SlideShare uma empresa Scribd logo
Opentrad
Open source machine translation
O que é a tradução automática?
Chama-se tradução automática
aos sistemas informáticos que
traduzem de um idioma para
outro sem intervenção humana.
Onde começou tudo isto?
Champollion
(RBMT, Interlingua)
Thomas Young
(SMT)
Onde continuou?
Noam Chomsky: Syntactic
Structure
Teoría da Gramática
Transformacional e Gerativa.
1956
Onde continuou?
Warren Weaver + Claude Shannon
1949
Tecnologias utilizadas: expectativas e resultados
Distâncias linguísticas
●Tipologia textual (+/- Técnico)
●Distântica objetiva/subjetiva entre línguas
●Percepção da qualidade nas línguas (sociedades monolingues, bilingues
[diglosia-minoriçadas], multilingues [minoriçadas], minoritárias.
Distâncias linguísticas
Português-Galego (RBMT)
Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é
entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem
estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e
das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e
dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para
isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a arquitetura, a
escultura, a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, o teatro e o
cinema.
http://www.opentrad.com
http://translate.google.com
Distâncias linguísticas
Português-Español (RBMT)
Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é
entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem
estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e
das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e
dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para
isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a arquitetura, a
escultura, a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, o teatro e o
cinema.
http://www.opentrad.com
Distâncias linguísticas
Português-Inglês (SMT)
Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é
entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem
estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e
das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e
dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para
isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a arquitetura, a
escultura, a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, o teatro e o
cinema.
http://translate.google.com/
O que é Opentrad?
Dois motores de tradução automática
de código aberto:
Opentrad Apertium
Opentrad Matxin
Idiomas do workshop
Es-pt (espanhol-português Portugal)
En-pt (inglês-português Portugal)
Como funciona?
O tradutor Opentrad funciona
grazas a unha serie de módulos
polos cales vai pasando o texto
de forma que o último devolve o
texto traducido.
Como funciona RBMT?
O que pode ser cada palavra?
O que é realmente?
Como é que se diz na outra
língua?
Gerar noutra língua adaptando
sintáticamente ou
morfologicamente
Como funciona?
Parte linguística
A parte linguística
O tradutor tem três dicionários: um
por idioma e outro bilingue, que
representam a origem do seu
conhecimento léxico. A informação
sintáctica está guardada nas regras
de transferência estrutural.
A parte linguística
Exemplos no mundo
A parte linguística
XML
XML é um metalinguagem que permite definir
linguagens de marcado com objectivos
determinados.
A parte linguística (XML)
<?xml version="1.0"?>
<catalog>
<book id="bk101">
<author>Gambardella, Matthew</author>
<title>XML Developer's Guide</title>
<genre>Computer</genre>
<price>44.95</price>
<publish_date>2000-10-01</publish_date>
<description>An in-depth look at creating applications
with XML.</description>
</book>
<book id="bk102">
<author>Ralls, Kim</author>
<title>Midnight Rain</title>
<genre>Fantasy</genre>
<price>5.95</price>
<publish_date>2000-12-16</publish_date>
<description>A former architect battles corporate zombies,
an evil sorceress, and her own childhood to become queen
of the world.</description>
</book>
</catalog>
A parte lingüística
Galáxia XML: DTD, XSL, XPATH, etc.
Prácticas
Como instalar Opentrad-Apertium
Práticas de elaboração de dicionários espanhol-
português
Práticas de elaboração de dicionários inglês-
português.
Como instalar Opentrad-Apertium
Download do software
Prerrequisitos para a instalação
Instalação
Execução do tradutor
Instalação de pares de línguas
Personalização dicionários Opentrad-
Apertium (espanhol-português)
●
Terminologia
●
Expressões multipalavra
●
Substantivos
●
Acrónimos
●
Estilo
●
Topónimos
●
Verbos
●
Ler regras gramaticais

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Obras gerstein
Obras gersteinObras gerstein
Obras gerstein
esferge
 
Travel Inside Switzerland Jan 2014 - Marrakech
Travel Inside Switzerland Jan 2014 - MarrakechTravel Inside Switzerland Jan 2014 - Marrakech
Travel Inside Switzerland Jan 2014 - MarrakechBeachcomber Hotels
 
Lista de precios specialtech 28 de enero de 2014
Lista de precios specialtech  28   de enero  de  2014 Lista de precios specialtech  28   de enero  de  2014
Lista de precios specialtech 28 de enero de 2014
Specialtech Octavio Gonzalez
 
Rendiment de les reunions
Rendiment de les reunionsRendiment de les reunions
Rendiment de les reunions
webdisseny
 

Destaque (6)

Obras gerstein
Obras gersteinObras gerstein
Obras gerstein
 
Travel Inside Switzerland Jan 2014 - Marrakech
Travel Inside Switzerland Jan 2014 - MarrakechTravel Inside Switzerland Jan 2014 - Marrakech
Travel Inside Switzerland Jan 2014 - Marrakech
 
Lista de precios specialtech 28 de enero de 2014
Lista de precios specialtech  28   de enero  de  2014 Lista de precios specialtech  28   de enero  de  2014
Lista de precios specialtech 28 de enero de 2014
 
Rendiment de les reunions
Rendiment de les reunionsRendiment de les reunions
Rendiment de les reunions
 
Presentation 2
Presentation 2Presentation 2
Presentation 2
 
3
33
3
 

Semelhante a José Ramom Campos - RBMT e distâncias linguísticas

Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1
Ernandes Rodrigues Do Nascimento
 
Comunicação humana
Comunicação humanaComunicação humana
Comunicação humana
Odair Cavichioli
 
Matrizes da linguagem e pensamento
Matrizes da linguagem e pensamentoMatrizes da linguagem e pensamento
Matrizes da linguagem e pensamento
Samtinha
 
Capitulo 1
Capitulo 1Capitulo 1
Capitulo 1
BrunaLuque
 
Didatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e língua
Didatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e línguaDidatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e língua
Didatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e língua
Velasco Carneiro Francisco
 
português instrumental
  português instrumental  português instrumental
português instrumental
Jhosafá de Kastro
 
GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6
GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6
GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6
casaredondacultural
 
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 01
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 01FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 01
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 01
Jordano Santos Cerqueira
 
comunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.ppt
comunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.pptcomunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.ppt
comunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.ppt
JULIANEDANCZUK
 
elementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptxelementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptx
SimoniCarvalho2
 
elementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptxelementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptx
VictorHacosta
 
Funções da Linguagem e Comunicação Pronto.docx
Funções da Linguagem e Comunicação Pronto.docxFunções da Linguagem e Comunicação Pronto.docx
Funções da Linguagem e Comunicação Pronto.docx
Saulo Manoel
 
Ling.
Ling.Ling.
Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas.
Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas. Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas.
Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas.
Ailton Moreira
 
Parte 1 linguística geral apresentação
Parte 1   linguística geral apresentaçãoParte 1   linguística geral apresentação
Parte 1 linguística geral apresentação
Mariana Correia
 
O que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora Dias
O que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora DiasO que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora Dias
O que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora Dias
Universidade de Sorocaba
 
Aula 1 linguística
Aula 1   linguísticaAula 1   linguística
Linguagem conceito
Linguagem   conceitoLinguagem   conceito
Linguagem conceito
rosangelajoao
 
Comunicação Aplicada B1
Comunicação Aplicada B1Comunicação Aplicada B1
Comunicação Aplicada B1
Universal.org.mx
 
Elementos da comunicação
Elementos da comunicaçãoElementos da comunicação
Elementos da comunicação
Hena Meira
 

Semelhante a José Ramom Campos - RBMT e distâncias linguísticas (20)

Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1Comunicação e redação organizacional-parte 1
Comunicação e redação organizacional-parte 1
 
Comunicação humana
Comunicação humanaComunicação humana
Comunicação humana
 
Matrizes da linguagem e pensamento
Matrizes da linguagem e pensamentoMatrizes da linguagem e pensamento
Matrizes da linguagem e pensamento
 
Capitulo 1
Capitulo 1Capitulo 1
Capitulo 1
 
Didatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e língua
Didatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e línguaDidatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e língua
Didatica da Lingua Portuguesa. Linguagem e língua
 
português instrumental
  português instrumental  português instrumental
português instrumental
 
GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6
GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6
GESTÃO DO EMPREENDIMENTO CULTURAL E CRIATIVO - AULA 6
 
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 01
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 01FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 01
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 01
 
comunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.ppt
comunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.pptcomunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.ppt
comunicaoeredaoorganizacional-parte1-120501131104-phpapp02.ppt
 
elementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptxelementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7cmmmmm3a3o.pptx
 
elementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptxelementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptx
elementos-da-comunicac3a7c3a3o.pptx
 
Funções da Linguagem e Comunicação Pronto.docx
Funções da Linguagem e Comunicação Pronto.docxFunções da Linguagem e Comunicação Pronto.docx
Funções da Linguagem e Comunicação Pronto.docx
 
Ling.
Ling.Ling.
Ling.
 
Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas.
Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas. Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas.
Concepções de linguagem e sua implicação para o ensino de línguas.
 
Parte 1 linguística geral apresentação
Parte 1   linguística geral apresentaçãoParte 1   linguística geral apresentação
Parte 1 linguística geral apresentação
 
O que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora Dias
O que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora DiasO que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora Dias
O que é linguagem e tipologia textual - Profª Ma. Gláuci H Mora Dias
 
Aula 1 linguística
Aula 1   linguísticaAula 1   linguística
Aula 1 linguística
 
Linguagem conceito
Linguagem   conceitoLinguagem   conceito
Linguagem conceito
 
Comunicação Aplicada B1
Comunicação Aplicada B1Comunicação Aplicada B1
Comunicação Aplicada B1
 
Elementos da comunicação
Elementos da comunicaçãoElementos da comunicação
Elementos da comunicação
 

Mais de I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia

Bernardo Santos - memoQ
Bernardo Santos - memoQBernardo Santos - memoQ
Lucia Specia - SMT e pós-edição
Lucia Specia - SMT e pós-ediçãoLucia Specia - SMT e pós-edição
Anabela Barreiro - Alinhamentos
Anabela Barreiro - AlinhamentosAnabela Barreiro - Alinhamentos
Félix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de tradução
Félix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de traduçãoFélix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de tradução
Félix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de tradução
I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia
 
José Ramom Campos - Opentrad
José Ramom Campos - OpentradJosé Ramom Campos - Opentrad
Lucia Specia - Estimativa de qualidade em TA
Lucia Specia - Estimativa de qualidade em TALucia Specia - Estimativa de qualidade em TA
Lucia Specia - Estimativa de qualidade em TA
I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia
 
Hilário Fontes - Tradução automática na CE
Hilário Fontes - Tradução automática na CEHilário Fontes - Tradução automática na CE
Hilário Fontes - Tradução automática na CE
I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia
 
Anabela Barreiro - Hibridização de TA
Anabela Barreiro - Hibridização de TAAnabela Barreiro - Hibridização de TA
Anabela Barreiro - Hibridização de TA
I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia
 
Luísa Coheur - Projecto PT-STAR
Luísa Coheur - Projecto PT-STARLuísa Coheur - Projecto PT-STAR
Belinda Maia - Introdução à tradução automática
Belinda Maia - Introdução à tradução automáticaBelinda Maia - Introdução à tradução automática
Belinda Maia - Introdução à tradução automática
I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia
 

Mais de I Conferência Internacional de Tradução e Tecnologia (10)

Bernardo Santos - memoQ
Bernardo Santos - memoQBernardo Santos - memoQ
Bernardo Santos - memoQ
 
Lucia Specia - SMT e pós-edição
Lucia Specia - SMT e pós-ediçãoLucia Specia - SMT e pós-edição
Lucia Specia - SMT e pós-edição
 
Anabela Barreiro - Alinhamentos
Anabela Barreiro - AlinhamentosAnabela Barreiro - Alinhamentos
Anabela Barreiro - Alinhamentos
 
Félix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de tradução
Félix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de traduçãoFélix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de tradução
Félix do Carmo e Luís Trigo - Tradutores e máquinas de tradução
 
José Ramom Campos - Opentrad
José Ramom Campos - OpentradJosé Ramom Campos - Opentrad
José Ramom Campos - Opentrad
 
Lucia Specia - Estimativa de qualidade em TA
Lucia Specia - Estimativa de qualidade em TALucia Specia - Estimativa de qualidade em TA
Lucia Specia - Estimativa de qualidade em TA
 
Hilário Fontes - Tradução automática na CE
Hilário Fontes - Tradução automática na CEHilário Fontes - Tradução automática na CE
Hilário Fontes - Tradução automática na CE
 
Anabela Barreiro - Hibridização de TA
Anabela Barreiro - Hibridização de TAAnabela Barreiro - Hibridização de TA
Anabela Barreiro - Hibridização de TA
 
Luísa Coheur - Projecto PT-STAR
Luísa Coheur - Projecto PT-STARLuísa Coheur - Projecto PT-STAR
Luísa Coheur - Projecto PT-STAR
 
Belinda Maia - Introdução à tradução automática
Belinda Maia - Introdução à tradução automáticaBelinda Maia - Introdução à tradução automática
Belinda Maia - Introdução à tradução automática
 

Último

PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Gabriel de Mattos Faustino
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 

Último (8)

PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdfEscola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
Escola Virtual - Fundação Bradesco - ITIL - Gabriel Faustino.pdf
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 

José Ramom Campos - RBMT e distâncias linguísticas

  • 1.
  • 3. O que é a tradução automática? Chama-se tradução automática aos sistemas informáticos que traduzem de um idioma para outro sem intervenção humana.
  • 4. Onde começou tudo isto? Champollion (RBMT, Interlingua) Thomas Young (SMT)
  • 5. Onde continuou? Noam Chomsky: Syntactic Structure Teoría da Gramática Transformacional e Gerativa. 1956
  • 6. Onde continuou? Warren Weaver + Claude Shannon 1949
  • 8. Distâncias linguísticas ●Tipologia textual (+/- Técnico) ●Distântica objetiva/subjetiva entre línguas ●Percepção da qualidade nas línguas (sociedades monolingues, bilingues [diglosia-minoriçadas], multilingues [minoriçadas], minoritárias.
  • 9. Distâncias linguísticas Português-Galego (RBMT) Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a arquitetura, a escultura, a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, o teatro e o cinema. http://www.opentrad.com http://translate.google.com
  • 10. Distâncias linguísticas Português-Español (RBMT) Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a arquitetura, a escultura, a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, o teatro e o cinema. http://www.opentrad.com
  • 11. Distâncias linguísticas Português-Inglês (SMT) Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a arquitetura, a escultura, a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, o teatro e o cinema. http://translate.google.com/
  • 12. O que é Opentrad? Dois motores de tradução automática de código aberto: Opentrad Apertium Opentrad Matxin
  • 13. Idiomas do workshop Es-pt (espanhol-português Portugal) En-pt (inglês-português Portugal)
  • 14. Como funciona? O tradutor Opentrad funciona grazas a unha serie de módulos polos cales vai pasando o texto de forma que o último devolve o texto traducido.
  • 15. Como funciona RBMT? O que pode ser cada palavra? O que é realmente? Como é que se diz na outra língua? Gerar noutra língua adaptando sintáticamente ou morfologicamente
  • 18. A parte linguística O tradutor tem três dicionários: um por idioma e outro bilingue, que representam a origem do seu conhecimento léxico. A informação sintáctica está guardada nas regras de transferência estrutural.
  • 20. A parte linguística XML XML é um metalinguagem que permite definir linguagens de marcado com objectivos determinados.
  • 21. A parte linguística (XML) <?xml version="1.0"?> <catalog> <book id="bk101"> <author>Gambardella, Matthew</author> <title>XML Developer's Guide</title> <genre>Computer</genre> <price>44.95</price> <publish_date>2000-10-01</publish_date> <description>An in-depth look at creating applications with XML.</description> </book> <book id="bk102"> <author>Ralls, Kim</author> <title>Midnight Rain</title> <genre>Fantasy</genre> <price>5.95</price> <publish_date>2000-12-16</publish_date> <description>A former architect battles corporate zombies, an evil sorceress, and her own childhood to become queen of the world.</description> </book> </catalog>
  • 22. A parte lingüística Galáxia XML: DTD, XSL, XPATH, etc.
  • 23. Prácticas Como instalar Opentrad-Apertium Práticas de elaboração de dicionários espanhol- português Práticas de elaboração de dicionários inglês- português.
  • 24. Como instalar Opentrad-Apertium Download do software Prerrequisitos para a instalação Instalação Execução do tradutor Instalação de pares de línguas
  • 25. Personalização dicionários Opentrad- Apertium (espanhol-português) ● Terminologia ● Expressões multipalavra ● Substantivos ● Acrónimos ● Estilo ● Topónimos ● Verbos ● Ler regras gramaticais