.”

           (PAULO R. MEIRA MENANDRO, 2002)
• Fazer algo específico,
  isto é, uma ação física
  ou mental.
  Ex.: analisar, aplicar,
  avaliar, identificar,
  manipular com destreza,
  relacionar, sintetizar,
  etc.
COMPETÊNCIA

• É a capacidade do sujeito
  mobilizar recursos cognitivos
  visando abordar uma situação
  complexa.
                   (MORETO, V. 2002)
• Mobilizar um conjunto
  de habilidades para
  resolver uma situação
  complexa. Está sempre
  associada a uma função
  específica: ser
  professor, advogado, de
  ntista.
DIFERENÇA ENTRE HABILIDADES
             E COMPETÊNCIAS

• “Habilidades são ações integrantes para a
  aquisição da competência.
  Circunstancialmente, uma habilidade pode
  tornar-se uma competência, considerando o
  grau de complexidade da ação envolvida”.
  (NANG, 2003)
• Um conteúdo é como uma
  receita de um prato, mas
  sem habilidades específicas
  não conseguimos prepará-lo
  com competência.
• Assim é na escola, não
  adianta estudar como os
  textos funcionam ou sobre
  as regras de gramática, se
  não são desenvolvidas as
  habilidades de leitura.
• A cozinheira que prepara uma apetitosa feijoada está usando
  um notável elenco de habilidades, ao mesmo tempo
  analisando, deduzindo, comparando, transferindo e
  separando; a menina que a observa e quer imitá-la precisa
  separar as operações para apreendê-las de maneira concreta.
Vygotsky: Conceitos não-espontâneos não são
            aprendidos mecanicamente, mas evoluem com a
            ajuda de uma vigorosa atividade mental.




O repassar de conteúdos vai na
contramão dessa teoria.




               Ensinar é criar situações favoráveis ao
               desenvolvimento de habilidades.
ENFIM, PARA QUE TRABALHAR COM
    HABILIDADES E COMPETÊNCIAS?
• Para obter resultados mais precisos e
  mensuráveis
• Para trabalhar os três tipos de
  conhecimentos: Conceituais, Atitudinais e
  Procedimentais
• Para valorizar as múltiplas inteligências
  dos alunos
• Em síntese...
Aprendizagem
 significativa
Jpp   outubro 2012 - 30.09
Professor:
• O seu conteúdo
  específico deve
  ser ministrado
  como meio para o
  desenvolvimento
  de habilidades e
  competências
  pelo aluno.
Proposta CONCRETA

• Trabalhar com as
  habilidades: onde os
  conteúdos não são
  fins mas meios para
  o desenvolvimento
  das competências.
PLANO DE ENSINO
• É o direcionador das aulas;
• Deve ser elaborado de acordo com a realidade
  da escola e dos professores para que possa ser
  cumprido o mais efetivamente possível
  (obedecendo aos documentos curriculares).
RELAÇAO ENTRE
HABILIDADES, AULAS, ATIVIDADES E QUESTÕES
                 DE PROVA
• Ao planejar as aulas sobre determinado conteúdo, o
  professor deve consultar o Plano de Ensino para
  verificar quais as habilidades e competências que
  devem ser desenvolvidas;

• Ao elaborar as atividades e questões de prova, deve-se
  ter coerência com a aula dada e com as habilidades.
RELAÇAO ENTRE HABILIDADES, AULAS, ATIVIDADES E QUESTÕES DE
PROVA
              HABILIDADES/COMPETÊNCIAS



                         AULAS DADAS



                     ATIVIDADES / PROVA
AO INICIAR UM NOVO CONTEÚDO
• LEMBRANDO – O PRINCÍPIO
• Deixar claro para o aluno os objetivos
  pretendidos com o assunto estudado – as
  habilidades que o aluno precisa adquirir.

• O FINAL – A AVALIAÇÃO
• Deixar claro para o aluno os objetivos
  pretendidos com o assunto estudado – as
  habilidades que o aluno deve ter adquirido.
Proposta CONCRETA

• Trabalhar com as
  habilidades: onde os
  conteúdos não são
  fins mas meios para
  o desenvolvimento
  das competências.
EXEMPLO:
Habilidade:
• Compreender o processo da produção de anticorpos para fazer a
  defesa do organismo;

Qual a atividade que atende a essa habilidade?
A) Conceitue anticorpos e antígenos.
B) Apresente as características dos anticorpos.
C) Explique a diferença entre anticorpos e antígenos.
D) Explique como ocorre a produção de anticorpos no organismo.
HABILIDADE   CARACTERÍSTICAS                  ATIVIDADES
Aplicar      Significa usar o conhecimento    Pode-se explorar o caminho
             para esclarecer outros           para a escola conhecido pelos
             conhecimentos. Aplicar um        alunos para que ele comece a
             conhecimento já obtido em        construir noções de relevo. O
             outras situações. A aplicação    aluno aplica o seu
             exige a possibilidade de         conhecimento e transfere seus
             transferência que é uma das      conhecimentos para mais
             mais importantes habilidades     tarde, transformá-los e ampliá-
             operatórias estimuladoras da     los.
             inteligência.



Demonstrar   Pressupõe a capacidade de        Desenvolver jogos que
             explicar um fato, um fenômeno,   destaquem as diferenças entre
             um acontecimento por meio do     exibir e demonstrar.
             raciocínio lógico, apontando
             causas, efeitos e relações. A
             demonstração pode envolver
             também comprovação de um
             argumento.
MÃOS À OBRA!!
• 1- Reúna-se com os colegas que trabalham a mesma disciplina
  que você;
• 2- Escolham uma habilidade e/ou competência de uma das
  séries com as quais trabalham;
• 3- Elaborem uma atividade e/ou questão de prova que tenha
  coerência com a habilidade escolhida;
• 4- Escrevam em cartaz ou power point, a habilidade e a
  questão elaborada para ser socializada com os demais
  colegas.
“Ninguém nega o valor da educação e que um
bom professor é imprescindível. Mas, ainda que
desejem bons professores para seus filhos,
poucos pais desejam que seus filhos sejam
professores. Isso nos mostra o reconhecimento
que o trabalho de educar é duro, difícil e
necessário, mas que permitimos que esses
profissionais continuem sendo desvalorizados.
Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio
social e responsabilizados pelo fracasso da
educação, grande parte resiste e continua
apaixonada pelo seu trabalho.(...)”
                                    Paulo Freire
EEEFM POLIVALENTE DE LINHARES I – 2012
EDUCAR: UMA AÇÃO COLETIVA




       Referências

• O estudo teve como base o site:
  http://www.slideshare.net/alexandrehistori/habilida
  des-e-competncias-10361904

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10 novas competências para ensinar
10 novas competências para ensinar10 novas competências para ensinar
10 novas competências para ensinar
Francijane Lima
 
As 10 novas competencias para ensinar
As 10 novas competencias para ensinarAs 10 novas competencias para ensinar
As 10 novas competencias para ensinar
Carla Trindade
 
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoudDez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Soares Junior
 
5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades
5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades
5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades
Adriana Negris
 
O ensino por competências
O ensino por competênciasO ensino por competências
O ensino por competências
Giba Cardoso
 
Tabela habilidades-operatorias
Tabela habilidades-operatoriasTabela habilidades-operatorias
Tabela habilidades-operatorias
PROIDDBahiana
 
Capacitação de Ciências - 1ª parte
Capacitação de Ciências - 1ª parteCapacitação de Ciências - 1ª parte
Capacitação de Ciências - 1ª parte
anjalylopes
 
Perrenoud, phillipie dez competencias para ensinar
Perrenoud, phillipie   dez competencias para ensinarPerrenoud, phillipie   dez competencias para ensinar
Perrenoud, phillipie dez competencias para ensinar
marcaocampos
 
Dez novas competências para ensinar
Dez novas competências para ensinarDez novas competências para ensinar
Dez novas competências para ensinar
elianinha
 
Dez competências para ensinar
Dez competências para ensinarDez competências para ensinar
Dez competências para ensinar
Regina Karla de Azevedo
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
Amanda Sobral
 
Competencias do Professor
Competencias do ProfessorCompetencias do Professor
Competencias do Professor
Renata Aquino
 
Modalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de textoModalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de texto
pibidbio
 
Oficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc pr
Oficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc prOficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc pr
Oficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc pr
José Antonio Kuller
 
Organizar e dirigir situações de aprendizagem
Organizar e dirigir  situações de aprendizagemOrganizar e dirigir  situações de aprendizagem
Organizar e dirigir situações de aprendizagem
Alexandre Lopes
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
louisacarla
 
Habilidades e competências
Habilidades e competênciasHabilidades e competências
Habilidades e competências
Dulcilene Figueiredo
 
10+novas+competências+para+ensinar
10+novas+competências+para+ensinar10+novas+competências+para+ensinar
10+novas+competências+para+ensinar
pedagogia para licenciados
 
Philippe Perrenoud
Philippe PerrenoudPhilippe Perrenoud
Philippe Perrenoud
Giovana Cristina
 
Dez CompetêNcias Para Ensinar
Dez CompetêNcias Para EnsinarDez CompetêNcias Para Ensinar
Dez CompetêNcias Para Ensinar
Fernando José Ribeiro dos Santos
 

Mais procurados (20)

10 novas competências para ensinar
10 novas competências para ensinar10 novas competências para ensinar
10 novas competências para ensinar
 
As 10 novas competencias para ensinar
As 10 novas competencias para ensinarAs 10 novas competencias para ensinar
As 10 novas competencias para ensinar
 
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoudDez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
Dez novas competências para ensinar – philippe perrenoud
 
5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades
5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades
5 Docencia Compe Te Ncias E Habilidades
 
O ensino por competências
O ensino por competênciasO ensino por competências
O ensino por competências
 
Tabela habilidades-operatorias
Tabela habilidades-operatoriasTabela habilidades-operatorias
Tabela habilidades-operatorias
 
Capacitação de Ciências - 1ª parte
Capacitação de Ciências - 1ª parteCapacitação de Ciências - 1ª parte
Capacitação de Ciências - 1ª parte
 
Perrenoud, phillipie dez competencias para ensinar
Perrenoud, phillipie   dez competencias para ensinarPerrenoud, phillipie   dez competencias para ensinar
Perrenoud, phillipie dez competencias para ensinar
 
Dez novas competências para ensinar
Dez novas competências para ensinarDez novas competências para ensinar
Dez novas competências para ensinar
 
Dez competências para ensinar
Dez competências para ensinarDez competências para ensinar
Dez competências para ensinar
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
 
Competencias do Professor
Competencias do ProfessorCompetencias do Professor
Competencias do Professor
 
Modalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de textoModalidades didáticas estudo de texto
Modalidades didáticas estudo de texto
 
Oficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc pr
Oficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc prOficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc pr
Oficina de metodologia de desenvolvimento de competências puc pr
 
Organizar e dirigir situações de aprendizagem
Organizar e dirigir  situações de aprendizagemOrganizar e dirigir  situações de aprendizagem
Organizar e dirigir situações de aprendizagem
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
 
Habilidades e competências
Habilidades e competênciasHabilidades e competências
Habilidades e competências
 
10+novas+competências+para+ensinar
10+novas+competências+para+ensinar10+novas+competências+para+ensinar
10+novas+competências+para+ensinar
 
Philippe Perrenoud
Philippe PerrenoudPhilippe Perrenoud
Philippe Perrenoud
 
Dez CompetêNcias Para Ensinar
Dez CompetêNcias Para EnsinarDez CompetêNcias Para Ensinar
Dez CompetêNcias Para Ensinar
 

Destaque

Apresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolas
Apresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolasApresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolas
Apresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolas
Alessandra Medeiros
 
Projetos educativos
Projetos educativosProjetos educativos
Projetos educativos
João Soeiro
 
Diario de um_professor
Diario de um_professorDiario de um_professor
Diario de um_professor
Alessandra Hoft Puga
 
Uma professora muito maluquinha
Uma professora muito maluquinhaUma professora muito maluquinha
Uma professora muito maluquinha
maricotinha1964
 
Orientacoes Diarios 2010
Orientacoes Diarios 2010Orientacoes Diarios 2010
Orientacoes Diarios 2010
Meri RochaLeite
 
Plano de aula - Didática
Plano de aula - DidáticaPlano de aula - Didática
Plano de aula - Didática
pedagogiaempauta2014
 
Organizacao do caderno_diario
Organizacao do caderno_diarioOrganizacao do caderno_diario
Organizacao do caderno_diario
Biblioteca Escolar Aeob
 
Orientações para a EJA - 2012
Orientações para a EJA - 2012Orientações para a EJA - 2012
Orientações para a EJA - 2012
Helena Zanotto
 
Ppoint.Planejamento.Revisado2006
Ppoint.Planejamento.Revisado2006Ppoint.Planejamento.Revisado2006
Ppoint.Planejamento.Revisado2006
Albano Novaes
 
Atividades 6 ano
Atividades 6 anoAtividades 6 ano
Atividades 6 ano
Karyna Gambarelli
 
O defeito e sempre do outro
O defeito e sempre do outroO defeito e sempre do outro
O defeito e sempre do outro
Mensagens Virtuais
 
Poema de Rubem Alves
Poema de Rubem AlvesPoema de Rubem Alves
Poema de Rubem Alves
Prefeitura Municipal de Fortaleza
 
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
bedjoaoii
 
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um FuturoTexto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
Adilson P Motta Motta
 
Projetos didáticos
Projetos didáticosProjetos didáticos
Projetos didáticos
Taty Nunes da Rocha
 
A escola dos bichos slide priscila
A escola dos bichos  slide priscilaA escola dos bichos  slide priscila
A escola dos bichos slide priscila
Priscila Maria
 
Currículo
CurrículoCurrículo
Currículo
nadjelena
 
Situações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplarSituações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplar
orientacoesdidaticas
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
CÉSAR TAVARES
 
Registros Diários
Registros DiáriosRegistros Diários
Registros Diários
Milton Alvaro Menon
 

Destaque (20)

Apresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolas
Apresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolasApresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolas
Apresentaçã ON-LINE do site INFOKIDS para escolas
 
Projetos educativos
Projetos educativosProjetos educativos
Projetos educativos
 
Diario de um_professor
Diario de um_professorDiario de um_professor
Diario de um_professor
 
Uma professora muito maluquinha
Uma professora muito maluquinhaUma professora muito maluquinha
Uma professora muito maluquinha
 
Orientacoes Diarios 2010
Orientacoes Diarios 2010Orientacoes Diarios 2010
Orientacoes Diarios 2010
 
Plano de aula - Didática
Plano de aula - DidáticaPlano de aula - Didática
Plano de aula - Didática
 
Organizacao do caderno_diario
Organizacao do caderno_diarioOrganizacao do caderno_diario
Organizacao do caderno_diario
 
Orientações para a EJA - 2012
Orientações para a EJA - 2012Orientações para a EJA - 2012
Orientações para a EJA - 2012
 
Ppoint.Planejamento.Revisado2006
Ppoint.Planejamento.Revisado2006Ppoint.Planejamento.Revisado2006
Ppoint.Planejamento.Revisado2006
 
Atividades 6 ano
Atividades 6 anoAtividades 6 ano
Atividades 6 ano
 
O defeito e sempre do outro
O defeito e sempre do outroO defeito e sempre do outro
O defeito e sempre do outro
 
Poema de Rubem Alves
Poema de Rubem AlvesPoema de Rubem Alves
Poema de Rubem Alves
 
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
PABE - Plano de Ação da Biblioteca da Escola D. João II - ano letivo 13 14
 
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um FuturoTexto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
 
Projetos didáticos
Projetos didáticosProjetos didáticos
Projetos didáticos
 
A escola dos bichos slide priscila
A escola dos bichos  slide priscilaA escola dos bichos  slide priscila
A escola dos bichos slide priscila
 
Currículo
CurrículoCurrículo
Currículo
 
Situações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplarSituações que a rotina necessita contemplar
Situações que a rotina necessita contemplar
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 
Registros Diários
Registros DiáriosRegistros Diários
Registros Diários
 

Semelhante a Jpp outubro 2012 - 30.09

Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02
Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02
Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02
Jhosyrene Oliveira
 
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...
Jordano Santos Cerqueira
 
Apresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoApresentação inicial agosto
Apresentação inicial agosto
Elvira Aliceda
 
Replanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamento
Replanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamentoReplanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamento
Replanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamento
Wilson Barbieri
 
Palestra Tipos de Conteúdos
Palestra Tipos de ConteúdosPalestra Tipos de Conteúdos
Palestra Tipos de Conteúdos
louisacarla
 
DIDÁTICA GERAL.pptx
DIDÁTICA GERAL.pptxDIDÁTICA GERAL.pptx
DIDÁTICA GERAL.pptx
Evaldo Pereira Merim
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
Mari_Saracchini
 
Aprendizagem baseada em projetos
Aprendizagem baseada em projetosAprendizagem baseada em projetos
Aprendizagem baseada em projetos
Profa Karen Borges
 
Manha.ppt
 Manha.ppt Manha.ppt
Manha.ppt
Marcia pereira
 
Habilidades e competências
Habilidades e competências Habilidades e competências
Habilidades e competências
LOCIMAR MASSALAI
 
Pp Da Dri
Pp Da DriPp Da Dri
Instrumentos de avaliação
Instrumentos de avaliaçãoInstrumentos de avaliação
Instrumentos de avaliação
Edson Mamprin
 
1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara
Claudia Andrade
 
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Andrea Cortelazzi
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
Instituto SOS Professor
 
Planejamento e trabalho docente
Planejamento e  trabalho docentePlanejamento e  trabalho docente
Planejamento e trabalho docente
ifbauab
 
fORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptx
fORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptxfORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptx
fORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptx
Antônia marta Silvestre da Silva
 
2ª reunião 29-02-2012
2ª reunião 29-02-20122ª reunião 29-02-2012
2ª reunião 29-02-2012
lidcabral
 
A.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.Ppoint
A.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.PpointA.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.Ppoint
A.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.Ppoint
Albano Novaes
 
Apresentação concepções defendidas pela seesp
Apresentação concepções defendidas pela seespApresentação concepções defendidas pela seesp
Apresentação concepções defendidas pela seesp
Doutora em Linguística Aplicada pela PUC-SP
 

Semelhante a Jpp outubro 2012 - 30.09 (20)

Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02
Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02
Habilidadesecompetnciasparapolo 111128044333-phpapp02
 
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 06 - Prova ...
 
Apresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoApresentação inicial agosto
Apresentação inicial agosto
 
Replanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamento
Replanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamentoReplanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamento
Replanejamento 2º dia- Coordenadora LIa - 2º dia do replanejamento
 
Palestra Tipos de Conteúdos
Palestra Tipos de ConteúdosPalestra Tipos de Conteúdos
Palestra Tipos de Conteúdos
 
DIDÁTICA GERAL.pptx
DIDÁTICA GERAL.pptxDIDÁTICA GERAL.pptx
DIDÁTICA GERAL.pptx
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
 
Aprendizagem baseada em projetos
Aprendizagem baseada em projetosAprendizagem baseada em projetos
Aprendizagem baseada em projetos
 
Manha.ppt
 Manha.ppt Manha.ppt
Manha.ppt
 
Habilidades e competências
Habilidades e competências Habilidades e competências
Habilidades e competências
 
Pp Da Dri
Pp Da DriPp Da Dri
Pp Da Dri
 
Instrumentos de avaliação
Instrumentos de avaliaçãoInstrumentos de avaliação
Instrumentos de avaliação
 
1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara1. zabala. prática educativa prof. iara
1. zabala. prática educativa prof. iara
 
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
Zabala. Peb Ii Estado 26.11.09
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
 
Planejamento e trabalho docente
Planejamento e  trabalho docentePlanejamento e  trabalho docente
Planejamento e trabalho docente
 
fORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptx
fORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptxfORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptx
fORMAÇÃO CONTINUADA AVALIAÇÕES EXTERNAS.pptx
 
2ª reunião 29-02-2012
2ª reunião 29-02-20122ª reunião 29-02-2012
2ª reunião 29-02-2012
 
A.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.Ppoint
A.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.PpointA.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.Ppoint
A.Apres.EducaçãO.Habil.Compet.Ppoint
 
Apresentação concepções defendidas pela seesp
Apresentação concepções defendidas pela seespApresentação concepções defendidas pela seesp
Apresentação concepções defendidas pela seesp
 

Mais de Sarah Fantin

Festa julina vespertino
Festa julina vespertinoFesta julina vespertino
Festa julina vespertino
Sarah Fantin
 
Quadrilha matutino
Quadrilha matutinoQuadrilha matutino
Quadrilha matutino
Sarah Fantin
 
Quadrilha Matutino
Quadrilha MatutinoQuadrilha Matutino
Quadrilha Matutino
Sarah Fantin
 
Propagandas 1
Propagandas 1Propagandas 1
Propagandas 1
Sarah Fantin
 
Teatro Nice Avanza
Teatro Nice AvanzaTeatro Nice Avanza
Teatro Nice Avanza
Sarah Fantin
 
Meio ambiente 2
Meio ambiente 2Meio ambiente 2
Meio ambiente 2
Sarah Fantin
 
Meio ambiente 2
Meio ambiente 2Meio ambiente 2
Meio ambiente 2
Sarah Fantin
 
Haicais p rof. selma
Haicais p rof. selmaHaicais p rof. selma
Haicais p rof. selma
Sarah Fantin
 
História com jogos
História com jogosHistória com jogos
História com jogos
Sarah Fantin
 

Mais de Sarah Fantin (20)

Festa julina vespertino
Festa julina vespertinoFesta julina vespertino
Festa julina vespertino
 
Quadrilha matutino
Quadrilha matutinoQuadrilha matutino
Quadrilha matutino
 
Quadrilha Matutino
Quadrilha MatutinoQuadrilha Matutino
Quadrilha Matutino
 
BIOLOGIA
BIOLOGIABIOLOGIA
BIOLOGIA
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Propagandas 1
Propagandas 1Propagandas 1
Propagandas 1
 
Teatro Nice Avanza
Teatro Nice AvanzaTeatro Nice Avanza
Teatro Nice Avanza
 
Meio ambiente 2
Meio ambiente 2Meio ambiente 2
Meio ambiente 2
 
Meio ambiente 2
Meio ambiente 2Meio ambiente 2
Meio ambiente 2
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Feira
FeiraFeira
Feira
 
Haicais p rof. selma
Haicais p rof. selmaHaicais p rof. selma
Haicais p rof. selma
 
Varal de poesias
Varal de poesiasVaral de poesias
Varal de poesias
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
 
História com jogos
História com jogosHistória com jogos
História com jogos
 
Feira
FeiraFeira
Feira
 
A pre história
A pre históriaA pre história
A pre história
 
Dias das mães
Dias das mãesDias das mães
Dias das mães
 

Jpp outubro 2012 - 30.09

  • 1. EEEFM POLIVALENTE DE LINHARES I – 2012 EDUCAR: UMA AÇÃO COLETIVA CONEXÃO ENTRE PLANO DE ENSINO, AULAS DADAS E AVALIAÇÃO JORNADA DE PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO Outubro/2012 AV. Presidente Café Filho, 546 – BNH – Fone (27)33731306 www.polipedagogico@gmail.com www.polium.blogspot@gmail.com.br
  • 2. EEEFM POLIVALENTE DE LINHARES I – 2012 EDUCAR: UMA AÇÃO COLETIVA Objetivos do estudo • Refletir sobre a relação entre plano de ensino, aulas dadas e avaliação. • Construir referencial teórico que oriente na preparação de aulas com foco no desenvolvimento de habilidades e competências.
  • 3. MAS O QUE SÃO MESMO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS?
  • 4. HABILIDADE • “Capacidade de executar certas tarefas com precisão.” (PAULO R. MEIRA MENANDRO, 2002)
  • 5. • Fazer algo específico, isto é, uma ação física ou mental. Ex.: analisar, aplicar, avaliar, identificar, manipular com destreza, relacionar, sintetizar, etc.
  • 6. COMPETÊNCIA • É a capacidade do sujeito mobilizar recursos cognitivos visando abordar uma situação complexa. (MORETO, V. 2002)
  • 7. • Mobilizar um conjunto de habilidades para resolver uma situação complexa. Está sempre associada a uma função específica: ser professor, advogado, de ntista.
  • 8. DIFERENÇA ENTRE HABILIDADES E COMPETÊNCIAS • “Habilidades são ações integrantes para a aquisição da competência. Circunstancialmente, uma habilidade pode tornar-se uma competência, considerando o grau de complexidade da ação envolvida”. (NANG, 2003)
  • 9. • Um conteúdo é como uma receita de um prato, mas sem habilidades específicas não conseguimos prepará-lo com competência. • Assim é na escola, não adianta estudar como os textos funcionam ou sobre as regras de gramática, se não são desenvolvidas as habilidades de leitura.
  • 10. • A cozinheira que prepara uma apetitosa feijoada está usando um notável elenco de habilidades, ao mesmo tempo analisando, deduzindo, comparando, transferindo e separando; a menina que a observa e quer imitá-la precisa separar as operações para apreendê-las de maneira concreta.
  • 11. Vygotsky: Conceitos não-espontâneos não são aprendidos mecanicamente, mas evoluem com a ajuda de uma vigorosa atividade mental. O repassar de conteúdos vai na contramão dessa teoria. Ensinar é criar situações favoráveis ao desenvolvimento de habilidades.
  • 12. ENFIM, PARA QUE TRABALHAR COM HABILIDADES E COMPETÊNCIAS? • Para obter resultados mais precisos e mensuráveis • Para trabalhar os três tipos de conhecimentos: Conceituais, Atitudinais e Procedimentais • Para valorizar as múltiplas inteligências dos alunos • Em síntese...
  • 15. Professor: • O seu conteúdo específico deve ser ministrado como meio para o desenvolvimento de habilidades e competências pelo aluno.
  • 16. Proposta CONCRETA • Trabalhar com as habilidades: onde os conteúdos não são fins mas meios para o desenvolvimento das competências.
  • 17. PLANO DE ENSINO • É o direcionador das aulas; • Deve ser elaborado de acordo com a realidade da escola e dos professores para que possa ser cumprido o mais efetivamente possível (obedecendo aos documentos curriculares).
  • 18. RELAÇAO ENTRE HABILIDADES, AULAS, ATIVIDADES E QUESTÕES DE PROVA • Ao planejar as aulas sobre determinado conteúdo, o professor deve consultar o Plano de Ensino para verificar quais as habilidades e competências que devem ser desenvolvidas; • Ao elaborar as atividades e questões de prova, deve-se ter coerência com a aula dada e com as habilidades.
  • 19. RELAÇAO ENTRE HABILIDADES, AULAS, ATIVIDADES E QUESTÕES DE PROVA HABILIDADES/COMPETÊNCIAS AULAS DADAS ATIVIDADES / PROVA
  • 20. AO INICIAR UM NOVO CONTEÚDO • LEMBRANDO – O PRINCÍPIO • Deixar claro para o aluno os objetivos pretendidos com o assunto estudado – as habilidades que o aluno precisa adquirir. • O FINAL – A AVALIAÇÃO • Deixar claro para o aluno os objetivos pretendidos com o assunto estudado – as habilidades que o aluno deve ter adquirido.
  • 21. Proposta CONCRETA • Trabalhar com as habilidades: onde os conteúdos não são fins mas meios para o desenvolvimento das competências.
  • 22. EXEMPLO: Habilidade: • Compreender o processo da produção de anticorpos para fazer a defesa do organismo; Qual a atividade que atende a essa habilidade? A) Conceitue anticorpos e antígenos. B) Apresente as características dos anticorpos. C) Explique a diferença entre anticorpos e antígenos. D) Explique como ocorre a produção de anticorpos no organismo.
  • 23. HABILIDADE CARACTERÍSTICAS ATIVIDADES Aplicar Significa usar o conhecimento Pode-se explorar o caminho para esclarecer outros para a escola conhecido pelos conhecimentos. Aplicar um alunos para que ele comece a conhecimento já obtido em construir noções de relevo. O outras situações. A aplicação aluno aplica o seu exige a possibilidade de conhecimento e transfere seus transferência que é uma das conhecimentos para mais mais importantes habilidades tarde, transformá-los e ampliá- operatórias estimuladoras da los. inteligência. Demonstrar Pressupõe a capacidade de Desenvolver jogos que explicar um fato, um fenômeno, destaquem as diferenças entre um acontecimento por meio do exibir e demonstrar. raciocínio lógico, apontando causas, efeitos e relações. A demonstração pode envolver também comprovação de um argumento.
  • 24. MÃOS À OBRA!! • 1- Reúna-se com os colegas que trabalham a mesma disciplina que você; • 2- Escolham uma habilidade e/ou competência de uma das séries com as quais trabalham; • 3- Elaborem uma atividade e/ou questão de prova que tenha coerência com a habilidade escolhida; • 4- Escrevam em cartaz ou power point, a habilidade e a questão elaborada para ser socializada com os demais colegas.
  • 25. “Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.(...)” Paulo Freire
  • 26. EEEFM POLIVALENTE DE LINHARES I – 2012 EDUCAR: UMA AÇÃO COLETIVA Referências • O estudo teve como base o site: http://www.slideshare.net/alexandrehistori/habilida des-e-competncias-10361904