SlideShare uma empresa Scribd logo
Josip Broz Tito
7 de maio de 1892, Kumrovec (Croácia)
4 de maio de 1980, Ljubljana (Eslovênia)
Da Página 3 Pedagogia & Comunicação
Reprodução
No governo de Tito a ex-Iugoslávia adotou a política do não-alinhamento
Josip Broz “Tito” era filho de lavradores (o pai era croata e a mãe, eslovena) e deixou a
escola aos 12 anos para trabalhar. Ao lutar na Primeira Guerra Mundial, foi ferido e
capturado na frente russa, em março de 1915. Libertado pela Revolução Russa, em
1917, aderiu aos bolchevistas e alistou-se no Exército Vermelho, lutando contra a
intervenção estrangeira na Rússia.
Retornou à Iugoslávia em 1920, entrando para o Partido Comunista local. Em 1928 foi
condenado a cinco anos de prisão por atividades subversivas. Depois de ser libertado,
viaja para Moscou. Em 1936 está em Paris, encarregado de organizar as brigadas
internacionais que se dirigem à Espanha, para lutar na guerra civil.
Segunda Guerra Mundial
Em 1937 é eleito secretário-geral do Partido Comunista iugoslavo - e no ano seguinte
retorna a Moscou. Em 1939 retorna clandestinamente à Iugoslávia e toma parte no 5º
Congresso do Partido Comunista, que decide apoiar a neutralidade do país na Segunda
Guerra Mundial.
Em 1941, os alemães invadem e dividem a Iugoslávia, pouco antes de atacar a ex-União
Soviética. Josip Broz, usando o codinome “Tito”, organiza a resistência armada, criando
um grupo de guerrilheiros. Ao mesmo tempo, o coronel Dragoljub Mihailovich
comanda um pequeno exército de resistência, os chetniks, que se recusa a unir-se aos
guerrilheiros de Tito e, pouco a pouco, vai sendo liquidado pelos alemães.
Em novembro de 1942, Tito consegue reunir os diversos grupos étnicos e religiosos em
torno do chamado Comitê Antifascista de Libertação Nacional. Um ano depois é
proclamado marechal do Exército Popular e presidente do Governo Provisório. Embora
o governo britânico ainda vacile entre Mihailovich e Tito, este último, em 1944,
mantém uma conferência com Churchill na Itália, obtendo-lhe o apoio.
A 7 de março de 1945, Tito é proclamado presidente do conselho de ministros e
ministro da Defesa do novo governo instaurado no país. No mês seguinte visita
oficialmente a ex-União Soviética.
Corrente neutralista
Após um período de tensão em suas relações com o Ocidente - quando os iugoslavos
tentam tomar Trieste e derrubam um avião norte-americano -, Tito afasta-se da ex-
União Soviética e, a 28 de junho de 1948, efetiva o rompimento.
Do ponto de vista interno, a Iugoslávia adota, então, medidas mais próximas do
capitalismo do que do socialismo: o lucro não é proibido e a socialização, tanto na
cidade como nos campos, é feita moderadamente. Em termos internacionais, o país
aproxima-se do Ocidente, tendo recebido ajuda dos EUA.
Com a morte de Stalin, os novos dirigentes soviéticos tentam uma reaproximação; vão a
Belgrado e suspendem os ataques ao governo iugoslavo. Tito retribui a visita e durante
algum tempo tem-se a impressão de que voltaria a filiar-se ao grupo socialista. Mas,
sem jamais ter-se aliado completamente ao lado ocidental, tampouco se une
completamente ao lado comunista.
Tito prefere juntar-se à chamada “corrente neutralista”, da qual participam Nehru
(Índia) e Nasser (Egito), que durante algum tempo parece reunir o chamado Terceiro
Mundo. As dissensões internas nos países desse grupo, a morte de Nehru e, depois, a de
Nasser, acabam deixando Tito só e voltado exclusivamente à Iugoslávia.
Foi graças à sua política de não-alinhamento durante a Guerra Fria e de divisão dos
poderes entre as repúblicas que formavam a Iugoslávia (Sérvia, Croácia, Eslovênia,
Bósnia-Herzegovina, Montenegro e Macedônia) que Tito conseguiu manter a paz nos
Bálcãs.
Ainda que ele seja acusado de executar, no início de seu governo, croatas e bósnios
anticomunistas, também é verdade que, instituindo um sistema federalista - no qual
diminuiu a influência de sérvios e croatas e deu maior representatividade aos outros
grupos -, ele inaugurou um período de paz para a região.
Com a morte de Tito, em 1980, o cargo de presidente da Iugoslávia passou a ser rotativo
entre as repúblicas. Contudo, por volta de 1989 o sistema começou a expor suas
fragilidades - e os velhos ódios, entre as diferentes etnias e religiões, renasceram. Além
disso, a profunda crise econômica gerada pelo desmoronamento do Leste Europeu e o
surgimento de partidos ultranacionalistas contribuíram para, primeiro, jogar o país no
caos, e, depois, desintegrar a Iugoslávia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A vida de gramsci
A vida de gramsciA vida de gramsci
A vida de gramsci
Flavia Dias
 
Fascismo
Fascismo Fascismo
Fascismo
CINTYAWANKA
 
Biografia Leon Trotsky
Biografia Leon TrotskyBiografia Leon Trotsky
Biografia Leon Trotsky
Eunice Carmo
 
1268525608 o nazismo
1268525608 o nazismo1268525608 o nazismo
1268525608 o nazismo
Pelo Siro
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
Jorge Almeida
 
Fascismo italiano
Fascismo italianoFascismo italiano
Fascismo italiano
Maria Conceição Balhico
 
Adolf Hitler
Adolf HitlerAdolf Hitler
Adolf Hitler
Mateus Ferraz
 
Guerra mundial leo diego
Guerra mundial leo diegoGuerra mundial leo diego
Guerra mundial leo diego
emefguerreiro
 
20070510105623 regimes totalitarios (1)
20070510105623 regimes totalitarios (1)20070510105623 regimes totalitarios (1)
20070510105623 regimes totalitarios (1)
reginaldo simoes mendonça
 
Kristal e Felipe
Kristal e FelipeKristal e Felipe
Kristal e Felipe
Debora Deorio
 
Adolf Hitler
Adolf HitlerAdolf Hitler
Adolf Hitler
Sílvia Mendonça
 
Totalitarismo europeu
Totalitarismo europeuTotalitarismo europeu
Totalitarismo europeu
Alan Silva
 
.
..
Resumo - História de Adolf Hitler
Resumo - História de Adolf HitlerResumo - História de Adolf Hitler
Resumo - História de Adolf Hitler
Vítor Soares
 
Apresentação Segunda Guera Mundial
Apresentação Segunda Guera MundialApresentação Segunda Guera Mundial
Apresentação Segunda Guera Mundial
Willyan Da Silva Caetano
 
Nazismo
NazismoNazismo
2ª guerra mundial - fatos políticos
2ª guerra mundial - fatos políticos 2ª guerra mundial - fatos políticos
2ª guerra mundial - fatos políticos
Jony Kennedy
 
Trostky
TrostkyTrostky
Trostky
marcosfm32
 

Mais procurados (19)

A vida de gramsci
A vida de gramsciA vida de gramsci
A vida de gramsci
 
Fascismo
Fascismo Fascismo
Fascismo
 
Biografia Leon Trotsky
Biografia Leon TrotskyBiografia Leon Trotsky
Biografia Leon Trotsky
 
1268525608 o nazismo
1268525608 o nazismo1268525608 o nazismo
1268525608 o nazismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Fascismo italiano
Fascismo italianoFascismo italiano
Fascismo italiano
 
Adolf Hitler
Adolf HitlerAdolf Hitler
Adolf Hitler
 
Guerra mundial leo diego
Guerra mundial leo diegoGuerra mundial leo diego
Guerra mundial leo diego
 
20070510105623 regimes totalitarios (1)
20070510105623 regimes totalitarios (1)20070510105623 regimes totalitarios (1)
20070510105623 regimes totalitarios (1)
 
Kristal e Felipe
Kristal e FelipeKristal e Felipe
Kristal e Felipe
 
Adolf Hitler
Adolf HitlerAdolf Hitler
Adolf Hitler
 
Totalitarismo europeu
Totalitarismo europeuTotalitarismo europeu
Totalitarismo europeu
 
.
..
.
 
Resumo - História de Adolf Hitler
Resumo - História de Adolf HitlerResumo - História de Adolf Hitler
Resumo - História de Adolf Hitler
 
Apresentação Segunda Guera Mundial
Apresentação Segunda Guera MundialApresentação Segunda Guera Mundial
Apresentação Segunda Guera Mundial
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
2ª guerra mundial - fatos políticos
2ª guerra mundial - fatos políticos 2ª guerra mundial - fatos políticos
2ª guerra mundial - fatos políticos
 
Trostky
TrostkyTrostky
Trostky
 

Semelhante a Josip broz tito

.
..
Bálcãs
BálcãsBálcãs
Biografia Josef Stalin
Biografia Josef StalinBiografia Josef Stalin
Biografia Josef Stalin
Eunice Carmo
 
Trostky
TrostkyTrostky
Trostky
marcosfm32
 
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
Período vargas
Período vargasPeríodo vargas
Período vargas
Luiz Antonio Souza
 
Governos totalitários
Governos totalitáriosGovernos totalitários
Governos totalitários
matheusdesamarins
 
A história de olga benário
A história de olga benárioA história de olga benário
A história de olga benário
Daniele Moura
 
China Palestra
China PalestraChina Palestra
China Palestra
marcosferreira
 
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
carolinis2
 
Joseph Stalin - Prof. Altair Aguilar
Joseph Stalin  - Prof. Altair AguilarJoseph Stalin  - Prof. Altair Aguilar
Joseph Stalin - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
betepa
 
11 Ditadortes.pptx
11 Ditadortes.pptx11 Ditadortes.pptx
11 Ditadortes.pptx
ricardoanunes
 
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
Básicas ou Secundárias
 
Protagonistas do século xx
Protagonistas do século xxProtagonistas do século xx
Protagonistas do século xx
Artur Dagge
 
revolucao russa 4.docx
revolucao russa 4.docxrevolucao russa 4.docx
revolucao russa 4.docx
caleumoraes
 
Lideranca estrategica
Lideranca estrategicaLideranca estrategica
Lideranca estrategica
Cristiano William
 
Cenario do movimento revolucionário de 1964
Cenario do movimento revolucionário de 1964Cenario do movimento revolucionário de 1964
Cenario do movimento revolucionário de 1964
CIRINEU COSTA
 
Fascismo
FascismoFascismo

Semelhante a Josip broz tito (20)

.
..
.
 
Bálcãs
BálcãsBálcãs
Bálcãs
 
Biografia Josef Stalin
Biografia Josef StalinBiografia Josef Stalin
Biografia Josef Stalin
 
Trostky
TrostkyTrostky
Trostky
 
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
 
Período vargas
Período vargasPeríodo vargas
Período vargas
 
Governos totalitários
Governos totalitáriosGovernos totalitários
Governos totalitários
 
A história de olga benário
A história de olga benárioA história de olga benário
A história de olga benário
 
China Palestra
China PalestraChina Palestra
China Palestra
 
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
 
Joseph Stalin - Prof. Altair Aguilar
Joseph Stalin  - Prof. Altair AguilarJoseph Stalin  - Prof. Altair Aguilar
Joseph Stalin - Prof. Altair Aguilar
 
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
11 Ditadortes.pptx
11 Ditadortes.pptx11 Ditadortes.pptx
11 Ditadortes.pptx
 
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
 
Protagonistas do século xx
Protagonistas do século xxProtagonistas do século xx
Protagonistas do século xx
 
revolucao russa 4.docx
revolucao russa 4.docxrevolucao russa 4.docx
revolucao russa 4.docx
 
Lideranca estrategica
Lideranca estrategicaLideranca estrategica
Lideranca estrategica
 
Cenario do movimento revolucionário de 1964
Cenario do movimento revolucionário de 1964Cenario do movimento revolucionário de 1964
Cenario do movimento revolucionário de 1964
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 

Mais de Jose Fabio Melo Silva

Comércio mundial contemporâneo
Comércio mundial contemporâneo Comércio mundial contemporâneo
Comércio mundial contemporâneo
Jose Fabio Melo Silva
 
Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01
Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01
Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01
Jose Fabio Melo Silva
 
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
Jose Fabio Melo Silva
 
I stockphoto
I stockphotoI stockphoto
I stockphoto
Jose Fabio Melo Silva
 
Sia 100405152155-phpapp02
Sia 100405152155-phpapp02Sia 100405152155-phpapp02
Sia 100405152155-phpapp02
Jose Fabio Melo Silva
 
aquivo
aquivoaquivo

Mais de Jose Fabio Melo Silva (6)

Comércio mundial contemporâneo
Comércio mundial contemporâneo Comércio mundial contemporâneo
Comércio mundial contemporâneo
 
Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01
Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01
Provadegeografia1bimestre7ano 120804090403-phpapp01
 
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
 
I stockphoto
I stockphotoI stockphoto
I stockphoto
 
Sia 100405152155-phpapp02
Sia 100405152155-phpapp02Sia 100405152155-phpapp02
Sia 100405152155-phpapp02
 
aquivo
aquivoaquivo
aquivo
 

Último

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 

Último (20)

Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 

Josip broz tito

  • 1. Josip Broz Tito 7 de maio de 1892, Kumrovec (Croácia) 4 de maio de 1980, Ljubljana (Eslovênia) Da Página 3 Pedagogia & Comunicação Reprodução No governo de Tito a ex-Iugoslávia adotou a política do não-alinhamento Josip Broz “Tito” era filho de lavradores (o pai era croata e a mãe, eslovena) e deixou a escola aos 12 anos para trabalhar. Ao lutar na Primeira Guerra Mundial, foi ferido e capturado na frente russa, em março de 1915. Libertado pela Revolução Russa, em 1917, aderiu aos bolchevistas e alistou-se no Exército Vermelho, lutando contra a intervenção estrangeira na Rússia. Retornou à Iugoslávia em 1920, entrando para o Partido Comunista local. Em 1928 foi condenado a cinco anos de prisão por atividades subversivas. Depois de ser libertado, viaja para Moscou. Em 1936 está em Paris, encarregado de organizar as brigadas internacionais que se dirigem à Espanha, para lutar na guerra civil. Segunda Guerra Mundial Em 1937 é eleito secretário-geral do Partido Comunista iugoslavo - e no ano seguinte retorna a Moscou. Em 1939 retorna clandestinamente à Iugoslávia e toma parte no 5º Congresso do Partido Comunista, que decide apoiar a neutralidade do país na Segunda Guerra Mundial. Em 1941, os alemães invadem e dividem a Iugoslávia, pouco antes de atacar a ex-União Soviética. Josip Broz, usando o codinome “Tito”, organiza a resistência armada, criando um grupo de guerrilheiros. Ao mesmo tempo, o coronel Dragoljub Mihailovich comanda um pequeno exército de resistência, os chetniks, que se recusa a unir-se aos guerrilheiros de Tito e, pouco a pouco, vai sendo liquidado pelos alemães. Em novembro de 1942, Tito consegue reunir os diversos grupos étnicos e religiosos em torno do chamado Comitê Antifascista de Libertação Nacional. Um ano depois é proclamado marechal do Exército Popular e presidente do Governo Provisório. Embora o governo britânico ainda vacile entre Mihailovich e Tito, este último, em 1944, mantém uma conferência com Churchill na Itália, obtendo-lhe o apoio. A 7 de março de 1945, Tito é proclamado presidente do conselho de ministros e ministro da Defesa do novo governo instaurado no país. No mês seguinte visita oficialmente a ex-União Soviética. Corrente neutralista Após um período de tensão em suas relações com o Ocidente - quando os iugoslavos tentam tomar Trieste e derrubam um avião norte-americano -, Tito afasta-se da ex- União Soviética e, a 28 de junho de 1948, efetiva o rompimento. Do ponto de vista interno, a Iugoslávia adota, então, medidas mais próximas do capitalismo do que do socialismo: o lucro não é proibido e a socialização, tanto na cidade como nos campos, é feita moderadamente. Em termos internacionais, o país aproxima-se do Ocidente, tendo recebido ajuda dos EUA.
  • 2. Com a morte de Stalin, os novos dirigentes soviéticos tentam uma reaproximação; vão a Belgrado e suspendem os ataques ao governo iugoslavo. Tito retribui a visita e durante algum tempo tem-se a impressão de que voltaria a filiar-se ao grupo socialista. Mas, sem jamais ter-se aliado completamente ao lado ocidental, tampouco se une completamente ao lado comunista. Tito prefere juntar-se à chamada “corrente neutralista”, da qual participam Nehru (Índia) e Nasser (Egito), que durante algum tempo parece reunir o chamado Terceiro Mundo. As dissensões internas nos países desse grupo, a morte de Nehru e, depois, a de Nasser, acabam deixando Tito só e voltado exclusivamente à Iugoslávia. Foi graças à sua política de não-alinhamento durante a Guerra Fria e de divisão dos poderes entre as repúblicas que formavam a Iugoslávia (Sérvia, Croácia, Eslovênia, Bósnia-Herzegovina, Montenegro e Macedônia) que Tito conseguiu manter a paz nos Bálcãs. Ainda que ele seja acusado de executar, no início de seu governo, croatas e bósnios anticomunistas, também é verdade que, instituindo um sistema federalista - no qual diminuiu a influência de sérvios e croatas e deu maior representatividade aos outros grupos -, ele inaugurou um período de paz para a região. Com a morte de Tito, em 1980, o cargo de presidente da Iugoslávia passou a ser rotativo entre as repúblicas. Contudo, por volta de 1989 o sistema começou a expor suas fragilidades - e os velhos ódios, entre as diferentes etnias e religiões, renasceram. Além disso, a profunda crise econômica gerada pelo desmoronamento do Leste Europeu e o surgimento de partidos ultranacionalistas contribuíram para, primeiro, jogar o país no caos, e, depois, desintegrar a Iugoslávia.