SlideShare uma empresa Scribd logo
Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.061 R$ 2,00SEXTA-FEIRA,SÁBADO E DOMINGO, 9, 10 E 11 DE DEZEMBRO DE 2016
www.grupocorreiodosul.com.br
28º 19º
Pancadas de Chuva - Chuva de curta duração e
pode ser acompanhada de trovoadas a qualquer
hora do dia.
Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense
Sombrio
Cultura e esporte ganham
Centro Multiuso
CABO LORO É CASSADO E FICA
SEM MANDATO
ALUNOS DA APAE FAZEM VISITA
AO LAR DO IDOSO
NATAL MOVIMENTA
ECONOMIA E GERA
NOVOS EMPREGOS
POLÍTICA ENCONTRO
RENDA
Pagina 2 Pagina 11
Pagina 3
Pagina 7
Coronéisesubmissosnocomando
Prefeito eleito de São João do
Sul, Moacir Teixeira (PSD), que
foi apoiado de forma incondicional
pelo atual prefeito João Rubens dos
Santos (PMDB), diz que sua gestão
deverá fazer mudanças no comando
de pelo menos três, das cinco secre-
tarias municipais. De acordo com
ele, “tudo tem sido encaminhado de
forma consensual com os partidos da
coligação”. Moacir, no entanto, prefere
não adiantar quais secretarias terão
novos titulares. “Vamos anunciar
estas e outras mudanças tudo de
uma só vez, depois que encerrarmos
as conversações que visam nortear
a próxima gestão”, comenta o futuro
prefeito.As conversações a que Moacir
se refere também têm prospectado o
cenário no legislativo, onde um acordo
inicial prevê um rodízio de partidos
no comando da Mesa Diretora. “Até o
final da próxima semana deveremos
ter tudo definido”, comenta Teixeira.
Acertando
Organizando CaboLoro
Nãodá
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
“O Brasil sempre foi marcado por jeitinhos. Isto é característico
de nosso país, pois quase ninguém quer perder o que tem, nem
mesmo aqueles que não têm nada”.
Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
rolando_coelho@hotmail.com
(48) 9945.6787
Florestan Fernandes (1920/1995)
Sociólogo brasileiro
Prefeito reeleito de Ermo, Zica
Cadorin (PSD), deve concluir o projeto
de demissão de todos os cargos comis-
sionados e contratos do executivo na
próxima semana. De acordo com ele,
70% dos quase 90 funcionários da mu-
nicipalidade, nestas circunstâncias, já
foram exonerados. As demissões que
vêm sendo realizadas incluem os cinco
secretários municipais e seus diretores
diretos. “A ideia é começarmos 2017
trabalhando apenas com quem compõe
o quadro de carreira da prefeitura. Só
vamos chamar comissionados e con-
tratados mediante estrita necessidade.
Quanto mais tempo conseguirmos
manter a prefeitura atuando só com
os funcionários efetivos ano que vem,
melhor”, ressalta Zica. No que diz res-
peito aos trabalhos administrativos,
o prefeito diz que o próximo ano será
marcado por investimentos ligados a
ampliação do sistema de abastecimen-
to de água para as comunidades de
interior, além de várias pavimentações
asfálticas e a implantação do parque
industrial do município.
P
arece não ter ficado dúvidas,
no caso que envolveu a não
saída de Renan Calheiros
(PMDB/AL) do comando do Senado,
que o Brasil tem patrão e empregado.
Afigura do patrão está personificada no
próprio Renan. Já o judiciário federal
tem feito o papel de empregado, como,
aliás, já havia ficado claro durante o
processo de impeachment da presidenta
Dilma Rousseff (PT).
Como um rapaz pequeno, Renan
disse que não sairia e não saiu, e que
se danem as leis. Diga-se de passagem,
as leis no Brasil são quase alegorias
diante do coronelismo exercido pelos
donos do poder. A maioria absoluta dos
que foram condenados no Mensalão, por
exemplo, já estão em casa. Passada a
pressão popular, aos poucos tudo volta
à estaca zero.
Pressão popular, aliás, que é frouxa
e tão corporativista quanto aqueles que
mandam nos destinos do país.Abem da
verdade, os que têm tomado às ruas de
verde e amarelo pouco se interessam de
fato com os destinos do Brasil.Aabsolu-
ta maioria está meramente preocupada
em manter seu status quo. Por sua vez,
aqueles que de fato poderiam promover
a pressão popular, para prover as mu-
danças necessárias, preferem sair às
ruas para quebrar tudo. Estes têm uma
predileção por jogar pedras em vidraças
de lojas e incendiar carros, como se isto
fosse unir a maioria da população em
torno de uma causa.
Renan é meramente o representan-
te de um grupo político que norteia os
destinos do Brasil desde seu descobri-
mento pelos portugueses. Renan já teve
vários nomes. Ora se chamava Mende
Sá, outra hora Dom Pedro I, depois Dom
Pedro II, Floriano Peixoto, Café Filho,
José Sarney e por aí vai. Mudam os ca-
ciques, mas o pensamento e a conduta
da aldeia principal é sempre a mesma. E
se engana quem pensa que foi diferente
nos governos ditos de esquerda. O PT,
por exemplo, teve que comer quase 14
anos nas mãos dos chamados donos do
poder. Diga-se de passagem, para se
manter tanto tempo no poder, o partido
teve que, literalmente, pagar caro, a
ponto de depenar a Petrobrás, o BNDES
e de, com isto, quebrar com a economia
do país. Quis brincar de ser Deus e se
transformou no diabo.
Mas, se sabemos de tudo isto há
tanto tempo, por que as coisas não mu-
dam? Basicamente porque os chamados
coxinhas, de verde e amarelo, não que-
rem arriscar nada. Eles de fato querem
uma revolução na política brasileira,
desde que não precisem comprometer
a mensalidade da escola dos filhos, tão
pouco o carnê de pagamento da Sky, ou
o salário da empregada doméstica. Já
os mortadelas, de vermelho, também
querem uma revolução na política bra-
sileira, desde que ela lhes garanta tudo
de graça, e com o mínimo de esforço
possível. No fim das contas, coxinhas e
mortadelas representam as duas faces
da mesma moeda da hipocrisia nacio-
nal. Eles não estão preocupados com os
destinos da Nação. Estão meramente
preocupados com os seus interesses
pessoais.
Não é à toa que coronéis e submis-
sos se mantêm a tanto tempo no poder
brincando de gato e rato, como num
desenho animado de Tom e Jerry. En-
quanto eles permanecem lá em cima,
encenando seus teatros, cá embaixo
estamos nós, ora torcendo por um, ora
por outro, na esperança de que, por si só,
as cigarras deixem de cantar e, por livre
e espontânea vontade se transformem
em formigas operárias.
Tribunal Regional Eleitoral julgou
ontem recurso do vereador reeleito
Cabo Loro (PSD), que teve o registro
de sua candidatura cassada pela
Justiça Eleitoral da Comarca de Ara-
ranguá por compra de votos. Durante
a campanha deste ano o vereador deu
R$ 360,00 a uma senhora, para que
esta realizasse uma consulta médica.
Denunciado pelo ato por terceiros,
o vereador argumentou que sempre
ajudou a população araranguaense,
independente de questões eleitorais.
A beneficiada também disse em
depoimento que o vereador não lhe
pediu o voto em troca do dinheiro.
Se os argumentos não convenceram
a justiça da Comarca, muito menos
convenceram os juizes que julgaram
o caso no TRE. Por sete votos a zero
a cassação de Cabo Loro foi mantida.
Sua única solução é recorrer ao Tribu-
nal Superior Eleitoral. No próximo dia
16, no entanto, o primeiro suplente de
sua coligação,Adão Vieira dos Santos,
o Vidrinho (PR), deverá ser diplomado
no lugar do vereador cassado.
Secretário de Administração de
Araranguá, Fernando Marcelino, diz
não acreditar que futuro prefeito,
Mariano Mazzuco Neto (PP), consiga
gerir os destinos do município com
apenas 80 cargos comissionados, como
pretende. De acordo com o secretá-
rio, hoje a prefeitura conta com 120
comissionados, “e, mesmo assim, há
muita dificuldade em se dar conta de
toda a demanda que existe”. Confor-
me Fernando, caso haja de fato uma
opção pelo corte sumários de 40 vagas
comissionadas, “é muito provável que
a prefeitura perca pelo menos 30%
de sua capacidade de produção”. Na
sua avaliação todos os atuais 120 co-
missionados respondem exatamente
pelas necessidades que existem na
gestão municipal araranguaense.
“Qualquer uma destas funções que
deixe de existir acabará trazendo
mais prejuízos do que economia para
o município”, comenta.
3
Final de Ano
Geral
Maike considera movimento ainda fraco para este período
Equipe da Lojas Fátima recebeu reforço para as festas
Apresentação feita no ano passado na abertura da programação do Natal dos Canyons
Papai Noel retratado no natal do ano passado no Arroio
A
s contratações
temporárias para
as vendas de Na-
tal começaram, este ano, em
meados de novembro, devido
a Black Friday, que aconteceu
no último dia 25, em prati-
camente todo o comércio de
Araranguá. Na Lojas Fátima,
que trabalha com brinquedos,
livrariaeartigosparapresentes,
o número de funcionários neste
períododobrou.Deacordocom
a gerente Rebeca Muliterno, a
loja emprega seis funcionárias
normalmente e contratou mais
seis para as vendas de fim de
ano. A contratação deste ano
foi igual a do ano passado, mas
em anos interiores já foi maior,
chegando a 14 funcionárias.
O término do contrato
ocorre no dia 24 de dezembro,
porém algumas funcionárias
permanecem na empresa e
se tornam efetivas. “A gente
costuma contratar até o dia 24
de dezembro, mas dependendo
do desempenho, aproveitamos
paraabsorveroprofissionalque
foi contratado para o período
temporário”, conta a gerente.
Segundo Rebeca, as datas co-
memorativasquemaisaquecem
ocomérciosãooNatal,Diadas
Mães, Dia dos Pais, Dia das
CriançaseDiadosNamorados,
O Natal dos Canyons,
que já é tradição no extremo
sul catarinense, começa esta
semana. O prefeito de Praia
Grande, Valcir Daros, em
um evento no município,
disse que a celebração deve
ser mais simples, mas que
por insistência de alguns
empresários da cidade, não
deixará de ser feita. “Nosso
orçamento está baixo e nós
Tudo pronto para a che-
gada do Papai e da Mamãe
Noel em Balneário Arroio
do Silva. Uma programação
especial será realizada nesta
sexta-feira, para recepcionar
os bons velhinhos. A pro-
gramação acontece na Praça
Central a partir das 19h e
contará com várias atrações.
Às 18h30mi a Fanfarra
Municipal sai das proximida-
des da loja Belona em direção
ao Centro e em seguida have-
rá apresentação dos Centros
de Educação, Escola Muni-
cipal Professora Jaira Vieira
Borges, Cras, Associação
Coral e Terno de Reis.
A previsão é de que o
casal Noel chegue na Praça
Central às 20h para o ato
Gislaine Fontoura
Araranguá
Praia Grande
Arroio do Silva
nesta ordem.
Rebecarevelouqueasven-
das de Natal começaram desde
ofimdenovembro,comaBlack
Friday, pois muitos clientes se
anteciparam para comprar o
presente e que o ritmo de ven-
das iniciou bem em dezembro,
porém ela espera que o maior
movimentoaconteçaapósodia
10, quando saem os salários e
após o dia 20, com a segunda
parcela do 13º salário. “Nossa
expectativa para as vendas é
muito positiva, mesmo com
todoocenárioeconômico,creio
que ficaremos no mesmo pata-
mar do ano passado, ou até um
pouco mais elevado”, acredita.
A loja Multisom trabalha
normalmente com sete fun-
cionários, que aumenta em
dezembro, porém este ano
diminuiupelametadeonúmero
de contratações temporárias, se
comparado a 2015. “O número
decontrataçõesfoimenorqueo
do ano passado, mas para com-
não vamos gastar com nada,
apenas reutilizando os enfei-
tes e equipamentos de outros
anos”, explicou.
Os grandes shows estão
fora da programação deste
ano, mas de acordo com a
primeira-dama, Ângela Da-
ros, a magia natalina e a be-
leza continuarão as mesmas.
“A decoração buscou o lado
mais religioso, mais espiri-
tual, com muitos anjos. Para
as crianças também será algo
de recebimento da chave da
cidade e o acolhimento da co-
munidade. O evento encerra
com a exibição das Sacadas
pletaroquadrodefuncionários,
contratamos dois vendedores,
que ficam até o dia 24 de de-
zembro, ou podem ficar mais
tempo, se algum efetivo tirar
férias”, conta o gerente Maike
Bristot Richard. A expectativa
de vendas não é muito anima-
dora. “É uma expectativa dife-
rente, nos outros anos a gente
tinha uma venda considerável
e estamos calculando que seja
mais ou menos a metade da
venda de 2015”, espera.
Já Beth João, proprietária
da Boutique La Rue, mantém o
mesmoquadrodepessoal.“Não
contratamos,continuamoscom
nossa equipe, em virtude de
todo um ano que não foi muito
bom,preparamostodosdurante
oanoparaoNatalenãofizemos
nenhum tipo de contratação”,
pondera. Mesmo assim, sua
expectativa é boa, pois acredita
que as pessoas estejam deixan-
do as compras para os últimos
dias antes do Natal. “Muitos
estão aguardando, mas Natal é
Nataletodomundoacabacom-
prandoalgumpresente”,confia.
Emtodasaslojas,ohorário
fica diferenciado após o dia 10,
com atendimentos à noite e nos
fins de semana.
Fernanda Santos da Silva
de Moura, de 35 anos, iniciou
na Lojas Fátima em setembro
do ano passado, para trabalhar
no período de Dia das Crianças
e do Natal. Ela sempre traba-
lhou no comércio e conquistou
a vaga definitiva na empresa.
“A gente quando entra, cria
uma expectativa de que vai
ficar, no meu caso deu certo
e eu fiquei, já faz mais de um
ano”, comemora. Seu segredo
para trabalhar bem e conquistar
aconfiançadospatrõeségostar
do que se faz.
Angélica Henrique Mon-
teiro, 24, trabalhava em um
supermercado e quando deci-
diu mudar de área, conseguiu
emprego temporário nas Lojas
Fátima. “Entrei para o período
de Natal e pretendo ficar com a
muito especial. Está lindo”,
garante. Na semana passada
alguns motivos já estavam
distribuídos pela cidade e
desde quarta-feira, a praça já
pode ser vista toda decorada.
O VII Natal dos Canyons
será lançado oficialmente na
noite de sábado, com apre-
sentações artísticas, concerto
da Banda Municipal, partici-
pação da Escola Melody de
Torres e a chegada do Papai
Noel.
Cantantes, em que o grupo
de alunos do Teatro JAC fará
uma apresentação musical
através das sacadas do hotel.
Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
Natal aquece economia e gera emprego
Natal dos Canyons começa amanhã
Papai e a Mamãe Noel chegam hoje
equipe”, torce.
Outra funcionária que en-
trou com contrato temporário
e espera permanecer é Maíra
Amâncio Pavei da Costa,28.
Ela já trabalhou em fábrica de
confecçãoetambémemcomér-
cio e a contratação temporária
na Fátima se deu em setembro,
antes do Dia das Crianças. “Eu
entrei para cobrir este período
de Dia das Crianças e Natal,
eles gostaram bastante do meu
trabalho e me colocaram na
livraria, eu me identifiquei bas-
tante com a empresa e pretendo
continuar por um bom tempo
aqui”, planeja.
Oportunidade
4 PublicidadeJornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
JABSON MULLER
Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br
(48) 9955.5313
Tem uma Scheffer na política
Empresário de visão PSD regional satisfeito
Queixa da estrada
Q
uando era menina, MariaAparecida, a
Cida,lembradeveracasacheiadeho-
mens discutindo política com seu pai.
Depois,JoséSchefferfoieleitoprefeitodeSombrio
eapartipaçãodafamílianapolíticaaumentouainda
maisquandooirmão,ZéMilton,tambémfoiprefeito
de Sombrio e em seguida se elegeu
deputado estadual.
Cida Scheffer cresceu apoiando
os homens da família -tios, primos
e muitos outros Scheffer sempre
foram políticos - e se filiou ao
mesmo partido que eles, hoje o PP.
Portanto,serconvidadaparatambém
ela ser candidata em Balneário Gai-
vota,ondemora,eranatural,masela
sempre recusou, enquanto exerceu a
profissão de professora de educação
física. Somente este ano, já aposen-
tada, aceitou o desafio, concorreu a
vereadora na Gaivota e se elegeu.
“Agorasimpossomededicarinteiramenteafunção,
pois política é muito importante, faz parte do dia a
dia das pessoas”, explica.
Desde que foi anunciado o resultado em 2 de
O empresário Francisco Farias, o Kiko, inaugura neste sábado a amplia-
çãodesualojademateriaisdeconstrução,emSantaRosadoSul.AMadekiko
surgiu em 1985 como madeireira, conquistou a confiança do cliente e hoje
é um dos maiores comércios do município, ainda sendo madaeireira, mas
também agora material de construção.
Como o empresário consegue aumentar seu empreendimento em meio a
crise que o país atravessa? Kiko tem a resposta: não podemos ser covardes,
temos reduzir custos, agradar o cliente, se adaptar ao mercado e seguir em
frente. Daí uma boa lição para muita gente que fica parada só reclamando.
Passado o pleito de outubro e há pouco menos de um mês para o próximo ano, a coordenadora regional do
PSD (Partido Social Democrático), Gisela Steiner Scaini, avalia como positivo o resultado das eleições e projeta
uma atuação promissora dos representantes do partido nos próximos anos.
Ela lembra que na região daAmesc, foram eleitos pelo PSD cinco prefeitos, 4 vice-prefeitos e 22 vereadores.
“Estes bons resultados são sinônimo de muito trabalho
e esforço de cada liderança do partido, que em seu
município demonstrou à comunidade que apresenta o
melhor projeto”, disse.
Gisela agradece ainda a presença constante dos
deputados estaduais José Nei Ascari e Ricardo Guidi,
apoiando os candidatos. Ela cita o resultado positivo em
todo o Estado, onde o PSD é o segundo mais bem colo-
cado, elegendo 61 prefeitos, 48 vices e 458 vereadores,
para um contingente populacional de 1.442.656 pessoas.
A coordenadora acredita que os próximos anos se-
rão marcados pela forte atuação dos representantes dos
Poderes Executivo e Legislativo eleitos. “Nosso partido
é como uma grande família. Serão
novos desafios a partir de 2017,
mas que serão superados com o
apoio mútuo, com olhar sempre
voltado ao desenvolvimento das
cidades e bem-estar da população”,
concluiu.
Moradores das comunidades que ficam às margens da estrada
dechãoqueligaPraiaGrandeaJacintoMachado,comoCachoeira,
estão indignados.
A Agência de Desenvolvimento Regional de Araranguá no-
ticiou que estava sendo feita a recuperação da estrada, porém, os
moradoresdizemquesomenteumtrechofoimelhoradoumpouco.
Em nota divulgada no dia 7 de novembro, a ADR afirmava
que cerca de 75% da obra estava pronta, só que um mês depois,
o serviço ainda não foi concluído.
10X R$
66,90
Cartão de crédito ou R$ 669,00 à vista
MOTOCOMPRESSOR MON.
MOTOMIL 7,4” 1,5HP 120LBS
outubro,Cidacomeçouatrabalhar.VisitouaCâmara
para conversar com os funcionários e se inteirar
melhor sobre o funcionamento da Casa, já levou
demandasdapopulaçãoaoprefeitoreeleitoRonaldo
Pereira,queédoseupartido,eelegeualgumasques-
tões que devem ocupar mais o seu tempo, como o
meio ambiente. Sua participação em
várias discussões e ações sobre este
e outros assuntos já vinha de antes
da eleição.
Quanto a herança política da
família (o pai faleceu, porém Zé
Milton é bastante conhecido em toda
a região) Cida acredita que tem van-
tagens e desvantagens. “Ser irmã do
deputado Zé Milton me abre portas
com certeza e posso contar com a
estrutura dele para tentar resolver os
problemas da Gaivota. A cobrança,
no entanto, também é grande. As
pessoas acham que sendo irmã dele
tenho como conseguir as coisas”, avalia.
Cida está cursando direito e em 2017 não pre-
tende ocupar nenhum outro cargo além da cadeira
no legislativo.
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
Jabson Muller
l48l 9955.5313
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
correiodosul@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
editor@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
6 GeralJornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
Indústria espera recuperação em 2017
O
próximo ano será difícil, mas trará o início da recuperação da
economia. Para isso, no entanto, o governo tem que cumprir a
agenda de reformas com a qual se comprometeu e que vem efeti-
vando. A avaliação é do presidente da Federação das Indústrias (Fiesc),
Glauco José Côrte, em entrevista coletiva à imprensa, ontem à tarde,
na sede da entidade. Ele lembrou que este foi o terceiro ano de turbu-
lência no cenário político e institucional do país, o que afetou o desem-
penho da economia. E defendeu: “Investimento é o motor da economia.
Sem investimento, a economia não vai reagir”. O cenário atual, ainda
que não tão ruim quanto o observado no final de 2015, traz números
negativos. Em comparação com o ano passado, há registro de recuo de
quase 11% nas vendas da indústria, de 4,2% na produção, de 2,6% nas
exportações e de quase 20% nas importações. Mesmo que todos sejam
índices negativos, são melhores que os apresentados pelo Brasil, res-
pectivamente em -13,1%, -7,8%, -2,9% e -021,7%. Apesar do desempe-
nho muito aquém do ideal, Côrte chamou a atenção para utilização da
capacidade de produção instalada da indústria catarinense, que ficou
em 79,5%, contra 77,9% na média nacional. Para ele, isso mostra que
o industrial catarinense faz a sua parte para superar a crise e também
explica o comportamento positivo na geração de empregos, cujo saldo
ficou positivo em 5,1 mil postos (entre janeiro e outubro). A entrevista
completa com o presidente da Fiesc será publicada no início da próxi-
ma semana nos diários da rede CNR-SC/ADI-SC/Central de Diários.
Reforma rejeitada A proposta de
reforma da Previdência, apresentada
pelo governo federal, voltou a ser assun-
to na sessão de ontem da Assembleia. O
deputado Neodi Saretta (PT) rechaçou a
informação que vem sendo repetida para
justificar a reforma nos moldes propostos,
de que há déficit. Disse que o processo não
está sendo de forma transparente, mas
“em tom de terrorismo”. A principal críti-
ca do deputado foi quanto à exigência de
trabalho por 49 anos para se ter direito à
aposentadoria integral. “Com essas mu-
danças estão sendo penalizados os mais
pobres, os trabalhadores, aqueles que
mais precisam da previdência.”
Recuo Depois da pressão dos setores en-
volvidos e de parlamentares, o Ministério
das Cidades ampliou para final de 2018 o
prazo para que o mercado se adapte às no-
vas portarias que regem o programa ha-
bitacional do governo federal Minha Casa
Minha Vida. Uma das novas exigências é a
pavimentação dos condomínios populares
e a formalização das empresas para cons-
truir e oferecer os imóveis. O prazo inicial
era janeiro de 2017. O deputado Mauro
Mariani (PMDB) foi proponente de audi-
ência pública que discutiu o impactos das
novas regras. Ele acredita que a amplia-
ção do prazo dará fôlego para o setor.
Encontro Na próxima quinta-feira (15),
em Chapecó, acontecerá o Encontro das
Entidades do Agronegócio com o Minis-
tro da Agricultura. Estão confirmadas as
participações, em palestra e debate, do
prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, do
presidente da Federação das Indústrias
(Fiesc), Glauco José Côrte, do governador
Raimundo Colombo e do ministro Blairo
Maggi. Informações pelo 0800 48 1212
Alerta continua A página da Defesa
Civil estadual na internet mantém para
hoje o alerta de descargas elétricas e pan-
cadas de chuva, com volumes acumulados
que podem chegar a 50mm, em média. A
atenção deve ser redobrada nas regiões
Oeste, Meio Oeste, Planalto Norte e Lito-
ral Norte. Nas demais áreas do estado a
chuva será menos intensa. Acompanhe a
situação em www.defesacivil.sc.gov.br
Por Andréa Leonora
redacao@peloestado.com.br
09/Dez/2016
Avaliação positiva
Ainda faltam algumas sessões para o encerramento do
ano Legislativo, mas o presidente do Poder, deputado
Gelson Merisio (PSD), já comemora os resultados. “Pela
primeira vez na história, um Legislativo estadual au-
menta o gasto mínimo obrigatório com a área da Saú-
de. Santa Catarina passará a aplicar, ao invés dos atuais
12%, um mínimo de 15% de toda a arrecadação do Esta-
do com impostos em um processo gradual até 2019, mas
que já tem efeitos no ano que vem”, destacou como feito
mais importante de um ano marcado por grandes dificuldades no país. E acres-
centou: “Em 2016, tivemos a oportunidade de votar projetos decisivos: aprova-
mos a PEC da Saúde e criamos o Fundo de Apoio aos Hospitais Filantrópicos.
A Assembleia também deu um exemplo contrário ao do cenário nacional. Após
um grande esforço de economia e corte de gastos, reduzimos nossa parte no bolo
de arrecadação e aumentamos as fatias do Ministério Público e do Tribunal de
Justiça, instituições essenciais para o combate à corrupção no nosso estado”.
Sobre o próximo período, o tom foi otimista. “Temos feito nossa parte para tor-
nar 2017 um ano mais leve, em que Santa Catarina possa voltar a crescer mesmo
diante de todas as dificuldades que vivenciamos todos os dias nos noticiários.”
AgênciaAL
Mais Espaço
Prefeito Zênio e a secretária de Saúde Gislaine Cunha se cercaram de crianças durante a inauguração do novo espaço
Sandro Maciel (em pé) e o promotor Gabriel assinam ato que institui a lista única de vagas
Zênio e Fernando mostram tocha municipal feita por aluno
A
quinta-feira foi
especial para a
cultura e o es-
porte de Sombrio, com a
inauguração do primeiro
Centro Multiuso do municí-
pio e a premiação do Festival
de Desenho Olímpico, que
deu à cidade uma Tocha
Olímpica exclusiva para
seus eventos esportivos com
acendimento de pira.
O Centro Multiuso foi
inaugurado com o tablado e o
palco móvel instalados, mas
em breve devem ser retirados
para a colocação de traves de
futebol, hastes para rede de
vôlei e cestas de basquete,
nos três espaços disponíveis
para prática esportiva. O
local disponibiliza também,
para a cultura, amplo espaço
de exposições, shows e de-
mais ações do setor.
“E é só o começo. São
mais de R$ 500 mil investi-
dos com recursos do deputa-
do federal Ronaldo Benedet
que já garantiu mais verbas
para projetarmos aqui ar-
quibancada e o fechamento
do restante da cobertura e
deixar bem completo. Tam-
bém traremos novidades
para o skate. O espaço vai
ficar completo, como o som-
briense merece”, disse o
prefeito Zênio Cardoso em
seu discurso.
A nova Tocha de Som-
brio agora tem história. O
Festival de Desenho Olímpi-
co premiou nove estudantes
Em encontro entre o pre-
feito Sandro Roberto Maciel
e o promotor público Gabriel
Ricardo Zanon Meyer, foi
assinada uma resolução apro-
vadapeloConselhoMunicipal
de Educação de Araranguá. O
documento trata da centraliza-
ção do processo de matrícula
e distribuição de vagas e os
critérios de priorização de
atendimento para inclusão
de crianças de 0 a 5 anos em
turmas de berçário, mater-
nal, jardim e pré-escola dos
Centros de Educação Infantil
do município. Com isso, a
Secretaria Municipal de Edu-
cação, passa obrigatoriamente
a disponibilizar no site oficial
da prefeitura e no mural da
Secretaria, uma lista única,
com o cadastro de reserva de
vagas em Centros de Educa-
ção Infantil (CEIs).
O prefeito acredita ser
possível agora ter um diag-
nóstico melhor das vagas em
Sombrio
Araranguá
Tocha
que fizeram os melhores
desenhos de um símbolo
que em seus traços tivessem
natureza, cultura, história e
as principais características
do município.
Realizado no primei-
ro semestre de 2016 para
envolver os alunos com a
passagem da Tocha Olímpi-
ca por Sombrio, o concurso
surpreendeu e resultou numa
Tocha que arrancou aplau-
sos quando revelada pelo
creches municipais. “Desde
o início do nosso mandato
trabalhamos para ampliar o
acesso aos CEIs e buscamos
recursos para a construção
de novas creches. Hoje há
duas em construção que vão
diminuir a espera das família.
Esta lista, além de nos auxiliar
na demanda de momento,
também tira a falsa sensação
de que o município tinha
400 ou 500 crianças fora das
creches”, diz. A primeira lista
divulgada no último dia 1º,
conta com aproximadamente
50 nomes à espera de vagas.
A cada 15 dias o documento
será atualizado.
Opromotorquerespondia
pela Vara da Infância e Juven-
tude e agora passa atuar na
Vara Criminal elogiou a pro-
posta de lista única da qual ele
foiintermediador.“Oprocesso
de matrícula passa a ser mais
transparente, justo e dá um pa-
norama mais próximo da real
demanda. A partir de agora a
ordemteráqueserobedecidae
cabe aos conselhos cobrarem
e fiscalizarem pela eficácia da
Lista assim como os critérios
de priorização de atendimen-
to”, destaca Meyer.
O ato de assinatura foi
realizado no fim da tarde de
Sombrio ganha Centro Multiuso
Prefeito e promotor selam lista única
7Geral Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
prefeito.
A obra de arte, mate-
rializada pelo artista Renê,
foi desenhada pelo aluno
da escola estadual Macário
Borba (Escola Jovem), Ha-
lander Cardoso de Oliveira,
vencedor de sua categoria e
da categoria geral. O concur-
so era dividido em categoria
A com alunos do 1º ao 4º
ano; B, com alunos do 5º
ao 9º ano, e C, com alunos
do ensino médio. Os três
melhores receberam troféu,
assim como a escola que re-
presentam. Os eleitos de cada
categoria foram classificados
para a Geral, e o campeão
teve a Tocha confeccionada
e ainda ganhou um quadro
com seu desenho.
“Agora encaminharemos
à Câmara o projeto de lei para
que ela se torne obrigatória
nos eventos esportivos da
cidade. Essa Tocha ficou lin-
da. Tanto o Halander quanto
o Renê estão de parabéns e
nós estamos orgulhosos pela
participação e pelo envol-
vimento de nossos alunos
e escolas”, concluiu Zênio
Cardoso.
A tocha tem os seguin-
tes desenhos, de baixo para
cima: penas, faixa amare-
la, tijolos, faixa vermelha,
engrenagem, faixa verde,
espaço branco e faixa azul
com linhas onduladas. As
penas representam os índios
Xokteng e Carijós, primeiros
habitantes do município. A
faixa azul simboliza as águas
da Lagoa de Sombrio, os rios
e a Pesca. Foi pelo rio que
chegou o primeiro morador
não índio, João José Guima-
rães. As linhas onduladas
lembram os morros e as
Furnas, marcas da natureza
sombriense, enquanto a fai-
xa prata, em forma de uma
engrenagem representa os
engenhos que produzem fari-
nha de mandioca e polvilho.
A faixa vermelha remete ao
barro utilizado nas cerâmicas
para a produção de telhas, ti-
jolos e utensílios domésticos
decorativos, também repre-
sentada na construção civil
com o desenho dos tijolos.
A cor amarela representa
a economia e a riqueza, as
quais estão na natureza e na
força de trabalho do povo
sombriense.
Por fim, as três faixas
juntas têm as cores da ban-
deira de Sombrio.
quarta-feira, acompanhado
por conselheiros tutelares,
conselheiros municipais de
Educação, da secretária de
Educação Valdina Darós de
Luca, e da diretora do Ensino
Infantil da Secretaria, Patrícia
Farias. Para ter acesso à Lista
Única, basta acesar o site do
município (www.ararangua.
sc.gov.br, link Portal do Ci-
dadão) ou ainda conferir no
mural da Secretaria Municipal
de Educação.
J
uliaconvenceWagneracon-
tar o que sabe para Mario.
OscapangasdeJoãoAmaro
tentam cercar Wagner. Cauã en-
sina Nuno a ler e escrever. Tiago
reclama de Yumi e Dora percebe
ocomportamentodomarido.Qui-
rino pede Chica em casamento.
César se enfurece ao descobrir
queWagnerfugiuemandaJoãoAmarodenunciarMarioàPolícia.
JoãoAmaro faz uma denúncia anônima acusando Mario e avisa
onde a arma do crime está escondida. Mesquita questiona Ralf
sobre o possível envolvimento de Mario na morte de Massao.
EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão
Cruzadinha Novelas
J
úlia fica constrangida
com o questionamento
de Diana. Gui pede que
Nanda encontre o ator que
ele reconheceu na revista.
Laila se insinua para Gordo e
pede que ele grave seu CD.
Marisa tenta se aproveitar de
Nicolau. Gui pede a Lázaro o
contato do suposto empresário que foi com ele ao restau-
rante em Vargem Grande.Alex procura Vanda. Júlia inicia
a coreografia da banda montada por Gui. Léo termina a
música que escreveu para Diana.
P
edro e Helô se amam.
Letícia enfrenta Tião.
Bruno apresenta Jéssica
para Zuza, que não simpatiza
com a menina. Ciro e Beth
saem para dançar e Magnólia
se incomoda. Tião recebe uma
intimação da Delegacia de
Mulheres. Camila vê Ciro sair
do quarto de Magnólia e conta para Pedro. Magnólia furta
dinheiro do cofre na casa de Silvia. Beth afirma a Vitória que
ela é uma ameaça para a campanha deAugusto. Fausto se
desespera quando Pedro diz que seguirá Magnólia.
Sol Nascente -18h
A Lei do Amor -21h
Rock Story -19h
Rapidinhas
Áries 21/03 a 20/04
21/04 a 20/05
21/05 a 20/06
21/06 a 20/07
21/07 a 20/08
21/08 a 20/09
21/09 a 20/10
21/10 a 20/11
21/11 a 20/12
21/12 a 20/01
21/01 a 20/02
21/02 a 20/03
Leão
HoróscopoHoróscopo
Sagitário
Gêmeos Libra Aquário
Touro
Um pouco de ansiedade ocorrerá neste período,
deve procurar agir com calma. O Sol poderá ser
um grande aliado para você assumir uma atitude
menos incisiva. Vênus é quem pode tentar desper-
tar seu lado impulsivo.
Sua admiração pelo belo lhe renderá algumas di-
ficuldades de adaptação. Mercúrio ajudará você a
realizar seus planos. Porém Marte acenderá a sua
teimosia o que dificultará a sua tomada de decisões
em diversos aspectos.
Demonstrará mais pro atividade o que afiará
ainda mais a sua inteligência. O seu lado mutá-
vel será enaltecido por Marte em sua passagem
pela constelação de Gêmeos. Evite se distrair
com frivolidades.
Grandes desafios lhe serão impostos, com co-
ragem e doçura irá conseguir transpor todas as
situações. Deixar transparecer suas emoções
lhe deixará mais frágil, a Lua tentará lhe levar
para baixo.
Estará mais vigoroso e deslumbrante a moral
deste signo, que irá demonstrar muito bem
a sua criatividade. O Sol será um fator muito
importante para você executar aquilo que você
ainda mais deseja.
A coerência será algo muito importante e que
influenciará muito na execução de suas tarefas.
Mercúrio será um fator agregador neste sentido
para esta constelação. Faça críticas construtivas
baseadas no progresso.
No peso da balança tende a fazer escolhas um
pouco mais egoístas. Marte nesta constelação
não será de muita ajuda. Deve continuar a bus-
car o equilíbrio incessantemente, sem titubear
nesta jornada.
Uma grande transformação está por vir, no qual
você deverá usar sua percepção para compreendê-
-la. A transição de Plutão juntamente com o ele-
mento Água fará com que possa despertar essa
sua particularidade.
Resplandecerá para esta constelação um lado
mais espirituoso e tranquilo. A capacidade de
se modificar será um elemento interessante na
busca pelo bem estar. Júpiter será propício neste
objetivo de excelência.
A interação ocorrida em Júpiter pode colocar
alguns valores seus a prova. Porém demonstrará
força e provará que isto é um equívoco. Marte
ajudará a mostrar o quanto é responsável e uma
pessoa trabalhadora.
Mercúrio deixará mais claro a sua timidez, fa-
zendo com que acabe se retirando. O elemento
ar irá te ajudar para que se torne um pouco
mais ativo para falar sem medo com pessoas
desconhecidas.
Em determinados ambientes apresentará uma per-
sonalidade manipuladora. Saturno irá lhe influenciar
para isso, que pode te deixar um pouco melancólico.
É bom evitar tentando ser mais sociável sem segun-
das intenções.
Virgem Capricórnio
Câncer Escorpião Peixes
Leticia Santiago compartilhou uma foto sua
usando um cropped top, que deixou sua barri-
guinha de fora. Detalhe: ela está grávida de seis
meses. Nem parece, não é?
Pouco depois, a ex-BBB postou clique só de
biquíni em suas redes sociais. “Hoje foi dia de
intensificar o bronze. Estou até deixando de ser
gatinha medrosa de água e estou entrando direto
e sem fazer cara feia! Deve ser coisa de hormônio
da gravidez, né! Tenho sentido um calorão. Ah,
outro sintoma que não tem nada a ver com o que
estou falando, mas só porque lembrei é... FALTA
de memória! Minha médica indicou um complexo
vitamínico com ômega 3, mas sinceramente,
estou horrível de memória. Esqueço tudo, tudo,
tudo. Só rindo pra não chorar”, escreveu ela na
legenda.
Leda Nagle recebeu a notícia de que seu
contrato com a TV Brasil não seria renovado na
quarta-feira, 7.Anotícia - que foi publicada inicial-
mente no portal
de Regina Rito
- deixou a apre-
sentadora e o pú-
blico que acom-
panha seu tra-
balho perplexos.
Leda apresenta
o “Sem Censura”
há mais de 20
anos. Nas redes
sociais, ela rece-
beu incontáveis
mensagens de
apoio.
Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
BUSCAR O DESCONHECIDO
ROMILDO BLACK
Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
romildoblack@hotmail.com
facebook.com/romildoblack
#FORADOEXPEDIENTE
Olá.Nascemos,crescemosecomotempovamosaprendendoavi-
ver.Muitasvezesouvindotodososdiasqueavidaéassim,quesempre
foi daquele jeito e que tentar mudar é perda de tempo. E infelizmente
tomandoinformaçãomuitasvezescruelmentematamosnossossonhos,
objetivos e desejos, por estarmos rodeados de informação pessimista.
Muitos grandes gênios e heróis do mundo não faziam ideia de
como iriam fazer e às vezes nem necessariamente o que iriam fazer,
mas sabiam que iam fazer, e por inúmeras vezes conseguiram provar
que o impossível era sim possível. Mesmo com muitas derrotas e ten-
tativas fracassadas, porém sempre insistindo que um momento daria
certo, e pode crer, estamos falando de coisas grandiosas que podem
ser chamadas de inimagináveis. Bem, se já temos provas concretas
de que é possível sim fazer diferente, talvez uma boa dica seja come-
çar a acreditar e tentar fazer diferente. É claro que muitos acharão
muito difícil, trabalhoso e vão preferir ficar em suas rotinas, e isso
é compreensível. Muitas vezes o desafio é sair da zona de conforto,
sentir o coração bater mais forte e acreditar que pode ser diferente.
Entrar em um mundo desconhecido sabendo que pode ser sim bem
melhor. É uma injeção de estímulo para voltarmos a nos sentir vivos,
com aquele sentimento de vento na face quando se desce por uma
ladeira de bicicleta, acreditando ser a pessoa mais rápida do mundo,
ou quando se usa um óculos de grau pela primeira vez tendo a im-
pressão de que se tem um olhar apurado, capaz de ver um horizonte
de possibilidades infinitas.
Aescolha é sempre sua mas por favor, não perca tempo ouvindo
pessoaspessimistaseconcentre-seemseussonhos,noquevocêacre-
dita e com toda certeza o mundo se surpreenderá com as coisas que
vaisdescobrirnessecaminhodeexperimentaçãoedeconquistas. Eu
fico aqui torcendo por você!
FRASE
Apersistência é o caminho do êxito.
Charles Chaplin
JOGO RÁPIDO COM:
TenenteVarmelati
O Comandante
Fé: Alicerce
Família: Porto seguro
Amor: Vida
Trabalho: Profissionalismo
Um Lugar: Praia
Animal: Gato
Livro: O vendedor de sonhos
Augusto Cury
Filme: A espera de um milagre
Música: Reggae
Frase:
: “O sofrimento é passageiro, mas
desistir é para sempre!”
Homem: Pai
Mulher: Mãe
Esporte: Surf
Time de futebol: Vasco
Comida: Italiana
Adoro: Viajar
Odeio: Falsidade
Na foto a equipe de balonismo de Murilo da Rede Fur-
nas, para lembrar que tem balonismo nesse final de sema-
na em Balneário Gaivota. Inédito e imperdível!
Olha a gaivotense Denise Pinheiro
bombando nas redes sociais.
Parabéns ao casal top Rodrigo Santos e Juliana,
que na última semana em uma cerimônia discreta
realizou um lindo casamento. Felicidade ao casal.
Olha só a querida empresária Sandra Basso, que mes-
mo com inúmeros compromissos nas empresas não abre
mão de ir ao supermercado fazer compras. #exemplo.
Esse dois são muito top aqui
na pop, o diagramador do Jornal
Correio do Sul Aldo Ferreira e
sua esposa Samara distribuindo
alegria... Seus lindos!!
Olha aí Michael Bruno e sua linda família
em um dia de sol no sul do mundo.
Feliz aniversário a queridona Rosi,
que neste sábado completa mais um
ano de vida. Muitas felicidades e
saúde, desejam seus amigos.
Essa semana o Jogo Rápido é com o novo
comandante do Corpo de Bombeiros de
Sombrio,2ºtenenteEricGomesVarmelati,
de 32 anos. Um bombeiro apaixonado pela
profissão e por esportes radicais, que vem
com todo gás a fim de somar no munícipio
deSombrio juntoasuaequipe.Confiraum
pouco sobre o tenente Varmelati.
10 PublicidadeJornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
Tudo é Festa
Os alunos da Apae cantaram e distribuíram presentes aos velhinhos do Lar do Idoso
Abertura do Natal Verão teve Recital Natalino com corais se apresentando na igreja matriz
Professora e alunas do CriArte com o prefeito de Ermo
U
ma manhã de
muita festa, mú-
sica e religiosi-
dade foi promovida pelos
alunos da Apae de Sombrio
no Lar do Idoso São José,
localizados na mesma rua, a
poucos metros de distância,
nesta quinta-feira. Desde
2008, através do projeto ‘A
experiência constatada na ca-
pacidade de amar sem medi-
das’, da professoraVera Lúcia
Coelho, esta integração entre
Apae e Lar do Idoso acontece,
sempre com alegria e emoção
para os envolvidos nas duas
instituições que são vizinhas.
“Tive a ideia depois de passar
por problemas de saúde e me
apeguei mais à religiosidade e
às causas sociais, que não são
só os alunos especiais, mas
também os idosos”, contou a
educadora que tomou a inicia-
tiva quando ainda trabalhava
noCentrodeConvivência.Ela
lembra que, quando ensaiava
danças e apresentações na
quadra da escola, os idosos
ficavam curiosos, olhando
do outro lado da rua, o que
chamou a atenção dela. En-
tão, após convidar mais duas
Dois mil e dezesseis
foi bastante produtivo para
as bailarinas do grupo de
dança Criarte, de Ermo. Na
hora de fazer uma análise do
que foi este ano, a professora
Renata Possamai comemora
as viagens e os prêmios que
o projeto conquistou.
São Paulo, Joinville,
Itajaí, Florianópolis e até
Argentina conheceram um
pouco do talento e da garra
das jovens dançarinas. “Foi
o ano que tivemos mais
conquistas, competindo em
festivais muito seletos com
bailarinas que as meninas
admiram e veem na internet,
além de sairmos premiados”
avalia Renata. Porém, mes-
mo com a alegria de todas as
vitórias, o trabalho não para.
“Já estamos começando a
preparar o que levaremos
ao Festival de Joinville em
2017, organizando as coreo-
grafias do próximo ano para
manter o mesmo nível ou
aumentar”, comenta. Para
manter esse ritmo de traba-
lho, as viagens e tudo o que
o CriArte precisa, só com
muita parceria para conse-
guir alcançar cada vez mais
meninas. “Temos um incen-
tivo à cultura muito bacana,
contamos com o apoio das
empresas da região que nos
ajudam a manter os custos
dessas viagens. O patrocínio
O Natal Verão 2016 co-
meçou. Com a programação
mais enxuta, o evento ini-
ciou oficialmente na noite de
quarta-feira. A inauguração
da Iluminação Natalina e apre-
sentação de corais marcaram
a estreia da edição 2016. A
iluminação neste ano está
concentrada na Praça Hercílio
LuzeCalçadão,numaparceria
com a Associação de Lojistas
e Moradores do Calçadão. Já
o Recital Natalino de Coros
levou emoção a centenas de
pessoas que prestigiaram os
cantos na Igreja Matriz Nossa
Senhora Mãe dos Homens.
Aline Bauer
Sombrio
Ermo
Araranguá
colegas,asvisitascomeçaram.
“Através da experiência, pro-
porcionamos o bem estar para
os nossos alunos e para nós
também, já que precisamos
estar bem para fazer o bem”,
acredita Vera.
Um dos momentos mais
agradáveis para todo mundo
é a hora das canções. Um
professor com um violão é
suficiente para promover uma
verdadeira festa. “O trabalho
está continuando e eles ado-
ram a gente aqui cantando, e
nós amamos cantar”, comenta
Vera. A colega de projeto,
Elizabeth Barbosa dos Reis,
que é professora de educação
física na Apae, diz que os
próprios alunos esperam pela
visita. “Eles gostam de vir, por
isso trazemos”, diz. A grande
maioria dos mais de cem alu-
nos da Apae visita os idosos,
distribuindotambémlembran-
cinhas e sorrisos para quem
passa grande parte do tempo
em um ambiente silencioso.
“Eles se sentem realizados,
a autoestima vai lá em cima,
ensaiamos muito para chegar
nesse momento”, explica
Lurdes Magenis, professora
hádoisanosnaescolaespecial
e que ajudou nos ensaios para
apresentações.
Se o objetivo era deixar
desses empreendimentos é
muito importante”, ressalta
Renata.
O projeto atende 34 bai-
larinas, que a cada prêmio
conquistado e a cada seleção
que vencem, veem o sonho
de se destacar no balé se
tornar maior. “Pretendemos
ampliar mais o projeto para
ajudar outras crianças e es-
peramos que dê certo. Já te-
mos promessas que estamos
encaixando e sempre tem
novos talentos que a gente
vai oportunizando”, diz a
professora.
Depois de um ano tão
cheio de bons resultados,
As apresentações ficaram por
conta da Associação Coral
São Pedro, Associação Coral
Arroio do Silva e Associação
Coral Araranguá.
Aprogramaçãoseguecom
tanto alunas quanto profes-
sora, sonham ainda mais
alto. “Queremos participar
de oficinas e concursos de
férias, que abrem muitas
portas para o balé clássico.
Estamos trabalhando muito
para uma seletiva em Nova
York, que pode levar nossa
dança para fora. São opor-
tunidades grandes para elas,
e podemos provar que em
cidade pequena também
se pode ter destaque e que
tudo é possível”, completa
Renata. Para o grupo CriAr-
te, 2016 se despede com a
sensação de que 2017 será
ainda melhor.
Apae faz visita ao Lar do Idoso
CriArte mira Nova York em 2017
Papai Noel chega de barco domingo
11Geral Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
todo mundo alegre, então
os animados alunos conse-
guiram. Segundo Maria de
Fátima Lopes, técnica de
enfermagem no Lar do Ido-
so, os internos sentem falta
dessa movimentação toda.
“Estamos muito felizes e, os
idosos ficam muito contentes.
Eles são sempre bem-vindos,
trazem alegria, vitalidade. Só
temos a agradecer”, diz. Ela
ainda afirma que as visitas
que são feitas no final do ano,
podem acontecer em outras
épocas também. “Eles gostam
desse movimento, para eles é
entretenimento. Nos finais de
ano é normal haver as visitas
das escolas e os idosos ficam
bem felizes com a presença
dos alunos”, completa. Para
qualquer lugar que se olhava,
se via muitos sorrisos e ani-
maçãotantoemquemrecebia,
quantoemquemofereciaboas
energias.
a chegada do Papai Noel neste
domingo, pelo rio Araranguá,
às 19 horas. Ele realizará o
cortejo pelos bairros do mu-
nicípio, e às 21 horas, recebe
a Chave da Cidade, no Centro
Cultural. “Convidamos a to-
dos para prestigiar mais este
dia que é um dos principais
momentos do Natal Verão”,
convida o diretor municipal de
Cultura Daniel Vieira.
12 PublicidadeJornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
Calmaria
O casal João Alves e Amábile veio do Rio Grande e gostou do sossego deste período
Convidados receberam colar havaiano para comemorar a abertura da temporada 2017
Alunos fizeram várias apresentações durante o festival
O
movimento nas
praias da região
ainda é bastante
tímido. Em Arroio do Silva,
na manhã ensolarada e de
mar calmo de quarta-feira,
poucas pessoas aproveitaram
para caminhar, sentar a beira
mar ou tomar banho. Roberto
Marcon, sócio-proprietário
do Boteco da Praia, que
fica localizado em frente à
orla marítima, no Centro do
balneário, contou que na alta
temporada costuma alugar
mesas, cadeiras e guarda-
-sóis para os veranistas e
turistas, porém ainda não
está disponibilizando estes
materiais. A previsão é que
a partir do dia 20 deste mês
ele comece a trabalhar tam-
bém com os aluguéis. “O
movimento no momento está
devagar, a procura começa
mesmo é no Natal, e daí em
diante fica intenso, mas a
gente já teve uns quatro fins
de semana muito bons, deu
calor e a praia ficou cheia”,
revela.
Sargento Fernandes,
coordenador de praia da
Operação Veraneio do Corpo
de Bombeiros, em Arroio
Em clima de festa havaia-
na, no estilo bem verão, o Ca-
verá Country Park apresentou
suas novidades para a tempo-
rada 2016/2017. Imprensa e
autoridades foram recepcio-
nados na noite de quarta-feira,
pelos proprietários do parque.
Em uma área que ul-
trapassa os 220 mil metros
quadrados, o Caverá Country
Park abriga um complexo de
lazer que conta com inúme-
ras piscinas para adultos e
crianças, rampas molhadas,
Repetindo o sucesso dos
anos anteriores, o Festival
de Talentos da escola Vila
Velha II de São João do Sul
encantou a comunidade.
Buscando atrair ainda mais
pessoas, a terceira edição
do evento foi à noite, e
contou com 15 apresenta-
ções individuais e outras
15 em grupo, com direito
a alunos mostrando suas
próprias composições. “É
realizado durante todo o ano
um estudo musical e com
instrumentos, e no festival,
mostramos o resultado, que
neste ano, foi lindo”, contou
a diretora da escola, Marila-
ne Souza Lopes Colares. Um
vídeo, com um documentá-
rio desenvolvido com uma
das professoras, foi exibido
mostrando imagens e de-
poimentos de pais e alunos
da escola. “Nosso objetivo
é mostrar a importância da
Gislaine Fontoura
Arroio do Silva
Araranguá
Aline Bauer
São João do Sul
do Silva, confirma a infor-
mação do comerciante. “A
temporada iniciou no dia 24
de novembro, mas de se-
gunda a sexta o movimento
é mais fraco, esperamos que
neste fim de semana aumente
mais”, conta.
Segundo o sargento, a
circulação de pessoas na
praia aumenta próximo ao
Natal e neste fim de semana
a Operação Veraneio recebe
o reforço dos guarda-vidas
civis, que se formaram no úl-
timo dia 29. “Provavelmente
estaremos com quase todos
os postos ativados em nossa
região”, declara.
O aposentado João Al-
ves, de 68 anos, veio com a
esposaAmábile, 66, o filho e
a nora passar uma semana em
Arroio do Silva. A família é
de Marau, no Rio Grande do
Sul, e aproveitou as férias
do filho para veranear. No
domingo passado eles chega-
ram emArroio do Silva, onde
alugaram uma casa para ficar
durante uma semana. “Eu
sempre venho com a família
para cá, todo ano alugamos
uma casa aqui, este ano vie-
mos no começo de dezembro
e estou gostando, o pouco
movimento é bom, porque
nos deixa mais à vontade,
hidromassagem, playground,
correnteza do dragão, piscina
lago, chafariz, tirolesa e ainda
a única piscina com ondas
artificiais de Santa Catarina,
que forma ondas de mais de
um metro de altura.
Este ano o Caverá inves-
tiu em uma diversificada pro-
gramação de shows nacionais.
Em parceria com a X9 Produ-
ções, no dia 28 de dezembro o
show é com Wesley Safadão,
o rei do camarote. Já no dia
28 de janeiro a festa é com as
patroas. Quem desembarca na
Arena de Shows do Caverá
música para o desenvolvi-
mento integral dos alunos”,
continua a professora.
Com essa avaliação tão
positiva, o festival já se tor-
nou uma data esperada por
toda a comunidade e pelos
alunos, que estão sempre
querendo aprender mais e
mais sobre essa arte presen-
te na vida de todo mundo.
“Através da música conse-
guimos desenvolver melhor
a leitura, a concentração, a
desenvoltura na apresenta-
ção, tudo isso trabalhado nas
aulas com os estudantes”,
diz Marilane.
A professora de música
Tatiana dos Santos Faustino,
que ajudou a preparar os
alunos, se disse orgulhosa do
resultado, e acredita que esta
edição tenha sido a melhor
no quesito qualidade musi-
cal. “Neste ano o diferencial
foi a maturação. A cada ano
melhora, e neste o som dei-
xou de ser acústico. Traba-
lhamos desde o começo do
é mais tranquilo frequentar
a praia quando tem menos
gente”, avalia o senhor.
são as poderosas Maria Men-
donça e Maiara & Maraísa,
no Viva Mais Festival. Outra
novidade neste setor é o Re-
veillon na beira da lagoa. Um
lugar mágico e encantador
para celebrar a virada, com
shows e muito mais.
Outra atração é a escolha
da Garota Caverá Park Verão
2017 que terá inscrições aber-
tas a partir da próxima semana
e será realizado no dia 18 de
janeiro. Poderão concorrer
meninas com idade entre 15
a 25 anos de idade e que resi-
dem na região Sul do estado.
ano, selecionando os alunos
com uma maior facilidade,
e trabalhamos desde a afi-
nação até a postura no palco.
E o som foi muito melhor e
os alunos mais desinibidos”,
avalia.
A aluna Isadora Sofia
Pereira, que cantou e tocou
Movimento nas praias ainda é tímido
Caverá abre temporada 2017
Aprendendo com voz e violão
13Geral Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
flauta, concorda com a pro-
fessora. Para ela, depois do
seu terceiro festival, o frio na
barriga já é bem menor. “Foi
muito bom, a gente se solta,
aprende a não ter vergonha
diante das pessoas. Neste eu
não fiquei tão nervosa e isso
é muito bom”, disse.
14 PublicidadeJornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
15Segurança Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
Operação
Dinheiro e material apreendido durante a operação ontem
Funcionários e torcedores ajudaram a fechar local atingido
Policiais contam com uma academia completa no quartel
A vitrine da Loja Mat-
tric no Calçadão de Som-
brio, foi atingida por um
veículo na madrugada desta
quinta-feira.
Segundo informações,
por volta das duas horas
um motorista que estava
no local onde aconteceu a
comemoração dos gremistas
pela conquista da Copa Bra-
sil, acelerou sua camionete
Blazer de placas CQI 4146
e acabou entrando porta
a dentro da loja. A batida
destruiu vidros, manequins,
decoração natalina e atingiu
vários produtos. Os torce-
dores do Grêmio que ainda
estavam na rua fizeram uma
corrente humana na área que
ficou aberta na loja evitando
que alguém pudesse entrar
para furtar. Eles perma-
neceram de guardas até a
chegada da polícia. Também
foi comunicado o proprie-
tário Antônio Matos, que
chamou alguns funcionários
para ajudar na limpeza e nas
É aguardada para hoje a
manifestação do Ministério
Público Estadual sobre o
Caso Ivonete. Em fevereiro de
2012, Ivonete Mezari Genuí-
no, de 25 anos, foi assassinada
a tiros em Araranguá. O caso
começou a ser investigado
pelo delegado Jorge Giraldi,
que depois foi afastado e
substituído por um delegado
de fora da região. Porém, o
crime nunca foi esclarecido.
Por volta de 16 horas
desta quinta-feira, um su-
permercado situado em Bal-
neário Morro dos Conventos
foi alvo da ação de bandidos
armados. De acordo com
informações repassadas à
Polícia Militar, dois homens,
em uma motocicletaYamaha
Crypton, de cor verde, um
deles armado, chegaram no
O policial precisa estar
sempre preparado para as
mais diversas ações que
exigem um bom condicio-
namento físico. Para ajudar
nesta tarefa, a 2ª Cia da
Polícia Militar de Sombrio
investiu com ajuda de par-
ceiros na construção de uma
academia particular para o
seu efetivo.
Os interessados têm a
disposição uma sala ampla
e equipada com todos os
aparelhos de ponta para
treinamento físico.
O comandante da PM,
capitão Luiz Paulo Fernan-
des, diz que o espaço era um
sonho dos policiais, por isso
todos abraçaram a ideia na
hora de colocá-la em prática.
A estrutura foi organizada
com apoio de empresários
sombrienses e da direção do
Presídio Regional deAraran-
guá, que cedeu um detento
que trabalhou em troca de
A
Polícia Civil,
através da Di-
retoria Estadual
de Investigações Criminais
Sombrio
Araranguá
Gislaine Fontoura
Araranguá
Sombrio
Região
providências necessárias
para fechar a parte atingida
com compensados.
Segundo testemunhas,
o motorista estava muito
alterado, tentou agredir o
segurança da loja e após
Ivonete tinha uma filha
com Giraldi e o delegado foi
acusado de ser o mandante do
homicídio por um homem que
tinha um relacionamento com
a mulher. O delegado entrou
na justiça contra o homem que
o acusava e ganhou direito a
indenização.
Na semana passada, Gi-
raldi foi levado a depor e
soube-se que o processo está
tramitando na 4ª Promotoria
de Justiça da Comarca de
Araranguá, em sigilo.
estabelecimento e anuncia-
ram o assalto.
Os marginais tomaram o
celular da proprietária, segui-
ram em direção à Araranguá
e na estrada do CTG, fugiram
paraArroio do Silva. Rondas
foram feitas, com o intuito
de localizar os criminosos
e a PM chegou a avistar a
moto com os suspeitos, em
Arroio do Silva, porém eles
conseguiram escapar.
Mais tarde, por volta
redução da pena.
Segundo o capitão, a
academia conta com poli-
ciais formados em educação
física que fazem o acompa-
nhamento dos exercícios fei-
tos pelos colegas. O ambiente
também tem um tatame para
(Deic), com apoio do Mi-
nistério Público, deflagrou
nesta quinta-feira, a opera-
ção Castelo de Cartas. Os
policiais foram as ruas para
o cumprimento de 19 man-
a confusão pegou seu car-
ro e fugiu. No lamentável
episódio ninguém ficou
ferido. Foi feito um boletim
de ocorrência onde será
cobrado do responsável o
prejuízo.
das 18 horas, os militares
prenderam um homem de
32 anos, com um mandado
de prisão ativo da Comarca
de Araranguá, pelo crime de
roubo. Ele estava na avenida
Sete de Setembro, próximo
ao Colégio Murialdo, no
Centro deAraranguá, quando
foi abordado pelos policiais
que em consulta ao sistema,
verificaram tratar-se de um
foragido. O preso foi levado
para a Central de Polícia.
o treino de artes marciais.
No dia da reportagem,
os policiais De Lima e Lem-
mertz estavam gastando
energia na academia em seu
horário de folga, para que na
hora trabalho o condiciona-
mento esteja em dia.
dados de busca e apreensão,
nove prisões temporárias e
cinco conduções coerciti-
vas. Além dessas medidas,
foi decretado ainda o blo-
queio de ativos financeiros
de 13 pessoas físicas e ju-
rídicas e o sequestro de 22
veículos.
A operação apura o cri-
me de lavagem de dinheiro
praticado por organização
criminosa especializada
na exploração do jogo do
bicho. Também estão sendo
apurados os crimes de cor-
rupção ativa, corrupção pas-
siva e tráfico de influência,
praticados pela organização
criminosa em conluio com
agentes públicos.
As diligências estão
sendo realizadas em seis
cidades catarinenses, sendo
elas: Araranguá, Balneário
Arroio do Silva, Balneário
Rincão, Tubarão, Criciúma
e Gravatal e contam com o
apoio da 1ª Delegacia de
Polícia de Araranguá. Os
mandados foram emitidos
pela Comarca deAraranguá.
Detalhes desta opera-
ção serão fornecidos, ex-
clusivamente, em entrevista
coletiva marcada para às
10 horas desta sexta-feira,
no auditório da Deic, na
Capital.
Castelo de Cartas pega ‘bicheiros’
Vitrine é destruída por veículo
Expectativa no Caso Ivonete
Dupla rouba celular em mercado
PM conta com academia própria
16 Publicações LegaisJornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
TOMADA DE PREÇO Nº 10/16
PROCESSO LICITATÓRIO Nº 33/16
HOMOLOGAÇÃO: 02/12/16
CONTRATADO: ENGETOM CONSTRUCAO CIVIL LTDA
CONTRATANTE: SERVICO AUT. MUN. DE AGUA E ESGOTO DE
ARARANGUA
OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de
empresa do ramo para execução de Escritório, Sala dos Químicos,
Casa de Bombas, Base em concreto armado para Tanque e Estação
Compacta Removível, Substação, para nova Estação de Tratamento
de Água - ETA-I, com vazão de 250m³/h, a obra deverá ser executada
localidade de Balneário Morro dos Conventos, desta cidade.
VALOR DA DESPESA: R$ 429.332,08 (quatrocentos e vinte e nove
mil trezentos e trinta e dois reais e oito centavos)
DATA: 08/12/16 - EVERSON CASAGRANDE - Diretor Geral.
-----------------------------------------------------------------------------------------------
TOMADA DE PREÇO Nº 10/16
PROCESSO LICITATÓRIO Nº 33/16
HOMOLOGAÇÃO: 02/12/16
CONTRATADO: ENGETOM CONSTRUCAO CIVIL LTDA
CONTRATANTE: SERVICO AUT. MUN. DE AGUA E ESGOTO DE
ARARANGUA
OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de
empresa do ramo para execução de Escritório, Sala dos Químicos,
Casa de Bombas, Base em concreto armado para Tanque e Estação
Compacta Removível, Substação, para nova Estação de Tratamento
de Água - ETA-I, com vazão de 250m³/h, a obra deverá ser executada
localidade de Balneário Morro dos Conventos, desta cidade.
VALOR DA DESPESA: R$ 429.332,08 (quatrocentos e vinte e nove
mil trezentos e trinta e dois reais e oito centavos)
DATA: 08/12/16 - EVERSON CASAGRANDE - Diretor Geral.
-----------------------------------------------------------------------------------------------
EDITAL DE INTIMAÇÃO
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta
Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000,
atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL
virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três)
dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar
conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de
que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto.
PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ
Prot: 152745; Devedor(es): AZILA SANTOS DE SOUZA - 584.004.439-34, End: Rua Mario Sant’Helena,
287, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO
DE SOMBRIO; Tit: 162-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida
Ativa; Val: R$ 685,11 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$
1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152878; Devedor(es): CATRINE MARCELINO DA ROSA - 069.345.709-01, End: Av. Quintino
Manoel Domingos, 488, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS;
Sac: FOX CALCADOS; Tit: 45158 ; Apr: FCDL; VEN: 12/09/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil
por Indicação; Val: R$ 261,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152877; Devedor(es): CATRINE MARCELINO DA ROSA - 069.345.709-01, End: Av. Quintino
Manoel Domingos, 488, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS;
Sac: FOX CALCADOS; Tit: 43698 ; Apr: FCDL; VEN: 02/09/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil
por Indicação; Val: R$ 112,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152918; Devedor(es): CLAUDIO LUIZ MACIEL- 950.184.250-91, End: Rua W3, 60, Balneario Gaivota;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 50051 ;Apr:
FCDL; VEN: 10/02/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 445,00 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 77,98. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$
46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98.
Prot: 152917; Devedor(es): CLAUDIO LUIZ MACIEL- 950.184.250-91, End: Rua w3, 60, Balneario Gaivota;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 48363 ;Apr:
FCDL; VEN: 12/02/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 329,00 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 77,98. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$
46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98.
Prot: 152875; Devedor(es): ELIZANIA SILVEIRA MATEUS - 090.679.179-07, End: Rua André Alves da
Silva Sobrinho, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: JOIA RARA COMERCIO DE
JOIAS LTDA; Sac: JOIA RARA COMERCIO DE JOIAS LTDA; Tit: 02 ; Apr: FCDL; VEN: 25/10/2016; Esp:
Nota Promissória; Val: R$ 480,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152694; Devedor(es): GELSON ALEXANDRE DE PAULA NECKEL - 887.006.400-00, End:
Rua Mampituba, 685, Balneário Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FLAT
EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS EIRELI; Sac: FLAT EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS EIRELI;
Tit: 7248 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 10/11/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil
por Indicação; Val: R$ 550,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152843; Devedor(es): JUAREZ VIEIRA CANDIDO - 568.069.309-72, End: Rua Maximo Rodrigues
da Silva, 681, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac:
MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 225-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão
de DívidaAtiva; Val: R$ 1.781,74 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152848; Devedor(es): JUCILEIA VIEIRA ANACLETO - 809.168.219-00, End: Rua Pedro João
Godinho, 788, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac:
MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 234-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão
de Dívida Ativa; Val: R$ 497,43 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152862; Devedor(es): MARIA DE FATIMA CAETANO BORBA - 016.011.389-03, End: Av. Nereu
Ramos, 1888, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac:
MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 266-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão
de DívidaAtiva; Val: R$ 2.057,83 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152873; Devedor(es): NICOLE MACHADO - 041.811.309-24, End: Rua Padre João Reitz, 56, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 23464 ; Apr:
FCDL; VEN: 22/05/2013; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 274,00 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$
30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152816; Devedor(es): SANTINAMAGNUS DASILVA- 795.807.429-87, End: RuaAndréAlves da Silva
Sobrinho, 1129, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac:
MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 209-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão
de Dívida Ativa; Val: R$ 996,57 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo
R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total
Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152855; Devedor(es): SOLANGE DOS SANTOS CAETANO - 918.400.239-53, End: Via Lat. da Br
101 Francisco Possamai, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE
SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 249-2016 ;Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA;
Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.363,93 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 61,03. Apontamento
R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 16,03 - Digitalização
R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 61,03.
Prot: 152868; Devedor(es): TREICIANE FERNANDACANABARRO SEJANES - 078.831.599-41, End: Rua
das Orquideas, 36, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX
CALCADOS; Tit: 38090 ;Apr: FCDL; VEN: 21/11/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val:
R$ 132,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição
R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152867; Devedor(es): TREICIANE FERNANDACANABARRO SEJANES - 078.831.599-41, End: Rua
das Orquideas, 36, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX
CALCADOS; Tit: 38986 ;Apr: FCDL; VEN: 03/11/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val:
R$ 227,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição
R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152905; Devedor(es): VIVIANE DE SOUZA - 004.307.609-22, End: Rua Luiz Coelho, 198, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 35257 ; Apr:
FCDL; VEN: 11/07/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 200,00 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$
30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152906; Devedor(es): VIVIANE DE SOUZA - 004.307.609-22, End: Rua Luiz Coelho, 198, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 34610 ; Apr:
FCDL; VEN: 10/07/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 176,00 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$
30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152907; Devedor(es): VIVIANE DE SOUZA - 004.307.609-22, End: Rua Luiz Coelho, 198, Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 34566 ; Apr:
FCDL; VEN: 08/06/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 49,00 + Juros Legais
(1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$
30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Prot: 152889; Devedor(es): WILLIAN DE BITENCOURT DIAS - 098.650.819-54, End: Rua Santos Coelho,
S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: RAC - REPRESENTACAO ASSESSORIA
E COBRANCA LTD; Sac: RJ BENEFICIOS ORTOPED; Tit: 1074-13 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA;
VEN: 30/11/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 333,00 + Juros Legais (1%
a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00
- Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86.
Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 09/12/2016.
Sombrio - SC, 09/12/2016
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
17Publicidade Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
09-10-16-22-55CONCURSO
4.253
QUINA 08/12
03-15-17-33-42-47
23-25-26-28-38-40 CONCURSO
1.579
DUPLA SENA
08/12
U
ma noite para
ficar para a
eternidade. Um
7 de dezembro para cruzar
gerações como o primeiro
título do Grêmio na Arena.
Cinquenta e cinco mil vozes
juntas que estavam engas-
gadas há 15 anos e embala-
ram o pentacampeonato da
Porto Alegre Copa do Brasil, conquistado
com o empate em 1 a 1 dian-
te do Atlético-MG na noite
de quarta-feira. O resultado,
somado à vitória do time
de Renato Portaluppi por
3 a 1 no confronto de ida,
foi suficiente para tornar o
clube gaúcho como o maior
vitorioso da competição e
recuperar o apelido ador-
mecido de "Rei de Copas"..
Tamanha a dimensão da
partida, Grêmio x Atlético-
-MG bem que poderia ser
um capítulo à parte no fu-
tebol brasileiro. Ou poderia
virar filme hollywoodiano,
com direito a cenas de ação
– e até golpes –, choro e
homenagens. Ou seja, um
duelo que transbordou emo-
ção do início ao fim.
Pois o confronto, com
suas inúmeras particularida-
des, é relatado abaixo pelo
GloboEsporte.com, com
visão privilegiada da beira
de campo. Uma partida
para marcar mais uma vez o
espírito do clube, que tanto
se orgulha por ser imortal.
Homenagem
Assim que os joga-
dores de Grêmio e Galo
ingressaram no gramado
da Arena, já deram mostras
de que seria uma partida
carregada de emoção. Ins-
tantes antes de a bola rolar,
reuniram-se em círculo no
gramado para um minuto
de silêncio, em bela ho-
menagem à Chapecoense,
pela tragédia que vitimou
71 pessoas, entre atletas,
integrantes da comissão
técnica e jornalistas.
Nas arquibancadas, o
verde da Chape se misturou
com o azul, preto e branco.
Também teve referência
para o Atlético Nacional,
clube colombiano que abriu
mão do título da Copa Sul-
-Americana, e até pedido
de casamento.
Para a eternidade: penta do Grêmio é
tomado de emoção, festa e até "UFC"
Brasileirão
Série A
19Esportes Jornal Correio do Sul
Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
D'Alessandro estenderá
a solidariedade da 3ª edição
de seu jogo beneficente, o
Lance de Craque, à maior
tragédia do futebol mundial.
O argentino pretende destinar
parte da renda da partida, a
ser realizada no próximo dia
21, no Beira-Rio, às famílias
das vítimas do acidente com
o avião da Chapecoense na
Colômbia, que deixou 71
mortos e seis feridos.
O gringo ainda planeja
que alguns convidados li-
gados ao clube catarinense
estejam em Porto Alegre
para receber homenagens ao
Verdão do Oeste. Além das
famílias, a partida irá bene-
ficiar outras três entidades:
o Instituto São Benedito,As-
pirantes de Cristo e Kinder.
– Por ser um evento be-
neficente de futebol, nos sen-
timos no dever de ajudar as
famílias das vítimas. Assim,
resolvemos incluí-las na divi-
são do que for arrecadado. É
o mínimo que podemos fazer
em um momento difícil como
Porto Alegre este – afirma D'Alessandro.
Ainda com preços pro-
mocionais, os ingressos para
a 3ª edição do Lance de Cra-
que estão à venda na Central
de Atendimento ao Sócio
Ceará parabeniza Grêmio por título,
mas descarta pressão maior no Inter
O
momento não
é bom, mas é
preciso saber
reconhecer os méritos do
rival. Enquanto busca for-
ças para superar a adversi-
dade com a possibilidade
de rebaixamento no Cam-
peonato Brasileiro, Ceará
tratou de parabenizar os
gremistas pela conquista
da Copa do Brasil.
Em entrevista na ma-
nhã desta sexta,o lateral
foi questionado sobre o
atual momento do Inter,
que precisará vencer o
Fluminense na última ro-
dada e torcer por resulta-
dos paralelos, em compa-
ração com o do rival, que
se sagrou campeão após
empatar em 1 a 1 com o
Atlético-MG, na noite de
quarta-feira. Ceará tratou
de saudar o rival, mas
garantiu que a situação
não aumenta a pressão no
Beira-Rio.
– Cada situação é di-
ferente. O Grêmio tem a
dele. Parabéns pela con-
Porto Alegre quista após 15 anos, mas
temos nossa realidade.
Estamos vivendo de uma
forma bem difícil, nos
mobilizando independente
deste fato. Buscaremos
dar o nosso melhor – afir-
mou o lateral.
Os últimos meses
têm sido de aflição para
o lateral-direito. Repa-
triado junto ao Coritiba,
não conseguiu ainda ga-
rantir o time pelo qual se
consagrou como campeão
mundial na elite do fu-
tebol brasileiro. Ceará
admite que vive situação
delicada com o momento,
mas aposta na reconquis-
tas dos grandes títulos
em breve:
– Como colorado, se
a situação for adversa,
sofrerei muito, como já
tenho sofrido. Indepen-
dente do momento, o
Inter é grande e voltará
a conquistar títulos in-
ternacionais e nacionais.
O Inter enfrenta o
Fluminense às 17h de
domingo, no Giulite Cou-
tinho, no Rio de Janeiro.
D'Ale doará parte de renda de jogo
beneficente a famílias da Chape
O time tem obrigação de
vencer para escapar do
primeiro rebaixamento
de sua história. A equipe
ocupa a atual 17ª colo-
cação na tabela, com 42
pontos. Tem dois a menos
que o Sport, 16º colocado,
e três a menos que o Vi-
tória, 15º.
O Colorado garante
a permanência com vitó-
ria sobre o Flu e empate
entre os pernambucanos
e o Figueirense, na Ilha
do Retiro – os dois times
teriam a mesma pontua-
ção, mas o Colorado leva
vantagem no saldo. Para
rebaixar o Vitória, os co-
mandados de Lisca têm
de vencer, contar com um
revés dos baianos con-
tra o Palmeiras e ainda
livrar uma diferença de
seis gols no saldo.
do Beira-Rio de segunda a
sábado, ou pelo site www.
lancedecraque.com. As ca-
deiras nos anéis inferior e
superior custam R$ 20 e as
cadeiras VIP, R$ 50.
SEXTA-FEIRA,SÁBADO E DOMINGO, 9, 10 E 11 DE DEZEMBRO DE 2016

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal digital   16 de janeiro de 2017Jornal digital   16 de janeiro de 2017
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 01-18
Jornal digital 29 01-18Jornal digital 29 01-18
Jornal digital 29 01-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal digital 4876_ter_15032016Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 01-18
Jornal digital 10 01-18Jornal digital 10 01-18
Jornal digital 10 01-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4898_sex_15042016
Jornal digital 4898_sex_15042016Jornal digital 4898_sex_15042016
Jornal digital 4898_sex_15042016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5036_ter_01112016
Jornal digital 5036_ter_01112016Jornal digital 5036_ter_01112016
Jornal digital 5036_ter_01112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4992 seg_29082016
Jornal digital 4992 seg_29082016Jornal digital 4992 seg_29082016
Jornal digital 4992 seg_29082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04-04-17
Jornal digital 04-04-17Jornal digital 04-04-17
Jornal digital 04-04-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17
 
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
Jornal digital   16 de janeiro de 2017Jornal digital   16 de janeiro de 2017
Jornal digital 16 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
 
Jornal digital 29 01-18
Jornal digital 29 01-18Jornal digital 29 01-18
Jornal digital 29 01-18
 
Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17
 
Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18Jornal digital 19 06-18
Jornal digital 19 06-18
 
Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal digital 4876_ter_15032016Jornal digital 4876_ter_15032016
Jornal digital 4876_ter_15032016
 
Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016
 
Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016Jornal digital 4872_qua_09032016
Jornal digital 4872_qua_09032016
 
Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016
 
Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016Jornal digital 4961_sex_15072016
Jornal digital 4961_sex_15072016
 
Jornal digital 10 01-18
Jornal digital 10 01-18Jornal digital 10 01-18
Jornal digital 10 01-18
 
Jornal digital 4898_sex_15042016
Jornal digital 4898_sex_15042016Jornal digital 4898_sex_15042016
Jornal digital 4898_sex_15042016
 
Jornal digital 5036_ter_01112016
Jornal digital 5036_ter_01112016Jornal digital 5036_ter_01112016
Jornal digital 5036_ter_01112016
 
Jornal digital 4992 seg_29082016
Jornal digital 4992 seg_29082016Jornal digital 4992 seg_29082016
Jornal digital 4992 seg_29082016
 
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
 
Jornal digital 04-04-17
Jornal digital 04-04-17Jornal digital 04-04-17
Jornal digital 04-04-17
 
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016
 

Destaque

Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal digital 5057 seg_05122016Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal Correio do Sul
 
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal digital 5062 seg_12122016Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5055 qui_01122016
Jornal digital 5055 qui_01122016Jornal digital 5055 qui_01122016
Jornal digital 5055 qui_01122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal digital 5063 ter_13122016Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal digital 5058 ter_06122016Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal digital 5054 qua_30112016Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal Correio do Sul
 
Guia de Compras 14-12-16
Guia de Compras 14-12-16Guia de Compras 14-12-16
Guia de Compras 14-12-16
Jornal Correio do Sul
 
Classificado 8 pag (4 e 5 color)
Classificado 8 pag (4 e 5 color)Classificado 8 pag (4 e 5 color)
Classificado 8 pag (4 e 5 color)
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5056 sex_02122016
Jornal digital 5056 sex_02122016Jornal digital 5056 sex_02122016
Jornal digital 5056 sex_02122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5057 qua_07122016
Jornal digital 5057 qua_07122016Jornal digital 5057 qua_07122016
Jornal digital 5057 qua_07122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 12-16
Jornal digital 16 12-16Jornal digital 16 12-16
Jornal digital 16 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Sintonia da Saúde 16-12-16
Sintonia da Saúde 16-12-16Sintonia da Saúde 16-12-16
Sintonia da Saúde 16-12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal Digital 15 12-16
Jornal Digital 15 12-16Jornal Digital 15 12-16
Jornal Digital 15 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 12-16
Jornal digital 19 12-16Jornal digital 19 12-16
Jornal digital 19 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14-12-16
Jornal digital 14-12-16Jornal digital 14-12-16
Jornal digital 14-12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5 de janeiro de 2017
Jornal digital   5 de janeiro de 2017Jornal digital   5 de janeiro de 2017
Jornal digital 5 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5051_sex_25112016
Jornal digital 5051_sex_25112016Jornal digital 5051_sex_25112016
Jornal digital 5051_sex_25112016
Jornal Correio do Sul
 

Destaque (20)

Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal digital 5057 seg_05122016Jornal digital 5057 seg_05122016
Jornal digital 5057 seg_05122016
 
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
Sintonia 08 pag (1, 4, 5 e 8 color)
 
Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal digital 5062 seg_12122016Jornal digital 5062 seg_12122016
Jornal digital 5062 seg_12122016
 
Jornal digital 5055 qui_01122016
Jornal digital 5055 qui_01122016Jornal digital 5055 qui_01122016
Jornal digital 5055 qui_01122016
 
Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal digital 5063 ter_13122016Jornal digital 5063 ter_13122016
Jornal digital 5063 ter_13122016
 
Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal digital 5058 ter_06122016Jornal digital 5058 ter_06122016
Jornal digital 5058 ter_06122016
 
Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal digital 5054 qua_30112016Jornal digital 5054 qua_30112016
Jornal digital 5054 qua_30112016
 
Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016
 
Guia de Compras 14-12-16
Guia de Compras 14-12-16Guia de Compras 14-12-16
Guia de Compras 14-12-16
 
Classificado 8 pag (4 e 5 color)
Classificado 8 pag (4 e 5 color)Classificado 8 pag (4 e 5 color)
Classificado 8 pag (4 e 5 color)
 
Jornal digital 5056 sex_02122016
Jornal digital 5056 sex_02122016Jornal digital 5056 sex_02122016
Jornal digital 5056 sex_02122016
 
Jornal digital 5057 qua_07122016
Jornal digital 5057 qua_07122016Jornal digital 5057 qua_07122016
Jornal digital 5057 qua_07122016
 
Jornal digital 16 12-16
Jornal digital 16 12-16Jornal digital 16 12-16
Jornal digital 16 12-16
 
Sintonia da Saúde 16-12-16
Sintonia da Saúde 16-12-16Sintonia da Saúde 16-12-16
Sintonia da Saúde 16-12-16
 
Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16
 
Jornal Digital 15 12-16
Jornal Digital 15 12-16Jornal Digital 15 12-16
Jornal Digital 15 12-16
 
Jornal digital 19 12-16
Jornal digital 19 12-16Jornal digital 19 12-16
Jornal digital 19 12-16
 
Jornal digital 14-12-16
Jornal digital 14-12-16Jornal digital 14-12-16
Jornal digital 14-12-16
 
Jornal digital 5 de janeiro de 2017
Jornal digital   5 de janeiro de 2017Jornal digital   5 de janeiro de 2017
Jornal digital 5 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 5051_sex_25112016
Jornal digital 5051_sex_25112016Jornal digital 5051_sex_25112016
Jornal digital 5051_sex_25112016
 

Semelhante a Jornal digital 5061 sex_09122016

Jornal digital 5041_qua_09112016
Jornal digital 5041_qua_09112016Jornal digital 5041_qua_09112016
Jornal digital 5041_qua_09112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 10-17
Jornal digital 06 10-17Jornal digital 06 10-17
Jornal digital 06 10-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 07 09-17
Jornal digital 07 09-17Jornal digital 07 09-17
Jornal digital 07 09-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5050_qui_24112016
Jornal digital 5050_qui_24112016Jornal digital 5050_qui_24112016
Jornal digital 5050_qui_24112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal digital 5030_seg_24102016Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal digital 4931_sex_03062016Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 12-17
Jornal digital 21 12-17Jornal digital 21 12-17
Jornal digital 21 12-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal digital 5040_ter_08112016Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 31 de janeiro de 2017
Jornal digital   31 de janeiro de 2017Jornal digital   31 de janeiro de 2017
Jornal digital 31 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05-12-17
Jornal digital 05-12-17Jornal digital 05-12-17
Jornal digital 05-12-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal digital 4890_ter_05042016Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 07 06-17
Jornal digital 07 06-17Jornal digital 07 06-17
Jornal digital 07 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 03-17
Jornal digital 05 03-17Jornal digital 05 03-17
Jornal digital 05 03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17
Jornal Correio do Sul
 

Semelhante a Jornal digital 5061 sex_09122016 (20)

Jornal digital 5041_qua_09112016
Jornal digital 5041_qua_09112016Jornal digital 5041_qua_09112016
Jornal digital 5041_qua_09112016
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
 
Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17
 
Jornal digital 06 10-17
Jornal digital 06 10-17Jornal digital 06 10-17
Jornal digital 06 10-17
 
Jornal digital 07 09-17
Jornal digital 07 09-17Jornal digital 07 09-17
Jornal digital 07 09-17
 
Jornal digital 5050_qui_24112016
Jornal digital 5050_qui_24112016Jornal digital 5050_qui_24112016
Jornal digital 5050_qui_24112016
 
Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal digital 5030_seg_24102016Jornal digital 5030_seg_24102016
Jornal digital 5030_seg_24102016
 
Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17
 
Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal digital 4931_sex_03062016Jornal digital 4931_sex_03062016
Jornal digital 4931_sex_03062016
 
Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17Jornal digital 09 10-17
Jornal digital 09 10-17
 
Jornal digital 21 12-17
Jornal digital 21 12-17Jornal digital 21 12-17
Jornal digital 21 12-17
 
Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal digital 5040_ter_08112016Jornal digital 5040_ter_08112016
Jornal digital 5040_ter_08112016
 
Jornal digital 31 de janeiro de 2017
Jornal digital   31 de janeiro de 2017Jornal digital   31 de janeiro de 2017
Jornal digital 31 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17Jornal digital 29 08-17
Jornal digital 29 08-17
 
Jornal digital 05-12-17
Jornal digital 05-12-17Jornal digital 05-12-17
Jornal digital 05-12-17
 
Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016
 
Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal digital 4890_ter_05042016Jornal digital 4890_ter_05042016
Jornal digital 4890_ter_05042016
 
Jornal digital 07 06-17
Jornal digital 07 06-17Jornal digital 07 06-17
Jornal digital 07 06-17
 
Jornal digital 05 03-17
Jornal digital 05 03-17Jornal digital 05 03-17
Jornal digital 05 03-17
 
Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17Jornal digital 11 10-17
Jornal digital 11 10-17
 

Mais de Jornal Correio do Sul

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
Jornal Correio do Sul
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 

Jornal digital 5061 sex_09122016

  • 1. Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.061 R$ 2,00SEXTA-FEIRA,SÁBADO E DOMINGO, 9, 10 E 11 DE DEZEMBRO DE 2016 www.grupocorreiodosul.com.br 28º 19º Pancadas de Chuva - Chuva de curta duração e pode ser acompanhada de trovoadas a qualquer hora do dia. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Sombrio Cultura e esporte ganham Centro Multiuso CABO LORO É CASSADO E FICA SEM MANDATO ALUNOS DA APAE FAZEM VISITA AO LAR DO IDOSO NATAL MOVIMENTA ECONOMIA E GERA NOVOS EMPREGOS POLÍTICA ENCONTRO RENDA Pagina 2 Pagina 11 Pagina 3 Pagina 7
  • 2. Coronéisesubmissosnocomando Prefeito eleito de São João do Sul, Moacir Teixeira (PSD), que foi apoiado de forma incondicional pelo atual prefeito João Rubens dos Santos (PMDB), diz que sua gestão deverá fazer mudanças no comando de pelo menos três, das cinco secre- tarias municipais. De acordo com ele, “tudo tem sido encaminhado de forma consensual com os partidos da coligação”. Moacir, no entanto, prefere não adiantar quais secretarias terão novos titulares. “Vamos anunciar estas e outras mudanças tudo de uma só vez, depois que encerrarmos as conversações que visam nortear a próxima gestão”, comenta o futuro prefeito.As conversações a que Moacir se refere também têm prospectado o cenário no legislativo, onde um acordo inicial prevê um rodízio de partidos no comando da Mesa Diretora. “Até o final da próxima semana deveremos ter tudo definido”, comenta Teixeira. Acertando Organizando CaboLoro Nãodá ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “O Brasil sempre foi marcado por jeitinhos. Isto é característico de nosso país, pois quase ninguém quer perder o que tem, nem mesmo aqueles que não têm nada”. Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 rolando_coelho@hotmail.com (48) 9945.6787 Florestan Fernandes (1920/1995) Sociólogo brasileiro Prefeito reeleito de Ermo, Zica Cadorin (PSD), deve concluir o projeto de demissão de todos os cargos comis- sionados e contratos do executivo na próxima semana. De acordo com ele, 70% dos quase 90 funcionários da mu- nicipalidade, nestas circunstâncias, já foram exonerados. As demissões que vêm sendo realizadas incluem os cinco secretários municipais e seus diretores diretos. “A ideia é começarmos 2017 trabalhando apenas com quem compõe o quadro de carreira da prefeitura. Só vamos chamar comissionados e con- tratados mediante estrita necessidade. Quanto mais tempo conseguirmos manter a prefeitura atuando só com os funcionários efetivos ano que vem, melhor”, ressalta Zica. No que diz res- peito aos trabalhos administrativos, o prefeito diz que o próximo ano será marcado por investimentos ligados a ampliação do sistema de abastecimen- to de água para as comunidades de interior, além de várias pavimentações asfálticas e a implantação do parque industrial do município. P arece não ter ficado dúvidas, no caso que envolveu a não saída de Renan Calheiros (PMDB/AL) do comando do Senado, que o Brasil tem patrão e empregado. Afigura do patrão está personificada no próprio Renan. Já o judiciário federal tem feito o papel de empregado, como, aliás, já havia ficado claro durante o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT). Como um rapaz pequeno, Renan disse que não sairia e não saiu, e que se danem as leis. Diga-se de passagem, as leis no Brasil são quase alegorias diante do coronelismo exercido pelos donos do poder. A maioria absoluta dos que foram condenados no Mensalão, por exemplo, já estão em casa. Passada a pressão popular, aos poucos tudo volta à estaca zero. Pressão popular, aliás, que é frouxa e tão corporativista quanto aqueles que mandam nos destinos do país.Abem da verdade, os que têm tomado às ruas de verde e amarelo pouco se interessam de fato com os destinos do Brasil.Aabsolu- ta maioria está meramente preocupada em manter seu status quo. Por sua vez, aqueles que de fato poderiam promover a pressão popular, para prover as mu- danças necessárias, preferem sair às ruas para quebrar tudo. Estes têm uma predileção por jogar pedras em vidraças de lojas e incendiar carros, como se isto fosse unir a maioria da população em torno de uma causa. Renan é meramente o representan- te de um grupo político que norteia os destinos do Brasil desde seu descobri- mento pelos portugueses. Renan já teve vários nomes. Ora se chamava Mende Sá, outra hora Dom Pedro I, depois Dom Pedro II, Floriano Peixoto, Café Filho, José Sarney e por aí vai. Mudam os ca- ciques, mas o pensamento e a conduta da aldeia principal é sempre a mesma. E se engana quem pensa que foi diferente nos governos ditos de esquerda. O PT, por exemplo, teve que comer quase 14 anos nas mãos dos chamados donos do poder. Diga-se de passagem, para se manter tanto tempo no poder, o partido teve que, literalmente, pagar caro, a ponto de depenar a Petrobrás, o BNDES e de, com isto, quebrar com a economia do país. Quis brincar de ser Deus e se transformou no diabo. Mas, se sabemos de tudo isto há tanto tempo, por que as coisas não mu- dam? Basicamente porque os chamados coxinhas, de verde e amarelo, não que- rem arriscar nada. Eles de fato querem uma revolução na política brasileira, desde que não precisem comprometer a mensalidade da escola dos filhos, tão pouco o carnê de pagamento da Sky, ou o salário da empregada doméstica. Já os mortadelas, de vermelho, também querem uma revolução na política bra- sileira, desde que ela lhes garanta tudo de graça, e com o mínimo de esforço possível. No fim das contas, coxinhas e mortadelas representam as duas faces da mesma moeda da hipocrisia nacio- nal. Eles não estão preocupados com os destinos da Nação. Estão meramente preocupados com os seus interesses pessoais. Não é à toa que coronéis e submis- sos se mantêm a tanto tempo no poder brincando de gato e rato, como num desenho animado de Tom e Jerry. En- quanto eles permanecem lá em cima, encenando seus teatros, cá embaixo estamos nós, ora torcendo por um, ora por outro, na esperança de que, por si só, as cigarras deixem de cantar e, por livre e espontânea vontade se transformem em formigas operárias. Tribunal Regional Eleitoral julgou ontem recurso do vereador reeleito Cabo Loro (PSD), que teve o registro de sua candidatura cassada pela Justiça Eleitoral da Comarca de Ara- ranguá por compra de votos. Durante a campanha deste ano o vereador deu R$ 360,00 a uma senhora, para que esta realizasse uma consulta médica. Denunciado pelo ato por terceiros, o vereador argumentou que sempre ajudou a população araranguaense, independente de questões eleitorais. A beneficiada também disse em depoimento que o vereador não lhe pediu o voto em troca do dinheiro. Se os argumentos não convenceram a justiça da Comarca, muito menos convenceram os juizes que julgaram o caso no TRE. Por sete votos a zero a cassação de Cabo Loro foi mantida. Sua única solução é recorrer ao Tribu- nal Superior Eleitoral. No próximo dia 16, no entanto, o primeiro suplente de sua coligação,Adão Vieira dos Santos, o Vidrinho (PR), deverá ser diplomado no lugar do vereador cassado. Secretário de Administração de Araranguá, Fernando Marcelino, diz não acreditar que futuro prefeito, Mariano Mazzuco Neto (PP), consiga gerir os destinos do município com apenas 80 cargos comissionados, como pretende. De acordo com o secretá- rio, hoje a prefeitura conta com 120 comissionados, “e, mesmo assim, há muita dificuldade em se dar conta de toda a demanda que existe”. Confor- me Fernando, caso haja de fato uma opção pelo corte sumários de 40 vagas comissionadas, “é muito provável que a prefeitura perca pelo menos 30% de sua capacidade de produção”. Na sua avaliação todos os atuais 120 co- missionados respondem exatamente pelas necessidades que existem na gestão municipal araranguaense. “Qualquer uma destas funções que deixe de existir acabará trazendo mais prejuízos do que economia para o município”, comenta.
  • 3. 3 Final de Ano Geral Maike considera movimento ainda fraco para este período Equipe da Lojas Fátima recebeu reforço para as festas Apresentação feita no ano passado na abertura da programação do Natal dos Canyons Papai Noel retratado no natal do ano passado no Arroio A s contratações temporárias para as vendas de Na- tal começaram, este ano, em meados de novembro, devido a Black Friday, que aconteceu no último dia 25, em prati- camente todo o comércio de Araranguá. Na Lojas Fátima, que trabalha com brinquedos, livrariaeartigosparapresentes, o número de funcionários neste períododobrou.Deacordocom a gerente Rebeca Muliterno, a loja emprega seis funcionárias normalmente e contratou mais seis para as vendas de fim de ano. A contratação deste ano foi igual a do ano passado, mas em anos interiores já foi maior, chegando a 14 funcionárias. O término do contrato ocorre no dia 24 de dezembro, porém algumas funcionárias permanecem na empresa e se tornam efetivas. “A gente costuma contratar até o dia 24 de dezembro, mas dependendo do desempenho, aproveitamos paraabsorveroprofissionalque foi contratado para o período temporário”, conta a gerente. Segundo Rebeca, as datas co- memorativasquemaisaquecem ocomérciosãooNatal,Diadas Mães, Dia dos Pais, Dia das CriançaseDiadosNamorados, O Natal dos Canyons, que já é tradição no extremo sul catarinense, começa esta semana. O prefeito de Praia Grande, Valcir Daros, em um evento no município, disse que a celebração deve ser mais simples, mas que por insistência de alguns empresários da cidade, não deixará de ser feita. “Nosso orçamento está baixo e nós Tudo pronto para a che- gada do Papai e da Mamãe Noel em Balneário Arroio do Silva. Uma programação especial será realizada nesta sexta-feira, para recepcionar os bons velhinhos. A pro- gramação acontece na Praça Central a partir das 19h e contará com várias atrações. Às 18h30mi a Fanfarra Municipal sai das proximida- des da loja Belona em direção ao Centro e em seguida have- rá apresentação dos Centros de Educação, Escola Muni- cipal Professora Jaira Vieira Borges, Cras, Associação Coral e Terno de Reis. A previsão é de que o casal Noel chegue na Praça Central às 20h para o ato Gislaine Fontoura Araranguá Praia Grande Arroio do Silva nesta ordem. Rebecarevelouqueasven- das de Natal começaram desde ofimdenovembro,comaBlack Friday, pois muitos clientes se anteciparam para comprar o presente e que o ritmo de ven- das iniciou bem em dezembro, porém ela espera que o maior movimentoaconteçaapósodia 10, quando saem os salários e após o dia 20, com a segunda parcela do 13º salário. “Nossa expectativa para as vendas é muito positiva, mesmo com todoocenárioeconômico,creio que ficaremos no mesmo pata- mar do ano passado, ou até um pouco mais elevado”, acredita. A loja Multisom trabalha normalmente com sete fun- cionários, que aumenta em dezembro, porém este ano diminuiupelametadeonúmero de contratações temporárias, se comparado a 2015. “O número decontrataçõesfoimenorqueo do ano passado, mas para com- não vamos gastar com nada, apenas reutilizando os enfei- tes e equipamentos de outros anos”, explicou. Os grandes shows estão fora da programação deste ano, mas de acordo com a primeira-dama, Ângela Da- ros, a magia natalina e a be- leza continuarão as mesmas. “A decoração buscou o lado mais religioso, mais espiri- tual, com muitos anjos. Para as crianças também será algo de recebimento da chave da cidade e o acolhimento da co- munidade. O evento encerra com a exibição das Sacadas pletaroquadrodefuncionários, contratamos dois vendedores, que ficam até o dia 24 de de- zembro, ou podem ficar mais tempo, se algum efetivo tirar férias”, conta o gerente Maike Bristot Richard. A expectativa de vendas não é muito anima- dora. “É uma expectativa dife- rente, nos outros anos a gente tinha uma venda considerável e estamos calculando que seja mais ou menos a metade da venda de 2015”, espera. Já Beth João, proprietária da Boutique La Rue, mantém o mesmoquadrodepessoal.“Não contratamos,continuamoscom nossa equipe, em virtude de todo um ano que não foi muito bom,preparamostodosdurante oanoparaoNatalenãofizemos nenhum tipo de contratação”, pondera. Mesmo assim, sua expectativa é boa, pois acredita que as pessoas estejam deixan- do as compras para os últimos dias antes do Natal. “Muitos estão aguardando, mas Natal é Nataletodomundoacabacom- prandoalgumpresente”,confia. Emtodasaslojas,ohorário fica diferenciado após o dia 10, com atendimentos à noite e nos fins de semana. Fernanda Santos da Silva de Moura, de 35 anos, iniciou na Lojas Fátima em setembro do ano passado, para trabalhar no período de Dia das Crianças e do Natal. Ela sempre traba- lhou no comércio e conquistou a vaga definitiva na empresa. “A gente quando entra, cria uma expectativa de que vai ficar, no meu caso deu certo e eu fiquei, já faz mais de um ano”, comemora. Seu segredo para trabalhar bem e conquistar aconfiançadospatrõeségostar do que se faz. Angélica Henrique Mon- teiro, 24, trabalhava em um supermercado e quando deci- diu mudar de área, conseguiu emprego temporário nas Lojas Fátima. “Entrei para o período de Natal e pretendo ficar com a muito especial. Está lindo”, garante. Na semana passada alguns motivos já estavam distribuídos pela cidade e desde quarta-feira, a praça já pode ser vista toda decorada. O VII Natal dos Canyons será lançado oficialmente na noite de sábado, com apre- sentações artísticas, concerto da Banda Municipal, partici- pação da Escola Melody de Torres e a chegada do Papai Noel. Cantantes, em que o grupo de alunos do Teatro JAC fará uma apresentação musical através das sacadas do hotel. Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 Natal aquece economia e gera emprego Natal dos Canyons começa amanhã Papai e a Mamãe Noel chegam hoje equipe”, torce. Outra funcionária que en- trou com contrato temporário e espera permanecer é Maíra Amâncio Pavei da Costa,28. Ela já trabalhou em fábrica de confecçãoetambémemcomér- cio e a contratação temporária na Fátima se deu em setembro, antes do Dia das Crianças. “Eu entrei para cobrir este período de Dia das Crianças e Natal, eles gostaram bastante do meu trabalho e me colocaram na livraria, eu me identifiquei bas- tante com a empresa e pretendo continuar por um bom tempo aqui”, planeja. Oportunidade
  • 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
  • 5. JABSON MULLER Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br (48) 9955.5313 Tem uma Scheffer na política Empresário de visão PSD regional satisfeito Queixa da estrada Q uando era menina, MariaAparecida, a Cida,lembradeveracasacheiadeho- mens discutindo política com seu pai. Depois,JoséSchefferfoieleitoprefeitodeSombrio eapartipaçãodafamílianapolíticaaumentouainda maisquandooirmão,ZéMilton,tambémfoiprefeito de Sombrio e em seguida se elegeu deputado estadual. Cida Scheffer cresceu apoiando os homens da família -tios, primos e muitos outros Scheffer sempre foram políticos - e se filiou ao mesmo partido que eles, hoje o PP. Portanto,serconvidadaparatambém ela ser candidata em Balneário Gai- vota,ondemora,eranatural,masela sempre recusou, enquanto exerceu a profissão de professora de educação física. Somente este ano, já aposen- tada, aceitou o desafio, concorreu a vereadora na Gaivota e se elegeu. “Agorasimpossomededicarinteiramenteafunção, pois política é muito importante, faz parte do dia a dia das pessoas”, explica. Desde que foi anunciado o resultado em 2 de O empresário Francisco Farias, o Kiko, inaugura neste sábado a amplia- çãodesualojademateriaisdeconstrução,emSantaRosadoSul.AMadekiko surgiu em 1985 como madeireira, conquistou a confiança do cliente e hoje é um dos maiores comércios do município, ainda sendo madaeireira, mas também agora material de construção. Como o empresário consegue aumentar seu empreendimento em meio a crise que o país atravessa? Kiko tem a resposta: não podemos ser covardes, temos reduzir custos, agradar o cliente, se adaptar ao mercado e seguir em frente. Daí uma boa lição para muita gente que fica parada só reclamando. Passado o pleito de outubro e há pouco menos de um mês para o próximo ano, a coordenadora regional do PSD (Partido Social Democrático), Gisela Steiner Scaini, avalia como positivo o resultado das eleições e projeta uma atuação promissora dos representantes do partido nos próximos anos. Ela lembra que na região daAmesc, foram eleitos pelo PSD cinco prefeitos, 4 vice-prefeitos e 22 vereadores. “Estes bons resultados são sinônimo de muito trabalho e esforço de cada liderança do partido, que em seu município demonstrou à comunidade que apresenta o melhor projeto”, disse. Gisela agradece ainda a presença constante dos deputados estaduais José Nei Ascari e Ricardo Guidi, apoiando os candidatos. Ela cita o resultado positivo em todo o Estado, onde o PSD é o segundo mais bem colo- cado, elegendo 61 prefeitos, 48 vices e 458 vereadores, para um contingente populacional de 1.442.656 pessoas. A coordenadora acredita que os próximos anos se- rão marcados pela forte atuação dos representantes dos Poderes Executivo e Legislativo eleitos. “Nosso partido é como uma grande família. Serão novos desafios a partir de 2017, mas que serão superados com o apoio mútuo, com olhar sempre voltado ao desenvolvimento das cidades e bem-estar da população”, concluiu. Moradores das comunidades que ficam às margens da estrada dechãoqueligaPraiaGrandeaJacintoMachado,comoCachoeira, estão indignados. A Agência de Desenvolvimento Regional de Araranguá no- ticiou que estava sendo feita a recuperação da estrada, porém, os moradoresdizemquesomenteumtrechofoimelhoradoumpouco. Em nota divulgada no dia 7 de novembro, a ADR afirmava que cerca de 75% da obra estava pronta, só que um mês depois, o serviço ainda não foi concluído. 10X R$ 66,90 Cartão de crédito ou R$ 669,00 à vista MOTOCOMPRESSOR MON. MOTOMIL 7,4” 1,5HP 120LBS outubro,Cidacomeçouatrabalhar.VisitouaCâmara para conversar com os funcionários e se inteirar melhor sobre o funcionamento da Casa, já levou demandasdapopulaçãoaoprefeitoreeleitoRonaldo Pereira,queédoseupartido,eelegeualgumasques- tões que devem ocupar mais o seu tempo, como o meio ambiente. Sua participação em várias discussões e ações sobre este e outros assuntos já vinha de antes da eleição. Quanto a herança política da família (o pai faleceu, porém Zé Milton é bastante conhecido em toda a região) Cida acredita que tem van- tagens e desvantagens. “Ser irmã do deputado Zé Milton me abre portas com certeza e posso contar com a estrutura dele para tentar resolver os problemas da Gaivota. A cobrança, no entanto, também é grande. As pessoas acham que sendo irmã dele tenho como conseguir as coisas”, avalia. Cida está cursando direito e em 2017 não pre- tende ocupar nenhum outro cargo além da cadeira no legislativo.
  • 6. Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br 6 GeralJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 Indústria espera recuperação em 2017 O próximo ano será difícil, mas trará o início da recuperação da economia. Para isso, no entanto, o governo tem que cumprir a agenda de reformas com a qual se comprometeu e que vem efeti- vando. A avaliação é do presidente da Federação das Indústrias (Fiesc), Glauco José Côrte, em entrevista coletiva à imprensa, ontem à tarde, na sede da entidade. Ele lembrou que este foi o terceiro ano de turbu- lência no cenário político e institucional do país, o que afetou o desem- penho da economia. E defendeu: “Investimento é o motor da economia. Sem investimento, a economia não vai reagir”. O cenário atual, ainda que não tão ruim quanto o observado no final de 2015, traz números negativos. Em comparação com o ano passado, há registro de recuo de quase 11% nas vendas da indústria, de 4,2% na produção, de 2,6% nas exportações e de quase 20% nas importações. Mesmo que todos sejam índices negativos, são melhores que os apresentados pelo Brasil, res- pectivamente em -13,1%, -7,8%, -2,9% e -021,7%. Apesar do desempe- nho muito aquém do ideal, Côrte chamou a atenção para utilização da capacidade de produção instalada da indústria catarinense, que ficou em 79,5%, contra 77,9% na média nacional. Para ele, isso mostra que o industrial catarinense faz a sua parte para superar a crise e também explica o comportamento positivo na geração de empregos, cujo saldo ficou positivo em 5,1 mil postos (entre janeiro e outubro). A entrevista completa com o presidente da Fiesc será publicada no início da próxi- ma semana nos diários da rede CNR-SC/ADI-SC/Central de Diários. Reforma rejeitada A proposta de reforma da Previdência, apresentada pelo governo federal, voltou a ser assun- to na sessão de ontem da Assembleia. O deputado Neodi Saretta (PT) rechaçou a informação que vem sendo repetida para justificar a reforma nos moldes propostos, de que há déficit. Disse que o processo não está sendo de forma transparente, mas “em tom de terrorismo”. A principal críti- ca do deputado foi quanto à exigência de trabalho por 49 anos para se ter direito à aposentadoria integral. “Com essas mu- danças estão sendo penalizados os mais pobres, os trabalhadores, aqueles que mais precisam da previdência.” Recuo Depois da pressão dos setores en- volvidos e de parlamentares, o Ministério das Cidades ampliou para final de 2018 o prazo para que o mercado se adapte às no- vas portarias que regem o programa ha- bitacional do governo federal Minha Casa Minha Vida. Uma das novas exigências é a pavimentação dos condomínios populares e a formalização das empresas para cons- truir e oferecer os imóveis. O prazo inicial era janeiro de 2017. O deputado Mauro Mariani (PMDB) foi proponente de audi- ência pública que discutiu o impactos das novas regras. Ele acredita que a amplia- ção do prazo dará fôlego para o setor. Encontro Na próxima quinta-feira (15), em Chapecó, acontecerá o Encontro das Entidades do Agronegócio com o Minis- tro da Agricultura. Estão confirmadas as participações, em palestra e debate, do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, do presidente da Federação das Indústrias (Fiesc), Glauco José Côrte, do governador Raimundo Colombo e do ministro Blairo Maggi. Informações pelo 0800 48 1212 Alerta continua A página da Defesa Civil estadual na internet mantém para hoje o alerta de descargas elétricas e pan- cadas de chuva, com volumes acumulados que podem chegar a 50mm, em média. A atenção deve ser redobrada nas regiões Oeste, Meio Oeste, Planalto Norte e Lito- ral Norte. Nas demais áreas do estado a chuva será menos intensa. Acompanhe a situação em www.defesacivil.sc.gov.br Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br 09/Dez/2016 Avaliação positiva Ainda faltam algumas sessões para o encerramento do ano Legislativo, mas o presidente do Poder, deputado Gelson Merisio (PSD), já comemora os resultados. “Pela primeira vez na história, um Legislativo estadual au- menta o gasto mínimo obrigatório com a área da Saú- de. Santa Catarina passará a aplicar, ao invés dos atuais 12%, um mínimo de 15% de toda a arrecadação do Esta- do com impostos em um processo gradual até 2019, mas que já tem efeitos no ano que vem”, destacou como feito mais importante de um ano marcado por grandes dificuldades no país. E acres- centou: “Em 2016, tivemos a oportunidade de votar projetos decisivos: aprova- mos a PEC da Saúde e criamos o Fundo de Apoio aos Hospitais Filantrópicos. A Assembleia também deu um exemplo contrário ao do cenário nacional. Após um grande esforço de economia e corte de gastos, reduzimos nossa parte no bolo de arrecadação e aumentamos as fatias do Ministério Público e do Tribunal de Justiça, instituições essenciais para o combate à corrupção no nosso estado”. Sobre o próximo período, o tom foi otimista. “Temos feito nossa parte para tor- nar 2017 um ano mais leve, em que Santa Catarina possa voltar a crescer mesmo diante de todas as dificuldades que vivenciamos todos os dias nos noticiários.” AgênciaAL
  • 7. Mais Espaço Prefeito Zênio e a secretária de Saúde Gislaine Cunha se cercaram de crianças durante a inauguração do novo espaço Sandro Maciel (em pé) e o promotor Gabriel assinam ato que institui a lista única de vagas Zênio e Fernando mostram tocha municipal feita por aluno A quinta-feira foi especial para a cultura e o es- porte de Sombrio, com a inauguração do primeiro Centro Multiuso do municí- pio e a premiação do Festival de Desenho Olímpico, que deu à cidade uma Tocha Olímpica exclusiva para seus eventos esportivos com acendimento de pira. O Centro Multiuso foi inaugurado com o tablado e o palco móvel instalados, mas em breve devem ser retirados para a colocação de traves de futebol, hastes para rede de vôlei e cestas de basquete, nos três espaços disponíveis para prática esportiva. O local disponibiliza também, para a cultura, amplo espaço de exposições, shows e de- mais ações do setor. “E é só o começo. São mais de R$ 500 mil investi- dos com recursos do deputa- do federal Ronaldo Benedet que já garantiu mais verbas para projetarmos aqui ar- quibancada e o fechamento do restante da cobertura e deixar bem completo. Tam- bém traremos novidades para o skate. O espaço vai ficar completo, como o som- briense merece”, disse o prefeito Zênio Cardoso em seu discurso. A nova Tocha de Som- brio agora tem história. O Festival de Desenho Olímpi- co premiou nove estudantes Em encontro entre o pre- feito Sandro Roberto Maciel e o promotor público Gabriel Ricardo Zanon Meyer, foi assinada uma resolução apro- vadapeloConselhoMunicipal de Educação de Araranguá. O documento trata da centraliza- ção do processo de matrícula e distribuição de vagas e os critérios de priorização de atendimento para inclusão de crianças de 0 a 5 anos em turmas de berçário, mater- nal, jardim e pré-escola dos Centros de Educação Infantil do município. Com isso, a Secretaria Municipal de Edu- cação, passa obrigatoriamente a disponibilizar no site oficial da prefeitura e no mural da Secretaria, uma lista única, com o cadastro de reserva de vagas em Centros de Educa- ção Infantil (CEIs). O prefeito acredita ser possível agora ter um diag- nóstico melhor das vagas em Sombrio Araranguá Tocha que fizeram os melhores desenhos de um símbolo que em seus traços tivessem natureza, cultura, história e as principais características do município. Realizado no primei- ro semestre de 2016 para envolver os alunos com a passagem da Tocha Olímpi- ca por Sombrio, o concurso surpreendeu e resultou numa Tocha que arrancou aplau- sos quando revelada pelo creches municipais. “Desde o início do nosso mandato trabalhamos para ampliar o acesso aos CEIs e buscamos recursos para a construção de novas creches. Hoje há duas em construção que vão diminuir a espera das família. Esta lista, além de nos auxiliar na demanda de momento, também tira a falsa sensação de que o município tinha 400 ou 500 crianças fora das creches”, diz. A primeira lista divulgada no último dia 1º, conta com aproximadamente 50 nomes à espera de vagas. A cada 15 dias o documento será atualizado. Opromotorquerespondia pela Vara da Infância e Juven- tude e agora passa atuar na Vara Criminal elogiou a pro- posta de lista única da qual ele foiintermediador.“Oprocesso de matrícula passa a ser mais transparente, justo e dá um pa- norama mais próximo da real demanda. A partir de agora a ordemteráqueserobedecidae cabe aos conselhos cobrarem e fiscalizarem pela eficácia da Lista assim como os critérios de priorização de atendimen- to”, destaca Meyer. O ato de assinatura foi realizado no fim da tarde de Sombrio ganha Centro Multiuso Prefeito e promotor selam lista única 7Geral Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 prefeito. A obra de arte, mate- rializada pelo artista Renê, foi desenhada pelo aluno da escola estadual Macário Borba (Escola Jovem), Ha- lander Cardoso de Oliveira, vencedor de sua categoria e da categoria geral. O concur- so era dividido em categoria A com alunos do 1º ao 4º ano; B, com alunos do 5º ao 9º ano, e C, com alunos do ensino médio. Os três melhores receberam troféu, assim como a escola que re- presentam. Os eleitos de cada categoria foram classificados para a Geral, e o campeão teve a Tocha confeccionada e ainda ganhou um quadro com seu desenho. “Agora encaminharemos à Câmara o projeto de lei para que ela se torne obrigatória nos eventos esportivos da cidade. Essa Tocha ficou lin- da. Tanto o Halander quanto o Renê estão de parabéns e nós estamos orgulhosos pela participação e pelo envol- vimento de nossos alunos e escolas”, concluiu Zênio Cardoso. A tocha tem os seguin- tes desenhos, de baixo para cima: penas, faixa amare- la, tijolos, faixa vermelha, engrenagem, faixa verde, espaço branco e faixa azul com linhas onduladas. As penas representam os índios Xokteng e Carijós, primeiros habitantes do município. A faixa azul simboliza as águas da Lagoa de Sombrio, os rios e a Pesca. Foi pelo rio que chegou o primeiro morador não índio, João José Guima- rães. As linhas onduladas lembram os morros e as Furnas, marcas da natureza sombriense, enquanto a fai- xa prata, em forma de uma engrenagem representa os engenhos que produzem fari- nha de mandioca e polvilho. A faixa vermelha remete ao barro utilizado nas cerâmicas para a produção de telhas, ti- jolos e utensílios domésticos decorativos, também repre- sentada na construção civil com o desenho dos tijolos. A cor amarela representa a economia e a riqueza, as quais estão na natureza e na força de trabalho do povo sombriense. Por fim, as três faixas juntas têm as cores da ban- deira de Sombrio. quarta-feira, acompanhado por conselheiros tutelares, conselheiros municipais de Educação, da secretária de Educação Valdina Darós de Luca, e da diretora do Ensino Infantil da Secretaria, Patrícia Farias. Para ter acesso à Lista Única, basta acesar o site do município (www.ararangua. sc.gov.br, link Portal do Ci- dadão) ou ainda conferir no mural da Secretaria Municipal de Educação.
  • 8. J uliaconvenceWagneracon- tar o que sabe para Mario. OscapangasdeJoãoAmaro tentam cercar Wagner. Cauã en- sina Nuno a ler e escrever. Tiago reclama de Yumi e Dora percebe ocomportamentodomarido.Qui- rino pede Chica em casamento. César se enfurece ao descobrir queWagnerfugiuemandaJoãoAmarodenunciarMarioàPolícia. JoãoAmaro faz uma denúncia anônima acusando Mario e avisa onde a arma do crime está escondida. Mesquita questiona Ralf sobre o possível envolvimento de Mario na morte de Massao. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas J úlia fica constrangida com o questionamento de Diana. Gui pede que Nanda encontre o ator que ele reconheceu na revista. Laila se insinua para Gordo e pede que ele grave seu CD. Marisa tenta se aproveitar de Nicolau. Gui pede a Lázaro o contato do suposto empresário que foi com ele ao restau- rante em Vargem Grande.Alex procura Vanda. Júlia inicia a coreografia da banda montada por Gui. Léo termina a música que escreveu para Diana. P edro e Helô se amam. Letícia enfrenta Tião. Bruno apresenta Jéssica para Zuza, que não simpatiza com a menina. Ciro e Beth saem para dançar e Magnólia se incomoda. Tião recebe uma intimação da Delegacia de Mulheres. Camila vê Ciro sair do quarto de Magnólia e conta para Pedro. Magnólia furta dinheiro do cofre na casa de Silvia. Beth afirma a Vitória que ela é uma ameaça para a campanha deAugusto. Fausto se desespera quando Pedro diz que seguirá Magnólia. Sol Nascente -18h A Lei do Amor -21h Rock Story -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Um pouco de ansiedade ocorrerá neste período, deve procurar agir com calma. O Sol poderá ser um grande aliado para você assumir uma atitude menos incisiva. Vênus é quem pode tentar desper- tar seu lado impulsivo. Sua admiração pelo belo lhe renderá algumas di- ficuldades de adaptação. Mercúrio ajudará você a realizar seus planos. Porém Marte acenderá a sua teimosia o que dificultará a sua tomada de decisões em diversos aspectos. Demonstrará mais pro atividade o que afiará ainda mais a sua inteligência. O seu lado mutá- vel será enaltecido por Marte em sua passagem pela constelação de Gêmeos. Evite se distrair com frivolidades. Grandes desafios lhe serão impostos, com co- ragem e doçura irá conseguir transpor todas as situações. Deixar transparecer suas emoções lhe deixará mais frágil, a Lua tentará lhe levar para baixo. Estará mais vigoroso e deslumbrante a moral deste signo, que irá demonstrar muito bem a sua criatividade. O Sol será um fator muito importante para você executar aquilo que você ainda mais deseja. A coerência será algo muito importante e que influenciará muito na execução de suas tarefas. Mercúrio será um fator agregador neste sentido para esta constelação. Faça críticas construtivas baseadas no progresso. No peso da balança tende a fazer escolhas um pouco mais egoístas. Marte nesta constelação não será de muita ajuda. Deve continuar a bus- car o equilíbrio incessantemente, sem titubear nesta jornada. Uma grande transformação está por vir, no qual você deverá usar sua percepção para compreendê- -la. A transição de Plutão juntamente com o ele- mento Água fará com que possa despertar essa sua particularidade. Resplandecerá para esta constelação um lado mais espirituoso e tranquilo. A capacidade de se modificar será um elemento interessante na busca pelo bem estar. Júpiter será propício neste objetivo de excelência. A interação ocorrida em Júpiter pode colocar alguns valores seus a prova. Porém demonstrará força e provará que isto é um equívoco. Marte ajudará a mostrar o quanto é responsável e uma pessoa trabalhadora. Mercúrio deixará mais claro a sua timidez, fa- zendo com que acabe se retirando. O elemento ar irá te ajudar para que se torne um pouco mais ativo para falar sem medo com pessoas desconhecidas. Em determinados ambientes apresentará uma per- sonalidade manipuladora. Saturno irá lhe influenciar para isso, que pode te deixar um pouco melancólico. É bom evitar tentando ser mais sociável sem segun- das intenções. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes Leticia Santiago compartilhou uma foto sua usando um cropped top, que deixou sua barri- guinha de fora. Detalhe: ela está grávida de seis meses. Nem parece, não é? Pouco depois, a ex-BBB postou clique só de biquíni em suas redes sociais. “Hoje foi dia de intensificar o bronze. Estou até deixando de ser gatinha medrosa de água e estou entrando direto e sem fazer cara feia! Deve ser coisa de hormônio da gravidez, né! Tenho sentido um calorão. Ah, outro sintoma que não tem nada a ver com o que estou falando, mas só porque lembrei é... FALTA de memória! Minha médica indicou um complexo vitamínico com ômega 3, mas sinceramente, estou horrível de memória. Esqueço tudo, tudo, tudo. Só rindo pra não chorar”, escreveu ela na legenda. Leda Nagle recebeu a notícia de que seu contrato com a TV Brasil não seria renovado na quarta-feira, 7.Anotícia - que foi publicada inicial- mente no portal de Regina Rito - deixou a apre- sentadora e o pú- blico que acom- panha seu tra- balho perplexos. Leda apresenta o “Sem Censura” há mais de 20 anos. Nas redes sociais, ela rece- beu incontáveis mensagens de apoio. Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
  • 9. BUSCAR O DESCONHECIDO ROMILDO BLACK Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 romildoblack@hotmail.com facebook.com/romildoblack #FORADOEXPEDIENTE Olá.Nascemos,crescemosecomotempovamosaprendendoavi- ver.Muitasvezesouvindotodososdiasqueavidaéassim,quesempre foi daquele jeito e que tentar mudar é perda de tempo. E infelizmente tomandoinformaçãomuitasvezescruelmentematamosnossossonhos, objetivos e desejos, por estarmos rodeados de informação pessimista. Muitos grandes gênios e heróis do mundo não faziam ideia de como iriam fazer e às vezes nem necessariamente o que iriam fazer, mas sabiam que iam fazer, e por inúmeras vezes conseguiram provar que o impossível era sim possível. Mesmo com muitas derrotas e ten- tativas fracassadas, porém sempre insistindo que um momento daria certo, e pode crer, estamos falando de coisas grandiosas que podem ser chamadas de inimagináveis. Bem, se já temos provas concretas de que é possível sim fazer diferente, talvez uma boa dica seja come- çar a acreditar e tentar fazer diferente. É claro que muitos acharão muito difícil, trabalhoso e vão preferir ficar em suas rotinas, e isso é compreensível. Muitas vezes o desafio é sair da zona de conforto, sentir o coração bater mais forte e acreditar que pode ser diferente. Entrar em um mundo desconhecido sabendo que pode ser sim bem melhor. É uma injeção de estímulo para voltarmos a nos sentir vivos, com aquele sentimento de vento na face quando se desce por uma ladeira de bicicleta, acreditando ser a pessoa mais rápida do mundo, ou quando se usa um óculos de grau pela primeira vez tendo a im- pressão de que se tem um olhar apurado, capaz de ver um horizonte de possibilidades infinitas. Aescolha é sempre sua mas por favor, não perca tempo ouvindo pessoaspessimistaseconcentre-seemseussonhos,noquevocêacre- dita e com toda certeza o mundo se surpreenderá com as coisas que vaisdescobrirnessecaminhodeexperimentaçãoedeconquistas. Eu fico aqui torcendo por você! FRASE Apersistência é o caminho do êxito. Charles Chaplin JOGO RÁPIDO COM: TenenteVarmelati O Comandante Fé: Alicerce Família: Porto seguro Amor: Vida Trabalho: Profissionalismo Um Lugar: Praia Animal: Gato Livro: O vendedor de sonhos Augusto Cury Filme: A espera de um milagre Música: Reggae Frase: : “O sofrimento é passageiro, mas desistir é para sempre!” Homem: Pai Mulher: Mãe Esporte: Surf Time de futebol: Vasco Comida: Italiana Adoro: Viajar Odeio: Falsidade Na foto a equipe de balonismo de Murilo da Rede Fur- nas, para lembrar que tem balonismo nesse final de sema- na em Balneário Gaivota. Inédito e imperdível! Olha a gaivotense Denise Pinheiro bombando nas redes sociais. Parabéns ao casal top Rodrigo Santos e Juliana, que na última semana em uma cerimônia discreta realizou um lindo casamento. Felicidade ao casal. Olha só a querida empresária Sandra Basso, que mes- mo com inúmeros compromissos nas empresas não abre mão de ir ao supermercado fazer compras. #exemplo. Esse dois são muito top aqui na pop, o diagramador do Jornal Correio do Sul Aldo Ferreira e sua esposa Samara distribuindo alegria... Seus lindos!! Olha aí Michael Bruno e sua linda família em um dia de sol no sul do mundo. Feliz aniversário a queridona Rosi, que neste sábado completa mais um ano de vida. Muitas felicidades e saúde, desejam seus amigos. Essa semana o Jogo Rápido é com o novo comandante do Corpo de Bombeiros de Sombrio,2ºtenenteEricGomesVarmelati, de 32 anos. Um bombeiro apaixonado pela profissão e por esportes radicais, que vem com todo gás a fim de somar no munícipio deSombrio juntoasuaequipe.Confiraum pouco sobre o tenente Varmelati.
  • 10. 10 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
  • 11. Tudo é Festa Os alunos da Apae cantaram e distribuíram presentes aos velhinhos do Lar do Idoso Abertura do Natal Verão teve Recital Natalino com corais se apresentando na igreja matriz Professora e alunas do CriArte com o prefeito de Ermo U ma manhã de muita festa, mú- sica e religiosi- dade foi promovida pelos alunos da Apae de Sombrio no Lar do Idoso São José, localizados na mesma rua, a poucos metros de distância, nesta quinta-feira. Desde 2008, através do projeto ‘A experiência constatada na ca- pacidade de amar sem medi- das’, da professoraVera Lúcia Coelho, esta integração entre Apae e Lar do Idoso acontece, sempre com alegria e emoção para os envolvidos nas duas instituições que são vizinhas. “Tive a ideia depois de passar por problemas de saúde e me apeguei mais à religiosidade e às causas sociais, que não são só os alunos especiais, mas também os idosos”, contou a educadora que tomou a inicia- tiva quando ainda trabalhava noCentrodeConvivência.Ela lembra que, quando ensaiava danças e apresentações na quadra da escola, os idosos ficavam curiosos, olhando do outro lado da rua, o que chamou a atenção dela. En- tão, após convidar mais duas Dois mil e dezesseis foi bastante produtivo para as bailarinas do grupo de dança Criarte, de Ermo. Na hora de fazer uma análise do que foi este ano, a professora Renata Possamai comemora as viagens e os prêmios que o projeto conquistou. São Paulo, Joinville, Itajaí, Florianópolis e até Argentina conheceram um pouco do talento e da garra das jovens dançarinas. “Foi o ano que tivemos mais conquistas, competindo em festivais muito seletos com bailarinas que as meninas admiram e veem na internet, além de sairmos premiados” avalia Renata. Porém, mes- mo com a alegria de todas as vitórias, o trabalho não para. “Já estamos começando a preparar o que levaremos ao Festival de Joinville em 2017, organizando as coreo- grafias do próximo ano para manter o mesmo nível ou aumentar”, comenta. Para manter esse ritmo de traba- lho, as viagens e tudo o que o CriArte precisa, só com muita parceria para conse- guir alcançar cada vez mais meninas. “Temos um incen- tivo à cultura muito bacana, contamos com o apoio das empresas da região que nos ajudam a manter os custos dessas viagens. O patrocínio O Natal Verão 2016 co- meçou. Com a programação mais enxuta, o evento ini- ciou oficialmente na noite de quarta-feira. A inauguração da Iluminação Natalina e apre- sentação de corais marcaram a estreia da edição 2016. A iluminação neste ano está concentrada na Praça Hercílio LuzeCalçadão,numaparceria com a Associação de Lojistas e Moradores do Calçadão. Já o Recital Natalino de Coros levou emoção a centenas de pessoas que prestigiaram os cantos na Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens. Aline Bauer Sombrio Ermo Araranguá colegas,asvisitascomeçaram. “Através da experiência, pro- porcionamos o bem estar para os nossos alunos e para nós também, já que precisamos estar bem para fazer o bem”, acredita Vera. Um dos momentos mais agradáveis para todo mundo é a hora das canções. Um professor com um violão é suficiente para promover uma verdadeira festa. “O trabalho está continuando e eles ado- ram a gente aqui cantando, e nós amamos cantar”, comenta Vera. A colega de projeto, Elizabeth Barbosa dos Reis, que é professora de educação física na Apae, diz que os próprios alunos esperam pela visita. “Eles gostam de vir, por isso trazemos”, diz. A grande maioria dos mais de cem alu- nos da Apae visita os idosos, distribuindotambémlembran- cinhas e sorrisos para quem passa grande parte do tempo em um ambiente silencioso. “Eles se sentem realizados, a autoestima vai lá em cima, ensaiamos muito para chegar nesse momento”, explica Lurdes Magenis, professora hádoisanosnaescolaespecial e que ajudou nos ensaios para apresentações. Se o objetivo era deixar desses empreendimentos é muito importante”, ressalta Renata. O projeto atende 34 bai- larinas, que a cada prêmio conquistado e a cada seleção que vencem, veem o sonho de se destacar no balé se tornar maior. “Pretendemos ampliar mais o projeto para ajudar outras crianças e es- peramos que dê certo. Já te- mos promessas que estamos encaixando e sempre tem novos talentos que a gente vai oportunizando”, diz a professora. Depois de um ano tão cheio de bons resultados, As apresentações ficaram por conta da Associação Coral São Pedro, Associação Coral Arroio do Silva e Associação Coral Araranguá. Aprogramaçãoseguecom tanto alunas quanto profes- sora, sonham ainda mais alto. “Queremos participar de oficinas e concursos de férias, que abrem muitas portas para o balé clássico. Estamos trabalhando muito para uma seletiva em Nova York, que pode levar nossa dança para fora. São opor- tunidades grandes para elas, e podemos provar que em cidade pequena também se pode ter destaque e que tudo é possível”, completa Renata. Para o grupo CriAr- te, 2016 se despede com a sensação de que 2017 será ainda melhor. Apae faz visita ao Lar do Idoso CriArte mira Nova York em 2017 Papai Noel chega de barco domingo 11Geral Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 todo mundo alegre, então os animados alunos conse- guiram. Segundo Maria de Fátima Lopes, técnica de enfermagem no Lar do Ido- so, os internos sentem falta dessa movimentação toda. “Estamos muito felizes e, os idosos ficam muito contentes. Eles são sempre bem-vindos, trazem alegria, vitalidade. Só temos a agradecer”, diz. Ela ainda afirma que as visitas que são feitas no final do ano, podem acontecer em outras épocas também. “Eles gostam desse movimento, para eles é entretenimento. Nos finais de ano é normal haver as visitas das escolas e os idosos ficam bem felizes com a presença dos alunos”, completa. Para qualquer lugar que se olhava, se via muitos sorrisos e ani- maçãotantoemquemrecebia, quantoemquemofereciaboas energias. a chegada do Papai Noel neste domingo, pelo rio Araranguá, às 19 horas. Ele realizará o cortejo pelos bairros do mu- nicípio, e às 21 horas, recebe a Chave da Cidade, no Centro Cultural. “Convidamos a to- dos para prestigiar mais este dia que é um dos principais momentos do Natal Verão”, convida o diretor municipal de Cultura Daniel Vieira.
  • 12. 12 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
  • 13. Calmaria O casal João Alves e Amábile veio do Rio Grande e gostou do sossego deste período Convidados receberam colar havaiano para comemorar a abertura da temporada 2017 Alunos fizeram várias apresentações durante o festival O movimento nas praias da região ainda é bastante tímido. Em Arroio do Silva, na manhã ensolarada e de mar calmo de quarta-feira, poucas pessoas aproveitaram para caminhar, sentar a beira mar ou tomar banho. Roberto Marcon, sócio-proprietário do Boteco da Praia, que fica localizado em frente à orla marítima, no Centro do balneário, contou que na alta temporada costuma alugar mesas, cadeiras e guarda- -sóis para os veranistas e turistas, porém ainda não está disponibilizando estes materiais. A previsão é que a partir do dia 20 deste mês ele comece a trabalhar tam- bém com os aluguéis. “O movimento no momento está devagar, a procura começa mesmo é no Natal, e daí em diante fica intenso, mas a gente já teve uns quatro fins de semana muito bons, deu calor e a praia ficou cheia”, revela. Sargento Fernandes, coordenador de praia da Operação Veraneio do Corpo de Bombeiros, em Arroio Em clima de festa havaia- na, no estilo bem verão, o Ca- verá Country Park apresentou suas novidades para a tempo- rada 2016/2017. Imprensa e autoridades foram recepcio- nados na noite de quarta-feira, pelos proprietários do parque. Em uma área que ul- trapassa os 220 mil metros quadrados, o Caverá Country Park abriga um complexo de lazer que conta com inúme- ras piscinas para adultos e crianças, rampas molhadas, Repetindo o sucesso dos anos anteriores, o Festival de Talentos da escola Vila Velha II de São João do Sul encantou a comunidade. Buscando atrair ainda mais pessoas, a terceira edição do evento foi à noite, e contou com 15 apresenta- ções individuais e outras 15 em grupo, com direito a alunos mostrando suas próprias composições. “É realizado durante todo o ano um estudo musical e com instrumentos, e no festival, mostramos o resultado, que neste ano, foi lindo”, contou a diretora da escola, Marila- ne Souza Lopes Colares. Um vídeo, com um documentá- rio desenvolvido com uma das professoras, foi exibido mostrando imagens e de- poimentos de pais e alunos da escola. “Nosso objetivo é mostrar a importância da Gislaine Fontoura Arroio do Silva Araranguá Aline Bauer São João do Sul do Silva, confirma a infor- mação do comerciante. “A temporada iniciou no dia 24 de novembro, mas de se- gunda a sexta o movimento é mais fraco, esperamos que neste fim de semana aumente mais”, conta. Segundo o sargento, a circulação de pessoas na praia aumenta próximo ao Natal e neste fim de semana a Operação Veraneio recebe o reforço dos guarda-vidas civis, que se formaram no úl- timo dia 29. “Provavelmente estaremos com quase todos os postos ativados em nossa região”, declara. O aposentado João Al- ves, de 68 anos, veio com a esposaAmábile, 66, o filho e a nora passar uma semana em Arroio do Silva. A família é de Marau, no Rio Grande do Sul, e aproveitou as férias do filho para veranear. No domingo passado eles chega- ram emArroio do Silva, onde alugaram uma casa para ficar durante uma semana. “Eu sempre venho com a família para cá, todo ano alugamos uma casa aqui, este ano vie- mos no começo de dezembro e estou gostando, o pouco movimento é bom, porque nos deixa mais à vontade, hidromassagem, playground, correnteza do dragão, piscina lago, chafariz, tirolesa e ainda a única piscina com ondas artificiais de Santa Catarina, que forma ondas de mais de um metro de altura. Este ano o Caverá inves- tiu em uma diversificada pro- gramação de shows nacionais. Em parceria com a X9 Produ- ções, no dia 28 de dezembro o show é com Wesley Safadão, o rei do camarote. Já no dia 28 de janeiro a festa é com as patroas. Quem desembarca na Arena de Shows do Caverá música para o desenvolvi- mento integral dos alunos”, continua a professora. Com essa avaliação tão positiva, o festival já se tor- nou uma data esperada por toda a comunidade e pelos alunos, que estão sempre querendo aprender mais e mais sobre essa arte presen- te na vida de todo mundo. “Através da música conse- guimos desenvolver melhor a leitura, a concentração, a desenvoltura na apresenta- ção, tudo isso trabalhado nas aulas com os estudantes”, diz Marilane. A professora de música Tatiana dos Santos Faustino, que ajudou a preparar os alunos, se disse orgulhosa do resultado, e acredita que esta edição tenha sido a melhor no quesito qualidade musi- cal. “Neste ano o diferencial foi a maturação. A cada ano melhora, e neste o som dei- xou de ser acústico. Traba- lhamos desde o começo do é mais tranquilo frequentar a praia quando tem menos gente”, avalia o senhor. são as poderosas Maria Men- donça e Maiara & Maraísa, no Viva Mais Festival. Outra novidade neste setor é o Re- veillon na beira da lagoa. Um lugar mágico e encantador para celebrar a virada, com shows e muito mais. Outra atração é a escolha da Garota Caverá Park Verão 2017 que terá inscrições aber- tas a partir da próxima semana e será realizado no dia 18 de janeiro. Poderão concorrer meninas com idade entre 15 a 25 anos de idade e que resi- dem na região Sul do estado. ano, selecionando os alunos com uma maior facilidade, e trabalhamos desde a afi- nação até a postura no palco. E o som foi muito melhor e os alunos mais desinibidos”, avalia. A aluna Isadora Sofia Pereira, que cantou e tocou Movimento nas praias ainda é tímido Caverá abre temporada 2017 Aprendendo com voz e violão 13Geral Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 flauta, concorda com a pro- fessora. Para ela, depois do seu terceiro festival, o frio na barriga já é bem menor. “Foi muito bom, a gente se solta, aprende a não ter vergonha diante das pessoas. Neste eu não fiquei tão nervosa e isso é muito bom”, disse.
  • 14. 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
  • 15. 15Segurança Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 Operação Dinheiro e material apreendido durante a operação ontem Funcionários e torcedores ajudaram a fechar local atingido Policiais contam com uma academia completa no quartel A vitrine da Loja Mat- tric no Calçadão de Som- brio, foi atingida por um veículo na madrugada desta quinta-feira. Segundo informações, por volta das duas horas um motorista que estava no local onde aconteceu a comemoração dos gremistas pela conquista da Copa Bra- sil, acelerou sua camionete Blazer de placas CQI 4146 e acabou entrando porta a dentro da loja. A batida destruiu vidros, manequins, decoração natalina e atingiu vários produtos. Os torce- dores do Grêmio que ainda estavam na rua fizeram uma corrente humana na área que ficou aberta na loja evitando que alguém pudesse entrar para furtar. Eles perma- neceram de guardas até a chegada da polícia. Também foi comunicado o proprie- tário Antônio Matos, que chamou alguns funcionários para ajudar na limpeza e nas É aguardada para hoje a manifestação do Ministério Público Estadual sobre o Caso Ivonete. Em fevereiro de 2012, Ivonete Mezari Genuí- no, de 25 anos, foi assassinada a tiros em Araranguá. O caso começou a ser investigado pelo delegado Jorge Giraldi, que depois foi afastado e substituído por um delegado de fora da região. Porém, o crime nunca foi esclarecido. Por volta de 16 horas desta quinta-feira, um su- permercado situado em Bal- neário Morro dos Conventos foi alvo da ação de bandidos armados. De acordo com informações repassadas à Polícia Militar, dois homens, em uma motocicletaYamaha Crypton, de cor verde, um deles armado, chegaram no O policial precisa estar sempre preparado para as mais diversas ações que exigem um bom condicio- namento físico. Para ajudar nesta tarefa, a 2ª Cia da Polícia Militar de Sombrio investiu com ajuda de par- ceiros na construção de uma academia particular para o seu efetivo. Os interessados têm a disposição uma sala ampla e equipada com todos os aparelhos de ponta para treinamento físico. O comandante da PM, capitão Luiz Paulo Fernan- des, diz que o espaço era um sonho dos policiais, por isso todos abraçaram a ideia na hora de colocá-la em prática. A estrutura foi organizada com apoio de empresários sombrienses e da direção do Presídio Regional deAraran- guá, que cedeu um detento que trabalhou em troca de A Polícia Civil, através da Di- retoria Estadual de Investigações Criminais Sombrio Araranguá Gislaine Fontoura Araranguá Sombrio Região providências necessárias para fechar a parte atingida com compensados. Segundo testemunhas, o motorista estava muito alterado, tentou agredir o segurança da loja e após Ivonete tinha uma filha com Giraldi e o delegado foi acusado de ser o mandante do homicídio por um homem que tinha um relacionamento com a mulher. O delegado entrou na justiça contra o homem que o acusava e ganhou direito a indenização. Na semana passada, Gi- raldi foi levado a depor e soube-se que o processo está tramitando na 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Araranguá, em sigilo. estabelecimento e anuncia- ram o assalto. Os marginais tomaram o celular da proprietária, segui- ram em direção à Araranguá e na estrada do CTG, fugiram paraArroio do Silva. Rondas foram feitas, com o intuito de localizar os criminosos e a PM chegou a avistar a moto com os suspeitos, em Arroio do Silva, porém eles conseguiram escapar. Mais tarde, por volta redução da pena. Segundo o capitão, a academia conta com poli- ciais formados em educação física que fazem o acompa- nhamento dos exercícios fei- tos pelos colegas. O ambiente também tem um tatame para (Deic), com apoio do Mi- nistério Público, deflagrou nesta quinta-feira, a opera- ção Castelo de Cartas. Os policiais foram as ruas para o cumprimento de 19 man- a confusão pegou seu car- ro e fugiu. No lamentável episódio ninguém ficou ferido. Foi feito um boletim de ocorrência onde será cobrado do responsável o prejuízo. das 18 horas, os militares prenderam um homem de 32 anos, com um mandado de prisão ativo da Comarca de Araranguá, pelo crime de roubo. Ele estava na avenida Sete de Setembro, próximo ao Colégio Murialdo, no Centro deAraranguá, quando foi abordado pelos policiais que em consulta ao sistema, verificaram tratar-se de um foragido. O preso foi levado para a Central de Polícia. o treino de artes marciais. No dia da reportagem, os policiais De Lima e Lem- mertz estavam gastando energia na academia em seu horário de folga, para que na hora trabalho o condiciona- mento esteja em dia. dados de busca e apreensão, nove prisões temporárias e cinco conduções coerciti- vas. Além dessas medidas, foi decretado ainda o blo- queio de ativos financeiros de 13 pessoas físicas e ju- rídicas e o sequestro de 22 veículos. A operação apura o cri- me de lavagem de dinheiro praticado por organização criminosa especializada na exploração do jogo do bicho. Também estão sendo apurados os crimes de cor- rupção ativa, corrupção pas- siva e tráfico de influência, praticados pela organização criminosa em conluio com agentes públicos. As diligências estão sendo realizadas em seis cidades catarinenses, sendo elas: Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Rincão, Tubarão, Criciúma e Gravatal e contam com o apoio da 1ª Delegacia de Polícia de Araranguá. Os mandados foram emitidos pela Comarca deAraranguá. Detalhes desta opera- ção serão fornecidos, ex- clusivamente, em entrevista coletiva marcada para às 10 horas desta sexta-feira, no auditório da Deic, na Capital. Castelo de Cartas pega ‘bicheiros’ Vitrine é destruída por veículo Expectativa no Caso Ivonete Dupla rouba celular em mercado PM conta com academia própria
  • 16. 16 Publicações LegaisJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 TOMADA DE PREÇO Nº 10/16 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 33/16 HOMOLOGAÇÃO: 02/12/16 CONTRATADO: ENGETOM CONSTRUCAO CIVIL LTDA CONTRATANTE: SERVICO AUT. MUN. DE AGUA E ESGOTO DE ARARANGUA OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa do ramo para execução de Escritório, Sala dos Químicos, Casa de Bombas, Base em concreto armado para Tanque e Estação Compacta Removível, Substação, para nova Estação de Tratamento de Água - ETA-I, com vazão de 250m³/h, a obra deverá ser executada localidade de Balneário Morro dos Conventos, desta cidade. VALOR DA DESPESA: R$ 429.332,08 (quatrocentos e vinte e nove mil trezentos e trinta e dois reais e oito centavos) DATA: 08/12/16 - EVERSON CASAGRANDE - Diretor Geral. ----------------------------------------------------------------------------------------------- TOMADA DE PREÇO Nº 10/16 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 33/16 HOMOLOGAÇÃO: 02/12/16 CONTRATADO: ENGETOM CONSTRUCAO CIVIL LTDA CONTRATANTE: SERVICO AUT. MUN. DE AGUA E ESGOTO DE ARARANGUA OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa do ramo para execução de Escritório, Sala dos Químicos, Casa de Bombas, Base em concreto armado para Tanque e Estação Compacta Removível, Substação, para nova Estação de Tratamento de Água - ETA-I, com vazão de 250m³/h, a obra deverá ser executada localidade de Balneário Morro dos Conventos, desta cidade. VALOR DA DESPESA: R$ 429.332,08 (quatrocentos e vinte e nove mil trezentos e trinta e dois reais e oito centavos) DATA: 08/12/16 - EVERSON CASAGRANDE - Diretor Geral. ----------------------------------------------------------------------------------------------- EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 152745; Devedor(es): AZILA SANTOS DE SOUZA - 584.004.439-34, End: Rua Mario Sant’Helena, 287, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 162-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 685,11 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152878; Devedor(es): CATRINE MARCELINO DA ROSA - 069.345.709-01, End: Av. Quintino Manoel Domingos, 488, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 45158 ; Apr: FCDL; VEN: 12/09/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 261,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152877; Devedor(es): CATRINE MARCELINO DA ROSA - 069.345.709-01, End: Av. Quintino Manoel Domingos, 488, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 43698 ; Apr: FCDL; VEN: 02/09/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 112,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152918; Devedor(es): CLAUDIO LUIZ MACIEL- 950.184.250-91, End: Rua W3, 60, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 50051 ;Apr: FCDL; VEN: 10/02/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 445,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 77,98. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98. Prot: 152917; Devedor(es): CLAUDIO LUIZ MACIEL- 950.184.250-91, End: Rua w3, 60, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 48363 ;Apr: FCDL; VEN: 12/02/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 329,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 77,98. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 46,00 - Condução R$ 16,98 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,98. Prot: 152875; Devedor(es): ELIZANIA SILVEIRA MATEUS - 090.679.179-07, End: Rua André Alves da Silva Sobrinho, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: JOIA RARA COMERCIO DE JOIAS LTDA; Sac: JOIA RARA COMERCIO DE JOIAS LTDA; Tit: 02 ; Apr: FCDL; VEN: 25/10/2016; Esp: Nota Promissória; Val: R$ 480,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152694; Devedor(es): GELSON ALEXANDRE DE PAULA NECKEL - 887.006.400-00, End: Rua Mampituba, 685, Balneário Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FLAT EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS EIRELI; Sac: FLAT EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS EIRELI; Tit: 7248 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 10/11/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 550,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152843; Devedor(es): JUAREZ VIEIRA CANDIDO - 568.069.309-72, End: Rua Maximo Rodrigues da Silva, 681, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 225-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 1.781,74 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152848; Devedor(es): JUCILEIA VIEIRA ANACLETO - 809.168.219-00, End: Rua Pedro João Godinho, 788, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 234-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 497,43 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152862; Devedor(es): MARIA DE FATIMA CAETANO BORBA - 016.011.389-03, End: Av. Nereu Ramos, 1888, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 266-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de DívidaAtiva; Val: R$ 2.057,83 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86.Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152873; Devedor(es): NICOLE MACHADO - 041.811.309-24, End: Rua Padre João Reitz, 56, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 23464 ; Apr: FCDL; VEN: 22/05/2013; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 274,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152816; Devedor(es): SANTINAMAGNUS DASILVA- 795.807.429-87, End: RuaAndréAlves da Silva Sobrinho, 1129, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 209-2016 ; Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 996,57 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152855; Devedor(es): SOLANGE DOS SANTOS CAETANO - 918.400.239-53, End: Via Lat. da Br 101 Francisco Possamai, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Sac: MUNICIPIO DE SOMBRIO; Tit: 249-2016 ;Apr: MUNICIPIO DE SOMBRIO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.363,93 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 61,03. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 16,03 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 61,03. Prot: 152868; Devedor(es): TREICIANE FERNANDACANABARRO SEJANES - 078.831.599-41, End: Rua das Orquideas, 36, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 38090 ;Apr: FCDL; VEN: 21/11/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 132,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152867; Devedor(es): TREICIANE FERNANDACANABARRO SEJANES - 078.831.599-41, End: Rua das Orquideas, 36, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 38986 ;Apr: FCDL; VEN: 03/11/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 227,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152905; Devedor(es): VIVIANE DE SOUZA - 004.307.609-22, End: Rua Luiz Coelho, 198, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 35257 ; Apr: FCDL; VEN: 11/07/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 200,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152906; Devedor(es): VIVIANE DE SOUZA - 004.307.609-22, End: Rua Luiz Coelho, 198, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 34610 ; Apr: FCDL; VEN: 10/07/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 176,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152907; Devedor(es): VIVIANE DE SOUZA - 004.307.609-22, End: Rua Luiz Coelho, 198, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FOX CALCADOS; Sac: FOX CALCADOS; Tit: 34566 ; Apr: FCDL; VEN: 08/06/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 49,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Prot: 152889; Devedor(es): WILLIAN DE BITENCOURT DIAS - 098.650.819-54, End: Rua Santos Coelho, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: RAC - REPRESENTACAO ASSESSORIA E COBRANCA LTD; Sac: RJ BENEFICIOS ORTOPED; Tit: 1074-13 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 30/11/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 333,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 51,86. Apontamento R$ 15,00 - Selo R$ 1,70 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 30,00 - Condução R$ 6,86 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 51,86. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 09/12/2016. Sombrio - SC, 09/12/2016 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  • 17. 17Publicidade Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016
  • 18. Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 09-10-16-22-55CONCURSO 4.253 QUINA 08/12 03-15-17-33-42-47 23-25-26-28-38-40 CONCURSO 1.579 DUPLA SENA 08/12 U ma noite para ficar para a eternidade. Um 7 de dezembro para cruzar gerações como o primeiro título do Grêmio na Arena. Cinquenta e cinco mil vozes juntas que estavam engas- gadas há 15 anos e embala- ram o pentacampeonato da Porto Alegre Copa do Brasil, conquistado com o empate em 1 a 1 dian- te do Atlético-MG na noite de quarta-feira. O resultado, somado à vitória do time de Renato Portaluppi por 3 a 1 no confronto de ida, foi suficiente para tornar o clube gaúcho como o maior vitorioso da competição e recuperar o apelido ador- mecido de "Rei de Copas".. Tamanha a dimensão da partida, Grêmio x Atlético- -MG bem que poderia ser um capítulo à parte no fu- tebol brasileiro. Ou poderia virar filme hollywoodiano, com direito a cenas de ação – e até golpes –, choro e homenagens. Ou seja, um duelo que transbordou emo- ção do início ao fim. Pois o confronto, com suas inúmeras particularida- des, é relatado abaixo pelo GloboEsporte.com, com visão privilegiada da beira de campo. Uma partida para marcar mais uma vez o espírito do clube, que tanto se orgulha por ser imortal. Homenagem Assim que os joga- dores de Grêmio e Galo ingressaram no gramado da Arena, já deram mostras de que seria uma partida carregada de emoção. Ins- tantes antes de a bola rolar, reuniram-se em círculo no gramado para um minuto de silêncio, em bela ho- menagem à Chapecoense, pela tragédia que vitimou 71 pessoas, entre atletas, integrantes da comissão técnica e jornalistas. Nas arquibancadas, o verde da Chape se misturou com o azul, preto e branco. Também teve referência para o Atlético Nacional, clube colombiano que abriu mão do título da Copa Sul- -Americana, e até pedido de casamento. Para a eternidade: penta do Grêmio é tomado de emoção, festa e até "UFC"
  • 19. Brasileirão Série A 19Esportes Jornal Correio do Sul Sexta-Feira, 9 de dezembro de 2016 D'Alessandro estenderá a solidariedade da 3ª edição de seu jogo beneficente, o Lance de Craque, à maior tragédia do futebol mundial. O argentino pretende destinar parte da renda da partida, a ser realizada no próximo dia 21, no Beira-Rio, às famílias das vítimas do acidente com o avião da Chapecoense na Colômbia, que deixou 71 mortos e seis feridos. O gringo ainda planeja que alguns convidados li- gados ao clube catarinense estejam em Porto Alegre para receber homenagens ao Verdão do Oeste. Além das famílias, a partida irá bene- ficiar outras três entidades: o Instituto São Benedito,As- pirantes de Cristo e Kinder. – Por ser um evento be- neficente de futebol, nos sen- timos no dever de ajudar as famílias das vítimas. Assim, resolvemos incluí-las na divi- são do que for arrecadado. É o mínimo que podemos fazer em um momento difícil como Porto Alegre este – afirma D'Alessandro. Ainda com preços pro- mocionais, os ingressos para a 3ª edição do Lance de Cra- que estão à venda na Central de Atendimento ao Sócio Ceará parabeniza Grêmio por título, mas descarta pressão maior no Inter O momento não é bom, mas é preciso saber reconhecer os méritos do rival. Enquanto busca for- ças para superar a adversi- dade com a possibilidade de rebaixamento no Cam- peonato Brasileiro, Ceará tratou de parabenizar os gremistas pela conquista da Copa do Brasil. Em entrevista na ma- nhã desta sexta,o lateral foi questionado sobre o atual momento do Inter, que precisará vencer o Fluminense na última ro- dada e torcer por resulta- dos paralelos, em compa- ração com o do rival, que se sagrou campeão após empatar em 1 a 1 com o Atlético-MG, na noite de quarta-feira. Ceará tratou de saudar o rival, mas garantiu que a situação não aumenta a pressão no Beira-Rio. – Cada situação é di- ferente. O Grêmio tem a dele. Parabéns pela con- Porto Alegre quista após 15 anos, mas temos nossa realidade. Estamos vivendo de uma forma bem difícil, nos mobilizando independente deste fato. Buscaremos dar o nosso melhor – afir- mou o lateral. Os últimos meses têm sido de aflição para o lateral-direito. Repa- triado junto ao Coritiba, não conseguiu ainda ga- rantir o time pelo qual se consagrou como campeão mundial na elite do fu- tebol brasileiro. Ceará admite que vive situação delicada com o momento, mas aposta na reconquis- tas dos grandes títulos em breve: – Como colorado, se a situação for adversa, sofrerei muito, como já tenho sofrido. Indepen- dente do momento, o Inter é grande e voltará a conquistar títulos in- ternacionais e nacionais. O Inter enfrenta o Fluminense às 17h de domingo, no Giulite Cou- tinho, no Rio de Janeiro. D'Ale doará parte de renda de jogo beneficente a famílias da Chape O time tem obrigação de vencer para escapar do primeiro rebaixamento de sua história. A equipe ocupa a atual 17ª colo- cação na tabela, com 42 pontos. Tem dois a menos que o Sport, 16º colocado, e três a menos que o Vi- tória, 15º. O Colorado garante a permanência com vitó- ria sobre o Flu e empate entre os pernambucanos e o Figueirense, na Ilha do Retiro – os dois times teriam a mesma pontua- ção, mas o Colorado leva vantagem no saldo. Para rebaixar o Vitória, os co- mandados de Lisca têm de vencer, contar com um revés dos baianos con- tra o Palmeiras e ainda livrar uma diferença de seis gols no saldo. do Beira-Rio de segunda a sábado, ou pelo site www. lancedecraque.com. As ca- deiras nos anéis inferior e superior custam R$ 20 e as cadeiras VIP, R$ 50.
  • 20. SEXTA-FEIRA,SÁBADO E DOMINGO, 9, 10 E 11 DE DEZEMBRO DE 2016