SlideShare uma empresa Scribd logo
E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brSertão de Pernambuco - Abril / 2013	 Ano VII - Número 86
Serra Talhada comemora
162 anos com festa cultural
Um dos marcos da cultura estadual e nacional, a maior cidade do Sertão do Pajeú programou vários eventos para festejar sua
emancipação política.	 Pág. 5
Atrações nacionais
vão agitar o São João
de Arcoverde Pág. 15
Salgueiro
ganha primeira
UTI do Sertão
Central Pág. 7
Curso formará
atores no
Sertão Pág. 23
Governos
investem em
barragens
e barreiros
contra a seca
 Pág. 4
São João
Saúde
Cultura
Seca
Potencial irrigado e da criação
de animais movimentam
a 24ª Fenagri Pág. 3
Negócios
Entidade
lança Empresa
Responsável
2013
Pág. 22
ACA
Vai começar
obra do
IFSertão de
Serra Pág. 16
Educação
Divulgação/NelsonAmorim
Divulgação
Divulgação
Máquina do Tempo
2
V ocê não é um
penetra na
grande festa da velhi-
ce, mas é um convidado mui-
to especial, persistente que
levou a vida toda para chegar
lá. Pode-se ser velho aos 15,
aos 50 ou 60 anos, mas há
quem só chegue à velhice
aos 80 anos. São uns chatos
que atravessam a nado o Rio
São Francisco e até saltam de
pára-quedas.
Chegamos à velhice quan-
do o interesse sexual desapa-
rece. Quando você achar que
o ato sexual é um exercício
desde 2006
Ano VII Nº 85
Março de 2013
Antônio Bezerra de Melo
Diretor Geral
Fique por dentro
Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
A os poucos a
chuva vem
chegando ao Sertão e com
ela vem junto à renovação
de forças para enfrentar e
recuperar as perdas geradas
pela estiagem prolongada.
Plagiando Euclides da Cunha
quando diz: O sertanejo é,
antes de tudo, um forte, ob-
servamos que para ele, basta
o aparecimento de qualquer
incidente exigindo-lhe o de-
sencadear das energias ador-
mecidas, aí, ele transfigura-
-se. Colocar a casa em ordem
não será tão difícil. Estão
sendo construídas barragens
e barreiros para que a água
da chuva não se perca pelos
caminhos rachados pela seca,
e sim, seja retida. Os efeitos
da seca são danosos, destruiu
e machucou, mas, não conse-
guiu abater nem tirar as for-
ças que oxigenam as vitorias
econômicas do Sertão nor-
destino. Nesse ritmo, as ad-
versidades começam a serem
superadas. Em Juazeiro da
Bahia, região polarizada por
Petrolina PE será realizada a
maior feira de fruticultura ir-
rigada da América Latina (Fe-
nagri e a Exposição de Capri-
nos e Ovinos do Vale do São
Francisco (Expovale), que a
partir de agora serão reali-
zadas juntas. Isso demonstra
a pujança e potencialidade
da região. Em Serra Talhada
PE, Com uma programação
artística e cultural, a cidade
comemora seus 162 anos e
evidencia fortemente suas
riquezas e tradições que são
emblemáticas para o Brasil.
Com a aproximação do São
João Arcoverde sai na frente
e mostra a sua riqueza cultu-
ral como forma de fomentar a
sua economia. O São João de
Arcoverde é um evento que
cresce a cada ano. A previsão
esse ano é de receber 700 mil
visitantes, gente que vem à ci-
dade prestigiar uma tradição
nordestina e assim contribui
com a geração de empregos e
renda, gerando divisas e con-
tribuindo indiretamente com
o crescimento econômico da
região.
Forró dos Cantadores
esquenta o pré São João
de Arcoverde
Sertão Consig cresce
em Pernambuco
enfadonho, você chegou à
porta da Grande Festa. Mas,
fique frio e esqueça as fanta-
sias de garanhão, pois a natu-
reza é sábia e o seu físico está
mais para o contemplativo
do que executivo.
Repasse a vida, lem-
bre tudo de bom que con-
quistou – o de ruim deixe
que os seus amigos chatos
lembrem a você. Nada foi
dado, tudo foi conquistado
e você é um vencedor, mes-
mo que não seja um milio-
nário ou o maior garanhão
do mundo.
Pense simples e entre na
festa! Você vai se divertir!
Volte à sua cidadezinha do
interior ou se você é da ca-
pital, vá conhecer o interior,
só por conhecer. Há quanto
tempo não toma um banho
de rio às seis horas da ma-
tina? Lembre-se que nestas
horas, estava diante do espe-
lho dando o nó da gravata ou
fazendo a maquiagem, para
mergulhar num trânsito in-
fernal e explodir em stress!
Um chefe ranzinza esta-
va esperando para torrar sua
paciência. Aquele trabalhi-
nho rotineiro e sacal tinha
que ser feito.
Na Grande Festa tudo é
possível desde que sua ima-
ginação seja a mais extraor-
dinária Máquina do Tempo,
pois ela é capaz de lhe levar
ao passado, ao presente e ao
futuro.
Aconselho a todos: Sejam
velhos, pois é melhor e não
faz mal, como dizia o “Me-
lhoral”?
José Artur Paes Vieira de Melo
japvm@jornaldosertaope.com.br
A Sertão Con-
sig cresce a
cada dia. O em-
preendimento
foi criado para
oferecer emprés-
timo consignado
na região desde
janeiro de 2010,
na cidade de Flo-
res. Atualmente
a Consig tem sua
sede em Serra
Talhada e já conta com lojas em
municípios como Santa Cruz da
Baixa Verde e na capital, Recife,
permanecendo com a filial de
Flores.
A empresa tem uma linha de
empréstimos para aposentados e
pensionistas do INSS, funcioná-
rios públicos estadual e federal
e das Forças Armadas. Para me-
lhor prosseguir com a sua pro-
posta, mantém correspondência
com bancos como o BV Financei-
Observatório JS
Divulgação
Divulgação
Distribuidor: Mourinha Representações. Fone
(087) 3831.7053 - Serra Talhada - PE
Impressão: Gráfica Jornal do Commercio - Fone
(81) 3413-6274 - Recife - PE
Tiragem: 8.000 exemplares
Formato: 25 x 28,5 cm | 24 páginas
Circulação: Sertão de Pernambuco | Arcoverde,
Sertânia, Custódia, Serra Talhada, São José do
Egito, Afogados da Ingazeira, Floresta, Petrolândia,
Salgueiro, Arararipina, Petrolina
Recife | Governo do Estado - Assembléia Legislativa
Secretarias de Estado | Brasília-DF | Ministério da
Integração Nacional Distribuição gratuita
Editor
Antonio@jornaldosertaope.com.br
Antônio Jose Bezerra de Melo
Redação
redacao@jornaldosertaope.com.br
Dayane Albuquerque
Cinara Marques - DRT/PB1070
Depto. de Marketing
marketing@jornaldosertaope.com.br
Hélida Enes
Contato Publicitário
contato@jornaldosertaope.com.br
Anderson Santos
Produtor Gráfico
diagramação@jornaldosertaope.com.br
Daniel Sigal
Depto. Financeiro
financeiro@jornaldosertaope.com.br
José Bezerra
Colaboradores: Alberto Ursulino,
Helena Conserva, Dárcio Rabêlo,
Antônio Faria, Francys Maya,
Mayran Barbosa Ramos,
José Artur Paes Vieira de Melo
E-mail: jornaldosertaope@
jornaldosertaope.com.br
www.facebook.com/Jornaldosertao
O Jornal do Sertão é uma
publicação mensal da Edicom
Editora Comunicação Ltda.
Av. João Gomes de Lucena,
4105 - Centro - Serra Talhada-PE
Sucursal: Av. Caxangá, 205 sl.
903/904 - Fone (081) 3052.2719
Recife - Pernambuco
ra, Bradesco, BMG, BGN, Santander,
Daycoval, Mercantil do Brasil e Bon-
sucesso.
Clientes aposentados que rece-
bem um salário mínimo podem pe-
dir ao banco um valor médio de R$
6.600,00. O pagamento pode ser feito
em 60x R$ 203,40. O valor da parce-
la é referente a 30% do salário, valor
estipulado pelo INSS. Em até 72h o
valor já estará disponível na conta e
as parcelas serão descontadas no be-
nefício.
A rcoverde, no Sertão pernambucano, que tem um
das melhores festas juninas do Estado, já está en-
trando no clima de São João. Prova disso é a realiza-
ção, no próximo dia 4 de maio, sábado, do “VIII Forró
dos Cantadores”. Esse ano, a equipe organizadora do
evento trouxe o tema “O Cangaço na Capital do São
João”.
A festa, que será no Sport Clube da cidade, contará
com grandes atrações como Paulinho Leite, Wagner
Carvalho e Nádia Maia. A festa começa a partir das
22h, prometendo muito forró pé de serra, baião, xote
e xaxado. As mesas custam R$ 150. Para informações
sobre ingressos e reservas, ligar para (87) 3822.3704,
(87) 3822.1280, (87) 3821.1119 ou (87) 3822.2859.
Divulgação
Feiras apresentarão todo o potencial do Vale do São Francisco
3Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Negócios
Fenagri muda e deve atrair 50 mil visitantes
A 24ª Feira Nacional da
Agricultura Irrigada (Fe-
nagri), que acontece de 14 a 19
de maio, em Juazeiro-BA, vem
com uma novidade este ano. A
feira acontece junto com a 7ª
Exposição de Caprinos e Ovi-
nos do Vale do São Francisco
(Expovale). A união das duas
maiores feiras de promoção
das principais cadeias produ-
tivas do vale do São Francisco
dará um novo significado ao
evento.
A expectativa é atrair cerca
de 50 mil visitantes ao Cam-
pus da Universidade Fede-
ral do Vale do São Francisco
(UNIVASF), onde será monta-
da a estrutura das duas feiras.
Com o tema “Integração de
negócios ampliando possibili-
dades”, os dois eventos reuni-
rão criadores e agricultores de
todo o País.
Serão mais de 100 expo-
sitores e 1.200 animais ex-
postos. A mostra dos animais
des, agricultores, produtores
e artesãos, irão apresentar
desde produtos provenien-
tes de frutas especificas da
região até o artesanato local.
O Galpão será uma vitrine
para os trabalhos desenvol-
ficará num
ambiente de
6 mil metros
q u a d r a d o s ,
ocupando 142
baias. “Este é
um exemplo
de que agricul-
tura irrigada e
criação de ani-
mais podem
andar juntos,
potencializan-
do ainda mais
o desenvolvi-
mento da re-
gião”, afirmou
o coordenador
geral da Fena-
gri, Voldi Frei-
tas.
Esse ano, a agricultura fa-
miliar e a economia solidária
vão difundir informações e
propagar as potencialidades
da região, levando novidades
para visitantes. Instalados
num espaço com 35 estan-
vidos por cooperativas e as-
sociações.
A VII Expovale pretende
reunir criadores com animais
de alta qualidade genética.
O objetivo é transferir novas
tecnologias e realizar grandes
negócios. O setor de capri-
novinocultura também trará
novidades, como o workshop
sobre a ‘Integração da Capri-
nocultura e da Ovinocultura
com a Agricultura Irrigada:
ampliando possibilidades’. O
debate visa afinar a estratégia
de aproximar os dois setores
para atuarem juntos em prol
do crescimento e do desenvol-
vimento da região.
Para Silvio Dória, dire-
tor técnico da Associação dos
Criadores de Caprinos e Ovi-
nos do Sertão do São Fran-
cisco (ACCOSSF), é de grande
importância a integração da
agricultura com a caprinovi-
nocultura, num momento em
que o Sertão passa pela pior
seca dos últimos 50 anos. “É
através de eventos como esse,
que estimulamos o potencial
de toda a cadeia produtiva e
oferecemos perspectivas de
desenvolvimento para o semi-
árido”, declarou.
EduardoBraga/SEI
4 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Seca
Construção de barreiros beneficia
cidades sertanejas
Governo executa obras de barragens no Sertão
C omo forma de garantir ações de convivên-
cia com a seca, a maior das últimas quatro
décadas e que atinge cerca de 1,2 milhões de
pernambucanos, a Companhia de Desenvolvi-
mento dos Vales do São Francisco e Parnaíba,
Codevasf, está construindo 200 barreiros em
cerca de 40 municípios pernambucanos. A in-
tenção é proporcionar aos moradores um perí-
odo de maior tranquilidade, uma fonte hídrica
capaz de matar a sede animal e ainda ajudar nas
tarefas domésticas.
Do total pretendido, 56 barreiros foram con-
cluídos e 31 estão em processo de execução. Dos
prontos, alguns já acumularam água das chu-
O governador Eduardo
Campos (PSB) visitou a
região do Pajeú e revelou que
o Estado está construindo
440 barragens, as quais vão
atender a população atingida
pela seca. Outras 660 barra-
gens chegarão a Pernambu-
co através de convênio com o
Governo Federal, por meio do
Ministério da Integração Na-
cional, elevando para 1.100 o
total de novos reservatórios na
região semiárida.
“O nosso objetivo é tornar
menos dura a época da estia-
gem através da democratiza-
ção do acesso a água e essas
barragens atenderão esta fina-
Eduardo Campos e Fernando Bezerra vistoriam a obra da Barragem
Pedro d’água
Já foram construídos 56 barreiros e 31 estão em processo de execução
vas desde o inicio de 2013, como é o caso dos
barreiros dos municípios de Araripina e Exu.
Já Afrânio, Dormentes, Floresta e Salgueiro são
algumas das cidades que estão com as obras em
andamento.
A Companhia tem como meta para a me-
tade do segundo semestre deste ano, a cons-
trução de 113 barreiros, beneficiando Santa
Maria da Boa Vista, Serra Talhada e Petrolina.
Ao todo, o Ministério da Integração está in-
vestindo, através da Codevasf, cerca de R$ 10
milhões na obra que, quando concluída, irá
beneficiar milhares de famílias do interior de
Pernambuco.
lidade”, disse Eduardo Cam-
pos, que visitou a Barragem
Pedra d’água, em Afogados da
Ingazeira, que está em cons-
trução.
Acompanhado por secretá-
rios de estado e pelo ministro
da Integração, Fernando Be-
zerra Coelho, Eduardo desta-
cou a parceria com o Governo
Federal para a concretização
dos projetos semiárido. “Al-
cançaremos a média de pra-
ticamente dez barragens para
cada município, consolidando
capacidade de acumulação
equivalente a quase uma bar-
ragem como a de Jucazinho,
que armazena 250 milhões
de metros cúbicos, só que de
uma maneira descentralizada
e mais próxima das comuni-
dades”, afirmou o governador.
O governadorfie enalte-
ceu a parceria com o Ministé-
rio da Integração no esforço
de enfrentamento aos efeitos
da seca. “Essas barragens são
pulmões nas áreas mais re-
motas de acúmulo de água,
onde não chegam as aduto-
ras e outras alternativas”,
pontuou. “E agora o minis-
tro Fernando Bezerra Coelho
(Integração Nacional) está
desenhando um novo con-
vênio para outras 660”, con-
cluiu Campos.
Divulgação
5Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Evento
Programação cultural anima
aniversário de Serra Talhada
S erra Talhada comemora 162 anos de emancipação política
no dia 6 de maio e, para festejar a data, foi montada uma
programação especial com o objetivo de consolidar a cultura do
município. De 3 a 6 de maio, artistas serra-talhadenses estarão
distribuídos em pólos culturais, unidos para potencializar a eco-
nomia da cultura, designar mercado de trabalho para profissio-
nais, valorizar o talento dos artistas populares sertanejos e, prin-
cipalmente, despertar o interesse pelos seus valores.
O tema da festa será “Aniversário de Serra Talhada: a cidade
do coração da gente”. Para o secretário de Cultura e Turismo do
município, Anil-
domá Willans, a
pujança do ta-
lento de Serra
será mostrada
com toda in-
tensidade. “Co-
memorar seus
mitos, festejar
datas, celebrar
fatos é comum
aos povos que tem cultura e que valorizam sua história. E Ser-
ra Talhada, que tem capítulos importantes em sua história, que
projeta nomes de expressão para todo Brasil, quer seja no campo
da arte e da cultura, da política e da ciência, tem ensejos suficien-
tes para ter um evento como esse”, destacou Anildomá.
Polo Pátio da Feira
Dia 03 de maio
10h - Grupo de Danças Gilvan Santos e Grupo
de Xaxado Cabras de Lampião.
Dia 04 de maio
10h - Maracatu Leão da Serra (Recife) e o es-
petáculo “O rapto do presente” (Olinda)
Dia 05 de maio
10h - Grupo Herdeiros do Cangaço e o espetá-
culo: “Um boi muito Louco” (Olinda)
Polo Romântico
Rua 04 / Alto do Bom Jesus
Dia 03 de maio
A partir das 21h - Pitoco Brega, Lenno do Bre-
ga, João Carlos e Caldas
Polo Serra Talhada de todos os ritmos
Estação do Forró
Dia 04 de maio
A partir das 21h - Roberta Aureliano e Banda
Fulô de Maracujá (Maceió), Kennedy Bra-
sil e Daniel São Paulo, Josildo Sá e Assisão
	
Dia 05 de maio
A partir das 21h - Léa Emannuely, Banda
Se78, Gatinha Manhosa e Banda Vizzu
Dia 06 de maio
A partir das 20h - Léo Godoy, Banda PRC-6,
Banda C.H.M e Irmão Lázaro (ex-olodum)
Polo Cívico
Dia 06 de maio
9h - Desfile Cívico e Corte do Bolo
11h - Alto Swing e Kebradeira do Nordeste
(Pátio da Feira)
Programação Cultural do Aniversário
Divulgação
6 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Alberto Ursulino
albertoursulino@visatecnologia.com
Samsung S4 chega ao Brasil em abril
A Samsung já se pronun-
ciou e enviou (dia 19) à
impressa brasileira um con-
vite para o lançamento do
seu mais novo smartphone, o
S4. O preço do aparelho já foi
anunciando antes mesmo do
lançamento oficial e custará
cerca de R$ 2.399,00, segun-
do o fabricante.
O aparelho que vai con-
correr diretamente com o
Iphone 5, tem tela de 5 pole-
gadas com 1080p de resolu-
ção, que a Samsung chamou
de Full HD Super AMOLED.
O aparelho pesa 130 gramas e
tem 7,9 milímetros de espes-
sura.
Além de muito bonito ele
vem com um processador
quad-core de 1,9 GHz ou um
processador de 1,6 GHz octa-
-core, dependendo do país
onde é lançado. O aparelho
roda Android Jelly Bean, pos-
sui câmera traseira de 13 me-
gapixels e dianteira de 2 mega-
pixels e possui 2 GB de RAM e
três opções de armazenamento
interno: 16 GB, 32 GB ou 64
GB, expansíveis via cartão mi-
croSD para mais 64 GB.
Algumas funções são bem
interessantes, como por exem-
plo, a rolagem automática de
tela que reconhece o olhar
do usuário. Outro recurso é o
smart-pause, que pára um vídeo
quando percebe que o usuário
não está olhando para tela. Ou-
tro bem legal é o Drama Shot,
que possibilita tirar até 100 fotos
em quatro segundos e fazer bels
montagens com as fotografias.
O S4 promete ser mais um
sucesso de vendas da Samsung
e ao mesmo tempo, vai confir-
mar que os aparelhos do tipo
smartphone caíram no gosto
dos brasileiros.
Divulgação
Agricultura
Ouricuri e Araripina beneficiadas
pelo Terra Legal-Pernambuco
T rês mil famílias do mu-
nicípio de Ouricuri, no
Sertão do Araripe, que traba-
lham na agricultura familiar,
receberam títulos de proprie-
dade de terra do Instituto de
Terras e Reforma Agrária de
Pernambuco – Iterpe. Os agri-
cultores não terão nenhum
custo para registrar os títulos
em cartório. O Governo do
Estado é quem assumirá tal
responsabilidade. Em 2012, o
Iterpe entregou 1.300 títulos
de propriedade a agricultores
de Ouricuri.
A ação faz parte do Terra
Legal – Pernambuco, progra-
ma de ações jurídicas, físicas
e sociais para promover a or-
ganização espacial dos imó-
veis rurais ocupados e a titu-
lação dos agricultores, bem
como o reconhecimento, por
parte do Estado, do direito
do agricultor à terra regula-
rizada.
Segundo o diretor-presi-
dente do Iterpe, Getúlio Gon-
dim, as terras foram regulari-
zadas mediante levantamento
topográfico, demarcação de
áreas e elaboração de plantas
atualizadas. Para isso, foram
utilizados equipamentos GPS
de alta precisão e software de
gestão territorial – SGT.
Ainda no Araripe, a Secre-
taria da Agricultura e Reforma
Agrária do Estado e o Iterpe
abriram os processos de re-
gularização fundiária em Ara-
ripina, com a inauguração de
um escritório regional que fará
a implementação do Programa
Terra Legal no município.
A nova unidade do Iterpe
no Sertão funciona na Rua
Joaquim José Modesto, nº
56, Centro, próximo a Igreja
Matriz de Araripina. Durante
a solenidade de inauguração,
neste mês de abril, foram en-
tregues 100 títulos de proprie-
dade a agricultores familiares.
7Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Divulgação/PMS
Equipamentos modernos foram comprados para que a população possa
usufruir do serviço inédito
Saúde
Cabrobó dispõe de atendimento cardiológico
UTI de Salgueiro expande os serviços de saúde
A cidade de Cabrobó, no
Sertão do São Francisco,
ganhou atendimento em car-
diologia, nova especialidade
médica para atendimento na
rede básica de saúde. O novo
serviço já beneficia a popula-
ção e foi implantado no mu-
nicípio pela Prefeitura Muni-
cipal.
Segundo a secretária de
Saúde da cidade, Joseane Ra-
faela, o objetivo dessa nova
medida é proporcionar o tra-
tamento de doenças decorren-
tes do aparelho cardiológico
que atingem pessoas com fre-
qüência nos dias atuais.
“Temos a intenção de levar
uma assistência diferenciada
e de qualidade aos pacientes
cardíacos, levando em con-
sideração o preocupante au-
mento das doenças do apare-
lho cardiocirculatório”, expli-
cou a secretaria.
Serão disponibilizados 80
atendimentos por mês, com
S algueiro, no Sertão Cen-
tral de Pernambuco, deu
um salto na expansão dos seus
serviços de saúde com a inau-
guração, no dia 8 de abril, da
primeira Unidade de Terapia
Intensiva (UTI) do municí-
pio. O equipamento vai aten-
der, além da maior cidade da
região, municípios que fazem
parte da 7ª Gerência Regional
de Saúde. A UTI funcionará no
Pronto-Socorro São Francisco.
A conquista foi possível devido
a uma Parceria Público Priva-
da (PPP). O atendimento será
feito pelo SUS – Sistema Úni-
co de Saúde.
A entrega da UTI contou
com a presença de autorida-
des, a exemplo do secretário
estadual de Saúde, Antônio
Figueira e do prefeito Marco-
nes Sá, além de profissionais
de saúde e demais convidados.
A unidade ganhou o nome do
médico José Alves de Carvalho
Nunes (In Memoriam) e foi
festejada por todos que se fi-
zeram presentes. A família do
médico que dá nome ao equi-
pamento também prestigiou a
inauguração.
O investimento foi exclusi-
vamente privado, mas realizada
em uma licitação pública para
credenciamento do serviço. Por
mês, serão repassados R$ 359
mil para o custeio dos dez lei-
tos de UTI, totalizando R$ 4,3
milhões por ano. Além de Sal-
gueiro, os leitos irão beneficiar
a população de Belém do São
Francisco, Cedro, Mirandiba,
Serrita, Terra Nova e Verde-
jante – municípios da 7ª Geres.
Uma equipe multidisciplinar de
40 médicos irá atuar no serviço.
O diretor do pronto Socor-
ro, Francisco de Assis Carva-
lho, destacou que a unidade era
uma solicitação antiga da co-
munidade e se sentiu feliz em
proporcionar essa aquisição
em parceria com a Prefeitura.
“Essa é a primeira unidade a
ser inaugurada em Salgueiro e
que atenderá a todos os pacien-
tes da região”, assinalou.
O prefeito Marcones Sá
destacou a chegada da UTI
como um marco de assistência
à saúde prestada na região que,
segundo ele, está em outro pa-
tamar de complexidade médi-
ca, não só com serviço da aten-
ção básica, mas da média e alta
complexidade. “É isso que con-
solida de vez o Sertão Central
como polo de serviço de saúde,
tanto na promoção, prevenção
e atenção curativa”, apontou.
Ainda para o prefeito, Sal-
gueiro atinge essa comple-
xidade que se consolida por
ser um serviço “que será feito
com respeito e atenção a toda
a população face ao desenvol-
vimento crescente do muni-
cípio”. O secretário de Saúde
do Estado, Antônio Figueira,
enfatizou que Salgueiro tem
se consolidado como polo mé-
dico fundamental no Sertão
Central.
“O Hospital Regional vai
continuar avançando, princi-
palmente na atenção básica,
juntamente com a UPA 24H,
que vai tirar aqueles casos
mais simples do Regional. E
ainda temos a Upae que será
entregue em dezembro, com
investimento de R$ 10 mi-
lhões”, finalizou o secretário.
datas a serem pré- estabeleci-
das e reguladas pela central de
marcação da sede da Secreta-
ria de Saúde do município. A
marcação das consultas acon-
tece de segunda à sexta, tam-
bém na central de marcação.
8 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Antonio Faria de Freitas Neto
Advogado (antoniofaria@antoniofaria.com.br)
Fone: (81) 3423-3695 | 3423-4976
Coluna
Jurídica
Muitas pessoas - logicamente as não operadoras de Direi-
to – apresentam dificuldade acerca da distinção dos institu-
tos da fraude à execução e da fraude a credores, máxime em
relação ao seu cabimento.
Em palavras mais simples, a fraude, seja ela à execução
ou contra credores, se manifesta quando o devedor começa
a se desfazer de seu patrimônio, transmitindo-os a terceiros,
no intuito de impedir que seus credores venham recebê-los
como objeto de pagamento, já que diminuindo seu patri-
mônio, o devedor minora, também, as garantias de seus
credores.
A diferença entre as duas se dá no lapso temporal da alie-
nação de bens. Se o devedor aliena seus bens, já existindo
contra si processo de execução judicial, a fraude será à exe-
cução; mas, se ainda não existir qualquer processo desfavor
do devedor, será contra credor.
Por isso, a fraude à execução tem a natureza eminente-
mente processual, capitulada no artigo 593 do Código de
Processo Civil, sendo, portanto um desfalque ao Direito Pú-
blico; enquanto a fraude contra credores, está capitulada no
Código Civil, em seus artigos 106 e seguintes, sendo, assim,
uma ofensa ao Direito Privado.
Destarte, a fraude à execução, se manifesta dentro do
próprio processo de execução existente, sendo, assim, mais
grave que a fraude contra credor, já que visa frustrar a presta-
ção jurisdicional, subtraindo o objeto que incide a execução
judicial.
Já a fraude contra credor somente pode ser repulsada
através de uma ação judicial própria, ora denominada AÇÃO
PAULIANA ou AÇÃO REVOCATÓRIA, a qual buscará a declara-
ção de nulidade do ato fraudulento
Estamos à disposição para sugestões, comentários, o es-
clarecimento mais aprofundado de dúvidas acerca desta ma-
téria, ou outras que necessite, bem como quaisquer outros
contatos que se fizerem necessários, que poderão ser feitos
através do nosso site: www.antoniofaria.com.br; e-mail: an-
toniofaria@antoniofaria.com.br; ou telefone: (81) 3229-9737
e 3227-5266.
Breves diferenças entre os
institutos da fraude à execução
e fraude à credores
Cultura
Daniel Ferreira e as jornalistas que elaboraram o projeto vencedor em Assessoria
de Imprensa
Divulgação
C hegou em Salgueiro, esse
mês de abril, a exposição
Anistia e Democracia: Para
que não se esqueça, para que
nunca mais aconteça. É uma
mostra sobre a luta pela de-
mocracia durante o período da
ditadura militar no Brasil.
Os salgueirenses poderão
conferir 30 painéis, que retra-
tam através de fotografias e
depoimentos um período em
que a repressão e a violência
contra a sociedade eram fre-
quentes.
Em Pernambuco a expo-
sição já passou pelo Quartel
da Polícia Militar, no Recife;
Centro de Cultura da UFPE,
em Caruaru; e agora fica em
cartaz em Salgueiro (no IF
Sertão) até o dia 20 de maio.
O secretário executivo de
Justiça e Direitos Humanos,
Paulo Moraes, destaca que a
exposição faz parte das Sema-
nas de Direitos Humanos e
que já executou 108 ações de
cidadania em Pernambuco so-
mente este ano.
A 19ª edição de um dos
mais importantes e pres-
tigiados prêmios do Norte/
Nordeste, o Cristina Tavares,
foi concedido esse ano ao jor-
nalista sertanejo Daniel Fer-
reira, natural de Afogados da
Ingazeira.
Daniel concorreu
na categoria Assesso-
ria de Imprensa, com o
trabalho “Desarticular
é retroceder – Mobi-
lização pela continui-
dade da parceria do
governo federal com
a ASA (Articulação no
Semiárido Brasileiro)”,
juntamente com as
jornalistas Catarina de
Angola, Fernanda Cruz
De Oliveira, Gleicea-
ni Nogueira, Mariana
Mazza e Verônica Pra-
gana.
O trabalho resultou
de uma ação de sen-
sibilização diante da
opinião pública sobre
a situação que colocou
em prova a estratégia
de convivência com o
semiárido, defendida
pela ASA, como a ameaça de
ruptura da parceria de oito
anos entre a entidade e o go-
verno federal, cuja intenção
foi anunciada em dezembro
de 2011.
Prêmio
Cristina Tavares premia
jornalista de Afogados
da Ingazeira
Exposição sobre democracia
aporta em Salgueiro
Preocupados com tal situ-
ação, mais de 15 mil agricul-
tores familiares se reuniram
em Petrolina reivindicando o
apoio dos recursos. A partir
daí e através da assessoria de
imprensa do grupo de jorna-
listas, o projeto repercutiu na
mídia nacional, chamando a
atenção da caminhada e tra-
jetória por tudo que foi cons-
truindo e conquistado pelas
organizações e famílias agri-
cultoras na região semiárida.
O Cristina Tavares foi
criado pelo Sindicato dos
Jornalistas de Pernambuco
(SinjoPE). Ao todo, este ano,
foram inscritos 267 trabalhos
que disputaram entre 14 ca-
tegorias nas áreas de Radio-
jornalismo, Telejornalismo
documentário, Telejornalis-
mo (Reportagem, Série e Re-
portagem Especial), Internet
(Reportagem, Reportagem
Especial e Série Eletrônica) e
Assessoria de Imprensa.
9Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Sanfoneiros parabenizam
Salgueiro em Festival
Divulgação/CristianDomingues
Petrolina oferece
capacitação para
domésticas
O músico Toninho Ferragutti deu uma oficina de formação e
concerto, além de palestra e aula espetáculo
C om a aprovação da PEC
das domésticas no Sena-
do, o município de Petrolina,
em parceira com a Universi-
dade Federal do Vale do São
Francisco, lançou o “Domés-
tica Legal”. O novo programa
visa orientar profissionais
como diaristas, arrumadeiras,
cozinheiras, babás, cuidado-
ras, jardineiros, porteiros,
motoristas do lar, entre ou-
tros com funções afins, quan-
to aos seus direitos e deveres.
A categoria também será qua-
lificada e capacitada acerca de
suas obrigações, como pos-
tura no trabalho, vestuário
adequado, controle do tempo
na execução das atividades,
entre outros.
As inscrições seguem aber-
tas até 3 de maio, no prédio
da secretaria, localizada na
Avenida Projetada, s/nº, Vila
A 5ª edição do Festival da
Sanfona, em Salgueiro,
aconteceu neste mês de abril
e este ano integrou a progra-
mação de eman-
cipação política
do município.
O evento teve
patrocínio da
Prefeitura por
meio da Secre-
taria de Cultura
e Esportes. As
eliminatórias
aconteceram na
Casa do Sanfo-
neiro. Além das
apresentações,
o festival incluiu
oficina de formação e concerto
com o músico Toninho Ferra-
gutti, palestra e aula espetáculo
com Genário.
A premiação para o 1º lugar
na categoria ‘sanfona livre’, foi
de R$ 2 mil; para o 2º lugar,
R$ 1.000 e o 3º levou R$ 500.
Já na categoria ‘Sanfona de 8
baixos’, houve prêmio para o 1º
lugar no valor de R$ 2 mil. Na
categoria ‘Sanfona Infanto-Ju-
venil’, o 1º lugar levou R$ 1 mil.
Os 12 concorrentes se
apresentaram juntos no dia
28, dia da abertura do Festi-
val, quando teve ainda show
de Antônio da Mutuca. No
dia seguinte, entraram em
cena mais doze sanfoneiros
na eliminatória, que encerrou
com apresentações de Heri-
nho Monteiro
e o Kinteto do
Forró.
De acordo
com a secretá-
ria de Cultura e
Esportes, Paava
Carvalho, o fes-
tival vem cres-
cendo a cada
ano em número
de inscritos e
participação do
público de toda
região que pres-
tigia o gênero e a proposta do
festival. “O evento é uma vitri-
ne para os que querem revelar
seu talento e manter cada vez
mais viva a tradição da sanfo-
na em nossa cultura”, afirma a
secretária.
Mocó, ao lado da escola Muni-
cipal Eliete Araújo. O horário
de atendimento é de segunda à
sexta, das 8h às 17h. Serão dis-
ponibilizadas 100 vagas para os
cursos, sendo duas turmas às
sextas-feiras, a partir das 14h,
e duas aos sábados, também a
partir das 14h. As aulas estão
previstas para começar no dia
11 de maio. O curso será dividi-
do em aulas teóricas e práticas
e terá duração de dois meses.
De acordo com a secretária
da Mulher da cidade, Rosea-
ne Farias, o foco maior desse
projeto é qualificar os profis-
sionais, porém, sem esquecer
os patrões. “Contemplar essa
categoria com cursos de capa-
citação, de modo a melhorar
sua qualificação profissional é
muito importante para os tra-
balhadores e também para os
patrões”, afirma a secretária.
Serviços Cultura
10 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Sociais
Divulgação
Divulgação
TRIO FEMININO Socorro Pacheco, Maria José Maciel e Jo-
seira Malta no maior auê
CASAL Márcio e Rafaela Henrique em momento festa CLICK O vereador Warley Amaral sempre moderno e atuante
AndersonOliveira
AndersonOliveira
AndersonOliveira
AndersonOliveira
OLHA ELES Rosana e Pedro Ribeiro com Fabinho pelos salões
da cidade
Aniversariantes
de Maio
PARABÉNS!
ANIVERSARIANTES
05/05 - Rômulo Cursino de
Siqueira Filho
06/05 - Terezinha Mariano
Rocha
06/06 - Luana paula
08/05 - Tereza Vidal
08/06 - Thais Omena
11/05 - João Liberato
12/05 - Emiliano Leal
13/05 - Rafaela Henrique
15/06 - Walkis Pacheco
25/ 05 - Genildo Barbosa
25/05 - Nena Rocha
27/05 - Caetano Neto
27/06 - Dani Gois
29/06 - Edileuza Feitosa
30/06 - Luis Gabriel Fonseca
31/05 - Elissandra Ferro
Dupla comemoração em Serra Talhada PE No dia 06 de abril Maria Cecília, filha da empresária Estefânia Nogueira e do advo-
gado Cecílio Tiburtino, recebeu elegantemente nos braços de seus pais os convidados para comemoração de seu batizado e aniversá-
rio de um ano. Tudo estava perfeito. Foi uma noite memorável, regada à alegria e felicidade. Uma Festa Linda!
11Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Dárcio Rabêlo
darciorabelo@hotmail.com
87 9159.3661
“Não é o mais forte que sobrevive,
nem o mais inteligente, mas o que
melhor se adapta às mudanças”.
Charles Darwin
ARCOVERDENSE
A Gerente do SESC Arcoverde, An-
dréa Marquim recebeu o Título de Ci-
dadão Arcoverdense, em cerimônia na
Câmara de Vereadores de Arcoverde.
BLITZ
O comandante do 23° BPM, Major
Wellington Alves, anunciou que o trân-
sito de Afogados da Ingazeira e outras
cidades do Pajeú, começaram a ser fis-
calizado com mais intensidade. A partir
de agora, carros e motos flagrados tra-
fegando irregularmente e estacionados
em locais proibidos serão multados pela
Polícia Militar, que fiscaliza e realiza
blitz em pontos estratégicos da cidade.
CANA-DE-AÇÚCAR
Custódia recebeu as primeiras to-
neladas do bagaço da cana-de-açúcar
do Governo de Pernambuco. Aos pou-
cos, o sertanejo irá receber ração para
socorrer o restante do seu rebanho.
TRANSPOSIÇÃO
O Ministério da Integração Nacio-
nal levou a Comissão Externa do Se-
nado, responsável por acompanhar o
Projeto de Integração do São Francis-
co, para uma nova visita às obras do
empreendimento. Desta vez, a comiti-
va acompanhou a execução das ativi-
dades do Eixo Leste, passando pelos
municípios de Floresta e Sertânia, em
Pernambuco, e Monteiro, na Paraíba.
Ao chegar ao município pernambuca-
no de Sertânia, o ministro e sua comi-
tiva foram recebidos pelo deputado es-
tadual Ângelo Ferreira. No lote 12, em
Sertânia, a comitiva visitou a exposição
fotográfica do Programa de Arqueolo-
gia, uma das 38 estratégias ambientais
desenvolvidas pelo Projeto São Fran-
cisco. A equipe ainda pode acompa-
nhar de perto os trabalhos de mais de
360 pessoas.
FPNC MOXOTÓ
Um grande e instigado público
compareceu à última noite de shows
do FPNC Moxotó. Celebrando a passa-
gem do festival por Arcoverde e outras
seis cidades da região, além do legado
positivo que o evento deixa para o fo-
mento da cultura local e a circulação
dos artistas, moradores e visitantes
conferiram performances marcantes
de alguns destaques da cena musical
contemporânea.
O cantor Otto, que trouxe à cidade o
show da turnê “The moon 1111”, com a
participação da Jambroband (Fernan-
do Catatau e Junio Boca nas guitar-
ras, Rian Bezerra no baixo, Carranca
na bateria e Toca Ogan, Marcos Axé e
Male na percussão). Em seu primeiro
show na cidade, Otto não escondeu
a alegria por cantar na região que o
inspira como artista. Como resultado,
além das músicas do novo álbum e al-
gumas também do anterior “Certa ma-
nhã acordei de sonhos intranquilos”, o
cantor abriu espaço no set list para o
coco e finalizou sua apresentação con-
vidando novamente ao palco o líder de
Os Sertões e ex-Cordel, Clayton Barros.
PARABÉNS
Pesqueira, no Agreste de Pernam-
buco, completou 133 anos que foi ele-
vada à categoria de cidade. Para come-
morar a data, o município preparou
uma programação especial.
Foram realizadas celebrações reli-
giosas, mostra de filmes, corte de bolo
e ainda shows. Entre as atrações que se
apresentaram a banda Forró do Muído
e Forró na Mídia.
TURISMO
Secretário de Turismo de Triunfo
– Evanildo Fonseca lançou o Plano de
Metas do Turismo de Triunfo – 2013 a
2016. O lançamento do Plano de Metas
do Turismo de Triunfo, marca a reto-
mada econômica, ao traçar as princi-
pais metas para o desenvolvimento da
atividade turística. As perspectivas são
as melhores possíveis com um cenário
erguido em bases sólidas a partir de
um esforço conjunto do poder público
e iniciativa privada para consolidar po-
líticas públicas para o turismo.
FORRÓ VIP
Os nomes mais badalados da socie-
dade arcoverdense e da região já estão
com mesas reservadas para o Forró
VIP, dia 18 de maio no Esporte Clube
de Arcoverde. Toda a decoração do clu-
be levará assinatura de Willianderson
Alves, que promete mais uma vez sur-
preender.
O poeta forrozeiro Petrúcio Amo-
rim será uma das grandes atrações da
festa, que terá ainda o Forró Tempero
Nordestino. No quesito dança, a festa
também vai bombar!
As massas Vitarella e os molhos
Tambaú serão servidos para os convi-
dados no jantar. A TV Jornal /SBT vai
fazer total cobertura do evento.
Quem ainda não reservou mesa
pode ligar para 87 9159-3661.
CASÓRIO Paulo Alexandre e Taciana
Melo brindando a noite mais que especial
Divulgação
Jornal do sertao 86 web
Jornal do sertao 86 web
Divulgação/QuitandasdeMinasDivulgação/Sebrae
14 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
* Helena Conserva é Professora e Jornalista
Por Helena Conserva
E-mail hconserva@gd.com.br
blog: http://escrevehelena.blogspot.com
O talento de Arlindo Lacerda numa
reprodução do homem sertanejo
A pintura de Arlindo Lacerda captura a sensibilidade. Esse
quadro é um poema.
Essa reprodução nos convida a fazer uma leitura poética onde
procuro visualizar nas linhas e cores da terra seca a rusticidade
do ambiente que envolve o nordeste e seus habitantes, em cenas
de descanso, de relaxamento mas, que sua sina é de luta pela
sobrevivência e amor a terra.
Sou matuto sertanejo,
Daquele matuto pobre
Que não tem gado nem quêjo,
Nem ôro, prata, nem cobre.
Sou sertanejo rocêro,
Eu trabaio o dia intêro,
Que seja inverno ou verão.
Minhas mão é calejada,
Minha péia é bronzeada
Da quintura do sertão.
Patativa do Assaré: Vida Sertaneja
Turismo
Vale do São Francisco
se destaca em mostra
internacional de turismo
O Turismo e a Gastro-
nomia do Vale do São
Francisco foram destaque na
8ª Mostra Interna-
cional de Turismo/
PE (MIT), realizada
em abril. Durante o
evento, que acon-
teceu no Centro de
Convenções de Per-
nambuco, em Olin-
da, os visitantes
degustaram vinhos
tropicais e amos-
tras de iguarias da
culinária regional,
como queijo de ca-
bra, risoto de car-
neiro, doce de rapa-
dura, uvas e licores,
oferecidos em um estande da
Rota do Vinho.
Segundo o diretor da 8º
MIT, Jorge Sales, a mostra
deixou uma média
de R$ 6 milhões em
Pernambuco. “Para
o Vale, este ano,
foram reservados
cinco locais estraté-
gicos. Ao entrar na
feira, os visitantes
davam de cara com
o estande do Vale do
São Francisco. Eu
visitei a sala Vip, de-
gustei um bom es-
pumante, queijo de
cabra e uvas. Eu sou
fã de Petrolina”, ressaltou.
Durante três dias, mais
de 3 mil pessoas visitaram o
estande do Vale, apreciando
os vinhos, peças de artesãos
petrolinenses e recebendo in-
formações sobre os principais
equipamentos turísticos da
região, bem como as opções de
lazer disponíveis, a exemplo
da ‘Rota das Águas ao Vinho’.
Esse é um passeio onde
os turistas usufruem da vis-
ta panorâmica do Projeto
de Irrigação Senador Nilo
Coelho, degustam os vinhos
produzidos pela
Vitivinícola Santa
Maria e desfrutam,
ainda, de um pas-
seio de catamarã,
pelas águas do rio
São Francisco.
Aproveitando o
momento, secretá-
rios de Turismo do
Vale do São Fran-
cisco se reuniram
com o secretário
de Turismo de Per-
nambuco, Alberto
Feitosa, para apre-
sentar seus projetos
de incremento ao turismo no
Vale e discutir possibilidades
de captação de investimentos
para a região.
Os gestores apre-
sentaram projetos
pensados para se-
rem implementados
na região, como o
Parque das Lendas,
a Escola dos Vinhos,
o São João de Petro-
lina, a internaciona-
lização da cidade e o
roteiro enoturístico.
Segundo Alberto
Feitosa, a meta é in-
vestir ainda mais na
infraestrutura da re-
gião, e atrair também investi-
dores, como hotéis de grande
porte para Petrolina.
Vinhos da região fizeram sucesso no evento
Visitantes degustaram produtos da culinária regional,
como a rapadura
Divulgação
Divulgação
DivulgaçãoDivulgaçãoDivulgação
Divulgação
Divulgação
15Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
U ma das melhores festas juninas do Sertão de Pernambuco, o
São João de Arcoverde já lançou a sua programação para 2013.
Em dez dias de festa, atrações musicais conhecidas nacionalmente
vão agradar não somente quem curte forró, mas também para quem
é fã do axé e do brega. De 20 a 29 de junho, os artistas se apresenta-
rão em dez polos festivos que serão montados na cidade.
Esse ano, a prefeitura está investindo R$ 2,5 milhões e espera
receber 700 mil pessoas para movimentar R$ 30 milhões, 50% a
mais que no ano passado. Nesse período de festa, são gerados 4.000
empregos diretos e indiretos, nos setores gastronômico, hoteleiro,
de comércio e prestação de serviços.
O tema do São João de Arcoverde 2013 é baseado na história da
emancipação política do município. O artista plástico Suédson Neiva
vai narrar e reproduzir parte da história em que Lampião, o Rei do Can-
gaço, pediu ao governo do Estado, em 1925, a independência de Arco-
verde. Suédson estudou sobre o tema para, então, desenvolver peças
decorativas que remetem à conquista da cidade pela independência.
Veja quem vai movimentar
o São João de Arcoverde
20/06 - Chambinho do Acordeom, Elba Ramalho, Flávio José
21/06 - Geraldinho Lins, Gaby Amarantos, Forró Noda de Caju
22/06 - Os Pariceiros, Paulinho Leite, Margareth Menezes
23/06 - Mazinho de Arcoverde, Lirinha, participação especial Coco Raízes de
Arcoverde, Cesár Menotti  Fabiano, Forró Santa Dose
24/06 - Banda Kartuxo, Santana
25/06 - Banda Pinga Fogo, Petrúcio Amorim, Gabriel Diniz  Forró na Farra
26/06 - Garota Safada, Forró da Curtição, Arreio de Ouro
27/06 - Flávio Leandro, Banda Magníficos, Saia Rodada
28/06 - Banda Oasis, Alceu Valença, Musa do Calypso
29/06 - Valdinho Paes, Wagner Carvalho, Victor  Léo, Forró Capim com Mel
Artistas nacionais vão movimentar
o São João de Arcoverde
São João
16 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Equipe pretende disputar competições regionais e nacionais e se preparar bem para
a Rio 2016
Petrolina lança time oficial
de futebol de cegos
Obras do IFSertão de Serra
Talhada começam em 60 dias
U ma modalidade esporti-
va carregada de influên-
cias do futebol de salão, o “fu-
tebol de cinco”, agora tem uma
equipe oficial em Petrolina,
no Sertão do São Francisco.
Conhecido como futebol para
cegos, a equipe é formada por
cinco atletas, quatro na linha e
um goleiro.
Um dos integrantes do time
é o atleta Raimundo Nonato,
que joga na Seleção Brasileira
de Futebol de Cinco e conquis-
tou a medalha de ouro pela
seleção na Paralim-
píadas de Londres,
no ano passado.
Nonato também já
ganhou os títulos de
Melhor Jogador da
categoria, Jogador
Revelação e Melhor
Artilheiro no Cam-
peonato do Nordes-
te, em 2011.
A equipe está
se preparando para
disputar o Campe-
onato do Nordeste
de Futebol para Ce-
gos, que acontecerá
entre os dias 1 e 7
julho, na Paraíba.
O município de Serra Ta-
lhada foi contemplado
com uma unidade do Instituto
Federal de Educação, Ciência
e Tecnologia de Pernambuco
(IFSertão). O início da cons-
trução do campus começará
em até 60 dias. A previsão é
que o processo licitatório da
obra comece em 30 dias. O
edital de construção do Centro
Tecnológico foi publicado no
último dia 15, no Diário Oficial
da União (DOU).
As aulas no Instituto estão
previstas para começar em ju-
lho de 2013. De acordo com o
coordenador do programa e
futuro diretor acadêmico do
Por Francys Maya - E-mail francysmaya@hotmail.com
Sertão
Esportivo
Esporte
Educação
Divulgação
Também é meta do time parti-
cipar do Campeonato Brasileiro
de Futebol para Cegos, que será
realizado de 4 a 10 de novem-
bro de 2013, em Salvador - BA.
A perspectiva é que a equipe
também participe da Paralim-
piada 2016, no Rio de Janeiro.
“O time de futsal de cinco é
uma realização para nós, pois
mostramos que somos capazes
de praticar esportes. E essa é
também uma oportunidade de
representar a cidade e o nosso
Estado em âmbito regional e
IF Sertão na Capital do Xa-
xado, professor Júlio César, o
Instituto pretende ofertar até
mil vagas no município.
Alguns cursos já foram
definidos. Em conjunto com
a Secretaria Municipal de
Agricultura Familiar, serão
oferecidos os cursos de Api-
cultor, Bovinocultor, Criador
de Peixes Tanque Rede, In-
seminador de Animais, Hor-
ticultor Orgânico e Forragi-
cultor. O IFSertão também
abrirá vagas em conjunto
com as secretarias de Edu-
cação, Cultura e Turismo, e
Desenvolvimento Social do
município.
nacional”, relata o presidente
da Associação dos Deficientes
Visuais de Petrolina (ADVP),
Antônio Malan de Carvalho.
A iniciativa também tem o
apoio da Prefeitura Municipal,
através da secretaria de Aces-
sibilidade. Para a secretária de
Acessibilidade de Petrolina,
Rosemary Andrade, a criação
da equipe de futebol de cinco
traz muitos benefícios para os
praticantes e ajuda, através do
esporte, a promover a inserção
social dos cegos.
A prefeitura municipal
doou parte do terreno de 62
hectares localizado às mar-
gens da PE 320, que liga Serra
Talhada ao município de Afo-
gados da Ingazeira. A obra está
orçada em R$ 7,2 milhões.
Para ao prefeito Luciano
Duque, o município já está
vivendo uma revolução no en-
sino, o que deve ser comemo-
rado. “Já temos um campus da
UFRPE, vários cursos profis-
sionalizantes sendo oferecidos
pelo ‘Sistema S’, uma faculda-
de de Medicina pela UPE, e
agora a chegada do IFSertão
no município”, comemora o
gestor.
Vai começar o maior campeonato da Liga
Começa no dia 6 de maio mais uma edição do Campeo-
nato Serratalhadense, promovido pela a Liga Desportiva Mu-
nicipal. Este ano, o certame será disputado por dez equipes
apenas da cidade. Confira os times que disputarão o certame
deste ano:
Bom Jesus, Comercial, Caxixola, São Paulo, Real Despor-
tivo, Cagepe, Favela, Independente, Fazenda Nova e Náutico.
O homenageado deste ano será o saudoso Adriano Duque.
São José do Egito vai promover fase
municipal dos jogos escolares
Em reunião para tratar dos jogos escolares da fase mu-
nicipal, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de São
José do Egito definiu que as inscrições serão entregues pelas
escolas até o dia 06 maio de 2013, na diretoria de esportes.
Já o congresso técnico será em 10 de maio, com a divulgação
da tabela no dia 15 de maio. Os jogos estão programados para
iniciar em 20/05/2013.
Gramado do Estádio Áureo Bladley tem
reforma iniciada
A recuperação do gramado do Estádio Municipal Áureo
Bladley de Arcoverde já teve início. O estádio que estava em
total abandono começa a receber as primeiras ações. De acor-
do com a Diretoria Municipal de Esportes, até o dia 1º de ju-
lho, o antigo Souto Maior será entregue dentro das exigências
da Federação Pernambucana de Futebol - FPF. (Colaborou
Blog do Itamar)
Salgueirense conquista troféu em Corrida
de Jipe no Ceará
Salgueiro foi muito bem representado na 1ª Corrida Re-
gional de Jipe do Crato-CE. O salgueirense Robson Robeiro
Carvalho representou o município sertanejo e arrematou um
dos troféus da competição. A corrida foi realizada no Parque
de Exposições da cidade com a participação de vários clubes
de jipe do Nordeste. Além de Salgueiro, estiveram no evento
representantes de Serra Talhada, Araripina, Petrolina e Afo-
gados da Ingazeira. Também conquistaram troféus Nilson de
Floresta e Joãozinho de Araripina. Por intermédio da Liga do
Sertão, a corrida de jipe percorre periodicamente vários muni-
cípios do Nordeste, levando uma nova opção de entretenimen-
to e lazer para a população. (Colaborou Blog Alvinho Patriota)
Clube CREV já escolheu homenageado da
próxima caminhada Ecólogica
O (CREV) Clube Recreativo Vavá Ouro, já definiu a perso-
nalidade que será homenageada na caminhada ecológica do
ano que vem. O cidadão, que ainda não terá o nome revelado
nesta edição. é um grande empresário da terra do xaxado.
Corrida marcou Dia de Tiradentes em
Afogados da Ingazeira
A 7ª Corrida Tiradentes foi movimentada. O evento espor-
tivo marcou a data que homenageia Joaquim José da Silva
Xavier, reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira.
A Corrida contou com atletas de cidades da região e de outros
estados. O evento é organizado pelo comerciante Tião da Ca-
rapuça, que todos os anos aproveita a data para comemorar
sua data natalícia. (Colaborou Blog do Itamar).
17Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Cultura
Mayran se dedica agora na criação de dois
personagens inspirados em moradores de rua
Divulgação
Poeta compara
Cordel com
plantas do Sertão
O poeta pernambucano
Ivaldo Batista, apai-
xonado por fabricar manu-
almente seus livretos, tem
comparado o cordel com as
plantas do Sertão, é que para
ele a literatura tem resistido
ao tempo e está brotando nas
terras pernambucanas a cada
dia. Contribuindo para propa-
gação dessa Literatura, Ivaldo
tem derramado seus livretos
por todas as cidades pernam-
bucanas com essa literatura
que se caracteriza pelos seus
versos, rimas e métrica.
Em seu mais recente tra-
balho, ele escreveu “Chuva de
cordel nas cidades pernambu-
canas”, onde traz para os lei-
tores um pouco dos aspectos
históricos, geográficos e cultu-
rais do Sertão e faz a compara-
ção do cordel com a seca e as
plantas do Sertão.
“Está faltando o precioso
líquido nas cidades pernam-
bucanas, a maioria delas já
está em estado de calamidade
e sofrem os efeitos da estiagem
prolongada, mas a célebre car-
ta de Caminha já dizia que esse
solo é bom e em se plantando
tudo dá e, mesmo na região
mais árida, há determinadas
plantas que resistem às adver-
sidades e permanecem vivas”,
disse o poeta, que fez seu mais
novo trabalho baseado nesse
pensamento.
Chuva de Cordel nas
cidades Pernambucanas
A água na minha terra
Está faltando no chão
Está faltando no Estado
E em toda região
Mas não vai faltar cordel
Pois temos inspiração
Cidades do meu sertão
Vivem em calamidade
Com a ausência de chuva
Temos a mortalidade
Mas folheto de cordel
Fazemos em quantidade
É cordel de qualidade
Que vai chover todo dia
História versos e rimas
Oração e poesia
Não importa tempo ruim
O clima ou geografia
E nessa topografia
A água não quer chegar
Meu sertão esturricado
O solo tá de rachar
Mas poesia de cordel
Nesse solo vai brotar.
Chargista mostra
seu talento em
Serra Talhada
N atural de
T i m b a ú b a
(Zona da Mata
Norte de Pernam-
buco), mas resi-
dindo em Serra
Talhada há dois
anos, Mayran Bar-
bosa Ramos, 20,
está revelando o
seu talento como
chargista no mu-
nicípio. Cursando
Zootecnia na Uni-
dade Acadêmica
de Serra Talhada
UAST/UFRPE, o
novo artista come-
çou a desenvolver
seu talento há dois
anos.
Em entrevista
ao Jornal do Sertão, declarou
que duas metas para os pró-
ximos meses é a criação de
novos personagens que ele
conheceu na cidade em que
mora. “Cheguei há pouco tem-
po, mas algumas coisas aqui já
me chamam muito a atenção.
Então eu vou reproduzi-las
nas minhas charges”, destacou
o jovem, que também é estilis-
ta e projetista amador de auto-
móveis.
Para realizar o seu tra-
balho, Mayran busca inspi-
ração nas pessoas, nas suas
ações e nos temas atuais,
que é uma das característi-
cas desse estilo de ilustração.
Buscando sempre represen-
tar a sua região, nunca es-
quece de Luiz Gonzaga nas
suas criações.
Mayran já assina charges
para um jornal local, mas não
desenha só por um fim lucra-
tivo. “Sempre que possível,
faço desse trabalho o meu
passatempo”, afirma Barbosa.
Agora, ele está trabalhando
na construção dos seus dois
primeiros personagens. “Essa
criação é fruto de uma inspira-
ção que tive ao conhecer dois
moradores de rua em Serra
Talhada.
Divulgação
Divulgação
18 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
SecMulher ofereceu cursos de cidadania, políticas
públicas e empreendedorismo
Agricultura Educação
Seguros e emplacamentos em geral
Caminhões, Ônibus, Carros,
Motos, Imóveis e etc
F: (87) 3831.7053 / 9902.6999 / 9940.2941
Chapéu de Palha
capacita sertanejas
Estudante de Quixaba
vai à Suíça mostrar
como se vive com a secaU ma realização da Se-
cretaria Estadual da
Mulher, tiveram início nesse
mês de abril, as aulas do Cha-
péu de Palha Mulher da Fru-
ticultura Irrigada, no Sertão
de Pernambuco. Estão sendo
atendidas 5.425 trabalha-
doras rurais dos municípios
de Petrolina, Lagoa Grande
e Santa Maria da Boa Vista,
com cursos de cidadania, po-
líticas públicas e empreende-
dorismo e cursos profissiona-
lizantes, num total de 217 turmas.
As crianças também estão sendo
beneficiadas, mais de 1.700 estarão en-
volvidas em atividades recreativas en-
quanto as mães participam dos cursos.
As aulas serão realizadas até o mês de
junho, às sextas-feiras à noite e aos sá-
bados, em escolas públicas da região e
em espaços alternativos cedidos para a
realização do programa.
Além da fruticultura irrigada, o
Chapéu de Palha Mulher ofertará capa-
citações para as trabalhadoras da cana
de açúcar e da pesca artesanal que se-
rão desenvolvidas ao longo deste ano.
Essa ação visa fortalecer as trabalhado-
ras rurais desempregadas no período
da entressafra, oportunizando o acesso
a novos conhecimentos e alternativas
de trabalho e renda. No caso da fruti-
cultura irrigada são considerados os
primeiros meses do ano como a época
da entressafra.
Os cursos são realizados em conjun-
to entre a SecMulher e doze organiza-
ções não governamentais da região do
Vale do São Francisco, além do Senai e
o Sest/Senat, entidades do Sistema S.
Pesca Artesanal
Com relação às pescadoras, a Se-
cMulher atenderá, na 2ª edição do
Chapéu de Mulher da Pesca Artesanal,
2.975 mulheres. Desse total, 1.750 par-
ticiparão de cursos de cidadania, po-
líticas públicas e empreendedorismo,
distribuídas em 50 turmas e 1.225 mu-
lheres em cursos de gestão social, pro-
dutiva e econômica, distribuídas em 35
turmas. 1.700 crianças serão contem-
pladas com atividades recreativas. O
cadastramento para esse segmento está
previsto para o final de maio. O início
das aulas no final de junho do corrente
ano. Participarão desse processo nove
entidades não governamentais.
A estudante Maírla Marina Ferreira
Dias, 14 anos, do 2° ano da Escola
Estadual Tomé Francisco da Silva, em
Quixaba, no Sertão do Estado, repre-
sentará o Brasil na final mundial do
Concurso Internacional de Redação de
Cartas para Jovens, em outubro, na Su-
íça. Maírla está levando até Berna, ca-
pital do país que sediará o evento, o dia
a dia das comunidades atingidas pela
seca no interior pernambucano.
Para a estudante selecionada para
ir ao exterior, essa
conquista do 1º lugar
nacional foi uma sur-
presa. A aluna con-
siderou a sua carta,
que retrata os apuros
enfrentados pelos
sertanejos ao longo
do período de estia-
gem, simples. “Achei
que não teria chance
e nem iria tão longe.
Quando fiz a carta, minha comunida-
de (Lagoa da Cruz) sofria com a falta
de chuva. O gado estava morrendo e os
agricultores, perdendo o plantio. Agora
a situação melhorou um pouco”, conta.
No seu trabalho, a sertaneja também
falou da importância da água como re-
curso precioso para sobreviver.
Para o coordenador estadual do con-
curso de cartas, José do Carmo Mari-
nho, esse título foi inédito para o Brasil.
“Vamos torcer para que Maírla vença
essa última etapa. Todos estamos muito
felizes com esse resultado”, afirma.
O Concurso Internacional de Reda-
ção de Cartas para Jovens está alinhado
a um dos objetivos do milênio da Orga-
nização das Nações Unidas (ONU), que
é Educação Básica de Qualidade para
Todos. Em 2013, foram 126 cartas en-
viadas aos Correios, entidade responsá-
vel pela organização do evento no Brasil.
A carta da aluna de Quixaba, orien-
tada pela professora Rosineide Alves,
concorreu com mais 5.150 estudantes
de até 15 anos. Mais de três mil escolas
públicas e particulares, em todo o Bra-
sil, participaram. A final do concurso
está agendada para 9 de outubro, Dia
Mundial dos Correios. Em média 200
países, filiados à UPU, estarão na dis-
puta pelo 1º lugar.
Maírla viaja em outubro para mostrar seu trabalho na Suíça
Divulgação
Vaqueiros festejam a profissão em Santa Maria da Boa Vista
19Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
C om o tema “O vaqueiro,
símbolo de dedicação
e coragem”, a Festa dos Va-
queiros de Santa Maria da
Boa Vista, no Sertão do São
Francisco, vem, em sua 11ª
edição, mostrar que é um dos
eventos mais tradicionais da
região. A festa acontecerá en-
tre os dias 10 e 12 de maio e
tem como objetivo resgatar
e valorizar a cultura do va-
queiro, além de incentivar as
discussões sobre o seu papel
social no Sertão.
Desde a sua primeira edi-
ção, a festa é promovida pela
Associação dos Vaqueiros
João Barros de Araújo e será
realizada entre a Orla da ci-
dade e o Parque do Vaqueiro.
De acordo com o organizador
do evento, José Mendonça
Filho, na abertura oficial da
festa haverá uma alvorada
festiva.
“Pretendemos acordar
toda a cidade para o evento,
que atrai muitos visitantes”,
Evento é um dos mais tradicionais da região banhada pelo rio São Francisco
Cultura
de Boi, marcada para o domin-
go, dia 12, último dia da festa”,
explica.
Também já está marcado
para acontecer, como todos
os anos, o desfile dos vaquei-
ros. Um momento especial
acompanhado por toda a ci-
dade. Os vaqueiros passam
pelas ruas do município, de-
vidamente caracterizados e
montados em seus cavalos.
A alimentação e hospeda-
gem dos participantes ficam
por conta da organização da
festa.
Mendonça adianta que a
Festa do Vaqueiro é de toda
Santa Maria da Boa Vista e já
foi abraçada pelos sertanejos
de todas as partes de Pernam-
buco. “O município está pas-
sando por um momento deli-
cado, mas a festa é de todos”,
frisa. Para o idealizador da
festa, o importante é resgatar
o papel do vaqueiro, um sím-
bolo representativo da cultura
nordestina.
disse Mendonça Filho. No se-
gundo dia do evento, vaquei-
ros de toda parte chegarão
à região para participar da
missa campal, dos shows que
acontecem na Orla e da Pega
20 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Divulgação
H omens que perdem cabe-
lo no topo da cabeça têm
mais chances de sofrer de pro-
blemas cardíacos, segundo um
estudo conduzido por pesqui-
sadores da Universidade de Tó-
quio, no Japão.
A pesquisa, que analisou
37 mil homens, sugere que os
calvos tem 32% mais probabi-
lidade de desenvolver males do
coração. O estudo foi divulgado
na publicação online britânica
BMJ Open.
Apesar de terem concluído
que há uma relação entre a es-
cassez de cabelos e doenças co-
ronárias, os pesquisadores pon-
deram que o risco desses males
é maior em fumantes e obesos.
“Nós encontramos um elo (en-
tre calvície e problemas do co-
ração), mas ele não é tão forte
quanto outros, como fumo,
altos níveis de colesterol, pres-
são alta e obesidade”, afirmou
à BBC o pesquisador Tomohide
Yamada, da Universidade de
Tóquio.
A mudança da estrutura ca-
pilar é uma realidade para mui-
tos homens. Grande parte fica
com o cabelo mais ralo aos 50
anos e, aos 70, cerca de 80% so-
frem de alguma perda capilar.
No entanto, o estudo sugere
que homens com “entradas” não
correriam mais riscos de desen-
volver as doenças.
Vida saudável
Yamada enfatizou que ho-
mens jovens com perda de cabelo
no topo da cabeça deveriam levar
um estilo de vida saudável, mas
descartou que eles devem ser
examinados apenas para tentar
identificar problemas cardíacos.
Os pesquisadores afirmam
que não há uma explicação cla-
ra para os resultados do estudo,
acrescentando que entre as pos-
síveis causas estariam aumento
da sensibilidade aos hormônios
masculinos, resistência à insuli-
na e inflamação dos vasos san-
guíneos.
FONTE: BBC Brasil
Estudo liga calvície
a problemas do
coração
CIÊNCIA
Homens só precisam sentir
gosto de cerveja para
querer mais
U m novo estudo feito
por cientistas america-
nos indica que basta que os
homens tomem uma quan-
tidade pequena de cerveja
para que seus cérebros sejam
estimulados e eles queiram
beber mais, mesmo antes de
começarem a sentir os efeitos
normais do álcool.
De acordo com a pesquisa,
feita com 49 homens pela
Escola de Medicina da
Universidade de India-
na, nos Estados Unidos,
o gosto de cerveja libera
no cérebro a dopamina,
neurotransmissor res-
ponsável pela sensação
de recompensa.
Os resultados, divul-
gados pela publicação
científicaNeuropsychophar-
macology, também revela-
ram uma maior sensação de
prazer em pessoas com um
histórico de alcoolismo na
família. Os homens que par-
ticiparam do estudo foram
submetidos a exames de to-
mografia computadorizada
enquanto sprays com peque-
nas quantidades de diferen-
tes bebidas eram borrifados
em suas bocas.
Os pesquisadores compa-
raram os efeitos dos sprays
de água, uma bebida isotôni-
ca esportiva e a cerveja pre-
ferida do participante. Cada
um recebeu um total de 15
mililitros de líquido – quan-
tidade, no caso da cerveja,
insuficiente para causar os
efeitos inebriantes do álcool.
Os resultados indicaram
que uma quantia maior de
dopamina foi liberada no cé-
rebro após o spray de cerveja
e que, após esse spray, os ho-
mens tinham uma propensão
maior a dizer que queriam
tomar uma bebida alcoólica.
Alcoolismo
“Nós acreditamos que este
seja o primeiro experimento
em humanos a mostrar que o
gosto da bebida alcóolica
por si só, sem nenhum
efeito narcotizante do
álcool, pode desencade-
ar esta atividade de do-
pamina nos centros de
recompensa do cérebro”,
explica David Kareken,
um dos cientistas envol-
vidos no estudo.
Ele sugeriu que a
presença de efeitos maiores
em homens com um históri-
co de alcoolismo na família
poderia ser um fator de risco
para o alcoolismo herdado
dos pais.
FONTE: BBC Brasil
21Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
Divulgação
D urante dez dias, a região do Ara-
ripe respirou literatura através
da 2ª edição da Jornada Literária
Chapada do Araripe. O evento acon-
teceu em seis cidades da região, onde
102 escritores lideraram atividades
como oficinas, palestras, recitais e
cantorias.
O evento, promovido pelo Sesc, teve
o objetivo de estimular o intercâmbio
cultural e o hábito de ler e escrever e,
para isso, levou autores até às escolas
da região, dando oportunidade para os
jovens conhecerem mais sobre criação
literária. Durante a realização da jorna-
da, foram contempladas as cidades de
Bodocó, Granito, Exu, Ouricuri, Arari-
pina e Trindade.
Durante a realização do projeto,
também houveram algumas exposições
como Poeta João, uma criação a partir
da obra de João Cabral de Melo Neto, no
município de Bodocó, e Cem Rosas para
Guimarães, na cidade de Araripina.
Entre os escritores que contribu-
íram para a realização da troca de
conhecimentos literários, estão Rai-
mundo Carrero, Chico Pedrosa, Cícero
Belmar, Luce Pereira, Xico Sá, Lourival
Holanda, Ronaldo Correia de Brito,
Miró, Marcelino Freire, Sidney Rocha
e Meca Moreno.
Cultura
Araripe se transformou na terra da Literatura
Curso investe em novos talentos para o teatro
A atriz, produtora e pedago-
ga Luciana Barbosa inves-
te na formação de novos talen-
tos para o teatro no interior per-
nambucano e Serra Talhada é
uma das cidades contempladas.
Os interessados devem se ins-
crever a partir de 03 de junho,
pelo e-mail cursolivre2013@
gmail.com ou no Museu do
Cangaço, local da realização do
curso em Serra, onde terá aulas
entre 1º e 18 de julho. A inscri-
ção é gratuita.
O curso visa preparar no-
vos artistas do teatro na região
e pretende levar o teatro para
um enfoque pedagógico dentro
da relação do espectador com a
obra teatral, numa contribuição
para a formação de novos es-
pectadores.
Luciana idealizou essa
formação teatral para quatro
municípios pernambucanos.
Através de projeto aprovado
no Funcultura, o “Curso Livre
de Teatro – Pedagogias do Es-
pectador Contemporâneo”, será
totalmente gratuito e já vem
sendo realizado no município
de São Benedito do Sul. Além
de Serra, a formação aconte-
cerá ainda em Belo Jardim, no
Agreste e Paulista, região me-
tropolitana do Recife.
As aulas terão formação de
História do Teatro, Dramatur-
gia, Interpretação, Direção e
Elementos Visuais e Sonoros do
Espetáculo para até 20 alunos
por cidade. Tais cadeiras serão
ministradas por professores e
artistas reconhecidos no cená-
rio recifense, como Wellington
Júnior (diretor, ator e professor
de teatro), Rodrigo Dourado
(jornalista, ator, crítico e diretor
teatral), Luciano Pontes (bone-
queiro, ator, escritor, diretor de
arte, palhaço, diretor teatral e
contador de histórias), Edjalma
Freitas (ator e produtor), além
da própria Luciana Barbosa.
Os artistas e professores do curso: Wellington Júnior, Luciana Barbosa,
Edjalma Freitas, Luciano Pontes e Rodrigo Dourado
Oficinas e palestras de grandes nomes da literatura atraíram muitos participantes
RafaelAlmeida-Divulgação
Ao final do curso, os alunos
irão apresentar um exercício
de conclusão e receberão cer-
tificado.
22 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
ACA lança Empresa
Responsável 2013
Arcoverde sorteia
vales compra para
o Dia das Mães
Artesãos de Arcoverde
expõem talento em Festival
Em busca do cliente com
humor e dramatização
O lançamento do Projeto
Empresa Responsável
2013 aconteceu nesse mês de
abril, no salão de eventos do
SESC Arcoverde. Para receber
os empresários que já partici-
pam do projeto e os que de-
sejam aderir ao programa, a
Associação Comercial de Ar-
coverde – ACA, realizou um
coquetel de boas vindas e uma
palestra com um consultor
Rede Sustentável. Nesse mes-
mo evento, a Associação apro-
veitou para lançar a campanha
do Dia das Mães.
A proposta do Proje-
to Empresa Responsável é
desenvolver ações que for-
taleçam o associativismo,
promovendo o crescimento
do comércio de Arcoverde,
garantindo mais visibilida-
E m Arcoverde, quem for às compras de 26 de abril a 11 de
maio estará concorrendo a vales compra de R$ 400, R$ 600
e R$ 1000. Essa é uma forma de presentear as mães da cidade.
Veja o regulamento abaixo.
Praça se cobriu de cultura durante o festival
de à região e investir na ca-
pacitação do empresário e
colaboradores das empresas
participantes do projeto. Sua
primeira edição foi realizada
em 2011 e obteve um grande
sucesso nos resultados, al-
cançando seus objetivos para
o comércio e para a região.
Os que aderem ao Empresa
Responsável recebem capaci-
tações de consultores creden-
ciados ao SEBRAE; contri-
buem para a divulgação do co-
mércio de Arcoverde na cidade
e região; ajudam a fortalecer o
Festival Arcoverde, Cultura e
Arte; aperfeiçoam a realização
de ações em datas comemo-
rativas; dão continuidade ao
projeto de coleta seletiva de
lixo e plantação de árvores no
município.
Divulgação
Moveleiros trocam
experiência na Forind NE
A Associação Comercial de
Arcoverde (ACA), jun-
tamente com o Sebrae – PE,
organizou uma caravana para
levar o Núcleo de Moveleiros
de Arcoverde para participa-
rem da 5° edição da FORIND
– NE, Feira de Fornecedores
Industriais, que aconteceu em
abril.
Na Forind Nordeste, os
moveleiros tiveram a opor-
tunidade de trocar experiên-
cia com pequenos, médios
e grandes fornecedores de
equipamentos, suprimentos e
serviços industriais aos gran-
des grupos empresariais ins-
talados na região Nordeste do
Brasil. O evento é uma impor-
tante ferramenta de acesso ao
mercado, ao facilitar a aborda-
gem do fornecedor ao consu-
midor industrial.
O s integrantes do Núcleo
de Artesãos de Arcover-
de tiveram a oportunidade
de expor os seus trabalhos no
Festival Nação Cultural, um
evento realizado em abril, com
intensa programação de difu-
são cultural, com grandes sho-
ws, ações literárias, espetácu-
los, mostra de cinema, encon-
tros de cultura popular, além
de diversas oficinas culturais
gratuitas. Com um estande na
praça da Bandeira, os artistas
cadastrados na Casa do Arte-
são de Arcoverde comercia-
lizaram seus produtos junto
com vários outros municípios.
O consultor Ricardo Albuquerque esteve
na Associação Comercial de Arcoverde
(ACA) em abril, dando uma palestra de um jei-
to diferente e conquistador. Com 10% de teo-
ria e 90% de prática, Ricardo passou o assunto
“Busca do Cliente Perdido” com muito humor e
dramatização.
Os que participaram puderam entender
um pouco mais sobre Erros comedidos no
atendimento; Diferença entre ouvir e es-
cutar os clientes; Atitudes para um atendi-
mento com qualidade; Perfil dos clientes e
a melhor maneira de atendê-los; Fidelida-
de dos clientes; e Motivação para servir os
clientes.
Após a palestra, que aconteceu no Democrá-
tico Esporte Clube, em Arcoverde, os partici-
pantes receberam certificado.
2323Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86
J uazeiro da Bahia reunirá, entre 3 e
11 de maio, todos os municípios do
território São Francisco, incluídos aí os
pernambucanos localizados próximos à
cidade baiana, para a 2ª Celebração das
Culturas dos Sertões, que acontecerá
no Centro de Cultura João Gilberto. O
objetivo do encontro é estimular, valo-
rizar e dar visibilidade às culturas ser-
tanejas através do teatro, cinema, artes
plásticas, música e de oficinas artístico-
-culturais.
O lançamento oficial do evento
acontecerá dia 3 de maio, em Salvador,
com o espetáculo Culturas Musicais
dos Sertões, dirigido por Targino Gon-
dim. Dentro da programação haverá
mostra de cinema, exposições, feiras,
mesa redonda e mostra de música.
O evento é uma realização da Secre-
taria de Cultura da Bahia, com o apoio
da Prefeitura de Juazeiro, através da
gerência de cultura da Secretaria de
Igualdade, Assistência Social e Cultu-
ra (Seiasc). Para mais informações no
e-mail cultura@juazeiro.ba.gov.br ou
nos telefones (74) 3612 3070 – (74)
9123 7273.
Municípios promovem a cultura do Sertão
Cultura
Todas as terças de maio
Mostra Itinerante Cinema e Sertões
São Francisco: Circuito Popular de Cinema e Vídeo
Locais: Espaços culturais e cidades baianas
Dia 03/05 – Salvador/BA
Abertura Oficial 2ª Celebração das Culturas dos Sertões
Espetáculo Culturas Musicais Dos Sertões
Direção : Targino Godim
Local: Teatro Castro Alves, às 21h
De 06 a 08/05 – Juazeiro/BA
Oficinas Artístico-Culturais
Monitores: Chico Liberato, Diogo Carvalho, Edilene Ma-
tos, Antônio Barreto, Cássio Nobre.
Exposição Carrancas do São Francisco
Local: Centro de Cultura João Gilberto
Dia 09/05
Chegada dos grupos de Barco, às 09h
Cortejo das Culturas dos Sertões, às 17h
Feira com mostra das Culturas dos Sertões,
a partir das 12h
2º Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões, às 14h
Coordenação: Alberto Freire e Roberto Dantas
Aula Espetáculo com Antônio Nóbrega, às 20h
Local: Centro de Cultura João Gilberto
Dia 10/05
Mesa redonda com o tema: “Os Sertões Modernizados e as
Culturas”, às 09h
Coordenador: Roberto Dantas
Expositores convidados: Antônio Torres, Frederico Per-
nambucano de Melo, Marisa Pires Ferreira (PUC-SP)
2º Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões – conti-
nuação, às 14h
Coordenação: Alberto Freire e Roberto Dantas
Espetáculo “As Culturas do Rio São Francisco”, às 20h
Direção: Cléber Eluão
Local: Centro de Cultura João Gilberto
Dia 11/05
Café na Feira, às 08h
Coordenação: Professores Alberto Freire e
Roberto Dantas
Local: Feira Livre
Mesa Redonda com o tema: “Políticas Culturais para os
Sertões”, às 15h
Coordenação: Prefeito Isaac Carvalho
PROGRAMAÇÃO
Jornal do sertao 86 web

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Clipping cnc 06042016 versão de impressão
Clipping cnc 06042016   versão de impressãoClipping cnc 06042016   versão de impressão
Clipping cnc 06042016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162
Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162
Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Clipping cnc 20072017 versão de impressão
Clipping cnc 20072017   versão de impressãoClipping cnc 20072017   versão de impressão
Clipping cnc 20072017 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Jornal digital 4666 Ter 12-05-15
Jornal digital 4666 Ter 12-05-15Jornal digital 4666 Ter 12-05-15
Jornal digital 4666 Ter 12-05-15
Jornal Correio do Sul
 
Clipping cnc 09052016 versão de impressão
Clipping cnc 09052016   versão de impressãoClipping cnc 09052016   versão de impressão
Clipping cnc 09052016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 14072014 versao de impressao
Clipping cnc 14072014   versao de impressaoClipping cnc 14072014   versao de impressao
Clipping cnc 14072014 versao de impressao
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 06032014 versão de impressão
Clipping cnc 06032014   versão de impressãoClipping cnc 06032014   versão de impressão
Clipping cnc 06032014 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Até quando a população terá que conviver com isso?...
Até quando a população terá que conviver com isso?...Até quando a população terá que conviver com isso?...
Até quando a população terá que conviver com isso?...
winston_blog1
 
Clipping cnc 08092016 versão de impressão
Clipping cnc 08092016   versão de impressãoClipping cnc 08092016   versão de impressão
Clipping cnc 08092016 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 24032015 versão de impressão
Clipping cnc 24032015   versão de impressãoClipping cnc 24032015   versão de impressão
Clipping cnc 24032015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Clipping cnc 10022015 versão de impressão
Clipping cnc 10022015   versão de impressãoClipping cnc 10022015   versão de impressão
Clipping cnc 10022015 versão de impressão
Paulo André Colucci Kawasaki
 
Edição 99 setembro 2014 - fenasucro 2014
Edição 99   setembro 2014 - fenasucro 2014Edição 99   setembro 2014 - fenasucro 2014
Edição 99 setembro 2014 - fenasucro 2014
Rafael Mermejo
 
Acontece355
Acontece355Acontece355
Acontece355
cocopequeno007
 
Edição 34 - Janeiro 2015
Edição 34 - Janeiro 2015Edição 34 - Janeiro 2015
Edição 34 - Janeiro 2015
Michael Yoo
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
grupoacontece
 

Mais procurados (15)

Clipping cnc 06042016 versão de impressão
Clipping cnc 06042016   versão de impressãoClipping cnc 06042016   versão de impressão
Clipping cnc 06042016 versão de impressão
 
Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162
Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162
Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162
 
Clipping cnc 20072017 versão de impressão
Clipping cnc 20072017   versão de impressãoClipping cnc 20072017   versão de impressão
Clipping cnc 20072017 versão de impressão
 
Jornal digital 4666 Ter 12-05-15
Jornal digital 4666 Ter 12-05-15Jornal digital 4666 Ter 12-05-15
Jornal digital 4666 Ter 12-05-15
 
Clipping cnc 09052016 versão de impressão
Clipping cnc 09052016   versão de impressãoClipping cnc 09052016   versão de impressão
Clipping cnc 09052016 versão de impressão
 
Clipping cnc 14072014 versao de impressao
Clipping cnc 14072014   versao de impressaoClipping cnc 14072014   versao de impressao
Clipping cnc 14072014 versao de impressao
 
Clipping cnc 06032014 versão de impressão
Clipping cnc 06032014   versão de impressãoClipping cnc 06032014   versão de impressão
Clipping cnc 06032014 versão de impressão
 
Até quando a população terá que conviver com isso?...
Até quando a população terá que conviver com isso?...Até quando a população terá que conviver com isso?...
Até quando a população terá que conviver com isso?...
 
Clipping cnc 08092016 versão de impressão
Clipping cnc 08092016   versão de impressãoClipping cnc 08092016   versão de impressão
Clipping cnc 08092016 versão de impressão
 
Clipping cnc 24032015 versão de impressão
Clipping cnc 24032015   versão de impressãoClipping cnc 24032015   versão de impressão
Clipping cnc 24032015 versão de impressão
 
Clipping cnc 10022015 versão de impressão
Clipping cnc 10022015   versão de impressãoClipping cnc 10022015   versão de impressão
Clipping cnc 10022015 versão de impressão
 
Edição 99 setembro 2014 - fenasucro 2014
Edição 99   setembro 2014 - fenasucro 2014Edição 99   setembro 2014 - fenasucro 2014
Edição 99 setembro 2014 - fenasucro 2014
 
Acontece355
Acontece355Acontece355
Acontece355
 
Edição 34 - Janeiro 2015
Edição 34 - Janeiro 2015Edição 34 - Janeiro 2015
Edição 34 - Janeiro 2015
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 

Destaque

Servicio civil faq-2013-01
Servicio civil faq-2013-01Servicio civil faq-2013-01
Servicio civil faq-2013-01
lililove5
 
Melissa mechan (linea del tiempo)
Melissa mechan (linea del tiempo)Melissa mechan (linea del tiempo)
Melissa mechan (linea del tiempo)
melissamerchan
 
Mapa mental historia de las bibliotecas
Mapa mental historia de las bibliotecasMapa mental historia de las bibliotecas
Mapa mental historia de las bibliotecas
giseel salazar
 
Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014
Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014
Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014
Jjoyita07
 
Historia de la escritura, el libro y las bibliotecas
Historia de la escritura, el libro y las bibliotecasHistoria de la escritura, el libro y las bibliotecas
Historia de la escritura, el libro y las bibliotecas
MEBARROSOZ
 
RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)
RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)
RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)
JOSE LUIS JARA BAUTISTA
 

Destaque (6)

Servicio civil faq-2013-01
Servicio civil faq-2013-01Servicio civil faq-2013-01
Servicio civil faq-2013-01
 
Melissa mechan (linea del tiempo)
Melissa mechan (linea del tiempo)Melissa mechan (linea del tiempo)
Melissa mechan (linea del tiempo)
 
Mapa mental historia de las bibliotecas
Mapa mental historia de las bibliotecasMapa mental historia de las bibliotecas
Mapa mental historia de las bibliotecas
 
Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014
Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014
Trabajo mapa mental historia de las bibliotecas febrero 20 2014
 
Historia de la escritura, el libro y las bibliotecas
Historia de la escritura, el libro y las bibliotecasHistoria de la escritura, el libro y las bibliotecas
Historia de la escritura, el libro y las bibliotecas
 
RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)
RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)
RÉGIMEN DISCIPLINARIO EN LA LEY DEL SERVICIO CIVIL (I PARTE)
 

Semelhante a Jornal do sertao 86 web

Jornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 webJornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 web
Evandro Lira
 
Jornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 webJornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 web
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Jornal do Sertão Edição 101 Julho 2014
Jornal do  Sertão Edição 101 Julho 2014 Jornal do  Sertão Edição 101 Julho 2014
Jornal do Sertão Edição 101 Julho 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Jornal do sertao Edição 91 Setembro -13 web
Jornal do sertao  Edição 91 Setembro -13 webJornal do sertao  Edição 91 Setembro -13 web
Jornal do sertao Edição 91 Setembro -13 web
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
JornalACidade
 
Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014
Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014 Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014
Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro 2014
Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro  2014Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro  2014
Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013
Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013
Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013
prefeituraguaruja
 
Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014
Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014 Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014
Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Atividade 4 Meio 2 O Turismo Em Sergipe
Atividade 4   Meio 2   O Turismo Em SergipeAtividade 4   Meio 2   O Turismo Em Sergipe
Atividade 4 Meio 2 O Turismo Em Sergipe
guest49a067
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
Divaldo Rosa
 
Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014
Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014 Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014
Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Festival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PA
Festival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PAFestival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PA
Festival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PA
Cibele Menezes
 
EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015
EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015 EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015
EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Jornal opção 172 ed online
Jornal opção 172 ed onlineJornal opção 172 ed online
Jornal opção 172 ed online
Alair Arruda
 
Folha 118
Folha 118Folha 118
Jornal do Sertao 98 Abril 2014
Jornal do Sertao 98  Abril 2014 Jornal do Sertao 98  Abril 2014
Jornal do Sertao 98 Abril 2014
JORNAL DO SERTÃO Enes
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
 Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3... Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
JornalACidade
 
Folha 131
Folha 131Folha 131

Semelhante a Jornal do sertao 86 web (20)

Jornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 webJornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 web
 
Jornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 webJornal do sertao 87 web
Jornal do sertao 87 web
 
Jornal do Sertão Edição 101 Julho 2014
Jornal do  Sertão Edição 101 Julho 2014 Jornal do  Sertão Edição 101 Julho 2014
Jornal do Sertão Edição 101 Julho 2014
 
Jornal do sertao Edição 91 Setembro -13 web
Jornal do sertao  Edição 91 Setembro -13 webJornal do sertao  Edição 91 Setembro -13 web
Jornal do sertao Edição 91 Setembro -13 web
 
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
JORNAL DO SERTÃO EDIÇÃO 105 NOVEMBRO 2014
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1095 que circula no dia 27...
 
Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014
Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014 Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014
Jornal do Sertão Edição 103 Setembro 2014
 
Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro 2014
Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro  2014Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro  2014
Jornal do Sertão Edição 95 Janeiro 2014
 
Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013
Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013
Diário Oficial - Guarujá - 07/06/2013
 
Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014
Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014 Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014
Jornal do sertão Edição 99 Maio 2014
 
Atividade 4 Meio 2 O Turismo Em Sergipe
Atividade 4   Meio 2   O Turismo Em SergipeAtividade 4   Meio 2   O Turismo Em Sergipe
Atividade 4 Meio 2 O Turismo Em Sergipe
 
Acontece agora ed334
Acontece agora ed334Acontece agora ed334
Acontece agora ed334
 
Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014
Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014 Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014
Jornal do Sertão Edição 100 Junho 2014
 
Festival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PA
Festival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PAFestival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PA
Festival do caranguejo EM SÃO CAETANO DE ODIVELAS/PA
 
EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015
EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015 EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015
EDIÇÃO 107 JANEIRO 2015
 
Jornal opção 172 ed online
Jornal opção 172 ed onlineJornal opção 172 ed online
Jornal opção 172 ed online
 
Folha 118
Folha 118Folha 118
Folha 118
 
Jornal do Sertao 98 Abril 2014
Jornal do Sertao 98  Abril 2014 Jornal do Sertao 98  Abril 2014
Jornal do Sertao 98 Abril 2014
 
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
 Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3... Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
Jornal A Cidade Edição Digital Completa. Edição n. 1091 que circula no dia 3...
 
Folha 131
Folha 131Folha 131
Folha 131
 

Mais de Evandro Lira

Boletim15 a 17042014
Boletim15 a 17042014Boletim15 a 17042014
Boletim15 a 17042014
Evandro Lira
 
Resultado 13 04-14
Resultado 13 04-14Resultado 13 04-14
Resultado 13 04-14
Evandro Lira
 
Boletim01 a 05042014
Boletim01 a 05042014Boletim01 a 05042014
Boletim01 a 05042014
Evandro Lira
 
Resultado 06 04-14
Resultado 06 04-14Resultado 06 04-14
Resultado 06 04-14
Evandro Lira
 
Boletim25 a 29032014
Boletim25 a 29032014Boletim25 a 29032014
Boletim25 a 29032014
Evandro Lira
 
Resultado serra da sorte 30 03-14
Resultado serra da sorte 30 03-14Resultado serra da sorte 30 03-14
Resultado serra da sorte 30 03-14
Evandro Lira
 
Edital de seleção
Edital de seleção Edital de seleção
Edital de seleção
Evandro Lira
 
Resultado 23 03-14
Resultado 23 03-14Resultado 23 03-14
Resultado 23 03-14
Evandro Lira
 
Resultado 16 03-14
Resultado 16 03-14Resultado 16 03-14
Resultado 16 03-14
Evandro Lira
 
Folder programação semana da mulher
Folder programação semana da mulherFolder programação semana da mulher
Folder programação semana da mulher
Evandro Lira
 
Resultado 09 03-14
Resultado 09 03-14Resultado 09 03-14
Resultado 09 03-14
Evandro Lira
 
Resultado 02 03-14
Resultado 02 03-14Resultado 02 03-14
Resultado 02 03-14
Evandro Lira
 
Resultado 23 02-14
Resultado 23 02-14Resultado 23 02-14
Resultado 23 02-14
Evandro Lira
 
Resultado 16 02-14
Resultado 16 02-14Resultado 16 02-14
Resultado 16 02-14
Evandro Lira
 
Resultado 09 02-14
Resultado 09 02-14Resultado 09 02-14
Resultado 09 02-14
Evandro Lira
 
Resultado 02 02-14
Resultado 02 02-14Resultado 02 02-14
Resultado 02 02-14
Evandro Lira
 
12 2013 sond ind
12 2013 sond ind12 2013 sond ind
12 2013 sond ind
Evandro Lira
 
Cliente fiel 26 01-14
Cliente fiel 26 01-14Cliente fiel 26 01-14
Cliente fiel 26 01-14
Evandro Lira
 
Resultado 19 01-14
Resultado 19 01-14Resultado 19 01-14
Resultado 19 01-14
Evandro Lira
 
Resultado 12 01-2014
Resultado 12 01-2014Resultado 12 01-2014
Resultado 12 01-2014
Evandro Lira
 

Mais de Evandro Lira (20)

Boletim15 a 17042014
Boletim15 a 17042014Boletim15 a 17042014
Boletim15 a 17042014
 
Resultado 13 04-14
Resultado 13 04-14Resultado 13 04-14
Resultado 13 04-14
 
Boletim01 a 05042014
Boletim01 a 05042014Boletim01 a 05042014
Boletim01 a 05042014
 
Resultado 06 04-14
Resultado 06 04-14Resultado 06 04-14
Resultado 06 04-14
 
Boletim25 a 29032014
Boletim25 a 29032014Boletim25 a 29032014
Boletim25 a 29032014
 
Resultado serra da sorte 30 03-14
Resultado serra da sorte 30 03-14Resultado serra da sorte 30 03-14
Resultado serra da sorte 30 03-14
 
Edital de seleção
Edital de seleção Edital de seleção
Edital de seleção
 
Resultado 23 03-14
Resultado 23 03-14Resultado 23 03-14
Resultado 23 03-14
 
Resultado 16 03-14
Resultado 16 03-14Resultado 16 03-14
Resultado 16 03-14
 
Folder programação semana da mulher
Folder programação semana da mulherFolder programação semana da mulher
Folder programação semana da mulher
 
Resultado 09 03-14
Resultado 09 03-14Resultado 09 03-14
Resultado 09 03-14
 
Resultado 02 03-14
Resultado 02 03-14Resultado 02 03-14
Resultado 02 03-14
 
Resultado 23 02-14
Resultado 23 02-14Resultado 23 02-14
Resultado 23 02-14
 
Resultado 16 02-14
Resultado 16 02-14Resultado 16 02-14
Resultado 16 02-14
 
Resultado 09 02-14
Resultado 09 02-14Resultado 09 02-14
Resultado 09 02-14
 
Resultado 02 02-14
Resultado 02 02-14Resultado 02 02-14
Resultado 02 02-14
 
12 2013 sond ind
12 2013 sond ind12 2013 sond ind
12 2013 sond ind
 
Cliente fiel 26 01-14
Cliente fiel 26 01-14Cliente fiel 26 01-14
Cliente fiel 26 01-14
 
Resultado 19 01-14
Resultado 19 01-14Resultado 19 01-14
Resultado 19 01-14
 
Resultado 12 01-2014
Resultado 12 01-2014Resultado 12 01-2014
Resultado 12 01-2014
 

Jornal do sertao 86 web

  • 1. E-mail: jornaldosertaope@jornaldosertaope.com.brSertão de Pernambuco - Abril / 2013 Ano VII - Número 86 Serra Talhada comemora 162 anos com festa cultural Um dos marcos da cultura estadual e nacional, a maior cidade do Sertão do Pajeú programou vários eventos para festejar sua emancipação política. Pág. 5 Atrações nacionais vão agitar o São João de Arcoverde Pág. 15 Salgueiro ganha primeira UTI do Sertão Central Pág. 7 Curso formará atores no Sertão Pág. 23 Governos investem em barragens e barreiros contra a seca Pág. 4 São João Saúde Cultura Seca Potencial irrigado e da criação de animais movimentam a 24ª Fenagri Pág. 3 Negócios Entidade lança Empresa Responsável 2013 Pág. 22 ACA Vai começar obra do IFSertão de Serra Pág. 16 Educação Divulgação/NelsonAmorim Divulgação Divulgação
  • 2. Máquina do Tempo 2 V ocê não é um penetra na grande festa da velhi- ce, mas é um convidado mui- to especial, persistente que levou a vida toda para chegar lá. Pode-se ser velho aos 15, aos 50 ou 60 anos, mas há quem só chegue à velhice aos 80 anos. São uns chatos que atravessam a nado o Rio São Francisco e até saltam de pára-quedas. Chegamos à velhice quan- do o interesse sexual desapa- rece. Quando você achar que o ato sexual é um exercício desde 2006 Ano VII Nº 85 Março de 2013 Antônio Bezerra de Melo Diretor Geral Fique por dentro Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 A os poucos a chuva vem chegando ao Sertão e com ela vem junto à renovação de forças para enfrentar e recuperar as perdas geradas pela estiagem prolongada. Plagiando Euclides da Cunha quando diz: O sertanejo é, antes de tudo, um forte, ob- servamos que para ele, basta o aparecimento de qualquer incidente exigindo-lhe o de- sencadear das energias ador- mecidas, aí, ele transfigura- -se. Colocar a casa em ordem não será tão difícil. Estão sendo construídas barragens e barreiros para que a água da chuva não se perca pelos caminhos rachados pela seca, e sim, seja retida. Os efeitos da seca são danosos, destruiu e machucou, mas, não conse- guiu abater nem tirar as for- ças que oxigenam as vitorias econômicas do Sertão nor- destino. Nesse ritmo, as ad- versidades começam a serem superadas. Em Juazeiro da Bahia, região polarizada por Petrolina PE será realizada a maior feira de fruticultura ir- rigada da América Latina (Fe- nagri e a Exposição de Capri- nos e Ovinos do Vale do São Francisco (Expovale), que a partir de agora serão reali- zadas juntas. Isso demonstra a pujança e potencialidade da região. Em Serra Talhada PE, Com uma programação artística e cultural, a cidade comemora seus 162 anos e evidencia fortemente suas riquezas e tradições que são emblemáticas para o Brasil. Com a aproximação do São João Arcoverde sai na frente e mostra a sua riqueza cultu- ral como forma de fomentar a sua economia. O São João de Arcoverde é um evento que cresce a cada ano. A previsão esse ano é de receber 700 mil visitantes, gente que vem à ci- dade prestigiar uma tradição nordestina e assim contribui com a geração de empregos e renda, gerando divisas e con- tribuindo indiretamente com o crescimento econômico da região. Forró dos Cantadores esquenta o pré São João de Arcoverde Sertão Consig cresce em Pernambuco enfadonho, você chegou à porta da Grande Festa. Mas, fique frio e esqueça as fanta- sias de garanhão, pois a natu- reza é sábia e o seu físico está mais para o contemplativo do que executivo. Repasse a vida, lem- bre tudo de bom que con- quistou – o de ruim deixe que os seus amigos chatos lembrem a você. Nada foi dado, tudo foi conquistado e você é um vencedor, mes- mo que não seja um milio- nário ou o maior garanhão do mundo. Pense simples e entre na festa! Você vai se divertir! Volte à sua cidadezinha do interior ou se você é da ca- pital, vá conhecer o interior, só por conhecer. Há quanto tempo não toma um banho de rio às seis horas da ma- tina? Lembre-se que nestas horas, estava diante do espe- lho dando o nó da gravata ou fazendo a maquiagem, para mergulhar num trânsito in- fernal e explodir em stress! Um chefe ranzinza esta- va esperando para torrar sua paciência. Aquele trabalhi- nho rotineiro e sacal tinha que ser feito. Na Grande Festa tudo é possível desde que sua ima- ginação seja a mais extraor- dinária Máquina do Tempo, pois ela é capaz de lhe levar ao passado, ao presente e ao futuro. Aconselho a todos: Sejam velhos, pois é melhor e não faz mal, como dizia o “Me- lhoral”? José Artur Paes Vieira de Melo japvm@jornaldosertaope.com.br A Sertão Con- sig cresce a cada dia. O em- preendimento foi criado para oferecer emprés- timo consignado na região desde janeiro de 2010, na cidade de Flo- res. Atualmente a Consig tem sua sede em Serra Talhada e já conta com lojas em municípios como Santa Cruz da Baixa Verde e na capital, Recife, permanecendo com a filial de Flores. A empresa tem uma linha de empréstimos para aposentados e pensionistas do INSS, funcioná- rios públicos estadual e federal e das Forças Armadas. Para me- lhor prosseguir com a sua pro- posta, mantém correspondência com bancos como o BV Financei- Observatório JS Divulgação Divulgação Distribuidor: Mourinha Representações. Fone (087) 3831.7053 - Serra Talhada - PE Impressão: Gráfica Jornal do Commercio - Fone (81) 3413-6274 - Recife - PE Tiragem: 8.000 exemplares Formato: 25 x 28,5 cm | 24 páginas Circulação: Sertão de Pernambuco | Arcoverde, Sertânia, Custódia, Serra Talhada, São José do Egito, Afogados da Ingazeira, Floresta, Petrolândia, Salgueiro, Arararipina, Petrolina Recife | Governo do Estado - Assembléia Legislativa Secretarias de Estado | Brasília-DF | Ministério da Integração Nacional Distribuição gratuita Editor Antonio@jornaldosertaope.com.br Antônio Jose Bezerra de Melo Redação redacao@jornaldosertaope.com.br Dayane Albuquerque Cinara Marques - DRT/PB1070 Depto. de Marketing marketing@jornaldosertaope.com.br Hélida Enes Contato Publicitário contato@jornaldosertaope.com.br Anderson Santos Produtor Gráfico diagramação@jornaldosertaope.com.br Daniel Sigal Depto. Financeiro financeiro@jornaldosertaope.com.br José Bezerra Colaboradores: Alberto Ursulino, Helena Conserva, Dárcio Rabêlo, Antônio Faria, Francys Maya, Mayran Barbosa Ramos, José Artur Paes Vieira de Melo E-mail: jornaldosertaope@ jornaldosertaope.com.br www.facebook.com/Jornaldosertao O Jornal do Sertão é uma publicação mensal da Edicom Editora Comunicação Ltda. Av. João Gomes de Lucena, 4105 - Centro - Serra Talhada-PE Sucursal: Av. Caxangá, 205 sl. 903/904 - Fone (081) 3052.2719 Recife - Pernambuco ra, Bradesco, BMG, BGN, Santander, Daycoval, Mercantil do Brasil e Bon- sucesso. Clientes aposentados que rece- bem um salário mínimo podem pe- dir ao banco um valor médio de R$ 6.600,00. O pagamento pode ser feito em 60x R$ 203,40. O valor da parce- la é referente a 30% do salário, valor estipulado pelo INSS. Em até 72h o valor já estará disponível na conta e as parcelas serão descontadas no be- nefício. A rcoverde, no Sertão pernambucano, que tem um das melhores festas juninas do Estado, já está en- trando no clima de São João. Prova disso é a realiza- ção, no próximo dia 4 de maio, sábado, do “VIII Forró dos Cantadores”. Esse ano, a equipe organizadora do evento trouxe o tema “O Cangaço na Capital do São João”. A festa, que será no Sport Clube da cidade, contará com grandes atrações como Paulinho Leite, Wagner Carvalho e Nádia Maia. A festa começa a partir das 22h, prometendo muito forró pé de serra, baião, xote e xaxado. As mesas custam R$ 150. Para informações sobre ingressos e reservas, ligar para (87) 3822.3704, (87) 3822.1280, (87) 3821.1119 ou (87) 3822.2859.
  • 3. Divulgação Feiras apresentarão todo o potencial do Vale do São Francisco 3Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Negócios Fenagri muda e deve atrair 50 mil visitantes A 24ª Feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fe- nagri), que acontece de 14 a 19 de maio, em Juazeiro-BA, vem com uma novidade este ano. A feira acontece junto com a 7ª Exposição de Caprinos e Ovi- nos do Vale do São Francisco (Expovale). A união das duas maiores feiras de promoção das principais cadeias produ- tivas do vale do São Francisco dará um novo significado ao evento. A expectativa é atrair cerca de 50 mil visitantes ao Cam- pus da Universidade Fede- ral do Vale do São Francisco (UNIVASF), onde será monta- da a estrutura das duas feiras. Com o tema “Integração de negócios ampliando possibili- dades”, os dois eventos reuni- rão criadores e agricultores de todo o País. Serão mais de 100 expo- sitores e 1.200 animais ex- postos. A mostra dos animais des, agricultores, produtores e artesãos, irão apresentar desde produtos provenien- tes de frutas especificas da região até o artesanato local. O Galpão será uma vitrine para os trabalhos desenvol- ficará num ambiente de 6 mil metros q u a d r a d o s , ocupando 142 baias. “Este é um exemplo de que agricul- tura irrigada e criação de ani- mais podem andar juntos, potencializan- do ainda mais o desenvolvi- mento da re- gião”, afirmou o coordenador geral da Fena- gri, Voldi Frei- tas. Esse ano, a agricultura fa- miliar e a economia solidária vão difundir informações e propagar as potencialidades da região, levando novidades para visitantes. Instalados num espaço com 35 estan- vidos por cooperativas e as- sociações. A VII Expovale pretende reunir criadores com animais de alta qualidade genética. O objetivo é transferir novas tecnologias e realizar grandes negócios. O setor de capri- novinocultura também trará novidades, como o workshop sobre a ‘Integração da Capri- nocultura e da Ovinocultura com a Agricultura Irrigada: ampliando possibilidades’. O debate visa afinar a estratégia de aproximar os dois setores para atuarem juntos em prol do crescimento e do desenvol- vimento da região. Para Silvio Dória, dire- tor técnico da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovi- nos do Sertão do São Fran- cisco (ACCOSSF), é de grande importância a integração da agricultura com a caprinovi- nocultura, num momento em que o Sertão passa pela pior seca dos últimos 50 anos. “É através de eventos como esse, que estimulamos o potencial de toda a cadeia produtiva e oferecemos perspectivas de desenvolvimento para o semi- árido”, declarou.
  • 4. EduardoBraga/SEI 4 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Seca Construção de barreiros beneficia cidades sertanejas Governo executa obras de barragens no Sertão C omo forma de garantir ações de convivên- cia com a seca, a maior das últimas quatro décadas e que atinge cerca de 1,2 milhões de pernambucanos, a Companhia de Desenvolvi- mento dos Vales do São Francisco e Parnaíba, Codevasf, está construindo 200 barreiros em cerca de 40 municípios pernambucanos. A in- tenção é proporcionar aos moradores um perí- odo de maior tranquilidade, uma fonte hídrica capaz de matar a sede animal e ainda ajudar nas tarefas domésticas. Do total pretendido, 56 barreiros foram con- cluídos e 31 estão em processo de execução. Dos prontos, alguns já acumularam água das chu- O governador Eduardo Campos (PSB) visitou a região do Pajeú e revelou que o Estado está construindo 440 barragens, as quais vão atender a população atingida pela seca. Outras 660 barra- gens chegarão a Pernambu- co através de convênio com o Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Na- cional, elevando para 1.100 o total de novos reservatórios na região semiárida. “O nosso objetivo é tornar menos dura a época da estia- gem através da democratiza- ção do acesso a água e essas barragens atenderão esta fina- Eduardo Campos e Fernando Bezerra vistoriam a obra da Barragem Pedro d’água Já foram construídos 56 barreiros e 31 estão em processo de execução vas desde o inicio de 2013, como é o caso dos barreiros dos municípios de Araripina e Exu. Já Afrânio, Dormentes, Floresta e Salgueiro são algumas das cidades que estão com as obras em andamento. A Companhia tem como meta para a me- tade do segundo semestre deste ano, a cons- trução de 113 barreiros, beneficiando Santa Maria da Boa Vista, Serra Talhada e Petrolina. Ao todo, o Ministério da Integração está in- vestindo, através da Codevasf, cerca de R$ 10 milhões na obra que, quando concluída, irá beneficiar milhares de famílias do interior de Pernambuco. lidade”, disse Eduardo Cam- pos, que visitou a Barragem Pedra d’água, em Afogados da Ingazeira, que está em cons- trução. Acompanhado por secretá- rios de estado e pelo ministro da Integração, Fernando Be- zerra Coelho, Eduardo desta- cou a parceria com o Governo Federal para a concretização dos projetos semiárido. “Al- cançaremos a média de pra- ticamente dez barragens para cada município, consolidando capacidade de acumulação equivalente a quase uma bar- ragem como a de Jucazinho, que armazena 250 milhões de metros cúbicos, só que de uma maneira descentralizada e mais próxima das comuni- dades”, afirmou o governador. O governadorfie enalte- ceu a parceria com o Ministé- rio da Integração no esforço de enfrentamento aos efeitos da seca. “Essas barragens são pulmões nas áreas mais re- motas de acúmulo de água, onde não chegam as aduto- ras e outras alternativas”, pontuou. “E agora o minis- tro Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) está desenhando um novo con- vênio para outras 660”, con- cluiu Campos. Divulgação
  • 5. 5Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Evento Programação cultural anima aniversário de Serra Talhada S erra Talhada comemora 162 anos de emancipação política no dia 6 de maio e, para festejar a data, foi montada uma programação especial com o objetivo de consolidar a cultura do município. De 3 a 6 de maio, artistas serra-talhadenses estarão distribuídos em pólos culturais, unidos para potencializar a eco- nomia da cultura, designar mercado de trabalho para profissio- nais, valorizar o talento dos artistas populares sertanejos e, prin- cipalmente, despertar o interesse pelos seus valores. O tema da festa será “Aniversário de Serra Talhada: a cidade do coração da gente”. Para o secretário de Cultura e Turismo do município, Anil- domá Willans, a pujança do ta- lento de Serra será mostrada com toda in- tensidade. “Co- memorar seus mitos, festejar datas, celebrar fatos é comum aos povos que tem cultura e que valorizam sua história. E Ser- ra Talhada, que tem capítulos importantes em sua história, que projeta nomes de expressão para todo Brasil, quer seja no campo da arte e da cultura, da política e da ciência, tem ensejos suficien- tes para ter um evento como esse”, destacou Anildomá. Polo Pátio da Feira Dia 03 de maio 10h - Grupo de Danças Gilvan Santos e Grupo de Xaxado Cabras de Lampião. Dia 04 de maio 10h - Maracatu Leão da Serra (Recife) e o es- petáculo “O rapto do presente” (Olinda) Dia 05 de maio 10h - Grupo Herdeiros do Cangaço e o espetá- culo: “Um boi muito Louco” (Olinda) Polo Romântico Rua 04 / Alto do Bom Jesus Dia 03 de maio A partir das 21h - Pitoco Brega, Lenno do Bre- ga, João Carlos e Caldas Polo Serra Talhada de todos os ritmos Estação do Forró Dia 04 de maio A partir das 21h - Roberta Aureliano e Banda Fulô de Maracujá (Maceió), Kennedy Bra- sil e Daniel São Paulo, Josildo Sá e Assisão Dia 05 de maio A partir das 21h - Léa Emannuely, Banda Se78, Gatinha Manhosa e Banda Vizzu Dia 06 de maio A partir das 20h - Léo Godoy, Banda PRC-6, Banda C.H.M e Irmão Lázaro (ex-olodum) Polo Cívico Dia 06 de maio 9h - Desfile Cívico e Corte do Bolo 11h - Alto Swing e Kebradeira do Nordeste (Pátio da Feira) Programação Cultural do Aniversário Divulgação
  • 6. 6 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Alberto Ursulino albertoursulino@visatecnologia.com Samsung S4 chega ao Brasil em abril A Samsung já se pronun- ciou e enviou (dia 19) à impressa brasileira um con- vite para o lançamento do seu mais novo smartphone, o S4. O preço do aparelho já foi anunciando antes mesmo do lançamento oficial e custará cerca de R$ 2.399,00, segun- do o fabricante. O aparelho que vai con- correr diretamente com o Iphone 5, tem tela de 5 pole- gadas com 1080p de resolu- ção, que a Samsung chamou de Full HD Super AMOLED. O aparelho pesa 130 gramas e tem 7,9 milímetros de espes- sura. Além de muito bonito ele vem com um processador quad-core de 1,9 GHz ou um processador de 1,6 GHz octa- -core, dependendo do país onde é lançado. O aparelho roda Android Jelly Bean, pos- sui câmera traseira de 13 me- gapixels e dianteira de 2 mega- pixels e possui 2 GB de RAM e três opções de armazenamento interno: 16 GB, 32 GB ou 64 GB, expansíveis via cartão mi- croSD para mais 64 GB. Algumas funções são bem interessantes, como por exem- plo, a rolagem automática de tela que reconhece o olhar do usuário. Outro recurso é o smart-pause, que pára um vídeo quando percebe que o usuário não está olhando para tela. Ou- tro bem legal é o Drama Shot, que possibilita tirar até 100 fotos em quatro segundos e fazer bels montagens com as fotografias. O S4 promete ser mais um sucesso de vendas da Samsung e ao mesmo tempo, vai confir- mar que os aparelhos do tipo smartphone caíram no gosto dos brasileiros. Divulgação Agricultura Ouricuri e Araripina beneficiadas pelo Terra Legal-Pernambuco T rês mil famílias do mu- nicípio de Ouricuri, no Sertão do Araripe, que traba- lham na agricultura familiar, receberam títulos de proprie- dade de terra do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco – Iterpe. Os agri- cultores não terão nenhum custo para registrar os títulos em cartório. O Governo do Estado é quem assumirá tal responsabilidade. Em 2012, o Iterpe entregou 1.300 títulos de propriedade a agricultores de Ouricuri. A ação faz parte do Terra Legal – Pernambuco, progra- ma de ações jurídicas, físicas e sociais para promover a or- ganização espacial dos imó- veis rurais ocupados e a titu- lação dos agricultores, bem como o reconhecimento, por parte do Estado, do direito do agricultor à terra regula- rizada. Segundo o diretor-presi- dente do Iterpe, Getúlio Gon- dim, as terras foram regulari- zadas mediante levantamento topográfico, demarcação de áreas e elaboração de plantas atualizadas. Para isso, foram utilizados equipamentos GPS de alta precisão e software de gestão territorial – SGT. Ainda no Araripe, a Secre- taria da Agricultura e Reforma Agrária do Estado e o Iterpe abriram os processos de re- gularização fundiária em Ara- ripina, com a inauguração de um escritório regional que fará a implementação do Programa Terra Legal no município. A nova unidade do Iterpe no Sertão funciona na Rua Joaquim José Modesto, nº 56, Centro, próximo a Igreja Matriz de Araripina. Durante a solenidade de inauguração, neste mês de abril, foram en- tregues 100 títulos de proprie- dade a agricultores familiares.
  • 7. 7Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Divulgação/PMS Equipamentos modernos foram comprados para que a população possa usufruir do serviço inédito Saúde Cabrobó dispõe de atendimento cardiológico UTI de Salgueiro expande os serviços de saúde A cidade de Cabrobó, no Sertão do São Francisco, ganhou atendimento em car- diologia, nova especialidade médica para atendimento na rede básica de saúde. O novo serviço já beneficia a popula- ção e foi implantado no mu- nicípio pela Prefeitura Muni- cipal. Segundo a secretária de Saúde da cidade, Joseane Ra- faela, o objetivo dessa nova medida é proporcionar o tra- tamento de doenças decorren- tes do aparelho cardiológico que atingem pessoas com fre- qüência nos dias atuais. “Temos a intenção de levar uma assistência diferenciada e de qualidade aos pacientes cardíacos, levando em con- sideração o preocupante au- mento das doenças do apare- lho cardiocirculatório”, expli- cou a secretaria. Serão disponibilizados 80 atendimentos por mês, com S algueiro, no Sertão Cen- tral de Pernambuco, deu um salto na expansão dos seus serviços de saúde com a inau- guração, no dia 8 de abril, da primeira Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do municí- pio. O equipamento vai aten- der, além da maior cidade da região, municípios que fazem parte da 7ª Gerência Regional de Saúde. A UTI funcionará no Pronto-Socorro São Francisco. A conquista foi possível devido a uma Parceria Público Priva- da (PPP). O atendimento será feito pelo SUS – Sistema Úni- co de Saúde. A entrega da UTI contou com a presença de autorida- des, a exemplo do secretário estadual de Saúde, Antônio Figueira e do prefeito Marco- nes Sá, além de profissionais de saúde e demais convidados. A unidade ganhou o nome do médico José Alves de Carvalho Nunes (In Memoriam) e foi festejada por todos que se fi- zeram presentes. A família do médico que dá nome ao equi- pamento também prestigiou a inauguração. O investimento foi exclusi- vamente privado, mas realizada em uma licitação pública para credenciamento do serviço. Por mês, serão repassados R$ 359 mil para o custeio dos dez lei- tos de UTI, totalizando R$ 4,3 milhões por ano. Além de Sal- gueiro, os leitos irão beneficiar a população de Belém do São Francisco, Cedro, Mirandiba, Serrita, Terra Nova e Verde- jante – municípios da 7ª Geres. Uma equipe multidisciplinar de 40 médicos irá atuar no serviço. O diretor do pronto Socor- ro, Francisco de Assis Carva- lho, destacou que a unidade era uma solicitação antiga da co- munidade e se sentiu feliz em proporcionar essa aquisição em parceria com a Prefeitura. “Essa é a primeira unidade a ser inaugurada em Salgueiro e que atenderá a todos os pacien- tes da região”, assinalou. O prefeito Marcones Sá destacou a chegada da UTI como um marco de assistência à saúde prestada na região que, segundo ele, está em outro pa- tamar de complexidade médi- ca, não só com serviço da aten- ção básica, mas da média e alta complexidade. “É isso que con- solida de vez o Sertão Central como polo de serviço de saúde, tanto na promoção, prevenção e atenção curativa”, apontou. Ainda para o prefeito, Sal- gueiro atinge essa comple- xidade que se consolida por ser um serviço “que será feito com respeito e atenção a toda a população face ao desenvol- vimento crescente do muni- cípio”. O secretário de Saúde do Estado, Antônio Figueira, enfatizou que Salgueiro tem se consolidado como polo mé- dico fundamental no Sertão Central. “O Hospital Regional vai continuar avançando, princi- palmente na atenção básica, juntamente com a UPA 24H, que vai tirar aqueles casos mais simples do Regional. E ainda temos a Upae que será entregue em dezembro, com investimento de R$ 10 mi- lhões”, finalizou o secretário. datas a serem pré- estabeleci- das e reguladas pela central de marcação da sede da Secreta- ria de Saúde do município. A marcação das consultas acon- tece de segunda à sexta, tam- bém na central de marcação.
  • 8. 8 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Antonio Faria de Freitas Neto Advogado (antoniofaria@antoniofaria.com.br) Fone: (81) 3423-3695 | 3423-4976 Coluna Jurídica Muitas pessoas - logicamente as não operadoras de Direi- to – apresentam dificuldade acerca da distinção dos institu- tos da fraude à execução e da fraude a credores, máxime em relação ao seu cabimento. Em palavras mais simples, a fraude, seja ela à execução ou contra credores, se manifesta quando o devedor começa a se desfazer de seu patrimônio, transmitindo-os a terceiros, no intuito de impedir que seus credores venham recebê-los como objeto de pagamento, já que diminuindo seu patri- mônio, o devedor minora, também, as garantias de seus credores. A diferença entre as duas se dá no lapso temporal da alie- nação de bens. Se o devedor aliena seus bens, já existindo contra si processo de execução judicial, a fraude será à exe- cução; mas, se ainda não existir qualquer processo desfavor do devedor, será contra credor. Por isso, a fraude à execução tem a natureza eminente- mente processual, capitulada no artigo 593 do Código de Processo Civil, sendo, portanto um desfalque ao Direito Pú- blico; enquanto a fraude contra credores, está capitulada no Código Civil, em seus artigos 106 e seguintes, sendo, assim, uma ofensa ao Direito Privado. Destarte, a fraude à execução, se manifesta dentro do próprio processo de execução existente, sendo, assim, mais grave que a fraude contra credor, já que visa frustrar a presta- ção jurisdicional, subtraindo o objeto que incide a execução judicial. Já a fraude contra credor somente pode ser repulsada através de uma ação judicial própria, ora denominada AÇÃO PAULIANA ou AÇÃO REVOCATÓRIA, a qual buscará a declara- ção de nulidade do ato fraudulento Estamos à disposição para sugestões, comentários, o es- clarecimento mais aprofundado de dúvidas acerca desta ma- téria, ou outras que necessite, bem como quaisquer outros contatos que se fizerem necessários, que poderão ser feitos através do nosso site: www.antoniofaria.com.br; e-mail: an- toniofaria@antoniofaria.com.br; ou telefone: (81) 3229-9737 e 3227-5266. Breves diferenças entre os institutos da fraude à execução e fraude à credores Cultura Daniel Ferreira e as jornalistas que elaboraram o projeto vencedor em Assessoria de Imprensa Divulgação C hegou em Salgueiro, esse mês de abril, a exposição Anistia e Democracia: Para que não se esqueça, para que nunca mais aconteça. É uma mostra sobre a luta pela de- mocracia durante o período da ditadura militar no Brasil. Os salgueirenses poderão conferir 30 painéis, que retra- tam através de fotografias e depoimentos um período em que a repressão e a violência contra a sociedade eram fre- quentes. Em Pernambuco a expo- sição já passou pelo Quartel da Polícia Militar, no Recife; Centro de Cultura da UFPE, em Caruaru; e agora fica em cartaz em Salgueiro (no IF Sertão) até o dia 20 de maio. O secretário executivo de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Moraes, destaca que a exposição faz parte das Sema- nas de Direitos Humanos e que já executou 108 ações de cidadania em Pernambuco so- mente este ano. A 19ª edição de um dos mais importantes e pres- tigiados prêmios do Norte/ Nordeste, o Cristina Tavares, foi concedido esse ano ao jor- nalista sertanejo Daniel Fer- reira, natural de Afogados da Ingazeira. Daniel concorreu na categoria Assesso- ria de Imprensa, com o trabalho “Desarticular é retroceder – Mobi- lização pela continui- dade da parceria do governo federal com a ASA (Articulação no Semiárido Brasileiro)”, juntamente com as jornalistas Catarina de Angola, Fernanda Cruz De Oliveira, Gleicea- ni Nogueira, Mariana Mazza e Verônica Pra- gana. O trabalho resultou de uma ação de sen- sibilização diante da opinião pública sobre a situação que colocou em prova a estratégia de convivência com o semiárido, defendida pela ASA, como a ameaça de ruptura da parceria de oito anos entre a entidade e o go- verno federal, cuja intenção foi anunciada em dezembro de 2011. Prêmio Cristina Tavares premia jornalista de Afogados da Ingazeira Exposição sobre democracia aporta em Salgueiro Preocupados com tal situ- ação, mais de 15 mil agricul- tores familiares se reuniram em Petrolina reivindicando o apoio dos recursos. A partir daí e através da assessoria de imprensa do grupo de jorna- listas, o projeto repercutiu na mídia nacional, chamando a atenção da caminhada e tra- jetória por tudo que foi cons- truindo e conquistado pelas organizações e famílias agri- cultoras na região semiárida. O Cristina Tavares foi criado pelo Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco (SinjoPE). Ao todo, este ano, foram inscritos 267 trabalhos que disputaram entre 14 ca- tegorias nas áreas de Radio- jornalismo, Telejornalismo documentário, Telejornalis- mo (Reportagem, Série e Re- portagem Especial), Internet (Reportagem, Reportagem Especial e Série Eletrônica) e Assessoria de Imprensa.
  • 9. 9Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Sanfoneiros parabenizam Salgueiro em Festival Divulgação/CristianDomingues Petrolina oferece capacitação para domésticas O músico Toninho Ferragutti deu uma oficina de formação e concerto, além de palestra e aula espetáculo C om a aprovação da PEC das domésticas no Sena- do, o município de Petrolina, em parceira com a Universi- dade Federal do Vale do São Francisco, lançou o “Domés- tica Legal”. O novo programa visa orientar profissionais como diaristas, arrumadeiras, cozinheiras, babás, cuidado- ras, jardineiros, porteiros, motoristas do lar, entre ou- tros com funções afins, quan- to aos seus direitos e deveres. A categoria também será qua- lificada e capacitada acerca de suas obrigações, como pos- tura no trabalho, vestuário adequado, controle do tempo na execução das atividades, entre outros. As inscrições seguem aber- tas até 3 de maio, no prédio da secretaria, localizada na Avenida Projetada, s/nº, Vila A 5ª edição do Festival da Sanfona, em Salgueiro, aconteceu neste mês de abril e este ano integrou a progra- mação de eman- cipação política do município. O evento teve patrocínio da Prefeitura por meio da Secre- taria de Cultura e Esportes. As eliminatórias aconteceram na Casa do Sanfo- neiro. Além das apresentações, o festival incluiu oficina de formação e concerto com o músico Toninho Ferra- gutti, palestra e aula espetáculo com Genário. A premiação para o 1º lugar na categoria ‘sanfona livre’, foi de R$ 2 mil; para o 2º lugar, R$ 1.000 e o 3º levou R$ 500. Já na categoria ‘Sanfona de 8 baixos’, houve prêmio para o 1º lugar no valor de R$ 2 mil. Na categoria ‘Sanfona Infanto-Ju- venil’, o 1º lugar levou R$ 1 mil. Os 12 concorrentes se apresentaram juntos no dia 28, dia da abertura do Festi- val, quando teve ainda show de Antônio da Mutuca. No dia seguinte, entraram em cena mais doze sanfoneiros na eliminatória, que encerrou com apresentações de Heri- nho Monteiro e o Kinteto do Forró. De acordo com a secretá- ria de Cultura e Esportes, Paava Carvalho, o fes- tival vem cres- cendo a cada ano em número de inscritos e participação do público de toda região que pres- tigia o gênero e a proposta do festival. “O evento é uma vitri- ne para os que querem revelar seu talento e manter cada vez mais viva a tradição da sanfo- na em nossa cultura”, afirma a secretária. Mocó, ao lado da escola Muni- cipal Eliete Araújo. O horário de atendimento é de segunda à sexta, das 8h às 17h. Serão dis- ponibilizadas 100 vagas para os cursos, sendo duas turmas às sextas-feiras, a partir das 14h, e duas aos sábados, também a partir das 14h. As aulas estão previstas para começar no dia 11 de maio. O curso será dividi- do em aulas teóricas e práticas e terá duração de dois meses. De acordo com a secretária da Mulher da cidade, Rosea- ne Farias, o foco maior desse projeto é qualificar os profis- sionais, porém, sem esquecer os patrões. “Contemplar essa categoria com cursos de capa- citação, de modo a melhorar sua qualificação profissional é muito importante para os tra- balhadores e também para os patrões”, afirma a secretária. Serviços Cultura
  • 10. 10 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Sociais Divulgação Divulgação TRIO FEMININO Socorro Pacheco, Maria José Maciel e Jo- seira Malta no maior auê CASAL Márcio e Rafaela Henrique em momento festa CLICK O vereador Warley Amaral sempre moderno e atuante AndersonOliveira AndersonOliveira AndersonOliveira AndersonOliveira OLHA ELES Rosana e Pedro Ribeiro com Fabinho pelos salões da cidade Aniversariantes de Maio PARABÉNS! ANIVERSARIANTES 05/05 - Rômulo Cursino de Siqueira Filho 06/05 - Terezinha Mariano Rocha 06/06 - Luana paula 08/05 - Tereza Vidal 08/06 - Thais Omena 11/05 - João Liberato 12/05 - Emiliano Leal 13/05 - Rafaela Henrique 15/06 - Walkis Pacheco 25/ 05 - Genildo Barbosa 25/05 - Nena Rocha 27/05 - Caetano Neto 27/06 - Dani Gois 29/06 - Edileuza Feitosa 30/06 - Luis Gabriel Fonseca 31/05 - Elissandra Ferro Dupla comemoração em Serra Talhada PE No dia 06 de abril Maria Cecília, filha da empresária Estefânia Nogueira e do advo- gado Cecílio Tiburtino, recebeu elegantemente nos braços de seus pais os convidados para comemoração de seu batizado e aniversá- rio de um ano. Tudo estava perfeito. Foi uma noite memorável, regada à alegria e felicidade. Uma Festa Linda!
  • 11. 11Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Dárcio Rabêlo darciorabelo@hotmail.com 87 9159.3661 “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”. Charles Darwin ARCOVERDENSE A Gerente do SESC Arcoverde, An- dréa Marquim recebeu o Título de Ci- dadão Arcoverdense, em cerimônia na Câmara de Vereadores de Arcoverde. BLITZ O comandante do 23° BPM, Major Wellington Alves, anunciou que o trân- sito de Afogados da Ingazeira e outras cidades do Pajeú, começaram a ser fis- calizado com mais intensidade. A partir de agora, carros e motos flagrados tra- fegando irregularmente e estacionados em locais proibidos serão multados pela Polícia Militar, que fiscaliza e realiza blitz em pontos estratégicos da cidade. CANA-DE-AÇÚCAR Custódia recebeu as primeiras to- neladas do bagaço da cana-de-açúcar do Governo de Pernambuco. Aos pou- cos, o sertanejo irá receber ração para socorrer o restante do seu rebanho. TRANSPOSIÇÃO O Ministério da Integração Nacio- nal levou a Comissão Externa do Se- nado, responsável por acompanhar o Projeto de Integração do São Francis- co, para uma nova visita às obras do empreendimento. Desta vez, a comiti- va acompanhou a execução das ativi- dades do Eixo Leste, passando pelos municípios de Floresta e Sertânia, em Pernambuco, e Monteiro, na Paraíba. Ao chegar ao município pernambuca- no de Sertânia, o ministro e sua comi- tiva foram recebidos pelo deputado es- tadual Ângelo Ferreira. No lote 12, em Sertânia, a comitiva visitou a exposição fotográfica do Programa de Arqueolo- gia, uma das 38 estratégias ambientais desenvolvidas pelo Projeto São Fran- cisco. A equipe ainda pode acompa- nhar de perto os trabalhos de mais de 360 pessoas. FPNC MOXOTÓ Um grande e instigado público compareceu à última noite de shows do FPNC Moxotó. Celebrando a passa- gem do festival por Arcoverde e outras seis cidades da região, além do legado positivo que o evento deixa para o fo- mento da cultura local e a circulação dos artistas, moradores e visitantes conferiram performances marcantes de alguns destaques da cena musical contemporânea. O cantor Otto, que trouxe à cidade o show da turnê “The moon 1111”, com a participação da Jambroband (Fernan- do Catatau e Junio Boca nas guitar- ras, Rian Bezerra no baixo, Carranca na bateria e Toca Ogan, Marcos Axé e Male na percussão). Em seu primeiro show na cidade, Otto não escondeu a alegria por cantar na região que o inspira como artista. Como resultado, além das músicas do novo álbum e al- gumas também do anterior “Certa ma- nhã acordei de sonhos intranquilos”, o cantor abriu espaço no set list para o coco e finalizou sua apresentação con- vidando novamente ao palco o líder de Os Sertões e ex-Cordel, Clayton Barros. PARABÉNS Pesqueira, no Agreste de Pernam- buco, completou 133 anos que foi ele- vada à categoria de cidade. Para come- morar a data, o município preparou uma programação especial. Foram realizadas celebrações reli- giosas, mostra de filmes, corte de bolo e ainda shows. Entre as atrações que se apresentaram a banda Forró do Muído e Forró na Mídia. TURISMO Secretário de Turismo de Triunfo – Evanildo Fonseca lançou o Plano de Metas do Turismo de Triunfo – 2013 a 2016. O lançamento do Plano de Metas do Turismo de Triunfo, marca a reto- mada econômica, ao traçar as princi- pais metas para o desenvolvimento da atividade turística. As perspectivas são as melhores possíveis com um cenário erguido em bases sólidas a partir de um esforço conjunto do poder público e iniciativa privada para consolidar po- líticas públicas para o turismo. FORRÓ VIP Os nomes mais badalados da socie- dade arcoverdense e da região já estão com mesas reservadas para o Forró VIP, dia 18 de maio no Esporte Clube de Arcoverde. Toda a decoração do clu- be levará assinatura de Willianderson Alves, que promete mais uma vez sur- preender. O poeta forrozeiro Petrúcio Amo- rim será uma das grandes atrações da festa, que terá ainda o Forró Tempero Nordestino. No quesito dança, a festa também vai bombar! As massas Vitarella e os molhos Tambaú serão servidos para os convi- dados no jantar. A TV Jornal /SBT vai fazer total cobertura do evento. Quem ainda não reservou mesa pode ligar para 87 9159-3661. CASÓRIO Paulo Alexandre e Taciana Melo brindando a noite mais que especial Divulgação
  • 14. Divulgação/QuitandasdeMinasDivulgação/Sebrae 14 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 * Helena Conserva é Professora e Jornalista Por Helena Conserva E-mail hconserva@gd.com.br blog: http://escrevehelena.blogspot.com O talento de Arlindo Lacerda numa reprodução do homem sertanejo A pintura de Arlindo Lacerda captura a sensibilidade. Esse quadro é um poema. Essa reprodução nos convida a fazer uma leitura poética onde procuro visualizar nas linhas e cores da terra seca a rusticidade do ambiente que envolve o nordeste e seus habitantes, em cenas de descanso, de relaxamento mas, que sua sina é de luta pela sobrevivência e amor a terra. Sou matuto sertanejo, Daquele matuto pobre Que não tem gado nem quêjo, Nem ôro, prata, nem cobre. Sou sertanejo rocêro, Eu trabaio o dia intêro, Que seja inverno ou verão. Minhas mão é calejada, Minha péia é bronzeada Da quintura do sertão. Patativa do Assaré: Vida Sertaneja Turismo Vale do São Francisco se destaca em mostra internacional de turismo O Turismo e a Gastro- nomia do Vale do São Francisco foram destaque na 8ª Mostra Interna- cional de Turismo/ PE (MIT), realizada em abril. Durante o evento, que acon- teceu no Centro de Convenções de Per- nambuco, em Olin- da, os visitantes degustaram vinhos tropicais e amos- tras de iguarias da culinária regional, como queijo de ca- bra, risoto de car- neiro, doce de rapa- dura, uvas e licores, oferecidos em um estande da Rota do Vinho. Segundo o diretor da 8º MIT, Jorge Sales, a mostra deixou uma média de R$ 6 milhões em Pernambuco. “Para o Vale, este ano, foram reservados cinco locais estraté- gicos. Ao entrar na feira, os visitantes davam de cara com o estande do Vale do São Francisco. Eu visitei a sala Vip, de- gustei um bom es- pumante, queijo de cabra e uvas. Eu sou fã de Petrolina”, ressaltou. Durante três dias, mais de 3 mil pessoas visitaram o estande do Vale, apreciando os vinhos, peças de artesãos petrolinenses e recebendo in- formações sobre os principais equipamentos turísticos da região, bem como as opções de lazer disponíveis, a exemplo da ‘Rota das Águas ao Vinho’. Esse é um passeio onde os turistas usufruem da vis- ta panorâmica do Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, degustam os vinhos produzidos pela Vitivinícola Santa Maria e desfrutam, ainda, de um pas- seio de catamarã, pelas águas do rio São Francisco. Aproveitando o momento, secretá- rios de Turismo do Vale do São Fran- cisco se reuniram com o secretário de Turismo de Per- nambuco, Alberto Feitosa, para apre- sentar seus projetos de incremento ao turismo no Vale e discutir possibilidades de captação de investimentos para a região. Os gestores apre- sentaram projetos pensados para se- rem implementados na região, como o Parque das Lendas, a Escola dos Vinhos, o São João de Petro- lina, a internaciona- lização da cidade e o roteiro enoturístico. Segundo Alberto Feitosa, a meta é in- vestir ainda mais na infraestrutura da re- gião, e atrair também investi- dores, como hotéis de grande porte para Petrolina. Vinhos da região fizeram sucesso no evento Visitantes degustaram produtos da culinária regional, como a rapadura Divulgação
  • 15. Divulgação DivulgaçãoDivulgaçãoDivulgação Divulgação Divulgação 15Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 U ma das melhores festas juninas do Sertão de Pernambuco, o São João de Arcoverde já lançou a sua programação para 2013. Em dez dias de festa, atrações musicais conhecidas nacionalmente vão agradar não somente quem curte forró, mas também para quem é fã do axé e do brega. De 20 a 29 de junho, os artistas se apresenta- rão em dez polos festivos que serão montados na cidade. Esse ano, a prefeitura está investindo R$ 2,5 milhões e espera receber 700 mil pessoas para movimentar R$ 30 milhões, 50% a mais que no ano passado. Nesse período de festa, são gerados 4.000 empregos diretos e indiretos, nos setores gastronômico, hoteleiro, de comércio e prestação de serviços. O tema do São João de Arcoverde 2013 é baseado na história da emancipação política do município. O artista plástico Suédson Neiva vai narrar e reproduzir parte da história em que Lampião, o Rei do Can- gaço, pediu ao governo do Estado, em 1925, a independência de Arco- verde. Suédson estudou sobre o tema para, então, desenvolver peças decorativas que remetem à conquista da cidade pela independência. Veja quem vai movimentar o São João de Arcoverde 20/06 - Chambinho do Acordeom, Elba Ramalho, Flávio José 21/06 - Geraldinho Lins, Gaby Amarantos, Forró Noda de Caju 22/06 - Os Pariceiros, Paulinho Leite, Margareth Menezes 23/06 - Mazinho de Arcoverde, Lirinha, participação especial Coco Raízes de Arcoverde, Cesár Menotti Fabiano, Forró Santa Dose 24/06 - Banda Kartuxo, Santana 25/06 - Banda Pinga Fogo, Petrúcio Amorim, Gabriel Diniz Forró na Farra 26/06 - Garota Safada, Forró da Curtição, Arreio de Ouro 27/06 - Flávio Leandro, Banda Magníficos, Saia Rodada 28/06 - Banda Oasis, Alceu Valença, Musa do Calypso 29/06 - Valdinho Paes, Wagner Carvalho, Victor Léo, Forró Capim com Mel Artistas nacionais vão movimentar o São João de Arcoverde São João
  • 16. 16 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Equipe pretende disputar competições regionais e nacionais e se preparar bem para a Rio 2016 Petrolina lança time oficial de futebol de cegos Obras do IFSertão de Serra Talhada começam em 60 dias U ma modalidade esporti- va carregada de influên- cias do futebol de salão, o “fu- tebol de cinco”, agora tem uma equipe oficial em Petrolina, no Sertão do São Francisco. Conhecido como futebol para cegos, a equipe é formada por cinco atletas, quatro na linha e um goleiro. Um dos integrantes do time é o atleta Raimundo Nonato, que joga na Seleção Brasileira de Futebol de Cinco e conquis- tou a medalha de ouro pela seleção na Paralim- píadas de Londres, no ano passado. Nonato também já ganhou os títulos de Melhor Jogador da categoria, Jogador Revelação e Melhor Artilheiro no Cam- peonato do Nordes- te, em 2011. A equipe está se preparando para disputar o Campe- onato do Nordeste de Futebol para Ce- gos, que acontecerá entre os dias 1 e 7 julho, na Paraíba. O município de Serra Ta- lhada foi contemplado com uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFSertão). O início da cons- trução do campus começará em até 60 dias. A previsão é que o processo licitatório da obra comece em 30 dias. O edital de construção do Centro Tecnológico foi publicado no último dia 15, no Diário Oficial da União (DOU). As aulas no Instituto estão previstas para começar em ju- lho de 2013. De acordo com o coordenador do programa e futuro diretor acadêmico do Por Francys Maya - E-mail francysmaya@hotmail.com Sertão Esportivo Esporte Educação Divulgação Também é meta do time parti- cipar do Campeonato Brasileiro de Futebol para Cegos, que será realizado de 4 a 10 de novem- bro de 2013, em Salvador - BA. A perspectiva é que a equipe também participe da Paralim- piada 2016, no Rio de Janeiro. “O time de futsal de cinco é uma realização para nós, pois mostramos que somos capazes de praticar esportes. E essa é também uma oportunidade de representar a cidade e o nosso Estado em âmbito regional e IF Sertão na Capital do Xa- xado, professor Júlio César, o Instituto pretende ofertar até mil vagas no município. Alguns cursos já foram definidos. Em conjunto com a Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, serão oferecidos os cursos de Api- cultor, Bovinocultor, Criador de Peixes Tanque Rede, In- seminador de Animais, Hor- ticultor Orgânico e Forragi- cultor. O IFSertão também abrirá vagas em conjunto com as secretarias de Edu- cação, Cultura e Turismo, e Desenvolvimento Social do município. nacional”, relata o presidente da Associação dos Deficientes Visuais de Petrolina (ADVP), Antônio Malan de Carvalho. A iniciativa também tem o apoio da Prefeitura Municipal, através da secretaria de Aces- sibilidade. Para a secretária de Acessibilidade de Petrolina, Rosemary Andrade, a criação da equipe de futebol de cinco traz muitos benefícios para os praticantes e ajuda, através do esporte, a promover a inserção social dos cegos. A prefeitura municipal doou parte do terreno de 62 hectares localizado às mar- gens da PE 320, que liga Serra Talhada ao município de Afo- gados da Ingazeira. A obra está orçada em R$ 7,2 milhões. Para ao prefeito Luciano Duque, o município já está vivendo uma revolução no en- sino, o que deve ser comemo- rado. “Já temos um campus da UFRPE, vários cursos profis- sionalizantes sendo oferecidos pelo ‘Sistema S’, uma faculda- de de Medicina pela UPE, e agora a chegada do IFSertão no município”, comemora o gestor. Vai começar o maior campeonato da Liga Começa no dia 6 de maio mais uma edição do Campeo- nato Serratalhadense, promovido pela a Liga Desportiva Mu- nicipal. Este ano, o certame será disputado por dez equipes apenas da cidade. Confira os times que disputarão o certame deste ano: Bom Jesus, Comercial, Caxixola, São Paulo, Real Despor- tivo, Cagepe, Favela, Independente, Fazenda Nova e Náutico. O homenageado deste ano será o saudoso Adriano Duque. São José do Egito vai promover fase municipal dos jogos escolares Em reunião para tratar dos jogos escolares da fase mu- nicipal, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de São José do Egito definiu que as inscrições serão entregues pelas escolas até o dia 06 maio de 2013, na diretoria de esportes. Já o congresso técnico será em 10 de maio, com a divulgação da tabela no dia 15 de maio. Os jogos estão programados para iniciar em 20/05/2013. Gramado do Estádio Áureo Bladley tem reforma iniciada A recuperação do gramado do Estádio Municipal Áureo Bladley de Arcoverde já teve início. O estádio que estava em total abandono começa a receber as primeiras ações. De acor- do com a Diretoria Municipal de Esportes, até o dia 1º de ju- lho, o antigo Souto Maior será entregue dentro das exigências da Federação Pernambucana de Futebol - FPF. (Colaborou Blog do Itamar) Salgueirense conquista troféu em Corrida de Jipe no Ceará Salgueiro foi muito bem representado na 1ª Corrida Re- gional de Jipe do Crato-CE. O salgueirense Robson Robeiro Carvalho representou o município sertanejo e arrematou um dos troféus da competição. A corrida foi realizada no Parque de Exposições da cidade com a participação de vários clubes de jipe do Nordeste. Além de Salgueiro, estiveram no evento representantes de Serra Talhada, Araripina, Petrolina e Afo- gados da Ingazeira. Também conquistaram troféus Nilson de Floresta e Joãozinho de Araripina. Por intermédio da Liga do Sertão, a corrida de jipe percorre periodicamente vários muni- cípios do Nordeste, levando uma nova opção de entretenimen- to e lazer para a população. (Colaborou Blog Alvinho Patriota) Clube CREV já escolheu homenageado da próxima caminhada Ecólogica O (CREV) Clube Recreativo Vavá Ouro, já definiu a perso- nalidade que será homenageada na caminhada ecológica do ano que vem. O cidadão, que ainda não terá o nome revelado nesta edição. é um grande empresário da terra do xaxado. Corrida marcou Dia de Tiradentes em Afogados da Ingazeira A 7ª Corrida Tiradentes foi movimentada. O evento espor- tivo marcou a data que homenageia Joaquim José da Silva Xavier, reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira. A Corrida contou com atletas de cidades da região e de outros estados. O evento é organizado pelo comerciante Tião da Ca- rapuça, que todos os anos aproveita a data para comemorar sua data natalícia. (Colaborou Blog do Itamar).
  • 17. 17Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Cultura Mayran se dedica agora na criação de dois personagens inspirados em moradores de rua Divulgação Poeta compara Cordel com plantas do Sertão O poeta pernambucano Ivaldo Batista, apai- xonado por fabricar manu- almente seus livretos, tem comparado o cordel com as plantas do Sertão, é que para ele a literatura tem resistido ao tempo e está brotando nas terras pernambucanas a cada dia. Contribuindo para propa- gação dessa Literatura, Ivaldo tem derramado seus livretos por todas as cidades pernam- bucanas com essa literatura que se caracteriza pelos seus versos, rimas e métrica. Em seu mais recente tra- balho, ele escreveu “Chuva de cordel nas cidades pernambu- canas”, onde traz para os lei- tores um pouco dos aspectos históricos, geográficos e cultu- rais do Sertão e faz a compara- ção do cordel com a seca e as plantas do Sertão. “Está faltando o precioso líquido nas cidades pernam- bucanas, a maioria delas já está em estado de calamidade e sofrem os efeitos da estiagem prolongada, mas a célebre car- ta de Caminha já dizia que esse solo é bom e em se plantando tudo dá e, mesmo na região mais árida, há determinadas plantas que resistem às adver- sidades e permanecem vivas”, disse o poeta, que fez seu mais novo trabalho baseado nesse pensamento. Chuva de Cordel nas cidades Pernambucanas A água na minha terra Está faltando no chão Está faltando no Estado E em toda região Mas não vai faltar cordel Pois temos inspiração Cidades do meu sertão Vivem em calamidade Com a ausência de chuva Temos a mortalidade Mas folheto de cordel Fazemos em quantidade É cordel de qualidade Que vai chover todo dia História versos e rimas Oração e poesia Não importa tempo ruim O clima ou geografia E nessa topografia A água não quer chegar Meu sertão esturricado O solo tá de rachar Mas poesia de cordel Nesse solo vai brotar. Chargista mostra seu talento em Serra Talhada N atural de T i m b a ú b a (Zona da Mata Norte de Pernam- buco), mas resi- dindo em Serra Talhada há dois anos, Mayran Bar- bosa Ramos, 20, está revelando o seu talento como chargista no mu- nicípio. Cursando Zootecnia na Uni- dade Acadêmica de Serra Talhada UAST/UFRPE, o novo artista come- çou a desenvolver seu talento há dois anos. Em entrevista ao Jornal do Sertão, declarou que duas metas para os pró- ximos meses é a criação de novos personagens que ele conheceu na cidade em que mora. “Cheguei há pouco tem- po, mas algumas coisas aqui já me chamam muito a atenção. Então eu vou reproduzi-las nas minhas charges”, destacou o jovem, que também é estilis- ta e projetista amador de auto- móveis. Para realizar o seu tra- balho, Mayran busca inspi- ração nas pessoas, nas suas ações e nos temas atuais, que é uma das característi- cas desse estilo de ilustração. Buscando sempre represen- tar a sua região, nunca es- quece de Luiz Gonzaga nas suas criações. Mayran já assina charges para um jornal local, mas não desenha só por um fim lucra- tivo. “Sempre que possível, faço desse trabalho o meu passatempo”, afirma Barbosa. Agora, ele está trabalhando na construção dos seus dois primeiros personagens. “Essa criação é fruto de uma inspira- ção que tive ao conhecer dois moradores de rua em Serra Talhada.
  • 18. Divulgação Divulgação 18 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 SecMulher ofereceu cursos de cidadania, políticas públicas e empreendedorismo Agricultura Educação Seguros e emplacamentos em geral Caminhões, Ônibus, Carros, Motos, Imóveis e etc F: (87) 3831.7053 / 9902.6999 / 9940.2941 Chapéu de Palha capacita sertanejas Estudante de Quixaba vai à Suíça mostrar como se vive com a secaU ma realização da Se- cretaria Estadual da Mulher, tiveram início nesse mês de abril, as aulas do Cha- péu de Palha Mulher da Fru- ticultura Irrigada, no Sertão de Pernambuco. Estão sendo atendidas 5.425 trabalha- doras rurais dos municípios de Petrolina, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista, com cursos de cidadania, po- líticas públicas e empreende- dorismo e cursos profissiona- lizantes, num total de 217 turmas. As crianças também estão sendo beneficiadas, mais de 1.700 estarão en- volvidas em atividades recreativas en- quanto as mães participam dos cursos. As aulas serão realizadas até o mês de junho, às sextas-feiras à noite e aos sá- bados, em escolas públicas da região e em espaços alternativos cedidos para a realização do programa. Além da fruticultura irrigada, o Chapéu de Palha Mulher ofertará capa- citações para as trabalhadoras da cana de açúcar e da pesca artesanal que se- rão desenvolvidas ao longo deste ano. Essa ação visa fortalecer as trabalhado- ras rurais desempregadas no período da entressafra, oportunizando o acesso a novos conhecimentos e alternativas de trabalho e renda. No caso da fruti- cultura irrigada são considerados os primeiros meses do ano como a época da entressafra. Os cursos são realizados em conjun- to entre a SecMulher e doze organiza- ções não governamentais da região do Vale do São Francisco, além do Senai e o Sest/Senat, entidades do Sistema S. Pesca Artesanal Com relação às pescadoras, a Se- cMulher atenderá, na 2ª edição do Chapéu de Mulher da Pesca Artesanal, 2.975 mulheres. Desse total, 1.750 par- ticiparão de cursos de cidadania, po- líticas públicas e empreendedorismo, distribuídas em 50 turmas e 1.225 mu- lheres em cursos de gestão social, pro- dutiva e econômica, distribuídas em 35 turmas. 1.700 crianças serão contem- pladas com atividades recreativas. O cadastramento para esse segmento está previsto para o final de maio. O início das aulas no final de junho do corrente ano. Participarão desse processo nove entidades não governamentais. A estudante Maírla Marina Ferreira Dias, 14 anos, do 2° ano da Escola Estadual Tomé Francisco da Silva, em Quixaba, no Sertão do Estado, repre- sentará o Brasil na final mundial do Concurso Internacional de Redação de Cartas para Jovens, em outubro, na Su- íça. Maírla está levando até Berna, ca- pital do país que sediará o evento, o dia a dia das comunidades atingidas pela seca no interior pernambucano. Para a estudante selecionada para ir ao exterior, essa conquista do 1º lugar nacional foi uma sur- presa. A aluna con- siderou a sua carta, que retrata os apuros enfrentados pelos sertanejos ao longo do período de estia- gem, simples. “Achei que não teria chance e nem iria tão longe. Quando fiz a carta, minha comunida- de (Lagoa da Cruz) sofria com a falta de chuva. O gado estava morrendo e os agricultores, perdendo o plantio. Agora a situação melhorou um pouco”, conta. No seu trabalho, a sertaneja também falou da importância da água como re- curso precioso para sobreviver. Para o coordenador estadual do con- curso de cartas, José do Carmo Mari- nho, esse título foi inédito para o Brasil. “Vamos torcer para que Maírla vença essa última etapa. Todos estamos muito felizes com esse resultado”, afirma. O Concurso Internacional de Reda- ção de Cartas para Jovens está alinhado a um dos objetivos do milênio da Orga- nização das Nações Unidas (ONU), que é Educação Básica de Qualidade para Todos. Em 2013, foram 126 cartas en- viadas aos Correios, entidade responsá- vel pela organização do evento no Brasil. A carta da aluna de Quixaba, orien- tada pela professora Rosineide Alves, concorreu com mais 5.150 estudantes de até 15 anos. Mais de três mil escolas públicas e particulares, em todo o Bra- sil, participaram. A final do concurso está agendada para 9 de outubro, Dia Mundial dos Correios. Em média 200 países, filiados à UPU, estarão na dis- puta pelo 1º lugar. Maírla viaja em outubro para mostrar seu trabalho na Suíça
  • 19. Divulgação Vaqueiros festejam a profissão em Santa Maria da Boa Vista 19Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 C om o tema “O vaqueiro, símbolo de dedicação e coragem”, a Festa dos Va- queiros de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco, vem, em sua 11ª edição, mostrar que é um dos eventos mais tradicionais da região. A festa acontecerá en- tre os dias 10 e 12 de maio e tem como objetivo resgatar e valorizar a cultura do va- queiro, além de incentivar as discussões sobre o seu papel social no Sertão. Desde a sua primeira edi- ção, a festa é promovida pela Associação dos Vaqueiros João Barros de Araújo e será realizada entre a Orla da ci- dade e o Parque do Vaqueiro. De acordo com o organizador do evento, José Mendonça Filho, na abertura oficial da festa haverá uma alvorada festiva. “Pretendemos acordar toda a cidade para o evento, que atrai muitos visitantes”, Evento é um dos mais tradicionais da região banhada pelo rio São Francisco Cultura de Boi, marcada para o domin- go, dia 12, último dia da festa”, explica. Também já está marcado para acontecer, como todos os anos, o desfile dos vaquei- ros. Um momento especial acompanhado por toda a ci- dade. Os vaqueiros passam pelas ruas do município, de- vidamente caracterizados e montados em seus cavalos. A alimentação e hospeda- gem dos participantes ficam por conta da organização da festa. Mendonça adianta que a Festa do Vaqueiro é de toda Santa Maria da Boa Vista e já foi abraçada pelos sertanejos de todas as partes de Pernam- buco. “O município está pas- sando por um momento deli- cado, mas a festa é de todos”, frisa. Para o idealizador da festa, o importante é resgatar o papel do vaqueiro, um sím- bolo representativo da cultura nordestina. disse Mendonça Filho. No se- gundo dia do evento, vaquei- ros de toda parte chegarão à região para participar da missa campal, dos shows que acontecem na Orla e da Pega
  • 20. 20 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Divulgação H omens que perdem cabe- lo no topo da cabeça têm mais chances de sofrer de pro- blemas cardíacos, segundo um estudo conduzido por pesqui- sadores da Universidade de Tó- quio, no Japão. A pesquisa, que analisou 37 mil homens, sugere que os calvos tem 32% mais probabi- lidade de desenvolver males do coração. O estudo foi divulgado na publicação online britânica BMJ Open. Apesar de terem concluído que há uma relação entre a es- cassez de cabelos e doenças co- ronárias, os pesquisadores pon- deram que o risco desses males é maior em fumantes e obesos. “Nós encontramos um elo (en- tre calvície e problemas do co- ração), mas ele não é tão forte quanto outros, como fumo, altos níveis de colesterol, pres- são alta e obesidade”, afirmou à BBC o pesquisador Tomohide Yamada, da Universidade de Tóquio. A mudança da estrutura ca- pilar é uma realidade para mui- tos homens. Grande parte fica com o cabelo mais ralo aos 50 anos e, aos 70, cerca de 80% so- frem de alguma perda capilar. No entanto, o estudo sugere que homens com “entradas” não correriam mais riscos de desen- volver as doenças. Vida saudável Yamada enfatizou que ho- mens jovens com perda de cabelo no topo da cabeça deveriam levar um estilo de vida saudável, mas descartou que eles devem ser examinados apenas para tentar identificar problemas cardíacos. Os pesquisadores afirmam que não há uma explicação cla- ra para os resultados do estudo, acrescentando que entre as pos- síveis causas estariam aumento da sensibilidade aos hormônios masculinos, resistência à insuli- na e inflamação dos vasos san- guíneos. FONTE: BBC Brasil Estudo liga calvície a problemas do coração CIÊNCIA Homens só precisam sentir gosto de cerveja para querer mais U m novo estudo feito por cientistas america- nos indica que basta que os homens tomem uma quan- tidade pequena de cerveja para que seus cérebros sejam estimulados e eles queiram beber mais, mesmo antes de começarem a sentir os efeitos normais do álcool. De acordo com a pesquisa, feita com 49 homens pela Escola de Medicina da Universidade de India- na, nos Estados Unidos, o gosto de cerveja libera no cérebro a dopamina, neurotransmissor res- ponsável pela sensação de recompensa. Os resultados, divul- gados pela publicação científicaNeuropsychophar- macology, também revela- ram uma maior sensação de prazer em pessoas com um histórico de alcoolismo na família. Os homens que par- ticiparam do estudo foram submetidos a exames de to- mografia computadorizada enquanto sprays com peque- nas quantidades de diferen- tes bebidas eram borrifados em suas bocas. Os pesquisadores compa- raram os efeitos dos sprays de água, uma bebida isotôni- ca esportiva e a cerveja pre- ferida do participante. Cada um recebeu um total de 15 mililitros de líquido – quan- tidade, no caso da cerveja, insuficiente para causar os efeitos inebriantes do álcool. Os resultados indicaram que uma quantia maior de dopamina foi liberada no cé- rebro após o spray de cerveja e que, após esse spray, os ho- mens tinham uma propensão maior a dizer que queriam tomar uma bebida alcoólica. Alcoolismo “Nós acreditamos que este seja o primeiro experimento em humanos a mostrar que o gosto da bebida alcóolica por si só, sem nenhum efeito narcotizante do álcool, pode desencade- ar esta atividade de do- pamina nos centros de recompensa do cérebro”, explica David Kareken, um dos cientistas envol- vidos no estudo. Ele sugeriu que a presença de efeitos maiores em homens com um históri- co de alcoolismo na família poderia ser um fator de risco para o alcoolismo herdado dos pais. FONTE: BBC Brasil
  • 21. 21Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 Divulgação D urante dez dias, a região do Ara- ripe respirou literatura através da 2ª edição da Jornada Literária Chapada do Araripe. O evento acon- teceu em seis cidades da região, onde 102 escritores lideraram atividades como oficinas, palestras, recitais e cantorias. O evento, promovido pelo Sesc, teve o objetivo de estimular o intercâmbio cultural e o hábito de ler e escrever e, para isso, levou autores até às escolas da região, dando oportunidade para os jovens conhecerem mais sobre criação literária. Durante a realização da jorna- da, foram contempladas as cidades de Bodocó, Granito, Exu, Ouricuri, Arari- pina e Trindade. Durante a realização do projeto, também houveram algumas exposições como Poeta João, uma criação a partir da obra de João Cabral de Melo Neto, no município de Bodocó, e Cem Rosas para Guimarães, na cidade de Araripina. Entre os escritores que contribu- íram para a realização da troca de conhecimentos literários, estão Rai- mundo Carrero, Chico Pedrosa, Cícero Belmar, Luce Pereira, Xico Sá, Lourival Holanda, Ronaldo Correia de Brito, Miró, Marcelino Freire, Sidney Rocha e Meca Moreno. Cultura Araripe se transformou na terra da Literatura Curso investe em novos talentos para o teatro A atriz, produtora e pedago- ga Luciana Barbosa inves- te na formação de novos talen- tos para o teatro no interior per- nambucano e Serra Talhada é uma das cidades contempladas. Os interessados devem se ins- crever a partir de 03 de junho, pelo e-mail cursolivre2013@ gmail.com ou no Museu do Cangaço, local da realização do curso em Serra, onde terá aulas entre 1º e 18 de julho. A inscri- ção é gratuita. O curso visa preparar no- vos artistas do teatro na região e pretende levar o teatro para um enfoque pedagógico dentro da relação do espectador com a obra teatral, numa contribuição para a formação de novos es- pectadores. Luciana idealizou essa formação teatral para quatro municípios pernambucanos. Através de projeto aprovado no Funcultura, o “Curso Livre de Teatro – Pedagogias do Es- pectador Contemporâneo”, será totalmente gratuito e já vem sendo realizado no município de São Benedito do Sul. Além de Serra, a formação aconte- cerá ainda em Belo Jardim, no Agreste e Paulista, região me- tropolitana do Recife. As aulas terão formação de História do Teatro, Dramatur- gia, Interpretação, Direção e Elementos Visuais e Sonoros do Espetáculo para até 20 alunos por cidade. Tais cadeiras serão ministradas por professores e artistas reconhecidos no cená- rio recifense, como Wellington Júnior (diretor, ator e professor de teatro), Rodrigo Dourado (jornalista, ator, crítico e diretor teatral), Luciano Pontes (bone- queiro, ator, escritor, diretor de arte, palhaço, diretor teatral e contador de histórias), Edjalma Freitas (ator e produtor), além da própria Luciana Barbosa. Os artistas e professores do curso: Wellington Júnior, Luciana Barbosa, Edjalma Freitas, Luciano Pontes e Rodrigo Dourado Oficinas e palestras de grandes nomes da literatura atraíram muitos participantes RafaelAlmeida-Divulgação Ao final do curso, os alunos irão apresentar um exercício de conclusão e receberão cer- tificado.
  • 22. 22 Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 ACA lança Empresa Responsável 2013 Arcoverde sorteia vales compra para o Dia das Mães Artesãos de Arcoverde expõem talento em Festival Em busca do cliente com humor e dramatização O lançamento do Projeto Empresa Responsável 2013 aconteceu nesse mês de abril, no salão de eventos do SESC Arcoverde. Para receber os empresários que já partici- pam do projeto e os que de- sejam aderir ao programa, a Associação Comercial de Ar- coverde – ACA, realizou um coquetel de boas vindas e uma palestra com um consultor Rede Sustentável. Nesse mes- mo evento, a Associação apro- veitou para lançar a campanha do Dia das Mães. A proposta do Proje- to Empresa Responsável é desenvolver ações que for- taleçam o associativismo, promovendo o crescimento do comércio de Arcoverde, garantindo mais visibilida- E m Arcoverde, quem for às compras de 26 de abril a 11 de maio estará concorrendo a vales compra de R$ 400, R$ 600 e R$ 1000. Essa é uma forma de presentear as mães da cidade. Veja o regulamento abaixo. Praça se cobriu de cultura durante o festival de à região e investir na ca- pacitação do empresário e colaboradores das empresas participantes do projeto. Sua primeira edição foi realizada em 2011 e obteve um grande sucesso nos resultados, al- cançando seus objetivos para o comércio e para a região. Os que aderem ao Empresa Responsável recebem capaci- tações de consultores creden- ciados ao SEBRAE; contri- buem para a divulgação do co- mércio de Arcoverde na cidade e região; ajudam a fortalecer o Festival Arcoverde, Cultura e Arte; aperfeiçoam a realização de ações em datas comemo- rativas; dão continuidade ao projeto de coleta seletiva de lixo e plantação de árvores no município. Divulgação Moveleiros trocam experiência na Forind NE A Associação Comercial de Arcoverde (ACA), jun- tamente com o Sebrae – PE, organizou uma caravana para levar o Núcleo de Moveleiros de Arcoverde para participa- rem da 5° edição da FORIND – NE, Feira de Fornecedores Industriais, que aconteceu em abril. Na Forind Nordeste, os moveleiros tiveram a opor- tunidade de trocar experiên- cia com pequenos, médios e grandes fornecedores de equipamentos, suprimentos e serviços industriais aos gran- des grupos empresariais ins- talados na região Nordeste do Brasil. O evento é uma impor- tante ferramenta de acesso ao mercado, ao facilitar a aborda- gem do fornecedor ao consu- midor industrial. O s integrantes do Núcleo de Artesãos de Arcover- de tiveram a oportunidade de expor os seus trabalhos no Festival Nação Cultural, um evento realizado em abril, com intensa programação de difu- são cultural, com grandes sho- ws, ações literárias, espetácu- los, mostra de cinema, encon- tros de cultura popular, além de diversas oficinas culturais gratuitas. Com um estande na praça da Bandeira, os artistas cadastrados na Casa do Arte- são de Arcoverde comercia- lizaram seus produtos junto com vários outros municípios. O consultor Ricardo Albuquerque esteve na Associação Comercial de Arcoverde (ACA) em abril, dando uma palestra de um jei- to diferente e conquistador. Com 10% de teo- ria e 90% de prática, Ricardo passou o assunto “Busca do Cliente Perdido” com muito humor e dramatização. Os que participaram puderam entender um pouco mais sobre Erros comedidos no atendimento; Diferença entre ouvir e es- cutar os clientes; Atitudes para um atendi- mento com qualidade; Perfil dos clientes e a melhor maneira de atendê-los; Fidelida- de dos clientes; e Motivação para servir os clientes. Após a palestra, que aconteceu no Democrá- tico Esporte Clube, em Arcoverde, os partici- pantes receberam certificado.
  • 23. 2323Jornal do Sertão - Abril de 2013 / Edição 86 J uazeiro da Bahia reunirá, entre 3 e 11 de maio, todos os municípios do território São Francisco, incluídos aí os pernambucanos localizados próximos à cidade baiana, para a 2ª Celebração das Culturas dos Sertões, que acontecerá no Centro de Cultura João Gilberto. O objetivo do encontro é estimular, valo- rizar e dar visibilidade às culturas ser- tanejas através do teatro, cinema, artes plásticas, música e de oficinas artístico- -culturais. O lançamento oficial do evento acontecerá dia 3 de maio, em Salvador, com o espetáculo Culturas Musicais dos Sertões, dirigido por Targino Gon- dim. Dentro da programação haverá mostra de cinema, exposições, feiras, mesa redonda e mostra de música. O evento é uma realização da Secre- taria de Cultura da Bahia, com o apoio da Prefeitura de Juazeiro, através da gerência de cultura da Secretaria de Igualdade, Assistência Social e Cultu- ra (Seiasc). Para mais informações no e-mail cultura@juazeiro.ba.gov.br ou nos telefones (74) 3612 3070 – (74) 9123 7273. Municípios promovem a cultura do Sertão Cultura Todas as terças de maio Mostra Itinerante Cinema e Sertões São Francisco: Circuito Popular de Cinema e Vídeo Locais: Espaços culturais e cidades baianas Dia 03/05 – Salvador/BA Abertura Oficial 2ª Celebração das Culturas dos Sertões Espetáculo Culturas Musicais Dos Sertões Direção : Targino Godim Local: Teatro Castro Alves, às 21h De 06 a 08/05 – Juazeiro/BA Oficinas Artístico-Culturais Monitores: Chico Liberato, Diogo Carvalho, Edilene Ma- tos, Antônio Barreto, Cássio Nobre. Exposição Carrancas do São Francisco Local: Centro de Cultura João Gilberto Dia 09/05 Chegada dos grupos de Barco, às 09h Cortejo das Culturas dos Sertões, às 17h Feira com mostra das Culturas dos Sertões, a partir das 12h 2º Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões, às 14h Coordenação: Alberto Freire e Roberto Dantas Aula Espetáculo com Antônio Nóbrega, às 20h Local: Centro de Cultura João Gilberto Dia 10/05 Mesa redonda com o tema: “Os Sertões Modernizados e as Culturas”, às 09h Coordenador: Roberto Dantas Expositores convidados: Antônio Torres, Frederico Per- nambucano de Melo, Marisa Pires Ferreira (PUC-SP) 2º Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões – conti- nuação, às 14h Coordenação: Alberto Freire e Roberto Dantas Espetáculo “As Culturas do Rio São Francisco”, às 20h Direção: Cléber Eluão Local: Centro de Cultura João Gilberto Dia 11/05 Café na Feira, às 08h Coordenação: Professores Alberto Freire e Roberto Dantas Local: Feira Livre Mesa Redonda com o tema: “Políticas Culturais para os Sertões”, às 15h Coordenação: Prefeito Isaac Carvalho PROGRAMAÇÃO